Aliança estratégica entre Portugal e Israel

  • 66 Respostas
  • 17755 Visualizações
*

dremanu

  • Investigador
  • *****
  • 1254
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +7/-12
(sem assunto)
« Responder #30 em: Maio 06, 2004, 12:09:49 am »
Citação de: "fgomes"
É uma ideia interessante a colaboração com Israel, não pode é estar dependente dos governantes que em determinado momento estão no poder nos dois países. Deve ser uma colaboração entre estados, não têm de ter políticas externas completamente concordantes.
http://www.stengg.com/home/


Exatamente, o que se necessita é uma política de estado, e não política dependente de quem estiver a ocupar o poder no momento. Por mim, pouco ou nada me interessa que sejá o Sharon, ou qualquer outro, Israel como parceiro é interessante porque ofereçe qualidade, e possívelmente estariam recetivos a trabalhar com Portugal.

E Singapura é interessante sim, mas parece que eles já tem qualquer coisa com os Inglêses, ou Holandêses, será?
"Esta é a ditosa pátria minha amada."
 

*

Fábio G.

  • Investigador
  • *****
  • 1395
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #31 em: Maio 06, 2004, 12:23:24 am »
Se analisarmos o material militar de Israel vemos quase na sua maioria que é americano (ou derivado de projecto americano) ou é israelita ora isso é muito beneficioso os EUA fornecem uma parte  eoutra é construida nas empresas deles or o dinheira está sempre em "casa".
 Os EUA é que já nos davam uma ajudinha, afinal cedemos-lhe as Lajes e estamos no Iraque já alguma melhor que uma ou duas Perry. :lol:
 

*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1696
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #32 em: Maio 06, 2004, 02:27:48 pm »
Poderia ser interessante, do ponte de vista teórico, mas acho que Portugal deveria procurar essas formas de cooperação com os países da União Europeia.

Em relação ao Merkava, acho que é bom a demolir casas de palestinianos, mas nunca se viu o seu desempenho contra outros do seu tamanho, pelo que bater nos mais fracos é muito fácil (mas lá que tem tamanho, tem).

Nunca percebi foi a utilidade daquelas correntes que trazem penduradas à volta do tanque. :?
 

*

JNSA

  • Analista
  • ***
  • 833
  • +1/-1
(sem assunto)
« Responder #33 em: Maio 06, 2004, 04:45:46 pm »
Citar
Em relação ao Merkava, acho que é bom a demolir casas de palestinianos, mas nunca se viu o seu desempenho contra outros do seu tamanho, pelo que bater nos mais fracos é muito fácil (mas lá que tem tamanho, tem).

Nunca percebi foi a utilidade daquelas correntes que trazem penduradas à volta do tanque.


Rui, eu também ainda não vi um F-22 a dar cabo de um Su-35 ou de um EF-2000, mas não tenho dúvidas de que é capaz de o fazer  :wink:
 

*

Spectral

  • Investigador
  • *****
  • 1438
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #34 em: Maio 06, 2004, 06:01:55 pm »
Os Merkava originais ( armados com a peça de 105mm, igual à dos nossos M60), devastaram os T-72 sírios ( versão de exportação) no vale de Beeka em 1982.

Das lições dessa batalha, Israel ( e depois os EUA) concluiram que a peça de 105mm ainda era útil, mas que a sua capacidade de evolução estava no fim. Portanto optaram por desenvolver as de 120mm ( a americana é a alemã sem tirar nem pôr, tal como a de 105mm era inglesa), algo que os alemães já tinham concluído 10 anos antes...
I hope that you accept Nature as It is - absurd.

R.P. Feynman
 

*

Fábio G.

  • Investigador
  • *****
  • 1395
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #35 em: Maio 06, 2004, 08:55:42 pm »
Não vejo é nenhum pais europeu com a capacidade dos EUA para nos ajudar o que é certo é que apesar de as OHP serem navios velhos vão vir oferecidas ou a preço simbólico (que é o que podemos gastar agora) não estou a ver nenhum pais europeu a oferecer-nos meios desta capacidade, penso que devemos manter essa cooperação e incrementá-la com os EUA mas ao mesmo tempo manter cooperação com paises da UE como a Espanha e a Alemanha por exemplo. Acho que não devemos estar dependentes da cooperação com um pais apenas.

Acho que Israel já tem uma vasta experiência na construção de tanques que têm correspondido ás exigências, e a Alemanha basta dizer que têm essa experiência desde a 2ª G.M. e o Leopard2A6EX continua a ser prova disso.
 

*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1696
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #36 em: Maio 07, 2004, 12:39:30 pm »
JNSA

Tem razão. É mais vulgar ver os Merkava a matar putos com pedras na mão ou a demolir casebres de civis :wink: .

Quanto às correntes essa é bem pensada, confesso.
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7563
  • Recebeu: 498 vez(es)
  • Enviou: 174 vez(es)
  • +202/-208
(sem assunto)
« Responder #37 em: Maio 07, 2004, 01:56:18 pm »
"Tem razão. É mais vulgar ver os Merkava a matar putos com pedras na mão ou a demolir casebres de civis"

É verdade caramba!
Nunca vi os Merkava a demolir as casas dos dirigentes da autoridade palestiniana construidas com o dinheiro desviado dos fundo enviados pela ONU e União Europeia!
Elitistas!
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

dremanu

  • Investigador
  • *****
  • 1254
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +7/-12
(sem assunto)
« Responder #38 em: Maio 07, 2004, 02:51:05 pm »
Rui essa sua conversa anti-Israel já passou de ser chato....A intenção do "thread" é debater a viabilidade de uma aliança estratégica entre Portugal e Israel para o fim de desenvolvimento de material militar, que BENEFICIE O NOSSO PAÍS, PORTUGAL....o que os Israelitas fazem, ou deixam de fazer, NÃO NÓS DIZ RESPEITO NENHUM.

Se os tanques são ou não utilizados para matar crianças, ou fazer o que for que o exército Israelita faz, NÃO ADICIONA NADA À DISCUSSÃO E DIVERGE DO TEOR DA MESMA.

Se vc têm opiniões em relação ao material, à qualidade técnica deste ou daquele sistema, e se traria algum valor ou não ao nosso país, por favor dê a conhecer o que vc pensa, mas não é preciso dar a conheçer as suas opiniões sobre a política de Israel. Não vem a propósito e é fora do contexto do "thread".
« Última modificação: Maio 08, 2004, 02:22:42 pm por dremanu »
"Esta é a ditosa pátria minha amada."
 

*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1696
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #39 em: Maio 07, 2004, 03:01:14 pm »
Dremanu

Nesse caso aqui vai uma opinião "técnica":

Os Merkava são bons demolidores de casebres e da Mukata do Arafat, e são excelentes para destruir as infraestruturas dos palestinianos que foram pagas com os dinheiros da UE.

Por isso, quanto a Portugal cooperar com um estado terrorista, estamos conversados.

De resto e quanto ao que aconteceu aos T-72 da Síria, é natural:

Não sei é se  a aviação de Israel não terá dado uma "mãozinha" aos Mekava.

É que bater nos mais fracos é sempre fácil e cómodo.

Mas gostria de ver um Markava frente a um Europeu bom ou mesmo um Abrams. :wink:
 

*

Guilherme

  • Perito
  • **
  • 379
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #40 em: Maio 07, 2004, 03:05:36 pm »
Gostaria de ver 50 Merkava contra 50 Abrams da Arábia Saudita, em um combate simulado, sem os Tornado sauditas ou os F-16 dos kykes para dar apoio.
 

*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1696
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #41 em: Maio 07, 2004, 03:14:41 pm »
E se nesse combate simulado, alguem se enganasse e colocasse munição real nos Abraam da Arábia Saudita?

 :lol:  :lol:
 

*

Guilherme

  • Perito
  • **
  • 379
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #42 em: Maio 07, 2004, 03:16:57 pm »
Citação de: "Rui Elias"
E se nesse combate simulado, alguem se enganasse e colocasse munição real nos Abraam da Arábia Saudita?

 :lol:  :lol:


Churrasquinho de judeu.  :twisted:
 

*

Ricardo Nunes

  • Investigador
  • *****
  • 1257
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +2/-0
    • http://www.falcoes.net/9gs
(sem assunto)
« Responder #43 em: Maio 07, 2004, 03:33:18 pm »
Rui, até aqui consegue falar de política.

Estou com o dremanu. Já chega. Cada coisa no seu lugar.

Pelos vistos já perdeu o jantar. ;)
Ricardo Nunes
www.forum9gs.net
 

*

JNSA

  • Analista
  • ***
  • 833
  • +1/-1
(sem assunto)
« Responder #44 em: Maio 07, 2004, 03:39:38 pm »
Citar
Gostaria de ver 50 Merkava contra 50 Abrams da Arábia Saudita, em um combate simulado, sem os Tornado sauditas ou os F-16 dos kykes para dar apoio.


Bem Guilherme, não me recordo exactamente qual é a versão que os sauditas usam do Abrams, mas ou é o M1A1, ou é o M1A2... De qualquer modo é, de certeza absoluta, uma versão dowgraded, pois pelo menos não tem a blindagem DU.

Assim, 50 Merkava Mk4 vs 50 Abrams sauditas = 200 sauditas mortos  :wink:
 

 

Defesa: MDN e Microsoft criam em Portugal Centro de Inovação

Iniciado por comanche

Respostas: 5
Visualizações: 4797
Última mensagem Agosto 15, 2008, 06:18:51 pm
por jmg
Construção em Portugal de navios Patrulha classe Amazonas

Iniciado por AFA

Respostas: 4
Visualizações: 2507
Última mensagem Março 15, 2017, 10:19:48 pm
por rbp
Comprar!!! Porquê? Portugal deve construir

Iniciado por MonstruPortugal

Respostas: 148
Visualizações: 45032
Última mensagem Abril 11, 2010, 10:58:48 pm
por MonstruPortugal
Cooperação na Industria de Defesa Portugal - Brasil

Iniciado por AFA

Respostas: 0
Visualizações: 1719
Última mensagem Março 13, 2017, 02:33:00 pm
por AFA
Camiões ligeiros 4x4 fabricados em Portugal

Iniciado por JQT

Respostas: 1
Visualizações: 3953
Última mensagem Abril 21, 2012, 06:21:31 pm
por afonsinho