Portugal Ultramarino

  • 307 Respostas
  • 50073 Visualizações
*

Lusitanus

  • 193
  • +0/-0
Portugal Ultramarino
« em: Março 03, 2008, 02:09:35 pm »
Bom axo que estou na secção certa.

Ontem vi o programa da Maria Elisa  "E depois do adeus" que o tema era sobre os Retornados,aqueles que voltaram a Portugal depois do que estava a acontecer em Angola e Moçambique,e apercebi-me da riqueza e qualidade de vida que ambos os países tinham e que hoje são o que são por causa da sua independência.

Os Portugueses viam Portugal como sendo Portugal+Angola+Moçambique,o que na época seria como se fosse um enorme país,e que o PIB chegou a ser 9%,ainda acima do que a China consegue actualmente.

Realmente nunca me tinha apercebido de tamanha riqueza que gerava este trio,já para não falar da enormissima capacidade de formação por parte dos trabalhadores,especialmente de Angola e Moçambique.

Após o retorno a Portugal,por terem sido "expulsos" de Africa,mtos retornados foram tratados como se tivessem outra nacionalidade,ou seja, foram esquecidos pela própria pátria,(como se retratam).

Hoje em dia até pessoas Angolanas me dizem que Angola era mto melhor do que é hoje,podia haver mtos brancos "patrões",mas fome ninguém passava como passam actualmente,além de ter sido um país mto mais seguro do que é hoje.

Tb li algures que a intenção de Salazar seria de transformar Angola num novo Portugal,não sendo por acaso o nome de Nova Lisboa (hoje Huambo) ter existido por acaso,mas infelizmente os Angolanos estão a mudar os nomes das cidades para nomes africanos em vez de estarem em Português,entristece-me e não é por ser português,é por ver um pais como angola de raízes portuguesas não ser aproveitado para o bem da população,mas foi a própria população que quis que assim fosse.

Se esse trio não tivesse sido interrompido,Portugal Angola e Moçambique rebentavam de desenvolvimento e riqueza,e hoje em dia seriam uma potencia mundial,sem fomes,doenças nem guerras.
"Cumpriu-se o mar e o império se desfez
Senhor, falta cumprir-se Portugal"
 

*

Bravo Two Zero

  • Especialista
  • ****
  • 1008
  • Recebeu: 13 vez(es)
  • Enviou: 16 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #1 em: Março 03, 2008, 08:47:03 pm »
Citar
Se esse trio não tivesse sido interrompido,Portugal Angola e Moçambique rebentavam de desenvolvimento e riqueza,e hoje em dia seriam uma potencia mundial,sem fomes,doenças nem guerras.


E se não fossem os 8290 mortos e mais de 200 000 feridos e doentes em 13 anos de conflito.........
A descolonização nos moldes em que foi feita foi a maior tragédia portuguesa do séc. XX
"Há vários tipos de Estado,  o Estado comunista, o Estado Capitalista! E há o Estado a que chegámos!" - Salgueiro Maia
 

*

Ataru

  • 416
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #2 em: Março 03, 2008, 08:52:26 pm »
Portugal, Angola, Moçambique, mas também São Tomé e Princípe, Cabo Verde, Timor, Macau e as Indías...

De facto a nossa descolonização foi um desastre, só temos de agradecer ao PCP e ao MFA...
Greater Portugal = Portugal + Olivença + Galiza and the Eonavian Region + border villages that speak galaico-portuguese dialects + Cape Verde + St. Tomé and Principe.
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7818
  • Recebeu: 384 vez(es)
  • Enviou: 675 vez(es)
  • +251/-235
(sem assunto)
« Responder #3 em: Março 04, 2008, 09:53:06 am »
eu diria que temos de agradecer ao salazar e ao seu pensamento tacanho de  não ter feito uma descolonização como fizeram as outras potências da altura, mas certa gente não vê mais do que a cartilha... :roll:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Lusitanus

  • 193
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #4 em: Março 04, 2008, 05:52:41 pm »
Foi o maior êxodo no séc.XX a seguir á II guerra mundial.
"Cumpriu-se o mar e o império se desfez
Senhor, falta cumprir-se Portugal"
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6827
  • Recebeu: 353 vez(es)
  • Enviou: 216 vez(es)
  • +222/-0
(sem assunto)
« Responder #5 em: Março 04, 2008, 06:03:00 pm »
Citação de: "Lusitanus"
Foi o maior êxodo no séc.XX a seguir á II guerra mundial.


Foi o maior em termos relativos (população deslocada em relação ao total da população do país receptor), não em termos absolutos. Explicaram bem isso no programa.
 

*

Lusitanus

  • 193
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #6 em: Março 05, 2008, 04:00:25 pm »
Citação de: "PereiraMarques"
Citação de: "Lusitanus"
Foi o maior êxodo no séc.XX a seguir á II guerra mundial.

Foi o maior em termos relativos (população deslocada em relação ao total da população do país receptor), não em termos absolutos. Explicaram bem isso no programa.


Eu sei,mas não deixa de ser o maior êxodo.
"Cumpriu-se o mar e o império se desfez
Senhor, falta cumprir-se Portugal"
 

*

Heraklion

  • Membro
  • *
  • 299
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #7 em: Janeiro 29, 2009, 03:53:39 pm »
Havemos de recuperar o Império...
:Soldado2:
Nos liberi sumus;
Rex noster liber est;
Manus nostrae nos liberverunt
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15129
  • Recebeu: 1052 vez(es)
  • Enviou: 983 vez(es)
  • +177/-170
(sem assunto)
« Responder #8 em: Janeiro 29, 2009, 05:52:39 pm »
Citação de: "Heraklion"
Havemos de recuperar o Império...
:Soldado2:


Como? Cuspimos no chão e dizemos: - Angola é nossa!

 :roll:
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Lancero

  • Investigador
  • *****
  • 4145
  • Recebeu: 28 vez(es)
  • +60/-0
(sem assunto)
« Responder #9 em: Janeiro 29, 2009, 07:31:51 pm »
Podemos até vir a concorrer com o Bugio


http://www.inepcia.com/bugio/pais.html
"Portugal civilizou a Ásia, a África e a América. Falta civilizar a Europa"

Respeito
 

*

Duarte

  • Investigador
  • *****
  • 2033
  • Recebeu: 12 vez(es)
  • Enviou: 16 vez(es)
  • +2/-0
(sem assunto)
« Responder #10 em: Janeiro 29, 2009, 07:39:16 pm »
Citação de: "P44"
eu diria que temos de agradecer ao salazar e ao seu pensamento tacanho de  não ter feito uma descolonização como fizeram as outras potências da altura, mas certa gente não vê mais do que a cartilha... :roll:


Eu diria que temos que agradecer à URSS e aos EU, e aos fantoches e oportunistas que serviram os interesses das super-potências em Portugal durante muito tempo.

Culpar Salazar por defender aquilo que os nossos antepassados levaram séculos a criar é no mínimo desonestidade histórica.
 

*

Cabecinhas

  • Investigador
  • *****
  • 1508
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 11 vez(es)
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #11 em: Janeiro 29, 2009, 08:59:05 pm »
Código: [Seleccione]
eu diria que temos de agradecer ao salazar e ao seu pensamento tacanho de não ter feito uma descolonização como fizeram as outras potências da altura, mas certa gente não vê mais do que a cartilha... Rolling Eyes

Qual descolonização? Nos outros países vejo uma descolonização igual ou pior à nossa. Um grande exemplo é o o Zimbabwe
Um galego é um português que se rendeu ou será que um português é um galego que não se rendeu?
---
 

*

Duarte

  • Investigador
  • *****
  • 2033
  • Recebeu: 12 vez(es)
  • Enviou: 16 vez(es)
  • +2/-0
(sem assunto)
« Responder #12 em: Janeiro 30, 2009, 12:04:46 am »
Citação de: "Cabecinhas"

Qual descolonização? Nos outros países vejo uma descolonização igual ou pior à nossa. Um grande exemplo é o o Zimbabwe


A antiga Rhodesia é outro exemplo GRITANTE do duplicismo e traição das super-potências (o REino Unido e EU especialmente), que tornou um país com uma economia outrora vibrante, e um nível de vida dos melhores do continente num país mísero onde reina a fome.
 

*

Heraklion

  • Membro
  • *
  • 299
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #13 em: Janeiro 30, 2009, 12:07:07 am »
Cabeça de Martelo, há que ter esperança no futuro.
Os angolanos tem saudades de ser portugueses, o que nos diz qualquer coisa
Cumprimentos
Nos liberi sumus;
Rex noster liber est;
Manus nostrae nos liberverunt
 

*

TOMSK

  • Investigador
  • *****
  • 1469
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #14 em: Janeiro 30, 2009, 12:53:39 am »
O pensamento de Salazar quanto às colónias foi tudo menos tacanho.

Eu diria mais, tacanho é haver portugueses que,
Queiram cortar um laço com o passado de 500 anos, o dos heróis e das grandes descobertas, pleno de glórias e sacrificíos,

O enaltecer o valor dos antepassados que embarcaram nas caravelas por mares tormentosos, lutaram pelo Império Português, mas depois no presente não ter a vontade nem espiríto de corpo de sacrificío e de união comum para continuar esses feitos,

O cair aos pés de potências estrangeiras, que chegam ao ponto de serem tão hipócritas de mandar cá para fora frases como "Either you're with us, or with the terrorists."... quando durante anos foram eles a potenciar e apoiar o terrorismo contra solo português ultramarino,

O dizer "Nem mais um soldado para o Utramar" quando estava em causa o direito de continuarmos em África,
E hoje mandar os nossos soldados para o Iraque e o Afeganistão, para ajudar a resolver as trampas dos outros, esses mesmo que há alguns anos atrás nos quiseram expulsar de África para depois irem lá meter o nariz,

Nomeadamente os EUA, que aquando da ilegal invasão de território português da Índia, nos viraram as costas. Território esse de constituição anterior a qualquer "União Indiana".
Sim porque, quando nós chegamos lá conquistamos essas terras a Turcos e Muçulmanos!
Não foram a Hindus!

Felizmente o tempo tem vindo a mostrar as inúmeras borradas que saíram do 25 de Abril.

Que fique claro então, que as províncias ultramarinas ficaram independentes de Portugal e dependentes dos EUA e ex-URSS!

Em 1963 chegou uma proposta americana, de algumas centenas de milhar de dólares, daquelas que se baseiam na ideia que o dinheiro compra tudo, mesmo a honra da Pátria, para que abdicássemos de território português, dando a independência às colónias. (Entenda-se, para posterior exploração por parte dos EUA)

«Portugal não está à venda»- foi a resposta de Salazar.

Tacanho?
 

 

Uma aliança militar Brasil-Portugal-Angola-Moçambique

Iniciado por dremanu

Respostas: 52
Visualizações: 17585
Última mensagem Dezembro 22, 2010, 03:35:24 pm
por Cabeça de Martelo
Timor, transferência de território ou Portugal o Idiota útil

Iniciado por Luso

Respostas: 20
Visualizações: 12392
Última mensagem Setembro 13, 2007, 07:51:04 pm
por comanche
Crise em Timor - o que pode fazer Portugal?

Iniciado por Rui Elias

Respostas: 49
Visualizações: 21045
Última mensagem Junho 23, 2006, 10:22:37 am
por Rui Elias
União Portugal/Cabo-Verde

Iniciado por Ataru

Respostas: 226
Visualizações: 44086
Última mensagem Fevereiro 06, 2012, 07:47:55 pm
por PCartCast
Uma Lusitania (e talvez o futuro de Portugal)

Iniciado por Lusitanian

Respostas: 52
Visualizações: 9861
Última mensagem Março 11, 2011, 03:39:30 pm
por Lusitanian