EPC ( European Patrol Corvette) na Marinha ?

  • 335 Respostas
  • 12833 Visualizações
*

LM

  • Investigador
  • *****
  • 1428
  • Recebeu: 285 vez(es)
  • Enviou: 1248 vez(es)
  • +213/-7
Re: EPC ( European Patrol Corvette) na Marinha ?
« Responder #45 em: Maio 13, 2020, 03:51:19 pm »
É uma A150 e não se fala mais nisso  ;)
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: dc, Stalker79

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 16223
  • Recebeu: 1430 vez(es)
  • Enviou: 1335 vez(es)
  • +228/-237
Re: EPC ( European Patrol Corvette) na Marinha ?
« Responder #46 em: Maio 13, 2020, 03:51:59 pm »
DC, CIWS é a abreviatura do Inglês "Close-in Weapon System", ou Sistema de Armas de Defesa Próxima, tendo a dita Fragata os Bofors 40 Mk4 nessa função. Para além disso usam munições "inteligentes" que aumentam e muito o potencial desse canhão.

https://www.baesystems.com/en/download-en/20180109210142/1434555676088.pdf

As Fragatas Brasileiras vão usar um canhão Leonardo Super Rapid de 76 mm.

Estas Fragatas eram para ser simples Corvetas, depois a Marinha Brasileira foi querendo cada vez mais capacidades e acabaram numa Fragata de verdade (3455 toneladas). Como sabes as MEKO têm essa vantagem, já que são construídas de uma forma verdadeiramente modular.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 3604
  • Recebeu: 856 vez(es)
  • Enviou: 192 vez(es)
  • +175/-86
Re: EPC ( European Patrol Corvette) na Marinha ?
« Responder #47 em: Maio 13, 2020, 04:08:30 pm »
DC, CIWS é a abreviatura do Inglês "Close-in Weapon System", ou Sistema de Armas de Defesa Próxima, tendo a dita Fragata os Bofors 40 Mk4 nessa função. Para além disso usam munições "inteligentes" que aumentam e muito o potencial desse canhão.

https://www.baesystems.com/en/download-en/20180109210142/1434555676088.pdf

As Fragatas Brasileiras vão usar um canhão Leonardo Super Rapid de 76 mm.

Estas Fragatas eram para ser simples Corvetas, depois a Marinha Brasileira foi querendo cada vez mais capacidades e acabaram numa Fragata de verdade (3455 toneladas). Como sabes as MEKO têm essa vantagem, já que são construídas de uma forma verdadeiramente modular.

Eu sei o que é CIWS, mas mesmo com munição inteligente, não creio que tenha a mesma capacidade de um RAM ou das Millenium Gun.

Falei no canhão Bofors de 57mm porque na foto que postaste o navio apresentava esse canhão. Se tem de facto os 76 é melhor.

Sim, tornaram-se fragatas em deslocamento e armamento, no entanto não me parece que tenham tanta margem de evolução posteriormente pois já devem ter atingido o limite da plataforma. Mas isso é só ver como sai o primeiro navio.

E entrar no programa EPC não impede de comprar as A200 à nossa medida. Bem organizada a coisa, podias ter 2/3 EPC, 3 A200 e 2 BD (e mais tarde as suas substitutas). Tudo depende do que as EPC iam substituir.
 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 1299
  • Recebeu: 183 vez(es)
  • Enviou: 178 vez(es)
  • +91/-72
Re: EPC ( European Patrol Corvette) na Marinha ?
« Responder #48 em: Maio 13, 2020, 04:17:35 pm »
DC, CIWS é a abreviatura do Inglês "Close-in Weapon System", ou Sistema de Armas de Defesa Próxima, tendo a dita Fragata os Bofors 40 Mk4 nessa função. Para além disso usam munições "inteligentes" que aumentam e muito o potencial desse canhão.

https://www.baesystems.com/en/download-en/20180109210142/1434555676088.pdf

As Fragatas Brasileiras vão usar um canhão Leonardo Super Rapid de 76 mm.

Estas Fragatas eram para ser simples Corvetas, depois a Marinha Brasileira foi querendo cada vez mais capacidades e acabaram numa Fragata de verdade (3455 toneladas). Como sabes as MEKO têm essa vantagem, já que são construídas de uma forma verdadeiramente modular.

Para mim é um canhão ideal para uma corveta. A serie 2 dos NPO é que podiam vir com um desses. :mrgreen:
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 16223
  • Recebeu: 1430 vez(es)
  • Enviou: 1335 vez(es)
  • +228/-237
Re: EPC ( European Patrol Corvette) na Marinha ?
« Responder #49 em: Maio 13, 2020, 04:47:35 pm »
Ó para mim armado em quem percebe alguma coisa disto...

Os próximos 4 NPO vão ser armados com Bofors 40 Mk4 e...

https://www.rafael.co.il/wp-content/uploads/2019/03/NAVAL-SPIKE-NLOS.pdf

 :mrgreen:
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

JohnM

  • Membro
  • *
  • 289
  • Recebeu: 73 vez(es)
  • Enviou: 18 vez(es)
  • +12/-5
Re: EPC ( European Patrol Corvette) na Marinha ?
« Responder #50 em: Maio 13, 2020, 06:15:23 pm »
Epá, isto é o que dá um tipo estar 5 horas atrasado… chega aqui e tem  mais de 2 páginas de comentários… lol

Relativamente à questão das Meko A200, é bom perceber que só tem mais 10m e 400 tons que as EPC. Tem mais alcance, e isso é meritório, mas vale a diferença de preço e o facto de as termos que pagar por inteiro? Querem duas Meko A200PN ou 4 EPC-PN pelo mesmo preço ou mais baratas? Para podermos mandar uma fragata quando o Rei faz anos para fora de àrea, fazer umas visitas a África ou a Timor? Porque se fôr para fora de área em situação de conflito, NUNCA iremos sózinhos e sim integrados numa qualquer força-tarefa com AORs próprios... Acho engraçado que alguém que tem 3 Opel Vectra de 1990 a cair aos bocados, não quer 4 Clios Full extras por metade do preço, porque quer á viva força 2 Mégane versão básica... se não querem que a Marinha perca a sua capacidade de combate em 2030 (exceto as BD e os SSK), a única hipótese comprando novo é a EPC, e só se fôr muito bem subsidiada (no mínimo a 50%)... Acho que as VdG deviam ser sustituidas por 3 T26 (as melhores fragatas SW do mundo)? Acho... Tb acho que as hipóteses de isso acontecer são mais ou menos as mesmas de o Tim Cook me passar o dinheiro todo dele para as mãos...

Quanto à questão, acho que foi do Red Baron, de as VdG serem fragatas ASW e as EPC não, as VdG são um desenho com 30 anos, enquanto as EPC são um desenho novo, com motores elétricos auxiliares para operação silenciosa e tem sonar rebocado e/ou VDS. O que é que a VdG tem? Um sonar de casco ativo de 1990... o potencial ASW de uma e outra não é sequer comparável...

Ab
João
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 3918
  • Recebeu: 314 vez(es)
  • Enviou: 170 vez(es)
  • +474/-209
Re: EPC ( European Patrol Corvette) na Marinha ?
« Responder #51 em: Maio 13, 2020, 06:33:38 pm »
Com a ampliação da ZEE em cima da mesa, passamos de fragatas a corvetas, sou a favor das EPC para substituir as atuais, não para substituir FFG.
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

JohnM

  • Membro
  • *
  • 289
  • Recebeu: 73 vez(es)
  • Enviou: 18 vez(es)
  • +12/-5
Re: EPC ( European Patrol Corvette) na Marinha ?
« Responder #52 em: Maio 13, 2020, 07:05:25 pm »
Com a ampliação da ZEE em cima da mesa, passamos de fragatas a corvetas, sou a favor das EPC para substituir as atuais, não para substituir FFG.

Que eu saiba, mas corrijam-me se estiver errado, é para isso que vão servir os 10 NPO... quando foi a última vez que tivemos 10 navios de patrulha oceânica? Antes de começarem a abater as duas classes de corveta...  Portanto, voltarmos a ter 10 é claramente com a perspectiva de alargamento da ZEE em vista... as EPCs com 4000 milhas (náuticas?) de alcance chegam bem para ajudar se for preciso...

Ab
João
 

*

ocastilho

  • Membro
  • *
  • 270
  • Recebeu: 128 vez(es)
  • Enviou: 215 vez(es)
  • +170/-3
Re: EPC ( European Patrol Corvette) na Marinha ?
« Responder #53 em: Maio 13, 2020, 07:16:18 pm »
As EPC são uma boa opção numa perspectiva de "é melhor que nada".

Mas, dado o zero naval a que nos aproximamos vertiginosamente, vê outra perspectiva diferente? É que, observando objectivamente,  não consigo ver mais nenhuma opção plausível para a MP, pelo menos até à aposentação das De Zeven Provinciën...

Com a ampliação da ZEE em cima da mesa, passamos de fragatas a corvetas, sou a favor das EPC para substituir as atuais, não para substituir FFG.

E que bom que era, dado que com grande probabilidade vai passar de fragatas a NPOs. E mesmo em relação às VdG, as EPC já eram um upgrade razoável.
« Última modificação: Maio 13, 2020, 07:23:44 pm por ocastilho »
"Se servistes à pátria, que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis, ela o que costuma."
 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 1299
  • Recebeu: 183 vez(es)
  • Enviou: 178 vez(es)
  • +91/-72
Re: EPC ( European Patrol Corvette) na Marinha ?
« Responder #54 em: Maio 13, 2020, 08:26:22 pm »
Epá, isto é o que dá um tipo estar 5 horas atrasado… chega aqui e tem  mais de 2 páginas de comentários… lol

Relativamente à questão das Meko A200, é bom perceber que só tem mais 10m e 400 tons que as EPC. Tem mais alcance, e isso é meritório, mas vale a diferença de preço e o facto de as termos que pagar por inteiro? Querem duas Meko A200PN ou 4 EPC-PN pelo mesmo preço ou mais baratas? Para podermos mandar uma fragata quando o Rei faz anos para fora de àrea, fazer umas visitas a África ou a Timor? Porque se fôr para fora de área em situação de conflito, NUNCA iremos sózinhos e sim integrados numa qualquer força-tarefa com AORs próprios... Acho engraçado que alguém que tem 3 Opel Vectra de 1990 a cair aos bocados, não quer 4 Clios Full extras por metade do preço, porque quer á viva força 2 Mégane versão básica... se não querem que a Marinha perca a sua capacidade de combate em 2030 (exceto as BD e os SSK), a única hipótese comprando novo é a EPC, e só se fôr muito bem subsidiada (no mínimo a 50%)... Acho que as VdG deviam ser sustituidas por 3 T26 (as melhores fragatas SW do mundo)? Acho... Tb acho que as hipóteses de isso acontecer são mais ou menos as mesmas de o Tim Cook me passar o dinheiro todo dele para as mãos...

Quanto à questão, acho que foi do Red Baron, de as VdG serem fragatas ASW e as EPC não, as VdG são um desenho com 30 anos, enquanto as EPC são um desenho novo, com motores elétricos auxiliares para operação silenciosa e tem sonar rebocado e/ou VDS. O que é que a VdG tem? Um sonar de casco ativo de 1990... o potencial ASW de uma e outra não é sequer comparável...

Ab
João

PPA FULL:
Diver detection sonar
ATAS (Active Towed Array Sonar)
Black Snake, anti torpedo towed array sonar
Underwater Telephone
BathyThermograph Unit

Capaz de operar um EH101 ou dois SH90

A PPA é do mesmo estaleiro das EPC.
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 3918
  • Recebeu: 314 vez(es)
  • Enviou: 170 vez(es)
  • +474/-209
Re: EPC ( European Patrol Corvette) na Marinha ?
« Responder #55 em: Maio 13, 2020, 08:38:06 pm »
Há uns dias atrás estavamos a falar de Arrowheads, Type 26 etc, agora que "supostamente" se equaciona  EPC e OPV como a espinha dorsal da Marinha já esta tudo bem ? Já serve ?

Uma Marinha ocêanica está-se a converter numa guarda costeira, alguns aqui já parecem os nossos saudosos e gloriosos almirantes e comodoros, mais vale EPC ou guarda costeira do que nada!

É so vantagens, vai-se dando umas voltas no atlantico e se um dia houver fogachada a sério não há risco de haver mortos pois os nossos meios não são capazes de ir para a linha da frente, foi tipo o que aconteceu no Golfo em 91 ou Kosovo em 1999, onde os F-16 só usavam AIM-9L ( os mesmos que usam hoje, em 2020) e a NATO os mandou para missões de escolta de reabastecedores.

Enfim, tuguices !
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

JohnM

  • Membro
  • *
  • 289
  • Recebeu: 73 vez(es)
  • Enviou: 18 vez(es)
  • +12/-5
Re: EPC ( European Patrol Corvette) na Marinha ?
« Responder #56 em: Maio 13, 2020, 08:41:08 pm »
Epá, isto é o que dá um tipo estar 5 horas atrasado… chega aqui e tem  mais de 2 páginas de comentários… lol

Relativamente à questão das Meko A200, é bom perceber que só tem mais 10m e 400 tons que as EPC. Tem mais alcance, e isso é meritório, mas vale a diferença de preço e o facto de as termos que pagar por inteiro? Querem duas Meko A200PN ou 4 EPC-PN pelo mesmo preço ou mais baratas? Para podermos mandar uma fragata quando o Rei faz anos para fora de àrea, fazer umas visitas a África ou a Timor? Porque se fôr para fora de área em situação de conflito, NUNCA iremos sózinhos e sim integrados numa qualquer força-tarefa com AORs próprios... Acho engraçado que alguém que tem 3 Opel Vectra de 1990 a cair aos bocados, não quer 4 Clios Full extras por metade do preço, porque quer á viva força 2 Mégane versão básica... se não querem que a Marinha perca a sua capacidade de combate em 2030 (exceto as BD e os SSK), a única hipótese comprando novo é a EPC, e só se fôr muito bem subsidiada (no mínimo a 50%)... Acho que as VdG deviam ser sustituidas por 3 T26 (as melhores fragatas SW do mundo)? Acho... Tb acho que as hipóteses de isso acontecer são mais ou menos as mesmas de o Tim Cook me passar o dinheiro todo dele para as mãos...

Quanto à questão, acho que foi do Red Baron, de as VdG serem fragatas ASW e as EPC não, as VdG são um desenho com 30 anos, enquanto as EPC são um desenho novo, com motores elétricos auxiliares para operação silenciosa e tem sonar rebocado e/ou VDS. O que é que a VdG tem? Um sonar de casco ativo de 1990... o potencial ASW de uma e outra não é sequer comparável...

Ab
João

PPA FULL:
Diver detection sonar
ATAS (Active Towed Array Sonar)
Black Snake, anti torpedo towed array sonar
Underwater Telephone
BathyThermograph Unit

Capaz de operar um EH101 ou dois SH90

A PPA é do mesmo estaleiro das EPC.

Par já, a comparação que referiu era entre as EPC was VdG... não vamos mudar a conversa... segundo, 557 milhões de euros em média cada, incluindo apenas dois Full e dois Light... sem subsídio... feios como a parte de trás de um acidente... next... move on, there’s nothing to see here...

Estamos a falar de opções  realistas, não de fantasy fleets ...
 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 1299
  • Recebeu: 183 vez(es)
  • Enviou: 178 vez(es)
  • +91/-72
Re: EPC ( European Patrol Corvette) na Marinha ?
« Responder #57 em: Maio 13, 2020, 08:56:04 pm »
Epá, isto é o que dá um tipo estar 5 horas atrasado… chega aqui e tem  mais de 2 páginas de comentários… lol

Relativamente à questão das Meko A200, é bom perceber que só tem mais 10m e 400 tons que as EPC. Tem mais alcance, e isso é meritório, mas vale a diferença de preço e o facto de as termos que pagar por inteiro? Querem duas Meko A200PN ou 4 EPC-PN pelo mesmo preço ou mais baratas? Para podermos mandar uma fragata quando o Rei faz anos para fora de àrea, fazer umas visitas a África ou a Timor? Porque se fôr para fora de área em situação de conflito, NUNCA iremos sózinhos e sim integrados numa qualquer força-tarefa com AORs próprios... Acho engraçado que alguém que tem 3 Opel Vectra de 1990 a cair aos bocados, não quer 4 Clios Full extras por metade do preço, porque quer á viva força 2 Mégane versão básica... se não querem que a Marinha perca a sua capacidade de combate em 2030 (exceto as BD e os SSK), a única hipótese comprando novo é a EPC, e só se fôr muito bem subsidiada (no mínimo a 50%)... Acho que as VdG deviam ser sustituidas por 3 T26 (as melhores fragatas SW do mundo)? Acho... Tb acho que as hipóteses de isso acontecer são mais ou menos as mesmas de o Tim Cook me passar o dinheiro todo dele para as mãos...

Quanto à questão, acho que foi do Red Baron, de as VdG serem fragatas ASW e as EPC não, as VdG são um desenho com 30 anos, enquanto as EPC são um desenho novo, com motores elétricos auxiliares para operação silenciosa e tem sonar rebocado e/ou VDS. O que é que a VdG tem? Um sonar de casco ativo de 1990... o potencial ASW de uma e outra não é sequer comparável...

Ab
João

PPA FULL:
Diver detection sonar
ATAS (Active Towed Array Sonar)
Black Snake, anti torpedo towed array sonar
Underwater Telephone
BathyThermograph Unit

Capaz de operar um EH101 ou dois SH90

A PPA é do mesmo estaleiro das EPC.

Par já, a comparação que referiu era entre as EPC was VdG... não vamos mudar a conversa... segundo, 557 milhões de euros em média cada, incluindo apenas dois Full e dois Light... sem subsídio... feios como a parte de trás de um acidente... next... move on, there’s nothing to see here...

Estamos a falar de opções  realistas, não de fantasy fleets ...

As novas M vão custar a Belgica cerca de 500M cada. Dificilmente vamos conseguir uma fragata ASW por menos de 500M.
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 3604
  • Recebeu: 856 vez(es)
  • Enviou: 192 vez(es)
  • +175/-86
Re: EPC ( European Patrol Corvette) na Marinha ?
« Responder #58 em: Maio 13, 2020, 10:05:57 pm »
Há uns dias atrás estavamos a falar de Arrowheads, Type 26 etc, agora que "supostamente" se equaciona  EPC e OPV como a espinha dorsal da Marinha já esta tudo bem ? Já serve ?

Uma Marinha ocêanica está-se a converter numa guarda costeira, alguns aqui já parecem os nossos saudosos e gloriosos almirantes e comodoros, mais vale EPC ou guarda costeira do que nada!

É so vantagens, vai-se dando umas voltas no atlantico e se um dia houver fogachada a sério não há risco de haver mortos pois os nossos meios não são capazes de ir para a linha da frente, foi tipo o que aconteceu no Golfo em 91 ou Kosovo em 1999, onde os F-16 só usavam AIM-9L ( os mesmos que usam hoje, em 2020) e a NATO os mandou para missões de escolta de reabastecedores.

Enfim, tuguices !

A espinha dorsal seriam sem dúvida as substitutas das BD, e não as EPC. Esta classe de corvetas é um pau de dois bicos, se por um lado não é o ideal para substituir fragatas, não é muito diferente de optar por umas Sigma 10514, Venator 110, Arrowhead 120, as Lafayette, etc. E mesmo comparadas com as Meko A200 em uso ou as Nansen norueguesas, não lhes ficam a perder em nada.

Posto isto, é ver que há 3 maneiras destas serem adquiridas:
-2 como complemento das 5 fragatas, em detrimento de 2/3 NPOs
-3/4 para substituir as VdG
-5 para substituir as 5 fragatas.

Não é segredo qual destas 3 hipóteses é a melhor, qual é aceitável,e qual é absolutamente desadequada. Mas é aqui que gostava de saber directamente da Marinha, qual a opção tomada. Esperaria que fosse a primeira.
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 3918
  • Recebeu: 314 vez(es)
  • Enviou: 170 vez(es)
  • +474/-209
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

 

Passos quer Marinha com nova "abertura ao mar"

Iniciado por zawevo

Respostas: 4
Visualizações: 4277
Última mensagem Maio 15, 2012, 09:42:43 am
por P44
Marinha entrega pela primeira vez comando de navio a mulher

Iniciado por Marauder

Respostas: 38
Visualizações: 13272
Última mensagem Maio 18, 2006, 09:03:15 am
por Pedro Monteiro
Fragatas e Corvetas Portuguesas a vela da Marinha 1815/1860

Iniciado por mkorobok

Respostas: 9
Visualizações: 4452
Última mensagem Julho 12, 2011, 12:13:30 pm
por mkorobok
Fará sentido comprar mais EH-101 para a marinha?

Iniciado por papatango

Respostas: 28
Visualizações: 11557
Última mensagem Setembro 12, 2005, 05:04:26 pm
por Rui Elias
Novo artigo sobre a Esquadrilha de Helicópteros da Marinha

Iniciado por Pedro Monteiro

Respostas: 0
Visualizações: 2397
Última mensagem Maio 06, 2009, 09:03:24 pm
por Pedro Monteiro