Notícias da Força Aérea Brasileira

  • 843 Respostas
  • 224969 Visualizações
*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4194
  • Recebeu: 343 vez(es)
  • Enviou: 291 vez(es)
  • +722/-719
Re: Notícias da Força Aérea Brasileira
« Responder #825 em: Junho 09, 2019, 03:27:35 pm »
AV-MTC ar-terra CONFIRMADO em vídeo! Míssil de Cruzeiro aerolançável da Avibras!


Citar
Em sete de março de 2019 este articulista recebeu “dica” de uma fonte na Base Aérea de Canoas (RS) sobre um teste “secreto” realizado naquela OM visando o desenvolvimento de uma nova arma estratégica brasileira.

Naquele dia aconteceu o teste do novíssimo míssil de cruzeiro da Avibras, o AV-MTC, em sua versão ar-terra (lançada do ar), instalado no center line (cabide central) de uma caça Northrop F-5EM Tiger II da Força Aérea Brasileira, lotado no Esquadrão Pampa (1º/14º GAV).


Na ocasião, este articulista enviou questionamento a Força Aérea Brasileira por e-mail, que ficou sem resposta, ao menos com relação as nossas perguntas, pois no mesmo dia a Força emitiu uma comunicação interna recomendando reforço nas medidas restritivas para pessoas estranhas ao serviço nos pátios operacionais das bases aéreas, realizando fotos.

Este articulista recebeu este documento de outra fonte dentro da FAB, comprovando que a dica da fonte na base aérea era verdadeira.

No entanto, a fonte original, por receio de ter algum problema com a FAB, não enviou as fotos que obteve do míssil de manejo (mock-up), pintado em cor laranja e denominado CAES 06.


No dia sete de maio, o Ministério da Defesa publicou um vídeo no youtube sobre os primeiros 100 dias de Governo, com relação a Defesa do Brasil.

Aos cinco minutos e cinco segundos, lá está, nítida e cristalina, a foto do AV-MTC ar-terra aerolançável, sendo instalado no cabide central do F-5EM do Pampa.

Letalidade Aumentada


O AV-MTC lançado do ar se converte em formidável ameaça continental, já que a aeronave lançadora pode voar até a fronteira de um País “inimigo”, realizar uma penetração supersônica de curto alcance (arrancada), e lançar o míssil de grande altitude, o que amplia seu alcance exponencialmente.

O míssil tem um padrão de voo a cerca de 200 metros de alturau menos, usando os contornos do terreno para mascarar sua rota e assim dificultar sobremaneira sua derrubada pela AAAe inimiga.

Lançado do ar, um ataque pode vir de diversas direções, em ondas de saturação, destruindo alvos estratégicos como refinarias de petróleo, estações geradoras/retransmissoras de energia elétrica, centrais de comunicações, usinas de tratamento de água, pátios logísticos, entroncamentos ferroviários, concentrações de veículos e tropas antes de serem mobilizadas, e claro, unidades capitais e integrantes do Governo e Cúpula Militar inimigas.

O AV-MTC pode cumprir todas estas missões, e muitas outras, lançado pelos Astros 2020, em sua versão terrestre, ou na sua modalidade aerolançável, sendo integrado ao F-5EM/FM, A-1 AMX e futuramente, Gripen E/F.


Não se sabe quando os testes em voo serão realizados, mas é razoável supor que antes de 2020 nenhum disparo deverá acontecer.

O teste realizado em Canoas verificou a compatibilidade aerodinâmica da instalação, e sua viabilidade com relação aos engates, conexões e reserva de energia para possibilitar a “conversa” entre o computador do míssil e sistema de navegação do caça, antes do disparo.

Mais detalhes deverão aparecer em breve, e assim que a redação os receber serão publicados.

FONTE: http://tecnodefesa.com.br/av-mtc-ar-terra-confirmado-em-video-missil-de-cruzeiro-aerolancavel-da-avibras/
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11202
  • Recebeu: 380 vez(es)
  • Enviou: 228 vez(es)
  • +63/-47
Re: Notícias da Força Aérea Brasileira
« Responder #826 em: Junho 20, 2019, 06:50:18 pm »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4194
  • Recebeu: 343 vez(es)
  • Enviou: 291 vez(es)
  • +722/-719
Re: Notícias da Força Aérea Brasileira
« Responder #827 em: Junho 24, 2019, 02:04:01 pm »
Phenom 100 EV nas cores da Força Aérea Brasileira é revelado (6º ETA)


Citar
As primeiras imagens do jato executivo Phenom 100 EV no padrão de cor cinza da Força Aérea Brasileira (FAB) vazaram nas redes sociais.

A linha de montagem da Embraer Executive Jets em Melbourne, Flórida (onde atualmente os jatos da linha Phenom 100 e Phenom 300 são montados) é o local onde as fotos foram feitas.

Nelas é possível identificar o Phenom 100 EV matrícula FAB-3701 (designação U-100) nas cores do 6º ETA “Esquadrão Guará”, unidade baseada na ALA 1 em Brasília (DF).

Informações não confirmadas dão conta que seriam quatro jatos U-100 encomendados (firmes), com mais duas opções.

O Sexto Esquadrão de Transporte Aéreo (6º ETA) é responsável por realizar missões na região centro-oeste no transporte de cargas, autoridades, militares, apoio logístico, lançamento de para-quedistas, transporte de órgãos para transplante, entre outras missões.

O Esquadrão Guará opera uma frota composta por aeronaves C-95 Bandeirante, C-97 Brasília, C-98A Grand Caravan e U-35 e U-55 Learjet, sendo que esta última deverá ser substituída totalmente pelos U-100.

Ficha Técnica:

Autonomia de voo: 2.182 km
Velocidade de cruzeiro: 750 km/h
Velocidade máxima: 864 km/h
Envergadura: 12 metros
Custo unitário: USD 4.400.000–4.400.000 (valores praticados em 2013)
Tipo de motor: Pratt & Whitney Canada PW600

 :arrow:  http://tecnodefesa.com.br/phenom-100-ev-nas-cores-da-forca-aerea-brasileira-e-revelado-6o-eta/


 

*

Barlovento

  • Membro
  • *
  • 211
  • Recebeu: 78 vez(es)
  • Enviou: 43 vez(es)
  • +65/-3
Re: Notícias da Força Aérea Brasileira
« Responder #828 em: Junho 26, 2019, 01:13:09 pm »
Detenido en Sevilla un miembro de la Fuerza Aérea Brasileña con 39 kilos de cocaína.

https://elpais.com/politica/2019/06/26/actualidad/1561540841_105498.amp.html

 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4194
  • Recebeu: 343 vez(es)
  • Enviou: 291 vez(es)
  • +722/-719
Re: Notícias da Força Aérea Brasileira
« Responder #829 em: Junho 26, 2019, 08:48:01 pm »
Citar
O que já se sabe sobre o militar que transportava 39 kg de cocaína

SÃO PAULO  -  Um militar da Aeronáutica brasileira foi detido nesta terça-feira no aeroporto de Sevilha, na Espanha, por suspeita de tráfico de drogas. Com ele, foram apreendidos 39 kg de cocaína. Segundo o ministério da Defesa, os fatos estão sendo apurados em um Inquérito Policial Militar.

O sargento integrava a comitiva de militares que presta apoio à viagem do presidente Jair Bolsonaro, que vai participar em Tóquio, no Japão, da reunião do G-20.

Veja abaixo o que já se sabe sobre a prisão do militar da FAB:

 :arrow: https://www.valor.com.br/politica/6320917/o-que-ja-se-sabe-sobre-o-militar-que-transportava-39-kg-de-cocaina
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4194
  • Recebeu: 343 vez(es)
  • Enviou: 291 vez(es)
  • +722/-719
Re: Notícias da Força Aérea Brasileira
« Responder #830 em: Agosto 19, 2019, 10:17:05 pm »
Aeronave E-99M da FAB realiza primeiro voo após modernização


Citar
Voo de teste ocorreu na sexta-feira (16), na sede da EMBRAER, em Gavião Peixoto (SP)

A aeronave E-99M realizou, nesta sexta-feira (16/08), em Gavião Peixoto (SP), o primeiro voo após iniciado o processo de modernização pela Embraer. Esse é um voo experimental que marca a conclusão de mais uma etapa do projeto.

A Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC) é a Organização da Força Aérea Brasileira (FAB) que tem a finalidade de gerenciar os projetos de desenvolvimento, aquisição e modernização de materiais e sistemas aeronáuticos para o Comando da Aeronáutica, articulando as ações necessárias para alcançar eficácia e eficiência no ciclo de vida desses materiais e sistemas, com o apoio de equipes muiltidisciplinares atuantes em diversas áreas, tais como, conceitual, logística, industrial, operacional e técnica.

Inicialmente, foram desmontados todos os equipamentos e a aeronave foi redesenhada para receber uma nova configuração. Esse voo de hoje concretiza o término de uma das fases da modernização, demonstrando que a aeronave está em condições de voo frente a todo esse complexo desenvolvimento”, explica o gerente do projeto de modernização da aeronave, Coronel Aviador Wilson Paulo Corrêa Marques.

O E-99M vai ser operado pelo Esquadrão Guardião (2°/6° GAV), na Ala 2, em Anápolis (GO). De acordo com o Comandante do Esquadrão, Tenente-Coronel Aviador Felipe Francisco Espinha, o ganho operacional será relevante.

“A modernização possibilitará uma melhor visualização dos tráfegos, que mais informações sejam captadas, um incremento na capacidade de atuação em um ambiente de guerra eletrônica, além de uma melhoria na coordenação dos sistemas embarcados”, destaca.

Missão

A aeronave E-99 é capaz de detectar alvos aéreos e transmitir as informações de detecção para os centros de controle em terra. Além disso, cumpre missões de Controle e Alarme em Voo, com a participação de aeronaves de caça em voos de defesa aérea, de Busca e Salvamento e de Vigilância e Controle do Espaço Aéreo.

“O E-99M terá ampliada a sua capacidade de integração com as novas plataformas da FAB, como por exemplo o F-39 Gripen e o KC-390”, conclui o Coronel Wilson.

FONTE: Força Aérea Brasileira
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4194
  • Recebeu: 343 vez(es)
  • Enviou: 291 vez(es)
  • +722/-719
Re: Notícias da Força Aérea Brasileira
« Responder #831 em: Agosto 25, 2019, 04:19:40 pm »
Força Aérea Brasileira começa a combater incêndios na Amazônia


Citar
A Força Aérea Brasileira (FAB) começa a combater os incêndios na Amazônia neste sábado (24).

A primeira ação será em Rondônia e contará com o emprego de duas aeronaves C-130 Hércules equipadas com o sistema MAFFS (Modular Airbone Fire Fighting System).

O equipamento é composto por cinco tanques de água e dois tubos que se projetam pela porta traseira da aeronave.

O MAFFS pode levar ate 12 mil litros de líuquido de combate ao fogo. Os pilotos que operam o C-130 com MAFFS passam por um treinamento especifico, em que é necessário um mínimo de 500 horas de voo na aeronave.

Pelo menos 30 militares serão usados em dois aviões, entre tripulantes e operadores do MAFFS.

Além de Rondônia, Roraima e Tocantins , estados onde o presidente Jair Bolsonaro já autorizou o emprego da Garantia da Lei e da Ordem (GLO), há uma solicitação do Pará, segundo o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles . A expectativa é de que pedidos semelhantes dos governos do Acre e de Mato Grosso cheguem nos próximos dias.

Segundo o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, está negociando com o Ministério da Economia o desbloqueio de R$ 28 milhões que estão previstos no orçamento da pasta este ano para ações de GLO.

FONTE:  https://www.aereo.jor.br/2019/08/24/forca-aerea-brasileira-comeca-a-combater-incendios-na-amazonia/

 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4194
  • Recebeu: 343 vez(es)
  • Enviou: 291 vez(es)
  • +722/-719
Re: Notícias da Força Aérea Brasileira
« Responder #832 em: Agosto 25, 2019, 08:40:50 pm »







 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4194
  • Recebeu: 343 vez(es)
  • Enviou: 291 vez(es)
  • +722/-719
Re: Notícias da Força Aérea Brasileira
« Responder #833 em: Agosto 25, 2019, 08:44:28 pm »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4194
  • Recebeu: 343 vez(es)
  • Enviou: 291 vez(es)
  • +722/-719
Re: Notícias da Força Aérea Brasileira
« Responder #834 em: Setembro 25, 2019, 01:37:07 pm »
CONFIRMADO: FAB desenvolve míssil de cruzeiro de longo alcance


Citar
Na Audiência Pública realizada hoje na Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional, com o tema “Pressupostos da Soberania Nacional”, foi revelado que entre os projetos da Força Aérea Brasileira está o desenvolvimento do míssil MICLA-BR (Míssil de Cruzeiro de Longo Alcance).

Segundo a apresentação, o MICLA-BR é um desenvolvimento lançável do ar do míssil superfície-superfície MTC-300 (ou AV-TM 300), lançado pelas viaturas do Sistema Astros 2020.

A revelação da FAB acabou esclarecendo a imagem contida em um vídeo divulgado pelo Ministério da Defesa no dia 7 de junho, que mostrava o que parecia ser uma  versão ar-superfície do Míssil Tático de Cruzeiro MTC-300 realizando testes de integração em um caça F-5M da Força Aérea Brasileira.

Na ocasião da divulgação do vídeo do MD, muitos negaram que fosse um míssil de cruzeiro lançado do ar e foram dadas as mais diversas desculpas e interpretações para a imagem.

FONTE:  https://www.aereo.jor.br/2019/09/24/confirmado-fab-desenvolve-missil-de-cruzeiro-de-longo-alcance/

 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11202
  • Recebeu: 380 vez(es)
  • Enviou: 228 vez(es)
  • +63/-47
Re: Notícias da Força Aérea Brasileira
« Responder #835 em: Outubro 09, 2019, 09:43:46 pm »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4194
  • Recebeu: 343 vez(es)
  • Enviou: 291 vez(es)
  • +722/-719
Re: Notícias da Força Aérea Brasileira
« Responder #836 em: Novembro 01, 2019, 12:14:49 pm »
Mais de 6 mil pessoas visitam exposição da FAB em Brasília


Citar
Os visitantes puderam conhecer a réplica em tamanho real do caça F-39 Gripen, além de conhecer mais sobre o trabalho da Força Aérea

A exposição "Semana da Asa", realizada pela Força Aérea Brasileira (FAB) no Museu Nacional do Conjunto Cultural da República, em Brasília (DF), recebeu a visitação de mais de 6.000 pessoas entre os dias 22 e 27 de outubro. Nos dois primeiros dias da exposição, o destaque foi a projeção de vídeos na parte externa da cúpula do museu.

As fotografias, vídeos e maquetes que mostram parte da história do Patrono da Aeronáutica Brasileira, Alberto Santos-Dumont - além da representação do trabalho da Força Aérea Brasileira e dos militares que a compõem – foram expostas em comemoração ao Dia do Aviador e Dia da Força Aérea Brasileira.  A data celebra o feito de Santos-Dumont em 23 de outubro de 1906, na França, com o primeiro voo do aparelho mais pesado que o ar.

FONTE: http://www.fab.mil.br/noticias














 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4194
  • Recebeu: 343 vez(es)
  • Enviou: 291 vez(es)
  • +722/-719
Re: Notícias da Força Aérea Brasileira
« Responder #837 em: Dezembro 02, 2019, 01:41:07 pm »
Força Aérea treina futuros pilotos de combate no Exercício Técnico Especializex


Citar
Militares passaram por módulos de Missão Aérea Composta (MMAC) e Evasão e Resgate em Combate (MERC)

A Força Aérea Brasileira (FAB) realizou, entre os dias 28 de outubro e 14 de novembro, na Ala 10, em Parnamirim (RN), o Exercício Técnico Especializex, em complementação ao Programa de Especialização Operacional (PESOP), que forma os pilotos de combate. A atividade capacita os estagiários no planejamento e execução de Composite Air Operation (COMAO) – traduzida na doutrina brasileira como Missão Aérea Composta –, de forma simulada. Também provê a formação doutrinária dos tripulantes na condição de evasores, por meio de exercício teórico e prático de Busca e Salvamento em Combate. O treinamento foi dividido em duas fases: o Módulo de Missão Aérea Composta (MMAC) e o Módulo de Evasão e Resgate em Combate (MERC).

A simulação do COMAO, desde seu planejamento até a execução, foi realizada no Grupo de Instrução Tática e Especializada (GITE). No MMAC é apresentado um conflito simulado entre o país Costa Verde e os países Monxoró e Caatinga, valendo-se de meios, cenários e capacidades fictícias para criar ambientes semelhantes aos dos Exercícios CRUZEX, SALITRE e RED FLAG.

Nesse contexto, são conduzidas missões que visam à interdição do campo de batalha e manutenção da superioridade aérea, que permitem aos estagiários do PESOP colocar em prática toda a doutrina aprendida durante a Especialização. "São conteúdos que complementam a formação do estagiário e tratam de temas de grande importância, os quais serão vivenciados pelos estagiários, a partir do ano que vem, na elevação operacional", explica o Chefe da Clique aqui para baixar a imagem originalCélula de Doutrina da Ala 10, Coronel Aviador Carlos Eduardo Valle Rosa.

"O MMAC introduz o piloto no complexo processo de planejamento e execução de uma missão aérea composta, nas funções de piloto ou mesmo de ala operacional. O estagiário participa de todo o ciclo de planejamento e execução simulada de uma missão aérea composta, integrando o que a gente chama de pacote, que é um conjunto de aeronaves que voa dentro do mesmo cenário tático, para atingir diferentes objetivos, de forma integrada", continua o Coronel Eduardo Valle.

Evasão e Resgate em Combate

Já o MERC se constitui de oficinas teóricas e práticas e ação no terreno, em que os estagiários atuam na condição de evasores, exigindo a aplicação das táticas de fuga e evasão. O Coronel Eduardo Valle explica a importância do MERC para que o piloto de combate entenda e desenvolva as habilidades necessárias para sobrevier em território inimigo. "O estagiário consegue perceber quão importante é o condicionamento físico, capacitação técnica em navegação terrestre, camuflagem, eliminação de vestígios e até mesmo a própria realização do procedimento previsto para o caso de resgate", finaliza.

O MERC contou com o apoio do Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento (EAS) e da Academia da Força Aérea (AFA), que enviou instrutores especializados, além do Esquadrão Gavião (1º/11º GAV), do Esquadrão de Segurança e Defesa da Ala 10 e da Esquadrilha SAR do Esquadrão Falcão (1º/8º GAV).

As instruções teóricas e oficinas foram realizadas de 4 a 6 de novembro, na Ala 10. Já a ação no terreno foi realizada no Estande de Tiro Aéreo de Maxaranguape, a 60 quilômetros de Parnamirim (RN), de 7 a 12 de novembro.

"No caso do módulo evasor de resgate de combate, o estagiário se coloca na figura de um piloto que teve que se ejetar ou pousar forçadamente em território inimigo e nele conduzir diversas técnicas, de forma a realizar uma evasão e, posteriormente, ser resgatado por uma força tarefa de combate SAR. É um exercício muito importante porque relaciona diretamente a especialização operacional com uma das mais importantes Missões dentro do teatro de operações, o Combate SAR", destaca o Oficial.

Preparação

De acordo com o Coordenador do MERC e Oficial de Operações do Esquadrão Falcão, Major Aviador Átila Miranda Alves de Campos, o Exercício possibilitou não só capacitar os futuros pilotos de combate da FAB para atuarem como evasores, mas também adestrar as equipagens das Unidades envolvidas na operação, para participação em Exercícios Operacionais maiores e também em missões reais. "Nós aproveitamos os meios aéreos disponibilizados pelo Comando de Preparo [COMPREP] – helicóptero, aeronaves de caça e de transporte. Utilizamos todo o conhecimento da AFA e, com a experiência que tivemos na TAPIO e na CRUZEX, montamos esse Exercício Técnico. Isso possibilitou tanto treinar os estagiários, quanto adestrar os Esquadrões Aéreos da Ala 10, que é uma oportunidade única, a de realizar um treinamento local com todos os Esquadrões Aéreos envolvidos", conta o Major Átila.

Para o Tenente Aviador Gustavo Hungaro Monteiro, do Esquadrão Joker (2º/5º GAV), a experiência foi importante para testar a capacidade de organização e estratégica dos pilotos. "É uma chance muito boa para colocarmos em prática os aprendizados da fase teórica e, se um dia nos engajarmos em uma situação real de sobrevivência, estaremos mais preparados, tendo em vista a semelhança do Exercício com o real. O início foi o mais difícil, até tomarmos consciência da situação, organizarmos o grupo, saber qual seria nosso objetivo e tomarmos as atitudes iniciais", pontua o concludente do PESOP, que se prepara para iniciar, no próximo ano, sua elevação operacional.

 :arrow:  http://www.fab.mil.br/noticias

Fotos: Tenente Juliana Lopes, Sargento Carlos Eduardo, Sargento Marcella, Cabo Simplício / Ala 10





 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4194
  • Recebeu: 343 vez(es)
  • Enviou: 291 vez(es)
  • +722/-719

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4194
  • Recebeu: 343 vez(es)
  • Enviou: 291 vez(es)
  • +722/-719
Re: Notícias da Força Aérea Brasileira
« Responder #839 em: Dezembro 11, 2019, 11:25:45 am »
Brasil oferece aviões P-3 e SC-105 ao Chile para ajudar nas buscas ao C-130 desaparecido


Citar
O presidente Jair Bolsonaro informou que disponibilizou aeronaves brasileiras ao governo chileno para ajudar na operação de busca do avião desaparecido da Força Aérea Chilena.

Na entrada do Palácio do Alvorada, onde parou para cumprimentar um grupo de eleitores, Bolsonaro disse que entrou em contato nesta terça-feira (10) com o presidente do Chile, Sebastián Piñera, e ofereceu ajuda.

Um Hércules C-130, com destino à base aérea Presidente Eduardo Frei Montalva, na Antártida, perdeu contato com o sistema de radares nesta segunda (9). A aeronave fazia o deslocamento com 38 pessoas a bordo.

Segundo o Ministério da Defesa, foram disponibilizados um SC-105 e um P-3. Os dois são utilizados em operações de salvamento porque são dotados de sensores infravermelhos e equipados com tecnologia de varredura eletrônica.

O governo chileno ainda avalia se aceitará a ajuda. O presidente brasileiro afirmou que o desaparecimento “choca” e que torce para que nada tenha acontecido aos tripulantes da aeronave militar.


 :arrow:  https://www.aereo.jor.br/2019/12/10/brasil-oferece-avioes-p-3-e-sc-105-ao-chile-para-ajudar-nas-buscas-ao-c-130-desaparecido/
 

 

Esquadrão de Demonstração Aérea - Esquadrilha da Fumaça

Iniciado por Vitor Santos

Respostas: 3
Visualizações: 466
Última mensagem Maio 03, 2019, 03:11:50 pm
por Vitor Santos
FAB e Força Aérea Portuguesa com um Caça de 5º Geração

Iniciado por Leonardo Besteiro

Respostas: 28
Visualizações: 13264
Última mensagem Outubro 04, 2015, 11:21:29 pm
por luis simoes
Reunião da Aviação de Caça (Força Aérea Brasileira)

Iniciado por jambock01

Respostas: 3
Visualizações: 2118
Última mensagem Maio 27, 2006, 11:21:18 am
por Cabeça de Martelo
Modernização da Força Aérea Brasileira

Iniciado por silversantis

Respostas: 50
Visualizações: 24404
Última mensagem Junho 22, 2011, 05:40:41 pm
por HSMW