EUA fora das Lajes?

  • 239 Respostas
  • 47109 Visualizações
*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 3498
  • Recebeu: 1886 vez(es)
  • Enviou: 3616 vez(es)
  • +1511/-102
Re: EUA fora das Lajes?
« Responder #210 em: Julho 15, 2019, 06:44:26 pm »
A USAF, a USN e o USMC têm um problema crescente de queixas por ruído, exacerbadas pelos F-35 e CV-22. Ora tuga (ou pessoal do Leste da Europa) não pia. Além de que não há grandes problemas de congestionamento nos Açores.
« Última modificação: Julho 16, 2019, 06:15:57 am por NVF »
Talent de ne rien faire
 

*

MATRA

  • Perito
  • **
  • 434
  • Recebeu: 131 vez(es)
  • Enviou: 664 vez(es)
  • +32/-10
Re: EUA fora das Lajes?
« Responder #211 em: Julho 15, 2019, 06:52:31 pm »
Pode ser, mas eles também tem algumas em áreas restritas aos voos comerciais e no meio do nada, a minha teoria da conspiração é que vão voltar para ocupar o espaço e não haver surpresas, Chi...cof cof.....na. cof cof cof  :mrgreen:
An appeaser is one who feeds a crocodile — hoping it will eat him last.
Sir Winston Churchill
Democracies aren’t overthrown; they’re given away
George Lucas, 2005
 

*

Turlu

  • Membro
  • *
  • 129
  • Recebeu: 44 vez(es)
  • Enviou: 68 vez(es)
  • +18/-0
Re: EUA fora das Lajes?
« Responder #212 em: Julho 15, 2019, 08:45:01 pm »

Que raio esse tipo de treino pode ser feito em qualquer base americana em solo americano sem ter de reactivar as lajes para isso, deve haver algo mais, não se fala em mais nada?
[/quote]

Fala-se na hipótese de ser transferida para as Lajes a 86th Airlift Wing, atualmente na Alemanha, na Base Aérea de Ramstein.
Uma outra notícia que também saiu é que em abril, a autoridade sobre o Esquadrão nº 496 da Base Aérea de Móron, Espanha, passou da 86th Airlift Wing, na Alemanha, para as Lajes.
Segundo as notícias que por cá têm saído, a provável presença do presidente americano em Portugal, no mês de agosto, estará relacionada com isto.

Quanto aos Chineses, estes, num passado recente, estiveram muito ativos nos Açores, com voos de altas entidades a escalarem as Lajes, tendo mesmo o Presidente Chinês andado a passear-se pelas ruas e a pernoitar em Angra do Heroísmo. Aparentemente estariam interessados no porto da Praia da Vitória.
Pelo que me contaram, estas visitas preocuparam bastante os Americanos, que não vêem com bons olhos a presença destes  "turistas" por estes lados.

Cumprimentos

Turlu
Com gente tola e toiros, paredes bem altas! - ditado popular da Ilha Terceira
 

*

smg

  • Membro
  • *
  • 94
  • Recebeu: 126 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +58/-1
Re: EUA fora das Lajes?
« Responder #213 em: Julho 15, 2019, 10:06:22 pm »
Boa noite . As autoridades francesas têm estado atentas e um pouco preocupadas com o facto de os chineses andarem a instalar vários centros , supostamente de desporto , comércio ,etc ... ,e a comprar terrenos junto de vário centros de transmissão da marinha francesa a partir dos quais comunicam com os navios e submarinos no alto mar .
Também é sabido que as autoridades finlandesas ficaram alarmadas quando constataram que cidadãos e empresas da Rússia andavam a comprar terrenos e propriedades junto de várias bases militares .
A informação é uma arma tão poderosa como qualquer outra . Espero que as nossas autoridades estejam atentas a este tipo de situações . Seria interessante saber se algum do investimento dos vistos Gold de cidadãos de certos países não se localiza perto de infraestruturas sensíveis em  território  nacional . Sem entrar em paranóias , é preciso estar atento . Um abraço .
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 3498
  • Recebeu: 1886 vez(es)
  • Enviou: 3616 vez(es)
  • +1511/-102
Re: EUA fora das Lajes?
« Responder #214 em: Julho 16, 2019, 06:24:37 am »
Essa do 86th Airlift Wing is para as Lajes custa-me a engolir. E a do esquadrão de Morón idem.
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: raphael

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 8372
  • Recebeu: 964 vez(es)
  • Enviou: 1131 vez(es)
  • +134/-45
« Última modificação: Setembro 10, 2019, 11:59:52 pm por Lightning »
 

*

Turlu

  • Membro
  • *
  • 129
  • Recebeu: 44 vez(es)
  • Enviou: 68 vez(es)
  • +18/-0
Com gente tola e toiros, paredes bem altas! - ditado popular da Ilha Terceira
 

*

Turlu

  • Membro
  • *
  • 129
  • Recebeu: 44 vez(es)
  • Enviou: 68 vez(es)
  • +18/-0
Re: EUA fora das Lajes?
« Responder #217 em: Setembro 25, 2019, 01:35:30 pm »
Com gente tola e toiros, paredes bem altas! - ditado popular da Ilha Terceira
 

*

MATRA

  • Perito
  • **
  • 434
  • Recebeu: 131 vez(es)
  • Enviou: 664 vez(es)
  • +32/-10
Re: EUA fora das Lajes?
« Responder #218 em: Setembro 25, 2019, 02:49:56 pm »
É a altura do nosso governo colocar pressão nos americanos, e arranjar uns F35 a saldo  :mrgreen:
An appeaser is one who feeds a crocodile — hoping it will eat him last.
Sir Winston Churchill
Democracies aren’t overthrown; they’re given away
George Lucas, 2005
 

*

asalves

  • Perito
  • **
  • 567
  • Recebeu: 205 vez(es)
  • Enviou: 71 vez(es)
  • +36/-9
Re: EUA fora das Lajes?
« Responder #219 em: Setembro 25, 2019, 04:19:24 pm »
Ainda no outro dia reparei que é capaz de existir um relacionamento (provavelmente cada vez mais próximo) das nossas Forças Armadas com as Forças Armadas Chinesas. Algo que não estava a espera, e tenho algum receio que os nossos políticos com a sua sede de poder se deixem "comprar" pelo investimento Chinês e ponham em causa algumas relações diplomáticas e que acabemos por ficar nas mãos dos Chineses.

Isto porque descobri que há umas conferencias/apresentações de assuntos militares dentro do EMGFA em que um dos convidados foi uma alta chefia chinesa, normalmente neste tipo de eventos de pequena dimensão (20 a 40 pessoas) é normal os convidados serem próximos das pessoas que estão a organizar os mesmos, pois duvido que venha um militar Chinês da china fazer uma apresentação em Portugal para 30 a 40 pessoas. Como tal deve ser algum oficial de ligação ou que esteja cá já em algum tipo de missão conjunta.

Declaração de interesses: Eu sou da opinião que o próximo bicho papão que vai desequilibrar o mundo (domínio Americano/Ocidente), será a China com a sua política cada vez mais expansionista. Como tal não vejo com bons olhos a nossa relação militar com os Chineses.

PS: Ao aceitarmos a China nas Lajes (mesmo que seja com a desculpa do meramente civil/comercial) estamos a inviabilizar a base como uma base NATO. Pois rapidamente senão logo a China ia ter "diplomatas" a passear na base.

PS: Acredito que no futuro 8 a 15 anos que as Lages voltem a ser importantes militarmente e que até alguma Ilha (provavelmente a 3ª) venha a receber uma base naval. Quando os Chineses começarem a andar a navegar mais pelo Atlântico (com a desculpa de proteção da nova rota da seda) e os Russos se tornem mais atrevidos com uma Europa fraca.
« Última modificação: Setembro 25, 2019, 04:26:50 pm por asalves »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM

*

Camuflage

  • Investigador
  • *****
  • 1350
  • Recebeu: 103 vez(es)
  • Enviou: 66 vez(es)
  • +20/-52
Re: EUA fora das Lajes?
« Responder #220 em: Setembro 25, 2019, 09:34:57 pm »
Qual é mesmo o problema de alugar a base a qualquer outra nação não-NATO? É preciso ser da NATO para ser "dos bons" e o resto do mundo é todo ele mau?
A China já disse não estar interessada em usar da base das lajes. Alias nem faria sentido de momento tal coisa, talvez num futuro, mas tal coisa é-lhes completamente desvantajoso. A sua politica de crescimento não é igual à dos EUA.
 

*

Lusitan

  • Perito
  • **
  • 444
  • Recebeu: 137 vez(es)
  • Enviou: 150 vez(es)
  • +151/-12
  • Hic et Ubique
Re: EUA fora das Lajes?
« Responder #221 em: Setembro 26, 2019, 11:44:05 am »
Qual é mesmo o problema de alugar a base a qualquer outra nação não-NATO? É preciso ser da NATO para ser "dos bons" e o resto do mundo é todo ele mau?
A China já disse não estar interessada em usar da base das lajes. Alias nem faria sentido de momento tal coisa, talvez num futuro, mas tal coisa é-lhes completamente desvantajoso. A sua politica de crescimento não é igual à dos EUA.
Várias razões:
1. A possibilidade de um conflito futuro entre os EUA e a China, sendo que Portugal é aliado dos EUA. Mesmo que Portugal não fosse chamado a combater ao lado dos americanos, a posição estratégica das Lajes tornaria-a num alvo claro para os americanos.
2. A possibilidade da China utilizar instalações para espiar operações militares na base das Lajes e interceptar comunicações. Tem havido um interesse por parte dos chineses por terrenos perto de bases militares americanas e/ou de países NATO por todo o mundo com esse intuito.
3. A China tem vindo a expandir as suas operações militares a todo o planeta, tendo até recentemente participado em exercícios navais no Báltico conjuntamente com a Rússia.
4. A aproximação da China à Rússia, e o facto de ambas pertencerem à mesma organização de segurança, pode levar a uma aliança formal (ainda que a longo termo a Rússia tenha mais a perder que a ganhar com esta aproximação), o que tornará a China uma ameaça à União Europeia.
5. Ao contrário do que a China tenta fazer crer, o seu expansionismo é agressivo. Basta perguntar aos seus vizinhos do Vietname, Filipinas, Indonésia, Japão, Índia, Taiwan...
6. O investimento chinês em África levou ao forte endividamento de vários países que Portugal considera estratégicos, nomeadamente Angola, podendo levar a que os interesses da China colidam com os portugueses nesses países.

Isto é só o que me lembro assim rapidamente. Penso que com tempo conseguiria rapidamente expandir esta lista...  ;D
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: asalves

*

asalves

  • Perito
  • **
  • 567
  • Recebeu: 205 vez(es)
  • Enviou: 71 vez(es)
  • +36/-9
Re: EUA fora das Lajes?
« Responder #222 em: Setembro 27, 2019, 01:26:05 pm »
Qual é mesmo o problema de alugar a base a qualquer outra nação não-NATO? É preciso ser da NATO para ser "dos bons" e o resto do mundo é todo ele mau?
A China já disse não estar interessada em usar da base das lajes. Alias nem faria sentido de momento tal coisa, talvez num futuro, mas tal coisa é-lhes completamente desvantajoso. A sua politica de crescimento não é igual à dos EUA.
Várias razões:
1. A possibilidade de um conflito futuro entre os EUA e a China, sendo que Portugal é aliado dos EUA. Mesmo que Portugal não fosse chamado a combater ao lado dos americanos, a posição estratégica das Lajes tornaria-a num alvo claro para os americanos.
2. A possibilidade da China utilizar instalações para espiar operações militares na base das Lajes e interceptar comunicações. Tem havido um interesse por parte dos chineses por terrenos perto de bases militares americanas e/ou de países NATO por todo o mundo com esse intuito.
3. A China tem vindo a expandir as suas operações militares a todo o planeta, tendo até recentemente participado em exercícios navais no Báltico conjuntamente com a Rússia.
4. A aproximação da China à Rússia, e o facto de ambas pertencerem à mesma organização de segurança, pode levar a uma aliança formal (ainda que a longo termo a Rússia tenha mais a perder que a ganhar com esta aproximação), o que tornará a China uma ameaça à União Europeia.
5. Ao contrário do que a China tenta fazer crer, o seu expansionismo é agressivo. Basta perguntar aos seus vizinhos do Vietname, Filipinas, Indonésia, Japão, Índia, Taiwan...
6. O investimento chinês em África levou ao forte endividamento de vários países que Portugal considera estratégicos, nomeadamente Angola, podendo levar a que os interesses da China colidam com os portugueses nesses países.

Isto é só o que me lembro assim rapidamente. Penso que com tempo conseguiria rapidamente expandir esta lista...  ;D

basicamente é isso, e concordo com tudo o que disse

PS: Só lembrar o ultimo episódio que se passou em Fátima, quando foi realizada um evento/reunião de diversos lideres religiosos e políticos, por "coincidência" muitos funcionários da embaixada chinesa resolveram ir passear a Fátima no mesmo fim de semana da tal reunião.
« Última modificação: Setembro 27, 2019, 01:29:21 pm por asalves »
 

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 1080
  • Recebeu: 53 vez(es)
  • Enviou: 59 vez(es)
  • +50/-69
Re: EUA fora das Lajes?
« Responder #223 em: Outubro 28, 2019, 07:29:04 pm »
Portugal tem sido um aliado dos EUA, ninguém discute isso. Mas ...e os EUA têm sido um aliado de Portugal ?
Os EUA , mais do que aliados, têm interesses ; eu não critico, até acho que Trump tem razão, ele joga pela equipa dele : "America first".

Portugal deveria ter também um chefe que diga : "Portugal primeiro"  ou  "Nada contra a Nação, tudo pela Nação".  Os nossos políticos devem jogar pela nossa equipa e não pelas equipas alheias.

Se Portugal cede facilidades em território nacional deve obviamente ir buscar compensações. E quando falo de compensações não me refiro a sucata de refugo dos EUA .
Tristeza é o que sinto quando vejo colegas foristas a mendigar material de guerra americano em troca de favores nas Lajes. Sentiria orgulho se visse os mesmos foristas exigir mais independência nacional, mais meios para desenvolver industrias de ponta nacionais inclusive na área da defesa, maior empenho pela construção de um projecto nacional comum onde não caiba a subserviência a quem que seja.
A pior das ditaduras é a que se disfarça de democracia
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

Lusitan

  • Perito
  • **
  • 444
  • Recebeu: 137 vez(es)
  • Enviou: 150 vez(es)
  • +151/-12
  • Hic et Ubique
Re: EUA fora das Lajes?
« Responder #224 em: Outubro 29, 2019, 01:07:01 pm »
Portugal tem sido um aliado dos EUA, ninguém discute isso. Mas ...e os EUA têm sido um aliado de Portugal ?
Os EUA , mais do que aliados, têm interesses ; eu não critico, até acho que Trump tem razão, ele joga pela equipa dele : "America first".

Portugal deveria ter também um chefe que diga : "Portugal primeiro"  ou  "Nada contra a Nação, tudo pela Nação".  Os nossos políticos devem jogar pela nossa equipa e não pelas equipas alheias.

Se Portugal cede facilidades em território nacional deve obviamente ir buscar compensações. E quando falo de compensações não me refiro a sucata de refugo dos EUA .
Tristeza é o que sinto quando vejo colegas foristas a mendigar material de guerra americano em troca de favores nas Lajes. Sentiria orgulho se visse os mesmos foristas exigir mais independência nacional, mais meios para desenvolver industrias de ponta nacionais inclusive na área da defesa, maior empenho pela construção de um projecto nacional comum onde não caiba a subserviência a quem que seja.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

 

Base das Lajes (BA4) - 65th Air Base Wing

Iniciado por pmdavila

Respostas: 94
Visualizações: 18998
Última mensagem Dezembro 04, 2008, 08:19:46 am
por P44
Movimento nas Lajes em altura de crise no médio Oriente

Iniciado por Maginot

Respostas: 9
Visualizações: 3576
Última mensagem Agosto 14, 2006, 01:48:52 am
por Maginot
Sócrates instado a recusar utilização Base das Lajes

Iniciado por ricardonunes

Respostas: 24
Visualizações: 8053
Última mensagem Julho 01, 2008, 09:01:24 am
por legionario
Base das Lajes - impera lei da segurança interna dos EUA

Iniciado por Cabeça de Martelo

Respostas: 4
Visualizações: 2131
Última mensagem Janeiro 31, 2006, 03:43:26 pm
por Rui Elias
Lajes - negociações à Portuguesa

Iniciado por JNSA

Respostas: 9
Visualizações: 2703
Última mensagem Maio 27, 2004, 12:23:28 am
por papatango