A330 MRTT para a FAP ?

  • 155 Respostas
  • 5850 Visualizações
*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 6558
  • Recebeu: 2919 vez(es)
  • Enviou: 1502 vez(es)
  • +1385/-101
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #30 em: Julho 11, 2020, 03:51:08 pm »
Se os P-3 estão ultrapassados, nem quero pensar nas restantes frotas da FAP.  ::)

E o facto de a pessoa em questão achar que o MRTT não teria grande utilidade, mas a capacidade AAR do KC já tem... É a roçar a fantasia, para não dizer mesmo delusional.

Depois fala no aumento da plataforma continental, mas esquece-se que essa mesma plataforma precisa de ser protegida e vigiada, e os MRTT permitem "esticar" o alcance dos nossos caças para proteger essa nova área. O facto de permitir aos nossos caças operar sobre o Atlântico sem a limitação do seu raio de acção, é desde logo uma grande razão para ter estas aeronaves. Depois nem falo da vertente "multi-missão" desta aeronave, uma delas demonstrada durante a pandemia pelos franceses.

Se os P3 estão tão  mal como estariam os ALIII, e estarão os epsilon, os C, os DA50, enfim excelente avaliação e comentário, só mesmo de quem sabe muito e até adivinha que o 390 vai ser um excelente cargueiro à semelhança das qualidades e capaxidades dos Kualitas civis.

Abraços
« Última modificação: Julho 11, 2020, 03:54:34 pm por tenente »
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 3747
  • Recebeu: 287 vez(es)
  • Enviou: 89 vez(es)
  • +464/-60
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #31 em: Julho 11, 2020, 03:56:44 pm »
Existe a possibilidade de a NATO fazer como fez com o MRTT e criar uma frota partilhada de P-8.

Não me parece.

Equipamentos sensíveis a bordo, CI4, ISTAR... Dont think so .
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 8355
  • Recebeu: 958 vez(es)
  • Enviou: 1118 vez(es)
  • +134/-44
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #32 em: Julho 11, 2020, 04:43:10 pm »
A encomenda nunca havia de ter mudado de 3 Ka-cês e 2 A400.

Nunca ouve essa encomenda.
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 3747
  • Recebeu: 287 vez(es)
  • Enviou: 89 vez(es)
  • +464/-60
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #33 em: Julho 11, 2020, 04:44:39 pm »
A encomenda nunca havia de ter mudado de 3 Ka-cês e 2 A400.

Nunca ouve essa encomenda.

Nunca, se bem que o Cravinho andou pela Alemanha esta semana.
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 8355
  • Recebeu: 958 vez(es)
  • Enviou: 1118 vez(es)
  • +134/-44
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #34 em: Julho 11, 2020, 05:14:28 pm »
O facto de permitir aos nossos caças operar sobre o Atlântico sem a limitação do seu raio de acção, é desde logo uma grande razão para ter estas aeronaves.

Os nossos caças, ou qualquer outra aeronave da FAP, tem capacidade de operar sobre o Atlântico com o apoio das bases locais, BA4 nas Lajes e AM3 no Porto Santo.

Um avião-reabastecedor podia permitir uma acção directa a partir de bases no Continente, é verdade, mas para isso precisavamos que um dos reabastecedores estivesse em prontidão permanente e tripulações em alerta 24/7, com a devida rotação de tripulações para descanso, isto tem custos para um uso que não sabemos se compensa.

Depois os caças iriam descolar para uma acção ar-ar ou ar-superfície, aqui quero salientar a falta de meios de vigilância do espaço aéreo e talvez marítimo para detectar as ameaças, enquanto que no arquipélago da Madeira a FAP já possui uma estação radar em funcionamento, no arquipélago dos Açores isso ainda não é uma realidade, a detecção das ameaças maritimas depende da quantidade de voos patrulha dos P3 e de meios navais da Armada no mar.

Isto é, se não soubemos que o "inimigo" está num certo local ninguém vai descolar, caças e reabastecedor, ninguém têm bolas de cristal para adivinhar.
 

*

Stalker79

  • Investigador
  • *****
  • 1579
  • Recebeu: 327 vez(es)
  • Enviou: 1405 vez(es)
  • +128/-17
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #35 em: Julho 11, 2020, 05:38:21 pm »
A encomenda nunca havia de ter mudado de 3 Ka-cês e 2 A400.

Nunca ouve essa encomenda.


É pena, porque seria a ideal para o que precisamos...
 :(
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 6052
  • Recebeu: 1345 vez(es)
  • Enviou: 652 vez(es)
  • +843/-161
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #36 em: Julho 11, 2020, 08:52:20 pm »
Acho mais interessante a compra dos P8 Poseidon do que ter os MRTT 330...primeiro os P3 Orion já comecam  a ficar ligeiramente ultrapassados e quanto a mim seria mais urgente a compra do Poseidon até pelo processo que está a decorrer para o alargamento da nossa plataforma Maritima Continental á nossa responsabilidade.
Nao tenho  duvida que os governantes terao de fazer alguma coisa….quanto ao MRTT 330 apesar de ser uma Boa plataforma para nós, e dado ao momento Pacifico existente entre Portugal e nossas Ex colonias á excepcao de Moncambique nao vejo grande utilidade para a mesma compra Dada ás suas Valencias ficariamos com uma aeronave mais vezes no chao que a operar ..isto até parece excessivo mas nao ...Portugal de momento nao vive um momento onde o transporte de um grande Numero de homens e mercadorias seja assim tao elevado para que o mesmo (MRTT)seja alocado para este tipo de missoes e para já o Hercules dá conta do assunto,,,,para a missao de reabastecimento em voo a  quando da alocacao dos F.16 para missoes/Treinos  a grandes distancias casos do RedFlag ou mesmo missoes onde os mesmos irao actuar existe por parte dos aliados essa solucao portanto nao vejo assim de repente urgencia na compra do mesmo…..atencao nao sou contra esta solucao mas no momento actual Portugal nao precisa ….precisa sim de Poseidons para mim em igual Numero dos P3 Orion 5 seria perfeito…..

1 - sabe quanto custa um Poseidon?

https://pt.wikipedia.org/wiki/Boeing_P-8_Poseidon
Citar
Custo unitário‎: ‎US$256.5

2- P3 Cub ultrapassado no que?

https://www.aereo.jor.br/2012/10/14/com-entrega-da-quinta-aeronave-frota-portuguesa-de-p-3c-cup-esta-completa/

3- se o 707 da  Fap tinha utilidade como é que o Mrtt que faz mais não tem?



4 - Portugal de momento n vive um momento onde o transporte de um grande Numero de homens e mercadorias seja assim elevado ?




https://www.acorianooriental.pt/noticia/aviao-antonov-em-ponta-delgada-302325

Cumprimentos
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar, tenente

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 8355
  • Recebeu: 958 vez(es)
  • Enviou: 1118 vez(es)
  • +134/-44
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #37 em: Julho 11, 2020, 11:36:49 pm »
3- se o 707 da  Fap tinha utilidade como é que o Mrtt que faz mais não tem?


Já não temos colonias...

Citar
4 - Portugal de momento n vive um momento onde o transporte de um grande Numero de homens e mercadorias seja assim elevado ?

É verdade que de vez em quando é preciso, têm que se ver é se compensa comprar um meio que é igualmente fácil de alugar no mercado civil para efectuar estes voos.
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 3253
  • Recebeu: 740 vez(es)
  • Enviou: 164 vez(es)
  • +158/-62
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #38 em: Julho 13, 2020, 01:44:22 pm »
O facto de permitir aos nossos caças operar sobre o Atlântico sem a limitação do seu raio de acção, é desde logo uma grande razão para ter estas aeronaves.

Os nossos caças, ou qualquer outra aeronave da FAP, tem capacidade de operar sobre o Atlântico com o apoio das bases locais, BA4 nas Lajes e AM3 no Porto Santo.

Um avião-reabastecedor podia permitir uma acção directa a partir de bases no Continente, é verdade, mas para isso precisavamos que um dos reabastecedores estivesse em prontidão permanente e tripulações em alerta 24/7, com a devida rotação de tripulações para descanso, isto tem custos para um uso que não sabemos se compensa.

Depois os caças iriam descolar para uma acção ar-ar ou ar-superfície, aqui quero salientar a falta de meios de vigilância do espaço aéreo e talvez marítimo para detectar as ameaças, enquanto que no arquipélago da Madeira a FAP já possui uma estação radar em funcionamento, no arquipélago dos Açores isso ainda não é uma realidade, a detecção das ameaças maritimas depende da quantidade de voos patrulha dos P3 e de meios navais da Armada no mar.

Isto é, se não soubemos que o "inimigo" está num certo local ninguém vai descolar, caças e reabastecedor, ninguém têm bolas de cristal para adivinhar.

Antes de mais, os meios de defesa dos Açores estarem dependentes de lá poderem aterrar para reabastecer, é suicídio estratégico. Um míssil de cruzeiro que destrua as pistas, et voilá, seremos incapazes de defender este arquipélago. E até parece que uma aeronave "invasora" vai esperar que os nossos aviões abasteçam nas Lajes.

Depois, a inexistência de um radar nos Açores já devia ter sido resolvida há muito tempo. Mas mesmo assim, nem era preciso o típico edifício com um radar gigante, algo como o Giraffe AMB ou o 4A resolviam parte do problema.

Mas mesmo um radar em terra não resolvia o problema na totalidade, um radar como os que temos para controlo de espaço aéreo têm um alcance que supostamente ronda os 300/400km, mesmo que arredondemos para 500km, um Bear em aproximação às Lajes à velocidade de cruzeiro, demorava menos de uma hora a lá chegar desde a sua detecção, nem dava tempo para os F-16 irem do continente até lá para os interceptar. Mas já estou a divagar.

Voltando à detecção de ameaças, no caso de aeronaves militares, geralmente a FAP é informada por aliados da NATO da presença de aeronaves militares na zona, e só assim conseguiria interceptar.
Por outro lado, no caso específico dos Açores, a maior ameaça seria de aeronaves vindas do Sul, pois não há aliados que nos sirvam de "aviso antecipado".
Mas ironicamente, a falta de meios de vigilância do espaço aéreo dos Açores, reforça ainda mais a necessidade que navios como NPOs tenham radares que permitam uma capacidade de busca aérea decente (50 a 100km).

Voltando ao MRTT, é preciso ver que não teríamos um MRTT numa espécie de QRA, nos mesmos moldes que os F-16, teríamos sim um numa prontidão de talvez 2/3 horas para apoiar os F-16 se necessário. Às vezes podia ser a diferença entre os nossos caças conseguirem regressar à base.

Dou até um exemplo hipotético. Lançamos os F-16 para interceptar uma aeronave militar, as coisas dão para o torto e os nossos caças são obrigados a largar os drop tanks (menos peso e arrasto) para executar manobras de combate. Sem os drop tanks, e se os F-16 estivessem demasiado longe de qualquer base, o MRTT permitia que voltassem a casa. E isto para mim tem uma importância estratégica enorme.
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 3464
  • Recebeu: 1853 vez(es)
  • Enviou: 3571 vez(es)
  • +1358/-98
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #39 em: Julho 13, 2020, 02:13:32 pm »
Estratégia? Lá estás tu a complicar. Estratégia é uma palavra para usar em palestras e cursos de auditores de defesa nacional. A única estratégia que realmente existe é a de progressão nas carreiras políticas, militares e empresariais.
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Major Alvega, Charlie Jaguar, tenente, dc, Stalker79

*

luis simoes

  • Perito
  • **
  • 372
  • Recebeu: 6 vez(es)
  • Enviou: 60 vez(es)
  • +1/-140
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #40 em: Julho 13, 2020, 04:05:26 pm »
Vamos ser realistas ok...Portugal nao precisa deste tipo de aeronave ....aviao reabastecedor e transporte para as necessidades actuais que Portugal tem é insustentavel ter cá o mesmo e explico...o maffets ....o Dc entre outros esquecem que Portugal nao é uma Franca uma Alemanha uma Turquia ok ,,,primeiro nao temos dinheiro para loucuras deste genero,depois nos teatros actuais era este O MRTT que iria transportar Pandur?????Leopards....????M113?????uro vaMtacs????pah sejamos minimamente realistas e as Lajes e Porto Santo servem para que?????que eu saiba as mesmas sao estrategicas para este tipo de Missao...dar apoio reabastecer aeronaves vindas do continente correcto pergunto eu que ´nao entendo nada disto queremos aqui o MRTT para estar no Hangar e só de vez em quando sai para reabastecer os F-16 que nao passam da lituania?????pah acho que querem por Portugal muito acima daquilo que ele é e pode ser....os C130 ficavam no hangar?????os KC ficavam no hangar?????pah o MRTT faz tudo o que estes fazem mas peca numa coisa ...consome muito combustivel.....iria ser usado esporádicamente e é limitado no acomodar de meios  de tamanho L/XL...portanto e o custo deste?????200/300 milhoes????mais caro que um KC 310 é garantido ....nah 100 milhoes onde está esse numero ????e quantos defendem aqui os meus colegas 2/3 1????pois atrás destes 100 milhoes, amigos, existe o resto...um simulador....a aquisicao de sobresselentes.....manutencao do mesmo....criacao e preparacao de equipas de operacao....entre mais....enfim estamos a falar de valores proximos dos 200/300 milhoes por unidade/sobresselentes simulador etc....já aqui me atacaram que os P3 nao estao ultrapassados coisa nenhuma....por isso os ingleses os americanos os australianos ja estao ha muito a equipar com P8 e quando eu disse que os mesmos estavam a ficar já ligeiramente ultrapassados é a pura realidade Portugal anda no minimo com 10/15 de atraso relativamente a quem tem esta mesma plataforma é natural o que para nos hoje é otimo para nossos aliados é ultrapassado....e basta ver as mais valias do P8 poseidon....que nem vou expor aqui mas que dá um banho de bola ao P3 ui ui....lá longe ok....sei o que digo tambem me informo.....mais alguem aqui defendeu e bem a vinda de uma aeronave AWACS isso sim um E3 sentry.....ou já que falam muito da Embraer vejam o que por lá eles teem para este tipo de missao isto sim ....,antes este tipo do que um aviao reabastecedor/transporte de Mercadorias isso até o Kc390 faz ou um A400M....enfim.....KC130J----é me igual....para mim e realidade doa a quem doer defendo mais aeronaves nao tripuladas....UAVS....um Radar No Pico....e outro nas Lajes e a vinda de um AWACS.....mais daria tudo para ter mais um submarino aqui destacado permanentemente nos arquipelagos....isto sim faz cá mais falta do que um MRTT....
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 6052
  • Recebeu: 1345 vez(es)
  • Enviou: 652 vez(es)
  • +843/-161
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #41 em: Julho 13, 2020, 04:49:12 pm »
Transportar m113 só se for de Santa Margarida para o Algarve para meter os "bifes na ordem" que para pouco mais servem. Agora o que me parte todo é AWACS (nomeadamente o E3) que em só em 1998 custava 270 milhões usd (e um serve para muito). Já agora, aplicações do MRTT numa nação que não tem por exemplo Lpd...  ::) ::)

















Cumprimentos
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 3253
  • Recebeu: 740 vez(es)
  • Enviou: 164 vez(es)
  • +158/-62
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #42 em: Julho 13, 2020, 06:07:00 pm »
Oh mafets, isso é tudo mito! O KC faz isso tudo e muito mais, e sem precisar de ligar os motores, para ter mais combustível para reabastecer os nossos F-16, via mangueira de jardim comprada no AKI!!
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 6558
  • Recebeu: 2919 vez(es)
  • Enviou: 1502 vez(es)
  • +1385/-101
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #43 em: Julho 13, 2020, 06:40:19 pm »
Estratégia? Lá estás tu a complicar. Estratégia é uma palavra para usar em palestras e cursos de auditores de defesa nacional. A única estratégia que realmente existe é a de progressão nas carreiras políticas, militares e empresariais.

NVF, porrá pá és mesmo má Língua, então tú achas mesmo ????? :mrgreen:

Abraços
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 6558
  • Recebeu: 2919 vez(es)
  • Enviou: 1502 vez(es)
  • +1385/-101
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #44 em: Julho 13, 2020, 06:42:22 pm »
Oh mafets, isso é tudo mito! O KC faz isso tudo e muito mais, e sem precisar de ligar os motores, para ter mais combustível para reabastecer os nossos F-16, via mangueira de jardim comprada no AKI!!

ora bem, assim é que é falar, venham de lá esses Ká-Cês precisamos de muitos deles, para ajudar os amigos, a FAP, essa, que se lixe !!!

Abraços
« Última modificação: Julho 13, 2020, 06:45:14 pm por tenente »
 

 

Qual as prioridades para a Força Aérea entre 2011-2020 ?

Iniciado por dc

Respostas: 38
Visualizações: 11074
Última mensagem Novembro 15, 2010, 02:34:53 pm
por bokaido
Concurso de aluguer de meios aereos para combate aos incendios 2020

Iniciado por luis simoes

Respostas: 15
Visualizações: 1339
Última mensagem Julho 15, 2020, 11:26:09 pm
por Red Baron
Sistemas de defesa antiaérea de longo alcance para Portugal

Iniciado por Tiger22

Respostas: 24
Visualizações: 12583
Última mensagem Agosto 21, 2006, 08:26:19 pm
por Pedro Monteiro
CDS propõe 12 anos de serviço para pilotos da Força Aérea

Iniciado por Marauder

Respostas: 19
Visualizações: 9391
Última mensagem Setembro 12, 2007, 02:40:44 am
por raphael
A voar contra o tempo para tentar salvar vidas

Iniciado por Jorge Pereira

Respostas: 21
Visualizações: 12121
Última mensagem Abril 01, 2010, 11:40:11 am
por Ricardo Nunes