KC-390 na FAP

  • 581 Respostas
  • 36718 Visualizações
*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 5189
  • Recebeu: 2393 vez(es)
  • Enviou: 911 vez(es)
  • +643/-76
Re: KC-390 na FAP
« Responder #240 em: Setembro 15, 2019, 07:43:46 pm »
Tenente agradeco tua resposta  quando me refiro que o KC 390 e' uma aeronave multifuncoes  e' porque este tipo de aeronave pode fazer  diferentes tipos  de missoes... a saber transporte logistico e  ou transporte de  tropas paraquedistas ou mesmo uma viatura blindada  de transporte de pessoal tipo M113 ou mesmo pandur...pode tambem  fazer  reabastecimento aereo de outras Aeronaves ...combates a incendios e evacuacoes medicas entre outras dai dizer que e uma aeronave multifuncoes ...quanto ao agusta A 119
tratasse de um belissimo helicoptero e nao me admirava nada vir se a adquirir A109 M para as missoes de assalto e protecao de tropas no terreno pois os belgas teem uma belissima experiencia com esta plataforma mas agradeco te a resposta...


Ó Luís Simões que colocou algumas objecções a esta aquisição e á do 119 fui eu, e não o Cabeça de Martelo, mas e já agora quanto ao que referes como " mau negocio seria disperdicar esta opurtunidade de renovar e adquirir uma aeronave multifunções " o que é que isso de aeronave multifunções significa ??

Não te esquelças que se Portugal acionar a opção de compra da sexta aeronave, Deus queira que não, tem de a pagar, o sexto 390 não vem á borla, não está incluido nos 827 milhões  ::)

Se achas que a compra do 119 foi uma boa escolha tú lá o sabes, mas alegar que " desde que dure tanto como o allouette maravilha " para mim é um pretexto que não entendo então queres que a FAP fique com os 119 por 50 anos ??
Essa das " limitações orçamentais ", não serão antes outros tipos de limitações, e, por parte das chefias da FAP ???

O que é verdade é que em termos de aumento de capacidades de transporte, tanto com o 390 como com o 119 a FAP pouco ou nada ficou a ganhar.

Abraços

Luís Simões se o 390 é uma aeronave multi missões o C ou o J também o são !!!
A FAP em termos de desempenho de missões/capacidade de acrga, nada ganhou com a a compra do 390 , ganharia sim se se tivesse adquirido o A400, essa sim uma aeronave que possui uma capacidade de carga bem superior a qq um dos modelos.

Já quanto ao 109M, tal como o 119 é um heli ligeiro vocacionado para ligação, treino e um SAR muito costeirinho e nada mais que isso, a única vantagem em relação ao 119 é mesmo e só o possuir a segunda turbina .



o 109M é um heli que apenas consegue transportar uma equipa/meia secção de infantaria totalmente equipada para combate, para colocar no terreno em simultâneo, um simples pelotão de infantaria, são precisos, seis a sete helis de transporte.





Deste modo para que se consiga efectuar um heli assalto ou extrair do TO os Militares depois de efectuada uma missão, seria necessário empenhar um elevado numero de helis nunca menos de uma dezena, se contarmos com os de cobertura/protecção. Cobertura essa usando os tais Kualhões ou os 109M armados, que como bem sabemos, em termos de capacidade de armamento transportado são uma plataforma aérea de protecção altamente limitada.

O mais grave seria em termos de evacuação de feridos graves, nessa situação quanto muito cada 109M apenas poderia transportar no máximo duas macas.
Mas se fosse necessário heli transportar nem que fosse apenas duas BF de 10,5 para apoio de fogos de uma unidade, achas que os 109 as conseguiam heli transportar ??
E as munições e os serventes das peças como as acompanhavam ??
Quantos helis eram necessários ??
Bem se fossem os 109M a comprar, como preconizas, olha que apenas conseguem suspender cerca de 1200 kgs, mas cada peça 10,5  pesa bem mais que isso !!

A aeronave de asa rotativa que serve minimamente as nossas necessidades de transporte e recordando que devido ao orçamento alocado, apenas se podem adquirir cinco/seis helis, terá que ser um modelo de sete a nove tons com capacidade mínima de transporte de uma secção de infantaria/atiradores, ou de 2000 kgs em carga suspensa , conseguindo desse modo com apenas  três unidades transportar um Pel At e termos ainda duas unidades para protecção/cobertura da força, e/ou evacuação de feridos.





https://www.leonardocompany.com/documents/20142/3151226/body_BROCHURE_AW139M.pdf?t=1539951581035

Além da compra anunciada mas até á data sem ser concretizada dos tais helis de evakuação, convém não esquecer que possuímos quatro excelentes helis CSAR que apenas são utilizados em SAR, devidamente equipados e teríamos o problema resolvido!

Se se optasse pela aquisição de melhores sistemas de defesa e de armamento para activar a 100% os 101 CSAR, então a compra de helis de evacuação seria substituída pela compra de cinco/seis helis médios de por exemplo, seis tons que poderiam/deveriam pelo menos quatro unidades, ser colocadas na 751, como substitutos dos quatro CSAR e assim complementar a frota actual dos 101 SAR, para, quando as missões fossem a distâncias menores, que permitissem o uso destes helis médios, não se empenhar um 101.




Cumprimentos
 
« Última modificação: Setembro 15, 2019, 08:18:02 pm por tenente »
 

*

luis simoes

  • Membro
  • *
  • 275
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • Enviou: 33 vez(es)
  • +0/-71
Re: KC-390 na FAP
« Responder #241 em: Setembro 15, 2019, 08:22:42 pm »
Tenente estou atento as tuas respostas dai sempre que posso e  possa mos ou nao concordar terei que te dizer que com a vinda do KC390 teremos nao so uma aeronave moderna mais rapida e mais eficaz e devido as limitacoes que temos de viaturas ligeiras blindadas nao te preocupes que se for possivel portugal nao hesitara em comprar para um outro tipo de transporte pesado tactico um outro tipo de Aeronave tipo *A400M  para que o mesmo possa transportar sei la ate carros de combate leopard mas e ate la nosso cenario e' so missoes de ajuda humanitaria e ou  pontualmente missoes de estabilizar a paz sendo que o  transporte logistico e  de tropas para algumas frentes onde Portugal como parceiro  da NATO  esta inserido casos da Republica Centro  africana e ou iraque por exemplo ....e acho que a aquisicao dos helis de evacuacao e assalto tem mesmo haver com o primeiro teatro onde nos encontramos onde existe claramente falhas a nivel logistico apoio aereo e ou mesmo evacuacao ao que eu sei temos por la um ou dois merlins destacados mas para este tipo de missoes que sao missoes cirurgicas e meramente acertivas ou para eliminar focos de destabilizacao sera mais ideal um heli ligeiro blindado que faca o transporte e ou evacuacao  duma ou outra patrulha  rapidamente enquanto outro faca a protecao ao mesmo do ar se e que me faco entender....ou seja podemos complementar o merlin com os A 109M correcto...??
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 5189
  • Recebeu: 2393 vez(es)
  • Enviou: 911 vez(es)
  • +643/-76
Re: KC-390 na FAP
« Responder #242 em: Setembro 15, 2019, 08:44:09 pm »
Tenente estou atento as tuas respostas dai sempre que posso e  possa mos ou nao concordar terei que te dizer que com a vinda do KC390 teremos nao so uma aeronave moderna mais rapida e mais eficaz e devido as limitacoes que temos de viaturas ligeiras blindadas nao te preocupes que se for possivel portugal nao hesitara em comprar para um outro tipo de transporte pesado tactico um outro tipo de Aeronave tipo *A400M  para que o mesmo possa transportar sei la ate carros de combate leopard mas e ate la nosso cenario e' so missoes de ajuda humanitaria e ou  pontualmente missoes de estabilizar a paz sendo que o  transporte logistico e  de tropas para algumas frentes onde Portugal como parceiro  da NATO  esta inserido casos da Republica Centro  africana e ou iraque por exemplo ....e acho que a aquisicao dos helis de evacuacao e assalto tem mesmo haver com o primeiro teatro onde nos encontramos onde existe claramente falhas a nivel logistico apoio aereo e ou mesmo evacuacao ao que eu sei temos por la um ou dois merlins destacados mas para este tipo de missoes que sao missoes cirurgicas e meramente acertivas ou para eliminar focos de destabilizacao sera mais ideal um heli ligeiro blindado que faca o transporte e ou evacuacao  duma ou outra patrulha  rapidamente enquanto outro faca a protecao ao mesmo do ar se e que me faco entender....ou seja podemos complementar o merlin com os A 109M correcto...??

Luis Simões, Portugal não tem nenhum heli destacado na RCA, nem 101 nem ALIII, nem lynx, os únicos modelos ao serviço das FFAA.

A grande lacuna em termos de helis, relembro os dois projectos de aquisição de helis para o GALE, é a falta de um heli com capacidade intermédia de transporte que se coloque entre os ALIII/A119 e o 101, ou seja necessitamos de um heli que transporte mais que os ligeiros e menos que os médios/pesados que possuímos, uma classe de helis maior que as 2,8 tons dos 119 e menor que as 15,5 Tons dos 101.

Se vamos utilizar os helis em acções de contra guerrilha, uma patrulha de quatro/cinco homens não terá grande efeito nesse tipo de missão:
Mesmo que seja uma intervenção pontual, o pontual aqui tem muito que se diga, pois a força de intervenção não sabe ao certo quantos IN e que tipo de armamento possuem, terão que ser utilizadas mais que duas secções de infantaria, para garantir algum sucesso, mas o ideal será empenhar um GC, grupo de combate, como eram designados,  ou seja um pelotão reforçado, o que permite alguma flexibilidade de emprego e já algum apoio de fogos directo, pois possui uma ou mais esquadras de mort 60, e uma ou mais esquadras de MM e/ou LGF , um total de mais de 40 homens.

Os heli assaltos, OS FIRE FORCE, das forças rodesianas durante a bush war são o melhor exemplo de como empregar as forças de intervenção em acções anti subversivas ou contra guerrilha.
Os elementos heli transportados num mínimo de três a seis equipas de quatro homens, á razão de uma equipa/G-Car, o CAS efectuado pelos K-Car, e ou Lynx 337's de apoio próximo e também os destacamentos de paras como reforço, num mínimo de quatro equipas de quatro homens, embarcados por Para-Dak C47, que efectuavam o envolvimento vertical, para evitar as fugas dos el IN, depois do assalto inicial, demonstram bem que quando se vai para uma acção de intervenção desta natureza no mato, leia-se visibilidade muito reduzida devido á vegetação muito densa, devemos ir preparados para o pior, logo, o efectivo empregue deve assegurar ao cmdt da força fortes possibilidades de sucesso e também a limitação de baixas nas sua forças de intervenção.

Os relatos do meu pai, sobre as operações efectuadas pelos destacamentos, onde esteve no Niassa, de 1965 a 1974, são bem prova disso, máxima força/rapidez na execução, garantem o sucesso !!

Abraços
« Última modificação: Setembro 15, 2019, 11:45:33 pm por tenente »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Stalker79

*

luis simoes

  • Membro
  • *
  • 275
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • Enviou: 33 vez(es)
  • +0/-71
Re: KC-390 na FAP
« Responder #243 em: Setembro 17, 2019, 10:14:01 am »
Tenente segundo consta temos um EH merlin destacado na RCA mas vou investigar
abraxo
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6878
  • Recebeu: 384 vez(es)
  • Enviou: 228 vez(es)
  • +259/-0
Re: KC-390 na FAP
« Responder #244 em: Setembro 17, 2019, 12:26:32 pm »
Tenente segundo consta temos um EH merlin destacado na RCA mas vou investigar
abraxo

Deve ser em miniatura  :mrgreen:

 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15413
  • Recebeu: 1128 vez(es)
  • Enviou: 1090 vez(es)
  • +186/-173
Re: KC-390 na FAP
« Responder #245 em: Setembro 17, 2019, 02:09:28 pm »
Tenente segundo consta temos um EH merlin destacado na RCA mas vou investigar
abraxo

Não temos nem nunca tivemos qualquer Merlin na RCA. De memória só recordo dos Alouette 3 que tivemos em Timor e mais nada.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 5189
  • Recebeu: 2393 vez(es)
  • Enviou: 911 vez(es)
  • +643/-76
Re: KC-390 na FAP
« Responder #246 em: Setembro 23, 2019, 08:16:16 pm »
segundo o Video o Ká-Cê:

- custa metade de um A400; :mrgreen:
- é melhor no custo MNT/Disponibilidade Aeronave, não sei como fizeram esta avaliação uma vez que ainda só há um 390 no inventário da FAB;
- Perde para o A400 em capacidade de carga;
- está empatado com o A400 no que diz respeito a Velocidade/autonomia, e para terminar;
- o kà-Cê é um sucesso estrondoso de vendas !!!!  ::)
Sem comentários


Abraços
« Última modificação: Setembro 23, 2019, 08:32:43 pm por tenente »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, HSMW

*

oi661114

  • Membro
  • *
  • 193
  • Recebeu: 32 vez(es)
  • Enviou: 179 vez(es)
  • +15/-199
Re: KC-390 na FAP
« Responder #247 em: Setembro 24, 2019, 11:29:23 pm »
Parece que lá para as terras de Vera Cruz os programas KC-390 e Gripen estão com problemas de financiamento e pelos vistos graves, sendo que para 2020 só estão previstos um terço do necessário (mais um atraso...)!

Vamos a ver o que nos reserva o futuro!
« Última modificação: Setembro 24, 2019, 11:31:46 pm por oi661114 »
 

*

Major Alvega

  • Analista
  • ***
  • 624
  • Recebeu: 529 vez(es)
  • Enviou: 288 vez(es)
  • +337/-118
Re: KC-390 na FAP
« Responder #248 em: Setembro 25, 2019, 12:27:49 am »
Tenente segundo consta temos um EH merlin destacado na RCA mas vou investigar
abraxo

Sei de fonte segura  (um primo que está na força aérea) que estiveram lá 2 caças MLU mas já foram substituidos por dois Cualas Mk.2 equipados com Minimis que sairam directamente da fábrica na Pensilvânia num C-17 para a RCA. O Falcon que levou o Marcelo aos Estados Unidos para a cimeira da ONU, levou também as Minimis para serem lá instaladas na fábrica.
« Última modificação: Setembro 25, 2019, 12:31:03 am por Major Alvega »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 3112
  • Recebeu: 1479 vez(es)
  • Enviou: 3134 vez(es)
  • +591/-92
Re: KC-390 na FAP
« Responder #249 em: Setembro 25, 2019, 02:23:40 am »
 :rir: :rir: :rir: :rir:
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 5189
  • Recebeu: 2393 vez(es)
  • Enviou: 911 vez(es)
  • +643/-76
Re: KC-390 na FAP
« Responder #250 em: Setembro 25, 2019, 05:26:48 am »
NVF, só mesmo para rir, com que então um 101 na RCA muito bom, este forista é do melhor.

Abraços
« Última modificação: Setembro 25, 2019, 06:35:41 am por tenente »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7862
  • Recebeu: 786 vez(es)
  • Enviou: 908 vez(es)
  • +113/-40
Re: KC-390 na FAP
« Responder #251 em: Setembro 25, 2019, 10:35:06 am »
NVF, só mesmo para rir, com que então um 101 na RCA muito bom, este forista é do melhor.

Abraços

Deve ser stealth, o Trump disse que os aviões stealth são realmente invisíveis, ninguém os vê, deve ser o mesmo neste caso.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 5189
  • Recebeu: 2393 vez(es)
  • Enviou: 911 vez(es)
  • +643/-76
Re: KC-390 na FAP
« Responder #252 em: Setembro 25, 2019, 04:45:31 pm »
NVF, só mesmo para rir, com que então um 101 na RCA muito bom, este forista é do melhor.

Abraços

Deve ser stealth, o Trump disse que os aviões stealth são realmente invisíveis, ninguém os vê, deve ser o mesmo neste caso.

Estas novas tecnologias são do melhor, os Américas que aprendam é connosco, já temos estado a testar essa tecnologia há cerca de um ano com os NPO's, as SHADOW Marlin são o melhor exemplo das Stealth Naval Weapon Systems, SNWSs, que estão a ser testadas pela nossa Marinha, e até á data, tem provado e bem o seu valor, estão na berra, o resto são cantigas !!!




Abraços
« Última modificação: Setembro 25, 2019, 04:52:02 pm por tenente »
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7862
  • Recebeu: 786 vez(es)
  • Enviou: 908 vez(es)
  • +113/-40
Re: KC-390 na FAP
« Responder #253 em: Setembro 25, 2019, 08:52:53 pm »
Ui Tenente abriste a caixa de pandora, afinal temos é tudo stealth, as armas dos NPO e dos Tejo como falaste.

Mas também temos as modernizaçoes das fragatas, as modernizaçoes são stealth, os equipamentos que não vemos nas fotos são na verdade muito mais evoluídos que os holandeses e Belgas tem nos seus navios pois os nossos são stealth.

Os nossos F-16 também são Viper, só que não se vê, os equipamentos são stealth.

O LPD já o temos à montes de tempo, só que é stealth.

Sei lá... As hipóteses sao infinitas. :toto: :toto:
« Última modificação: Setembro 25, 2019, 08:54:20 pm por Lightning »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 5189
  • Recebeu: 2393 vez(es)
  • Enviou: 911 vez(es)
  • +643/-76
Re: KC-390 na FAP
« Responder #254 em: Setembro 25, 2019, 09:17:33 pm »
Ui Tenente abriste a caixa de pandora, afinal temos é tudo stealth, as armas dos NPO e dos Tejo como falaste.

Mas também temos as modernizaçoes das fragatas, as modernizaçoes são stealth, os equipamentos que não vemos nas fotos são na verdade muito mais evoluídos que os holandeses e Belgas tem nos seus navios pois os nossos são stealth.

Os nossos F-16 também são Viper, só que não se vê, os equipamentos são stealth.

O LPD já o temos à montes de tempo, só que é stealth.

Sei lá... As hipóteses sao infinitas. :toto: :toto:

Tás a ver, e todo esse arsenal, sem gastar um tostão é ou não é uma descoberta maravilhosamente Stealth ?????
Nós na Tugalândia e não só, nem nos estamos a aperceber do vasto alcance deste princípio stealth, ou será que estamos ???
o SW100 está na foto nós é que não o lubrigamos, mas que ele está lá, isso está, é garantido !!!!



Abraços
« Última modificação: Setembro 25, 2019, 09:40:30 pm por tenente »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, HSMW