Novidades sobre as OHP!!!

  • 134 Respostas
  • 31937 Visualizações
*

Fábio G.

  • Investigador
  • *****
  • 1394
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #30 em: Junho 30, 2004, 12:48:54 pm »
Citar
28 de junho de 2004
Portugal vai finalmente receber duas fragatas “Oliver H. Perry”
Segundo fontes do Ministério da Defesa Nacional português, a Marinha Portuguesa vai receber ainda este ano duas fragatas da classe “Oliver Hazard Perry” da versão "short hull", construídas na Todd Pacific Shipyards Co. Estas duas fragatas, que ao que tudo indica serão a FFG-14 (USS Sides) e a FFG-12 (USS George Philip), entregues à U. S. Navy em 1980 e 1981,respectivamente. Embora retiradas do serviço ativo durante os anos 90, estão num estado de conservação que permite a sua ativação operacional em pouco tempo, como se verificou com a entrega à Polônia de uma unidade semelhante. A chegada desses navios, aguardada desde 2003 pela Marinha Portuguesa, vai resultar num aumento da sua capacidade operacional. Estas fragatas, que aguardam autorização de venda pelo congresso Norte Americano e posterior transferência via FMS (Foreign Military Sales) pela DSCA (Defense Security Cooperation Agency), vão substituir as três fragatas da classe “João Belo” adquiridas aos estaleiros franceses Chantiers de Bretagne no final da década de 60, e que inclusive foram modernizadas em Portugal durante os anos 90. Fala se da possibilidade das OHP serem submetidas a uma pequena modernização numa empresa de construção e reparação naval na Espanha ou na Austrália, países cujas Marinhas utilizam a mesma classe. Desconhece-se se as duas fragatas serão entregues a Portugal com todos os seus equipamentos de origem ou apenas com alguns (mísseis SM-1, Harpoon, torpedos Mk.46, canhão Mk.75 de 76mm, CIWS Phalanx, radares SPS-49 e SPS-55, sistema de guerra eletrônica SLQ-32, sonares SQS-56 e SQR-19). Esta ainda prevista a entrega a Marinha Portuguesa de uma terceira fragata em 2005 ou em 2006, cuja compra foi aprovada na Lei de Programação Militar, por um valor de 80 milhões de Euros para os três navios. Comenta-se que a decisão de comprar aos Estados Unidos da América foi puramente política, pois as chefias militares portuguesas haviam optado pelos navios holandeses das classes “M” (“Karel Doorman”) ou “L”(“Jacob Van Heemskerk”), recentemente adquiridos pela Armada de Chile (2+2).

Segurança e Defesa
(Victor Manuel Saraiva Barreira)


Bom isto já é um bocado anedótico, mas afinal parece que afinal são 3 OHP, não se sabe é que com equipamentos virão.
 

*

Spectral

  • Investigador
  • *****
  • 1438
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #31 em: Junho 30, 2004, 03:21:54 pm »
Citar
Caro Spectral
Sabe que a Austrália comprou 11 SH-2 G Super Seasprite para utilizar nas Anzac e nos novos OPV, apesar de operarem também 16 helicópteros S 70 B Seahawk (versão australiana do SH-60 B americano) nas OHP? Estranho não é? Pelos vistos os Seahawk não cabem nos hangares das ANZAC (MEKO 200, identicas às nossas.
Cumprimentos
JLRC

PS : Estou com dificuldades com o Clix. Vamos a ver se recebe o meu e-mail. Já o enviei para o 2º que indicou.


Sim, já conhecia esse negócio.  :wink:
Vamos por partes:

as Meko 200 podem levar um Seahawk no hangar ( pelo menos as gregas, segundo o Hazegray)

O SH-2G(A) não é um heli ASW como o Seahawk. São plataformas antigas restauradas, equipadas com um radar, FLIR e principalmente úm equipamento electrónico "state of the art". A sua missão será o combate a navios (pequenos) em águas litorais com os mísseis Penguin.

Também pode lançar torpedos, mas não vejo grande utilidade porque não tem qualquer tipo de sonar!

O negócio tem vindo a ser muito criticado, porque o preço subiu muito, para valores quase obscenos. Parece que afinal a decisão de usar uma plataforma usada e integrar-lhe componentes ultra modernos não foi lá muito acertada em termos de custos (e isto é uma lição para toda a gente).

http://www.faaaa.asn.au/pictures/helicopters/seasprite.htm

Quanto às OHP, uma das coisas a ficar na América devem ser os sonares. A marinha pretende instalar-lhes os sonares da JBelo ( iguais aos das VdG).

Cumptos
I hope that you accept Nature as It is - absurd.

R.P. Feynman
 

*

JLRC

  • Investigador
  • *****
  • 2508
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +4/-42
(sem assunto)
« Responder #32 em: Junho 30, 2004, 03:34:58 pm »
Citação de: "Spectral"

O SH-2G(A) não é um heli ASW como o Seahawk. São plataformas antigas restauradas, equipadas com um radar, FLIR e principalmente úm equipamento electrónico "state of the art". A sua missão será o combate a navios (pequenos) em águas litorais com os mísseis Penguin.

Também pode lançar torpedos, mas não vejo grande utilidade porque não tem qualquer tipo de sonar!

Não sabia que os SH-2G australianos não tinham sonar. Sendo assim também não percebo porque têm torpedos.



Citação de: "Spectral"
Quanto às OHP, uma das coisas a ficar na América devem ser os sonares. A marinha pretende instalar-lhes os sonares da JBelo ( iguais aos das VdG).

Cumptos


Penso que é uma boa opção porque o sonar SQS-510 é dos melhores da actualidade.
Já recebeu alguma coisa?
Cumprimentos
JLRC
 

*

Spectral

  • Investigador
  • *****
  • 1438
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #33 em: Junho 30, 2004, 03:38:03 pm »
Mas o SQS-510 é um sonar de casco, e nos últimos anos os navios com uma capacidade ASW séria ( como por exemplo as T23 inglesas), têm sido equipados com sonares rebocados, que parece que oferecem grandes vantagens ( será ? )

Ainda não chegou nada, mas por vezes os servidores da universidade retêm as mensagens ( especialmente as grandes) até às 7 da tarde...
I hope that you accept Nature as It is - absurd.

R.P. Feynman
 

*

tsahal

  • Perito
  • **
  • 580
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #34 em: Junho 30, 2004, 06:10:59 pm »
Caros,

Penso que as OHP virao com a maior parte dos equipamentos, duvido que a Armada as queira apenas para passear os militares. A vinda destes equipamentos vai provocar uma pequena revolucao tecnica (novas technologias significa novos conhecimentos). Se bem que sao equipamentos ja existentes mas para Portugal sao novidade. Por falar no SQS 510, os das VDG foram modernizados com por exemplo um sistema para baixar o ruido provocado e um waveguide dryer, mas como sabem as MEKO 200PN estao tecnicamente ultrapassadas, por isso a LPM contempla uma verba para elas. JQT, podes colocar o artigo completo do DE sobre a LPM?Obg.
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 9824
  • Recebeu: 1079 vez(es)
  • Enviou: 1616 vez(es)
  • +1003/-1268
(sem assunto)
« Responder #35 em: Julho 05, 2004, 11:06:55 am »
Do amigo "spock4354", conhecido concerteza por alguns de vós dos discussion boards de www.warships1.com, recebi este mail, depois de o ter informado acerca da notícia da Lusa:

 I finally heard back from my contact at the inactive ships yard here in Bremerton.  Your news agency is pretty close to being right on.  FFG-14 will begin its reactivation in October but it will likely not be ready to sail to Portugal until mid to late 2005.  The FFG-12 transfer is still pending Congressional approval but is likely to begin reactivation early in 2005 for a late 2005 or early 2006 transfer.  

     Apparantly they will be re-engined prior to transfer and that will account for some of the delay.  I used to serve on FFG-57 and our re-engining took about 60 days to complete.  


Bom, parece que ainda vai demorar mais do que estávamos á espera :shock:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 9824
  • Recebeu: 1079 vez(es)
  • Enviou: 1616 vez(es)
  • +1003/-1268
(sem assunto)
« Responder #36 em: Julho 13, 2004, 02:58:01 pm »



A ver se reavivo este tópico... 8)
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5480
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +1410/-2
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #37 em: Julho 28, 2004, 12:53:43 pm »
O ministro da defesa nacional (e do mar :roll:  e as suas eventuais substitutas deverão ser navios de bastante maior porte (contra-torpedeiros).

Depois de se terem pago os submarinos, as duas fragatas/contra-torpedeiros, deverão ser o objectivo principal da marinha, uma vez que os NPO's e o NavPol, são proporcionalmente relativamente baratos.

Aliás, o NavPol, deve ser feito de ouro...


Cumprimentos
 

*

ferrol

  • Analista
  • ***
  • 713
  • +0/-0
Eses políticos...
« Responder #38 em: Julho 30, 2004, 08:49:32 am »
Citação de: "papatango"
O ministro referiu explicitamente DUAS fragatas, as quais, segundo as palavras do ministro, terão um custo (as duas) equivalente a 16% do preço de uma nova.

As fragatas só serão mais caras que os submarinos se se tratar de um contra-torpedeiro, tipo F-100 ou LCF

O preço calculado pelo ministro foi de ? 500 milhões, sendo que o orçamento disponível é de ?80 milhões. Portanto, 80 representa 16% de 500.

Lendo nas entrelinhas, conforme já tinha sido referido, as duas Perry, são os navios destinados a protecção anti-aérea  :roll:  e as suas eventuais substitutas deverão ser navios de bastante maior porte (contra-torpedeiros).

Con este comentario do señor ministro véñenme á cabeza algúns comentarios:

1º.- Como tódolos políticos mistura hábilmente a realidade. As comparacións das OHP coas F-100 e demáis non teñen cabida, xa que son de xeracións distintas, polo tanto incomparables.
Supoño que a idea do ministro era amosa-lo baratas que van sair esas OHP comparándoas cos actuais modelos.

Agora ben, nin unha F-100 vale 500 millóns, máis ben 400, nin unha OHP nova valía 500 millóns, máis ben 200 unha corta armada, logo o que merca Portugal son 2 cascos valeiros por +- 1/3 do prezo de novas, ó que logo haberá que sumar o armamento, que de momento supoñamos que será o das unidades que se dan de baixa, polo que o prezo final non subirá moito.

2º.- Non hai que ler entreliñas para saber que serán predominantemente AAW. Todos os desenrolos occidentais desde que os rusos non teñen aquela potente flota de submariños veñen adicados a roles AAW, daí o desenrolo de APAR´s, SMART´s ou perfeccionamento dos SPY.

De tódolos xeitos, gracias PT pola aportación. Saúdos ó forum.
Tu régere Imperio fluctus, Hispane memento
"Acuérdate España que tú registe el Imperio de los mares”
 

*

emarques

  • Especialista
  • ****
  • 1177
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #39 em: Julho 30, 2004, 03:44:02 pm »
Bem, o que ele disse foi que as duas fragatas vinham por 16% do preço de duas fragatas novas. Os 80 milhões são para as duas, não é? A 200 milhões cada uma será 20%. Até nem está longe. :)

Agora resta saber se conseguem mesmo pôr as duas fragatas em funcionamento por 80 milhões...
Ai que eco que há aqui!
Que eco é?
É o eco que há cá.
Há cá eco, é?!
Há cá eco, há.
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 9824
  • Recebeu: 1079 vez(es)
  • Enviou: 1616 vez(es)
  • +1003/-1268
(sem assunto)
« Responder #40 em: Agosto 23, 2004, 08:11:36 am »
Bom dia a Todos!!!!

Voltei de "férias", ou melhor, de um "periodo de ausência de trabalho", e fui verificar os mails.
Segundo o meu conhecido de Bremerton, que tb foi de férias, qd voltou , a FFG-14 já tinha deixado Bremerton (estará a caminho???) :roll:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5480
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +1410/-2
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #41 em: Agosto 24, 2004, 07:43:40 pm »
Citação de: "P44"
a FFG-14 já tinha deixado Bremerton (estará a caminho???)
Se calhar afundou-se :mrgreen:
Cumprimentos
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7627
  • Recebeu: 577 vez(es)
  • Enviou: 191 vez(es)
  • +232/-520
(sem assunto)
« Responder #42 em: Agosto 24, 2004, 09:10:31 pm »
"Se calhar afundou-se"

Pensei no mesmo!  :mrgreen:  :mrgreen:
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 9824
  • Recebeu: 1079 vez(es)
  • Enviou: 1616 vez(es)
  • +1003/-1268
(sem assunto)
« Responder #43 em: Agosto 26, 2004, 11:27:53 am »
Citação de: "Luso"
"Se calhar afundou-se"

Pensei no mesmo!  :mrgreen:  :wink:  :lol:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

dmbc

  • Membro
  • *
  • 18
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #44 em: Agosto 26, 2004, 08:48:44 pm »
Saudações,

Um colega meu enviou-me estas imagens resultado da incrivel falta de fazer de que ele padece...  :)

Uma antevisão de uma Perry "modernizada":
http://mega.ist.utl.pt/~dmbc/NRP%20PerryClass.JPG

Outra antevisão de um dos tais "Cruzadores AAW", penso que baseada na LCF:
http://mega.ist.utl.pt/~dmbc/NRP_GagoCoutinho.JPG

Por falar em NavPol:
http://mega.ist.utl.pt/~dmbc/NRP_InfanteDHenrique_2.JPG

E por fim corvetas/patrulhas Visby/Skjold:
http://mega.ist.utl.pt/~dmbc/Corveta_Por_4.JPG

http://mega.ist.utl.pt/~dmbc/Patrulha%20Skjold.JPG

Sem mais, desejo a todos os que estejam de férias umas boas ditas...
 

 

Artigo sobre o veleiro "BLAUS VII"

Iniciado por Ricardo

Respostas: 2
Visualizações: 2071
Última mensagem Outubro 21, 2013, 12:26:49 am
por JQT
Novo artigo sobre a Esquadrilha de Helicópteros da Marinha

Iniciado por Pedro Monteiro

Respostas: 0
Visualizações: 2393
Última mensagem Maio 06, 2009, 09:03:24 pm
por Pedro Monteiro
Questão sobre paraquedismo CTOE e Marinha.

Iniciado por Vitaminar

Respostas: 9
Visualizações: 626
Última mensagem Junho 04, 2020, 02:43:06 pm
por Vitaminar
Novidades sobre as OHP?

Iniciado por P44

Respostas: 6
Visualizações: 3082
Última mensagem Abril 19, 2004, 11:52:28 pm
por papatango