Os 30 F16A/B MLU da FAP

  • 1858 Respostas
  • 310823 Visualizações
*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2565
  • Recebeu: 1375 vez(es)
  • Enviou: 833 vez(es)
  • +769/-172
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1845 em: Dezembro 24, 2019, 03:49:55 pm »
Não estando directamente ligada à nossa frota, esta notícia é no entanto interessante pois quase parece anunciar um retorno aos rockets ar-ar utilizados por vários tipos de caça na década de 40/50.

https://www.cavok.com.br/blog/video-caca-f-16-da-usaf-intercepta-missil-de-cruzeiro-alvo-com-foguete-apkws/
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

Stalker79

  • Especialista
  • ****
  • 1166
  • Recebeu: 239 vez(es)
  • Enviou: 1137 vez(es)
  • +107/-11
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1846 em: Dezembro 24, 2019, 04:34:22 pm »
Não estando directamente ligada à nossa frota, esta notícia é no entanto interessante pois quase parece anunciar um retorno aos rockets ar-ar utilizados por vários tipos de caça na década de 40/50.

https://www.cavok.com.br/blog/video-caca-f-16-da-usaf-intercepta-missil-de-cruzeiro-alvo-com-foguete-apkws/


Não me parece que nos anos 40/50 tivessem acesso ao APKWS. Isso é que torna o Hydra numa arma viavel para a função.
Rockets guiados a laser é outra coisa. ;)
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2565
  • Recebeu: 1375 vez(es)
  • Enviou: 833 vez(es)
  • +769/-172
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1847 em: Dezembro 24, 2019, 04:57:13 pm »
Não me parece que nos anos 40/50 tivessem acesso ao APKWS. Isso é que torna o Hydra numa arma viavel para a função.
Rockets guiados a laser é outra coisa. ;)

A sério Stalker? Vê lá tu bem que não tinha reparado nisso. :P

Nos anos 40 e 50 alguns tipos de interceptor utilizavam foguetes ar-ar como arma de saturação sobretudo contra bombardeiros, no entanto por serem armas não-guiadas caíram em desuso em combate aéreo e só muito raramente (e in extremis) é que foram novamente empregues dessa forma em conflitos subsequentes. Agora, guiados a laser, tornam-se de novo numa opção credível ar-ar, a uma fracção do custo de um míssil e podendo ser carregados em maior número, o que é algo bastante interessante.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Stalker79

*

goldfinger

  • Perito
  • **
  • 429
  • Recebeu: 154 vez(es)
  • Enviou: 39 vez(es)
  • +47/-0
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1848 em: Dezembro 27, 2019, 10:26:57 am »
Não me parece que nos anos 40/50 tivessem acesso ao APKWS. Isso é que torna o Hydra numa arma viavel para a função.
Rockets guiados a laser é outra coisa. ;)

A sério Stalker? Vê lá tu bem que não tinha reparado nisso. :P

Nos anos 40 e 50 alguns tipos de interceptor utilizavam foguetes ar-ar como arma de saturação sobretudo contra bombardeiros, no entanto por serem armas não-guiadas caíram em desuso em combate aéreo e só muito raramente (e in extremis) é que foram novamente empregues dessa forma em conflitos subsequentes. Agora, guiados a laser, tornam-se de novo numa opção credível ar-ar, a uma fracção do custo de um míssil e podendo ser carregados em maior número, o que é algo bastante interessante.

Bachem Ba 349 alemán años 40



Norhtrop F89 Scorpion, americanos años 50
« Última modificação: Dezembro 27, 2019, 10:27:55 am por goldfinger »
A España servir hasta morir
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5575
  • Recebeu: 1146 vez(es)
  • Enviou: 609 vez(es)
  • +389/-137
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1849 em: Dezembro 27, 2019, 11:02:56 am »
Faltou o maior e mais potente:

https://en.wikipedia.org/wiki/AIR-2_Genie






Citar
McDonnell Douglas AIR-2A Genie Nuclear Air-to-Air Rocket

Saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2565
  • Recebeu: 1375 vez(es)
  • Enviou: 833 vez(es)
  • +769/-172
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1850 em: Dezembro 27, 2019, 12:41:30 pm »
Faltou o maior e mais potente:

https://en.wikipedia.org/wiki/AIR-2_Genie






Citar
McDonnell Douglas AIR-2A Genie Nuclear Air-to-Air Rocket

Saudações

Estourar Genies no meio de formações de Bisons e Bears é para mim um dos expoentes máximos do conceito MAD (Mutual Assured Destruction) no sentido literal da palavra em Inglês, ou seja, loucura. Tanta quanta observar a deflagração da sua carga nuclear no solo, mesmo por baixo desta...


« Última modificação: Dezembro 27, 2019, 12:44:22 pm por Charlie Jaguar »
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW, mafets, Stalker79

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15203
  • Recebeu: 1068 vez(es)
  • Enviou: 999 vez(es)
  • +179/-171
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Red Baron

  • Perito
  • **
  • 453
  • Recebeu: 82 vez(es)
  • Enviou: 104 vez(es)
  • +79/-22
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1852 em: Janeiro 03, 2020, 12:23:29 pm »
:arrow: https://lockheedmartin.com/content/dam/lockheed-martin/aero/documents/F-16/F-16V-Geece-Exec-Sum.pdf

O negocio Grego é realmente bom.



Vão ficar com 120 F-16V e 32 F-16 BLK50/52.
Pena não termos BLK 50/52 para também aproveitar-mos este tipo de negocio.
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2565
  • Recebeu: 1375 vez(es)
  • Enviou: 833 vez(es)
  • +769/-172
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1853 em: Janeiro 03, 2020, 02:43:55 pm »
:arrow: https://lockheedmartin.com/content/dam/lockheed-martin/aero/documents/F-16/F-16V-Geece-Exec-Sum.pdf

O negocio Grego é realmente bom.



Vão ficar com 120 F-16V e 32 F-16 BLK50/52.
Pena não termos BLK 50/52 para também aproveitar-mos este tipo de negocio.

Isso não está correcto: os gregos encomendaram o upgrade de 84 F-16C/D Block 52+ e Advanced 52 (52M) para a versão F-16V, porém os Block 50 ficaram de fora assim como os Block 30, estes últimos podendo vir a ser substituídos por F-35A.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

MATRA

  • Membro
  • *
  • 295
  • Recebeu: 83 vez(es)
  • Enviou: 547 vez(es)
  • +21/-6
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1854 em: Janeiro 03, 2020, 02:47:41 pm »
Uma Força Aérea digna de nome, o que faz a ameaça turca.
An appeaser is one who feeds a crocodile — hoping it will eat him last.
Sir Winston Churchill
 

*

Red Baron

  • Perito
  • **
  • 453
  • Recebeu: 82 vez(es)
  • Enviou: 104 vez(es)
  • +79/-22
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1855 em: Janeiro 03, 2020, 02:57:21 pm »
:arrow: https://lockheedmartin.com/content/dam/lockheed-martin/aero/documents/F-16/F-16V-Geece-Exec-Sum.pdf

O negocio Grego é realmente bom.



Vão ficar com 120 F-16V e 32 F-16 BLK50/52.
Pena não termos BLK 50/52 para também aproveitar-mos este tipo de negocio.

Isso não está correcto: os gregos encomendaram o upgrade de 84 F-16C/D Block 52+ e Advanced 52 (52M) para a versão F-16V, porém os Block 50 ficaram de fora assim como os Block 30, estes últimos podendo vir a ser substituídos por F-35A.

Eles receberam a autorização do congresso americano para os 115 F-16C, mas só vão avançar com 84 para já.

Os BLK 30 vão receber os sistemas substituídos dos 52/52+.
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2565
  • Recebeu: 1375 vez(es)
  • Enviou: 833 vez(es)
  • +769/-172
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1856 em: Janeiro 04, 2020, 12:49:45 pm »
Eles receberam a autorização do congresso americano para os 115 F-16C, mas só vão avançar com 84 para já.

Os BLK 30 vão receber os sistemas substituídos dos 52/52+.

Ah, isso não é a mesma coisa: os gregos receberam autorização do congresso dos EUA para a modernização de até 120 F-16C/D para a versão Viper, mas o Governo helénico já informou que serão apenas 84 (os Block 52+ e 52M) de modo a que os trabalhos estejam concluídos em 2027.

Agora onde viste isso dos Block 30 é que me está a baralhar pois não encontro nada sobre qualquer programa concreto de modernização destas células, tanto que até estiveram para ser vendidas à Croácia e os gregos querem substitui-las por F-35A a médio prazo. Salvo erro li na AFM que os sistemas retirados dos Block 52 iam para os 50.

https://www.semedenergydefense.com/greek-f-16c-d-block-30-fighters-for-sale/
« Última modificação: Janeiro 04, 2020, 03:31:00 pm por Charlie Jaguar »
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

Red Baron

  • Perito
  • **
  • 453
  • Recebeu: 82 vez(es)
  • Enviou: 104 vez(es)
  • +79/-22
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1857 em: Janeiro 04, 2020, 03:39:22 pm »
Eles receberam a autorização do congresso americano para os 115 F-16C, mas só vão avançar com 84 para já.

Os BLK 30 vão receber os sistemas substituídos dos 52/52+.

Ah, isso não é a mesma coisa: os gregos receberam autorização do congresso dos EUA para a modernização de até 120 F-16C/D para a versão Viper, mas o Governo helénico já informou que serão apenas 84 (os Block 52+ e 52M) de modo a que os trabalhos estejam concluídos em 2027.

Agora onde viste isso dos Block 30 é que me está a baralhar pois não encontro nada sobre qualquer programa concreto de modernização destas células, tanto que até estiveram para ser vendidas à Croácia e os gregos querem substitui-las por F-35A a médio prazo. Salvo erro li na AFM que os sistemas retirados dos Block 52 iam para os 50.

https://www.semedenergydefense.com/greek-f-16c-d-block-30-fighters-for-sale/

No link que colocaste tem la no fim:
Citar
A major obstacle in any attempt to sell the Greek Block 30 F-16s is that the fighters, although “low-time” –not having received any upgrades for 30 years in service- are considered obsolete, especially compared to Israeli “Baraks” offered at the same time. Greek Block 30s would have a much higher market value if they were put into a modernization program as part of any international sale offer. A very viable possibility could be to use surplus F-16 parts as Greek Air Force implements the F-16V and will become available after 2020. Using these parts and assemblies together with new ones can upgrade the Block 30 aircraft to Block 50+ status at a very attractive price and with high market demand. 

E faz parte do PDF da proposta da Lockheed Martin. Tomara nós que eles colocassem uns APG-68 a venda.  ;)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 3027
  • Recebeu: 1389 vez(es)
  • Enviou: 2926 vez(es)
  • +535/-92
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1858 em: Janeiro 04, 2020, 11:19:49 pm »
Não havendo guito para AESAs, o 68 era um bom upgrade. Mas não sendo duplo-uso, vai ser complicado. A menos, claro está, que algum espertalhão consiga convencer o poder político que o AN/APG-68 tem um modo para detectar fogos florestais.  :mrgreen:
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye