Combate a fogos pela F.A.P.

  • 1191 Respostas
  • 210489 Visualizações
*

sivispacem

  • Perito
  • **
  • 392
  • Recebeu: 20 vez(es)
  • Enviou: 18 vez(es)
  • +14/-2
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #900 em: Setembro 06, 2019, 08:42:48 am »
Militares tiram férias para ganhar milhares a apagar incêndios

Mas sou só eu que acha isto uma perfeita anormalidade????

Então o Estado deixa os seus pilotos militares fazerem uns 'ganchos' no privado e até lhes concede umas 'licenças especiais' para períodos prolongados, não obstante ser contra a lei - e contra o senso comum, já agora!

Pilotos que demoram anos a formar, em esquadras onde a carência de pilotos é crónica (caso da 751) e se passam enormes dificuldades para assegurar os destacamentos nas ilhas??

Desculpem, mas isto para mim é de bradar aos céus!!!

PS: e é claro que lamento a morte deste militar (não é esse o tema), que descanse em paz!
« Última modificação: Setembro 06, 2019, 11:19:34 pm por sivispacem »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, tenente

*

ICE 1A+

  • Analista
  • ***
  • 724
  • Recebeu: 527 vez(es)
  • Enviou: 43 vez(es)
  • +180/-11
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #901 em: Setembro 06, 2019, 05:08:05 pm »
Eu Pergunto: Há pilotos para mais 26 aeronaves sem comprometer as missões actuais, ou vão contratar também pilotos?

O normal é a empresa que fornece os helicópteros, também fornece os pilotos.

Quer dizer: continua a mesma m**** só muda o cheiro!
 

*

ICE 1A+

  • Analista
  • ***
  • 724
  • Recebeu: 527 vez(es)
  • Enviou: 43 vez(es)
  • +180/-11
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #902 em: Setembro 06, 2019, 05:15:07 pm »
Vamos ver quanto vale a palavra deste:

Citar
O Ministério da Defesa ressalva que se pretende, "de forma gradual e até 2023, edificar uma capacidade própria e permanente de meios aéreos do Estado para o combate aos incêndios rurais".

Quem acredita responde: Sim
Quem não acredita responde: Não

Ah! Não vale a pena sondagens, já todos sabemos que a resposta é:

Não
 

*

asalves

  • Perito
  • **
  • 569
  • Recebeu: 206 vez(es)
  • Enviou: 71 vez(es)
  • +36/-9
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #903 em: Setembro 06, 2019, 05:37:34 pm »
Vamos ver quanto vale a palavra deste:

Citar
O Ministério da Defesa ressalva que se pretende, "de forma gradual e até 2023, edificar uma capacidade própria e permanente de meios aéreos do Estado para o combate aos incêndios rurais".

Quem acredita responde: Sim
Quem não acredita responde: Não

Ah! Não vale a pena sondagens, já todos sabemos que a resposta é:

Não

Seria no mínimo triste chegarmos a um ponto em que a FA tinha mais aeronaves de Combate Fogos Florestais do que de Defesa Aerea
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 6743
  • Recebeu: 2976 vez(es)
  • Enviou: 1550 vez(es)
  • +1501/-109
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #904 em: Setembro 06, 2019, 06:21:40 pm »
Vamos ver quanto vale a palavra deste:

Citar
O Ministério da Defesa ressalva que se pretende, "de forma gradual e até 2023, edificar uma capacidade própria e permanente de meios aéreos do Estado para o combate aos incêndios rurais".

Quem acredita responde: Sim
Quem não acredita responde: Não

Ah! Não vale a pena sondagens, já todos sabemos que a resposta é:

Não

Seria no mínimo triste chegarmos a um ponto em que a FA tinha mais aeronaves de Combate Fogos Florestais do que de Defesa Aerea

Assim, tipo marinha Portuguesa, que possui o enorme numero de sete navios de combate, não estou a contar com as duas corvetas, numa frota de trinta e quatro Navios??? :bang:
Só patrulhas a Armada tem dezoito, mais as duas Corvetas apatrulhadas portantoum total de vinte navios de patrulha !!

Notem que não menciono Marinha de Guerra Portuguesa, porque para mim ela não existe!
Se dos apenas sete navios de combate que esta Marinha possui, três estão a ficar obsoletos e não se prevê a sua substituição, dois serão minimamente melhorados, restam os dois 214, esses sim os dois únicos sistemas de combate actuais que a marinha possui !

Quanto á FAP ela há-de lá chegar, as unidades do Duplo/triplo uso estarão no seu auge daqui a uns anos, apenas temos de ter um pouco de paciência.

Abraços
« Última modificação: Setembro 06, 2019, 06:31:19 pm por tenente »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 6743
  • Recebeu: 2976 vez(es)
  • Enviou: 1550 vez(es)
  • +1501/-109
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #905 em: Setembro 06, 2019, 06:32:28 pm »
Vamos ver quanto vale a palavra deste:

Citar
O Ministério da Defesa ressalva que se pretende, "de forma gradual e até 2023, edificar uma capacidade própria e permanente de meios aéreos do Estado para o combate aos incêndios rurais".

Quem acredita responde: Sim
Quem não acredita responde: Não

Ah! Não vale a pena sondagens, já todos sabemos que a resposta é:

Não

Pois, Pois, conversa para Bois dormirem, é o que é !!!

Abraços
« Última modificação: Setembro 06, 2019, 06:35:41 pm por tenente »
 

*

asalves

  • Perito
  • **
  • 569
  • Recebeu: 206 vez(es)
  • Enviou: 71 vez(es)
  • +36/-9
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #906 em: Setembro 06, 2019, 06:38:35 pm »
Vamos ver quanto vale a palavra deste:

Citar
O Ministério da Defesa ressalva que se pretende, "de forma gradual e até 2023, edificar uma capacidade própria e permanente de meios aéreos do Estado para o combate aos incêndios rurais".

Quem acredita responde: Sim
Quem não acredita responde: Não

Ah! Não vale a pena sondagens, já todos sabemos que a resposta é:

Não

Já agora um duvida para tentar perceber se isto pode vir a fazer algum sentido ou é totalmente disparatado.

Normalmente pelo que conheço uma esquadra da FA tem um tipo de missão que pode suportar vários subtipos de missão mas que estão no global relacionadas, transporte logístico, SAR, ... a questão é relacionada com a vontade de o governo em aumentar/capacitar a FAP para combates fogos florestais vs disponibilidade de pilotos, faz sentido/possível/desejável que uma esquadra possa ter 2 missões distintas atribuídas? exemplo combate aos Fogos Florestais e SAR onde os meios eram usado para SAR numa semana e noutra semana eram destacados para FF?

É que pensando num modelo em que é a própria FAP a combater os FF com meios humanos e recursos próprios, é preciso haver treino e doutrina para este tipo de missão, contudo é um pouco "parvo" ter o meios parados ou com poucos treinos 4/5 meses por ano.


ok estava a pensar que seria parvo ter 10/15 meios para combate aos fogos florestais e toda a infraestrutura para essa missão parada durante os meses de Inverno mas apercebi-me que pode não ser totalmente descabido, pois apesar de no inverno não haver muitos incêndios sempre há alguns (ainda mais com as alterações climatéricas), contudo nesses mesmos meses é preciso treinar e descansar mesmo que não façam outro tipo de missão deverão estar ocupados com treinos e manutenções.

A questão é se a FAP consegue pilotos e recursos humanos para suportar uma estrutura destas, pois nos meses de verão vai ser preciso ter vários destacamentos espalhados pelo País.
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 8375
  • Recebeu: 964 vez(es)
  • Enviou: 1133 vez(es)
  • +134/-45
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #907 em: Setembro 06, 2019, 11:25:57 pm »
Militares tiram férias para ganhar milhares a apagar incêndios

Mas sou só eu que acha isto uma perfeita anormalidade????

Então o Estado deixa os seus pilotos militares fazerem uns 'ganchos' no privado e até lhes concede umas 'licenças especiais' para períodos prolongados, não obstante ser contra a lei - e contra o senso comum, já agora!

Pilotos que demoram anos a formar, em esquadras onde a carência de pilotos é crónica (caso da 751) e se passam enormes dificuldades para assegurar os destacamentos nas ilhas??

Desculpem, mas isto para mim é de bradar aos céus!!!

PS: e é claro que lamento a morte deste militar (não é esse o tema), que descanse em paz!


O capitão que faleceu estava no seu período de férias, e toda a gente tem direito a férias, de certeza que não vai estar no serviço nessa altura, licenças especiais prolongadas desconheço, não quer dizer que não hajam, mas eu desconheço.

Agora pergunto outra coisa, este capitão também era comandante dos bombeiros voluntários, se ele morresse a combater os fogos no chão também seria errado? O problema é numa das situações ganhar dinheiro ou é executar outra tarefa além de militar no período de férias? Então ser bombeiro também seria errado certo?
« Última modificação: Setembro 06, 2019, 11:28:00 pm por Lightning »
 

*

ICE 1A+

  • Analista
  • ***
  • 724
  • Recebeu: 527 vez(es)
  • Enviou: 43 vez(es)
  • +180/-11
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #908 em: Setembro 07, 2019, 03:44:19 am »
Militares tiram férias para ganhar milhares a apagar incêndios

Mas sou só eu que acha isto uma perfeita anormalidade????

Então o Estado deixa os seus pilotos militares fazerem uns 'ganchos' no privado e até lhes concede umas 'licenças especiais' para períodos prolongados, não obstante ser contra a lei - e contra o senso comum, já agora!

Pilotos que demoram anos a formar, em esquadras onde a carência de pilotos é crónica (caso da 751) e se passam enormes dificuldades para assegurar os destacamentos nas ilhas??

Desculpem, mas isto para mim é de bradar aos céus!!!

PS: e é claro que lamento a morte deste militar (não é esse o tema), que descanse em paz!


O capitão que faleceu estava no seu período de férias, e toda a gente tem direito a férias, de certeza que não vai estar no serviço nessa altura, licenças especiais prolongadas desconheço, não quer dizer que não hajam, mas eu desconheço.

Agora pergunto outra coisa, este capitão também era comandante dos bombeiros voluntários, se ele morresse a combater os fogos no chão também seria errado? O problema é numa das situações ganhar dinheiro ou é executar outra tarefa além de militar no período de férias? Então ser bombeiro também seria errado certo?

Caro Lightning
Eu acho que ninguém põe em causa o Certo ou o Errado!
Se tinha autorização para fazer esse serviço era porque estava qualificado para tal, A força aérea sabia-o e se lhe deu a licença foi porque assim bem o entendeu.

Eu só quero ressalvar que, o combate a fogos florestais é das tarefas mais difíceis e desgastantes que se pode exigir a um helicóptero e a um piloto!
Por algum motivo exigem 1500 horas de voo para poderem tirar a habilitação: combate a fogos florestais.

Para além de ter que ser exímio no controlo da sua aeronave contra forças externas completamente adversas á pilotagem normal, há aquele factor X que ninguém pode imaginar.......
Um poste.....invisível .... no meio da fumaça............
Posso afirmar por experiência própria, nos meus tempos de juventude tive oportunidade de voar como “Passageiro” numa dessas missões e achei que era demais para o meu fígado.........Também aqueles pilotos Polacos .....  pareciam suicidas...... (achava eu)
É preciso tê-los no sítio....... e do tamanho de um touro para aguentar aquilo como o normal do dia a dia!

Muito respeito, Muito!
Que Deus o tenha na sua paz eterna.

PS: Imaginem que eram koalas! Esta semana tínhamos perdido metade da frota!
« Última modificação: Setembro 07, 2019, 04:06:42 am por ICE 1A+ »
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 8375
  • Recebeu: 964 vez(es)
  • Enviou: 1133 vez(es)
  • +134/-45
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #909 em: Setembro 07, 2019, 09:23:18 am »
Caro Lightning
Eu acho que ninguém põe em causa o Certo ou o Errado!
Se tinha autorização para fazer esse serviço era porque estava qualificado para tal, A força aérea sabia-o e se lhe deu a licença foi porque assim bem o entendeu.

Eu só peço que as pessoas sejam coerente nas suas opiniões, apagar fogos no ar é diferente de apagar fogos no chão? Mesmo em conversa entre militares há quem concorde e quem discorde, são opiniões, mas no fim de tudo o que manda é a lei.

Citar
Também aqueles pilotos Polacos .....  pareciam suicidas......

Essa também é uma das vantagens da actual situação de recorrer a empresas privadas em vez de ser uma força militar, é que se pode ter pilotos estrangeiros, desde Polacos, a Brasileiros e Espanhóis, se fosse a FAP tinha que ser tudo portugueses e pelo menos na FAP, não há tantos.

Citar
Imaginem que eram koalas! Esta semana tínhamos perdido metade da frota!

Acha o Koala é inferior aos AS350 B3? Ou está a referir-se aos acidentes?
« Última modificação: Setembro 07, 2019, 09:25:05 am por Lightning »
 

*

sivispacem

  • Perito
  • **
  • 392
  • Recebeu: 20 vez(es)
  • Enviou: 18 vez(es)
  • +14/-2
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #910 em: Setembro 07, 2019, 10:23:10 am »
Militares tiram férias para ganhar milhares a apagar incêndios

Mas sou só eu que acha isto uma perfeita anormalidade????

Então o Estado deixa os seus pilotos militares fazerem uns 'ganchos' no privado e até lhes concede umas 'licenças especiais' para períodos prolongados, não obstante ser contra a lei - e contra o senso comum, já agora!

Pilotos que demoram anos a formar, em esquadras onde a carência de pilotos é crónica (caso da 751) e se passam enormes dificuldades para assegurar os destacamentos nas ilhas??

Desculpem, mas isto para mim é de bradar aos céus!!!

PS: e é claro que lamento a morte deste militar (não é esse o tema), que descanse em paz!


O capitão que faleceu estava no seu período de férias, e toda a gente tem direito a férias, de certeza que não vai estar no serviço nessa altura, licenças especiais prolongadas desconheço, não quer dizer que não hajam, mas eu desconheço.

Agora pergunto outra coisa, este capitão também era comandante dos bombeiros voluntários, se ele morresse a combater os fogos no chão também seria errado? O problema é numa das situações ganhar dinheiro ou é executar outra tarefa além de militar no período de férias? Então ser bombeiro também seria errado certo?

Isso é uma ideia que está generalizada mas profundamente errada. É ilegal trabalhar no período de férias, seja em que actividade for. As férias destinam-se ao descanso e recuperação das pessoas e, como tal, não podem servir para prestar trabalho remunerado a terceiros! (outra coisa será eu ajudar na vinha do meu pai ou no café da mãe, por exemplo, coisas que são compreensíveis e extremamente difíceis de detectar)
E tanto que é assim que os militares carecem de autorização para o desempenho destas funções - e é justamente este o ponto que eu não compreendo!
Não percebo como a Força Aérea pode autorizar estas situações em relação a pessoas cuja formação demorou e custou tanto ao erário público.
Se querem combater incêndios façam-no em unidades próprias e devidamente equipadas e treinadas para o efeito. e náo permitindo que os seus militares trabalhem numa empresa privada qualquer, em férias ou de licença.

Quanto ao facto de ele ser capitão dos bombeiros se calhar não devia ser permitido, apesar de não o perceber - é piloto da FAP no Montijo e é capitão de uns bombeiros perto de Viseu? Devia ser uma situação complicada de gerir.... E se calhar não o deviam ter autorizado a exercer essas funções também!
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 3797
  • Recebeu: 298 vez(es)
  • Enviou: 103 vez(es)
  • +465/-62
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #911 em: Setembro 07, 2019, 10:47:27 am »
Em 2023 chegam os KC...
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

Lusitaniae

  • Membro
  • *
  • 257
  • Recebeu: 61 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +19/-201
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #912 em: Setembro 07, 2019, 11:11:00 am »
Caro Lightning
Eu acho que ninguém põe em causa o Certo ou o Errado!
Se tinha autorização para fazer esse serviço era porque estava qualificado para tal, A força aérea sabia-o e se lhe deu a licença foi porque assim bem o entendeu.

Eu só peço que as pessoas sejam coerente nas suas opiniões, apagar fogos no ar é diferente de apagar fogos no chão? Mesmo em conversa entre militares há quem concorde e quem discorde, são opiniões, mas no fim de tudo o que manda é a lei.

Citar
Também aqueles pilotos Polacos .....  pareciam suicidas......

Essa também é uma das vantagens da actual situação de recorrer a empresas privadas em vez de ser uma força militar, é que se pode ter pilotos estrangeiros, desde Polacos, a Brasileiros e Espanhóis, se fosse a FAP tinha que ser tudo portugueses e pelo menos na FAP, não há tantos.

Citar
Imaginem que eram koalas! Esta semana tínhamos perdido metade da frota!

Acha o Koala é inferior aos AS350 B3? Ou está a referir-se aos acidentes?

Vi uma reportagem ontem se não me engano, em que se via elementos da GNR de binóculos em punho à caça de incendiarios dentro de um Koala!
Abbati, medico, potronoque intima pande
 

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 2053
  • Recebeu: 841 vez(es)
  • Enviou: 363 vez(es)
  • +781/-31
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #913 em: Setembro 07, 2019, 11:46:54 am »
Quanto ao facto de ele ser capitão dos bombeiros se calhar não devia ser permitido, apesar de não o perceber - é piloto da FAP no Montijo e é capitão de uns bombeiros perto de Viseu? Devia ser uma situação complicada de gerir.... E se calhar não o deviam ter autorizado a exercer essas funções também!

Só uma correcção. o piloto da FAP era Comandante dos Bombeiros de Cête em Paredes (distrito do Porto). 120 a 150km mais a norte de Viseu! (por estrada)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: sivispacem

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 8375
  • Recebeu: 964 vez(es)
  • Enviou: 1133 vez(es)
  • +134/-45
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #914 em: Setembro 07, 2019, 07:34:48 pm »
Quando vi a notícia da morte do piloto da FAP pensei logo nisto.

https://www.google.pt/amp/s/www.jn.pt/nacional/interior/amp/forca-aerea-nao-autoriza-mais-pilotos-para-fogos-11276735.html

É uma solução para a preservação da vida deles, mas não ajuda à manutenção dos pilotos no quadro da FAP, é que se alguns ainda pensavam duas vezes, o que ganham na FAP mais um dinheiro extra nos fogos já dá um complemento jeitoso, sem isso, mais decididos ficam de sair da Força Aérea.

Vamos ver que soluções a FAP e MdN vão continuar a arranjar para a falta de pessoal militar.
 

 

Concurso de aluguer de meios aereos para combate aos incendios 2020

Iniciado por luis simoes

Respostas: 15
Visualizações: 1379
Última mensagem Julho 15, 2020, 11:26:09 pm
por Red Baron
Puma fora dos fogos

Iniciado por Lancero

Respostas: 17
Visualizações: 6378
Última mensagem Maio 22, 2006, 10:12:07 am
por Rui Elias
Pumas no combate a incêndios

Iniciado por TOMKAT

Respostas: 128
Visualizações: 33873
Última mensagem Setembro 19, 2005, 10:24:30 pm
por TOMKAT
Capacidade de Combate Efetiva da FAP

Iniciado por typhonman

Respostas: 15
Visualizações: 3809
Última mensagem Dezembro 24, 2017, 05:31:14 pm
por Stalker79