O Reapetrechamento da Marinha

  • 786 Respostas
  • 41777 Visualizações
*

Kalil

  • Membro
  • *
  • 294
  • Recebeu: 28 vez(es)
  • Enviou: 49 vez(es)
  • +17/-6
Re: O Reapetrechamento da Marinha
« Responder #390 em: Maio 28, 2020, 10:17:45 pm »
Segundo as fontes da Marinha, a opção americana (Black Hawk/Seahawk) foi completamente descartado pela FAP, que é o Ramo que “lidera” o processo dos helis evakuativos. É mais que certo que a opção será Leonardo, a menos que haja uma pressão grande por parte da Alemanha e da França que envolva outras plataformas, nomeadamente de transporte (C-295, A400M, MRTT, etc.).

Quais os motivos da rejeição ?

Talvez por ser uma nova cadeia logística? Em teoria será mais fiável optar pela Leonardo, em termos de manutenções, não sei.

Quem comprar as VdG vai ter de fazer uma modernização em condições, e isto se as quiser a navegar mais 15/20 anos, no máximo. Daí que investir mais do que 100M na sua aquisição seja muito improvável.
Imagino que o almirantado brasileiro prefira perder um braço a comprar material em segunda mão português..

Aos italianos é mais conveniente entrar no mercado egípcio, que tem sido dominado pela França, que vender a Portugal. No nosso caso seria uma venda sem seguimento. E aquele preço só mesmo se as ditas viessem despidas. O custo médio da construção das FREMM nunca ficou abaixo dos 600M, seria preciso um grande desconto, mesmo.

Cumprimentos
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7160
  • Recebeu: 590 vez(es)
  • Enviou: 251 vez(es)
  • +546/-2
Re: O Reapetrechamento da Marinha
« Responder #391 em: Maio 29, 2020, 12:30:57 am »
E daí não sei... A Marinha Brasileira é o ramo mais tradicionalista / elitista das FA brasileiras. Muitos Oficiais são oriundos de famílias portuguesas radicadas à séculos no Brasil.
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 3604
  • Recebeu: 856 vez(es)
  • Enviou: 192 vez(es)
  • +175/-86
Re: O Reapetrechamento da Marinha
« Responder #392 em: Maio 29, 2020, 03:33:48 am »
A Marinha Brasileira em muitas vertentes está pior que a nossa. Já era um achado, e uma evolução em termos de operacionalidade, adquirir as VdG para substituir as Inhauma ou as Type 22, mesmo sem qualquer upgrade.
 

*

JohnM

  • Membro
  • *
  • 289
  • Recebeu: 73 vez(es)
  • Enviou: 18 vez(es)
  • +12/-5
Re: O Reapetrechamento da Marinha
« Responder #393 em: Maio 29, 2020, 05:51:41 am »
A Marinha Brasileira em muitas vertentes está pior que a nossa. Já era um achado, e uma evolução em termos de operacionalidade, adquirir as VdG para substituir as Inhauma ou as Type 22, mesmo sem qualquer upgrade.

Concordo plenamente. Eles têm duas Greenhalgh e uma inhaúma a caírem de podres... substituí-las pelas VdG (eventualmente com o MLU dos pobres) até o segundo lote de Tamandarés começar a ser construído fazia sentido.  Não sei se o orgulho e aquele complexo de Édipo/Electra que eles tem para connosco lhes permitiria fazê-lo, além de que há zunzuns de que estão a fazer-se às T23 britânicas que vão começar a ser abatidas dentro de dois ou três anos... o Uruguai não quereria substituir as JB (ou pelo menos a que resta) pelas VdG?
 

*

MATRA

  • Perito
  • **
  • 437
  • Recebeu: 132 vez(es)
  • Enviou: 664 vez(es)
  • +33/-10
Re: O Reapetrechamento da Marinha
« Responder #394 em: Maio 29, 2020, 10:12:13 am »
Segundo as fontes da Marinha, a opção americana (Black Hawk/Seahawk) foi completamente descartado pela FAP, que é o Ramo que “lidera” o processo dos helis evakuativos. É mais que certo que a opção será Leonardo, a menos que haja uma pressão grande por parte da Alemanha e da França que envolva outras plataformas, nomeadamente de transporte (C-295, A400M, MRTT, etc.).

Quais os motivos da rejeição ?
Preguiça, dá muito mais trabalho e custa mais dinheiro, implementar um novo sistema de armas, que provavelmente era superior a todos os outra à excepção do NH90. Assim, atalha-se pelo fácil e compra-se o irmão um pouco maior do AW119.

Eu até gosto do 169, mas para "evakuar" está mais perto do zingarelho ou do velhinho Huey, de que o héli médio faz tudo que a FAP realmente precisa.
« Última modificação: Maio 29, 2020, 10:20:14 am por MATRA »
An appeaser is one who feeds a crocodile — hoping it will eat him last.
Sir Winston Churchill
Democracies aren’t overthrown; they’re given away
George Lucas, 2005
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 9841
  • Recebeu: 1083 vez(es)
  • Enviou: 1624 vez(es)
  • +1005/-1269
Re: O Reapetrechamento da Marinha
« Responder #395 em: Maio 29, 2020, 10:12:23 am »
Essas Meko com 30 anos até podem dar jeito, a quem esteja disposto a investir uns 150/200 milhões nas três para as actualizar a nivel de sensores e mudar de sea sparrow para ESSM.
Há paises que conseguem fazer essa actualização por esse valores, nós é que não somos um deles por causa da quantidade de tachos que existe entre a dispensa da guita e o material colocado no sitio....
 :-\

É isso que me faz confusão, então há dinheiro para dois "elefantes brancos" e não há para um VERDADEIRO MLU às Meko?????

Por isso desculpem-me mas essa história eu não compro nem com molho de tomate
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 9841
  • Recebeu: 1083 vez(es)
  • Enviou: 1624 vez(es)
  • +1005/-1269
Re: O Reapetrechamento da Marinha
« Responder #396 em: Maio 29, 2020, 10:14:35 am »
O Peru não estaria interessado na Meko?

Assim de repente é o país latino americano que me vem à ideia, até porque o Chile está sempre a reequipar a sua frota e eles já tiveram umas desavenças...
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Kalil

  • Membro
  • *
  • 294
  • Recebeu: 28 vez(es)
  • Enviou: 49 vez(es)
  • +17/-6
Re: O Reapetrechamento da Marinha
« Responder #397 em: Maio 29, 2020, 10:30:35 am »
Segundo as fontes da Marinha, a opção americana (Black Hawk/Seahawk) foi completamente descartado pela FAP, que é o Ramo que “lidera” o processo dos helis evakuativos. É mais que certo que a opção será Leonardo, a menos que haja uma pressão grande por parte da Alemanha e da França que envolva outras plataformas, nomeadamente de transporte (C-295, A400M, MRTT, etc.).

Quais os motivos da rejeição ?
Preguiça, dá muito mais trabalho e custa mais dinheiro, implementar um novo sistema de armas, que provavelmente era superior a todos os outra à excepção do NH90. Assim, atalha-se pelo fácil e compra-se o irmão um pouco maior do AW119.

Eu até gosto do 169, mas para "evakuar" está mais perto do zingarelho ou do velhinho Huey, de que o héli médio faz tudo que a FAP realmente precisa.


É a simples verdade, bastava apostar num modelo médio, fosse ele o blackhawk ou o 139, e desdobrava se nas variantes que fossem necessárias. Estavam os problemas "quase" todos resolvidos.
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 7061
  • Recebeu: 3088 vez(es)
  • Enviou: 1643 vez(es)
  • +1668/-132
Re: O Reapetrechamento da Marinha
« Responder #398 em: Maio 29, 2020, 10:51:27 am »
Segundo as fontes da Marinha, a opção americana (Black Hawk/Seahawk) foi completamente descartado pela FAP, que é o Ramo que “lidera” o processo dos helis evakuativos. É mais que certo que a opção será Leonardo, a menos que haja uma pressão grande por parte da Alemanha e da França que envolva outras plataformas, nomeadamente de transporte (C-295, A400M, MRTT, etc.).

Quais os motivos da rejeição ?
Preguiça, dá muito mais trabalho e custa mais dinheiro, implementar um novo sistema de armas, que provavelmente era superior a todos os outra à excepção do NH90. Assim, atalha-se pelo fácil e compra-se o irmão um pouco maior do AW119.

Eu até gosto do 169, mas para "evakuar" está mais perto do zingarelho ou do velhinho Huey, de que o héli médio faz tudo que a FAP realmente precisa.


É a simples verdade, bastava apostar num modelo médio, fosse ele o blackhawk ou o 139, e desdobrava se nas variantes que fossem necessárias. Estavam os problemas "quase" todos resolvidos.

As dimensões da cabina do 139 não tem nada a ver com as do 169!!
E em termos de capacidade é do dia para a noite, as macas neste 139 vão á vontade se fosse o 169, só mesmo macas para guarnições de tanques russos. :rir:

Abraços
 

*

MATRA

  • Perito
  • **
  • 437
  • Recebeu: 132 vez(es)
  • Enviou: 664 vez(es)
  • +33/-10
Re: O Reapetrechamento da Marinha
« Responder #399 em: Maio 29, 2020, 11:15:56 am »
O da foto até é um 169, mas são fotos oficiais da leonardo, com o ângulo certo na brochura de venda. :)
 https://www.aeroexpo.online/pt/prod/leonardo-finmeccanica/product-169774-168.html

É claro que quando visto de outra prespectiva, a coisa muda um pouco de figura.
« Última modificação: Maio 29, 2020, 11:16:55 am por MATRA »
An appeaser is one who feeds a crocodile — hoping it will eat him last.
Sir Winston Churchill
Democracies aren’t overthrown; they’re given away
George Lucas, 2005
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 3604
  • Recebeu: 856 vez(es)
  • Enviou: 192 vez(es)
  • +175/-86
Re: O Reapetrechamento da Marinha
« Responder #400 em: Maio 29, 2020, 12:02:50 pm »
Essas Meko com 30 anos até podem dar jeito, a quem esteja disposto a investir uns 150/200 milhões nas três para as actualizar a nivel de sensores e mudar de sea sparrow para ESSM.
Há paises que conseguem fazer essa actualização por esse valores, nós é que não somos um deles por causa da quantidade de tachos que existe entre a dispensa da guita e o material colocado no sitio....
 :-\

É isso que me faz confusão, então há dinheiro para dois "elefantes brancos" e não há para um VERDADEIRO MLU às Meko?????

Por isso desculpem-me mas essa história eu não compro nem com molho de tomate

O dinheiro do MLU das VdG, que não ia dar para nada, tem muito que se lhe diga, quando um upgrade que os gregos vão fazer, bem mais aprofundado, que inclui radar 3D novo, vai custar praticamente o mesmo, ou pouco mais. Para não falar que dinheiro há, o MLU das VdG é que foi retirado do orçamento original do Navpol numa solução de "última hora" para aprovar a LPM.

Agora pensa comigo, sem entrar sequer na questão de cumprir os 2% do PIB, somas o valor desse MLU, mais o valor da venda das VdG, mais o valor sobrante do AOR com a vinda do Wave e já tens 70% do MLU das AB pago. Se ainda assim ficar apertado, cancelas o LPD, optas por um LST de 100 metros, que serve perfeitamente, e o que sobra adicionas às AB.

Também acredito quando vir, mas não é assim tão inviável como parece, ainda por cima se incluírem vários mísseis no pacote.

A Marinha Brasileira em muitas vertentes está pior que a nossa. Já era um achado, e uma evolução em termos de operacionalidade, adquirir as VdG para substituir as Inhauma ou as Type 22, mesmo sem qualquer upgrade.

Concordo plenamente. Eles têm duas Greenhalgh e uma inhaúma a caírem de podres... substituí-las pelas VdG (eventualmente com o MLU dos pobres) até o segundo lote de Tamandarés começar a ser construído fazia sentido.  Não sei se o orgulho e aquele complexo de Édipo/Electra que eles tem para connosco lhes permitiria fazê-lo, além de que há zunzuns de que estão a fazer-se às T23 britânicas que vão começar a ser abatidas dentro de dois ou três anos... o Uruguai não quereria substituir as JB (ou pelo menos a que resta) pelas VdG?

A julgar pelo valor que deram pelas nossas JB há uns bons anos, nem sei se têm dinheiro para nos comprar as 3 VdG. No entanto, venham as propostas, que vendemos à mais alta.  :mrgreen:

Para a MB as Meko com um novo radar, VLS para os mísseis que eles querem e Exocet no lugar dos Harpoon, ficavam muito bem servidos.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

Kalil

  • Membro
  • *
  • 294
  • Recebeu: 28 vez(es)
  • Enviou: 49 vez(es)
  • +17/-6
Re: O Reapetrechamento da Marinha
« Responder #401 em: Maio 29, 2020, 12:28:23 pm »
Segundo as fontes da Marinha, a opção americana (Black Hawk/Seahawk) foi completamente descartado pela FAP, que é o Ramo que “lidera” o processo dos helis evakuativos. É mais que certo que a opção será Leonardo, a menos que haja uma pressão grande por parte da Alemanha e da França que envolva outras plataformas, nomeadamente de transporte (C-295, A400M, MRTT, etc.).

Quais os motivos da rejeição ?
Preguiça, dá muito mais trabalho e custa mais dinheiro, implementar um novo sistema de armas, que provavelmente era superior a todos os outra à excepção do NH90. Assim, atalha-se pelo fácil e compra-se o irmão um pouco maior do AW119.

Eu até gosto do 169, mas para "evakuar" está mais perto do zingarelho ou do velhinho Huey, de que o héli médio faz tudo que a FAP realmente precisa.


É a simples verdade, bastava apostar num modelo médio, fosse ele o blackhawk ou o 139, e desdobrava se nas variantes que fossem necessárias. Estavam os problemas "quase" todos resolvidos.

As dimensões da cabina do 139 não tem nada a ver com as do 169!!
E em termos de capacidade é do dia para a noite, as macas neste 139 vão á vontade se fosse o 169, só mesmo macas para guarnições de tanques russos. :rir:

Abraços

As empresas que prestam serviço de emergência aérea acabam por transportar apenas um paciente na grande maioria dos vôos. É aí que o 169 faz sentido, por permitir reduzir os custos quando comparado com os modelos maiores.
Para forças aéreas já não é tão útil, porque é necessária polivalência.
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 9841
  • Recebeu: 1083 vez(es)
  • Enviou: 1624 vez(es)
  • +1005/-1269
Re: O Reapetrechamento da Marinha
« Responder #402 em: Maio 29, 2020, 12:48:59 pm »
Esqueçam o Uruguai, eles mal conseguiram operar 2 JB, abateram a ROU-2 em 2015, quanto mais as Meko

Já que o Brasil não é cliente, o Peru parece ser a única opção, como escrevi antes

Isto se estiverem mesmo interessados em vender e não seja mais um diz que disse
« Última modificação: Maio 29, 2020, 12:49:53 pm por P44 »
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 3604
  • Recebeu: 856 vez(es)
  • Enviou: 192 vez(es)
  • +175/-86
Re: O Reapetrechamento da Marinha
« Responder #403 em: Maio 29, 2020, 12:56:34 pm »
Conseguias vender uma para cada um dos estados do Báltico, ficavam assim os 3 países com uma fragata cada.

Mas sim, tudo depende de muitos factores, se a questão das AB for mais que um boato, se substituirem as VdG atempadamente, etc. Não adianta procurar comprador se os navios não tiverem substitutos a caminho.
 

*

Stalker79

  • Investigador
  • *****
  • 1622
  • Recebeu: 334 vez(es)
  • Enviou: 1464 vez(es)
  • +128/-18
Re: O Reapetrechamento da Marinha
« Responder #404 em: Maio 29, 2020, 01:10:57 pm »
Essas Meko com 30 anos até podem dar jeito, a quem esteja disposto a investir uns 150/200 milhões nas três para as actualizar a nivel de sensores e mudar de sea sparrow para ESSM.
Há paises que conseguem fazer essa actualização por esse valores, nós é que não somos um deles por causa da quantidade de tachos que existe entre a dispensa da guita e o material colocado no sitio....
 :-\

É isso que me faz confusão, então há dinheiro para dois "elefantes brancos" e não há para um VERDADEIRO MLU às Meko?????

Por isso desculpem-me mas essa história eu não compro nem com molho de tomate


Ai é que está a questão, o MLU por esse preço é possivel. Só não AQUI!
Num pais da america do sul conseguiam pefeitamente por esse preço, ou até em alguns paises da europa onde meter ao bolso não seja uma prioridade orçamental!
Um Smart-S/MK2 custa entre 8 a 10 milhoes de €, ainda sobrava muito para o resto dos sistemas em cada uma.
 :-P
 

 

Passos quer Marinha com nova "abertura ao mar"

Iniciado por zawevo

Respostas: 4
Visualizações: 4277
Última mensagem Maio 15, 2012, 09:42:43 am
por P44
Marinha entrega pela primeira vez comando de navio a mulher

Iniciado por Marauder

Respostas: 38
Visualizações: 13270
Última mensagem Maio 18, 2006, 09:03:15 am
por Pedro Monteiro
Fragatas e Corvetas Portuguesas a vela da Marinha 1815/1860

Iniciado por mkorobok

Respostas: 9
Visualizações: 4452
Última mensagem Julho 12, 2011, 12:13:30 pm
por mkorobok
Fará sentido comprar mais EH-101 para a marinha?

Iniciado por papatango

Respostas: 28
Visualizações: 11556
Última mensagem Setembro 12, 2005, 05:04:26 pm
por Rui Elias
Novo artigo sobre a Esquadrilha de Helicópteros da Marinha

Iniciado por Pedro Monteiro

Respostas: 0
Visualizações: 2397
Última mensagem Maio 06, 2009, 09:03:24 pm
por Pedro Monteiro