Portugal Ultramarino

  • 307 Respostas
  • 53699 Visualizações
*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 9927
  • Recebeu: 1283 vez(es)
  • Enviou: 3209 vez(es)
  • +187/-58
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Portugal Ultramarino
« Responder #285 em: Outubro 30, 2010, 11:56:32 pm »
Citação de: "Thiago Barbosa"
Portugal explorou o Brasil por anos, matou nosso heróis e roubou muitas riquezas e ainda vejo brasileiros babando seus ovos, rs. É impressionante.
A criação de um grupo econômico sério seria uma boa, até porque há muitos recursos a serem explorados na Angola, mas a política, só se fosse pela tutela brasileira.
Ó meu cala-te! Não se aproveita uma!
É com cada baboseira.  :down:
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Thiago Barbosa

  • Membro
  • *
  • 54
  • +0/-0
Re: Portugal Ultramarino
« Responder #286 em: Outubro 31, 2010, 01:02:33 am »
HSMW, perdi o direito de opinar? rs
E o ''Cala-te'' não funciona mais, rs.
Se estou mentindo, corrijam-me. :)
 

*

pedro

  • Investigador
  • *****
  • 1436
  • +1/-0
Re: Portugal Ultramarino
« Responder #287 em: Outubro 31, 2010, 03:08:21 pm »
Caro Thiago Barbosa
Você têm o direito de opinar, claro que têm mas então vamos lá recapitular.
Portugal explorou o Brasil, sim temos que admitir que é certo.
Mas agora vamos lá tratar dessa sua azia de portugalidade: 1 Basta olhar para o seu nome Barbosa para ver que você têm antepassados  Portugueses na sua linhagem familiar, 2 você fala português pois então se vamos por ai a lingua é minha porque sou português de origem e você não, assim que pode já começar por aprender outra lingua, 3 Não se esqueça que secalhar esta a dizer mal de um país e de um povo com o qual você esta ligado por laços de sangue.
E para finalizar, não se esqueça Portugal esta mal, e até temos uma elite que esta vamos lá dizer a dormir, mas no dia em que os portugueses acordarem para a realidade e começarem a trabalhar aserio num Portugal melhor e mais capaz, num Portugal unido, com lideres capazes, quando isso acontecer você vai ter que vir aqui a este forum e admitir que estava errado. "Ps: e olhe que esse dia já esteve mais longe""
Eu ao contrario de você adoro o Brasil e desejo a esse povo irmão tudo de bom.
Cumprimentos
 

*

Thiago Barbosa

  • Membro
  • *
  • 54
  • +0/-0
Re: Portugal Ultramarino
« Responder #288 em: Outubro 31, 2010, 10:07:27 pm »
Eu nunca disse que não gostava de Portugal, muito pelo contrário. Tenho muito mais orgulho do meu sangue português do que do lado alemão da minha família, por exemplo. A língua é sua? Talvez, mas a situação é semelhante a dos EUA com a Inglaterra e isso já dispensa outros comentários. Quanto a Portugal voltar a ser uma elite, tem toda a minha torcida e não seria demérito nenhum me desculpar, mas também não posso fechar os olhos e ignorar a forma de pensar portuguesa que nos vê e sempre viu como um povo de 2° classe. Será que estou mentindo ou interpretando de forma equivocada a situação? Basta olhar alguns comentários neste mesmo tópico.
Sds.
 

*

pedro

  • Investigador
  • *****
  • 1436
  • +1/-0
Re: Portugal Ultramarino
« Responder #289 em: Novembro 01, 2010, 04:54:19 pm »
Caro Thiago,
Olhe eu não odeio o Brasil nem nunca odiei.
Eu não acho vocês um povo de segunda classe, sabe porquê eu prefiro ver minha ""familia"" a desenpenhar um papel forte no mundo actual a ter que levar com os  anglo-saxonicos que sinceramente têm feito muito mal a este planeta com as suas ""guerrinhas do petroleo"". :wink:
E ainda bem que o Brasil está forte e ainda vai ficar mais forte, porque desde que o meu pai me mostrou pela primeira vez o mapa mundial, e me falou nos laços que unem Portugal e o Brasil eu sempre disse que o Brasil tinha tudo para ser uma potêncial mundial.
O util é nós os países lusofonos unirmos esforços e de uma vez por todas tentar melhorar este mundo de uma vez por todas.
Sds.
 

*

Snowmeow

  • 200
  • +0/-0
Re: Portugal Ultramarino
« Responder #290 em: Novembro 04, 2010, 12:20:22 pm »
Não são os portugueses que nos veem como cidadãos de segunda classe:
São os americanos, ingleses, espanhóis, entre outros países que acham que todos os brasileiros que vão a tais países são pobres, e porventura tratam mal os turistas brasileiros como se fôssemos criminosos ou terroristas. Jean Charles (R.I.P.) que o diga.

O problema está no fato de que há certas mentes atrasadas que só veem coisas ruins do outro lado, e algumas dessas mentes têm influência. Daí, as piadas de português, a discriminação aos brasileiros, a troca de hostilidades em fóruns, redes sociais e no Youtube, e o pior: isso é joguinho de quem speaks English, pra evitar que o Brasil e Portugal cheguem a um acordo que pode transformar os dois países em uma força mundial.

(Tá, parei de viajar :mrgreen: )

Portugal explorou o Brasil porque Brasil era Portugal naquele tempo. Justo. E a Inglaterra, que fez pior a Portugal em nome de uma "aliança"?
"Não corte uma árvore no Inverno; pois sentirás falta dela no Verão." Jairo Navarro Dias
 

*

J.Ricardo

  • Perito
  • **
  • 307
  • +0/-0
Re: Portugal Ultramarino
« Responder #291 em: Novembro 04, 2010, 04:08:07 pm »
Depois de 188 de  independência e do heróico reinado de D.Pedro I pensei que este ranço com Portugal já não povoasse o imaginário nacional...
Portugal é um grande parceiro do Brasil, vide os investimento recíprocos que há em nossos países!
 

*

João Vaz

  • Membro
  • *
  • 192
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +1/-0
Re: Portugal Ultramarino
« Responder #292 em: Novembro 05, 2010, 05:11:36 pm »
j. Ricardo, "ranço" é a expressão certa para a ignorância arcaica que algumas aves-raras insistem em perpetuar. Coisa típica de quem não sabe do que fala.

As mesmas aves arqueológicas devem estar a roer-se pelo "dinheiro sujo" que o Estado Português encaixou com a venda da VIVO à Telefonica. 7,5 mil milhões, coisa pouca... Proveniente do mercado brasileiro e dos bancos espanhóis  :mrgreen:

Ai a raivinha...
"E se os antigos portugueses, e ainda os modernos, não foram tão pouco afeiçoados à escritura como são, não se perderiam tantas antiguidades entre nós (...), nem houvera tão profundo esquecimento de muitas coisas".
Pero de Magalhães de Gândavo, História da Província Santa Cruz, 1576
 

*

reij

  • 36
  • +0/-0
Re: Portugal Ultramarino
« Responder #293 em: Novembro 06, 2010, 12:09:51 pm »
não creio que o problema seja o ranço brasileiro com a colonização vou tentar diagnosticar, a situação é a seguinte, não todos os portugueses, com certeza mais tem uma minoria que não aceita que o brasil, uma ex-colonia tenha cada dia mais importancia que a antiga metropole, no seculo XX aconteceu tambem com a inglatera, que perdia importancia a nivel mundial enquanto os USA, cresciam é o que acontece em portugal não com maioria, mais com alguns e tenho que concordar em alguns aspectos ir dia após dia perdendo terreno em relação a sua antiga colonia é dificil, completamente compreensivel, por isso disse que não todos apenas os mais velhos os mais saudosistas e principalmente os jovens nacionalistas, não posso criticar esse tipo de sentimento.
deve ser doloroso saber que ja foram uma potencia, e hoje ja não tem mais a liderança no mundo lusofono e, que uma antiga colonia assumiu esse papel, creio que podemos tirar proveito ambos dessa nova realidade tanto brasileiros como portugueses, vejam o caso que citei entre USA e inlgaterra ambos tem uma otima realção tanto que a inglaterra ta mais ligada aos estados unidos que a união europeia
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 9927
  • Recebeu: 1283 vez(es)
  • Enviou: 3209 vez(es)
  • +187/-58
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Portugal Ultramarino
« Responder #294 em: Novembro 06, 2010, 01:56:54 pm »
Não reij. Totalmente errado.
 A maioria dos portugueses não dá a mínima importância para a politica internacional.
Quem se interessa acaba por frequentar este tipo de fóruns, pois o resto quer é futebol e reality shows.

A imagem que cria rancor para com o Brasil é dada por alguns (muitos) brasileiros em Portugal.
Até eu já começo a sentir isso pelo que vejo na rua.
Mas o que me irrita mesmo é o analfabetismo crónico que demonstram quando escrevem, o que não é o seu caso reij apesar de começar as frases com minúsculas e terminar sem ponto final. "."
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

reij

  • 36
  • +0/-0
Re: Portugal Ultramarino
« Responder #295 em: Novembro 08, 2010, 02:45:15 pm »
Citação de: "HSMW"
Não reij. Totalmente errado.
 A maioria dos portugueses não dá a mínima importância para a politica internacional.
Quem se interessa acaba por frequentar este tipo de fóruns, pois o resto quer é futebol e reality shows.

A imagem que cria rancor para com o Brasil é dada por alguns (muitos) brasileiros em Portugal.
Até eu já começo a sentir isso pelo que vejo na rua.
Mas o que me irrita mesmo é o analfabetismo crónico que demonstram quando escrevem, o que não é o seu caso reij apesar de começar as frases com minúsculas e terminar sem ponto final. "."

 :lol:  :lol:  :lol:
"pois o resto quer é futebol e reality shows."
no brasil acrescentaria cerveja, churrasco e mulher quase pelada, ah o lula vem conseguindo colocar as Relações exteriores nessa lista também pouco a pouco(principalmente sobre nuestros hermanos de habla hispanica)  :D
futebol é legal esses realityes shows são um lixo quanto a linguagem escrita realmente nós brasileiros não atentamos a essas regras gramaticais, na hora de escrever em foruns(internet), e afins, e normalmente também não gostamos de escrever a palavra completa nestes caso concordo contigo somos meio preguiçosos ao digitar, se este forum fosse frequentado apenas por brasileiro os lusófonos de outras nacionalidades não entenderia nada, não exisitiriam certas palavra
exemplo:
beleza = blz
voçê = vc
aqui = aki
ebijos = bjs/bijin
hoje=hj
cadê=kd
casa=kasa
muito=mto
e por ai vai
 

*

Snowmeow

  • 200
  • +0/-0
Re: Portugal Ultramarino
« Responder #296 em: Novembro 08, 2010, 06:55:00 pm »
Citação de: "reij"
(...)Quanto à linguagem escrita, realmente nós, brasileiros, não atentamos a essas regras gramaticais, na hora de escrever em foruns(internet), e afins, e normalmente também não gostamos de escrever a palavra completa. Nestes casos, concordo contigo, somos meio preguiçosos ao digitar, se este forum fosse frequentado apenas por brasileiros, os lusófonos de outras nacionalidades não entenderiam nada, não exisitiriam certas palavras.
exemplo:
beleza = blz
voçê = vc
aqui = aki
beijos = bjs/bijin
hoje=hj
cadê=kd
casa=kasa
muito=mto
e por ai vai
Ai "a última Flor do Lácio, inculta e bela..." Toda malcuidada e estropiada, seria uma destruição ou uma evolução? Sobre o que você disse aí acima, Reij, eu me orgulho de ser uma exceção à regra.

Como já dito tantas vezes, Brasil e Portugal têm muito a ganhar um com o outro. Mas, para que isso ocorra, é necessário erradicar o analfabetismo político, essa falta de vontade de se saber o que se passa nas "altas esferas" da governança nacional e internacional.
E não é só: Brasileiros precisam fazer um esforço e se comportarem nos países ra onde imigram (Não só portugueses, mas americanos, ingleses, espanhóis e principalmente japoneses reclamam do comportamento do "brasileiro médio" que reside lá. E, como os maus exemplos são mais numerosos e muito mais alardeados do que os bons exemplos, nós, os brasileiros ganhamos fama de bagunceiros.

(Er... Eu acho que fugi do assunto XD)
"Não corte uma árvore no Inverno; pois sentirás falta dela no Verão." Jairo Navarro Dias
 

*

sergio21699

  • Especialista
  • ****
  • 933
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • +1/-0
Re: Portugal Ultramarino
« Responder #297 em: Novembro 09, 2010, 08:33:36 pm »
Citação de: "reij"
, e normalmente também não gostamos de escrever a palavra completa nestes caso concordo contigo somos meio preguiçosos ao digitar, se este forum fosse frequentado apenas por brasileiro os lusófonos de outras nacionalidades não entenderia nada, não exisitiriam certas palavra
exemplo:
beleza = blz
voçê = vc
aqui = aki
ebijos = bjs/bijin
hoje=hj
cadê=kd
casa=kasa
muito=mto
e por ai vai

qual a vantagem??   :roll:
-Meu General, estamos cercados...
-Óptimo! Isso quer dizer que podemos atacar em qualquer direcção!
 

*

João Vaz

  • Membro
  • *
  • 192
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +1/-0
Re: Portugal Ultramarino
« Responder #298 em: Novembro 11, 2010, 11:58:04 am »
Citação de: "sergio21699"
Citação de: "reij"
, e normalmente também não gostamos de escrever a palavra completa nestes caso concordo contigo somos meio preguiçosos ao digitar, se este forum fosse frequentado apenas por brasileiro os lusófonos de outras nacionalidades não entenderia nada, não exisitiriam certas palavra
exemplo:
beleza = blz
voçê = vc
aqui = aki
ebijos = bjs/bijin
hoje=hj
cadê=kd
casa=kasa
muito=mto
e por ai vai

qual a vantagem??   :oops:
"E se os antigos portugueses, e ainda os modernos, não foram tão pouco afeiçoados à escritura como são, não se perderiam tantas antiguidades entre nós (...), nem houvera tão profundo esquecimento de muitas coisas".
Pero de Magalhães de Gândavo, História da Província Santa Cruz, 1576
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7642
  • Recebeu: 599 vez(es)
  • Enviou: 196 vez(es)
  • +239/-674
Re: Portugal Ultramarino
« Responder #299 em: Novembro 11, 2010, 02:32:28 pm »
Citação de: "Snowmeow"
O problema está no fato de que há certas mentes atrasadas que só veem coisas ruins do outro lado, e algumas dessas mentes têm influência. Daí, as piadas de português, a discriminação aos brasileiros, a troca de hostilidades em fóruns, redes sociais e no Youtube, e o pior: isso é joguinho de quem speaks English, pra evitar que o Brasil e Portugal cheguem a um acordo que pode transformar os dois países em uma força mundial.


Muito bem, e fico muito contente por ainda ir vendo que há gente com alguma cabeça, apesar de raras as demonstrações.
É efectivamente como diz. Há gente que não perdoa certas coisas e que ainda julga que pode dominar isto tudo sem mais nem menos. Não é bem assim. E por mim e por alguma boa gente que não será assim tão fácil

A hostilidade Portugal - Brasil é artificial e promovida por quem tudo faz para reinar dividindo.
E isto é assim desde finais do século XVIII, pelo menos.

As sombras, meus amigos. É através delas que as coisas se fazem e admitir isso já é bom para começar, pelo menos, a diagnosticar o problema e definir soluções.
É assim que aqueles levam a questão do PODER a sério.
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...