Mensagens recentes

Páginas: [1] 2 3 4 5 6 ... 10
1
Portugal / Re: Galp: Notícias
« Última mensagem por Lightning em Hoje às 01:19:59 am »
Sobre a distribuição geográfica do fornecimento de crude, parece que o critério será o da proximidade a Portugal dos principais fornecedores, devido aos custos de transporte, partindo do pressuposto que o preço do crude é semelhante em todo o mundo.

O preço não é igual em todo o lado, até pode haver um preço de referência mas é como em tudo, uns tem um pouco mais barato, outros mais caro.

https://www.google.com/amp/s/amp.expresso.pt/economia/2020-01-08-Iraque-fornece-quase-5-do-petroleo-importado-por-Portugal
Neste artigo temos o petróleo do Iraque a 443 dólares, Rússia 515 e Angola 526 dólares.


https://www.rtp.pt/noticias/economia/portugal-esta-a-importar-mais-petroleo-e-a-pagar-menos_v892648

Senao o petróleo da Noruega ou Argélia seria sempre mais barato que de Angola ou Brasil, existem mais variantes que o transporte, como por exemplo o custo da exploração (um campo petrolífero em terra é mais barato que uma plataforma petrolífera no meio do mar), ou a quantidade de barris de petróleo que um certo país consegue produzir (quanto mais produz mais barato pode vender), até opções políticas.

Citar
Curioso o facto de diminuirmos a importação de Angola e..... vendo as vendas de Angola, esta exporta + de 2/3 para a China!!!!!!!
https://www.sapo.pt/noticias/economia/vendas-de-petroleo-renderam-mais-de-31-mil_5e303e2b40d8a912bc5b1acc

Podem ter aumentado o preço, e nós termos ido à procura de melhores preços. A China tem uma grande necessidade de petroleo e compra todo o que puder, a Rússia para poder ter influência na Europa até pode estar a fazer preço de amigo.
2
Força Aérea Portuguesa / Re: 6 Helicópteros de Evacuação - LPM 2030
« Última mensagem por luis simoes em Janeiro 28, 2020, 10:50:30 pm »
Boa noite forum...
prefiro sem duvida alguma o AW109M....por ser tambem ``pequeno``mas que tem mto mais capacidade de transporte que essa coisa enfim...sejamos realistas nao podemos andar aqui a brincar com amostra de helicoptero....venham mas e os blackhawk que mesmo usados sempre sao mais o garante de sobrivivencia para os nossos Militares...nao vindo o Blackhawk venham os AW139M...
abraxos
3
Portugal / Re: Galp: Notícias
« Última mensagem por Viajante em Janeiro 28, 2020, 10:29:52 pm »
Andei a navegar pelo site da Galp, e achei importante perceber de onde vem o combustível que usamos em Portugal no nosso dia-a-dia, petróleo e gás natural.

Origem do crude 2018 (não tem os países mas tem as regiões do mundo)
https://www.galp.com/corp/pt/sobre-nos/o-que-fazemos/refinacao-distribuicao/aprovisionamento-refinacao-e-logistica

Esta noticia pode complementar
https://www.publico.pt/2018/05/03/economia/noticia/russia-lidera-abastecimento-de-petroleo-de-portugal-1818906

Gás Natural
https://www.galp.com/corp/pt/sobre-nos/os-nossos-negocios/gas-power/gas-natural

Além de operações da Galp no mundo
https://www.galp.com/corp/pt/sobre-nos/presenca-no-mundo

Vamos esperar que a estrutura accionista não se desintegre, devido ao caso da Isabelinha e da recente mudança na estrutura do Grupo Amorim (faleceu o Américo Amorim). Curioso facto, foi o Amorim que trouxe a Isabelinha para investir em Portugal!!!

Sobre a distribuição geográfica do fornecimento de crude, parece que o critério será o da proximidade a Portugal dos principais fornecedores, devido aos custos de transporte, partindo do pressuposto que o preço do crude é semelhante em todo o mundo.

Curioso o facto de diminuirmos a importação de Angola e..... vendo as vendas de Angola, esta exporta + de 2/3 para a China!!!!!!!
https://www.sapo.pt/noticias/economia/vendas-de-petroleo-renderam-mais-de-31-mil_5e303e2b40d8a912bc5b1acc
4
Força Aérea Portuguesa / Re: 6 Helicópteros de Evacuação - LPM 2030
« Última mensagem por Stalker79 em Janeiro 28, 2020, 10:22:58 pm »
Olhem aqui o super :



https://www.facebook.com/thehelicopterpage/photos/a.540566459299669/2800895529933406/?type=3&theater

Isto sim é que é um pequeno heli de "defesa" ou apoio próximo, como quiserem.

Isto é um MD 540!? Ou o Boeing parecido que não me lembro do nome agora.
 :-P
5
Portugal / Re: Galp: Notícias
« Última mensagem por Lightning em Janeiro 28, 2020, 09:10:52 pm »
Andei a navegar pelo site da Galp, e achei importante perceber de onde vem o combustível que usamos em Portugal no nosso dia-a-dia, petróleo e gás natural.

Origem do crude 2018 (não tem os países mas tem as regiões do mundo)
https://www.galp.com/corp/pt/sobre-nos/o-que-fazemos/refinacao-distribuicao/aprovisionamento-refinacao-e-logistica

Esta noticia pode complementar
https://www.publico.pt/2018/05/03/economia/noticia/russia-lidera-abastecimento-de-petroleo-de-portugal-1818906

Gás Natural
https://www.galp.com/corp/pt/sobre-nos/os-nossos-negocios/gas-power/gas-natural

Além de operações da Galp no mundo
https://www.galp.com/corp/pt/sobre-nos/presenca-no-mundo
6
Marinha Portuguesa / Re: MLU às VdG e/ou BD - Hipóteses
« Última mensagem por Lightning em Janeiro 28, 2020, 08:34:12 pm »
Não faço ideia, mas eu só acabava de pagar quando que os testes de mar estivessem concluidos.
Quem paga antes geralmente fica mal servido....
 :-P

É verdade :mrgreen: :mrgreen:, mas como eu disse inicialmente, "se" isto fosse uma compra normal, como ir ao super mercado fazer compras, mas não é.
7
Força Aérea Portuguesa / Re: 6 Helicópteros de Evacuação - LPM 2030
« Última mensagem por oi661114 em Janeiro 28, 2020, 08:33:14 pm »
Olhem aqui o super :



https://www.facebook.com/thehelicopterpage/photos/a.540566459299669/2800895529933406/?type=3&theater

Isto sim é que é um pequeno heli de "defesa" ou apoio próximo, como quiserem.
8
Marinha do Brasil / Re: Aviação Naval Brasileira
« Última mensagem por Vitor Santos em Janeiro 28, 2020, 06:09:40 pm »
Tudo isso não passa de especulações, senhores.

As prioridades da Marinha do Brasil são: SSK (Classe Riachuelo), Corvetas/Fragatas leves (Classe Tamandaré) e Navios-Patrulha da Classe "Macaé".

 
9
Exército Brasileiro / Re: Novo fuzil do EB - IMBEL IA2
« Última mensagem por Vitor Santos em Janeiro 28, 2020, 06:02:14 pm »



Que aconteceu aqui?

Não disponho de informações específicas do que pode ter ocorrido com o fuzil IMBEL IA2 dessas fotos.

No entanto, a Imbel disponibilizou a seguinte nota:


A IMBEL®, Empresa Pública Dependente e Empresa Estratégica de Defesa desde 1808, vinculada ao Ministério da Defesa por intermédio do Comando do Exército, desenvolve e comercializa produtos de defesa e segurança (PRODE) destinados aos segmentos de Defesa e Segurança com comprovada robustez, qualidade, confiabilidade, rusticidade, resistência e durabilidade.

Os  PRODE IMBEL® são avaliados, segundo os requisitos operacionais básicos do Exército Brasileiro (ROB), Requisitos Operacionais Conjuntos (ROC) do Ministério da Defesa e normas internacionais exigidas pelas Forças Armadas, em rigorosos testes realizados pelo Centro de Avaliação do Exército (CAEx) que, após testados e certificados, são produzidos e disponibilizados aos clientes institucionais de Defesa e Segurança.

No que tange ao Fuzil de Assalto 5,56 IA2, o CAEx iniciou a avaliação do seu protótipo em 2012 como Material de Emprego Militar (MEM), para verificar sua conformidade aos ROC nº 01/11-EMCFA, de 30 de junho de 2011 e Requisitos Técnicos Básicos (RTB) nº 02/12-DCT, de 25 de julho de 2012. A consequente avaliação do lote-piloto foi concluída em dezembro de 2014, sendo o citado PRODE foi considerado "CONFORME" com referidos requisitos. O Relatório de Avaliação nº 31/14 do lote-piloto foi homologado pela Portaria nº 007 - DCT de 04 de fevereiro de 2015.

Recentemente, algumas mídias sociais reverberaram um relatório apócrifo de 18 de fevereiro de 2013 referente a testes não controlados realizados sem seguir as metodologias preconizadas para avaliações de MEM, com data anterior a homologação do Relatório de Avaliação, o qual apresenta uma suposta não conformidade no item robustez do Fuzil de Assalto 5,56 IA2, que não condizem com a realidade, tentando assim denegrir o primeiro fuzil genuinamente brasileiro. Torna-se oportuno asseverar, que a melhoria continuada dos produtos IMBEL® é alicerçada por relatórios de desempenho elaborado pelos entes institucionais e pelas contribuições/sugestões de especialistas e atiradores, como se observou na adoção de um novo conjunto de trilhos picatinny adaptado as demandas da Força Terrestre, na introdução de coronhas retráteis, entre outras.

Atualmente mais de 30.000 Fuzis de Assalto/Carabinas 5,56 IA2 equipam diversas Unidades Operacionais do Exército Brasileiro e Órgãos de Segurança Pública articulados em diversos rincões do Brasil.

Assim, a IMBEL® repudia com veemências tais aleivosias, e coloca a Fábrica de Itajubá e o produto a disposição de especialistas e articulistas para verificar in loco em testes controlados a comprovada conformidade da arma aos requisitos exigidos pelas Forças Armadas.

Produtos IMBEL® - Forjados para a Defesa - Disponíveis para a Segurança

Assessoria de Comunicação Institucional
 
 :arrow:  http://www.imbel.gov.br/index.php/noticias-imbel/282
10
Força Aérea Portuguesa / Re: Os 30 F16A/B MLU da FAP
« Última mensagem por Charlie Jaguar em Janeiro 28, 2020, 03:52:37 pm »
Tal como aconteceu no ano passado, os F-16C/D da USAFE baseados em Spangdahlem começaram a chegar ao início da tarde a Monte Real. Pertencem ao 480º Fighter Squadron da 52nd Fighter Wing.

Ao abrigo das relações bilaterais que Portugal mantém com os Estados Unidos da América, a Base Aérea N.º 5 está desde o dia 20 de Janeiro em preparação para a recepção do destacamento da Força Aérea Americana. A força é constituída por 18 F-16 e cerca de 350 militares que permanecerão na BA5 no período compreendido entre 28 de Janeiro e 22 de Fevereiro. Nestas missões de treino conjunto vão estar empenhadas as esquadras de voo 201 – “Falcões” e 301 – “Jaguares”, sediadas na BA5, e a “480th Fighter squadron” do destacamento dos EUA.

Citar
Spangdahlem Air Base

F-16 Fighting Falcons from the 480th Fighter Squadron at Spangdahlem Air Base have just arrived in Portugal! The jets and Airmen are there to participate in a Flying Training Deployment with the Portuguese air force at Monte Real Air Base throughout the month of February. Keep watching for more exciting coverage of the deployment!






Páginas: [1] 2 3 4 5 6 ... 10