Unir os Pontos

  • 938 Respostas
  • 119107 Visualizações
*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 2184
  • Recebeu: 933 vez(es)
  • Enviou: 411 vez(es)
  • +927/-46
Re: Unir os Pontos
« Responder #855 em: Janeiro 23, 2020, 02:50:58 pm »
Uma das regras de ouro dos investidores (que movimentam muito dinheiro), é diversificarem a sua carteira o mais que puderem (cuidado com as comissões de manutenção de uma carteira muito grande.....);

Outra regra é a de diversificarem o investimento contrapondo um Beta diferente (riscos diferentes). Por exemplo, se eu invisto numa empresa de guarda-chuvas, devo investir noutra que a contraponha, como por exemplo no turismo. Porque ou corre mal para o turismo (chover muito) ou mal para a empresa de guarda-chuvas, dificilmente corre mal para as 2.

Quando um investidor desconfia que vem aí uma tempestade, transforma tudo em dinheiro e deixa-o quietinho nos bancos/plataformas que utiliza, ou então aplica a curto-prazo e sem risco.

E quando é que sabemos que começa a derrocada?
Vou dar-lhe o meu exemplo em 2007. Tinha acções da Brisa, EDP, Galp e REN. Eu comprava e vendia regularmente, vi que perdia dinheiro nos 4 investimentos que fiz, desfiz-me de tudo!!!!!
Em Agosto já tinha vendido as acções todas e mesmo assim perdi 2.000€.

Esteja atento às cotações, 1 semana a caír, 2, 3....... vai afundar!!!!

A minha bisavó, cujo pai perdeu tudo em jogo e bolsa, sempre disse que ter um bom pedaço de terra para poder cultivar comida é sempre uma segurança. Ela que passou de ter perceptoras francesas para ir servir em casa de outras pessoas, lá tinha a sua razão. Passou muita fominha mas conseguiu guardar dinheiro para comprar uns terrenos com o marido dela e mandar os filhos para a escola. Mas com essa quinta conseguiu reerguer aos poucos a família da situação total de penúria. O dinheiro desvaloriza com as crises, mas a comida não...

É verdade. Ainda para mais a terra no interior é quase de borla. Em média, um terreno de 1 hectare semí-abandonado custa uns 10.000€ (há terrenos bem mais baratos).

Acrescente à lista os imóveis (terra + imóveis). Apesar de que numa grave crise, podem ser totalmente vandalizados! Mas tem razão.

Nós os tugas é que não temos a noção das dificuldades que passou a população até aos anos 80. Depois aderimos à UE e estes inundam o país de subsídios e tornamo-nos finórios e esquisitos!!! E muito endividados, até os empresários!!!!!!
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Cabeça de Martelo, Lusitan, HSMW

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 10033
  • Recebeu: 1178 vez(es)
  • Enviou: 1690 vez(es)
  • +1024/-1425
Re: Unir os Pontos
« Responder #856 em: Fevereiro 13, 2020, 07:23:36 am »
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 2184
  • Recebeu: 933 vez(es)
  • Enviou: 411 vez(es)
  • +927/-46
Re: Unir os Pontos
« Responder #857 em: Fevereiro 13, 2020, 09:47:51 am »
Manda quem pode, obedece quem deve

https://mobile.twitter.com/IsraeliPM/status/1227660066700042242

Se esse é mesmo o twitter oficial do Primeiro Ministro de Israel...... é uma mensagem "forte" para não dizer mais!
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 10033
  • Recebeu: 1178 vez(es)
  • Enviou: 1690 vez(es)
  • +1024/-1425
Re: Unir os Pontos
« Responder #858 em: Fevereiro 13, 2020, 10:24:33 am »
Manda quem pode, obedece quem deve

https://mobile.twitter.com/IsraeliPM/status/1227660066700042242

Se esse é mesmo o twitter oficial do Primeiro Ministro de Israel...... é uma mensagem "forte" para não dizer mais!

Tem aquele símbolo azul que certifica a identidade no Twitter
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 10033
  • Recebeu: 1178 vez(es)
  • Enviou: 1690 vez(es)
  • +1024/-1425
Re: Unir os Pontos
« Responder #859 em: Fevereiro 13, 2020, 10:59:05 am »
The CIA’s ‘coup of the century’

http://pca.st/a30q93no


Greg Miller on how governments all over the world got played by the CIA.
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

BlackFerdyPT

  • Perito
  • **
  • 326
  • Recebeu: 34 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +10/-867
  • Natural dum ex-país que findou em 1986.
    • Um blogue pró-Liberdade, anti-Nova Ordem Mundial
Re: Unir os Pontos
« Responder #860 em: Fevereiro 15, 2020, 07:02:46 pm »
Eu tenho uma boa resposta, que desmonta o que foi dito na colocação anterior - relativamente a dois pontos pertinentes que são levantados e que poderão deixar alguém com dúvidas. Resposta essa, que fará tanto mais sentido quantos mais dos vídeos que eu aqui coloquei tiverem as pessoas já visto.

Mas, como não ando agora com tempo, ou sequer com cabeça, para explicações elaboradas - e, já agora, também para dar tempo às pessoas para assimilarem primeiro a informação que eu aqui deixei - vai (ter de) ficar para daqui a uma semanas...

Até lá, recomendo simplesmente que ignorem temporariamente o que é dito na colocação anterior, antes de verem primeiro os vídeos que eu aqui deixei (o documentário de 1998, acima de todos - e também o Vaxxed e um pequeno extra que foi feito ao último: http://tiny.cc/i07mhz).

E, se depois de verem tais vídeos, não forem capazes de lá chegar por vós próprios, explicarei posteriormente o que não bate certo na colocação anterior.

(Podem encarar isto também como uma tentativa de estimular o vosso sentido crítico.)

Bom Natal, a todas as pessoas de boas intenções.


Olá, a todos.

Lamento a demora no regresso a esta cadeia de comentários. Mas, tem-me faltado, acima de tudo, PACIÊNCIA para ter de estar a pensar pelos outros - e também para lidar com mentiras e mentirosos...

Também, aproveitei para deixar passar um bom tempo, antes de aqui voltar, para me assegurar de que não era por falta de tempo (para vasculhar as diferentes fontes que eu aqui deixei) que, possivelmente, não seriam capazes de lá chegar por vós próprios...


A razão pela qual eu disse para verem os três vídeos que aqui já tinha deixado, foi porque, o que há de comum em todos eles, é o facto de denunciarem a existência de *estudos falsos* sobre esta questão das vacinas.

E, reparem em quem é que, na origem, produz este tipo de gráficos, que supostamente demonstram a eficácia das vacinas. Não é a mesma entidade (governo estadunidense) que já foi apanhada a mentir sobre esta temática das vacinas, através de uma das suas conhecidas agências, a CDC? (E, não é o mesmo governo estadunidense que é conhecido por ser imensamente mentiroso?)


Elaborando sobre o assunto,

A razão pela qual eu digo que, muito melhor do que qualquer "blá blá blá" - em questões que envolvem Ciência e especificamente Estatística - não há nada como apresentar gráficos, é porque, a maneira que eu pessoalmente tenho de lidar com assuntos polémicos (e a maneira como acho que também todos devem lidar com os mesmos) é encarar a problemática em causa como se de um caso de Tribunal se tratasse - ouvindo, para isso, ambos os lados da história e exigindo a estes que apresentem provas do que dizem (para depois se fazer um julgamento).

Mas, infelizmente, o que se passa é que - tal como ocorre em muitos casos de Tribunal - até quando se pedem provas do que é alegado, ainda assim, quando estamos a lidar com pessoas que são desonestas, essas provas podem sempre ser forjadas...

E, uma coisa que se pode muito observar, sempre que há uma qualquer denúncia que seja muito danosa para o poder estabelecido, é que (por não faltar dinheiro algum a quem "manda nisto tudo" e não haver também falta de pessoas que se vendem por dinheiro) surge sempre este ou aquele grupo ou indivíduo, com mentiras elaboradas, a tentar contrariar seriamente o que é denunciado.

(Veja-se o exemplo do que ocorreu aquando da denúncia, feita pelo que considero eu ser o único Jornalista Verdadeiro que existe em Portugal, de que um dos nossos Primeiros-Ministros foi aparentemente morto pela CIA. Coincidência das coincidências, depois de todos este anos, houve um ex-jornalista da RTP que decidiu, logo na mesma altura, publicar um livro em que alega que tal episódio se tratou antes de um mero acidente. E isto, ainda que uma das anteriores Comissões Parlamentares de Inquérito tenha concluído que se tratou de um atentado.)

Mas, vamos ao que interessa.

Sobre o que foi dito, das vacinas serem as responsáveis pelo desaparecimento das doenças,

Eu consigo fazer melhor do que foi feito, num comentário anterior, se é para tentar providenciar supostas provas de tal. Que é, mais do que apresentar um gráfico em que a incidência do sarampo é reduzida após a introdução de uma vacina, eu consigo apresentar um conjunto inteiro de gráficos que mostram que doença atrás de doença foram reduzidas, na sua incidência, devido à introdução de vacinas:

https://medium.com/@visualvaccines/graphic-proof-that-vaccines-work-with-sources-61c199429c8c

Assunto arrumado, certo?


Errado.


Parte 1: O que não "bate certo" no que é dito sobre a reportada incidência de doenças


1) Reparem no quão inconsistentes são as várias ocorrências de casos e surtos de doenças (exibidas nos gráficos da hiperligação anterior) com o que aconteceu nesse mesmo século...

Como é que é possível que, na primeira metade, e além, do século XX em que houve um grande desenvolvimento económico - que, obviamente se repercutiu em melhorias nas condições de higiene e nutrição - não tenha, em consequência disto, havido também uma acentuada diminuição da incidência de doenças contagiosas, antes da introdução das vacinas?

Tal como diz até uma publicação electrónica estadunidense, que escreveu um artigo com o mesmo tipo de estranhos gráficos sobre o sarampo:

Citar
"In reality, most of the advances came over many decades of improvement in hygiene, sanitation, electricity, transportation of food, refrigeration, labor laws, and nutrition. The innovation and hard won struggle for all these and other societal improvements were what were instrumental in the mortality decline in all infectious diseases. You owe much more to your plumber, electrician, and grocer for the massive improvements in infectious diseases than any doctor or pharmacist."

2) E, pegando na citação anterior, do que diz quem usa este tipo de estranhos gráficos,

Da mesma maneira que as melhorias nas condições de higiene e nutrição reduzem a mortalidade de uma doença, também não reduzem obviamente o número de casos (no que toca à contracção e ao contágio) da mesma?

3) Também, tal como é dito num sítio na Internet aparentemente relacionado com o documentário de 1998,

Citar
"The only "evidence" that is ever provided to the public for their effectiveness (and even then not often!) is that SOME graphs will portray an actual acceleration in the decline in the number of REPORTED cases of a disease after the introduction of the vaccine (or an increase in reported cases after compliance falls). However there are many facts that all tend to undermine the significance of this "evidence". These include the following:"

[Leiam o resto na seguinte hiperligação:] http://www.vaccination.inoz.com/immunization.html#link1


Mas, passemos a melhores argumentos...


[continua]
"Trolls" que vagueiem por este fórum (denunciados aqui), as vossas pontuações negativas são como *medalhas* para mim! ;)

(Extra: http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=10786.msg316737#msg316737)
 

*

BlackFerdyPT

  • Perito
  • **
  • 326
  • Recebeu: 34 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +10/-867
  • Natural dum ex-país que findou em 1986.
    • Um blogue pró-Liberdade, anti-Nova Ordem Mundial
Re: Unir os Pontos
« Responder #861 em: Fevereiro 15, 2020, 08:41:41 pm »
[continuação]


Parte 2: As provas do que não "bate certo" nestes gráficos sobre a incidência de doenças


1) Se as vacinas funcionam realmente, porque é que, quando há surtos de doenças para as quais as pessoas foram vacinadas, a percentagem de doentes que foram vacinados é aproximadamente a mesma que a percentagem de pessoas que foram vacinadas, na população em geral?

1.1) Sobre a tosse convulsa, têm a seguinte tradução de uma citação, tirada daqui:
Citar
"Numa epidemia de tosse convulsa na Suécia, no final dos anos 1970, 84% da população era vacinada. E, ainda assim, a percentagem de casos que se sabia terem sido vacinados era, pelo menos, 84%."

2) Se as vacinas funcionam realmente, porque é que há quem observe: ou não haver quase diferença de incidência da doença entre a população vacinada e a população não vacinada; ou até uma maior incidência da doença na população vacinada?

2.1) Sobre o sarampo, têm a seguinte citação, tirada daqui:
Citar
"Barratta et al. (1970) investigated an outbreak in Florida from December 1968 to February 1969 and found little difference in the incidence of measles in vaccinated and unvaccinated children."

2.2) Sobre a varíola, têm a seguinte tradução de uma citação, tirada daqui:
Citar
"...grande epidemia de varíola nas Filipinas. (...) E foi claramente demonstrado que as únicas pessoas que tinham varíola duas vezes eram os vacinados - e que havia muito mais casos de varíola entre os vacinados do que entre os não vacinados."

3) Porque é que, no caso de uma doença (meningite) relativamente à qual os autores do documentário de 1998 tiveram acesso aos dados da incidência apenas, de tal doença, também não se nota uma alteração no declínio da mesma, após a introdução da vacina? (https://www.youtube.com/embed/cqsT5EoIk8U?start=565&end=607)

4) Porque é que, em Hamburgo entre 1956 e 1970, sem que tenha havido alguma intensa campanha de vacinação, os casos de tosse convulsa diminuíram imenso? (https://www.youtube.com/embed/cqsT5EoIk8U?start=607&end=639) [Dica: Informem-se sobre o chamado "Milagre do Reno".]

5) E, se a redução no número de mortes por doenças, ao longo do século XX, não é um reflexo da redução também no número de casos, então porque é que relativamente à tosse convulsa, quando comparamos os correspondentes gráficos, há uma clara relação entre eles?



Gráfico tirado daqui. E, uma nota importante: A quebra no declínio da doença,
assinalada a vermelho, deveu-se à introdução de obrigatoriedade da vacina, em 1978.


(Este anterior gráfico, então, fala por si próprio - e constitui prova inequívoca do que digo...)

E, mais podia eu dizer - assim como, mais coisas poderão certamente vocês constatar, se fizerem pesquisa própria sobre este assunto... Pois, relativamente ao anterior ponto 1 (desta "Parte 2"), tal como disse numa mensagem anterior desta cadeia, fui capaz de descobrir a mesma coisa relativamente à vacina do tétano, há mais de uma década, cruzando informação de diferentes fontes credíveis. (Mas, para ter agora menos trabalho, limitei-me essencialmente a tirar os dados que acima apresento do documentário de 1998 que recomendei.)


[continua]
"Trolls" que vagueiem por este fórum (denunciados aqui), as vossas pontuações negativas são como *medalhas* para mim! ;)

(Extra: http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=10786.msg316737#msg316737)
 

*

BlackFerdyPT

  • Perito
  • **
  • 326
  • Recebeu: 34 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +10/-867
  • Natural dum ex-país que findou em 1986.
    • Um blogue pró-Liberdade, anti-Nova Ordem Mundial
Re: Unir os Pontos
« Responder #862 em: Fevereiro 15, 2020, 09:41:47 pm »
[continuação]


Parte 3: Conclusões mais abrangentes que se podem tirar deste caso


Como tenho dito, é uma questão de usarem sempre o vosso sentido crítico - e também de exigirem *provas* (e reflectirem sobre as mesmas) - para tentarem averiguar o que possa ou não "bater certo" em - ou relativamente a - TUDO o que vos é dito.

Pois, quem diz mentiras tem por hábito não revelar as suas fontes. (Ex: Vejam o que aconteceu, no ano passado, também com gráficos científicos, a um dos principais propagandistas do "aquecimento global antropogénico" - https://blackfernando.blogs.sapo.pt/condenado-em-tribunal-um-dos-principais-184855 - já implicado anteriormente numa aparente revelação de que andava a publicar gráficos aldrabados numa conhecida revista científica: https://www.prisonplanet.com/mike%E2%80%99s-nature-trick.html)

Por exemplo, recorrendo ao princípio de que falo, de encarar as polémicas mediáticas como se de casos de Tribunal se tratassem, pude eu uma vez concluir que um jornalista, em particular, que eu até então considerava credível, me estava a mentir (https://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=12204.msg315764#msg315764). E, depois de constatar tal coisa, deixei simplesmente de consultar o seu blogue - pois, perdi a confiança que tinha no mesmo.

Mas, em alternativa, se não quiserem ter de estar sempre a comparar provas dum lado e doutro, para toda e qualquer polémica com que se deparem, recomendo então que façam algo ainda mais simples do que isto... Que é, a partir do momento em que apanhem um qualquer meio de comunicação ou pessoa a mentir (conscientemente) sobre um assunto, eliminarem tal fonte da vossa lista de fontes credíveis a consultar - e passarem a encarar tudo o que esta vos diz como possivelmente mentira... (E, deste modo, ficam até com mais tempo livre para tudo o resto.)

Eu, pessoalmente, se por exemplo estou numa sala de espera dum hospital e vejo uma televisão ligada a dar notícias da RTP (que está sempre a dizer que o Planeta está a aquecer, entre outras mentiras ocasionais) sobre a Guerra na Síria, por exemplo, nem preciso de saber o que realmente terá acontecido, relativamente ao que é reportado, para deduzir que o que é dito por esta estação de televisão a toda a gente na sala é muito provavelmente mentira. E também, de cada vez que vejo um utilizador, em particular, neste fórum - que já apanhei, várias vezes, a mentir conscientemente sobre diferentes assuntos - a comentar, logo de seguida, alguma colocação que eu faço, penso logo: "Pronto. Lá vem mais uma mentira..."

É como quando, após dois grandes incêndios no País que resultaram em dezenas de pessoas queimadas vivas (que o governo deveria ter impedido de morrerem, de forma tão horrível), aparece o governo com um "estudo" a dizer que as pessoas continuam a adorar o governo.

Quem quiser acreditar na palavra e neste tipo de estudos, produzidos por governos notoriamente corruptos, que acredite...

Mas, por alguma razão há sempre quem seja vítima de burlas fáceis de topar - enquanto há outros que, por pararem para pensar, não são vítimas das mesmas.


[continua]
"Trolls" que vagueiem por este fórum (denunciados aqui), as vossas pontuações negativas são como *medalhas* para mim! ;)

(Extra: http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=10786.msg316737#msg316737)
 

*

BlackFerdyPT

  • Perito
  • **
  • 326
  • Recebeu: 34 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +10/-867
  • Natural dum ex-país que findou em 1986.
    • Um blogue pró-Liberdade, anti-Nova Ordem Mundial
Re: Unir os Pontos
« Responder #863 em: Fevereiro 15, 2020, 10:26:08 pm »
[continuação]


Parte 4: Duas citações interessantes, de quem tem realmente estudado este assunto, em profundidade


Citar
5. There is no proof that vaccinations are safe or effective.

* There are no control group studies. Authorities consider that "to not vaccinate" is unethical and have refused to study unvaccinated volunteers. If control studies were done according to honest science, vaccination would be outlawed.
* Studies which have been done are not designed to eliminate the examiners bias. Authorities who compile and report disease statistics work closely with and have a vested interest in companies which produce the vaccines. In other industries, this kind of bias is not tolerated. Injuries and deaths in these studies are attributed to anything but vaccination to skew the results and make it appear that vaccines have some merit.

--- Tirado de: http://www.vaclib.org/basic/basicfct.htm

Citar
Dr. Viera Scheibner, author of Vaccinations: 100 Years of Orthodox Research sums up the position of researchers not funded by pharmaceutical companies: "There is no evidence whatsoever that vaccines of any kind (...) are effective in preventing the infectious diseases they are supposed to prevent."

--- Tirado de: https://naturalnewsblogs.com/vaccines-really-safe-effective/


Parte 5: Apontamento final


Resumindo,

De um lado, há quem apresente gráficos que mostram que as vacinas reduzem a incidência das doenças, tendo como base dados providenciados - certamente depois de toda esta polémica ter sido iniciada (podem ver aqui um exemplo de como há arquivos científicos que são, por vezes, "remexidos") - por um governo notoriamente corrupto (e que é sabido ser um de muitos ocidentais que são controlados pelos grandes interesses económicos - https://fotos.web.sapo.io/i/o41140ea4/17596647_i1zW0.jpeg - nos quais se inclui a multimilionária indústria médico-farmacêutica: http://kontrainfo.com/capitulo-6-los-cuatro-grandes-megafondos-financieros-complejo-industrial-militar-la-otan/).

De outro, há quem apresente gráficos que mostram que as vacinas não só não reduzem, como até aumentam, a incidência das doenças - e que não tem nada a ganhar (em termos monetários) em fazer este tipo de denúncias.

Assim sendo, quem possua tal faculdade, que recorra então ao seu (tão mencionado) sentido crítico para decidir em quem acreditar...
"Trolls" que vagueiem por este fórum (denunciados aqui), as vossas pontuações negativas são como *medalhas* para mim! ;)

(Extra: http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=10786.msg316737#msg316737)
 

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 2184
  • Recebeu: 933 vez(es)
  • Enviou: 411 vez(es)
  • +927/-46
Re: Unir os Pontos
« Responder #864 em: Fevereiro 16, 2020, 03:55:40 pm »
Ó BlackFerdyPT?
Tens razão pá, à 100 anos atrás vivíamos 500 anos e agora a esperança média de vida mal ultrapassa os 80 anos de média e quase 100 anos de vida para os jovens que nascem agora!

Agora mais a sério, o que afirma é um disparate sem fim.

Deixo-lhe um artigo do Público onde descreve muito bem a evolução das doenças mais graves em Portugal desde os anos 60, a partir do momento em que nasceu o nosso sistema nacional de vacinação. Muitas doenças graves foram completamente erradicadas, como o Sarampo (regressou recentemente por causa de infecções de estrangeiros que vieram de fora do país), Difteria, Poliomielite aguda que já não existe à muitos anos (tem um caso de um senhor com mais de 50 anos que tem a doença e pede agora ajuda para morrer).

Leia o artigo, os números não deixam qualquer dúvida. Se você não quiser vacinar-se é consigo (para já e enquanto a lei não for alterada) e se quiser também não vacine os seus descendentes, mas não venha passar mentiras para aqui.

Explica lá o caso português para o quase desaparecimento de todas as doenças graves! Cruze com as vacinas introduzidas e tem a resposta.

Já agora, todos os recém-nascidos portugueses têem uma esperança média de vida de quase 100 anos. Consegue explicar porquê?

https://www.publico.pt/2019/02/23/infografia/vacinas-portugal-sao-caso-sucesso-300
« Última modificação: Fevereiro 16, 2020, 03:57:07 pm por Viajante »
 

*

BlackFerdyPT

  • Perito
  • **
  • 326
  • Recebeu: 34 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +10/-867
  • Natural dum ex-país que findou em 1986.
    • Um blogue pró-Liberdade, anti-Nova Ordem Mundial
Re: Unir os Pontos
« Responder #865 em: Fevereiro 16, 2020, 07:30:23 pm »
The CIA’s ‘coup of the century’

http://pca.st/a30q93no


Greg Miller on how governments all over the world got played by the CIA.

Em nada me surpreendeu tal notícia.

Pois, quando era activista político e me preocupava/interessava sobre os vários métodos de vigilância que as secretas (que continuam, de modo encoberto, a desempenhar a função de polícias políticas) usam para vigiar os dissidentes políticos, cheguei à mesma conclusão...

De que, quase certamente, os aparelhos que existiam para encriptar mensagens de voz seriam uma criação de (e teriam "portas dos fundos" para) os mesmos serviços secretos ocidentais que alguém pudesse não querer ser vigiado por.

(Pois, estivesse eu do "outro lado" era exactamente o que faria. Criava eu próprio um destes aparelhos, com uma "porta dos fundos" para mim incluída, e tratava de que fosse o meu aparelho que as pessoas usavam...)

E, quem pense que, se se tiver conhecimento do modo de funcionamento de todas as componentes da tecnologia usada, isso elimina a possibilidade de vigilância, desengane-se: https://blackfernando.blogs.sapo.pt/o-conceito-de-bugdoor-explicado-num-139673
"Trolls" que vagueiem por este fórum (denunciados aqui), as vossas pontuações negativas são como *medalhas* para mim! ;)

(Extra: http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=10786.msg316737#msg316737)
 

*

BlackFerdyPT

  • Perito
  • **
  • 326
  • Recebeu: 34 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +10/-867
  • Natural dum ex-país que findou em 1986.
    • Um blogue pró-Liberdade, anti-Nova Ordem Mundial
Re: Unir os Pontos
« Responder #866 em: Fevereiro 16, 2020, 09:38:44 pm »
Peço desculpa, procurarei no futuro colocar também um texto de um site de propaganda americana, para equilibrar  :-[

O sítio na Internet do "Centre for Research on Globalization (CRG)" já foi, no seu todo, um sítio mesmo muito bom. Tendo surgido dois dias antes dos ataques de 11/9 e sido, desde então, uma muito boa e importante fonte para tudo o que são activistas socialistas e anti-imperialistas, no mundo inteiro.

(O sítio português Resistir.info, operado por uma facção do PCP, por exemplo, estava sempre a publicar traduções de artigos do CRG. E, olhem para o fundador do CRG, Michel Chossudovsky, a desmontar brilhantemente a dita "Guerra contra o Terrorismo", logo no início da mesma: https://www.youtube.com/watch?v=iF7-Tr9Q7Cw)

Mas, nos últimos anos, começou a admitir a colaboração de gente desconhecida e não só, que produz artigos de credibilidade duvidosa e conteúdo até, por vezes, algo ridículo - e, com isso, tornou-se este sítio na Internet uma estranha amálgama de bons artigos misturados com maus: https://blackfernando.blogs.sapo.pt/boaventura-sousa-santos-foi-co-fundador-138448

(Tudo o que sejam organizações - incluindo meios de comunicação - "anti-sistema" correm sempre o risco de serem infiltradas - e consequentemente "descarriladas" - pelo próprio sistema...)

Mas, ainda assim, felizmente continua este sítio a publicar muito bons artigos. E, esse autor em particular, Gearóid Ó Colmáin, é muito bom (ex: https://www.globalresearch.ca/unknown-snipers-and-western-backed-regime-change/27904).
"Trolls" que vagueiem por este fórum (denunciados aqui), as vossas pontuações negativas são como *medalhas* para mim! ;)

(Extra: http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=10786.msg316737#msg316737)
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 16457
  • Recebeu: 1493 vez(es)
  • Enviou: 1416 vez(es)
  • +237/-306
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

BlackFerdyPT

  • Perito
  • **
  • 326
  • Recebeu: 34 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +10/-867
  • Natural dum ex-país que findou em 1986.
    • Um blogue pró-Liberdade, anti-Nova Ordem Mundial
Re: Unir os Pontos
« Responder #868 em: Fevereiro 18, 2020, 04:43:59 pm »
Façam fila!

Surto de coronavírus em curso, que cientistas de prestígio internacional dizem ser uma arma biológica (https://mundo.sputniknews.com/firmas/202002131090460452-cientificos-el-coronavirus-seria-un-arma-de-guerra-biologica/ + https://greatgameindia.com/dr-francis-boyle-creator-of-bioweapons-act-says-coronavirus-is-biological-warfare-weapon/) irá ser usado para introduzir uma vacina experimental, de um tipo nunca antes testado em seres humanos:

https://www.buzzsprout.com/332756/2685775
"Trolls" que vagueiem por este fórum (denunciados aqui), as vossas pontuações negativas são como *medalhas* para mim! ;)

(Extra: http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=10786.msg316737#msg316737)
 

*

Lusitan

  • Perito
  • **
  • 511
  • Recebeu: 186 vez(es)
  • Enviou: 180 vez(es)
  • +162/-13
  • Hic et Ubique
Re: Unir os Pontos
« Responder #869 em: Fevereiro 18, 2020, 05:20:27 pm »
Façam fila!

Surto de coronavírus em curso, que cientistas de prestígio internacional dizem ser uma arma biológica (https://mundo.sputniknews.com/firmas/202002131090460452-cientificos-el-coronavirus-seria-un-arma-de-guerra-biologica/ + https://greatgameindia.com/dr-francis-boyle-creator-of-bioweapons-act-says-coronavirus-is-biological-warfare-weapon/) irá ser usado para introduzir uma vacina experimental, de um tipo nunca antes testado em seres humanos:

https://www.buzzsprout.com/332756/2685775

Só tu para me fazeres rir Ferdy!!! :D

https://www.who.int/docs/default-source/coronaviruse/situation-reports/20200211-sitrep-22-ncov.pdf
https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/summary.html

Deixa-te de falar sobre ciência, Fredy. Só fazes figurinhas tristes.
O Francis Boyle é um jurista. Não tem qualquer conhecimento técnico sobre vírus.
Os coronavírus têm origem em morcegos. E a prevalência desta família de vírus em habitantes que moram perto de morcegos é de cerca de 2.9% na China.

Tal como com o vírus do SARS, a probabilidade é que o vírus utilizou outros animais para contaminar humanos.
https://en.wikipedia.org/wiki/Severe_acute_respiratory_syndrome_coronavirus

A cooperação entre universidades e institutos de saúde para combater epidemias é comum e pública. Não é segredo nenhum.

A teoria da conspiração é tão estúpida que para tentar ser convincente mete autoridades chinesas a permitir aos EUA (o seu principal adversário) desenvolverem armas biológicas num laboratório no centro da China e depois mete o Reino Unido ao barulho, pelo meio metendo institutos chineses e americanos a colaborar para criar uma vacina para uma arma biológica que pelos vistos ambos criaram, mas cujo antívirus que seria fácil de desenvolver se tivessem desenvolvido o vírus em laboratório se esqueceram de criar antes de espalhar pela China...

« Última modificação: Fevereiro 18, 2020, 09:51:49 pm por HSMW »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Kalil