Notícias do Exército Português

  • 1716 Respostas
  • 428826 Visualizações
*

asalves

  • Perito
  • **
  • 572
  • Recebeu: 207 vez(es)
  • Enviou: 71 vez(es)
  • +36/-9
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1665 em: Agosto 05, 2020, 01:48:22 am »
O curioso é que os que advogam estas compritas são os mesmo que dizem que não vale a pena investir em determinados tipos de sistemas porque não há risco/adversários. Vem-me à memória sistemas SAM de médio e longo alcance, por exemplo. São também os mesmos que ficam caladinho quando se fala nas duas dezenas de AMRAAM e nos Niner Lima do século passado. São os mesmos que estão contentes com o excesso de generais e oficiais superiores nas FFAA. Sao os mesmos que sentem orgulho nos arrastões desarmados da Marinha. São os mesmos que se orgulham dos louvores atribuídos por mudar lâmpadas e servir croquetes.

NVF como fui eu que respondi ao asalves, penso que devo ser eu responder.

Sim, sou a favor desta aquisição porque já era uma velha aspiração do Regimento Paraquedista e do Comando da Brigada. Sim porque são viaturas que vão desempenhar uma função bastante clara no seio do BOAT. Não, eu não sou a favor de termos não sei quantos Generais e também acho que tem que se cortar o topo da hierarquia e aumentar o número de Praças. Não, não estou satisfeito pela quantidade e variedade de armamento nos nossos F-16, até porque tenho uma certa panca por toda uma série de misseis que não passa pelos EUA. Para mim a artilharia anti-aérea do Exército está a precisar de uma modernização para ontem. Dito isto penso que há um programa relacionado com esses meios, só que os mesmos não passam por algo do género que tu falaste. Também não acredito que haja pessoas satisfeitas por verem NPO/Patrulhas armados só com Brownings, mas também não sou adepto de transformar os ditos navios em Corvetas ou pseudo-corvetas.

Não vou argumentar consigo sobre a utilidade das viaturas pois percebe mais do que eu.

Mas posso argumentar que certamente havia melhor sitio (com mais valor militar para o exercito ou FA) para aplicar esses 1,16 millhões € do que comprar 10 viaturas
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 16034
  • Recebeu: 1370 vez(es)
  • Enviou: 1266 vez(es)
  • +211/-201
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1666 em: Agosto 05, 2020, 10:48:14 am »
Atenção que tivemos um membro aqui no Fórum que defendia os NPOs desarmados, porque "os piratas vêem um navio cinzento e fogem".  :mrgreen:

Eu não sou contra esta aquisição, porque o investimento é tão simbólico que não afecta em nada os restantes programas (falta vontade, não dinheiro).

Acha que 1 milhão é pouco? é que milhão aqui, milhão ali já tínhamos guito para "armar" 1 NPO, e é só por isso que "reclamo" com despesas que pouco valor acrescentam.

No Operacional está um artigo sobre os testes que se fez a dois destes tipos de viatura. Veja a data e perceba que muito antes desses testes já o Comando da Brigada/Regimento tinha assinalado a necessidade deste tipo de viatura. Se pensa que por terem investido na aquisição destas viaturas para o BOAT, a Marinha não tem orçamento para os canhões para os NPO...lamento, mas pelos vistos não conhece como se faz os orçamentos e se adquire o equipamento/armamento X em detrimento do Y.

Para colocar a questão de uma forma simples, eu consigo colocar aqui fotografias de pessoal do RAAA1 com SCAR e Minimi nas mãos, consegue fazer o mesmo para o Corpo de Fuzileiros? Não consegue, pois não. Eu consigo colocar fotografias de Pandur do GRec do RC6, consegue fazer o mesmo para o Corpo de Fuzileiros?
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

LM

  • Investigador
  • *****
  • 1347
  • Recebeu: 266 vez(es)
  • Enviou: 1205 vez(es)
  • +207/-7
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1667 em: Agosto 05, 2020, 11:12:46 am »
Um pequeno investimento que a nossa tropa "ligeira de elite" diz necessitar e que não serve apenas para ser lançado de para-quedas... equipamento mais leve que o existente (Toyotas, ST5?), em pequeno numero... não vejo razão para "rasgar as vestes".
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 3525
  • Recebeu: 1899 vez(es)
  • Enviou: 3635 vez(es)
  • +1558/-102
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1668 em: Agosto 05, 2020, 01:23:45 pm »
@CdM – não me estava a dirigir a ti em particular. Era uma observação genérica, mas se enfiaste o garruço...  :mrgreen:

Mas quanto ao assunto em apreço, até se podia tratar da aquisição de fisgas, ou aspiradores Dyson, desde que seja para os teus páras vais sempre apoiar.  ;D
Talent de ne rien faire
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 9572
  • Recebeu: 1147 vez(es)
  • Enviou: 2561 vez(es)
  • +168/-48
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1669 em: Agosto 05, 2020, 02:24:12 pm »
https://www.exercito.pt/pt/informa%C3%A7%C3%A3o-p%C3%BAblica/jornal-do-exercito

Já está disponível a edição de Maio do JE com destaque para a missão na RCA.
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 16034
  • Recebeu: 1370 vez(es)
  • Enviou: 1266 vez(es)
  • +211/-201
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1670 em: Agosto 05, 2020, 03:02:15 pm »
@CdM – não me estava a dirigir a ti em particular. Era uma observação genérica, mas se enfiaste o garruço...  :mrgreen:

Mas quanto ao assunto em apreço, até se podia tratar da aquisição de fisgas, ou aspiradores Dyson, desde que seja para os teus páras vais sempre apoiar.  ;D

Eu e tu, já que eu estava a falar para o asalves. :mrgreen:

Eu defendo acima de tudo o contribuinte Português, contribuinte esse que na maior parte das vezes está a defecar para a tropa, será ele mesmo o principal beneficiário em termos umas Forças Armadas com cabeça, tronco e membros, especialmente se essa cabeça for pensante, esse tronco tiver resiliência e os membros forem fortes e capazes.

Como disse antes, esta aquisição já é um projecto muito antigo e que finalmente foi levada a bom porto. Faltam mais uns quantos que nos iam aumentar e muito a operacionalidade.

Há coisas que eu não percebo no Exército, muitas decisões feitas em cima do joelho em prole da facção a ou b e em detrimento da operacionalidade no todo, esta não é uma delas.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

smg

  • Membro
  • *
  • 94
  • Recebeu: 126 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +58/-1
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1671 em: Agosto 05, 2020, 08:59:28 pm »
Boa noite . Deixo aqui uma reportagem da Sinal TV sobre as patrulhas do EP no concelho de Boticas na prevenção dos incêndios para quem quiser ver .
P.S. Quando o comandante do R.I. 19 é entrevistado , pode-se ver ao lado um cartaz onde está escrito  Brigada de Intervenção Pandur mechanized brigade . Pelos vistos em inglês a BrigInt é uma 'mechanized brigade ' . Por isso não sei se aqueles 4 veículos Pandur que vão ser modificados irão para a BrigMec em Santa Margarida , ou simplesmente ficarão na BrigInt .
Um abraço .
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 3411
  • Recebeu: 771 vez(es)
  • Enviou: 177 vez(es)
  • +159/-71
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1672 em: Agosto 05, 2020, 09:50:45 pm »
Atenção que tivemos um membro aqui no Fórum que defendia os NPOs desarmados, porque "os piratas vêem um navio cinzento e fogem".  :mrgreen:

Eu não sou contra esta aquisição, porque o investimento é tão simbólico que não afecta em nada os restantes programas (falta vontade, não dinheiro).

Acha que 1 milhão é pouco? é que milhão aqui, milhão ali já tínhamos guito para "armar" 1 NPO, e é só por isso que "reclamo" com despesas que pouco valor acrescentam.

Mas o orçamento para as armas dos NPO já está orçamentado na LPM. Só não compraram por falta de vontade. Ou seja são dois programas paralelos. Aqueles 1.16 milhões arranjam mais facilmente se cortarem 10/15% do número de oficiais, e só em salários que se poupam. Num país a sério, esse valor é microscópico.  ::)
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 6794
  • Recebeu: 2991 vez(es)
  • Enviou: 1559 vez(es)
  • +1536/-109
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1673 em: Agosto 16, 2020, 07:27:00 pm »
Espectáculo já nem as RC são feitas por nós. :bang:

https://mobile.twitter.com/Defence360/status/1295027960110616576

Abraços
« Última modificação: Agosto 16, 2020, 07:38:00 pm por tenente »
 

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 1818
  • Recebeu: 241 vez(es)
  • Enviou: 450 vez(es)
  • +12/-1
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1674 em: Agosto 16, 2020, 08:27:04 pm »
Já lá vai uns bons anos desde que é assim: Portuguese MRE.

Portugal 24 Hour Ration Menu #4 Ração, individual de Combate

Made in España.

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 

*

Lusitan

  • Perito
  • **
  • 449
  • Recebeu: 140 vez(es)
  • Enviou: 153 vez(es)
  • +151/-12
  • Hic et Ubique
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1675 em: Agosto 17, 2020, 11:02:43 am »
Estás a esquecer-te da arma secreta: temos muitos militares profissionais com alguma idade que podem mudar lâmpadas à velocidade da luz, bater-chapa e esgalhar saneamento básico enquanto o diabo esfrega um olho. Resumindo, os nuestros hermanos iam ficar no escuro, com as suas viaturas todas amolgadas e enterrados em merda.

Digo isto sem nenhum prazer mas apenas olhando pela lente da realidade.
Nunca poderíamos combater por terra com os espanhóis porque eles têm um exército e nós não. Temos no ponto de vista formal mas não no ponto de vista operacional e militar do termo. O que há é uma pequena componente militar terrestre quase simbólica, muito mal equipada em efectivos e equipamento. Com gigantescas lacunas e ausência de inúmeras valências e capacidades que definem um exército.

Nem no ar. Uma força aérea com uma vintena de F-16's com sensores muito limitados. Misseis Sidewinder completamente obsoletos e um nº residídual de AMRAAM's. Que nem descolariam porque não teriam qualquer hipótese contra os Typhoon Tranch 2 espanhóis equipados com os Meteor e Iris-T que existem largas centenas no inventário deles.

No mar, as 5 fragatas seriam completamente obliteradas a partir do ar. Nem era necessário intervir as F100. Os nossos 2 submarinos (os únicos meios com valor militar que temos e que o tuga palerma e muitos políticos ignorantes não queriam que tivéssemos) era o que poderia criar alguns problemas sérios aos espanhóis. Mas só dois não dá para nada e não impediriam também os planos do invasor por mar.

No passado com mais ou menos desequilíbrios de um dos lados, ambos os países tinham exércitos ou FA's. No séc. XXI só um dos lados é que tem. E o outro não tem qualquer capacidade de garantir a soberania do território por mais de umas quantas horas.

É lidar!

Estes vídeos são muito giros... mas básicos. Como ficou provado em muitos cenários de guerra ao longo da história, invadir é so parte da história. O díficil é a ocupação. O plano militar português há muitos anos (desde a II Guerra Mundial) que tem como estratégia o atraso das forças invasoras o máximo de tempo possível (até à chegada de aliados) e depois passar a resistência à ocupação. As regiões montanhosas do interior seriam locais de resistência activa. A Marinha teria a função principal de garantir que os Açores se manteriam livres para continuar o governo em território nacional e não para batalhas navais desproporcionais. A Força Aérea seria muito provavelmente transferida para o Faial.
Entretanto em Portugal a ideia seria aumentar os custos dos ocupantes, virar o país num Afeganistão dos Espanhóis.
 

*

Turlu

  • Membro
  • *
  • 130
  • Recebeu: 44 vez(es)
  • Enviou: 68 vez(es)
  • +19/-0
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1676 em: Agosto 17, 2020, 01:49:54 pm »
Estás a esquecer-te da arma secreta: temos muitos militares profissionais com alguma idade que podem mudar lâmpadas à velocidade da luz, bater-chapa e esgalhar saneamento básico enquanto o diabo esfrega um olho. Resumindo, os nuestros hermanos iam ficar no escuro, com as suas viaturas todas amolgadas e enterrados em merda.

Digo isto sem nenhum prazer mas apenas olhando pela lente da realidade.
Nunca poderíamos combater por terra com os espanhóis porque eles têm um exército e nós não. Temos no ponto de vista formal mas não no ponto de vista operacional e militar do termo. O que há é uma pequena componente militar terrestre quase simbólica, muito mal equipada em efectivos e equipamento. Com gigantescas lacunas e ausência de inúmeras valências e capacidades que definem um exército.

Nem no ar. Uma força aérea com uma vintena de F-16's com sensores muito limitados. Misseis Sidewinder completamente obsoletos e um nº residídual de AMRAAM's. Que nem descolariam porque não teriam qualquer hipótese contra os Typhoon Tranch 2 espanhóis equipados com os Meteor e Iris-T que existem largas centenas no inventário deles.

No mar, as 5 fragatas seriam completamente obliteradas a partir do ar. Nem era necessário intervir as F100. Os nossos 2 submarinos (os únicos meios com valor militar que temos e que o tuga palerma e muitos políticos ignorantes não queriam que tivéssemos) era o que poderia criar alguns problemas sérios aos espanhóis. Mas só dois não dá para nada e não impediriam também os planos do invasor por mar.

No passado com mais ou menos desequilíbrios de um dos lados, ambos os países tinham exércitos ou FA's. No séc. XXI só um dos lados é que tem. E o outro não tem qualquer capacidade de garantir a soberania do território por mais de umas quantas horas.

É lidar!

Estes vídeos são muito giros... mas básicos. Como ficou provado em muitos cenários de guerra ao longo da história, invadir é so parte da história. O díficil é a ocupação. O plano militar português há muitos anos (desde a II Guerra Mundial) que tem como estratégia o atraso das forças invasoras o máximo de tempo possível (até à chegada de aliados) e depois passar a resistência à ocupação. As regiões montanhosas do interior seriam locais de resistência activa. A Marinha teria a função principal de garantir que os Açores se manteriam livres para continuar o governo em território nacional e não para batalhas navais desproporcionais. A Força Aérea seria muito provavelmente transferida para o Faial.
Entretanto em Portugal a ideia seria aumentar os custos dos ocupantes, virar o país num Afeganistão dos Espanhóis.

Transferir a Força Aérea para o Faial ou para a Terceira (Lajes)?
Com gente tola e toiros, paredes bem altas! - ditado popular da Ilha Terceira
 

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 2066
  • Recebeu: 850 vez(es)
  • Enviou: 368 vez(es)
  • +806/-31
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1677 em: Agosto 17, 2020, 06:02:15 pm »
Estes vídeos são muito giros... mas básicos. Como ficou provado em muitos cenários de guerra ao longo da história, invadir é so parte da história. O díficil é a ocupação. O plano militar português há muitos anos (desde a II Guerra Mundial) que tem como estratégia o atraso das forças invasoras o máximo de tempo possível (até à chegada de aliados) e depois passar a resistência à ocupação. As regiões montanhosas do interior seriam locais de resistência activa. A Marinha teria a função principal de garantir que os Açores se manteriam livres para continuar o governo em território nacional e não para batalhas navais desproporcionais. A Força Aérea seria muito provavelmente transferida para o Faial.
Entretanto em Portugal a ideia seria aumentar os custos dos ocupantes, virar o país num Afeganistão dos Espanhóis.

Resistência activa no interior com quem?
Com as FA que o poder político está a desmantelar pelo menos nos últimos 20 anos?
Ou com a população que se vê impedida de ter até uma arma de defesa?

E se lhe disser que neste preciso momento, todos os civis que tentam renovar a licença de arma de defesa (estamos a falar de umas 10 000 pessoas, veja lá), vêem o seu processo recusado!? Mesmo que a pessoa, perante um rol tão vasto de exigências, não deu um único argumento para que a PSP inviabilize a renovação da licença!

No meu caso que tenho arma de defesa à 20 anos e sou atirador desportivo (essa sim já foi renovada pela PSP), quando desloquei-me à PSP para renovar a licença de arma de defesa e a de tiro desportivo/coleccionador de armas, avisaram-me logo na PSP que todos os pedidos de renovação de licença de defesa estavam a ser indeferidos! Pergunto eu, a falta de segurança deve-se a quem tem licença de arma de defesa, armas, seguro, cofre?

Ainda poderiam argumentar nos caçadores que são uns 300 000, concentrados principalmente no norte e centro do país e que não estão sujeitos a tanto exame como no meu caso. Eu tenho de fazer pelo menos 2 provas de tiro anual à frente de um juíz da Federação Portuguesa de Tiro!

Só para renovar as minhas licenças, para além dos 255€, tive de apresentar:
- Registo Criminal;
- Atestado médico (para além do atestado médico e exame médico-desportiva que tenho de entregar anualmente na Federação);
- Seguro que cubra a prática de tiro e as armas que transporto;
- Fotos do cofre das armas aberto e fechado, com boa resolução para permitir verificar que cumpre os requisitos legais;
- Factura a comprovar a minha morada;
- Comprovativo de profissão;
- 2 fotos;
- Preencher uns 6 impressos na PSP.

Aguardar que a PSP decida (já avisaram que será em princípio recusada, só renovam a licença desportiva) e depois dão um prazo de 2 anos para vender a minha arma de defesa já com 20 anos a quem? Se vão retirar as licenças a toda a gente?

Parece que está em curso o desarmamento total da população, seja militar ou civil e sem motivos nenhuns para tal, aliás para eu perder a licença bastava tão só conduzir com 0,5% de álcool e lá se íam as licenças!

Vamos defender o país e defendermo-nos a nós com paus e pedras?
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 3525
  • Recebeu: 1899 vez(es)
  • Enviou: 3635 vez(es)
  • +1558/-102
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1678 em: Agosto 17, 2020, 06:26:47 pm »
Com a desmantelamento e o denegrir constante da instituição militar — em grande parte perpetrado a partir do interior desta — levado a cabo nos últimos 50 anos, aliado à desconfiança generalizada na classe política e nas elites em geral, tenho poucas dúvidas que o povinho veria os espanhóis como libertadores e não haveria lugar a grandes resistências. Quanto aos aliados, nem vou comentar.
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente

*

perdadetempo

  • Perito
  • **
  • 569
  • Recebeu: 189 vez(es)
  • Enviou: 370 vez(es)
  • +50/-2
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1679 em: Agosto 17, 2020, 07:29:01 pm »
Sob a rubrica "B0094/2018- Aquisição de diversos equipamentos no âmbito do projeto Sistemas de Combate do Soldado (Monóculo Intensificador de Imagem ; Apontador luminador ; Lanterna; Beacon IFF; Monóculo Térmico; Módulo de Localização de Alvos )"

apareceram recentemente cinco contractos públicos no portal base.gov no valor total de +15 M €
Lote 1
http://www.base.gov.pt/base2/rest/documentos/832360
Lote2
http://www.base.gov.pt/base2/rest/documentos/832363
Lote 3
http://www.base.gov.pt/base2/rest/documentos/832366
Lote 4
http://www.base.gov.pt/base2/rest/documentos/832368
Lote 6
http://www.base.gov.pt/base2/rest/documentos/832369
Faltará aparecer o Lote 5 e os fornecedores escolhidos foram a NTG defence e a Antero Lopes.

Cumprimentos,

nota: Os contractos são plurianuais e para 2020 está ptrevista a quisição de 160 sistemas dos lotes 1,2,3 e 4.
« Última modificação: Agosto 17, 2020, 07:38:12 pm por perdadetempo »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

 

Unidades do Exército a "criar"

Iniciado por PereiraMarques

Respostas: 0
Visualizações: 3474
Última mensagem Junho 16, 2006, 01:28:18 pm
por PereiraMarques
Qual deveria ser a prioridade para o Exército até 2015-2020?

Iniciado por HSMW

Respostas: 267
Visualizações: 47820
Última mensagem Maio 29, 2020, 03:16:12 am
por dc
Novo sistema Anti-Carro para o Exército

Iniciado por typhonman

Respostas: 2
Visualizações: 3246
Última mensagem Julho 27, 2004, 09:27:57 pm
por Spectral
Qual o helicóptero para o gale? - Helicópteros do Exército

Iniciado por antoninho

Respostas: 49
Visualizações: 19570
Última mensagem Junho 24, 2006, 10:15:48 am
por fealcap
Relação Unidades do Exército face à ultima reestruturação

Iniciado por PereiraMarques

Respostas: 62
Visualizações: 18743
Última mensagem Março 02, 2007, 09:56:51 pm
por Artic Fusion