Desactivação da Base aérea nº 6 do Montijo

  • 473 Respostas
  • 72790 Visualizações
*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7966
  • Recebeu: 433 vez(es)
  • Enviou: 761 vez(es)
  • +271/-236
Re: Desactivação da Base aérea nº 6 do Montijo
« Responder #465 em: Janeiro 23, 2020, 01:08:53 pm »
 O Aeroporto do Montijo foi pensado para aviões lowcost, mas a ANAC já veio alertar que o tamanho da pista tem limitações para aviões mais pesados, como os da Ryanair.

A entidade que certifica os aeroportos em Portugal, Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) já veio admitir que o comprimento da pista do futuro aeroporto do Montijo “pode ser motivo de preocupação”, avançou a TSF (acesso livre).

O projeto para o novo aeroporto prevê que a obra aumente em 390 metros a única pista que ficará em funcionamento depois da inauguração, ficando, no total, com 2.400 metros. O problema é que esse comprimento final “não dá total cumprimento aos requisitos de operação da aeronave B737-800”, refere a ANAC num parecer enviado à Agência Portuguesa do Ambiente (APA), sublinhando que “este é o avião usado por uma das companhias low cost [Ryanair] que potencialmente operarão no Montijo”.

https://eco.sapo.pt/2020/01/23/montijo-vai-ter-a-pista-mais-curta-de-todos-os-aeroportos-nao-chega-para-avioes-da-ryanair/
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 1673
  • Recebeu: 362 vez(es)
  • Enviou: 55 vez(es)
  • +82/-25
Re: Desactivação da Base aérea nº 6 do Montijo
« Responder #466 em: Janeiro 23, 2020, 01:21:59 pm »
390... onde é que já vi esse número... será que também vai custar 900 milhões de euros?  :mrgreen:

Agora fora de brincadeiras, primeiro dá tudo o Ok de que o Montijo serve, e afinal ainda têm de aumentar mais a pista do que o previsto?

Do ponto de vista militar, tenho pena que se vá perder esta belíssima Base Aérea.
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7671
  • Recebeu: 709 vez(es)
  • Enviou: 845 vez(es)
  • +109/-32
Re: Desactivação da Base aérea nº 6 do Montijo
« Responder #467 em: Janeiro 23, 2020, 01:29:18 pm »
E a base aérea de Ovar (actualmente Aeródromo de Manobra), não serve para receber aeronave nenhuma?

Vamos ver, supostamente irá receber os C130 depois dos KC390 entrarem ao serviço...

O problema de Ovar é não ter infraestruturas, para receber esquadras de voo e respectivo efectivo, teria que ter várias obras, e por arrasto a FAP ter capacidade em aumentar o efectivo dos restantes serviços da base, parte administrativa, manutenção, transportes, etc.
 

*

Daniel

  • Investigador
  • *****
  • 1221
  • Recebeu: 44 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +56/-969
Re: Desactivação da Base aérea nº 6 do Montijo
« Responder #468 em: Janeiro 23, 2020, 02:49:40 pm »
7 grandes números do novo aeroporto no Montijo
https://eco.sapo.pt/2020/01/23/7-grandes-numeros-do-novo-aeroporto-no-montijo/

Citar
A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) disse “OK” à reconversão da Base Aérea n.º 6 num novo aeroporto comercial no Montijo, que deverá complementar a capacidade do atual Aeroporto Humberto Delgado. Era o último passo visto como crucial para a obra arrancar. Conheça sete grandes números do projeto.

2022

Estima-se que o novo aeroporto do Montijo comece a operar em 2022, segundo o acordo fechado entre o Governo e a ANA – Aeroportos de Portugal, que é controlada pelos franceses da Vinci. A intenção passa pela reconversão da atual base aérea num aeroporto comercial, para complementar o aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa.

1,3 mil milhões de euros

É o montante total que a ANA se comprometeu a investir até 2028 no novo aeroporto do Montijo. O valor inclui não só a reconversão da base onde atualmente está instalada a Força Aérea como também a expansão do atual aeroporto de Lisboa.

48 milhões de euros

É o custo previsto das 160 medidas de mitigação do impacte ambiental que a ANA vai ter de implementar para instalar o aeroporto no Montijo. Algumas visam proteger as espécies de aves que fazem ninho e se alimentam naquela área, que totaliza 2.500 hectares. Outras, reduzir o ruído dos aviões e das operações na própria infraestrutura. Antes mesmo da aprovação, a ANA já tinha mostrado desconforto com algumas delas. Mas o Governo já veio avisar que são mesmo para cumprir.

100 milhões de euros

O ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, estima que retirar a Força Aérea da base que vai ser reconvertida em aeroporto terá um impacto orçamental de 100 milhões de euros. Segundo o governante, o projeto “vai afetar, direta ou indiretamente, sete das dez esquadras da Força Aérea”. No Parlamento, o ministro disse ainda que este valor “precisa de ser acomodado no âmbito da relação entre o Estado e a entidade que tem a gestão do aeroporto”.

50 milhões de passageiros

A necessidade de se instalar um aeroporto complementar ao de Lisboa no Montijo surge porque o principal aeroporto está a operar acima do limite. Juntas, as duas infraestruturas terão capacidade para receber 50 milhões de passageiros, praticamente duplicando a capacidade do atual aeroporto de Lisboa. Nos 12 meses até setembro de 2019, o Aeroporto Humberto Delgado serviu 30 milhões de passageiros, um número bastante superior à capacidade, que é de 22 milhões.
72 voos/hora

Com os dois aeroportos a funcionar em pleno, Lisboa e Montijo terão a capacidade para acomodar 72 voos por hora. Esta informação faz parte de um estudo elaborado pela NAV, a empresa que gere o tráfego aéreo em Portugal.

2.983 voos

O aeroporto do Montijo não vai poder operar entre a meia-noite e as seis da manhã, e com limitações. Há um limite anual de 2.983 voos nas extremidades deste intervalo, ou seja, este é o número máximo de aviões que vão poder operar entre as 23h00 e a meia-noite e entre as 6h00 e as 7h00.
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 1673
  • Recebeu: 362 vez(es)
  • Enviou: 55 vez(es)
  • +82/-25
Re: Desactivação da Base aérea nº 6 do Montijo
« Responder #469 em: Janeiro 23, 2020, 02:50:55 pm »


Sempre tem mais espaço que a BA1 de Sintra... mas a de Sintra mantém-se sobretudo pela AFA e para formação não é preciso maior.

Mas os C-130 vão para lá para serem operados ou só para ficarem lá parados a apodrecer?

O tempo que vão demorar a fazer as obras no Montijo dava para fazer em Ovar presumo eu. Mas percebo que dê demasiado trabalho estar a mover tudo (incluindo militares e as respectivas famílias) centenas de kms para Norte.
 

*

Daniel

  • Investigador
  • *****
  • 1221
  • Recebeu: 44 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +56/-969
Re: Desactivação da Base aérea nº 6 do Montijo
« Responder #470 em: Janeiro 23, 2020, 02:56:52 pm »
Montijo vai ter a pista mais curta de todos os aeroportos. Não chega para aviões da Ryanair
https://eco.sapo.pt/2020/01/23/montijo-vai-ter-a-pista-mais-curta-de-todos-os-aeroportos-nao-chega-para-avioes-da-ryanair/
Citar
O Aeroporto do Montijo foi pensado para aviões lowcost, mas a ANAC já veio alertar que o tamanho da pista tem limitações para aviões mais pesados, como os da Ryanair. A entidade que certifica os aeroportos em Portugal, Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) já veio admitir que o comprimento da pista do futuro aeroporto do Montijo “pode ser motivo de preocupação”, avançou a TSF (acesso livre).

O projeto para o novo aeroporto prevê que a obra aumente em 390 metros a única pista que ficará em funcionamento depois da inauguração, ficando, no total, com 2.400 metros. O problema é que esse comprimento final “não dá total cumprimento aos requisitos de operação da aeronave B737-800”, refere a ANAC num parecer enviado à Agência Portuguesa do Ambiente (APA), sublinhando que “este é o avião usado por uma das companhias low cost [Ryanair] que potencialmente operarão no Montijo”.
Esta situação “pode ser motivo de preocupação por implicar a operação do avião com limitações de carga”, refere o regulador, explicando que o futuro aeroporto foi dimensionado para aviões deste tipo, pelo que o comprimento da pista poderá ser um problema.

Em comparação a outros aeroportos nacionais, como Lisboa, Porto, Faro, Beja, Ponta Delgada e Funchal, é o novo aeroporto do Montijo que terá a pista mais curta. A ANAC já veio dizer que será possível aumentar a pista para 2.500 metros (para responder às necessidades desta aeronave), mas isso pode obrigar a aumentar o aterro, ganhando mais espaço ao rio Tejo, ou noutro tipo de solução, com consequências ambientais.
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

Red Baron

  • Perito
  • **
  • 480
  • Recebeu: 85 vez(es)
  • Enviou: 107 vez(es)
  • +80/-22
Re: Desactivação da Base aérea nº 6 do Montijo
« Responder #471 em: Janeiro 23, 2020, 07:51:45 pm »
E a base aérea de Ovar (actualmente Aeródromo de Manobra), não serve para receber aeronave nenhuma?

Vai receber o contingente de combate aos fogos assim que forem comprados e possivelmente os C130 se foram transferidos para essa missão.
 

*

PMFM

  • Membro
  • *
  • 64
  • Recebeu: 48 vez(es)
  • Enviou: 3 vez(es)
  • +4/-0
Re: Desactivação da Base aérea nº 6 do Montijo
« Responder #472 em: Janeiro 24, 2020, 11:48:47 pm »
Não sei se já colocaram aqui antes, mas este é o projeto do novo aeroporto do Montijo:



Quem tiver interesse e paciência, deixo o link da página da APA sobre a AIA do projeto com toda a documentação.

 :arrow: http://siaia.apambiente.pt/AIA1.aspx?ID=3280

« Última modificação: Janeiro 24, 2020, 11:58:03 pm por PMFM »
 

*

luis simoes

  • Membro
  • *
  • 224
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • Enviou: 28 vez(es)
  • +0/-62
Re: Desactivação da Base aérea nº 6 do Montijo
« Responder #473 em: Janeiro 25, 2020, 12:51:05 am »
E a base aérea de Ovar (actualmente Aeródromo de Manobra), não serve para receber aeronave nenhuma?

Vai receber o contingente de combate aos fogos assim que forem comprados e possivelmente os C130 se foram transferidos para essa missão.
Boa noite
sim serao ali alocados todos os meios de combate aos FF incluindo os C130 H ...havendo depois dispersao dos mesmos a nivel nacional na altura mais preocupante,,,,
Abraxo
 

 

Petição: TROPAS PÁRA-QUEDISTAS, PARA A FORÇA AÉREA!

Iniciado por paraquedista

Respostas: 3
Visualizações: 3386
Última mensagem Março 11, 2016, 07:53:23 pm
por paraquedista
Qual as prioridades para a Força Aérea entre 2011-2020 ?

Iniciado por dc

Respostas: 38
Visualizações: 10721
Última mensagem Novembro 15, 2010, 02:34:53 pm
por bokaido
CDS propõe 12 anos de serviço para pilotos da Força Aérea

Iniciado por Marauder

Respostas: 19
Visualizações: 9136
Última mensagem Setembro 12, 2007, 02:40:44 am
por raphael
Açores: radares de defesa aérea a partir de 2011

Iniciado por pmdavila

Respostas: 18
Visualizações: 9510
Última mensagem Maio 20, 2008, 04:09:50 pm
por Lancero
Força Aérea Portuguesa no V Festival Aéreo de Vigo

Iniciado por bucanero

Respostas: 8
Visualizações: 5431
Última mensagem Julho 30, 2008, 06:15:06 pm
por bucanero