Missão militar portuguesa na RCA

  • 959 Respostas
  • 150991 Visualizações
*

LM

  • Investigador
  • *****
  • 1410
  • Recebeu: 282 vez(es)
  • Enviou: 1240 vez(es)
  • +212/-7
Re: Missão militar portuguesa na RCA
« Responder #915 em: Setembro 04, 2020, 03:17:49 pm »
O "produto operacional" é de facto - falta efectivos, organização, etc - ridiculamente baixo; atenção que eu entendo que tenhamos alguma "ineficiência" na organização de forma a ter estruturas que permitam, se necessário, aumentar o efectivo e manter certas capacidades "residuais"...

Não sei se - militarmente e/ou politicamente - nos atreveríamos a enviar uma FND criada em redor de uma CAt Mec (R), mesmo que não fosse para "Quick Reaction Force", para um cenário tipo MINUSCA. Mesmo os paras / comandos devem ser voluntários para a missão (e, nessas forças, a possibilidade de haver voluntários deve ser muito superior) e deve haver muitos repetentes nas FND. Se as FND, criadas em redor de forças de elite, necessitam de treino especifico, em uma CAt Mec (R) devia ser necessário considerável mais tempo. Mas posso estar totalmente enganado, claro.

Não sei também se conseguiríamos projectar (com A400M / navios emprestados  :mrgreen:) em tempo relativamente curto (10 dias?) um "GTIA" Mec (R)... mas, confesso, gostava de saber  c56x1 

Já agora: o morteirete utilizado (esquecendo a falta de ST5 versão "morteiro") - são o ideal para forças ligeiras tipo os paras? A versão usada ainda é "aceitável"?                 
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 8421
  • Recebeu: 983 vez(es)
  • Enviou: 1155 vez(es)
  • +138/-46
Re: Missão militar portuguesa na RCA
« Responder #916 em: Setembro 04, 2020, 05:41:51 pm »
Mesmo os paras / comandos devem ser voluntários para a missão (e, nessas forças, a possibilidade de haver voluntários deve ser muito superior).           

Não sei se é assim, as unidades são escolhidas para cumprir uma missão, se tiverem pessoal a mais do que o necessário, até acredito que peçam voluntários, mas se não tiverem voluntários suficientes os restantes são nomeados.

Uma pessoa num qualquer trabalho também só faz o que gosta e o que não gosta não faz? Ou têm que fazer tudo o que se compromete?

Sei de médicos e enfermeiros militares nomeados para missões internacionais de vários meses, e como não conseguiram trocar, preferiram "despedir-se".

Ir para missões internacionais também é trabalho dos militares, não se podem negar.

Quem vai para os Comandos, Paras, etc, têm que fazer tudo o que a unidade tiver que fazer, se fizer parte de um NPO da Marinha não posso dizer que só quero fazer Açores e Madeira mas não quero ir para o Golfo da Guiné, o navio cumpre as missões que lhe forem ateibuidas com a sua guarnição toda e pronto.
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 6991
  • Recebeu: 3067 vez(es)
  • Enviou: 1626 vez(es)
  • +1662/-127
Re: Missão militar portuguesa na RCA
« Responder #917 em: Setembro 04, 2020, 06:06:40 pm »
A perspectiva no terreno completamente assustadora. Mato grosso pouca visibilidade, pouca cobertura. Fico com a ideia que se fosse um grupo mais experiente com melhor equipamento a situação seria muito perigosa. De todas as formas deu para ver que o inimigo está equipado com RPG's, um tiro mais sortudo de uma granada anti-pessoal e temos o caldo entornado.

Dekas, o meu maior receio é uma granada ACar dum RPG atingir o costado de um ST5 ou um Pandur com pessoal O/B !

Não esquecer que estes bandos armados não tem a experiência de combate o treino, ou o armamento dos turras, que os nossos militares defrontaram na guerra do ultramar, se o possuíssem a conversa seria certamente outra, os combates/escaramuças bem mais dificeis de vencer, e teriamos já algumas baixas.

Nem sei se o terreno é o indicado para ter o Pandur tão perto de inimigos equipados de RPG's... mas há sempre um elemento de perigo e risco, avaliado no momento - senão temos de assumir que se há RPG's nós temos de ir de Namer com Trophy! Mas sendo o inimigo desorganizado, sem grande treino e equipamento...

Uma questão é se nos atrevíamos a ter uma companhia de infantaria "regular" Pandur em vez de uma tropa de elite como os Paras... mesmo com treino especifico que houve, antes de serem enviados - duvido.

Com a devida preparação e treino sim.
Tal como todas as forças andavam à anos a treinar combate em áreas edificadas, (porque no futuro o combate seria sempre tri-dimensional e em ambiente urbano) e afinal agora combatem num cenário de mato e planície.

E neste cenário a sua principal formação que é em para-quedismo, nem é relevante.

O problema maior é mesmo a exiguidade dos efectivos especialmente a classe das Praças.

Nestas e noutras FND, a maioria das subunidades empenhadas são das Tropas Especiais o que acho nalguns casos correcto, na Lituânia por exemplo terem sido os Fuzos até faz sentido, na RCA, os Cmds também já os Paras na RCA, acho, e digo acho, que sao empenhados por falta de efectivos nos Cmds, o BatCmds deveria ter mais companhias operacionais, porque, para mim, a maior valência dos nossos Paras está desaproveitada.

Repara que não afirmo que não deviam lá estar por não estarem aptos, antes pelo contrário, estão excelentemente preparados, mas continuo a pensar ser um desperdício de meios os empregues por nós na RCA, especialmente os Paras !!

Abraço
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 16168
  • Recebeu: 1417 vez(es)
  • Enviou: 1322 vez(es)
  • +225/-230
Re: Missão militar portuguesa na RCA
« Responder #918 em: Setembro 05, 2020, 10:39:42 am »
A perspectiva no terreno completamente assustadora. Mato grosso pouca visibilidade, pouca cobertura. Fico com a ideia que se fosse um grupo mais experiente com melhor equipamento a situação seria muito perigosa. De todas as formas deu para ver que o inimigo está equipado com RPG's, um tiro mais sortudo de uma granada anti-pessoal e temos o caldo entornado.

Dekas, o meu maior receio é uma granada ACar dum RPG atingir o costado de um ST5 ou um Pandur com pessoal O/B !

Não esquecer que estes bandos armados não tem a experiência de combate o treino, ou o armamento dos turras, que os nossos militares defrontaram na guerra do ultramar, se o possuíssem a conversa seria certamente outra, os combates/escaramuças bem mais dificeis de vencer, e teriamos já algumas baixas.

Nem sei se o terreno é o indicado para ter o Pandur tão perto de inimigos equipados de RPG's... mas há sempre um elemento de perigo e risco, avaliado no momento - senão temos de assumir que se há RPG's nós temos de ir de Namer com Trophy! Mas sendo o inimigo desorganizado, sem grande treino e equipamento...

Uma questão é se nos atrevíamos a ter uma companhia de infantaria "regular" Pandur em vez de uma tropa de elite como os Paras... mesmo com treino especifico que houve, antes de serem enviados - duvido.

Com a devida preparação e treino sim.
Tal como todas as forças andavam à anos a treinar combate em áreas edificadas, (porque no futuro o combate seria sempre tri-dimensional e em ambiente urbano) e afinal agora combatem num cenário de mato e planície.

E neste cenário a sua principal formação que é em para-quedismo, nem é relevante.

Sim e não. Já se fez várias operações em áreas urbanas, por exemplo quando entraram num bairro da capital controlado por uma das gangs e houve fogacho com fartura, ou das vezes que escorraçaram gangs de várias cidades, etc.

A formação Paraquedista compreende o Curso de Combate (9 semanas), o Curso de Paraquedismo (5 semanas) e o exercicio final (2 semanas), como tal qualquer Paraquedista tem a obrigação de ter os "instrumentos" para conseguir desempenhar a sua função. Ainda por cima parece que os graduados também passaram a fazer o Curso de Combate, o que penso que nunca devia ter deixado de acontecer.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 1290
  • Recebeu: 182 vez(es)
  • Enviou: 176 vez(es)
  • +91/-71
Re: Missão militar portuguesa na RCA
« Responder #919 em: Setembro 05, 2020, 01:48:41 pm »
Acho que o exercito está a aproveitar bem a oportunidade. Dar experiencial de combate, pago pela ONU e num cenário "relativamente" seguro.
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 16168
  • Recebeu: 1417 vez(es)
  • Enviou: 1322 vez(es)
  • +225/-230
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 1290
  • Recebeu: 182 vez(es)
  • Enviou: 176 vez(es)
  • +91/-71

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 16168
  • Recebeu: 1417 vez(es)
  • Enviou: 1322 vez(es)
  • +225/-230
Re: Missão militar portuguesa na RCA
« Responder #922 em: Setembro 05, 2020, 02:35:47 pm »
Seguro?

https://news.un.org/en/story/2020/03/1059492

https://news.un.org/en/story/2019/09/1047962

https://www.bbc.com/news/world-africa-37751664

...

Queres comparar com o Mali?

Queres comparar o Mali com outros países como por exemplo o Afeganistão quando ainda eramos a QRF da ISAF? Todos os TO têm as suas especificidades, dizer que a RCA é seguro só porque ainda não tivemos mortos entre os nossos, não olhando as baixas constantes nos outros contingentes é um pouco excessivo. Temos isso sim, bom equipamentos/armamentos e tropa (desde o Pára/Comando, até ao "simples" mecânico). Temos sorte do nosso contingente ser pequeno e podermos dar-lhes as condições que na maior parte das vezes falta cá em Portugal.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 1290
  • Recebeu: 182 vez(es)
  • Enviou: 176 vez(es)
  • +91/-71
Re: Missão militar portuguesa na RCA
« Responder #923 em: Setembro 05, 2020, 02:53:37 pm »
Seguro?

https://news.un.org/en/story/2020/03/1059492

https://news.un.org/en/story/2019/09/1047962

https://www.bbc.com/news/world-africa-37751664

...

Queres comparar com o Mali?

Queres comparar o Mali com outros países como por exemplo o Afeganistão quando ainda eramos a QRF da ISAF? Todos os TO têm as suas especificidades, dizer que a RCA é seguro só porque ainda não tivemos mortos entre os nossos, não olhando as baixas constantes nos outros contingentes é um pouco excessivo. Temos isso sim, bom equipamentos/armamentos e tropa (desde o Pára/Comando, até ao "simples" mecânico). Temos sorte do nosso contingente ser pequeno e podermos dar-lhes as condições que na maior parte das vezes falta cá em Portugal.

Lá está é "relativamente" seguro e temos a sorte de ser a ONU a pagar a conta o que permite um emprego de forças que se fosse o tuga a pagar não tínhamos. c56x1
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4297
  • Recebeu: 294 vez(es)
  • Enviou: 287 vez(es)
  • +56/-26
Re: Missão militar portuguesa na RCA
« Responder #924 em: Setembro 07, 2020, 09:08:48 am »
Pelo menos para já no RCA existem apenas bandos de marginais com pouco treino, gostava de ver se os resultados serão os mesmos quando formos para Moçambique que será o próximo passo das tropas tugas.

Será que vão enviar os fuzos desta vez para Moçambique?
« Última modificação: Setembro 08, 2020, 09:44:10 am por nelson38899 »
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 16168
  • Recebeu: 1417 vez(es)
  • Enviou: 1322 vez(es)
  • +225/-230
Re: Missão militar portuguesa na RCA
« Responder #925 em: Setembro 07, 2020, 10:16:44 pm »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente, HSMW, Vitor Santos

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 16168
  • Recebeu: 1417 vez(es)
  • Enviou: 1322 vez(es)
  • +225/-230
Re: Missão militar portuguesa na RCA
« Responder #926 em: Setembro 08, 2020, 09:06:04 am »


Fotografia dos três militares que, integrando a Força Portuguesa, prestam serviço na Missão de Treino da União Europeia na República Centro-Africana.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Vitor Santos

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7147
  • Recebeu: 585 vez(es)
  • Enviou: 251 vez(es)
  • +541/-2
Re: Missão militar portuguesa na RCA
« Responder #927 em: Setembro 14, 2020, 09:03:45 pm »
 :-P ...as melhoras

Citar
​88 militares portugueses integrados na missão das Nações Unidas na República Centro-Africana apresentaram resultado positivo para o coronavírus SARS CoV-2.

Os militares infetados estão bem e apresentam bom prognóstico, permanecendo dentro da sua base em Bangui (Campo M’Poko) em isolamento, sob acompanhamento da equipa médica da Força e em estreita articulação com as estruturas da saúde militar no território nacional.

Os restantes 92 militares da Força Portuguesa foram igualmente testados e apresentaram resultado negativo para o coronavírus SARS CoV-2. Encontram-se em quarentena, no Campo M’Poko, tendo sido tomadas as medidas consideradas adequadas para a contenção deste surto.

A Força Portuguesa encontrava-se já num período de regeneração de capacidades em Bangui, após ter realizado uma operação de cerca de um mês na região de Bocaranga, onde teve intensa atividade operacional.

https://www.emgfa.pt/noticias/Paginas/88-militares-portugueses-testaram-positivo-para-o-SARS-Cov-2-na-Republica-Centro-Africana.aspx
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7147
  • Recebeu: 585 vez(es)
  • Enviou: 251 vez(es)
  • +541/-2
Re: Missão militar portuguesa na RCA
« Responder #928 em: Outubro 02, 2020, 10:42:46 am »
Portaria n.º 594/2020 - Diário da República n.º 193/2020, Série II de 2020-10-02 144452196
Defesa Nacional - Gabinete do Ministro
Participação nacional de uma célula de informações nacional na República Centro-Africana

https://dre.pt/web/guest/home/-/dre/144452196/details/maximized?serie=II&parte_filter=31&dreId=144452178
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 6991
  • Recebeu: 3067 vez(es)
  • Enviou: 1626 vez(es)
  • +1662/-127
Re: Missão militar portuguesa na RCA
« Responder #929 em: Outubro 04, 2020, 08:07:12 am »




Abraços
 

 

Origem da palavra "Commando" portuguesa?

Iniciado por PereiraMarques

Respostas: 4
Visualizações: 3376
Última mensagem Maio 20, 2020, 01:15:36 am
por Trafaria
Legião Estrangeira Portuguesa (LEP)

Iniciado por Miguel

Respostas: 58
Visualizações: 23833
Última mensagem Setembro 09, 2008, 10:10:53 am
por Dead_Corpse
Mísseis de Concepção Portuguesa

Iniciado por Luso

Respostas: 11
Visualizações: 9308
Última mensagem Outubro 18, 2008, 06:51:06 pm
por Nitrox13
Legião Portuguesa

Iniciado por inox

Respostas: 6
Visualizações: 4843
Última mensagem Fevereiro 19, 2009, 06:28:05 pm
por teXou
A unidade militar mais "dura"

Iniciado por Yosy

Respostas: 17
Visualizações: 9353
Última mensagem Julho 09, 2005, 06:05:45 pm
por Yosy