EMBRAER

  • 178 Respostas
  • 40092 Visualizações
*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4138
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 285 vez(es)
  • +638/-715
Re: EMBRAER
« Responder #165 em: Maio 23, 2019, 03:42:52 pm »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4138
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 285 vez(es)
  • +638/-715
Re: EMBRAER
« Responder #166 em: Maio 24, 2019, 08:14:02 pm »
‘Boeing Brasil – Commercial’ é o novo nome da Embraer na aviação comercial


Citar
Segundo a Folha de São Paulo, Boeing Brasil – Commercial é o nome da nova empresa resultante da compra da divisão de aviação comercial da brasileira Embraer pela gigante aeroespacial norte-americana. A joint-venture entre Boeing e Embraer não inclui a divisão de jatos executivos.

A escolha foi conservadora. Ainda há dúvida entre executivos da nova empresa sobre o impacto da aquisição no mercado e, especialmente, o temor de ferir sensibilidades políticas brasileiras. Daí o Brasil com “s”, ainda que seguido pelo “comercial” em inglês.

A Embraer foi estatal de sua criação pelos militares, em 1969, até 1994, e é a maior exportadora nacional de produtos com alto valor agregado. É vista como a joia da coroa industrial em um país cuja balança comercial é ancorada em commodities.

Assim, a decisão de imagem mais importante ainda vai demorar alguns meses: o nome a ser adotado pela série E-Jets E2, a continuação da bem-sucedida família de jatos regionais da Embraer que atraiu a Boeing em primeiro lugar a buscar o negócio.

FONTE:  https://www.aereo.jor.br/2019/05/23/boeing-brasil-commercial-e-o-novo-nome-da-embraer-na-aviacao-comercial/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4138
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 285 vez(es)
  • +638/-715
Re: EMBRAER
« Responder #167 em: Maio 24, 2019, 08:15:54 pm »
O que sobra da Embraer depois da venda para a Boeing


A Força Aérea Brasileira levanta dúvidas sobre o futuro da Embraer que sobrará após a venda da área comercial aos americanos da Boeing

Citar
Enquanto avança o processo de formação da sociedade entre as fabricantes de aviões Boeing e Embraer na aviação comercial, novos detalhes sobre a negociação têm emergido.

Em um parecer sigiloso apresentado em dezembro, ao qual EXAME teve acesso, o comando da Aeronáutica diz que a primeira proposta feita pela empresa americana, no final de 2017, previa a aquisição de toda a operação da Embraer.

Na ocasião, segundo o documento, o governo avisou que vetaria a compra para preservar seu interesse estratégico na divisão militar, responsável por 8% das receitas da Embraer.

No formato final da transação, aprovada em fevereiro pelos acionistas, a seção de defesa e a de jatos executivos continuam sob controle nacional. Mas a Força Aérea levanta dúvidas sobre o futuro da Embraer que sobrará após a venda da área comercial aos americanos.

O relatório aponta que a área de desenvolvimento de produtos é atualmente compartilhada entre as unidades e deve ser transferida para a divisão comercial. Isso ameaçaria a competitividade das restantes.

O comando militar ainda indica que, pela competência da equipe de engenharia, a empresa brasileira teria papel fundamental em ajudar a Boeing a substituir seu modelo 737 Max, envolvido em duas grandes tragédias nos últimos meses. A parceria também resolveria “do dia para a noite” as dificuldades da Embraer em levantar capital para crescer. Para a efetivação do negócio, só falta a apreciação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica.

FONTE: Exame  -  https://www.aereo.jor.br/2019/05/23/o-que-sobra-da-embraer-depois-da-venda-para-a-boeing/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4138
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 285 vez(es)
  • +638/-715
Re: EMBRAER
« Responder #168 em: Maio 24, 2019, 08:25:32 pm »
Boeing Brasil – Commercial


Citar
Boeing Brasil – Commercial é o nome da empresa que resultou da fusão entre a companhia brasileira e a empresa aérea norte-americana. O nome foi anunciado pela Boeing na tarde desta quinta-feira (23).

A fusão entre as duas empresas foi formalizada em janeiro. A Boeing Brasil – Commercial terá 80% de controle americano e 20%, da Embraer. A compra da linha civil custou US$ 4,2 bilhões (cerca de R$ 17 bilhões) à empresa norte-americana, que também terá 49% de uma joint-venture para comercialização do cargueiro KC-390 da Embraer.

Em São José dos Campos, a marca Embraer continua na unidade de Eugênio de Melo, onde fica o setor de engenharia. A empresa brasileira continua também com as fábricas de Gavião Peixoto, Botucatu, Eugênio de Melo, OGMA (Portugal) e Melbourne (EUA).

A empresa fundada em São José em agosto de 1969 continuará existindo no Brasil e no mundo, atuando nos mercados de defesa e segurança, aviação executiva, aviação agrícola e serviços, além de participações em outras joint venture.

A aquisição do setor de aviação comercial da Embraer pela Boeing foi aprovada pelos acionistas da fabricante brasileira em fevereiro. A fusão ainda depende da aprovação dos órgãos regulatórios de mercado. A expectativa é que isso ocorra até o final deste ano.

FONTE:  https://www.aereo.jor.br/2019/05/24/video-boeing-brasil-commercial/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4138
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 285 vez(es)
  • +638/-715
Re: EMBRAER
« Responder #169 em: Junho 13, 2019, 08:10:41 pm »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW


*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4138
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 285 vez(es)
  • +638/-715
Re: EMBRAER
« Responder #171 em: Junho 18, 2019, 02:50:50 pm »
EMBRAER e ELTA criam um novo segmento de mercado com o lançamento do P600 AEW


Citar
Paris, França, 18 de junho de 2019 – A EMBRAER Defensa & Segurança e a ELTA Systems Ltd (ELTA), subsidiária da Israel Aerospace Industries (IAI), assinaram, no Paris Air Show, um Acordo de Cooperação Estratégica para desenvolvimento do P600 AEW (Alerta Aéreo Antecipado).

Concebido para atuar em um novo segmento do mercado de AEW, esta aeronave de última geração é baseada na moderna plataforma super midsize do jato executivo EMBRAER Praetor 600. O sensor primário do P600 AEW é o radar AESA (Digital Active Scanned Array) de 4ª geração da IAI/ELTA com capacidade de IFF integrada.

Nessa cooperação, a EMBRAER Defensa & Segurança fornecerá a plataforma aérea, sistemas de solo, sistemas de comunicações e integração de aeronaves, enquanto a IAI-ELTA fornecerá o radar AEW, SIGINT (inteligência de sinais) e outros sistemas eletrônicos.

O P600 AEW abrange o crescente mercado para capacidade aeroembarcadas de inteligência, vigilância e reconhecimento para países que exigem soluções economicamente viáveis, de alto desempenho e flexíveis para missões de defesa e segurança interna. O EMBRAER Praetor 600 é o jato executivo super midsize de melhor desempenho de sua categoria, oferecendo alcance intercontinental com excelente capacidade de carga útil, alta disponibilidade e confiabilidade, curto tempo de retomada de operação e baixo custo de ciclo de vida.

Juntamente com a tecnologia de ponta dos sensores da ELTA, a solução P600 AEW oferece os benefícios de sistemas comprovados e avançados e recursos disponibilizados, até agora, apenas em plataformas muito maiores.

O P600 AEW pode fornecer imagens situacionais de aérea integradas e estendidas monitorando a atividade aérea em áreas fora da cobertura dos radares terrestres. Pode executar várias missões, tais como defesa aérea, alerta antecipado, comando e controle, eficiência da frota de combate, defesa territorial e vigilância marítima.

Além disso, o P600 AEW pode ser configurado com uma vasta gama de sistemas de sensores de controle para alerta antecipado, incluindo a 4ª geração de radar AEW AESA Digital, IFF civil e militar, ESM/ELINT com capacidade de recepção de ameaças-radar, comando e controle, pacote de comunicação abrangente, incluindo redes de dados e links via satélite, além de um robusto sistema de autoproteção (SPS).

Uma solução de comunicações abrangente permite a capacidade de link de dados, bem como a comunicação por satélite para operações além da linha de visada. Também assegura a interoperabilidade com as forças aliadas. O recurso de guerra centrada em rede (NCW) transforma o P600 AEW em um membro de uma rede tática. Um sistema avançado de autoproteção (SPS) realiza a detecção de ameaças potenciais, ativando quaisquer medidas de suporte eletrônico necessárias.

“Esta plataforma oferece desempenho e flexibilidade superiores resultando na melhor proposta de valor em sua categoria”, disse Jackson Schneider, presidente e CEO da EMBRAER Defensa & Segurança. “Ele pode ser facilmente configurado para atender às necessidades do cliente e poder executar uma ampla variedade de missões de uma maneira mais eficiente e econômica”.

“Como parte da nova estratégia da IAI, estamos intensificando nossas colaborações com empresas globais, alavancando o know-how e a tecnologia acumulada ao longo de décadas de operações nas áreas aeroespacial e de defesa. Como pioneiros dos jatos executivos AEW, a ELTA Systems fez grandes progressos ao longo dos anos para oferecer recursos AEW econômicos para as crescentes necessidades globais” disse Yoav Tourgeman, presidente da ELTA e vice-presidente executivo da IAI. “Essa parceria forjada com a EMBRAER Defensa & Segurança nos permite introduzir um novo segmento de mercado, oferecendo um sistema AEW econômico em plataforma executiva de médio porte”.

Sobre a EMBRAER

Empresa aeroespacial global com sede no Brasil, a EMBRAER completa 50 anos de atuação nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança, Aviação Agrícola. A Companhia projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer Serviços & Suporte a clientes no pós-venda.

Desde que foi fundada, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros.

A EMBRAER é líder na fabricação de jatos comerciais de até 150 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.

Sobre a Israel Aerospace Industries

A IAI Ltd. é a maior empresa aeroespacial e de defesa de Israel e líder mundial em tecnologia e inovação, especializada no desenvolvimento e fabricação de sistemas avançados para segurança aérea, espacial, marítima, terrestre, cibernética e doméstica. Desde 1953, a empresa fornece soluções tecnológicas avançadas para clientes governamentais e comerciais em todo o mundo, incluindo: satélites, mísseis, sistemas de armas e munições, sistemas não tripulados e robóticos, radares, C4ISR e muito mais. A IAI também projeta e fabrica jatos executivos e aeroestruturas, realiza revisão e manutenção em aeronaves comerciais e converte aeronaves de passageiros em configurações de reabastecimento e carga.

FONTE: http://www.defesanet.com.br/embraer/noticia/33251/EMBRAER-e-ELTA-criam-um-novo-segmento-de-mercado-com-o-lancamento-do-P600-AEW-/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4138
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 285 vez(es)
  • +638/-715
Re: EMBRAER
« Responder #172 em: Junho 19, 2019, 09:48:47 pm »

Embraer’s New E195-E2 Airliner Soars at Paris Air Show 2019
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4138
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 285 vez(es)
  • +638/-715
Re: EMBRAER
« Responder #173 em: Junho 19, 2019, 09:50:49 pm »

Embraer’s Praetor 600 Flies at Paris Air Show 2019
 

*

Lusitaniae

  • Membro
  • *
  • 209
  • Recebeu: 45 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +16/-175
Re: EMBRAER
« Responder #174 em: Junho 19, 2019, 09:58:46 pm »

Embraer’s Praetor 600 Flies at Paris Air Show 2019

Que grande máquina!

Uns 3 destes para substituir os Falcon, é que era!
Abbati, medico, potronoque intima pande
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4138
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 285 vez(es)
  • +638/-715
Re: EMBRAER
« Responder #175 em: Agosto 19, 2019, 05:39:29 pm »
Embraer celebra 50 anos com foco nas próximas décadas


São José dos Campos, 19 de agosto de 2019 – A Embraer celebra hoje seu aniversário de 50 anos de fundação com uma festa em São José dos Campos, na sede da Empresa, reunindo funcionários, autoridades e parceiros comerciais. O evento, que pode ser acompanhado ao vivo no link https://embraer.com/br/pt/50-anos, será o ponto alto de uma série de atividades que a Empresa preparou ao longo de todo o ano para relembrar suas cinco décadas de inúmeras conquistas, desafios superados e inovações tecnológicas, em uma das mais fascinantes histórias da indústria aeronáutica.

Para compartilhar essa jornada e resgatar detalhes históricos, a Embraer já tem promovido ações globais de exposição pública que permeiam uma agenda especial no Brasil e no exterior, como participação em eventos e airshows nas Américas, Europa, Oriente Médio e Ásia, voos demonstrativos, exposição de aeronaves atuais e antigas e um livro comemorativo.

“A Embraer é resultado da determinação de visionários que queriam transformar o impossível em realidade – e conseguiram. É isso que queremos contar com essas ações em um momento histórico da Companhia. Foi com esse ímpeto que crescemos, chegamos aos 50, e assim continuaremos pelas próximas décadas”, diz Francisco Gomes Neto, presidente e CEO da Embraer.

Essa jornada de 50 anos, contada por meio da campanha digital “Journey of Wonder”, levou a Embraer a se posicionar como líder global na fabricação de jatos comerciais para até 150 passageiros e a conquistar o prestígio no disputado mercado da aviação executiva. A ser pioneira no desenvolvimento, certificação e fabricação em série da primeira aeronave a etanol e a desenvolver, em conjunto com a Força Aérea Brasileira, produtos únicos para o mercado de defesa e segurança, criando um portfólio completo de produtos e serviços para apoiar clientes em mais de 100 países. Tudo isso em reverência ao EMB-110 Bandeirante, aeronave que deu vida à companhia e que permitiu ao Brasil figurar no seleto grupo de países que detém conhecimento para atuar no ciclo completo da cadeia aeronáutica.


Ainda como parte da celebração, a Embraer promove a campanha publicitária global “Movida a desafios, guiada por sonhos”. Com presença em mídias programáticas e nas redes sociais da empresa, anúncios em jornais e revistas, além de um filme publicitário, a campanha conta a história de superação da companhia e suas conquistas, evidenciando o protagonismo de seu capital humano e tecnológico na indústria aeronáutica mundial.

Na página da Embraer na internet (http://www.embraer.com.br) é possível acessar um hotsite com conteúdo exclusivo sobre a trajetória da Companhia em diversos formatos e a nova versão do Centro Histórico Embraer, muito mais moderno e intuitivo. O material destaca a indústria aeronáutica nacional com informações e imagens de aeronaves e fábricas. Já nos canais oficiais nas mídias sociais, conteúdos diários trazem histórias e relatos das motivações, sonhos, desafios e curiosidades de diversos protagonistas e dos produtos.

Atualmente, com aproximadamente 18 mil funcionários diretos em todo o mundo, a Empresa conta com iniciativas de valorização das suas pessoas, destacando as histórias de competência, ousadia e coragem daqueles que ajudaram a construir a Embraer, fundada em 19 de agosto de 1969.

Criada pelo Governo Brasileiro como Empresa Brasileira de Aeronáutica S.A., de capital misto e controle estatal, a Embraer teve em seu propósito inicial ser uma companhia capaz de transformar ciência e tecnologia, desenvolvidas pelo então Centro Técnico de Aeronáutica (CTA) e pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), em engenharia e capacidade industrial. Privatizada em 1994, a Embraer se tornou a maior exportadora de produtos manufaturados de alta tecnologia do hemisfério sul e a terceira maior fabricante de jatos comerciais do mundo.

Sediada no Brasil, a empresa global atua nos segmentos de Aviação Comercial, Executiva & Agrícola, Defesa & Segurança e Serviços & Suporte. Projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves, sistemas e suporte ao cliente. Neste meio século, a Embraer entrou em um mercado muito competitivo, enfrentou e superou as turbulências, sempre acreditando na excelência para explorar novos horizontes. Impulsionada pela ousadia que em 50 anos sempre a posicionou como uma Empresa inovadora e além do seu tempo, a Embraer está mais do que pronta para continuar alçando voos cada vez mais altos pelos próximos 50 anos.


Aviação Comercial

A empresa tem 100 clientes de todo o mundo operando as famílias de aeronaves ERJ e E-Jet. Quase 900 aeronaves da família de jatos regionais ERJ 145 de 37, 44 e 50 assentos foram entregues às companhias aéreas desde sua introdução em 1996. A família de E-Jets inclui quatro aeronaves maiores que têm entre 70 e 130 assentos. Os E170, E175, E190 e E195 definem o padrão em sua categoria com sua engenharia avançada, alto grau de eficiência, cabines espaçosas e ergonômicas com assentos de dois por dois e economia operacional atraente.

Em 2013, a Embraer lançou o E-Jets E2, a segunda geração da família de E-Jets de aeronaves comerciais composta por três novos aviões – E175-E2, E190-E2, E195-E2 – com capacidade para 70 a 146 passageiros. Somente para o programa de E-Jets, a Embraer registrou quase 1.900 pedidos firmes e 1.500 entregas para cerca de 80 companhias aéreas em 50 países, redefinindo o conceito tradicional de aeronaves regionais, operando em uma variedade de aplicações de negócios.


Defesa & Segurança

A Embraer Defesa & Segurança oferece uma linha completa de soluções integradas, como aplicações C4I (Comando, Controle, Comunicação, Computadores e Centro de Inteligência), tecnologias de ponta na produção de radares, controle de tráfego aéreo e sistemas de comunicação, sistemas integrados de monitoramento de fronteiras e vigilância, bem como aeronaves de transporte militar e governamental.

Líder na indústria aeroespacial e de defesa da América Latina, com mais de 60 países atendidos pela Embraer Defence & Security, a unidade inclui as empresas coligadas Atech, Visiona, OGMA e Savis e oferece soluções completas para todas as Forças Armadas. O KC-390 é uma aeronave de transporte tático projetada para estabelecer novos padrões em sua categoria enquanto apresenta o menor custo de ciclo de vida com um potencial de mercado internacional. O A-29 Super Tucano, aeronave de ataque leve e treinamento avançado, também é mundialmente renomado e selecionado por 15 Forças Aéreas, incluindo a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF).

Aviação Executiva

A Embraer é um dos principais fabricantes de jatos executivos do mundo, tendo entrado neste mercado em 2000 com o jato Legacy, que levou ao lançamento dos jatos executivos da Embraer em 2005. A Companhia lançou em 2018 os novos jatos Praetor 500 e Praetor 600, das categorias de jatos médio e supermédio, respectivamente,com tecnologia fly-by-wire completa e redução de turbulência, introduzindo um alcance sem precedentes em seus segmentos.

Seu portfólio, o mais amplo do mercado, também é composto pelos jatos Phenom 100EV, Phenom 300E, Legacy 450, Legacy 500, Legacy 650E e Lineage 1000E. A frota global da Embraer em Jatos Executivos supera 1.400 aeronaves, que estão em operação em mais de 70 países e contam com a rede global de suporte e serviços,, composta por mais de 80 centros de serviços próprios e autorizados, complementados por um Customer Care Center 24 horas por dia, sete dias na semana.

Serviços & Suporte

A Embraer Serviços & Suporte foi estrategicamente criada no final de 2016 para alavancar os negócios pós-venda da Embraer, criando sinergia entre todas as unidades de negócios, promovendo eficiência e desempenho global e respeitando as especificidades de cada segmento e região. Seja Comercial, Executivo, Defesa e Segurança ou Aviação Agrícola, o foco é pensar no amanhã e reter a fidelidade do cliente. A Embraer possui uma rede global de suporte composta por mais de 80 centros de serviços próprios e autorizados, mais de 2.300 pessoas posicionadas no mundo para atender mais de 1.700 clientes, entendendo suas necessidades com mais de 5.600 aeronaves.

O novo portfólio de produtos, serviços e soluções TechCare abrange os seguintes segmentos: Treinamento, Manutenção, Materiais, Modificações de Aeronaves, Operações de Voo, Suporte de Campo, Suporte Técnico e Soluções Inovadoras.

O Centro de Serviços da Embraer em Sorocaba completou cinco anos em 2019 e possui uma moderna infraestrutura de hangares, oficinas e salas VIP, que oferecem um amplo portfólio de serviços, contemplando manutenção de aeronaves, reparo de componentes e interiores, hangaragem, atendimento aeroportuário e gerenciamento técnico de manutenção. Já ofereceu suporte a aproximadamente 70% dos clientes brasileiros, com mais de 90% dos aviões retornando à operação em menos de 24 horas.


Aviação Agrícola

O Ipanema é um dos primeiros aviões lançados pela Embraer e fabricado ininterruptamente há quase 50 anos, na unidade de Botucatu, no Estado de São Paulo. A Companhia celebrou em 2018 a entrega de 1.400 unidades da aeronave Ipanema, líder no segmento de aviação agrícola no Brasil, com 60% de participação de mercado. Em 2015, foi lançada uma nova versão da aeronave, o Ipanema 203.

Movida por energia renovável (etanol), é mais ágil e eficiente, o que garante maior produtividade. As principais culturas que demandaram o avião são: soja, milho, algodão, cana-de-açúcar, banana, citros, eucalipto e café. Multitarefa, pode ser usada para espalhar sementes, combater vetores e larvas, em combate primário a incêndios e assentamento fluvial.


EmbraerX

A inovação faz parte do DNA da Embraer e não se limita ao desenvolvimento tecnológico de aeronaves. Temos uma longa história de inovação e a capacidade de encontrar nichos de negócios e produtos inexplorados. A EmbraerX, uma subsidiária integral da Embraer, existe para construir negócios disruptivos, considerando que o transporte provavelmente será modificado pelo crescimento exponencial de novas tecnologias, bem como o desenvolvimento de novos modelos de negócios.

Além do desenvolvimento do primeiro conceito do veículo elétrico de decolagem e pouso vertical, conhecido pela sigla em inglês eVTOL, por meio de uma cooperação com a Uber e outras empresas, a EmbraerX lançou recentemente um documento com sua visão e proposta para o gerenciamento do espaço aéreo urbano, além do Beacon, um aplicativo que reúne mecânicos e fornecedores de peças, unindo fornecedores de serviços e componentes a companhias aéreas e outros participantes desse ecossistema.

Sobre a Embraer

Empresa aeroespacial global com sede no Brasil, a Embraer completa 50 anos de atuação em 2019 nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança, Aviação Agrícola. A Companhia projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer Serviços & Suporte a clientes no pós-venda.

Desde que foi fundada, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros.

A Embraer é líder na fabricação de jatos comerciais de até 150 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.

DIVULGAÇÃO: Embraer
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4138
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 285 vez(es)
  • +638/-715
Re: EMBRAER
« Responder #176 em: Agosto 27, 2019, 08:56:02 pm »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4138
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 285 vez(es)
  • +638/-715
Re: EMBRAER
« Responder #177 em: Setembro 05, 2019, 12:57:54 pm »

A história da parceria entre a FAB e a EMBRAER
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4138
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 285 vez(es)
  • +638/-715
Re: EMBRAER
« Responder #178 em: Outubro 23, 2019, 11:37:27 pm »