Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama

  • 676 Respostas
  • 64640 Visualizações
*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 1276
  • Recebeu: 180 vez(es)
  • Enviou: 173 vez(es)
  • +90/-71
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #525 em: Agosto 08, 2020, 04:45:17 pm »
Citar
Portuguese frigate to host German helicopter detachment
by Victor Barreira

The Portuguese Navy’s Vasco da Gama-class (MEKO 200PN) frigate NRP Corte-Real (F 332) is scheduled to host a helicopter detachment of the German Navy between 10 November and 3 December.

A technical agreement between the two NATO navies is expected to be signed imminently to formalise the collaboration, a Portuguese Navy spokesperson told Janes.

This will be the first time a Portuguese frigate has hosted a foreign helicopter detachment and will further increase interoperability and joint operations between the two navies, the spokesperson said.

The German Navy contribution will comprise a Sea Lynx Mk88A helicopter from the Marinefliegergeschwader 5 (MFG 5) naval aviation wing located at Nordholz Naval Airbase in Germany, as well as 17 staff, including one of the two Portuguese Navy helicopter pilots currently serving at MFG 5.

Preparations to embark the German detachment began in mid-2019 with talks between the countries’ ministries of defence (MoDs) and navies and technical visits to the boat.

The Portuguese ship will take the flagship role of Standing NATO Maritime Group 1 (SNMG1) between 30 July 2020 and 9 January 2021 for missions over the Baltic Sea, North Sea, and the North Atlantic Sea.

Vantagem de ter pilotos lá fora. c56x1
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 6744
  • Recebeu: 2976 vez(es)
  • Enviou: 1550 vez(es)
  • +1502/-109
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #526 em: Agosto 08, 2020, 07:24:03 pm »
Tradutor deficiente mas mesmo assim texto algo interessante:

Portugal: quer, mas tem déficeS Portugal apresentou em 2009 às Nações Unidas um pedido de alargamento da Zona Económica Exclusiva (ZEE). As águas cobertas pela nova ZEE de Portugal serão 44 vezes maiores do que o país após a aprovação da
ONU,e lisboa conta comisso. Um país que, aliás, tem o dobro do tamanho dos Países Baixos em termos de área. 
 
Com uma ZEE maior, vêm também obrigações maiores. Mesmo que isso seja apenas porque a Espanha não concorda com este alargamento, vários navios de pesca espanhóis já foram expulsos da "sua" ZEE por Portugal. Modernizar e expandir, é isso que Portugal quer. A Marinha Portuguesa navega atualmente com duas antigas fragatas M holandesas e três fragatas ALEMÃES MEKO. Portugal está muito satisfeito com as fragatas M e também muito satisfeito com o Programa de Conservação (IP) da sua primeira fragata M. Atualmente, a segunda fragata M em Den Helder também está localizada para um IP. Mas as pessoas querem mais. Durante anos. Portugal tem bons planos com a Marinha e saiu-se bem da crise anterior. Em 2019, os planos para fortalecer a frota portuguesa foram retomados com seis novos navios-patrulha, um Navio Logístico Multiusos (ou LPD) e um navio de abastecimento. O grande problema, no entanto, é o dinheiro. Os navios-patrulha estão a ser construídos, mas os planos para uma Doca da Plataforma de Aterragem (LPD) estão em vigor desde 2003 e um desenho do Scheldt tem sido há muito o principal candidato. No entanto, não havia orçamento para o mesmo, a compra do navio foi agora transferida para 2022.
 

Conversações sobre cooperação sobre novas fragatas para Portugal e para a Holanda.
A imagem é uma fragata portuguesa, antes da modernização. (Fonte: Twitter) Um dos poucos projetos que Portugal tem prosseguido é a modernização das fragatas M. Embora haja ruídos que também foram reduzidos na modernização.
No entanto, a modernização é importante para a Marinha Portuguesa, porque as fragatas devem continuar a navegar pelo menos até à década de 1930.
Então a substituição está no programa. Portugal quer duas a quatro novas fragatas.
Em 2018, houve discussões entre a DMO e Portugal sobre uma possível cooperação no domínio das novas fragatas. Portugal, Marineschepen.nl entendido por uma fonte em 2019, teria um interesse sério.
Se Portugal quisesse comprar novas fragatas no início da década de 1930, isso encaixa-se bem com o programa dos Países Baixos e da Bélgica.
Mas, mais uma vez, os orçamentos da defesa portuguesa não inundam.
Com programas de longo prazo há sempre incertezas, com Portugal parece haver ainda mais do que estamos habituados nos Países Baixos.
Veja a procura de 17 anos por um LPD português. Depois, há a incerteza da crise corona. Portanto, há uma carta de Portugal, resta saber se as encomendas virão de Portugal.

em Inglês :

Portugal: wants to, but has shortages
Portugal filed a claim with the United Nations in 2009 for the extension of the Economic Exclusive Zone (EEZ). The waters covered by Portugal's new EEZ will, after approval by the UN, and Lisbon expects to be as much as 44 times larger than the country. A country that is double that of the Netherlands in terms of surface area.

With a larger EEZ there will also be greater obligations. If only because Spain does not agree with this increase, several Spanish fishing vessels have already been chased away by Portugal from 'their' EEZ. Modernization and expansion, that is what Portugal wants.

The Portuguese Navy is currently sailing with two former Dutch M frigates and three German MEKO frigates. Portugal is very satisfied with the M-frigates and also very happy with the Conservation Program (IP) of their first M-frigate. The second M frigate is currently in Den Helder for an IP as well.

But people want more. For years. Portugal has good plans for the navy and emerged well from the previous crisis. In 2019, plans were therefore resumed to reinforce the Portuguese fleet with six new patrol vessels, a Multipurpose Logistic Ship (or LPD) and a supply ship. The big problem, however, is money. The patrol ships are being built, but plans for a Landing Platform Dock (LPD) have been in place since 2003 and a design of the Scheldt has long been the main contender. However, there was no budget for this, the purchase of the ship has now been moved to 2022.

Kreiter
Discussions about cooperation on new frigates for Portugal and the Netherlands. The photo shows a Portuguese M frigate, even before the modernization. (Source: Twitter)

One of the few projects that Portugal has pursued is the modernization of the M frigates. Although there are reports that modernization has also been skimped on. However, the modernization is important for the Portuguese navy, because the frigates must in any case continue to sail until the 1930s. Then replacement is on the program. Portugal wants two to four new frigates.

In 2018 there were talks between DMO and Portugal about possible cooperation in the field of new frigates. Portugal, Marineschepen.nl understood from a source in 2019, would have serious interest. If Portugal wanted to purchase new frigates in the early 1930s, this would fit in nicely with the program of the Netherlands and Belgium.

But, again, Portuguese defense budgets are not overflowing. With such lengthy programs there are always uncertainties, with Portugal there seem to be even more than we are used to in the Netherlands. See the seventeen year long quest for a Portuguese LPD. Added to this is the uncertainty of the corona crisis. So a letter comes from Portugal, it remains to be seen whether orders will also come from Portugal


https://marineschepen.nl/dossiers/Wie-van-de-drie-derde-land-vervanging-M-fregatten050820.html

Abraços
« Última modificação: Agosto 08, 2020, 07:30:21 pm por tenente »
 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 1276
  • Recebeu: 180 vez(es)
  • Enviou: 173 vez(es)
  • +90/-71
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #527 em: Agosto 08, 2020, 07:53:31 pm »
Se isto forem as futuras fragatas M, não gosto:



Se a próximas fragatas vierem sem um radar de banda L é um erro enorme.
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 3502
  • Recebeu: 1893 vez(es)
  • Enviou: 3623 vez(es)
  • +1522/-102
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #528 em: Agosto 08, 2020, 11:51:35 pm »
Um radar banda S e um radar banda X não chegam? É o standard na maioria dos projectos futuros. Quantos navios planeados para as próximas duas décadas têm radares banda L? DIGA UM! DIGA UM!  :mrgreen:

Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 9561
  • Recebeu: 1141 vez(es)
  • Enviou: 2535 vez(es)
  • +167/-48
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #529 em: Agosto 09, 2020, 12:17:23 am »
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, tenente, Stalker79

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 1276
  • Recebeu: 180 vez(es)
  • Enviou: 173 vez(es)
  • +90/-71
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #530 em: Agosto 09, 2020, 11:43:10 am »
Um radar banda S e um radar banda X não chegam? É o standard na maioria dos projectos futuros. Quantos navios planeados para as próximas duas décadas têm radares banda L? DIGA UM! DIGA UM!  :mrgreen:



Que projectos futuros?

As FREEM, Type 45, Iver Huitfeldt, F124 Sachsen tem o radar L.
Se calhar a tecnologia dos radar S avançou tanto que o L deixou de ser necessário, mas eu ainda tenho duvidas ainda mais com o aparecimento dos aviões de baixa assinatura de radar.
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 3389
  • Recebeu: 764 vez(es)
  • Enviou: 175 vez(es)
  • +158/-69
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #531 em: Agosto 09, 2020, 12:09:29 pm »
No caso holandês, eles têm 4 fragatas com o SMART-L (radar esse que está a ser modernizado penso eu). Por isso para eles não ter o mesmo tipo de radar nas novas M deve ajudar a poupar dinheiro, e espaço, no navio. As substitutas das DZP é que poderão virá a ter este radar.

Já agora, este tipo de radar, é apenas utilizado nos navios AAW dos países europeus. Britânicos nas Type 45, franceses e italianos nas Horizon, holandeses nas DZP, Alemães nas Sachsen. Até os dinamarqueses, apenas usam nas Iver, não tendo as "multirole" Absalon este radar.

Para nós em concreto, tudo depende de como ficaríamos em termos de classes de navios. Apenas uma classe, duas classes, três classes... Depois que tipo de navios são... Se tivéssemos duas M sem radar de banda L, mais duas fragatas AAW com esse radar, não vejo problema.
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 3502
  • Recebeu: 1893 vez(es)
  • Enviou: 3623 vez(es)
  • +1522/-102
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #532 em: Agosto 09, 2020, 03:25:04 pm »
Um radar banda S e um radar banda X não chegam? É o standard na maioria dos projectos futuros. Quantos navios planeados para as próximas duas décadas têm radares banda L? DIGA UM! DIGA UM!  :mrgreen:



Que projectos futuros?

As FREEM, Type 45, Iver Huitfeldt, F124 Sachsen tem o radar L.
Se calhar a tecnologia dos radar S avançou tanto que o L deixou de ser necessário, mas eu ainda tenho duvidas ainda mais com o aparecimento dos aviões de baixa assinatura de radar.

Pois, quase todas as classes que referes têm origem no projecto NFR-90, cujas origens remontam ao final dos anos 80. Nos projectos que iniciaram o seu desenvolvimento nos últimos 15 anos não vais encontrar radares na banda L. Quanto às FREMM, qual delas é que tem um radar de banda L?
Talent de ne rien faire
 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 1276
  • Recebeu: 180 vez(es)
  • Enviou: 173 vez(es)
  • +90/-71
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #533 em: Agosto 09, 2020, 05:07:26 pm »
Um radar banda S e um radar banda X não chegam? É o standard na maioria dos projectos futuros. Quantos navios planeados para as próximas duas décadas têm radares banda L? DIGA UM! DIGA UM!  :mrgreen:



Que projectos futuros?

As FREEM, Type 45, Iver Huitfeldt, F124 Sachsen tem o radar L.
Se calhar a tecnologia dos radar S avançou tanto que o L deixou de ser necessário, mas eu ainda tenho duvidas ainda mais com o aparecimento dos aviões de baixa assinatura de radar.

Pois, quase todas as classes que referes têm origem no projecto NFR-90, cujas origens remontam ao final dos anos 80. Nos projectos que iniciaram o seu desenvolvimento nos últimos 15 anos não vais encontrar radares na banda L. Quanto às FREMM, qual delas é que tem um radar de banda L?

My bad, devia estar as Horizon em vez das FREMM visto que estás para os franceses são FREMM são ASW.
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 3389
  • Recebeu: 764 vez(es)
  • Enviou: 175 vez(es)
  • +158/-69
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #534 em: Agosto 09, 2020, 06:24:43 pm »
Todas as fragatas/contratorpedeiros AAW ocidentais têm um radar de banda L, excepto os navios Aegis. Sendo todos eles navios relativamente recentes, com sua substituição planeada para 2030 em diante, torna-se difícil saber agora se os navios que as vão substituir vão ter ou não um radar desse tipo. As fragatas multirole/ASW essas sim nunca têm um radar de banda L.
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 3502
  • Recebeu: 1893 vez(es)
  • Enviou: 3623 vez(es)
  • +1522/-102
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #535 em: Agosto 09, 2020, 06:42:10 pm »
As Bartolomeu Avarias (e as suas irmãs) têm um banda L (LW08, o antecessor do SMART-L). As fragatas AAW europeias foram desenvolvidas nos anos 90 (remontando os respectivos conceitos aos anos 80). Estas coisas dos navios de combate demoram o seu tempo a maturar e a conceber (em PT mais do que no resto do mundo).

Dificilmente, futuros navios de primeira linha terão radares rotativos. Os conceitos em desenvolvimento (ou a entrar ao serviço em países como a Itália, Japão e Coreia do Sul) incluem radares fixos AESA de nitrato de gálio, na banda S, ou uma mistura de banda S com banda X.
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Major Alvega

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 1276
  • Recebeu: 180 vez(es)
  • Enviou: 173 vez(es)
  • +90/-71
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #536 em: Agosto 09, 2020, 07:43:09 pm »
As Bartolomeu Avarias (e as suas irmãs) têm um banda L (LW08, o antecessor do SMART-L). As fragatas AAW europeias foram desenvolvidas nos anos 90 (remontando os respectivos conceitos aos anos 80). Estas coisas dos navios de combate demoram o seu tempo a maturar e a conceber (em PT mais do que no resto do mundo).

Dificilmente, futuros navios de primeira linha terão radares rotativos. Os conceitos em desenvolvimento (ou a entrar ao serviço em países como a Itália, Japão e Coreia do Sul) incluem radares fixos AESA de nitrato de gálio, na banda S, ou uma mistura de banda S com banda X.

Os Italianos já abandonaram a banda S, agora é só de C para cima.

Nunca vais ver D-Band(banda L) sem ser rotativa.
A grande vantagem dos modernos radar banda D é que oferecem proteção até ao espaço, porque os radar de banda S já te garantem cobertura até a curvatura da terra.

Mas o que é grave nos projectos da novas M é que vamos ter mais fragatas ASW.
 

*

Stalker79

  • Investigador
  • *****
  • 1588
  • Recebeu: 329 vez(es)
  • Enviou: 1425 vez(es)
  • +128/-17
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #537 em: Agosto 09, 2020, 08:50:05 pm »
Um radar para a banda E/F com alcance até 400km é mais que suficiente para uma fragata.
E ai fica a minha sugestão do Thales NS200.

https://www.thalesgroup.com/sites/default/files/database/document/2019-11/NS200-V04.pdf

 :-P
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 3389
  • Recebeu: 764 vez(es)
  • Enviou: 175 vez(es)
  • +158/-69
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #538 em: Agosto 09, 2020, 09:40:13 pm »
Mas o que é grave nos projectos da novas M é que vamos ter mais fragatas ASW.

"Vamos ter"  :mrgreen:
Até lá, a ver se há dinheiro para navios novos sequer, ou se vamos comprar com navios usados.

E mesmo que viéssemos a ter as novas M, nada indica que esta seja a única classe de navios combatentes. Nada impede de nos próximos 5 anos irmos buscar, hipoteticamente falando, 2 AB e em 2030/35 substituir as BD por duas M novas.
Se bem que esta é a única chance remotamente realista de virmos a ter navios AAW nos próximos 15 anos.

Também não me parece possível em 2030 encomendar 4 fragatas novas da mesma classe, especialmente quando esta data coincide com a substituição dos F-16, que mais uma vez volto a alterar, estes dois programas juntos são brincadeira para pelo menos 8 mil milhões ou mais.

A escolha lógica era começar já hoje a procurar substitutos para as VdG, e cancelar aquele MLU de treta, e depois em 2030+ encomendar duas M ou FFGX ou algo do género.
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 3502
  • Recebeu: 1893 vez(es)
  • Enviou: 3623 vez(es)
  • +1522/-102
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #539 em: Agosto 10, 2020, 03:13:02 am »
Não vale a pena misturar conceitos "only for the sake of argument". Onde é que começa e acaba a curvatura da terra? A banda L é melhor para a "terra plana"?

Quanto menor é a frequência (ou maior o comprimento de onda), maior é o alcance e menor a resolução das ondas rádio. Mas existem outro factores muito importantes como o tamanho da antena e a potência. Nas últimas décadas a electrónica e os materiais têm sido os factores mais importantes no desenvolvimento das tecnologias de radar.

Quanto ao espaço, o SPY-1/AEGIS faz o trabalho e é banda S. Isto não significa que o SMART-L seja um mau radar (antes pelo contrario, é um excelente radar), mas os anos e o facto de ser PESA começam a pesar (pun intended). O futuro passa por radares AESA de nitrato de gálio.
Talent de ne rien faire
 

 

LDG Bacamarte, para quando a sua substituição ?

Iniciado por tenente

Respostas: 23
Visualizações: 2806
Última mensagem Setembro 15, 2020, 11:08:04 am
por P44
Substituição dos Lynx

Iniciado por ruben lopes

Respostas: 670
Visualizações: 116554
Última mensagem Outubro 20, 2020, 04:40:12 pm
por tenente
Patrulhas Costeiros Classe "Tejo"

Iniciado por paraquedista

Respostas: 836
Visualizações: 230804
Última mensagem Julho 23, 2020, 12:33:57 pm
por typhonman
Fotografias de Navios da Classe Cmdte João Belo

Iniciado por AyalaBotto

Respostas: 67
Visualizações: 31740
Última mensagem Julho 31, 2020, 10:19:15 am
por P44
Um LHC Usado Classe Tarawa para a Marinha Portuguesa

Iniciado por Rvsantinho

Respostas: 20
Visualizações: 8982
Última mensagem Janeiro 20, 2011, 09:01:46 pm
por ICE 1A+