Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa

  • 989 Respostas
  • 123076 Visualizações
*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5926
  • Recebeu: 1283 vez(es)
  • Enviou: 622 vez(es)
  • +561/-157
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #150 em: Setembro 02, 2016, 09:41:46 am »
Eu continuo a apostar no Etna que os italianos vão desactivar daqui a uns anos. O timeline descrito na notícia cai que nem uma luva.
Sim, tirando o Etna não estou a ver mais nada de jeito.  ;)

Embora isto com o MDN português seja sempre relativo. Com os Franceses a desactivar a classe Durance (o Meusse saiu de serviço em 2014), não me admiro nada...  :(


Saudações
« Última modificação: Setembro 02, 2016, 09:44:38 am por mafets »
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 6015
  • Recebeu: 2712 vez(es)
  • Enviou: 1183 vez(es)
  • +1035/-91
Re: Novo Reabastecedor da Marinha Portuguesa
« Responder #151 em: Setembro 02, 2016, 12:48:44 pm »
Eu continuo a apostar no Etna que os italianos vão desactivar daqui a uns anos. O timeline descrito na notícia cai que nem uma luva.
Sim, tirando o Etna não estou a ver mais nada de jeito.  ;)

Embora isto com o MDN português seja sempre relativo. Com os Franceses a desactivar a classe Durance (o Meusse saiu de serviço em 2014), não me admiro nada...  :(


Saudações



As infos que tenho sobre este navio dizem-me que apenas em 2025 será desactivado !!
Com um bocado de sorte, até lhe colocamos uma OM 76mm, pois pelo que li está preparado para tal, e também passa a fazer de fragata em caso de necessidade, com a mais valia de poder ter um EH101 orgânico !!
A Guarnição de 160 elementos é que é a doer !!!!

http://www.naval-technology.com/projects/etna/

Um Navio da classe Stromboli,  penso que seria mais adequado ás nossas necessidades e ainda por cima o primeiro vai ser desactivado em 2018 ??? A idade é que é uma merda são de 1978, já tem quase 40 anos, e para comprar sucata, já me bastou os folhetins do SIROCO !!

Abraços

 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 3318
  • Recebeu: 1652 vez(es)
  • Enviou: 3378 vez(es)
  • +964/-94
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #152 em: Setembro 02, 2016, 01:24:49 pm »
Pelo que li a retirada do Etna vai ser antecipada uns anos. A ideia é desactivá-lo quando o Vulcano (LSS)  entrar ao serviço, à semelhança do que fizeram os holandeses (se bem que estes até se anteciparam com a venda do Amsterdam). Quanto a mim este seria o navio ideal para colocar uma das peças do Yamato  ;D

Quanto à dimensão da guarnição, é típica de meados dos anos 90, semelhante à do Amsterdam ou do Patiño, se bem que estes dois últimos têm maior deslocamento e capacidade aérea. O Cantabria sendo 15 anos mais novo que o Patiño ja tem uma guarnição de 120.
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 

*

Major Alvega

  • Analista
  • ***
  • 648
  • Recebeu: 559 vez(es)
  • Enviou: 312 vez(es)
  • +430/-118
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #153 em: Setembro 02, 2016, 04:42:57 pm »
 Isso do Etna é uma hipótese real, ou é apenas um "wishful thinking"?

 Mas agora andamos à sucata por essas marinhas da NATO, tipo Uruguai ou Bangladesh?

 O mais sensato por parte dos responsáveis da Armada seria não andarem por exemplo a adquirir navios encostados por outros com 20 anos, tal como fizeram com aqueles navios dinamarqueses. Porque ao fazerem isto, estão a habituar mal o poder político e a dar-lhes um sinal que gastando meia dúzia de patacos, "desenrasca-se" a situação com uns navios com 20 anos para substituírem outros com 40 que já deviam estar abatidos há 20. Seria sim, deixá-los apodrecer todos e não os substituir por outros velhos.

 Neste caso é deixar o Bérrio até ele dar as últimas e encostá-lo. E um dia quando for necessário desempenhar uma missão de extrema importância para o país em que seja necessário usar um navio reabastecedor para a missão poder ser executada com sucesso. Os responsáveis da Marinha comunicam ao poder político que não se pode executar a missão. E aí talvez o poder político acorde de vez para o problema.

Teria sido também mais inteligente deixar os Cacine até ao fim e não ter ido ao depósito de navios abatidos na Dinamarca. Até um dia o poder político reparar na situação e perguntar à Marinha porque é que o país não tinha navios a patrulhar a costa. E assim sucessivamente...
 
« Última modificação: Setembro 02, 2016, 11:00:36 pm por Major Alvega »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Crypter

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 6015
  • Recebeu: 2712 vez(es)
  • Enviou: 1183 vez(es)
  • +1035/-91
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #154 em: Setembro 05, 2016, 08:36:02 pm »
É só escolher;

Lista de AOR's em serviço - Replenishment Ships

•Berlin class (Type 702) combat support ship ◦Builder: Germany
◦Displacement: 20,240 tons
◦Operator German Navy: 3 in servisse.

•Dayun class stores ship ◦Builder: People's Republic of China
◦Displacement: 11,000 tons
◦Operator: People's Liberation Army Navy: 2 in service

•Fort Rosalie class replenishment ship ◦Builder: United Kingdom
◦Displacement: 23,890 tons
◦Operator: Royal Navy, ( Royal Fleet Auxiliary), 2 in service

•Fort Victoria class replenishment oiler ◦Builder: United Kingdom
◦Displacement: 32,818 tons
◦Operator: Royal Navy, ( Royal Fleet Auxiliary), 1 in service

•Kilauea class ammunition ship (AE 32) ◦Builder: United States
◦Displacement: 20,000 tons
◦Operator: United States Navy: 4 in commission

•Lewis and Clark class dry cargo/ammunition ship (T-AKE-1) ◦Builder: United States
◦Displacement: 41,000 tons
◦Operator: United States Navy: 14 in commission

•Mars class stores ship (AFS 1) ◦Builder: United States
◦Displacement: 17,300 tons
◦Operator: United States Navy: 3 in commission

•Nancang replenishment ship ◦Builder: Soviet Union
◦Displacement: 37,000 tons
◦Operator: People's Liberation Army Navy: 1 in commission

•Ness class stores ship (AFS 8) ◦Builder: United Kingdom
◦Displacement: 16,800 tons
◦Operator: United States Navy: 3 in commission, former Royal Navy ships

•"Protecteur" class replenishment ships ◦Builder: Canada
◦Displacement: 24,700 tons
◦Operator: Royal Canadian Navy: 2 in service

•Stromboli class replenishment ship ◦Builder: Italy
◦Displacement: 8,700 tons
◦Operator: Marina Militare: 2 in service

•Supply class fast combat replenishment ship (AOE 6) ◦Builder: United States
◦Displacement: 50,000 tons
◦Operator: United States Navy: 4 in commission

Abraços

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: nelson38899

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 6015
  • Recebeu: 2712 vez(es)
  • Enviou: 1183 vez(es)
  • +1035/-91
Re: Novo Reabastecedor da Marinha Portuguesa
« Responder #155 em: Setembro 05, 2016, 08:39:00 pm »
E vão mais uns quantos:

Lista de abastecedores de frota:


•Amsterdam fleet oiler ◦Displacement: 17,000 tons
◦Operator: Netherlands, 1 in service

•Alyay class fleet oiler (Project 160) ◦Builder: Soviet Union
◦Displacement: 7,225 tons
◦Operator: Russian Navy: 4 in service

•Boris Chilikin class fleet oiler (Project 1559) ◦Builder: Soviet Union
◦Displacement: 22,460 tons
◦Operator: Russian Navy: 4 in service

•Chesapeake class transport tanker (AOT 5084) ◦Builder: United States
◦Displacement: 65,000 tons
◦Operator: United States Navy: 2 in commission

•Dubna class fleet oiler ◦Builder: Soviet Union
◦Displacement: 11,140 tons
◦Operator: Russian Navy: 2 in service

•Durance class replenishment oiler ◦Builder: France / Australia
◦Displacement: 17,900 tons
◦Operators: ◾ French Navy: 4 in service
◾ Argentine Navy: 1 in service, former Durance
◾ Royal Australian Navy: 1 in service as HMAS Success (built in Australia)


•Fulin class coastal tanker ◦Builder: People's Republic of China
◦Displacement: 2,200 tons
◦Operator: People's Liberation Army Navy: 19 in service

•Fuqing class fleet oiler ◦Builder: People's Republic of China
◦Displacement: 21,740 tons
◦Operator: People's Liberation Army Navy: 2 in service

•Fuzhou class coastal tanker ◦Builder: People's Republic of China
◦Displacement: 1,200 tons
◦Operator: People's Liberation Army Navy: 32 in service

•Gus W. Darnell class transport tanker (AOT 1125) ◦Builder: United States
◦Displacement: 40,000 tons
◦Operator: United States Navy: 5 in commission

•Henry J. Kaiser class fleet oiler ◦Builder: United States
◦Displacement: 42,000 tons
◦Operator: United States Navy: 13 in commission

•Jinyou class coastal tanker ◦Builder: People's Republic of China
◦Displacement: 4,800 tons
◦Operator: People's Liberation Army Navy: 3 in service

•Khobi class coastal tanker ◦Builder: Soviet Union
◦Displacement: 1,525 tons
◦Operators: ◾ Albanian Naval Defense Forces: 1 delivered in 1959


•Leizhou class coastal tanker ◦Builder: People's Republic of China
◦Displacement: 900 tons
◦Operator: People's Liberation Army Navy: 9 in service

•Olekma class fleet oiler ◦Builder: Finland
◦Displacement: 6,440 tons
◦Operator: Russian Navy: 2 in service

•Panarea class Gasoline tanker ◦Builder: Italy
◦Displacement: 863 tons
◦Operator: Marina Militare: 4 in service

•Rhön class tanker ◦Builder: Germany
◦Displacement: 14,169 tons
◦Operator: German Navy, 2 in service

•Rover class tanker ◦Builder: United Kingdom
◦Displacement: 11,500 tons (loaded)
◦Operators: ◾ Indonesian Navy, 1 in service
◾ Portuguese Navy, 1 in service
◾ Royal Navy ( Royal Fleet Auxiliary), 2 in service


•Shengli class coastal tanker ◦Builder: People's Republic of China
◦Displacement: 4,940 tons
◦Operator: People's Liberation Army Navy: 2 in service

•HMAS Sirius replenishment tanker ◦Builder: South Korea
◦Displacement: 25,000 tons
◦Operator: Royal Australian Navy: 1 in service

•Uda class fleet oiler (Project 577) ◦Builder: Soviet Union
◦Displacement: 7,160 tons
◦Operator: Russian Navy: 5 in service

•Vyaz'ma fleet oiler ◦Displacement: 8,900 tons
◦Operator: Russian Navy

•Walchensee class tanker ◦Builder: Germany
◦Displacement: 2,191 tons
◦Operator: German Navy, 2 in service

•Wave Knight class tanker ◦Builder: United Kingdom
◦Displacement: 34,500 tons
◦Operator: Royal Navy, ( Royal Fleet Auxiliary), 2 in service

•Zuiderkruis fleet oiler ◦Displacement: 16,900 tons
◦Operator: Netherlands, 1 in servisse

Abraços

 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5926
  • Recebeu: 1283 vez(es)
  • Enviou: 622 vez(es)
  • +561/-157
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #156 em: Setembro 05, 2016, 10:11:30 pm »
A malta não aprende nada  ;D . Anda à 54 anos a mamar os Aloutte III mesmo já só voando meia dúzia e fazendo apenas instrução na FAP, e no mínimo vão ter de levar com o dito até 2018, mas ainda sonham acordados com navios novinhos em folha. Ah, e uma novidade, quem mete lá os políticos que à 40 anos desprestigiam constantemente as forças armadas e as colocam na penúria de meios humanos e materiais são os votantes. E desde deputados a governantes  só falando a partir do 25 de Abril de 1974 (alguns até já andavam na política antes), pouco ou nada mudaram. Aliás desde as legislativas às autárquicas passando pelas europeias as figuras eleitas são sempre as mesmas ...  ::)

Mas já agora, das João Coutinho e Baptista de Andrade que restam (uma de cada classe) e operaram até puderam, quantas foram substituídas? Pois...  ::)

Citar
Cantabria in Sidney harbour
Já agora os "Nuestros Hermanos" tem se fartado de alugar os seus abastecedores tanto a Australianos como Canadianos, quem sabe não faziam aqui um preço de amigo aos irmãos peninsulares. E os políticos (aqueles que são eleitos) até estão habituados a fazer leasing dos popós de alta cilindrada a 4 anos...   ;)

Citar
Canadian Nature Visions | SPS Patiño (A14)

Saudações  :G-beer2:

"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 8948
  • Recebeu: 762 vez(es)
  • Enviou: 1260 vez(es)
  • +685/-635
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #157 em: Setembro 09, 2016, 12:20:37 am »
bora...

Citar
Canada's ever dwindling navy will lose Preserver October 21


https://twitter.com/seawaves_mag
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 6015
  • Recebeu: 2712 vez(es)
  • Enviou: 1183 vez(es)
  • +1035/-91
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #158 em: Fevereiro 17, 2017, 05:24:07 pm »
Se calhar ainda vamos apanhar com este abastecedor, como substituto do NRP Bérrio, e por vinte milhões...................e só com trinta anos ;D  ;) ;D ;D ;D ;D

https://en.wikipedia.org/wiki/HMNZS_Endeavour_(A11)


Replacement[edit]
The RNZN has now selected a replacement for the Endeavour. The ship was due to be decommissioned in 2013, but was retained after an 18-month refit to make the ship meet standards for double-hulled tankers.[2] In March 2015, a request for tender for a replacement vessel was released by the New Zealand Ministry of Defence.[2] The new retirement date is predicted to be April 2018.[2]


Endeavour berthed at Devonport Naval Base in 2007

Tender requirements for the replacement replenishment vessel included a propulsion system, built around two diesel engines to provide a range of 6,400 nautical miles (11,900 km; 7,400 mi) at 16 knots (30 km/h; 18 mph), armament equivalent to two Mini Typhoon mounts and a Phalanx CIWS, facilities to operate a helicopter, and a container deck capacity of at least 12 TEU shipping containers.[2] In September 2015, Daewoo Shipbuilding & Marine Engineering and Hyundai Heavy Industries were shortlisted for the final phase of the tender.[3]

On 18 July 2016 the Minister of Defence announced that Hyundai Heavy Industries will construct Endeavour's replacement, at a cost of NZ$493,000,000, with an estimated in service date of 2020.[4] The new vessel will have enhanced capabilities in Antarctica,[5] the ability to carry and refuel helicopters, as well as replenish with both fuel and fresh water.[6] It will feature a LEADGE bow as part of the "Enviroship" design. Rolls-Royce is supplying the propulsion that includes a Combined Diesel Electric and Diesel (CODLAD) propulsion plant based on twin Bergen main engines. These will each drive, via reduction gears, a controllable pitch propeller. Electrical power will be from four MTU generator sets.[7]

Cumprimentos
« Última modificação: Fevereiro 17, 2017, 05:28:59 pm por tenente »
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 3318
  • Recebeu: 1652 vez(es)
  • Enviou: 3378 vez(es)
  • +964/-94
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #159 em: Fevereiro 17, 2017, 05:31:35 pm »
Para os nossos padrões militares é quase novo  ;D
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 6015
  • Recebeu: 2712 vez(es)
  • Enviou: 1183 vez(es)
  • +1035/-91
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #160 em: Fevereiro 17, 2017, 05:35:03 pm »
Para os nossos padrões militares é quase novo  ;D

e se tivéssemos a sorte de comprar o NPL deles, o HMNZS Canterbury, esse era mesmo a estrear com onze anos para nós ainda nem fez a rodagem !!!!!

https://en.wikipedia.org/wiki/HMNZS_Canterbury_(L421)
« Última modificação: Fevereiro 17, 2017, 05:42:08 pm por tenente »
 

*

Crypter

  • Especialista
  • ****
  • 1166
  • Recebeu: 191 vez(es)
  • Enviou: 219 vez(es)
  • +27/-6
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #161 em: Fevereiro 17, 2017, 05:53:15 pm »
Se calhar ainda vamos apanhar com este abastecedor, como substituto do NRP Bérrio, e por vinte milhões...................e só com trinta anos ;D  ;) ;D ;D ;D ;D

O Bérrio faz 50 anos pro ano ;) !! E lá está a fasquia dos 20 milhões!! Eh pá.. Já não digo nada!  ;D
 

*

perdadetempo

  • Perito
  • **
  • 550
  • Recebeu: 179 vez(es)
  • Enviou: 354 vez(es)
  • +39/-2
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #162 em: Fevereiro 17, 2017, 06:24:42 pm »
Se calhar ainda vamos apanhar com este abastecedor, como substituto do NRP Bérrio, e por vinte milhões...................e só com trinta anos ;D  ;) ;D ;D ;D ;D

O Bérrio faz 50 anos pro ano ;) !! E lá está a fasquia dos 20 milhões!! Eh pá.. Já não digo nada!  ;D

O irmão dele na Royal Navy vai-se reformar em Março, e segundo a notícia o RFA Fort Vitoria também vai deixar de navegar quando estiverem operacionais os reabastecedores do programa MARS.

Talvez o governo Poruguês esteja a contar com o BREXIT a queda da Libra e a subida do euro para fazer uma aquisição por 20M€?  ::)

http://www.meretmarine.com/fr/content/le-doyen-des-ravitailleurs-britanniques-tire-sa-reverence

Nasceu em 1988 , foi renovado pela ultima vez em 2014 e tem espaço para 3 EH-110, que mais pode uma pessoa querer.... provavelmente ir ao médico pedir que lhe mudem a medicação. :-\

https://en.wikipedia.org/wiki/RFA_Fort_Victoria_(A387)

Cumprimentos,
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 3318
  • Recebeu: 1652 vez(es)
  • Enviou: 3378 vez(es)
  • +964/-94
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #163 em: Fevereiro 17, 2017, 06:44:37 pm »
Isso são helis a mais para nós  8) Com essa aquisição nunca mais adquiriam um LPD. Agora a sério, esse reabastecedor é demasiado grande para as nossas necessidades e precisa de uma guarnição elevada. Claro que se nunca levar helis (o que é provável) já é diferente e os requisitos de pessoal são mais baixos.
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 6015
  • Recebeu: 2712 vez(es)
  • Enviou: 1183 vez(es)
  • +1035/-91
Re: Novo Reabastecador da Marinha Portuguesa
« Responder #164 em: Fevereiro 17, 2017, 07:26:12 pm »
Isso são helis a mais para nós  8) Com essa aquisição nunca mais adquiriam um LPD. Agora a sério, esse reabastecedor é demasiado grande para as nossas necessidades e precisa de uma guarnição elevada. Claro que se nunca levar helis (o que é provável) já é diferente e os requisitos de pessoal são mais baixos.

Vais ver que o Endeavour ainda aparece por cá !!!!!!!!



Até tem Hangar e tudo................ :G-beer2:
Eu sei, eu sei Ice e Luso que não precisamos de Hangares pois não temos Helis suficientes, mas que mal faz ter hangar até se podem guardar uns (I)Migrantes quando o Navio for para o Mediterrâneo, ou mesmo levar de volta as dezenas de Argelinos que, são apanhados no Aeroporto de Lisboa, depois de terem estado a treinar os 3000 obstáculos.

Cumprimentos
« Última modificação: Fevereiro 17, 2017, 07:33:40 pm por tenente »
 

 

Passos quer Marinha com nova "abertura ao mar"

Iniciado por zawevo

Respostas: 4
Visualizações: 4005
Última mensagem Maio 15, 2012, 09:42:43 am
por P44
Marinha entrega pela primeira vez comando de navio a mulher

Iniciado por Marauder

Respostas: 38
Visualizações: 12811
Última mensagem Maio 18, 2006, 09:03:15 am
por Pedro Monteiro
Fragatas e Corvetas Portuguesas a vela da Marinha 1815/1860

Iniciado por mkorobok

Respostas: 9
Visualizações: 4170
Última mensagem Julho 12, 2011, 12:13:30 pm
por mkorobok
Fará sentido comprar mais EH-101 para a marinha?

Iniciado por papatango

Respostas: 28
Visualizações: 10891
Última mensagem Setembro 12, 2005, 05:04:26 pm
por Rui Elias
Marinha: Seis armas roubadas da base do Alfeite

Iniciado por Camuflage

Respostas: 17
Visualizações: 6060
Última mensagem Agosto 26, 2011, 04:56:26 pm
por nelson38899