Os 30 F16A/B MLU da FAP

  • 1831 Respostas
  • 304958 Visualizações
*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2461
  • Recebeu: 1243 vez(es)
  • Enviou: 741 vez(es)
  • +711/-172
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1800 em: Outubro 15, 2019, 04:50:31 pm »
Boa tarde
O  F 16 pelo menos ate 2030 ira continuar a voar nos nossos ceus mas convem comecar ja a arranjar um substituto pelo menos abordar este assunto com mais atencao F 35,  gripen, Superhornet e Rafale certamente irao ser escolhas a ver vamos...ou nao…
abraxo

Super Hornet e Rafale??? Já agora porque não o Typhoon também...

Em que país vive, desculpe?  ::)


bem vindo de volta CJ!  :)

A dúvida que tenho é, algum parceiro  EPAF ainda está a desenvolver algo para os seus F16? Para Viper sabemos que não vão, se eles não vão para Viper vamos sozinhos?

A Holanda comprou agora à dias mais F35.

Mais uma vez fica marcado a "papel azul timbrado", o que se quer na FAP é o F35, disso não resta dúvidas.

Olá caro amigo e obrigado.  :)

Como disse e muito bem o "Speedy" (aka CO da BA5, Cor. PILAV João Gonçalves), numa Europa onde a EPAF se prepara para avançar em bloco para o F-35A, seria absurdo que o desenvolvimento do MLU (já de si a dar sinais de obsolescência hoje em dia) ficasse a cargo apenas de uma nação. Absurdo, incomportável e outros adjectivos mais.

Quanto a upgrades dos operadores europeus dos MLU, apenas coisas pontuais derivadas de necessidades operacionais e atrasos no F-35, mas nada porém como uma OFP M7, antes seguindo com a derradeira S1.1: https://www.defenseindustrydaily.com/belgium-upgrading-its-f-16s-024093/

Agora que as legislativas já lá vão, vamos ver quando é que o novo ou "novo" MDN começa a falar da substituição dos F-16 visto que na primeira metade do ano ficámos a saber que o PS parecia alinhar pelo Lightning II e o PSD pelo Viper. No entanto, e muito importante, convém relembrar que estamos à mercê dos ventos vindos de Washington e assim, a bem da verdade, o próximo caça - a escolher entre estes dois - será aquele que os norte-americanos nos queiram vender. É (muito) bem feito pelo sucessivo afastamento de Portugal dos projectos conjuntos de Defesa europeus, sobretudo aeronáuticos, em prol dos laços transatlânticos.
« Última modificação: Outubro 15, 2019, 05:13:39 pm por Charlie Jaguar »
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: MATRA

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2461
  • Recebeu: 1243 vez(es)
  • Enviou: 741 vez(es)
  • +711/-172
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1801 em: Outubro 17, 2019, 12:04:24 pm »
Durante o FWIT deste ano, que decorre como habitualmente na base aérea holandesa de Leeuwarden, os nossos F-16AM voltaram a apresentar a pouco habitual configuração de 6 AIM-120 AMRAAM (CATM-120B e C) durante a fase ar-ar do curso. Fica aqui uma foto, mais no link em baixo. ;)


http://www.prk-aviation.nl/FWIT2019.htm
« Última modificação: Outubro 17, 2019, 10:04:26 pm por Charlie Jaguar »
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 3061
  • Recebeu: 131 vez(es)
  • Enviou: 11 vez(es)
  • +128/-32
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1802 em: Outubro 19, 2019, 10:33:34 pm »
Boa tarde
O  F 16 pelo menos ate 2030 ira continuar a voar nos nossos ceus mas convem comecar ja a arranjar um substituto pelo menos abordar este assunto com mais atencao F 35,  gripen, Superhornet e Rafale certamente irao ser escolhas a ver vamos...ou nao…
abraxo

Super Hornet e Rafale??? Já agora porque não o Typhoon também...

Em que país vive, desculpe?  ::)


bem vindo de volta CJ!  :)

A dúvida que tenho é, algum parceiro  EPAF ainda está a desenvolver algo para os seus F16? Para Viper sabemos que não vão, se eles não vão para Viper vamos sozinhos?

A Holanda comprou agora à dias mais F35.

Mais uma vez fica marcado a "papel azul timbrado", o que se quer na FAP é o F35, disso não resta dúvidas.

Olá caro amigo e obrigado.  :)

Como disse e muito bem o "Speedy" (aka CO da BA5, Cor. PILAV João Gonçalves), numa Europa onde a EPAF se prepara para avançar em bloco para o F-35A, seria absurdo que o desenvolvimento do MLU (já de si a dar sinais de obsolescência hoje em dia) ficasse a cargo apenas de uma nação. Absurdo, incomportável e outros adjectivos mais.

Quanto a upgrades dos operadores europeus dos MLU, apenas coisas pontuais derivadas de necessidades operacionais e atrasos no F-35, mas nada porém como uma OFP M7, antes seguindo com a derradeira S1.1: https://www.defenseindustrydaily.com/belgium-upgrading-its-f-16s-024093/

Agora que as legislativas já lá vão, vamos ver quando é que o novo ou "novo" MDN começa a falar da substituição dos F-16 visto que na primeira metade do ano ficámos a saber que o PS parecia alinhar pelo Lightning II e o PSD pelo Viper. No entanto, e muito importante, convém relembrar que estamos à mercê dos ventos vindos de Washington e assim, a bem da verdade, o próximo caça - a escolher entre estes dois - será aquele que os norte-americanos nos queiram vender. É (muito) bem feito pelo sucessivo afastamento de Portugal dos projectos conjuntos de Defesa europeus, sobretudo aeronáuticos, em prol dos laços transatlânticos.

Meu caro, explica-me "o que os USA nos queiram vender", só se quiseres dizer "aquele que nos ajudam a pagar ? ".

Penso que se ficarmos fora do F-35A, voltaremos a ficar atrás dos parceiros europeus ( a maioria deles continua a prefir caças que operam na USAF).

A meu ver os únicos programas que não deveriamos ter saído era do A-400M e NH-90.

Cumprimentos,
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2461
  • Recebeu: 1243 vez(es)
  • Enviou: 741 vez(es)
  • +711/-172
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1803 em: Outubro 21, 2019, 01:55:20 pm »
Meu caro, explica-me "o que os USA nos queiram vender", só se quiseres dizer "aquele que nos ajudam a pagar ? ".

E não é uma e a mesma coisa?  ;)


Penso que se ficarmos fora do F-35A, voltaremos a ficar atrás dos parceiros europeus ( a maioria deles continua a prefir caças que operam na USAF).

A meu ver os únicos programas que não deveriamos ter saído era do A-400M e NH-90.

Teremos de avançar forçosamente, seja para o F-16V ou F-35A se quisermos continuar em paridade com os nossos aliados. Agora qual deles? Nas intenções políticas e do próprio ramo o prato da balança continua a pender mais para o Lightning II, resta saber qual a vontade de Washington para financiar parcialmente essa compra visto não sermos nenhuma Polónia, mas termos o trunfo das Lajes.

No que diz respeito aos programas europeus concordo com aqueles que disseste e acrescentaria o Eurofighter ou Rafale. Por não participarmos nos mesmos é que teremos sempre de estar de mão estendida para os norte-americanos, e que eu tenha conhecimento poucos ou nenhuns caças de fabrico europeu foram alguma vez entregues aos clientes, inclusivamente não NATO/UE, com versões downgraded...

Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 1259
  • Recebeu: 273 vez(es)
  • Enviou: 35 vez(es)
  • +60/-20
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1804 em: Outubro 22, 2019, 11:03:55 pm »
Continuo a achar que a solução mais adequada seria de fazer um upgrade dos PA I para Viper, e depois fazer a aquisição gradual dos F-35 para os PA II. É uma evolução gradual, ao invés de saltar logo de F-16 para F-35.

Os caças de geração 4.5 europeus não chegam, o salto tecnológica não é assim tão significativo para justificar tamanho investimento, e mais tarde ou mais cedo teríamos de ir a correr procurar um caça de 5ª ou 6ª geração. Se esta solução se tivesse procurado para tomar efeito mais tardar 2020/25, aceitava-se, mas agora é tarde para procurar estas aeronaves para 2030 e adiante.

O erro continua a ser o mesmo, deixar tudo o que é substituições e aquisições de valores mais avultados para a mesma década, depois de anos em que pouco ou nada se fez.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW, Stalker79

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 3061
  • Recebeu: 131 vez(es)
  • Enviou: 11 vez(es)
  • +128/-32
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1805 em: Outubro 22, 2019, 11:36:17 pm »
Meu caro, explica-me "o que os USA nos queiram vender", só se quiseres dizer "aquele que nos ajudam a pagar ? ".

E não é uma e a mesma coisa?  ;)


Penso que se ficarmos fora do F-35A, voltaremos a ficar atrás dos parceiros europeus ( a maioria deles continua a prefir caças que operam na USAF).

A meu ver os únicos programas que não deveriamos ter saído era do A-400M e NH-90.

Teremos de avançar forçosamente, seja para o F-16V ou F-35A se quisermos continuar em paridade com os nossos aliados. Agora qual deles? Nas intenções políticas e do próprio ramo o prato da balança continua a pender mais para o Lightning II, resta saber qual a vontade de Washington para financiar parcialmente essa compra visto não sermos nenhuma Polónia, mas termos o trunfo das Lajes.

No que diz respeito aos programas europeus concordo com aqueles que disseste e acrescentaria o Eurofighter ou Rafale. Por não participarmos nos mesmos é que teremos sempre de estar de mão estendida para os norte-americanos, e que eu tenha conhecimento poucos ou nenhuns caças de fabrico europeu foram alguma vez entregues aos clientes, inclusivamente não NATO/UE, com versões downgraded...



Concordo meu caro, mas a FAP e os bi lugar, não são muito amigos..

Há uns anos andou aí o rumo que o antigo CEMFA Araújo, queria a FAP com Typhoon, mas não sei se não seria "mito urbano".

Sinceramente, custa-me a perceber, como é que temos dinheiro para ajudar os bancos ( mais de 5 mil milhões) de euros, entre outras coisas e quando é material para a defesa do país andamos sempre a mendigar.

Não consigo perceber, sinceramente, devo ser mesmo burro.

Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

Stalker79

  • Especialista
  • ****
  • 1078
  • Recebeu: 221 vez(es)
  • Enviou: 1075 vez(es)
  • +105/-11
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1806 em: Outubro 22, 2019, 11:40:58 pm »
Caro Typhonman, enganou-se ao pronunciar 16.7 mil milhões de ajudas aos bancos até agora....
Obvio que para a defesa nunca há nada pois os tachos politicos lá são poucos.
 ;)
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2461
  • Recebeu: 1243 vez(es)
  • Enviou: 741 vez(es)
  • +711/-172
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1807 em: Outubro 23, 2019, 11:56:02 am »
Continuo a achar que a solução mais adequada seria de fazer um upgrade dos PA I para Viper, e depois fazer a aquisição gradual dos F-35 para os PA II. É uma evolução gradual, ao invés de saltar logo de F-16 para F-35.

O problema está em que os PA I também eles já contam com 25 anos e uma modernização em cima, e isto já se sabe que as máquinas não duram para sempre. Hão-de reparar que praticamente todas as vezes que os nossos F-16 seguem para qualquer missão importante no estrangeiro quem vai são os PA I, e isso também começa a pesar. Daqui a pouco já a própria hipótese de utilizar estas 19 células no upgrade para o padrão Viper fica posto em causa, se é que já não está. Talvez seja por isso que os pilotos de ambas as Esquadras são unânimes a dizer que a exploração do F-16 MLU está no limite, e que o Viper pouco trará de substancialmente novo.


Há uns anos andou aí o rumo que o antigo CEMFA Araújo, queria a FAP com Typhoon, mas não sei se não seria "mito urbano".

Não é mito urbano, foi mesmo verdade. No entanto, e após se ver que seriam Tranche 1 com todos os custos inerentes à modernização para outros blocos posteriores a nosso cargo - e era por isso que os nossos "aliados" os queriam despachar pois saía (saiu) mais barato construir novos que fazer o upgrade para 2 e 3 -, a coisa caiu e bem por terra pois também não haviam sido devidamente contabilizados os elevados custos de operação do Eurofighter. Histórias do arco da velha... ::)


Sinceramente, custa-me a perceber, como é que temos dinheiro para ajudar os bancos ( mais de 5 mil milhões) de euros, entre outras coisas e quando é material para a defesa do país andamos sempre a mendigar.

Não consigo perceber, sinceramente, devo ser mesmo burro.

Essa é a mais fácil de todas: chamam-se prioridades e promiscuidades, nenhuma delas infelizmente ligada às Forças Armadas, o que se vem a reflectir perfeitamente no actual estado da Defesa no nosso país.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

PMFM

  • Membro
  • *
  • 57
  • Recebeu: 36 vez(es)
  • Enviou: 3 vez(es)
  • +4/-0
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1808 em: Novembro 03, 2019, 12:16:51 pm »
F-35 A PREÇO DE 4ª GERAÇÃO

 O pentágono e a Lockheed Martin anunciaram recentemente o contrato celebrado para aquisição de 478 caças de 5ª Geração F-35 Lightning II, no valor global de 34.000M USD. Isto significa que estas células correspondentes aos lotes 12, 13 e 14, destinadas às forças dos EUA, parceiros internacionais e vendas militares ao estrangeiro, terão o custo de aquisição mais baixo de sempre.

No acordo alcançado, o programa F-35 atinge e ultrapassa os objectivos de redução de custos em todos os modelos, colocando o F-35A a preços inferiores a 80M USD, portanto mesmo mais barato do que vários caças de 4ª Geração actualmente em produção, nomeadamente o Rafale da Dassault ou o Eurofighter Typhoon.

"Baixar os custos é essencial para o sucesso do programa [F-35]. Estou entusiasmado pelo Gabinete do Programa F-35 e a Lockheed Martin terem chegado a acordo para estes três lotes, que são um marco. Conseguiu-se uma redução de custo de 12,7% em média para as três variantes e consegue colocar o lote 13 do F-35A abaixo dos 80M USD, um lote antes do planeado" disse a propósito o TGen. Erick Fick, Oficial executivo do Programa F-35.

Os três lotes são constituídos por 291 células destinadas aos EUA, 127 para parceiros internacionais e 60 destinadas a vendas militares ao estrangeiro.



"Com estratégias de aquisição inteligentes, uma parceria forte entre o Governo e a Indústria e uma concentração incansável na qualidade e redução de custos, conseguimos reduzir os custos de aquisição do F-35 de 5ª Geração para o mesmo nível ou até abaixo de aeronaves de 4ª Geração." referiu Greg Ulmer vice-presidente da Lockheed Martin para o programa F-35, prosseguindo: "Com o custo unitário do F-35A abaixo dos 80M USD no lote 13, conseguimos ultrapassar os nossos objectivos de há um longo tempo para redução de custos, um ano antes de planeado."

FONTE: http://www.passarodeferro.com/2019/10/f-35-preco-de-4-geracao-m2072-592019.html
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2461
  • Recebeu: 1243 vez(es)
  • Enviou: 741 vez(es)
  • +711/-172
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1809 em: Novembro 18, 2019, 09:16:53 pm »
Os dois pilotos da Força Aérea Portuguesa (FAP) que participaram no curso FWIT (Fighter Weapons Instructor Training) deste ano receberam o diploma de graduação das mãos do Gen. Dennis Luyt, e o tão almejado "patch", em cerimónia realizada na base aérea de Leeuwarden, Países Baixos, no dia 14 do corrente mês de Novembro de 2019.

http://www.passarodeferro.com/2019/11/fap-tem-dois-novos-pilotos-graduados-no.html



Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, Stalker79, MATRA

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4176
  • Recebeu: 264 vez(es)
  • Enviou: 268 vez(es)
  • +54/-14
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1810 em: Dezembro 01, 2019, 01:55:48 pm »
Citar
Romania’s CSAT approves purchase of 5 F-16s
Posted in Air Force on November 30th, 2019 – Be the first to comment
Romania’s Supreme Council for the Country’s Defence (CSAT) has approved the purchase of five F-16s. Earlier it was reported that Romania wants to buy another five F-16s from Portugal.

http://alert5.com/
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 4243
  • Recebeu: 2000 vez(es)
  • Enviou: 769 vez(es)
  • +554/-71
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1811 em: Dezembro 02, 2019, 05:26:10 pm »
The Portuguese Air Force will replace its Lockheed Martin F-16AM/BM Fighting Falcon fighter jet by a 5th-generation combat aircraft. The F-16AM/BMs are fielded from Monte Real airbase No. 5 by the squadrons 201 Falcões and 301 Jaguares.



https://twitter.com/Defence360/status/1201473557676601344

Abraços

 

*

asalves

  • Perito
  • **
  • 452
  • Recebeu: 155 vez(es)
  • Enviou: 53 vez(es)
  • +21/-8
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1812 em: Dezembro 02, 2019, 06:15:21 pm »
The Portuguese Air Force will replace its Lockheed Martin F-16AM/BM Fighting Falcon fighter jet by a 5th-generation combat aircraft. The F-16AM/BMs are fielded from Monte Real airbase No. 5 by the squadrons 201 Falcões and 301 Jaguares.



https://twitter.com/Defence360/status/1201473557676601344

Abraços

Segue mais um dos belos estudos/trabalho pesquisa da nossa academia militar.

SUBSTITUIÇÃO DO SISTEMA DE ARMAS F16MLU E ENTRADA NA 5.ªGERAÇÃO
https://comum.rcaap.pt/bitstream/10400.26/28673/1/Cap%20Pilav%20Rodrigo%20Silva.pdf
 

*

MATRA

  • Membro
  • *
  • 240
  • Recebeu: 66 vez(es)
  • Enviou: 455 vez(es)
  • +16/-6
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1813 em: Dezembro 02, 2019, 06:17:44 pm »
 :o assim sem mais nem menos, sem preliminares nem nada?

Aprecio os "twites" do Victor, mas isto assim seco sem fontes é um bocado mais do mesmo (whishful thinking) não?
An appeaser is one who feeds a crocodile — hoping it will eat him last.
Sir Winston Churchill
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 4243
  • Recebeu: 2000 vez(es)
  • Enviou: 769 vez(es)
  • +554/-71
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1814 em: Dezembro 02, 2019, 06:28:16 pm »
:o assim sem mais nem menos, sem preliminares nem nada?

Aprecio os "twites" do Victor, mas isto assim seco sem fontes é um bocado mais do mesmo (whishful thinking) não?

Provavelmente, muito provavelmente!!

Abraços 
« Última modificação: Dezembro 02, 2019, 07:12:17 pm por tenente »