Notícias do Exército Português

  • 1731 Respostas
  • 433239 Visualizações
*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 3604
  • Recebeu: 856 vez(es)
  • Enviou: 192 vez(es)
  • +175/-86
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1710 em: Outubro 25, 2020, 12:31:46 pm »
Autêntico "atirar de areia para os olhos". Ainda vamos descobrir que os ST5 têm a complexidade de um Abrams e os M-114 dos canhões electromagnéticos do Zumwalt.
 

*

zawevo

  • Membro
  • *
  • 292
  • Recebeu: 125 vez(es)
  • Enviou: 10 vez(es)
  • +32/-346
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1711 em: Outubro 25, 2020, 06:46:48 pm »
Quando li

"Nós somos o Exército.
E estaremos SEMPRE, ao serviço dos Portugueses!"


ia vomitando. Pelo que assisti, não me foi contado, nestes últimos 50 anos essa frase é um autentico hino à hipocrisia!
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 7061
  • Recebeu: 3088 vez(es)
  • Enviou: 1643 vez(es)
  • +1668/-132
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1712 em: Outubro 25, 2020, 09:01:26 pm »
Quando li

"Nós somos o Exército.
E estaremos SEMPRE, ao serviço dos Portugueses!"


ia vomitando. Pelo que assisti, não me foi contado, nestes últimos 50 anos essa frase é um autentico hino à hipocrisia!

Só mesmo para rir um Exército com 13.000 efectivos ????

Tal efectivo não  permite, ter as três brigadas organicas, completas tanto em efectivos como com a dotação de equipamentos/armamento a 100%.

Abraço
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7160
  • Recebeu: 590 vez(es)
  • Enviou: 251 vez(es)
  • +546/-2
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1713 em: Outubro 26, 2020, 03:02:00 pm »
Para não criar um tópico do "zero terrestre"  :mrgreen:

Citar
Manda o Chefe do Estado-Maior do Exército condecorar com a Medalha D. Afonso Henriques — Mérito do Exército, 4.ª Classe nos termos do disposto, na alínea d) do n.º 1 e alínea d) do n.º 2 do artigo 26.º, na alínea d) do n.º 1 do artigo 27.º, no n.º 3 do artigo 34.º e no artigo 38.º do Regulamento da Medalha Militar e das Medalhas Comemorativas das Forças Armadas, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 316/02, de 27 de dezembro, por ter sido considerada ao abrigo do artigo 25.º do mesmo diploma, a Ass Op (92044081) Olinda Maria Rodrigues Leitão.

(Despacho 17jul20)
Louvores
Louvo a Ass Op (92044081) Olinda Maria Rodrigues Leitão, pelas relevantes qualidades pessoais e profissionais demonstradas ao longo dos 38 anos em que serviu o Exército Português, sempre com excecional dedicação, zelo e elevada disponibilidade que lhe permitiram, com toda a naturalidade, granjear a estima, a consideração e a confiança de todos os que tiveram o privilégio de consigo privar.
Colocada inicialmente na Messe de Sargentos da Escola Prática de Infantaria, desde cedo se destacou pela capacidade de trabalho, pela devoção ao serviço e pelo espírito de bem servir, que ali se alicerçaram e se mantiveram ao longo dos tempos, tendo orientado a sua conduta pelo permanente interesse na melhoria da confeção dos géneros e na garantia da distribuição cuidadosa e eficiente da alimentação. Posteriormente, e já no Regimento de Comandos, foi chamada a colaborar na Messe de Oficiais, evidenciando-se pela qualidade do serviço, pelos elevados padrões de desempenho alcançados, e pelo papel essencial desempenhado na formação dos militares e civis que consigo serviram, ao longo dos tempos naquela unidade, em resultado da experiência acumulada e movida por uma energia invulgar.
O extraordinário desempenho e os relevantes atributos pessoais, onde se destacam a esmerada educação, cordialidade e trato fácil foram devidamente assinaladas pelo Comandante da Instrução do Exército que, em resultado da escassez de recursos humanos, relevou publicamente a acumulação de funções na Messe de Oficiais, com o apoio ao serviço na cozinha e refeitório Geral, da Unidade de Apoio do Aquartelamento da Amadora, onde a sua ação dedicada e esforçada, associada à capacidade técnico-profissional, foi então determinante para a organização e impulsão do serviço de alimentação dessa unidade. A sua ação na coordenação do serviço da Messe de Oficiais ficou marcada pelo fácil relacionamento humano e pela personalidade vincada, mas sempre bem-humorada, revelando natural facilidade para trabalhar em grupo, tendo sido acarinhada e respeitada pelos restantes elementos que com ela trabalharam.
Com a transferência do Regimento de Lanceiros N.º 2 (RL2), do aquartelamento da Ajuda para o PM02- Amadora, a Assistente Operacional Olinda Leitão passou a prestar serviço na Messe de Oficiais do RL2, mantendo o trato afável, a sua natural simpatia, a firmeza de caráter e o rigor no cumprimento das funções que lhe foram atribuídas, apesar do acréscimo significativo de tarefas. Neste âmbito releva-se, de forma muito especial, o excelente ambiente de trabalho que fomentou, coadjuvando os chefes das diversas Equipas que integrou e o extremo rigor e elevado cuidado, colocados na gestão dos recursos materiais e instalações, tendo contribuído de forma muito direta para a melhoria significativa do serviço. Estes atributos têm sido claramente evidenciados, de forma permanente e contínua, no apoio indefetível, eficiente e oportuno a uma vasta gama de atividades desenvolvidas pelo RL2, onde se destacam as cerimónias comemorativas do Dia do Regimento, do Dia da Arma de Cavalaria, do Concurso Combinado de Equitação, das Festas de Natal, entre outros eventos festivos, demonstrando elevada competência profissional e uma inabalável vontade de bem servir e bem fazer, em todas as circunstâncias. O carinho genuíno que lhe devotam todos os que com ela privam é um sinal claro e inequívoco do reconhecimento da sua personalidade e da forma de estar amiga, atenta, empenhada e dedicada, em todos os momentos da sua vida,
nunca regateando esforços para garantir o bem-estar de todos, sejam oficiais, sargentos, praças ou funcionários civis.
No momento em que se prepara para cessar a sua ligação ao Exército Português, após trinta e oito anos de serviço ativo, a Assistente Operacional Olinda Maria Rodrigues Leitão é digna de ser apontada à consideração e ao reconhecimento público, em resultado de uma postura pautada pela afirmação dos valores da família militar e por ter contribuído significativamente para a eficiência, prestígio e cumprimento da missão do Exército Português.
17 de julho de 2020. — O Chefe do Estado-Maior do Exército, José Nunes da Fonseca, General.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 9687
  • Recebeu: 1191 vez(es)
  • Enviou: 2795 vez(es)
  • +179/-54
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1714 em: Outubro 28, 2020, 12:11:54 am »
Citar
Em 21Out20, iniciou o programa de modernização do Canhão Sem Recuo CARL GUSTAV, da versão M2 para a versão M2-U (M2 with upgrade), incluindo a instalação de um sistema de mira ótica telescópica.
« Última modificação: Outubro 28, 2020, 12:46:37 am por HSMW »
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Cabeça de Martelo

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 3918
  • Recebeu: 314 vez(es)
  • Enviou: 170 vez(es)
  • +474/-209
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1715 em: Outubro 28, 2020, 12:16:57 am »
Citar
Em 21Out20, iniciou o programa de modernização do Canhão Sem Recuo CARL GUSTAV, da versão M2 para aversão M2-U (M2 with upgrade), incluindo a instalação de um sistema de mira ótica telescópica.

Ao nível dos melhores Exércitos do mundo como diz o CEME.
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 7061
  • Recebeu: 3088 vez(es)
  • Enviou: 1643 vez(es)
  • +1668/-132
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 7061
  • Recebeu: 3088 vez(es)
  • Enviou: 1643 vez(es)
  • +1668/-132
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1717 em: Novembro 01, 2020, 07:16:33 pm »
Victor Barreira / Defence 360° (@Defence360) tweetou: The twelve 🇪🇸 @urovesa VAMTAC ST5 4x4 special operations vehicles for the 🇵🇹 @defesa_pt @EMGFA_RP Portuguese Army Special Operations Force are scheduled for delivery in December. They include BMS, machine guns, comms and smoke grenade launchers.



https://twitter.com/Defence360/status/1322945257747742722?s=20

Abraços
« Última modificação: Novembro 01, 2020, 07:42:14 pm por tenente »
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7160
  • Recebeu: 590 vez(es)
  • Enviou: 251 vez(es)
  • +546/-2
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1718 em: Novembro 09, 2020, 11:23:31 am »
Despacho n.º 10949/2020 - Diário da República n.º 218/2020, Série II de 2020-11-09 147933316
Defesa Nacional - Gabinete do Ministro
Delegação no Chefe do Estado-Maior do Exército da competência para autorizar a aquisição dos equipamentos monóculos térmicos

https://dre.pt/web/guest/home/-/dre/147933316/details/maximized?serie=II&parte_filter=31&dreId=147815340


Despacho n.º 10950/2020 - Diário da República n.º 218/2020, Série II de 2020-11-09 147933317
Defesa Nacional - Gabinete do Ministro
Delegação no Chefe do Estado-Maior do Exército da competência para autorizar a aquisição das viaturas táticas médias

https://dre.pt/web/guest/home/-/dre/147933317/details/maximized?serie=II&parte_filter=31&dreId=147815340
 

*

LM

  • Investigador
  • *****
  • 1428
  • Recebeu: 285 vez(es)
  • Enviou: 1248 vez(es)
  • +213/-7
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1719 em: Novembro 09, 2020, 11:35:35 am »
Agora é tentar ler a "proposta n.º B0054/2020, do Comando da Logística do Exército", para termos uma ideia mais fundamentada do que virá  :mrgreen:
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 7061
  • Recebeu: 3088 vez(es)
  • Enviou: 1643 vez(es)
  • +1668/-132
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1720 em: Novembro 15, 2020, 10:42:26 pm »
O Exército acaba de ligar as duas margens do Rio Alcabrichel, através da instalação de uma ponte militar em A dos Cunhados

A operação, iniciada há três dias, atingiu ontem o seu apogeu, no momento em que a ponte foi empurrada da margem de partida e assentou na margem oposta.

Esta operação despertou elevado interesse na população local, que, com o devido distanciamento, observou atentamente o trabalho dos nossos militares.

Nos próximos dias serão instaladas as rampas de acesso, permitindo a abertura ao tráfego rodoviário da ponte militar até à construção de uma nova ponte no mesmo local.



https://www.facebook.com/ExercitoPortuguesPRT/photos/pcb.2656218137960201/2656216764627005/?type=3&theater

Abraços
« Última modificação: Novembro 15, 2020, 10:45:46 pm por tenente »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 7061
  • Recebeu: 3088 vez(es)
  • Enviou: 1643 vez(es)
  • +1668/-132
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1721 em: Novembro 19, 2020, 06:40:49 pm »
499 Soldados Recrutas, do 10.º Curso de Formação Geral Comum de Praças de 2020, foram incorporados esta semana no Exército

No âmbito da prevenção contra a pandemia da COVID-19, a fim de minimizar as distâncias de deslocamento de casa para a Unidade e no sentido dos pelotões de formação terem um menor efetivo, o dispositivo de incorporação foi alargado às seguintes 12 Unidades:
- Brigada Mecanizada, Campo Militar de Santa Margarida;
- Regimento de Paraquedistas, Tancos;
- Regimento de Infantaria N.º 1, Beja;
- Regimento de Infantaria N.º 10, Aveiro;
- Regimento de Infantaria N.º 14, Viseu;
- Regimento de Infantaria N.º 19, Chaves;
- Regimento de Artilharia Antiaérea N.º 1, Queluz;
- Regimento de Artilharia N.º 5, Vendas Novas;
- Regimento de Cavalaria N.º 6, Braga;
- Regimento de Apoio Militar de Emergência, Abrantes;
- Regimento de Guarnição N.º 1, Angra do Heroísmo;
- Regimento de Guarnição N. º 2, Ponta Delgada.

Ao longo das primeiras cinco semanas, estes futuros militares do Exército frequentam a Instrução Básica, que finaliza com o Juramento de Bandeira, seguindo-se mais duas fases de instrução: a Instrução Complementar (IC), com a duração de sete semanas, e a Formação de Especialidade, onde recebem uma formação específica referente à sua especialidade, cuja duração varia consoante a mesma.



https://www.facebook.com/ExercitoPortuguesPRT/photos/pcb.2659667774281904/2659670464281635/?type=3&theater

O que era bom era o Exército conseguir aumentar, anualmente, o efectivo de Praças, em 500 efectivos, no minimo !! ;)

Abraços

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 3604
  • Recebeu: 856 vez(es)
  • Enviou: 192 vez(es)
  • +175/-86
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1722 em: Novembro 23, 2020, 08:59:16 pm »
Nunca aqui foi dito que o excesso de oficiais em geral nas FA, era positivo. Muito pelo contrário, se há local onde mais se crítica esta desproporção oficiais/praças, é aqui mesmo neste Fórum.
 

*

LM

  • Investigador
  • *****
  • 1428
  • Recebeu: 285 vez(es)
  • Enviou: 1248 vez(es)
  • +213/-7
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1723 em: Novembro 24, 2020, 05:05:30 pm »
Não sei se já cá estava...

Tribunal chumba compra de 8,3 milhões no Exército. Júri ignorou peritos e escolheu proposta mais cara

Citar
Exército confirma que negócio, que se arrastava há dois anos, volta ao início.

Tribunal de Contas (TC) chumbou um contrato assinado há três meses pelo Exército para comprar, por 8,3 milhões de euros, 1485 monóculos de visão noturna.

Os juízes dizem que as propostas concorrentes foram mal avaliadas, violando a lei e ignorando pareceres entregues ao júri do concurso por peritos da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL).

Fonte oficial do Exército adianta à TSF que na sequência da recusa de visto vai ser aberto um novo processo para "colmatar, em 2021, as entregas previstas para este ano".

O acórdão, com data de 2 de novembro e consultado pela TSF, sobre um concurso que se arrastava há dois anos com queixas da empresa entretanto derrotada, critica a forma como foi decidido o negócio.

As duas propostas que chegaram ao Exército foram mal avaliadas, por exemplo com uma fórmula "pouco transparente", violando vários artigos do Código dos Contratos Públicos (CCP).

O critério usado foi o da melhor relação qualidade-preço, mas a melhor solução era afinal aquela que não foi escolhida e que teria, afinal, idêntica qualidade e pouparia 667 mil euros aos cofres do Estado.

A decisão diz que "dada a elevada tecnicidade dos equipamentos a adquirir, o júri do concurso foi apoiado, no exercício da sua função, por peritos designados pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL)".

No entanto, o júri acabou por "desconsiderar na totalidade o relatório apresentado pelos peritos da FCUL e os respetivos testes laboratoriais, determinando que a avaliação das propostas fosse única e exclusivamente feita tendo por base a documentação técnica constante das propostas" das empresas, com os juízes a sublinharem que os documentos apresentavam discrepâncias, pelo menos num ponto: a autonomia dos monóculos de visão noturna.

"Não se compreende que, perante a discrepância de valores em dois documentos do fabricante, constantes da proposta, não tenha o júri procurado esclarecimentos adicionais em busca da verdade", detalha o acórdão.

Ignorando os testes da entidade independente, que indicavam 57 horas de autonomia, o júri escolheu a documentação que referia uma autonomia de 40 horas fazendo com que a proposta mais barata ficasse para trás.

Se não fosse ignorado o teste dos peritos da FCUL, o TC refere que a proposta perdedora ficaria empatada no critério do "mérito técnico", num desempate que seria decidido a favor da proposta mais barata.

Questionado pela TSF sobre a recusa de visto, o Exército diz que "pretende mitigar esta situação através do início de um novo processo aquisitivo e assim conseguir colmatar, em 2021, as entregas previstas para este ano, tendo em consideração que se trata de um procedimento plurianual, com pagamentos e entregas faseadas até 2026".
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 3607
  • Recebeu: 1949 vez(es)
  • Enviou: 3716 vez(es)
  • +1690/-107
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1724 em: Novembro 24, 2020, 11:18:47 pm »
Mais uns que não vão receber luvas.
Talent de ne rien faire
 

 

Unidades do Exército a "criar"

Iniciado por PereiraMarques

Respostas: 0
Visualizações: 3508
Última mensagem Junho 16, 2006, 01:28:18 pm
por PereiraMarques
Qual deveria ser a prioridade para o Exército até 2015-2020?

Iniciado por HSMW

Respostas: 267
Visualizações: 48026
Última mensagem Maio 29, 2020, 03:16:12 am
por dc
Praças Exército, qual a melhor solução, custo/benefício ?

Iniciado por typhonman

Respostas: 7
Visualizações: 320
Última mensagem Hoje às 05:44:44 pm
por Cabeça de Martelo
Novo sistema Anti-Carro para o Exército

Iniciado por typhonman

Respostas: 2
Visualizações: 3283
Última mensagem Julho 27, 2004, 09:27:57 pm
por Spectral
Qual o helicóptero para o gale? - Helicópteros do Exército

Iniciado por antoninho

Respostas: 49
Visualizações: 19627
Última mensagem Junho 24, 2006, 10:15:48 am
por fealcap