Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa

  • 1125 Respostas
  • 142748 Visualizações
*

Kalil

  • Perito
  • **
  • 329
  • Recebeu: 35 vez(es)
  • Enviou: 51 vez(es)
  • +26/-7
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #1065 em: Setembro 21, 2020, 10:58:23 pm »
Numa marinha que nunca teve LPD ou LHD, cuja força de infantaria não tem veículos para desembarcar nem lanchas que os desembarquem, e que fica sem AOR por este chegar a não justificar a manutenção, achas que há alguma lógica?
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 4081
  • Recebeu: 346 vez(es)
  • Enviou: 247 vez(es)
  • +488/-342
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #1066 em: Setembro 22, 2020, 12:10:15 am »





Então tem de vir 2 assim, então se estiver em manutenção, e precisar-mos de AOR ou LPD, ficamos na mesma não é?


Acho que deveria vir um JSS e um AOR usado (Wave) com capacidade de transporte de helis e fuzileiros.
Talent de rien fair
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 3775
  • Recebeu: 895 vez(es)
  • Enviou: 205 vez(es)
  • +187/-91
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #1067 em: Setembro 22, 2020, 12:46:16 pm »
Numa marinha que nunca teve LPD ou LHD, cuja força de infantaria não tem veículos para desembarcar nem lanchas que os desembarquem, e que fica sem AOR por este chegar a não justificar a manutenção, achas que há alguma lógica?

Os veículos para os Fuzos é o menor dos problemas, já que é um processo extremamente barato quando comparado com a resolução de problemas da frota de navios. Mas também temos de ver que um LPD não transporta só Fuzileiros, pode transportar material do Exército e até da FAP se necessário, por isso é um "não-problema". Agora o que é questionável é quando é que iríamos desembarcar 500 tropas (das mais variadas origens e especialidades), com ou sem veículos, num determinado TO. E é aí que pergunto se vale a pena esbanjar dinheiro num conceito já meio obsoleto, ou se devíamos procurar soluções mais baratas mas que cumpram a missão. E na Marinha, e não só, a lógica já se perdeu há muito tempo, nós aqui acabamos por estar a bater no ceguinho!  :mrgreen:

A história do navio para responder a emergências tem muita água no bico. Com essa justificação, basicamente o navio vai passar 90% do tempo atracado ou limitado a operações em águas nacionais, porque se for destacada, já não pode responder a possíveis emergências.
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 6292
  • Recebeu: 1452 vez(es)
  • Enviou: 702 vez(es)
  • +1246/-346
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #1068 em: Setembro 22, 2020, 02:30:58 pm »
Não quiseram um de 80 milhões (o JSS holandês foi perto de 400).  :-P ;)









Cumprimentos
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

Kalil

  • Perito
  • **
  • 329
  • Recebeu: 35 vez(es)
  • Enviou: 51 vez(es)
  • +26/-7
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #1069 em: Setembro 22, 2020, 04:23:10 pm »
Numa marinha que nunca teve LPD ou LHD, cuja força de infantaria não tem veículos para desembarcar nem lanchas que os desembarquem, e que fica sem AOR por este chegar a não justificar a manutenção, achas que há alguma lógica?

Os veículos para os Fuzos é o menor dos problemas, já que é um processo extremamente barato quando comparado com a resolução de problemas da frota de navios. Mas também temos de ver que um LPD não transporta só Fuzileiros, pode transportar material do Exército e até da FAP se necessário, por isso é um "não-problema". Agora o que é questionável é quando é que iríamos desembarcar 500 tropas (das mais variadas origens e especialidades), com ou sem veículos, num determinado TO. E é aí que pergunto se vale a pena esbanjar dinheiro num conceito já meio obsoleto, ou se devíamos procurar soluções mais baratas mas que cumpram a missão. E na Marinha, e não só, a lógica já se perdeu há muito tempo, nós aqui acabamos por estar a bater no ceguinho!  :mrgreen:

A história do navio para responder a emergências tem muita água no bico. Com essa justificação, basicamente o navio vai passar 90% do tempo atracado ou limitado a operações em águas nacionais, porque se for destacada, já não pode responder a possíveis emergências.

Pois exactamente, é pura demagogia falar da necessidade de desembarque de forças quando não há forças preparadas para desembarcar. E também é verdade que esse tipo de operação será, no mínimo,
improvável. Por isso o conceito pode e deve ser revisto.

Claro que um LPD pode ser utilizado por outra unidade que não os fuzos mas o que é certo é que a infantaria da Marinha tem sido negligenciada em todos os programas de reequipamento das últimas décadas.

Agora, a verdade é esta. Se um simples navio reabastecedor não é essencial para uma marinha navegar, vamos acreditar que o LPD é importante aos olhos do CEMA? Um projecto que anda a ser cozinhado há quase 20 anos? Ainda por cima mencionar a sua construção em Portugal, foi o que percebi, quando a construção dos NPO tem sido o que se tem visto?

A questão de termos um navio para emergências é válida se for para desbloquear o orçamento no parlamento ou no MdF, trata se de um navio "primario" para um país com a nossa extensão marítima. Até um deputado deveria conseguir perceber isso.

Ps, já agora, para os fuzos:

https://youtu.be/n9WUn5FV-CA

 

*

LM

  • Investigador
  • *****
  • 1487
  • Recebeu: 315 vez(es)
  • Enviou: 1286 vez(es)
  • +223/-7
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #1070 em: Setembro 22, 2020, 04:42:12 pm »
Para a nossa "situação" um LPD / LHD não é prioritário... mas para a "Marinha" e para os políticos é... porque traz "prestigio visual", permite lugares de comando, é fácil de "vender" aos eleitores como "anti catástrofes".     
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 6292
  • Recebeu: 1452 vez(es)
  • Enviou: 702 vez(es)
  • +1246/-346
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #1071 em: Setembro 22, 2020, 04:56:16 pm »
A Marinha atualmente tem 2 "navios" combatentes modernos (os Tridente). O resto está a caminho da velhice e obsolência, com mesmo os meios para garantir a soberania a serem cada vez menos e a serem fabricados com falhas de material, como os NPO sem o sistema Medusa e a Marlin (já nem falo em uma Marinha  que não consegue por todos os Tejo em serviço, nem mesmo igual aos atuais 3). Falar de um LPD nestas circunstâncias não tem lógica pois a prioridade tem de ser o AOR, o upgrade das fragatas (o lógico era a sua substituição), upgrade dos Trident e construção de navios patrulha e LFC (além de faltarem helicópteros). Quanto muito um AOR (com algumas valências JSS) com alguma capacidade de lançar meios (barato pois não temos dinheiro), mas mais do que isso não tem sentido.





Cumprimentos
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, P44

*

ICE 1A+

  • Analista
  • ***
  • 728
  • Recebeu: 536 vez(es)
  • Enviou: 43 vez(es)
  • +190/-12
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #1072 em: Setembro 29, 2020, 02:14:32 pm »
Agora só falta entregarem o projeto básico do JSS aos mesmos bananas que desenharam o NPO2000 e nem daqui a 20 anos está pronto!
 :mrgreen:!

Nem me quero lembrar desses tempos!
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 10009
  • Recebeu: 1173 vez(es)
  • Enviou: 1683 vez(es)
  • +1021/-1405
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #1073 em: Outubro 15, 2020, 06:35:49 am »
Allo allo Marinha

FYI

Só para avisar que os alemães têm um AOR encostado, à espera de potenciais interessados

https://mobile.twitter.com/D__Mitch/status/1315732833768439809
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 7263
  • Recebeu: 3164 vez(es)
  • Enviou: 1694 vez(es)
  • +1787/-137
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #1074 em: Outubro 15, 2020, 08:34:21 am »
Allo allo Marinha

FYI

Só para avisar que os alemães têm um AOR encostado, à espera de potenciais interessados

https://mobile.twitter.com/D__Mitch/status/1315732833768439809

Este modelo de AOR não nos serve é costeiro e pequeno, alem de que para nós o AOR tem que servir tambem como navio chefe/NPL portanto não dá  !! :mrgreen:

Abraços
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 10009
  • Recebeu: 1173 vez(es)
  • Enviou: 1683 vez(es)
  • +1021/-1405
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #1075 em: Outubro 15, 2020, 09:12:38 am »
Allo allo Marinha

FYI

Só para avisar que os alemães têm um AOR encostado, à espera de potenciais interessados

https://mobile.twitter.com/D__Mitch/status/1315732833768439809

Este modelo de AOR não nos serve é costeiro e pequeno, alem de que para nós o AOR tem que servir tambem como navio chefe/NPL portanto não dá  !! :mrgreen:

Abraços

Mas se é pequeno passa o canal do Alfeite

Pode ser que a messe dos oficiais seja boa também
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 6292
  • Recebeu: 1452 vez(es)
  • Enviou: 702 vez(es)
  • +1246/-346
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #1076 em: Outubro 15, 2020, 11:40:14 am »
Os Alemães têm pelo menos 2 Elbe encostados (o que está no link que o P44 postou parece ser de uma classe anterior), até porque estes fazem sobretudo serviço aos submarinos e lanchas de ataque que na sua maior parte estão nas lonas ou em reparação. Estamos é a falar de abastecedores de 3600 toneladas (no mínimo teríamos de ter 2).

https://en.wikipedia.org/wiki/Elbe-class_replenishment_ship









P.S.

Epá. Isso para fazer de Tejo era um "must". E aquela com a peça de 76mm...  :mrgreen: :mrgreen:



P.S. 2 Draga minas. Desarmados e sem sistemas como gostamos...  :-P c56x1

"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 3775
  • Recebeu: 895 vez(es)
  • Enviou: 205 vez(es)
  • +187/-91
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #1077 em: Outubro 15, 2020, 11:53:18 am »
Esses navios da penúltima foto, os Gepard, além da peça de 76mm, andavam equipados com RAM e Exocet.  :mrgreen:


Já esses pequenos AOR alemães, são uma espécie de "reabastecedores litorais". Estão para um AOR convencional, como os U-212 estão para os U-214.
 

*

ocastilho

  • Membro
  • *
  • 281
  • Recebeu: 140 vez(es)
  • Enviou: 221 vez(es)
  • +185/-5
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #1078 em: Outubro 15, 2020, 02:44:52 pm »
Bem, é tudo uma questão de perspectiva, para quem não tem reabastecedor nenhum, ter um reabastecedor costeiro é um aumento infinito de capacidade.
"Se servistes à pátria, que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis, ela o que costuma."
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 10009
  • Recebeu: 1173 vez(es)
  • Enviou: 1683 vez(es)
  • +1021/-1405
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #1079 em: Outubro 15, 2020, 04:24:32 pm »
Bem, é tudo uma questão de perspectiva, para quem não tem reabastecedor nenhum, ter um reabastecedor costeiro é um aumento infinito de capacidade.

Eu já estou naquela fase do "qualquer coisa é melhor que nada", mas como já sei que quem manda na Marinha não se preocupa...
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas