Votação

Qual a solução mais sensata?

Sou a favor da construção dos dois.
37 (27.2%)
Sou a favor apenas do TGV.
11 (8.1%)
Sou a favor apenas do aeroporto.
25 (18.4%)
Nenhum, há outras prioridades.
63 (46.3%)

Votos totais: 118

Votação encerrada: Julho 05, 2005, 08:14:28 pm

Aeroporto da Ota e TGV... prioridades?

  • 604 Respostas
  • 121800 Visualizações
*

Jorge Pereira

  • Administrador
  • *****
  • 2198
  • Recebeu: 58 vez(es)
  • Enviou: 116 vez(es)
  • +16/-0
    • http://forumdefesa.com
Re: Aeroporto da Ota e TGV... prioridades?
« Responder #555 em: Novembro 15, 2010, 03:26:50 pm »
Citação de: "P44"
O ministro das Obras Públicas e dos Transportes anunciou esta segunda-feira, no Parlamento, que as obras do TGV vão arrancar no início do próximo ano.
 :new_argue:  :2gunsfiring:  :G-bigun:

Citar
Não há maior erro na liderança da coisa pública do que ter falsas esperanças que rapidamente são varridas pela realidade


Winston Churchill
Um dos primeiros erros do mundo moderno é presumir, profunda e tacitamente, que as coisas passadas se tornaram impossíveis.

Gilbert Chesterton, in 'O Que Há de Errado com o Mundo'






Cumprimentos
 

*

Jorge Pereira

  • Administrador
  • *****
  • 2198
  • Recebeu: 58 vez(es)
  • Enviou: 116 vez(es)
  • +16/-0
    • http://forumdefesa.com
Re: Aeroporto da Ota e TGV... prioridades?
« Responder #556 em: Novembro 15, 2010, 03:38:32 pm »
Citar
Obras para o TGV arrancam no primeiro trimestre de 2011

O ministro das Obras Públicas confirmou, esta manhã no Parlamento, o arranque das obras do troço Poceirão-Caia, em alta velocidade, no início do próximo ano, tal como inicialmente previsto.

Um dos primeiros erros do mundo moderno é presumir, profunda e tacitamente, que as coisas passadas se tornaram impossíveis.

Gilbert Chesterton, in 'O Que Há de Errado com o Mundo'






Cumprimentos
 

*

Jorge Pereira

  • Administrador
  • *****
  • 2198
  • Recebeu: 58 vez(es)
  • Enviou: 116 vez(es)
  • +16/-0
    • http://forumdefesa.com
Re: Aeroporto da Ota e TGV... prioridades?
« Responder #557 em: Novembro 15, 2010, 03:42:07 pm »
Um dos primeiros erros do mundo moderno é presumir, profunda e tacitamente, que as coisas passadas se tornaram impossíveis.

Gilbert Chesterton, in 'O Que Há de Errado com o Mundo'






Cumprimentos
 

*

Luso-Efe

  • 467
  • +0/-0
Re: Aeroporto da Ota e TGV... prioridades?
« Responder #558 em: Novembro 15, 2010, 04:14:21 pm »
Citação de: "cromwell"
Citação de: "Luso-Efe"
Citação de: "Lusitano89"
Contrato do TGV ainda precisa de visto do Tribunal de Contas


O primeiro-ministro afirmou hoje que o contrato para a construção da linha ferroviária de alta velocidade (TGV) entre Poceirão e Caia ainda precisa do visto do Tribunal de Contas e de “trabalhos preliminares”.
José Sócrates falava aos jornalistas no final da sessão de abertura do debate na generalidade do Orçamento do Estado para 2011, na Assembleia da República, depois de questionado sobre o futuro do TGV em Portugal após a celebração do acordo com o PSD para a viabilização da proposta orçamental do executivo.

Segundo Sócrates, “tal como está previsto no acordo [com o PSD para a viabilização do Orçamento], todas as parcerias público privadas (PPP) vão ser reavaliadas, por forma a que resulte a garantia que, entre custo e benefício, não haja dúvidas de que o benefício para o país é muito superior ao custo”.

“Quando foi lançado o concurso para a construção da linha do TGV entre Poceirão e Caia esse concurso já foi baseado numa avaliação entre custo e benefício”, referiu o primeiro-ministro.

No entanto, José Sócrates referiu que ainda terá de ser apresentado “o contrato ao Tribunal de Contas para obtenção de visto” e “depois há ainda trabalhos preliminares”.

“É nesse período que se fará a avaliação – o acordo fala em avaliação urgente. O que nós fizemos, por sugestão do PSD, é concordar com uma avaliação genérica de todas as PPP para que fique claro que, entre custos e benefícios, teremos mais benefícios em todos esses projetos”, sustentou o líder do executivo.

Nas suas respostas, José Sócrates voltou a sair em defesa da necessidade de ser construído o TGV em Portugal.

“Quando falamos de TGV, falamos de uma rara oportunidade que o país tem de o fazer, porque é importante que Portugal fique ligado à Europa através de uma linha de alta velocidade. Só neste momento temos as condições financeiras para o fazer: dispomos de fundos comunitários e o financiamento do Banco Europeu de Investimento”, acrescentou.

Lusa

Espero bem que o presidente do Tribunal de contas não esteja com meias medidas e vete isto tudo, e que peça estudos, o Guilherme de Oliveira Martins já demonstrou que não tem problemas em vetar obras socialistas como fez com a concessão Transmontana.

Para mim a jogada é esta, o Oliveira veta e pede mais estuados, isso dá para ganahr uns meses, o suficiente para dar tempo ao Cavaco de ganhar as eleições e tomar posse o que só acontece em Março, por isso é que os iberistas traidores querem arrancar com as obras em Janeiro.

Com o Cavaco no segundo mandato, a música vai ser outra, penso que se vai acabar a festa, e este projecto de TGV vai direitinho para o lixo, é literalmente mete-lo no caixote do lixo.

Este TGV iberista é um escândalo, feito ao serviço dos intresses castelhanos, como disse o Ricardo Slagado o TGV serve para estruturar a ibéria.

É só vendidos.

:snipersmile:

Caro Luso-efe, não me parece que o Tribunal de Contas fará alguma coisa.

Irá aprovar. Isto porque? Porque a justiça é controlada pela criminosa Maçonaria, que controla Portugal e por isso, Socrátes terá o seu TGV garantido.

Com esta obra castela terá garantida a sub-alternização de lisboa e de portugal em relação a madrid, colocando Portugal ao nivel de qualquer outra região espanhola que é o que este TGV madridocentrico e iberista assente no modelo estrela pretente.

Sócrates está no caminho certo para ficar para a história como uma espécie de miguel de vasconcelos do séc 21.
Chamar aos Portugueses ibéricos é 1 insulto enorme, é o mesmo que nos chamar Espanhóis.

A diferença entre as 2 designações, é que a 1ª é a design. Grega, a 2ª é a design. Romana da península.

Mas tanto 1 como outra são sinónimo do domínio da língua, economia e cultura castelhana.

Viva Portugal
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15126
  • Recebeu: 1050 vez(es)
  • Enviou: 983 vez(es)
  • +177/-170
Re: Aeroporto da Ota e TGV... prioridades?
« Responder #559 em: Novembro 16, 2010, 05:13:25 pm »
Tu por acaso não tens familiares no Brasil, é que no DB anda por lá um tal Ilya que escreve de uma forma bastante semelhante à tua.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Luso-Efe

  • 467
  • +0/-0
Re: Aeroporto da Ota e TGV... prioridades?
« Responder #560 em: Novembro 16, 2010, 11:11:15 pm »
Bem, ò martelo, então cortas-te relações comigo e agora andas a perseguir os meus post's todos.

Em relação aos meus  familiares está quase tudo cá na burgo Lusitano.

Em relação ao Defesa Brasil, possivelmente vou-me increver, visto que aquilo só com incrição é que se pode ver o que os irmaõs brasileiros lá escrevem.

Mas tu parece-me que andas no fórum castelhano, anda lá um Martelo 79.

Voltando ao tema, grande imagem que o Jorge Pereira nos trouxe.

Em relação a este António Mendonza das obras publicas é um digno sucessor do Lino ibérico, continua a insistir no TGV iberista e madridocentrico que o pais não pode nemd eve fazer a bem da nossa economia economica e politica.

Em comum têm o facto de serem os dois escurraçados do partido comunista, está visto que os comunas fazem todos o jogo dos castelhanoa.

Para quem ainda tiver dúvidas, não se esqueçam que o Pina Moura, esse iberita que se confessou no seu ultimo discurso na assembleia da republica antes de abandonar o cargo de deputado, incompativel com as funções que desempenhava na iberdrola se confessou nas entrelinhas iberista trador, e tem em comun com os dois especimens anteriores o facto de ser também umescurraçados do PCp que se juntou aos socialistas iberistas e faz  jogo de castela, não estivesse ele à frente da iberdroal, da media capital e de tudo o que é interesses espanhóis em Portugal.

Mas algo me deixou mais descansado hoje, a Manuela FerreiraLleite disse hoje no jornal da sic com uma convicção inabalável  
que apesar da insistencia do governo e dos numeros de circo que o mendoza iberico fez no parlamento que o TGV não vai ser feito de certeza absoluta, porque diz ele, pura e simplemente não  há dinehiro para isso.

E de certeza que ela para dizer o que disse, e com o sorriso e ar de contentamente que o disse, é porque tem informações fidedignas.

Finalmente uma boa noticia.

 :snipersmile:
« Última modificação: Novembro 17, 2010, 06:53:04 pm por Luso-Efe »
Chamar aos Portugueses ibéricos é 1 insulto enorme, é o mesmo que nos chamar Espanhóis.

A diferença entre as 2 designações, é que a 1ª é a design. Grega, a 2ª é a design. Romana da península.

Mas tanto 1 como outra são sinónimo do domínio da língua, economia e cultura castelhana.

Viva Portugal
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15126
  • Recebeu: 1050 vez(es)
  • Enviou: 983 vez(es)
  • +177/-170
Re: Aeroporto da Ota e TGV... prioridades?
« Responder #561 em: Novembro 17, 2010, 12:51:57 pm »
Eu não cortei com relações com ninguém até porque aqui debate-se idéias e opiniões.

Sim o Martelo79 sou eu e também estou no Defesa Brasil.

E não, não estou a perseguir-te, simplesmente não concordo com as tuas idéias, nem mais nem menos. Não te odeio, não te desprezo, simplesmente não concordo contigo.

A Manuela não pode falar seja o que for porque se o Sócrates estiver no poder vai fazer o TGV porque o estado não vai gastar muito dinheiro numa primeira fase. Não te esqueças que o dinheiro em primeiro lugar vai sair de Bruxelas e de privados...em mais um negócio contra os interesses do contribuinte Português.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11117
  • Recebeu: 387 vez(es)
  • Enviou: 227 vez(es)
  • +62/-47
Re: Aeroporto da Ota e TGV... prioridades?
« Responder #562 em: Novembro 22, 2010, 08:43:02 pm »
Novo aeroporto: DIA emitida até à 1ª quinzena de Dezembro


A Declaração de Impacto Ambiental (DIA) do novo aeroporto será emitida até à primeira quinzena de Dezembro, disse hoje à agência Lusa fonte oficial do Ministério do Ambiente.

De acordo com a mesma fonte, decorre atualmente a “fase de elaboração do parecer da avaliação da comissão de avaliação de impacto ambiental” do projecto do novo aeroporto de Lisboa.

Este parecer será remetido para o Ministério do Ambiente, tendo a “DIA de ser emitida até à primeira quinzena de Dezembro”, acrescentou a fonte do Ministério da Saúde.

O Governo anunciou, em maio, que tinha decidido "protelar" uma decisão sobre o modelo de privatização da ANA - Aeroportos e a construção do novo aeroporto, devido à "instabilidade financeira".

No Orçamento do Estado para 2011, o Executivo refere que vai prosseguir com o “processo [do novo aeroporto] com vista à sua contratação, conceção, construção, financiamento e exploração”.

O novo aeroporto de Lisboa, que será construído na zona do Campo de Tiro de Alcochete, representa um investimento de cerca de 4,9 mil milhões de euros (incluindo a construção e o valor a investir no período da concessão).

Lusa
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11117
  • Recebeu: 387 vez(es)
  • Enviou: 227 vez(es)
  • +62/-47
Re: Aeroporto da Ota e TGV... prioridades?
« Responder #563 em: Dezembro 04, 2010, 07:34:15 pm »
Governo não pára TGV


A Rave está a renegociar com a Brisa e a Mota-Engil o contrato da linha Poceirão-Caia.
A empresa Rede de Alta de Velocidade (Rave) reabriu formalmente o concurso público para a construção do troço Poceirão-Caia, que faz parte da linha Lisboa-Madrid, para alterar e melhorar o contrato que tinha assinado co m o consórcio Elos, no início de Maio. Este consórcio, liderado pela Brisa e pela Soares da Costa, ganhou em Dezembro de 2009 o primeiro concurso, com uma proposta de 1,4 mil milhões de euros, derrotando o agrupamento da Mota-Engil.

A Rave continua assim sem quaisquer instruções para suspender o projecto do TGV. A reabertura do concurso está relacionada com a avaliação negativa que o Tribunal de Contas (TC) fez do contrato assinado com a Brisa. A apreciação do TC é fundamental, pois sem a sua autorização os gestores da Rave não podem fazer nenhum pagamento.

Embora os juízes do TC não tenham chegado a chumbar formalmente o contrato, o Ministério das Obras Públicas (MOP) percebeu, através dos sucessivos esclarecimentos que foram pedidos pelos magistrados, que o visto não iria ser concedido. Por isso, no dia 1 de Outubro, o ministério liderado por António Mendonça retirou o contrato e o pedido de visto.

O TC preparava-se para chumbar o contrato por considerar que este é lesivo do interesse público, já que o risco da operação de exploração é assumido integralmente pelo Estado.

Assim, a Rave foi obrigada a reabrir o concurso, pois está obrigada a apresentar um contrato com novas condições que satisfaçam os requisitos do TC.

SOL
 

*

old

  • Especialista
  • ****
  • 913
  • +1/-0
Re: Aeroporto da Ota e TGV... prioridades?
« Responder #564 em: Dezembro 18, 2010, 11:17:05 am »
Solo a titulo informartivo y sin animo de crear polemica:

Acaba de inugurarse la linea Madrid -Cuenca-Albacete-Valencia
 España acaba de convertirse en la pais del Europa con mas km de lineas de alta velocidad y el tercero del mundo tras Japon y China.

La red AVE es la mas rapida y puntual del mundo (Su velocidad comercial es de 221,05 kilómetros por hora, con lo que supera a la de 218,8 que se registra en Japón, y a la de Francia (216 Km/h) Por lo que a puntualidad se refiere, sólo los trenes AVE de Japón y España rozan el 100%. En el país asiático, el 99% de los trenes de Alta Velocidad llegan a su destino a la hora prevista y en España el 98,5%.

http://www.elmundo.es/especiales/2010/1 ... rente.html
http://www.valenciaplaza.com/ver/15547/ ... mundo.html
 

*

Jorge Pereira

  • Administrador
  • *****
  • 2198
  • Recebeu: 58 vez(es)
  • Enviou: 116 vez(es)
  • +16/-0
    • http://forumdefesa.com
Re: Aeroporto da Ota e TGV... prioridades?
« Responder #565 em: Dezembro 19, 2010, 04:30:08 pm »
Citação de: "old"
Solo a titulo informartivo y sin animo de crear polemica:

Acaba de inugurarse la linea Madrid -Cuenca-Albacete-Valencia
 España acaba de convertirse en la pais del Europa con mas km de lineas de alta velocidad y el tercero del mundo tras Japon y China.

La red AVE es la mas rapida y puntual del mundo (Su velocidad comercial es de 221,05 kilómetros por hora, con lo que supera a la de 218,8 que se registra en Japón, y a la de Francia (216 Km/h) Por lo que a puntualidad se refiere, sólo los trenes AVE de Japón y España rozan el 100%. En el país asiático, el 99% de los trenes de Alta Velocidad llegan a su destino a la hora prevista y en España el 98,5%.

http://www.elmundo.es/especiales/2010/1 ... rente.html
http://www.valenciaplaza.com/ver/15547/ ... mundo.html

Citar
España es uno de tales “periféricos” que se ha beneficiado de la riada de fondos europeos a menudo mal aprovechados. Un ejemplo es el AVE que ayer mismo inauguraron los Reyes y que une Madrid con Valencia, tras dar un rodeo por Cuenca y Albacete. ¿Alguien ha reparado en el absurdo de llevar la alta velocidad a Albacete, seguramente la capital de provincia mejor comunicada con Madrid de toda España? En efecto, más de 20 trenes rápidos (Alaris a Valencia; Talgos diesel a Murcia y Talgos con tracción eléctrica a Alicante) al día convierten ese recorrido en uno de los más rápidos de Europa, con promedios de 140 km/hora y velocidades punta de 200 km/h. ¿Hacía falta inversión tan cuantiosa para ganar apenas 19 minutos -1,40 horas frente a 1,59- con un nuevo AVE que, además, alarga la distancia Madrid-Albacete hasta los 314 km frente a los 279 del trazado convencional?

Un disparate –que los viajeros pagarán caro- que nadie supo impedir, porque nadie hubo con criterio suficiente para frenar el capricho de un cacique local -José Bono- empeñado en llevar el AVE a su pueblo. Esta es la España de la que desconfía Centroeuropa. Muchos alemanes piensan que, prisioneros de atavismos históricos, la aventura europea española acabará mal: o abandonamos el euro para entregarnos a nuestro deporte favorito de las devaluaciones competitivas, o aceptamos manu militari una reestructuración de la deuda que vendrá acompañada de un descenso del nivel de vida, lo que acabará con el sueño fatuo de tantos españoles que se creyeron ricos sin serlo.


viewtopic.php?f=24&p=202766#p202766
Um dos primeiros erros do mundo moderno é presumir, profunda e tacitamente, que as coisas passadas se tornaram impossíveis.

Gilbert Chesterton, in 'O Que Há de Errado com o Mundo'






Cumprimentos
 

*

old

  • Especialista
  • ****
  • 913
  • +1/-0
Re: Aeroporto da Ota e TGV... prioridades?
« Responder #566 em: Dezembro 20, 2010, 09:33:01 am »
Siempre encontrará críticas, y predicciones negativas. La cuestión es que a pesar de ellas, se avanza.
 

*

linergy

  • 204
  • +0/-0
Re: Aeroporto da Ota e TGV... prioridades?
« Responder #567 em: Dezembro 20, 2010, 04:08:14 pm »
É melhor Portugal arranjar o que para já têm, porque de outra forma os vossos filhos vão ter que sair de Portugal para pagar as alucinações que as construtoras  venderam ao Portugueses através dos seus relações publicas (políticos). Sem duvida que punham dinheiro em circulação durante 5 anos, mas nos 50 a seguir pagar o prejuízo dos juros iria destruir escolas, hospitais, e degradar condições de vida ... o que de facto é o planos de alguns, -levar o país à falência, é que os que apostam que os países não paguem as dividas, (através de vários instrumentos financeiros) estão à espera. Se Portugal  não se aguentar vai ser expulso do euro e de aí só para pior..
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11117
  • Recebeu: 387 vez(es)
  • Enviou: 227 vez(es)
  • +62/-47
Re: Aeroporto da Ota e TGV... prioridades?
« Responder #568 em: Janeiro 20, 2011, 10:20:21 pm »
Governo altera concessão de Poceirão-Caia


O Governo aprovou hoje em Conselho de Ministros uma alteração ao contrato de concessão do TGV entre Poceirão e Caia de forma a preencher os requisitos para obter o visto prévio do Tribunal de Contas.

A Refer e a Rave decidiram, em Outubro, retirar o pedido de visto prévio à concessão que fará a ligação por alta velocidade ferroviária entre Lisboa e Madrid «na sequência de pedidos de esclarecimento formulados oportunamente pelo Tribunal de Contas em relação a aspetos particulares do contrato».

Perante tal situação, o Governo aprovou a minuta de alteração do contrato de concessão que visa, entre outros objectivos, «eliminar a garantia pessoal do Estado», no âmbito do empréstimo contraído pela concessionária Elos junto do Banco Europeu de Investimento, «a substituir por garantia prestada por um sindicato bancário».

Além disso, o Governo decidiu «uniformizar o regime de modificações unilaterais do concedente» e ainda «eliminar o anexo referente ao acordo relativo aos efeitos da variação do indexante da taxa de juro».

Estas alterações, segundo o comunicado do conselho de ministros, irá ter consequências no «caso base do contrato de concessão».

O investimento global no troço Poceirão-Caia ascende a 1.521 milhões de euros, segundo dados divulgados pela concessionária.

O troço foi adjudicado ao consórcio Elos - Ligações de Alta Velocidade, co-liderado pela Brisa e pela Soares da Costa.

O consórcio integra também a Iridium Concesiones de Infraestructuras, do grupo espanhol ACS, Lena, Bento Pedroso, Edifer, Zagope, a norte-americana Babcock & Brown Limited, o BCP e a Caixa Geral de Depósitos.

Lusa
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11117
  • Recebeu: 387 vez(es)
  • Enviou: 227 vez(es)
  • +62/-47
Re: Aeroporto da Ota e TGV... prioridades?
« Responder #569 em: Janeiro 28, 2011, 11:16:31 pm »
TGV custa mais 195 milhões que o previsto


Segundo a resolução do conselho de ministros hoje, sexta-feira, publicada no Diário da República, o preço contratual com a concessionária será de 1.668 milhões de euros. Em Maio era de 1.473 milhões.

No novo contrato de parceria público-privada, aprovado em conselho de ministros na semana passada, e que transfere mais risco para os privados, o Governo anunciou que as alterações visam, entre outros objectivos, "eliminar a garantia pessoal do Estado", no âmbito do empréstimo contraído pela concessionária Elos (co-liderada pela Brisa e pela Soares da Costa) junto do Banco Europeu de Investimento, "a substituir por garantia prestada por um sindicato bancário".

Além disso, o Governo decidiu "uniformizar o regime de modificações unilaterais do concedente" e ainda "eliminar o anexo referente ao acordo relativo aos efeitos da variação do indexante da taxa de juro".

A intenção desta alteração ao contrato tem a ver com as reservas que o Tribunal de Contas manifestou em relação ao visto prévio. Aliás, a Refer e a Rave decidiram, em Outubro, retirar o pedido de visto prévio à concessão que fará a ligação por alta velocidade ferroviária entre Lisboa e Madrid "na sequência de pedidos de esclarecimento formulados oportunamente pelo Tribunal de Contas em relação a aspectos particulares do contrato".

O aumento do preço do contrato, segundo a resolução do conselho de ministros, tem a ver também com a transferência de risco arqueológico do Estado para a concessionária. Ou seja, caso a Elos seja obrigada a mudar o traçado por questões que tenham a ver com a descoberta de qualquer património histórico ou arqueológico, os custos passarão a ser suportados pela concessionária e não pelo Estado, conforme estava no anterior contrato.

Além da Brisa e da Soares da Costa, o consórcio integra também a Iridium Concesiones de Infraestructuras, do grupo espanhol ACS, Lena, Bento Pedroso, Edifer, Zagope, a norte-americana Babcock & Brown Limited, o BCP e a Caixa Geral de Depósitos.

DN
 

 

Aeroporto do Funchal recebe prémio internacional

Iniciado por JQT

Respostas: 0
Visualizações: 1417
Última mensagem Abril 30, 2004, 07:53:10 pm
por JQT
Aeroporto do Porto considerado o melhor da Europa

Iniciado por Migas

Respostas: 19
Visualizações: 9897
Última mensagem Março 06, 2009, 01:53:57 pm
por André
Novo Aeroporto Internacional

Iniciado por dremanu

Respostas: 7
Visualizações: 3354
Última mensagem Abril 29, 2005, 02:00:22 am
por dremanu