Armas ligeiras: Modus Operandi

  • 176 Respostas
  • 34069 Visualizações
*

ACADO

  • Investigador
  • *****
  • 2426
  • Recebeu: 141 vez(es)
  • Enviou: 39 vez(es)
  • +22/-13
  • The Way of the Warrior(s) - www.warriors.pt
    • http://www.warriors.pt
(sem assunto)
« Responder #60 em: Dezembro 31, 2008, 03:58:59 pm »
Citação de: "tyr"
os carregadores de 30 munições standard da g36, só têm um modelo e esse modelo tem encaixes que em teoria, permite ligar 4 , 5 ou mais carregadores (para tropas de manobra, acho mais de 2 ou 3 é provavelmente inviavel).


Ha uma versão que leva carregadores Stanag.

Esses "plásticos" que diz permitem levar uma infinidade deles.
Eu quando armazeno os meus tenho-os todos acoplados menos o que está na arma. PArece um caixa de Plastico.

Sim, e de facto não dá qualquer jeito levar mais que 2. Alem de estorvar a mão esquerda faz um peso doido.
The way of the Warrior(s) - www.warriors.pt:
" Only fools and dead Men don´t change their minds. Fools won´t and dead Men can´t !! "
 

*

Dead_Corpse

  • 42
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #61 em: Dezembro 31, 2008, 05:44:09 pm »
Troca de carregadores, deitado ou em movimento?
Se estou em movimento é porque tenho alguém a cobrir a minha movimentação, logo posso trocar o carregador rápidamente. Se estou parado é porque estou a cobrir a movimentação de alguém, logo trocar o carregador nessa altura, será colocar esse alguém em perigo. No entanto, se estiver deitado e por ventura as munições acabarem, não vou ficar à espera de arrancar para o trocar e faço-o ali imediatamente, mas é de evitar claro...
Espero ter sido explicito...
Bom ano a todos.
 

*

lazaro

  • 473
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #62 em: Dezembro 31, 2008, 06:10:41 pm »
Mais simples ainda: troco de carregador quando o tenho vazio, independentemente do momento em que a coisa se deu, nem que seja porque não tenho controlo total sobre esse mesmo momento.

Boas trocas!
 

*

Dead_Corpse

  • 42
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #63 em: Dezembro 31, 2008, 07:51:33 pm »
Citação de: "lazaro"
Mais simples ainda: troco de carregador quando o tenho vazio, independentemente do momento em que a coisa se deu, nem que seja porque não tenho controlo total sobre esse mesmo momento.

Boas trocas!


Concordo... Mas friso novamente que se deve fazê-lo preferencialmente quando não estamos a dar fogo de cobertura a alguém... a vida desse camarada depende de nós nessa altura...
 

*

tyr

  • Analista
  • ***
  • 880
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #64 em: Janeiro 01, 2009, 01:29:53 pm »
Situações onde não queremos mudar o carregador (ocasionalmente, não temos opção):
 Quando somos o unico elemento de apoio a fornecer fogo supressivo a uma movimentação.
 Quando estamos a sprintar entre duas posições (pois a muda de carregador, nessa situação, reduz automaticamente a velocidade do sprint, para alem de aumentar a probilidade de tropeçarmos devido a isso, ou o carregador nos escorregar das mãos).

Como a nivel militar a unidade de manobra minima é a esquadra ou equipe (e o elemento militarmente viavel minimo é o binomio, existindo a exepção em algumas cituações de equipas reduzidas que deixem um homem a montar segurança ou apoio), a solução ideal é quase sempre remuniciar quando abrigado (existem obviamente exepções, mas são situações menos provaveis de ocorrer).
 E disparar quando nos movimentamos, se exeptuarmos distancias reduzidas, a eficacia é muito pequena, mesmo para fogo supressivo, por isso exeptuando certas circunstancias (a maior parte delas ligadas a Combate em Areas Edificadas), é desincentivado e mesmo nessas circunstancias, a janela de tiro é extremamente reduzida (ou seja a probabilidade de ficarmos sem munições de forma critica é minima (mas não inexistente)).
A morte só é terrivel para quem a teme!!
 

*

ACADO

  • Investigador
  • *****
  • 2426
  • Recebeu: 141 vez(es)
  • Enviou: 39 vez(es)
  • +22/-13
  • The Way of the Warrior(s) - www.warriors.pt
    • http://www.warriors.pt
(sem assunto)
« Responder #65 em: Janeiro 01, 2009, 03:50:01 pm »
Citação de: "tyr"
Situações onde não queremos mudar o carregador (ocasionalmente, não temos opção):
 Quando somos o unico elemento de apoio a fornecer fogo supressivo a uma movimentação.
 Quando estamos a sprintar entre duas posições (pois a muda de carregador, nessa situação, reduz automaticamente a velocidade do sprint, para alem de aumentar a probilidade de tropeçarmos devido a isso, ou o carregador nos escorregar das mãos).

Como a nivel militar a unidade de manobra minima é a esquadra ou equipe (e o elemento militarmente viavel minimo é o binomio, existindo a exepção em algumas cituações de equipas reduzidas que deixem um homem a montar segurança ou apoio), a solução ideal é quase sempre remuniciar quando abrigado (existem obviamente exepções, mas são situações menos provaveis de ocorrer).
 


É pá, o Tyr...
Não estou mesmo nada de acordo consigo.
Isso é mesmo falta de pratica estar a dizer que podemos tropeçar, ou deixar cair carregadores. Já vi dezenas de gajos fazerem isso e nunca vi uma coisa dessas acontecer. Não sei com quem se anda a dar mas achar que militares competentes lhe pode acontecer isso é um bocado estranho.

Quanto à altura. Ás vezes é aconselhado mudar mesmo antes de acabar as balas no carregador.
Nós aqui temos muito o habito de quando o colega , ou os colegas estão a mudar de posição e mudar os seus carregadores e estamos a dar fogo de cubertura, quando eles começam a disparar outra vez nos mudamos de posição automaticamente e ou disparamos o resto em rajada ou simplesmente levantamos e trocamos de carregador antes dele acabar. Muitas vezes não esperamos que ele acabe para não cortarmos o tempo pois as balas dos que estão a dar fogo também irão acabar.

Claro que tal como diz, às vezes podemos aproveitar a protecção para o fazer. Mas isso já é outra coisa fora do que estavamos a falar. Porque é estar no mesmo sitio.
Se for a mudar entre protecções deve começar a mudar de carregador no momento em que se começa a levantar para quando chegar a outra posição já ter um carregador cheio e estar de volta à luta.

Ficar parado a mudar de carregador antes de avançar ou chegar ao outro sitio e estar parado a mudar de carregador é pura perda de tempo.
« Última modificação: Janeiro 01, 2009, 03:55:55 pm por ACADO »
The way of the Warrior(s) - www.warriors.pt:
" Only fools and dead Men don´t change their minds. Fools won´t and dead Men can´t !! "
 

*

ACADO

  • Investigador
  • *****
  • 2426
  • Recebeu: 141 vez(es)
  • Enviou: 39 vez(es)
  • +22/-13
  • The Way of the Warrior(s) - www.warriors.pt
    • http://www.warriors.pt
(sem assunto)
« Responder #66 em: Janeiro 01, 2009, 03:53:51 pm »
Citação de: "tyr"
E disparar quando nos movimentamos, se exeptuarmos distancias reduzidas, a eficacia é muito pequena, mesmo para fogo supressivo, por isso exeptuando certas circunstancias (a maior parte delas ligadas a Combate em Areas Edificadas), é desincentivado e mesmo nessas circunstancias, a janela de tiro é extremamente reduzida (ou seja a probabilidade de ficarmos sem munições de forma critica é minima (mas não inexistente)).


Quanto a isso. Concordo plenamente. Disparar e correr/sprintar ao mesmo tempo é asneira.
Uma coisa é uma pessoa estar a movimentar-se com estabilidade e por alguma razão vai a disparar. Isso sim também tem ser treinado e a troca de carregador também tem de ser treinada e muito rapida.
The way of the Warrior(s) - www.warriors.pt:
" Only fools and dead Men don´t change their minds. Fools won´t and dead Men can´t !! "
 

*

ACADO

  • Investigador
  • *****
  • 2426
  • Recebeu: 141 vez(es)
  • Enviou: 39 vez(es)
  • +22/-13
  • The Way of the Warrior(s) - www.warriors.pt
    • http://www.warriors.pt
(sem assunto)
« Responder #67 em: Janeiro 01, 2009, 04:03:50 pm »
Citação de: "Dead_Corpse"
No entanto, se estiver deitado e por ventura as munições acabarem, não vou ficar à espera de arrancar para o trocar e faço-o ali imediatamente, mas é de evitar claro...
 


Sim, até porque às vezes a situação exige que se despeje 2 ou três carregadores da mesma posição para ganhar a primeira supremacia de fogo e só depois começar com movimentações.

Mas também se estiver deitado e acabar as balas pode simplesmente aproveitar ( se isso for possível por estarem mais colegas a dar fogo) e mudar de posição e aproveita esse tempo e muda de carregador.
The way of the Warrior(s) - www.warriors.pt:
" Only fools and dead Men don´t change their minds. Fools won´t and dead Men can´t !! "
 

*

ACADO

  • Investigador
  • *****
  • 2426
  • Recebeu: 141 vez(es)
  • Enviou: 39 vez(es)
  • +22/-13
  • The Way of the Warrior(s) - www.warriors.pt
    • http://www.warriors.pt
(sem assunto)
« Responder #68 em: Janeiro 01, 2009, 04:10:00 pm »
Citação de: "tyr"
e agarrando no que disse o fox trooper, eu sou apologista, dos carregadores no cinturão ou na perna, pois permite o remuniciamento rapido em mais circunstancias (e com um movimento que na minha opinião é mais intuitivo e mais fluido), para alem de quando temos que rastejar, não termos um estorvo.


Só que isso não lhe permite levar muitos carregadores
E em situação em que se desloque dentro de um veículo não é nada comodo ter carregadores à cintura.
The way of the Warrior(s) - www.warriors.pt:
" Only fools and dead Men don´t change their minds. Fools won´t and dead Men can´t !! "
 

*

Lancero

  • Investigador
  • *****
  • 4128
  • Recebeu: 29 vez(es)
  • +61/-0
(sem assunto)
« Responder #69 em: Janeiro 01, 2009, 04:48:01 pm »
Citação de: "ACADO"
blá blá blá disparamos o resto em rajada blá blá blá


Julgava que as armas automáticas eram de acesso proíbido a civis, salvo exibição em museus, rodagem de filmes, investigação...  :?
"Portugal civilizou a Ásia, a África e a América. Falta civilizar a Europa"

Respeito
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 8421
  • Recebeu: 983 vez(es)
  • Enviou: 1155 vez(es)
  • +138/-46
(sem assunto)
« Responder #70 em: Janeiro 01, 2009, 05:03:26 pm »
Citação de: "ACADO"
Isso é mesmo falta de pratica estar a dizer que podemos tropeçar, ou deixar cair carregadores. Já vi dezenas de gajos fazerem isso e nunca vi uma coisa dessas acontecer. Não sei com quem se anda a dar mas achar que militares competentes lhe pode acontecer isso é um bocado estranho.


Olhe que muitas vezes esse tipo de azares não acontecem nos treinos, acontecem em operações reais.
E o terreno onde se está a operar vai de certeza influenciar muito isso, podemos estar na selva e tropeçar num tronco baixo, ramos de arvore espessos, etc, podemos estar na montanha e escapar-nos o pé nas rochas ou num buraco, podemos estar no deserto e entrar-nos areia para as botas e dar mau estar ao correr c34x ).
 

*

tyr

  • Analista
  • ***
  • 880
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #71 em: Janeiro 01, 2009, 05:34:04 pm »
se estamos numa viatura, e o MITM o exigir, podem haver mais carregadores, na propria, por isso, esse argumento é falacioso (e o incomodo é relativo, um colete balistico é mais incomodo que os portacarregadores), para alem de levar porta carregadores, no cinturão, não ser impeditivo de transportar carregadores extra num colete tactico.

mudar carregadores em deslocamentos rapidos, debaixo de fogo é um acto de ultimo recurso, pois debaixo de fogo, o mais provavel é querermos nos abrigar e quase sempre que eu fiz deslocamentos, fiz os a sprintar de tal forma que era inviavel fazer tal coisa (se faz sprints em slowmotion, ai sim é possivel trocar carregadores), chegado a uma posição abrigada, a muda de carregadores, faz se num instantinho.
Concordo que a mudança de carregadores, convem ser treinada e automatizada, mas não podemos levar as coisas ao ponto da estupidez.

ACADO, se voce e os seus amigos fazem tiro automatico em portugal, só existem 3 hipotesses, ou voce joga Airsoft/paintball, ou é um criminoso, ou anda a sonhar com os olhos abertos.
e pegando noutra converça, fazer jogos com munições reais, fora de sitios apropriados é ilegal.
A morte só é terrivel para quem a teme!!
 

*

ACADO

  • Investigador
  • *****
  • 2426
  • Recebeu: 141 vez(es)
  • Enviou: 39 vez(es)
  • +22/-13
  • The Way of the Warrior(s) - www.warriors.pt
    • http://www.warriors.pt
(sem assunto)
« Responder #72 em: Janeiro 01, 2009, 09:23:40 pm »
Citação de: "Lancero"
Citação de: "ACADO"
blá blá blá disparamos o resto em rajada blá blá blá

Julgava que as armas automáticas eram de acesso proíbido a civis, salvo exibição em museus, rodagem de filmes, investigação...  :?


Que eu saiba armas não existem só em Portugal!!!
The way of the Warrior(s) - www.warriors.pt:
" Only fools and dead Men don´t change their minds. Fools won´t and dead Men can´t !! "
 

*

ACADO

  • Investigador
  • *****
  • 2426
  • Recebeu: 141 vez(es)
  • Enviou: 39 vez(es)
  • +22/-13
  • The Way of the Warrior(s) - www.warriors.pt
    • http://www.warriors.pt
(sem assunto)
« Responder #73 em: Janeiro 01, 2009, 09:24:43 pm »
Citação de: "Lightning"
Citação de: "ACADO"
Isso é mesmo falta de pratica estar a dizer que podemos tropeçar, ou deixar cair carregadores. Já vi dezenas de gajos fazerem isso e nunca vi uma coisa dessas acontecer. Não sei com quem se anda a dar mas achar que militares competentes lhe pode acontecer isso é um bocado estranho.

Olhe que muitas vezes esse tipo de azares não acontecem nos treinos, acontecem em operações reais.
E o terreno onde se está a operar vai de certeza influenciar muito isso, podemos estar na selva e tropeçar num tronco baixo, ramos de arvore espessos, etc, podemos estar na montanha e escapar-nos o pé nas rochas ou num buraco, podemos estar no deserto e entrar-nos areia para as botas e dar mau estar ao correr c34x ).


Isso também pode acontecer a passear na rua.
The way of the Warrior(s) - www.warriors.pt:
" Only fools and dead Men don´t change their minds. Fools won´t and dead Men can´t !! "
 

*

ACADO

  • Investigador
  • *****
  • 2426
  • Recebeu: 141 vez(es)
  • Enviou: 39 vez(es)
  • +22/-13
  • The Way of the Warrior(s) - www.warriors.pt
    • http://www.warriors.pt
(sem assunto)
« Responder #74 em: Janeiro 01, 2009, 09:31:39 pm »
Citação de: "tyr"

ACADO, se voce e os seus amigos fazem tiro automatico em portugal, só existem 3 hipotesses, ou voce joga Airsoft/paintball, ou é um criminoso, ou anda a sonhar com os olhos abertos.
e pegando noutra converça, fazer jogos com munições reais, fora de sitios apropriados é ilegal.


Jogos!!! Não são jogos e desde quando disparar em dias de caça é ilegal??? Então temos não sei quanto caçadores ilegais, não!!

Eu não disse qua faziamos tiro com armas automática em Portugal. Que eu saiba há muitos países onde isso não é ilegal e estão aqui bem pertinho (Luxemburgo, Suissa, Marrocos, etc...)
O que, de qualquer das maneiras, não seria ilegal desde que essas armas estejam registadas e manifestadas. O que acontece com diversas armas antigas de Oficias do Exército (não sei se sabe que há algumas Uzis, G3, FBP, etc registdas e manifestadas) .
The way of the Warrior(s) - www.warriors.pt:
" Only fools and dead Men don´t change their minds. Fools won´t and dead Men can´t !! "
 

 

MusMilElvas - Pesquisa de Informação para estas Armas

Iniciado por jambarreto

Respostas: 5
Visualizações: 3706
Última mensagem Fevereiro 05, 2008, 02:04:42 pm
por Falcão Tango (G.E.P.A)
Fotos Internacionais (Exércitos/Sistemas de Armas)

Iniciado por Jorge Pereira

Respostas: 769
Visualizações: 153778
Última mensagem Hoje às 08:11:45 pm
por goldfinger
4 Regras Universais de Segurança com armas de Fogo

Iniciado por ACADO

Respostas: 213
Visualizações: 32588
Última mensagem Abril 24, 2011, 06:33:55 am
por ACADO
Notícias (Exércitos/Sistemas de Armas)

Iniciado por Fábio G.

Respostas: 920
Visualizações: 266086
Última mensagem Novembro 13, 2020, 07:09:46 pm
por goldfinger
Novas armas da Ceska Zbrojovka

Iniciado por ACADO

Respostas: 67
Visualizações: 23244
Última mensagem Setembro 07, 2009, 10:14:09 pm
por ACADO