Notícias da Força Aérea Brasileira

  • 881 Respostas
  • 239480 Visualizações
*

HaDeS

  • 223
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #135 em: Março 15, 2009, 06:36:51 am »
Citar
FAB: Nota sobre acidente aeronáutico em Goiânia
Com relação ao roubo da aeronave PT-VFI, pertencente ao aeroclube de Brasília, localizado em Luziânia - GO, e ocorrido na tarde de hoje, 12 de março, o Comando da Aeronáutica (COMAER) presta as seguintes informações:

• Ao ser notificado da ocorrência do roubo, o Primeiro Centro Integrado de Defesa e Controle do Tráfego Aéreo (CINDACTA I) informou o Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (COMDABRA) que, por sua vez, ordenou a imediata decolagem de aeronaves em alerta de defesa aérea.

• O acompanhamento por caças da FAB aconteceu durante todo o tempo em que o PT-VFI permaneceu em vôo, primeiramente, por um MIRAGE 2000 e, posteriormente, por um avião T-27 Tucano.

• Por medida de segurança, o COMDABRA determinou a suspensão de pousos e decolagens do aeroporto de Goiânia, a fim de garantir a segurança das aeronaves em geral e, particularmente, para proporcionar as melhores condições de pouso para o PT-VFI.

• Até o momento em que a aeronave colidiu com o solo, os órgãos de controle de tráfego aéreo e os pilotos da FAB que acompanharam a aeronave roubada não conseguiram contato-rádio com o piloto do PT-VFI.

• Consumado o acidente aeronáutico, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) conduzirá as investigações necessárias a fim de identificar os fatores que contribuíram para a ocorrência.

• Todos os procedimentos adotados pelo COMAER, através do COMDABRA, foram permanentemente acompanhados pelo Exmo. Sr. Ministro da Defesa Dr Nelson Jobim.

Diálogo entre o controlador de vôo e o piloto da FAB.

Transcrição do diálogo:

YGQ (PILOTO) - PROSSIGA!
BRASÍLIA - OK, NÓS TEMOS UMA AERONAVE ROUBADA, NA LOCALIDADE DE LUZIÂNIA. A MISSÃO É FAZER PROCURA BAIXA, NA POSIÇÃO QUE ESTÁ SOBREVOANDO NO MOMENTO. PROCURA RADAR BAIXA.
YGQ (PILOTO) - CIENTE
BRASÍLIA - ÚLTIMA INFORMAÇÃO ESTIMADA DA AERONAVE, UNO SETE ZERO 20 MILHAS DE ANÁPOLIS; AERONAVE DE PEQUENO PORTE, VELOCIDADE EM TORNO DE CENTO E SESSENTA NÓS.
YGQ (PILOTO) – CIENTE.
YGQ (PILOTO) - CONFIRME! TÁ SE AFASTANDO DE ANÁPOLIS, ELA?
BRASÍLIA - CONFIRME?
YGQ (PILOTO) - ELA TAVA SE AFASTANDO DE ANÁPOLIS?
BRASÍLIA - ERA UMA PROA DE DUZENTOS E SESSENTA DA LOCALIDADE DE LUZIÂNIA.
YGQ (PILOTO) - CIENTE!
YGQ (PILOTO) - POR ENQUANTO NEGATIVO CONTATO RADAR, PRA INFORMAÇÃO TÁ VARRENDO DO CÉU A DEZENOVE MIL, TÁ INDIA MIKE CHARLIE.
BRASÍLIA - CIENTE!
YGQ - POSSIBILIDADE DE DESCER PRO UNO ZERO ZERO?
BRASÍLIA - AGUARDE COORDENAÇÃO.

Brigadeiro-do-Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez
Chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica

Fonte: CECOMSAER
 

*

Paisano

  • Especialista
  • ****
  • 901
  • Recebeu: 6 vez(es)
  • +1/-0
    • http://defesabrasil.com/forum
(sem assunto)
« Responder #136 em: Abril 09, 2009, 03:56:01 pm »
F-X2: FAB Inicia Visitas Técnicas e Voos de Avaliação

Fonte: http://defesabrasil.com/site/index.php/ ... iacao.html

Citar
AERONÁUTICA COMEÇA A ETAPA DE VISITAS TÉCNICAS E VOOS DE AVALIAÇÃO COM AS EMPRESAS DO PROJETO F-X2*

O Comando da Aeronáutica, em continuidade ao cronograma de seleção dos novos caças multiemprego para a Força Aérea Brasileira (FAB), inicia, a partir de hoje, 30 de março, as visitas técnicas às empresas ofertantes e os voos de avaliação das respectivas aeronaves participantes do Projeto F-X2, cujo objetivo é de verificar aspectos técnicos, operacionais, logísticos e industriais.

Para cumprir tais objetivos e obter maior detalhamento das ofertas apresentadas pelas empresas (aqui listadas em ordem alfabética) BOEING (F-18 E/F SUPER HORNET), DASSAULT (RAFALE) e SAAB (GRIPEN NG), serão visitadas e avaliadas instalações industriais e logísticas, oficinas de manutenção, laboratórios de desenvolvimento de sistemas e esquadrões operacionais, bem como as aeronaves oferecidas serão voadas e testadas por pilotos e engenheiros integrantes da comissão de avaliação.

Durante o mês de março, a Gerência do Projeto F-X2 (GPF-X2) reuniu-se com sua equipe e promoveu uma série de esclarecimentos com as três empresas participantes, no intuito de dirimir dúvidas e aprimorar o conteúdo das respectivas ofertas com relação aos requisitos do COMAER, mantendo o foco nos aspectos comerciais; técnicos; operacionais; logísticos; de compensação comercial (Offset), industrial e tecnológica, e de transferência de tecnologia.


Brigadeiro-do-Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez
Chefe do CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA AERONÁUTICA

*Cecomsaer
As pessoas te pesam? Não as carregue nos ombros. Leva-as no coração. (Dom Hélder Câmara)
_________________
Volta Redonda
_________________
 

*

Paisano

  • Especialista
  • ****
  • 901
  • Recebeu: 6 vez(es)
  • +1/-0
    • http://defesabrasil.com/forum
(sem assunto)
« Responder #137 em: Abril 09, 2009, 04:02:33 pm »
Rússia diz que Brasil poderá ajudar na fabricação de caças*

Fonte: http://defesabrasil.com/site/index.php/ ... cacas.html

Citar
Moscou - A Rússia não exclui a possibilidade da participação do Brasil na fabricação de caças de quinta geração, declarou nesta terça-feira o vice-diretor do Serviço Federal para a Cooperação Técnico-Militar russa, Alexandre Fomin.

"Estamos a estudar com a companhia brasileira de construção de aviões Embraer questões da troca de tecnologias, da criação, na base dessa empresa, de áreas para a montagem e a produção, segundo licenças russas, de aviões do futuro", afirmou à agência noticiosa russa Ria-Novosti.

"Trata-se de uma direção promissora como o caça russo de quinta geração. Por enquanto, isso está na fase inicial, ao nível da teoria. Mas admitimos isso", acrescentou Fomin.

Aviões de combate deste tipo estão sendo produzidos pelas empresas russas Sukhoi e MIG, mas os primeiros testes reais deverão ser realizados no verão (inverno no Brasil) deste ano.

Os novos caças russos visam concorrer com os aviões de combate norte-americanos F-22A.

*Agência Lusa
As pessoas te pesam? Não as carregue nos ombros. Leva-as no coração. (Dom Hélder Câmara)
_________________
Volta Redonda
_________________
 

*

Jorge Pereira

  • Administrador
  • *****
  • 2213
  • Recebeu: 59 vez(es)
  • Enviou: 116 vez(es)
  • +26/-0
    • http://forumdefesa.com
(sem assunto)
« Responder #138 em: Abril 15, 2009, 02:05:06 am »
Citar
Could Brazil's F-X2 Fighter Modernization Program Grow into Mega Deal?


While Brazil is evaluating the proposals submitted by the three finalists - Boeing, Dassault and Saab, the government and Air Force are also reevaluating their longer term requirements in an attempt to expand the production base into more economical levels.

In November 2007 Brazil announced its plans to embark on a $2.2 billion F-X2 future fighter procurement, seeking to modernize its air forces' first-line fighter fleet with 36 latest generation fighters. This modernization is long overdue, since the most modern asset in the arsenal of the Forca Aerea Brasileira (FAB - Brazilian Air Force) are locally built Super Tucano/ALX surveillance and light attack turboprops, built by Embraer. Its first-line operation units include a few squadrons of locally built AMX subsonic light fighters, which constantly receive phased upgrades from Italy and Israel, and 1960 vintage F-5BRs also modernized with Israeli avionics systems. A previous attempt to modernize the Brazilian Air Force failed in 2004, due to lack of political support. Brazil then opted to buy a squadron of 12 French Air Force Mirage 2000s to replace its obsolete Mirage III mach-2 fighters.

The program, currently known as F-X2 reached its important milestone almost a year later, in October 08 as the Air Force selected the three fighters that could meet its requirements. These included the American Boeing F/A-18E/F, Swedish Saab-39 Gripen NG and French Rafale from Dassault. Eurofighter and Sukhoi were out of the list, as well as the U.S. F-16 and F-35. By February 2009 all proposals were submitted, only to find that the Brasilians and Russians may have renegotiated another deal.
Following significant Russian pressure, the Su-35 re-emerged as a candidate, but, according to Russian sources, the volume of the program increased dramatically and now counts 100 aircraft, almost matching the Indian MMRCA planned acquisition of 126 aircraft that has been stirring the entire military world in the past years. Naturally, Moscow is proposing local production of the aircraft in Brazil. The Brazilian Air Force has already made a clear choice about the types of weapons it will be fielding on its new fighters. These are likely to comprise of the South African Darter-A short range IR missiles, being developed under cooperation between the Brazilian Air Force and South African Denel and the Israeli Derby 4beyond-visual-range (BVR) missiles, already adapted for Brazil's modernized F-5BRs. WHile Darter-A is being integrated with the Gripen, to fit on the South African Air Force fighters, the Derby is believed to be one of the weapons the Indian Air Force has earmarked for its MMRCA program.

This dramatic change will undoubtedly call all participants to recalculate their offers. It is also expected to draw extreme pressure from Europe, to reconsider the Eurofighter Typhoon. However, most bidders would, undoubtedly remain cautious trusting government officials in San Paolo to remain committed to such a long term program, securing political and financial over the next decade. Under these circumstances, in any country such chaos would totally derail the program, so it remains to be seen what will be the fate of Brazil's F-X2.


Fonte

Um dos primeiros erros do mundo moderno é presumir, profunda e tacitamente, que as coisas passadas se tornaram impossíveis.

Gilbert Chesterton, in 'O Que Há de Errado com o Mundo'






Cumprimentos
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15856
  • Recebeu: 1323 vez(es)
  • Enviou: 1221 vez(es)
  • +209/-193
(sem assunto)
« Responder #139 em: Abril 15, 2009, 12:46:39 pm »
Citar
Jobim assina novos contratos de aviação militar com a Embraer



Rio de Janeiro, 14/04/2009 - O ministro da Defesa, Nelson Jobim, e o presidente da Embraer, Frederico Fleury Curado, presidiram na tarde desta terça-feira (14/04), no Rio de Janeiro, cerimônia de assinatura de novos contratos para projetos de aviação militar: um com a Marinha, para modernização de doze jatos (AF-1 e AF-1A), que equipam o porta-aviões São Paulo, e outro com a Aeronáutica, para o desenvolvimento do avião cargueiro KC-390, que substituirá os antigos Hércules (C-130). “Os senhores estão vendo que a Estratégia Nacional de Defesa não veio para ficar no papel”.



A solenidade aconteceu no primeiro dia da feira LAAD 2009 – Latin America Aero e Defence, que se realiza até o dia 17, sexta-feira, no Riocentro, Rio de Janeiro.



O projeto do KC-390 prevê o desenvolvimento do avião, de acordo com especificações da Aeronáutica, e construção de dois protótipos, no prazo de 7 anos, ao custo estimado de R$ 3 bilhões. O presidente da Embraer observou que, além de renovar a frota da FAB, o novo equipamento também terá grande potencial de exportação, em substituição aos Hércules que sairão de linha nas próximas décadas em diversos países.



Jobim destacou que, além de aumentar a capacidade de apoio logístico da Aeronáutica ao Exército, com a ampliação da capacidade de deslocamento de uma brigada leve para qualquer região do Brasil, os novos cargueiros também ampliarão a capacidade brasileira de participar de missões humanitárias. Cada avião terá capacidade para transportar até oitenta soldados, blindado leve, com carga total de 19 toneladas.



O ministro destacou também a importância da modernização dos aviões da Marinha. Segundo ele, isso só será possível por que o Brasil detém os códigos-fonte e os softwares dos aviões. É para assegurar essa autonomia, inclusive de manutenção e modernização, que ele exige transferência de tecnologia na aquisição de novos equipamentos para as Forças Armadas. “Esse contrato assegura o apoio logístico (para os aviões) por quinze anos”, afirmou Jobim.



A Embraer, que já faz a modernização de aviões da Força Aérea, como os caças F-5 e A-1 (AMX), comemorou o trabalho conjunto com a Força naval. “A Embraer se sente honrada com a confiança da Marinha do Brasil na realização desse importante contrato e a acolhe com entusiasmo no grupo de clientes de defesa, que reúne mais de 20 forças armadas ao redor do mundo”, disse o presidente da empresa.



A assinatura dos dois contratos foi feita, respectivamente, pelos comandantes da Marinha, Almirante-de-Esquadra Júlio Soares de Moura, e da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro-do-Ar Juniti Saito, no dia de abertura sétima edição da Latin America Aero and Defence (LAAD).



Texto: José Ramos
Assessoria de Comunicação Social
Ministério da defesa
(61) 3312-4070
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4279
  • Recebeu: 289 vez(es)
  • Enviou: 282 vez(es)
  • +56/-26
(sem assunto)
« Responder #140 em: Abril 16, 2009, 11:46:59 am »
Citar

lockheed Martin received a $1.6 million contract from the Brazilian Air Force to support six of its TPS-77 - known in Brazil as the TPS-B34 - long range air surveillance radars currently monitoring airspace in the Amazon region.

Since their installation between 2000 and 2005, the Lockheed Martin-manufactured radars have been an integral part of the Brazilian Integrated Air Traffic Control and Air Defense System (SISDACTA), also supplying information to the Amazon Protection System (SIPAM), a complex network of ground-based and airborne sensors providing surveillance in the region, implemented by the Amazon Surveillance System (SIVAM) Project.

http://frontierindia.net/

"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

Paisano

  • Especialista
  • ****
  • 901
  • Recebeu: 6 vez(es)
  • +1/-0
    • http://defesabrasil.com/forum
As pessoas te pesam? Não as carregue nos ombros. Leva-as no coração. (Dom Hélder Câmara)
_________________
Volta Redonda
_________________
 

*

borisdedante

  • Membro
  • *
  • 127
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #142 em: Abril 23, 2009, 03:39:56 am »
Reclama da Dassault para o Rafale no Brasil.

http://www.rafale.com.br/index.php?id=1&area=1
 

*

2dmaio

  • 80
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #143 em: Abril 25, 2009, 11:17:41 pm »
Um AESA vai equipar os Rafale a partir de 2011.


 

*

borisdedante

  • Membro
  • *
  • 127
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #144 em: Maio 11, 2009, 02:21:57 am »
Embraer Pode Comprar a SAAB e Ficaremos com o Gripen NG
http://defesabr.com/blog/index.php/04/0 ... gripen-ng/

FAB
Tiro mortal
A coluna teve acesso a relatório do Comando da Aeronáutica sobre a compra de novos caças da FAB. O texto abate em solo o supersônico americano F-18 Super Hornet. Ouvido a respeito, um brigadeiro confirmou que o francês Rafale e o sueco Gripen estão algumas asas à frente do jato da Boeing na concorrência, de US$ 2 bilhões.

http://www.terra.com.br/istoe/edicoes/2 ... 4330-1.htm
 

*

sivispacem

  • Perito
  • **
  • 392
  • Recebeu: 20 vez(es)
  • Enviou: 18 vez(es)
  • +14/-2
(sem assunto)
« Responder #145 em: Maio 11, 2009, 09:15:00 am »
Citação de: "borisdedante"
Embraer Pode Comprar a SAAB e Ficaremos com o Gripen NG
http://defesabr.com/blog/index.php/04/0 ... gripen-ng/

FAB
Tiro mortal
A coluna teve acesso a relatório do Comando da Aeronáutica sobre a compra de novos caças da FAB. O texto abate em solo o supersônico americano F-18 Super Hornet. Ouvido a respeito, um brigadeiro confirmou que o francês Rafale e o sueco Gripen estão algumas asas à frente do jato da Boeing na concorrência, de US$ 2 bilhões.

http://www.terra.com.br/istoe/edicoes/2 ... 4330-1.htm


E se isso acontecesse de certeza que ficaria decidido qual o substituto do F16 para a FAP.....
 

*

pchunter

  • 368
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • Enviou: 16 vez(es)
  • +2/-0
(sem assunto)
« Responder #146 em: Maio 11, 2009, 06:56:54 pm »
E vendo bem as coisas não seria uma má escolha, isto é custo beneficio.
 

*

2dmaio

  • 80
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #147 em: Maio 17, 2009, 12:17:34 am »
O que a SAAB quer é uma parceria. Seria exelente, pois teriamos a certeza que os novos desenvolvimentos poderiam ser incorporados de imediato nos caças da FAB. O receio é que muitos componentes do Gripen dependem da aprovação do congresso norte americano para exportação.
Nesse caso o importador poderia ser a Suécia ou o Brasil  :shock:  


Saudaçòes
 

*

Paisano

  • Especialista
  • ****
  • 901
  • Recebeu: 6 vez(es)
  • +1/-0
    • http://defesabrasil.com/forum
(sem assunto)
« Responder #148 em: Junho 06, 2009, 01:22:03 am »
Citar
FAB faz tiros de advertência em Rondônia

Avião colombiano com cocaína sobrevoava o espaço aéreo brasileiro. Interceptação foi na quinta-feira, 04/06:

http://video.globo.com/Videos/Player/No ... IA,00.html
As pessoas te pesam? Não as carregue nos ombros. Leva-as no coração. (Dom Hélder Câmara)
_________________
Volta Redonda
_________________
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15856
  • Recebeu: 1323 vez(es)
  • Enviou: 1221 vez(es)
  • +209/-193
(sem assunto)
« Responder #149 em: Junho 06, 2009, 03:08:59 pm »
FAB faz interceptação na Amazônia

 :arrow: http://www.youtube.com/watch?v=lgO8B6JxkpU
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

 

Esquadrão de Demonstração Aérea - Esquadrilha da Fumaça

Iniciado por Vitor Santos

Respostas: 3
Visualizações: 606
Última mensagem Maio 03, 2019, 03:11:50 pm
por Vitor Santos
FAB e Força Aérea Portuguesa com um Caça de 5º Geração

Iniciado por Leonardo Besteiro

Respostas: 28
Visualizações: 13652
Última mensagem Outubro 04, 2015, 11:21:29 pm
por luis simoes
Reunião da Aviação de Caça (Força Aérea Brasileira)

Iniciado por jambock01

Respostas: 3
Visualizações: 2233
Última mensagem Maio 27, 2006, 11:21:18 am
por Cabeça de Martelo
Modernização da Força Aérea Brasileira

Iniciado por silversantis

Respostas: 50
Visualizações: 24811
Última mensagem Junho 22, 2011, 05:40:41 pm
por HSMW