Os 30 F16A/B MLU da FAP

  • 1833 Respostas
  • 305156 Visualizações
*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 2935
  • Recebeu: 1324 vez(es)
  • Enviou: 2799 vez(es)
  • +509/-91
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1590 em: Abril 30, 2019, 02:39:28 pm »
O DC não se estava a referir à dummy JDAM do F-16 belga, mas sim ao dispositivo azul no nosso F-16. Como o CJ disse, se é azul então é de treino. A mim parece-me um daqueles sensores usados em treino de combate aéreo (ACMI) semelhantes às versões inertes dos mísseis; na outra asa está quase de certeza um CATM-9L. Também pode ser um CATM sem rollerons, mas o diâmetro parece ser maior.

« Última modificação: Abril 30, 2019, 05:37:40 pm por NVF »
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: dc

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2470
  • Recebeu: 1250 vez(es)
  • Enviou: 743 vez(es)
  • +713/-172
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1591 em: Abril 30, 2019, 07:11:15 pm »
O DC não se estava a referir à dummy JDAM do F-16 belga, mas sim ao dispositivo azul no nosso F-16. Como o CJ disse, se é azul então é de treino. A mim parece-me um daqueles sensores usados em treino de combate aéreo (ACMI) semelhantes às versões inertes dos mísseis; na outra asa está quase de certeza um CATM-9L. Também pode ser um CATM sem rollerons, mas o diâmetro parece ser maior.

Pelas barbas de Neptuno e pelo NavPol que numa manhã de nevoeiro do próximo século há-de entrar na barra do Tejo: estou mesmo a ficar pitosgas.  :mrgreen:

É um pod ACMI sim senhor, como uma vez mais o NVF disse correctamente.  ;)

« Última modificação: Abril 30, 2019, 08:35:44 pm por Charlie Jaguar »
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 2935
  • Recebeu: 1324 vez(es)
  • Enviou: 2799 vez(es)
  • +509/-91
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1592 em: Abril 30, 2019, 08:37:37 pm »
Vi-me à rasca para encontrar uma foto com os ditos pods mas, infelizmente, não encontrei referências escritas. Encontrei, no entanto, montes de coisas relativas aos pods ACMI P5.





Também encontrei umas bombas laser de treino, fabricadas pela LM, que podem inclusive ser lançadas.





Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: mafets

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2470
  • Recebeu: 1250 vez(es)
  • Enviou: 743 vez(es)
  • +713/-172
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1593 em: Abril 30, 2019, 08:56:32 pm »
Vi-me à rasca para encontrar uma foto com os ditos pods mas, infelizmente, não encontrei referências escritas. Encontrei, no entanto, montes de coisas relativas aos pods ACMI P5.





Também encontrei umas bombas laser de treino, fabricadas pela LM, que podem inclusive ser lançadas.







Aquele ACMI por acaso é emprestado dos holandeses, aliás como é o armamento real e de treino que os nossos F-16 utilizam durante o FWIT.

Vá lá, é uma altura em que os pilotos e instrutores escolhidos para frequentar o curso têm contacto com uma panóplia de armas mais vasta do que aquela que cá temos. ::)


P.S. O pod ACMI que em Portugal utilizamos é o israelita EHUD da Elbit Systems.


https://elbitsystems.com/media/Air_live_ACMI_ehud_2016.pdf
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 2935
  • Recebeu: 1324 vez(es)
  • Enviou: 2799 vez(es)
  • +509/-91
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1594 em: Abril 30, 2019, 09:16:56 pm »
O EHUD é suposto ser bastante bom, como é aliás apanágio da electrónica e armamento israelitas.
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2470
  • Recebeu: 1250 vez(es)
  • Enviou: 743 vez(es)
  • +713/-172
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1595 em: Maio 01, 2019, 10:56:03 am »
Agora que o destacamento português em Malbork começa a regressar a Monte Real, aqui ficam mais umas fotos da sua passagem pela Polónia.  ;)



















Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, P44, tenente, MATRA

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 4246
  • Recebeu: 2002 vez(es)
  • Enviou: 769 vez(es)
  • +554/-71
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1596 em: Maio 01, 2019, 11:19:33 am »
O falcão na cauda está um espanto !!!!!
 

*

MATRA

  • Membro
  • *
  • 244
  • Recebeu: 67 vez(es)
  • Enviou: 461 vez(es)
  • +16/-6
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1597 em: Maio 01, 2019, 07:20:54 pm »
A "have glass" do 15113 está mesmo nas ultimas :)
An appeaser is one who feeds a crocodile — hoping it will eat him last.
Sir Winston Churchill
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2470
  • Recebeu: 1250 vez(es)
  • Enviou: 743 vez(es)
  • +713/-172
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1598 em: Maio 01, 2019, 07:37:21 pm »
O falcão na cauda está um espanto !!!!!

 ;)




A "have glass" do 15113 está mesmo nas ultimas :)

Há piores! :mrgreen:


HAF F-16C Block 52+, 340 Mira

Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: MATRA

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 1273
  • Recebeu: 276 vez(es)
  • Enviou: 35 vez(es)
  • +61/-20
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1599 em: Maio 02, 2019, 04:48:32 pm »
O DC não se estava a referir à dummy JDAM do F-16 belga, mas sim ao dispositivo azul no nosso F-16. Como o CJ disse, se é azul então é de treino. A mim parece-me um daqueles sensores usados em treino de combate aéreo (ACMI) semelhantes às versões inertes dos mísseis; na outra asa está quase de certeza um CATM-9L. Também pode ser um CATM sem rollerons, mas o diâmetro parece ser maior.



Obrigado ao NVF e ao CJ pelas explicações. Eu de facto estranhei aquele (agora sei) ACMI porque nunca tinha visto os nossos equipados com um. Tinha noção que era algo usado para treino e não um míssil super tecnológico.  :mrgreen:

E sabem com que armamentos os F-16 portugueses treinam no FWIT? Presumo que eles tenham uma panóplia bem mais interessante que a nossa, não só em quantidade mas também qualidade e variedade. Por exemplo as JSOW e os JASSM, AIM-9X...?
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

Stalker79

  • Especialista
  • ****
  • 1083
  • Recebeu: 224 vez(es)
  • Enviou: 1078 vez(es)
  • +105/-11
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1600 em: Maio 02, 2019, 06:15:00 pm »
Quem dera que nós pudessemos usar o JASSM....
E não venham com historias, os vizinhos do lado tambem são signatarios do MTCR e têm misseis Taurus com 500km de alcance!!!
 :-[
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2470
  • Recebeu: 1250 vez(es)
  • Enviou: 743 vez(es)
  • +713/-172
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1601 em: Maio 02, 2019, 08:15:50 pm »
E sabem com que armamentos os F-16 portugueses treinam no FWIT? Presumo que eles tenham uma panóplia bem mais interessante que a nossa, não só em quantidade mas também qualidade e variedade. Por exemplo as JSOW e os JASSM, AIM-9X...?

Basta ler no link que já aqui coloquei. Na fase inicial ar-ar não há emprego de armamento, ao contrário da segunda fase ar-solo em que isso já sucede.

http://www.prk-aviation.nl/FWIT2019.htm


A Esq. 301 participa este ano em pleno no NATO Tiger Meet que decorre de 13 a 24 de Maio na base aérea francesa de Mont-de-Marsan, tendo como anfitriões o Escadron de Chasse 3/30 "Lorraine". Mais para o final do mês deverão aparecer por aí umas fotos engraçadas.  ;)
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2470
  • Recebeu: 1250 vez(es)
  • Enviou: 743 vez(es)
  • +713/-172
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1602 em: Maio 08, 2019, 11:46:47 am »
Aterraram três F-16 no Aeroporto do Porto Santo

Aterraram, ao início desta tarde de terça-feira, por voltas das 13h30, no Aeroporto do Porto Santo, três F-16 da FAP (Força Área Portuguesa).

Embora não seja oficial, o DIÁRIO sabe que este voo até ao arquipélago madeirense, tenha sido para realizar vários testes ao radar instalado no Pico do Areeiro, ilha da Madeira.

Os três aviões da Força Aérea Portuguesa vão estar pouco tempo no AM3, onde estão estacionado e deverão levantar voo, entre as 14h30 e 15h, não se sabendo se farão mais testes nos céus da Madeira e Porto Santo, ou se viajaram para o continente português.

https://www.dnoticias.pt/madeira/aterraram-tres-f-16-no-aeroporto-do-porto-santo-CA4727334

E cá estão eles à chegada e posteriormente à partida de Porto Santo.
















O 15103 e 15115 quase que foram directos de Malbork para Porto Santo. Passaram no dia 3 por Leeuwarden vindos da Polónia para reabastecer juntamente com o 15110 e 15113, tendo regressado os 4 a Monte Real ao final da tarde do mesmo dia. Entretanto para o FWIT 2019 uma aeronave irá ser destacada para Leeuwarden, ainda não se sabe o seu número de cauda.  ;)
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2470
  • Recebeu: 1250 vez(es)
  • Enviou: 743 vez(es)
  • +713/-172
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1603 em: Maio 08, 2019, 12:26:12 pm »
Ainda a propósito do recente regresso à BA5 dos 4 caças e militares da FAP que durante 2 meses reforçaram na Polónia as medidas de tranquilização da Aliança, a notícia via NATO.

Citar
Portuguese Air Force concludes training and exercise mission in Poland
MAY 6, 2019

RAMSTEIN, Germany – Completing a two-month training and exercise deployment under NATO Assurance Measures at Malbork, Poland, the Portuguese Air Force F-16 detachment has now redeployed to its home base at Monte Real.

"It was a very rewarding experience that enhanced our interoperability with Allied and Partner nations while at the same time demonstrating the Alliance’s abilities and resolve to deter aggression from any threat,” said the Detachment Commander Lieutenant Colonel Luis Silva, who oversaw the mission in April and the redeployment phase. "This mission has allowed the Portuguese Air Force and my team to train our deployment procedures and expeditionary capability in order to be ready to deliver combat air power where and when needed,” he added.

The four Portuguese Air Force F-16 MLU fighter aircraft and a team of approx. 70 military specialists including aircrew, maintenance, logistics, force protection and medical personnel arrived in early March. During the eight weeks they executed more than 300 flying hours providing training and exercise activity under NATO’s Assurance Measures. Most of the almost 200 sorties were in direct support of several NATO units stationed in the region.

The Portuguese F-16 fighter aircraft provided air-to-ground training and exercise support among others for the Multinational Battle Groups in Poland, Lithuania and Latvia. Air-to-air training was conducted with NATO Baltic Air Policing and enhanced Air Policing nations Poland and Germany, and Partner air units such as the Swedish JAS-39 Gripen. Training activities were also executed with United States Air Forces in Europe F-15 fighter aircraft during their temporary deployment to Poland.

"We are extremely grateful for the excellent Host Nation Support provided by our Polish colleagues here at Malbork Air Base,” said Lieutenant Colonel Silva.  "Their support was a key enabler for us, allowing the operation to be conducted as planned and with a reduced logistic footprint,” he added.

NATO’s Assurance Measures approved in September 2014 provide a comprehensive package of actions to respond to the changes in the security environment in and near Europe, to include challenges posed by Russia. The Air Measures under the Readiness Action Plan are comprised of AWACS flights, enhanced Air Policing as well as training an exercise activity with and within the Allies along the Eastern flank of NATO.
 
Story by Allied Air Command based on information provided by Portuguese Air Force detachment

https://ac.nato.int/archive/2019/portuguese-air-force-concludes-training-and-exercise-mission-in-poland

Imagem tirada na tarde de 3 de Maio à vertical da Base Aérea de Monte Real a partir de uma das 4 aeronaves que se encontravam de regresso.  ;)

Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 1273
  • Recebeu: 276 vez(es)
  • Enviou: 35 vez(es)
  • +61/-20
Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Responder #1604 em: Maio 08, 2019, 01:10:52 pm »
Aparentemente os F-16 portugueses tiveram oportunidade de treinar com diversas aeronaves de combate durante aquele tempo na Polónia. Muita bem! Typhoon, Gripen, F-15... não sei até que ponto é algo comum de acontecer.