Portugal comecerá a recuperar?

  • 625 Respostas
  • 136493 Visualizações
*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15122
  • Recebeu: 1046 vez(es)
  • Enviou: 980 vez(es)
  • +177/-170
Re: Portugal comecerá a recuperar?
« Responder #540 em: Novembro 19, 2010, 05:23:24 pm »
Infelizmente não é, os especuladores têm andado a fazer pressão sobre as ecónomias mais fracas da UE e Portugal é o próximo alvo lógico.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15122
  • Recebeu: 1046 vez(es)
  • Enviou: 980 vez(es)
  • +177/-170
Re: Portugal comecerá a recuperar?
« Responder #541 em: Dezembro 04, 2010, 01:53:00 pm »
Citar
"Erro grosseiro" de Bruxelas prejudicou economia portuguesa
Basílio Horta e José Junqueiro teceram fortes críticas à Comissão. Apelam à prudência futura e apontam as consequências.

A Comissão Europeia devia "ter alguma prudência e alguma discrição quando analisa o futuro", afirmou ontem Basílio Horta, presidente da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), tecendo fortes críticas à revisão das previsões económicas do Executivo comunitário para 2010. Nos últimos dias, Bruxelas e Lisboa têm estado sob "fogo cruzado", com os dirigentes europeus a pedirem mais reformas a Portugal e José Sócrates a responder que "não precisamos de sugestões de ninguém".

Em declarações aos jornalistas em Mangualde, no final da assinatura de protocolos de investimento da "Diplomacia Económica Local", Basílio Horta lembrou que, para este ano, a Comissão tinha previsto um crescimento do PIB de 0,3% e das exportações de 3%. No entanto, na segunda-feira, "a Comissão vem dizer que afinal se enganou, que não é 0,3%, é 1,3%. Que afinal não são 3% das exportações, são 9,4%", criticou.

Na opinião deste responsável, "teria havido uma grande diferença na análise da economia portuguesa se a Comissão não se tivesse enganado". E relembrou que é com base nestes números que "as agências de rating dão uma imagem de Portugal como um país que tem dificuldades em pagar a sua dívida, logo, as taxas de juro sobem e as dificuldades de financiamento crescem".

Em declarações ao DN, o presidente da AICEP salientou que estas diferenças são "um erro grosseiro" e causam "prejuízos a Portugal". E espera que quando esta entidade fizer de novo previsões "tenha muito cuidado e não caia no mesmo erro".

Também José Junqueiro, secretário de Estado da Administração Local, presente no mesmo encontro, defendeu que devem ser pedidas responsabilidades à Comissão Europeia pelos prejuízos provocados com as suas previsões. "Não podemos estar debaixo de fogo durante um ano dizendo que não vamos crescer e afinal crescemos; que não vamos ter exportações e temos exportações, sempre em números três, quatro vezes superiores às previsões, e no final do ano nem um pedido de desculpas", considerou.

 :arrow: http://dn.sapo.pt/inicio/economia/inter ... id=1725044
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Menacho

  • Investigador
  • *****
  • 2818
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 60 vez(es)
  • +6/-50
Re: Portugal comecerá a recuperar?
« Responder #542 em: Dezembro 12, 2010, 09:52:24 pm »
Portugal negocia en Pekín la venta a China de la deuda soberana lusa

Citar
Efe. Lisboa - 12/12/2010 13:14h

José Socrates (EFE) Los gobiernos de China y Portugal van a negociar la compra de deuda soberana lusa, una posibilidad que quedó abierta durante la visita del pasado mes de noviembre del presidente chino, Hu Jintao, al primer ministro Jose Sócrates.

Según informaron hoy medios oficiales lusos, el ministro portugués de Finanzas, Fernando Teixeira dos Santos, llega hoy a Pekín y tiene previsto reunirse mañana con su homólogo, Xie Xuren, y con el gobernador del Banco Central, Zhou Xiaochuan.

Dos Santos, quien visita por segunda vez en sólo tres meses el país asiático, está acompañado en este viaje por el secretario de Estado del Tesoro, Carlos Costa Pina, y el presidente del Instituto de Gestión del Crédito Público, Alberto Soares,

El propio ministro de Finanzas luso explicó la semana pasada que Portugal desea encontrar compradores para su deuda soberana fuera de Europa, entre ellos Brasil, que ya mostró su interés en adquirir parte de estos títulos.

La disposición de China a ayudar a Portugal a salir de la crisis se reflejó en la visita oficial de su presidente al país luso los días 6 y 7 de noviembre, cuando se acordó estrechar las relaciones comerciales entre ambos, que mueven en la actualidad cerca de 2.000 millones de euros. Ya entonces se especuló con la hipótesis de que Pekín ejecutara la compra de deuda pública portuguesa, lo que podría concretarse ahora.

En este sentido, el primer ministro chino, Wen Jiabao, fue muy explícito cuando señaló, durante el Fórum para la Cooperación Económica y Comercial entre China y los Países de Lengua Portuguesa celebrado en Macao hace un mes, que su país "está dispuesto a prestar el apoyo que esté a su alcance" para ayudar al Gobierno luso a superar "las dificultades generadas por la crisis financiera". China es el país con la mayor reserva de divisas extranjeras del mundo, valorada en 2,65 billones de dólares.

La desconfianza de los inversores sobre la situación financiera de Portugal ha disparado la tasa de interés sobre su deuda soberana en los últimos meses -ahora ronda el 6% aunque llegó a superar el 7%-, reflejo del temor a que siga el camino de Grecia e Irlanda y acabe por recurrir a la intervención del Fondo Monetario Internacional (FMI).

Cuidado con los chinos..... :?
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6825
  • Recebeu: 350 vez(es)
  • Enviou: 213 vez(es)
  • +219/-0
Re: Portugal comecerá a recuperar?
« Responder #543 em: Dezembro 13, 2010, 12:42:56 pm »
Não totalmente económico, mas para quem ainda não estiver deprimido:

Eurostat Regional Yearbook 2010
http://epp.eurostat.ec.europa.eu/cache/ ... 001-EN.PDF
 

*

FoxTroop

  • Investigador
  • *****
  • 1421
  • Recebeu: 278 vez(es)
  • Enviou: 189 vez(es)
  • +68/-201
Re: Portugal comecerá a recuperar?
« Responder #544 em: Dezembro 22, 2010, 01:21:58 pm »
Não me lixem  :shock:  :shock:

Citar
Despesa fiscal não é toda quantificada
Tribunal de Contas não conseguiu confirmar receita do Estado em 2009

O Tribunal de Contas não conseguiu confirmar que a receita inscrita na Conta Geral do Estado de 2009 foi de facto obtida nesse ano e mantém reservas à despesa fiscal registada, devido a não ser integralmente quantificada e discriminada.
O Tribunal sublinha que o Plano Oficial de Contabilidade Pública não tem ainda aplicação generalizada

 
Nas conclusões do parecer sobre a Conta Geral do Estado que o Tribunal de Contas dá anualmente, justifica-se os problemas com a quantificação da despesa fiscal com as “limitações das fontes e dos sistemas de informação”, pelo que “mantém reservas quanto aos valores inscritos na Conta Geral do Estado de 2009”.

A observação sobre os problemas com fontes e sistemas de informação surge depois de o Tribunal de Contas ter sublinhado, na primeira conclusão que apresenta, que “doze anos após a sua aprovação, o Plano Oficial de Contabilidade Pública (POCP)
continuou a não ser aplicado pela generalidade dos serviços integrados do Estado e por uma parte dos serviços e fundos autónomos”.

Os juízes que subscrevem o parecer dizem ainda que o tribunal vai continuar a acompanhar o processo, cuja conclusão foi anunciada para 2012 e que deverá “permitir a evidenciação da real situação financeira e patrimonial da administração central através da inclusão na Conta Geral do Estado do balanço e da demonstração de resultados do subsector Estado e do subsector dos serviços e fundos autónomos”.

Na sua edição de domingo, o PÚBLICO noticiou que a capacidade de controlo orçamental por parte da Direcção-Geral do Orçamento (DGO) se degradou e que o fecho da Conta Geral do Estado de 2009 foi “particularmente difícil”, e chamava a atenção para que só o os ministérios das Finanças e da Defesa e o Tribunal de Contas aplicam o POCP.

Os problemas com a quantificação da receita resultam por seu lado do “incumprimento” dos princípios e regras orçamentais da anualidade, unidade e universalidade, entre outras, bem como de outras disposições legais que regulam a execução e a contabilização das receitas e ainda das deficiências que continuam a verificar-se nos respectivos procedimentos e no sistema de controlo interno”.

Despesa sem dotação suficiente

O Tribunal de Contas diz ainda que em 2009 continuavam a ser realizadas “despesas sem dotação orçamental suficiente”, o que fazia com que transitassem para os anos seguintes “elevados montantes de encargos assumidos e não pagos”.

O prazo médio de pagamento a fornecedores de bens e serviços em 2009 foi “ainda” de 44 dias, o que representou uma redução de sete dias em relação ao atraso médio em 2008.

A dívida do Estado (administração central e algumas entidades do
sector público empresarial) relativa por fornecimentos de bens e serviços ascendia a 2239,4 milhões de euros em 31 de Dezembro do ano passado,, dos quais 1919,8 milhões (85,7%) respeitavam a entidades do sector da saúde.

As receitas e da despesas inscritas na Conta do Estado sofrem ainda de um problema de comparabilidade em relação aos anos anteriores, devido “essencialmente” a três razões. À cabeça, “a constante alteração do universo dos organismos abrangidos pela Conta” (em resultado, designadamente, da empresarialização dos hospitais e de outras entidades pertencentes ao sector público administrativo). Mas há também o problema da alteração de critérios contabilísticos e a inexistência de informação final sobre a execução orçamental de algumas entidades

http://economia.publico.pt/Noticia/trib ... 09_1472127
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15122
  • Recebeu: 1046 vez(es)
  • Enviou: 980 vez(es)
  • +177/-170
Re: Portugal comecerá a recuperar?
« Responder #545 em: Dezembro 22, 2010, 02:38:44 pm »
O governo andou a mexer nas contas...só pode.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

cromwell

  • Especialista
  • ****
  • 1105
  • +1/-0
Re: Portugal comecerá a recuperar?
« Responder #546 em: Dezembro 22, 2010, 02:46:47 pm »
Citação de: "Cabeça de Martelo"
O governo andou a mexer nas contas...só pode.

Do que se estava a espera?

Todos nós sabemos que o PS tem os seus constantes tiques e manias anti-democráticas e enganadoras, como inventarem que as exportações e a população portuguesa cresceu. Não passa tudo de dados falsos, para que este Governo seja "felicitado" pelo povo.
"A Patria não caiu, a Pátria não cairá!"- Cromwell, membro do ForumDefesa
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15122
  • Recebeu: 1046 vez(es)
  • Enviou: 980 vez(es)
  • +177/-170
Re: Portugal comecerá a recuperar?
« Responder #547 em: Dezembro 22, 2010, 02:57:10 pm »
Citação de: "cromwell"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
O governo andou a mexer nas contas...só pode.

Do que se estava a espera?

Todos nós sabemos que o PS tem os seus constantes tiques e manias anti-democráticas e enganadoras, como inventarem que as exportações e a população portuguesa cresceu. Não passa tudo de dados falsos, para que este Governo seja "felicitado" pelo povo.

É perfeitamente normal que as exportações estejam a aumentar, não é só em Portugal, é em toda a UE.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Menacho

  • Investigador
  • *****
  • 2818
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 60 vez(es)
  • +6/-50
Re: Portugal comecerá a recuperar?
« Responder #548 em: Janeiro 04, 2011, 05:50:46 pm »
China invertirá hasta 5.000 millones en bonos portugueses

Citar
EUROPA PRESS
En concreto, el periódico indica, sin citar fuentes, que ambos gobiernos habrían alcanzado un acuerdo por el que China adquirirá deuda portuguesa en el primer trimestre de 2011 a través de subastas o en los mercados secundarios. Portugal se ha situado en las últimas semanas en el epicentro de la crisis de deuda en Europa con un fuerte incremento de los costes de financiación por las crecientes preocupaciones de los inversores sobre si Portugal se verá forzado a recurrir a un rescate internacional.

El ministro portugués de Finanzas, Fernando Teixeira dos Santos, se reunió la semana pasada con su homólogo chino, Xie Xuren, así como con el director del Banco Popular de China durante una visita al gigante asiático. Por su parte, el presidente chino, Hu Jintao, aseguró el pasado mes de noviembre durante una visita oficial a Portugal que su país ayudará a Portugal a afrontar la crisis.


http://www.libertaddigital.com/economia ... 276410203/
 

*

linergy

  • 204
  • +0/-0
Re: Portugal comecerá a recuperar?
« Responder #549 em: Janeiro 04, 2011, 09:28:52 pm »
"Your enemy is not surrounding your country, your enemy is rulling your country" Não vai recuperar.. temos socialismo republicano, esquerda e direita é uma mera armadilha muito antiga. Todos os partidos estão ligados à oligarquia europeia, sendo assim, juntem-se à máfia, porque mesmo sem regras só eles é que podem imprimir o dinheiro que nos educam a aceitar... Socialismo é a armadilha filosófica, porque enquanto se expande o dinheiro com prudência tudo funciona , quando começa a contrair o dinheiro para a generalidade e para os ricos continua a expandir.... temos que trabalhar para os criminosos.. e o azar deles é que as pessoas até já podem descobrir quem são, não sei é se alguém os vai acusar, porque isto não parece funcionar bem (Portugal)..
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7508
  • Recebeu: 386 vez(es)
  • Enviou: 119 vez(es)
  • +138/-194
Re: Portugal comecerá a recuperar ?
« Responder #550 em: Janeiro 05, 2011, 07:24:43 pm »
Citação de: "carlosribeiro"
Citar
É gente muito perigosa que não teme a terra queimada. Cuidado e não julguem que podem dialogar com eles. Para esta gente a única linguagem que compreendem é a da força.
E, esperemos, em breve, a da violência, porque há contas a acertar.

Está confirmado o luso não passa de um obcecado e um frustrado. Não leve a mal, mas siga o meu conselho, vá ao médico, acho que já lhe sugeri isto á algum tempo, não se vai arrepender.
Citar
Sr. Carlos. Tenho aqui um pessoal a comentar que a erva que o sr. mete, só pode ser mesmo da boa. Que com uma alucinação dessas não é de certeza "liamba de exportação".

Só a titulo de curiosidade e para que não sejam apanhados com as calças na mão, mantenham em casa uma reserva de "pilim" que dê para um mês no minimo. Vai ajudar se isto se precipitar.

Só a titulo de curiosidade, já que as acções desceram tanto esta semana, aproveitem para investir algum "pilim" porque dentro de pouco tempo ele pode-vos ter rendido 10%, dados que estás quedas bolsistas foram só fogo de vista. :rir:

bump.
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Daniel

  • Investigador
  • *****
  • 1217
  • Recebeu: 44 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +56/-821
Re: Portugal comecerá a recuperar?
« Responder #551 em: Janeiro 07, 2011, 06:21:59 pm »
Imprensa espanhola sublinha impacto de Portugal na dívida espanhola

As pressões sobre a dívida espanhola aumentaram nos últimos dois dias, atingindo os 265 pontos base, num movimento que vários analistas citados pela imprensa espanhola dizem ser um reflexo da situação económica portuguesa.


Citar
Os principais diários generalistas e económicos espanhóis destacam o tema nas primeiras páginas das suas edições online, com o jornal Expansion a citar notícias de agências internacionais que se referem à situação portuguesa e ao seu impacto na dívida espanhola.

Além da situação em Portugal o Expansion refere-se ainda ao aumento do risco da dívida da Bélgica, outro dos países que tem estado na mira dos investidores.

Referindo ter terminado “a trégua à dívida” dos primeiros dias do ano, o Expansion relembra o valor recorde da emissão de dívida de Portugal, na quinta feira.

O jornal cita ainda uma análise da agência Reuters, que sondou 51 analistas do mercado, dos quais 44 dão como certo o resgate financeiro a Portugal. Sete dos analistas sondados sugerem mesmo que Espanha pode também vir a ser resgatada.

No caso da dívida espanhola o primeiro teste do ambiente dos mercados será feito a 13 de janeiro, quando o Tesouro espanhol emitirá o primeiro pacote de títulos do ano.

O El Mundo, citando agências, também se refere ao impacto da situação em Portugal - “e da incerteza sobre a capacidade de Portugal evitar o resgate” - na dívida espanhola.

“As dúvidas sobre Portugal disparam a pressão contra a dívida espanhola”, escreve o El Pais, outro dos jornais que dá hoje atenção ao tema na sua edição online.

“O nível de risco espanhol volta a tocar os 260 pontos base, perante o temor de que Lisboa tenha que pedir um resgate”,continua.

Os juros da dívida soberana portuguesa a dez anos estão hoje a bater máximos históricos, negociando acima dos 7 por cento, o maior valor registado desde a adesão de Portugal à zona euro.

A 10 de Novembro de 2010, os juros da dívida soberana de longo-prazo tinham ultrapassado a barreira dos sete por cento, fixando-se nos 7,036 por cento na média do dia, até então o máximo histórico registado desde a entrada de Portugal para a zona euro.

A barreira psicológica dos sete por cento foi invocada pelo ministro das Finanças a 09 de outubro, em entrevista ao semanário Expresso. Na altura, Teixeira dos Santos admitiu que caso os juros ultrapassassem o limite de sete por cento Portugal entraria "num terreno” em que "essa alternativa [de recorrer ao Fundo Monetário Internacional]" começaria a colocar-se.

A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

linergy

  • 204
  • +0/-0
Re: Portugal comecerá a recuperar?
« Responder #552 em: Janeiro 07, 2011, 09:43:59 pm »
Como é que Portugal pode recuperar se os bancos que têm um lucro enorme de um negócio sem igual, quando apresentam prejuízo é logo o prejuízo de dezenas de anos na grandeza dos biliões de euros, posteriormente são nacionalizados e o estado assume o prejuízo!!! que vai ser pago em 10 anos pelos impostos de todos!!!

Impossível!

Acho que devem começar por ler a constituição !
Depois deviam demitir-se todos e esperar que alguém que pense apareça para trabalhar, porque ganhar dinheiro para mentir e roubar o povo... Isso já é velho.
 

*

Cabecinhas

  • Investigador
  • *****
  • 1508
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 11 vez(es)
  • +4/-0
Re: Portugal comecerá a recuperar?
« Responder #553 em: Maio 09, 2013, 07:23:04 pm »
Citar
Patrões e oficiais de contas aplaudem aprovação do regime de IVA de caixa

Regime vai entrar em vigor a 1 de Outubro. Medida permite às empresas pagarem o IVA ao Estado apenas quando recebem dos seus clientes e não no momento em que emitem as facturas. 09-05-2013 16:49 por João

A Confederação Empresarial de Portugal (CIP) e a Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas (OTOC) aplaudem a decisão do Governo, que aprovou esta quarta-feira o regime de IVA de caixa para as Pequenas e Médias Empresas.

A medida permite às empresas pagarem o IVA ao Estado apenas quando recebem dos seus clientes e não no momento em que emitem as facturas.

O regime vai entrar em vigor a 1 de Outubro e o Governo sublinha que as empresas com volume de negócios até meio milhão de euros têm mais de um trimestre para se adaptar a esta ferramenta.

António Saraiva, presidente da CIP, considera que esta “é uma vitória para a sociedade em geral”, pois o impacto do IVA de caixa vai ser quase imediato na tesouraria das empresas.

Também o bastonário da OTOC aplaude a decisão do Executivo. “Acho que é uma boa medida de apoio, falta agora ver as formas e o regime de funcionamento deste imposto para depois podermos ter uma ideia mais concertada, mais sustentada, sobre as coisas que vão ser alteradas”, considera.

“De uma forma genérica, acho que é uma boa medida, em especial para as pequenas e médias empresas, e acho que é uma boa medida para a indústria portuguesa e para os empresários portugueses”, acrescenta Domingues Azevedo.

De acordo com o Governo, 85% das empresas nacionais podem aderir ao IVA de caixa.
Um galego é um português que se rendeu ou será que um português é um galego que não se rendeu?
---
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7508
  • Recebeu: 386 vez(es)
  • Enviou: 119 vez(es)
  • +138/-194
Re: Portugal comecerá a recuperar?
« Responder #554 em: Maio 11, 2013, 12:30:34 am »
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

 

Iniciativa "Compromisso Portugal"

Iniciado por Tiger22

Respostas: 0
Visualizações: 2432
Última mensagem Fevereiro 11, 2004, 04:12:19 pm
por Tiger22
Portugal Confidencial - " A pista da energia" ...

Iniciado por dremanu

Respostas: 5
Visualizações: 3475
Última mensagem Abril 27, 2004, 11:28:13 am
por ferrol
Rede Logística Nacional / Portugal "Logístico"

Iniciado por Marauder

Respostas: 0
Visualizações: 1813
Última mensagem Julho 15, 2006, 09:20:16 am
por Marauder
Portugal pode cair na dependência assistida como Sul Itália

Iniciado por Marauder

Respostas: 8
Visualizações: 2976
Última mensagem Maio 09, 2006, 11:55:00 pm
por NVF
El Corte Ingles abre o segundo centro comercial em Portugal

Iniciado por Nadie

Respostas: 4
Visualizações: 3745
Última mensagem Maio 24, 2006, 06:05:52 pm
por Marauder