ForumDefesa.com

Forças Armadas e Sistemas de Armas => Marinha Portuguesa => Tópico iniciado por: ruben lopes em Maio 28, 2008, 02:50:48 pm

Título: Substituição dos Lynx
Enviado por: ruben lopes em Maio 28, 2008, 02:50:48 pm
Qual é que acham que devia ser o substituto do heli Westland Lynx? Era bom haver novos helis para serem usados depois no NAVPOL (quando o tivermos daqui a 10 anos! :evil:
A melhor opção deveria ser um heli maior, que talvez era melhor a versão NFH do NH-90.
Título:
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 28, 2008, 03:16:34 pm
Há 4 Merlim preparados para serem usados no NavPol.
Título:
Enviado por: Luso em Maio 28, 2008, 05:44:03 pm
Em relação ao Lynx, procure ler o que é dito sobre esse programa no que para mim é um excelente blogue militar "Defence of The Realm".
Eu confesso que tinha alguma pedilecção por essa plataforma, mas a realidade parece ser bem diferente.
As predilecções devem ser baseadas em factos e menos em publicidade - contra mim falando.
Título:
Enviado por: Sintra em Maio 28, 2008, 06:05:44 pm
Citação de: "Luso"
Em relação ao Lynx, procure ler o que é dito sobre esse programa no que para mim é um excelente blogue militar "Defence of The Realm".
Eu confesso que tinha alguma pedilecção por essa plataforma, mas a realidade parece ser bem diferente.
As predilecções devem ser baseadas em factos e menos em publicidade - contra mim falando.


 Cuidado com o "Defence of The Realm", é de facto um bom blogue (está inclusivamente nos meus favoritos) mas tem a particularidade de achar que todas (ou quase todas) as decisões efectuadas pelo MOD Britânico são por defeito uma "M#$%$#" (Mera  :wink: ) o que até nem é verdade. Mais especificamente sobre o Lynx o Blogue tem a mania de comparar o custo total por unidade do programa "Future Lynx" com o "Unit Cost Production" de um Blackhawk  Norte Americano e dizer que este ultimo seria uma data de vezes mais barato de adquirir pela RAF, o que não só não é verdade como demonstra uma certa dose de desconhecimento...
 O Lynx é uma boa plataforma com provas dadas, mas o seu futuro está em causa devido a um "Budget Crunch" do MOD Britânico.
Título:
Enviado por: Luso em Maio 28, 2008, 07:59:55 pm
Sintra, é verdade que eles tendem a malhar muito no MOD. Se há razão para tal ou não aí já não me quero meter. Os argumentos que daí retiro dão que pensar, como o custo, o desempenho em temperaturas elevadas, a capacidade de transporte e a disponibilidade. Mas isso é apenas o que leio. Longe de mim dizer que isso é definitivo.
Título:
Enviado por: Sintra em Maio 28, 2008, 09:01:43 pm
Citação de: "Luso"
Sintra, é verdade que eles tendem a malhar muito no MOD. Se há razão para tal ou não aí já não me quero meter. Os argumentos que daí retiro dão que pensar, como o custo, o desempenho em temperaturas elevadas, a capacidade de transporte e a disponibilidade. Mas isso é apenas o que leio. Longe de mim dizer que isso é definitivo.


 Completamente de acordo Luso.
Título:
Enviado por: nonameboy em Maio 29, 2008, 08:16:44 pm
Acho o Black Hawk um bom candidato! Mas os Eurocopter Dauphin e o Cougar tambem nao era maus :roll:
Título:
Enviado por: typhonman em Maio 29, 2008, 08:26:24 pm
Não tem logica adquirir o BlackHawk(neste caso seria o SeaHawk) visto ir-mos ter NH-90 no Exército na sua versão TTH, pode-se optar pela versão naval do NH-90, o NH-90NFH.
Título:
Enviado por: ruben lopes em Maio 29, 2008, 09:12:23 pm
ESTOU TOTALMENTE DE ACORDO, TYPHONMAN. :G-Ok:  :G-beer2:  :G-beer2:
Título:
Enviado por: luis filipe silva em Maio 29, 2008, 09:23:45 pm
Typhonman escreveu:
Citar
não tem logica adquirir o BlackHawk(neste caso seria o SeaHawk) visto ir-mos ter NH-90 no Exército na sua versão TTH, pode-se optar pela versão naval do NH-90, o NH-90NFH.
Nas duas B.Dias não eragrande impedimento. Nas V. da Gama iam-se gastar muitos Euros para as adaptar.
Na minha opinião pessoal, a marinha só vai ter novos helicópteros quando as duas classes existentes forem abatidas. Dúvidas???


nonameboy escreveu:

Citar
Acho o Black Hawk um bom candidato! Mas os Eurocopter Dauphin e o Cougar tambem nao era maus

 Qual o modelo do Eurocopter? O SH 70 não cabe lá, e o Cougar também não.
Título:
Enviado por: nonameboy em Maio 29, 2008, 09:52:49 pm
Citação de: "luis filipe silva"
nonameboy escreveu:
Citar
Acho o Black Hawk um bom candidato! Mas os Eurocopter Dauphin e o Cougar tambem nao era maus
Qual o modelo do Eurocopter? O SH 70 não cabe lá, e o Cougar também não.


Se o EH-101 cabe... Talvez eles tambem caibam... :?

Estou a falar do ultimo modelo do Cougar! EC725
Título:
Enviado por: lurker em Maio 29, 2008, 09:59:05 pm
O EH-101 não cabe.
Título:
Enviado por: nonameboy em Maio 29, 2008, 10:02:05 pm
:arrow:
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Há 4 Merlim preparados para serem usados no NavPol.
Título:
Enviado por: lurker em Maio 29, 2008, 10:05:03 pm
Oops!
Como estávamos a falar da subtituição do Lynx, assumi que o LFS se estava a referir às fragatas.
Título:
Enviado por: JMM em Maio 29, 2008, 10:56:09 pm
Citação de: "luis filipe silva"
Typhonman escreveu:
Citar
não tem logica adquirir o BlackHawk(neste caso seria o SeaHawk) visto ir-mos ter NH-90 no Exército na sua versão TTH, pode-se optar pela versão naval do NH-90, o NH-90NFH.

Nas duas B.Dias não era grande impedimento. Nas V. da Gama iam-se gastar muitos Euros para as adaptar.
Na minha opinião pessoal, a marinha só vai ter novos helicópteros quando as duas classes existentes forem abatidas. Dúvidas???


Antes que me comecem a bater deixem-me desde já dizer que também acho que a Marinha só vai ter helicópteros novos quando o meu filho de 2 anos entrar para a Universidade, na melhor das hipóteses... :twisted:

Já repararam que se as coisas correrem como planeado, Portugal vai ter que suportar 4 cadeias logísticas diferentes para hélis (EH-101, Lynx, NH-90, héli ligeiro para a FA e UALE)? Pelo menos um deles podia e devia "ir à vida" e a escolha natural é o Lynx, essencialmente porque é o mais antigo e aquele que existe em menor número. A escolha para o substituir também me parece óbvia, o NH-90, por vários motivos:

a) Já vamos ter a cadeia logística por causa do UALE.

b) É state-of-the-art e bastante mais capaz que o Lynx

c) As Bartolomeu Dias podiam ser facilmente convertidas. Aliás, a Bélgica e a Holanda estão a fazer isso mesmo.

d) Nas VdG o trabalho não seria tão simples, mas também não me parece que fosse assim tão complicado. Afinal, onde cabem 2 Lynx cabe de certeza um NH-90. Mesmo que o MLU das VdG incluísse uns radares de controlo de tiro melhorados e um VLS MK-41 com ESSM (mais uma vez "wishful thinking"), o lançador óctuplo podia sempre ir para a vante onde até já está reservado espaço desde o início, certo? (corrijam-me nisto se estiver enganado)

Portanto aqui fica a sugestão: adquiram-se 5 NH-90 depois dos MLU das fragatas e da entrega do primeiro lote para o Exército, i.e., com entrega lá para 2015/6 (por essa altura os Lynx vão ter mais de 20 anos).

P.S.- Eu tenho que deixar de fumar certas coisas que me dão alucinações... :rir:
Título:
Enviado por: luis filipe silva em Maio 30, 2008, 01:39:00 am
JMM escreveu:
Citar
Eu tenho que deixar de fumar certas coisas que me dão alucinações...

Acho que todos nós por aqui deviamos deixar a "changa", e tomar qualquer coisa para a depressão. Os nossos políticos delegam a defesa
do país em Madrid ou Bruxelas....
Título:
Enviado por: LuisC em Maio 30, 2008, 03:06:07 am
Citação de: "JMM"
Já repararam que se as coisas correrem como planeado, Portugal vai ter que suportar 4 cadeias logísticas diferentes para hélis (EH-101, Lynx, NH-90, héli ligeiro para a FA e UALE)?


E será que o modelo ligeiro para a FAP e UALE irá ser o mesmo?
È que se não for, e na minha opinião não será, então serão cinco modelos diferentes! :twisted:
Título:
Enviado por: JMM em Maio 30, 2008, 09:26:55 am
A ideia actual é ser só um modelo para ambas as forças. Já assim era com os EC cancelados.

Dito isto, este país há muito tempo que deixou de me surpreender e, portanto, é bem possível que venhamos a acabar com 5 hélis diferentes. Não acho provável, mas nada é impossível em Portugal... :?
Título:
Enviado por: P44 em Maio 30, 2008, 10:13:21 am
Citação de: "luis filipe silva"
Typhonman escreveu:
Citar
não tem logica adquirir o BlackHawk(neste caso seria o SeaHawk) visto ir-mos ter NH-90 no Exército na sua versão TTH, pode-se optar pela versão naval do NH-90, o NH-90NFH.
Nas duas B.Dias não eragrande impedimento. Nas V. da Gama iam-se gastar muitos Euros para as adaptar.
Na minha opinião pessoal, a marinha só vai ter novos helicópteros quando as duas classes existentes forem abatidas. Dúvidas???



nenhuma...
Título:
Enviado por: P44 em Maio 30, 2008, 10:16:54 am
Citação de: "luis filipe silva"
JMM escreveu:
Citar
Eu tenho que deixar de fumar certas coisas que me dão alucinações...
Acho que todos nós por aqui deviamos deixar a "changa",


qual quê, deviamos era começar a fumar abundantemente, viamos logo as BD com NH-90 e os MLUs todos, mais o NAVPOL e os NPOs a navegarem.... :mrgreen:
Título:
Enviado por: Instrutor em Maio 30, 2008, 11:47:54 am
Meus senhores para equipar o futuro meio logistico da armada o NAVpol ja temos helicoptero para o operar, e mais e que helicoptero o Merlin na sua versao CSAR, apesar de ter agora muito brevemente superados pela sua manutenção, o Merlin esta considerado um dos melhores helicopteros actualmente em qualquer Forças Armadas Mundiais, actualmente temos 4 unidades de Merlin para equipar o NAVpol, para equipar as Fragatatas da classe BD e VdG propunha o seguinte o NH-90 versao naval pelas seguintes razoes:
1º as fragatas BD ja vem preparadas para receber este tipo de heli;
2º Algumas marinhas europeias estao a optar presentemente e futuramente pela substituição dos Lynx por este Heli NH-90;
3º É possivel das Fragatas VdG operarem o NH-90, com um pequeno ajustamento no conves de voo, sejamos francos onde cabem 2 Lynxs cabe perfeitamente um NH-90;
4º Cadeia logistica mais barata, contratos de manutenção mais baratos, isto porque dispunhados de um Heli embora de versoes diferentes a operarem nas nossas Forças Armadas, no Exercito e na Marinha o mesmo heli NH-90 embora como ja disse de versoes diferentes.
5º Mesmo com a intenção do Governo de juntar dos os Helis num comando unico na Base Aérea nº6 Montijo teriamos apenas tres tipos de Helis diferentes:
 - Merlin;
 - NH-90 (Marinha e Exercito);
 - Substituto do Allouette III, eu apostava no TIGER ou noutro Helicoptero de ataque ao solo, pois penso que na valencia de ataque ao solo estamos muito mal. Temos meios suficientes de Transporte, Busca e Salvamento e luta anti-submarina e anti-superficie, falta-nos a versao de ataque ao solo desta forma e como ja disse noutro tópico apostava numa duzia de TIGERS ou Apaches AH-64, continuavamos futuramente com tres tipos diferentes de helicopteros não comprometendo as verbas da logistica.
É o que eu penso, mas os especialistas sabem mais do que o que será melhor para as nossas Forças Armadas. c34x
Título:
Enviado por: ruben lopes em Maio 30, 2008, 02:29:22 pm
Como já me responderam antes, (porque também acho que a UALE devia ser equipada com helis de ataque) ,é pouco provável que Portugal venha ser equipado com estes tipos de helicopteros, o que é muito triste   :cry:  :cry:  :cry:  :cry:  :) (só se rezarmos muito)
é melhor o apache, porque o tiger é mais caro.
Título:
Enviado por: P44 em Maio 30, 2008, 02:52:11 pm
Citar
para equipar as Fragatatas da classe BD e VdG propunha o seguinte o NH-90 versao naval pelas seguintes razoes:
1º as fragatas BD ja vem preparadas para receber este tipo de heli;


Não, não vêm :roll:  :roll:

As BD não terão o convés de vôo nem o hangar modiificado para receber o NH-90.

as M Belgas e Holandesas é que serão modificadas para tal (de momento a única que já pode operar o NH-90 é a F-931 Belga)

Mais uma vez. ..as BD não podem embarcar o NH-90 , teriam de ser modificadas para tal e não o sendo agora, prestes a ser entregues, dúvido muito que algum dia o sejam.

Note as Diferenças:

Convés de Vôo da LOUISE-MARIE F-931
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fimg78.imageshack.us%2Fimg78%2F8927%2Fbns20f2093120louise20maal2.jpg&hash=9e148fec00ec12559bdd15de784a8bb2)

e da VAN NES (futura BD)
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fimg138.imageshack.us%2Fimg138%2F6246%2F1207930774nf833vannesanzt0.jpg&hash=f6113c13ca0ea797ffd5657ecb188323)
Título:
Enviado por: JLRC em Maio 30, 2008, 04:11:22 pm
Citação de: "LuisC"
Citação de: "JMM"
Já repararam que se as coisas correrem como planeado, Portugal vai ter que suportar 4 cadeias logísticas diferentes para hélis (EH-101, Lynx, NH-90, héli ligeiro para a FA e UALE)?


No entanto, os NH-90 e os AW-101 utilizam os mesmos motores pelo que a cadeia logística será a mesma. Quanto aos AW-109 julgo (não tenho a certeza) que também poderão usarem os mesmos motores. A Agusta Westland possui um modelo, o AW 119 que é igual ao AW 109 excepto que é monomotor. Penso que se se optar pela Agusta Westland para o fornecimento de helicópteros ligeiros, poderia-se optar por um mix de AW 119 e AW 109. Apesar de helicópteros diferentes, AW 101, NH-90, AW 109/119, a cadeia logística para os motores e mais alguns equipamentos electrónicos seria só uma.
Título:
Enviado por: AMRAAM em Maio 30, 2008, 04:35:48 pm
Citação de: "ruben lopes"
Como já me responderam antes, (porque também acho que a UALE devia ser equipada com helis de ataque) ,é pouco provável que Portugal venha ser equipado com estes tipos de helicopteros, o que é muito triste   :cry:  :cry:  :cry:  :cry:  :) (só se rezarmos muito)
é melhor o apache, porque o tiger é mais caro.
Como ya puso el forero old en otro post,el helicoptero apache(el longbow) es mas caro que la mejor version del tigre(had).Esta es la tabla de precios estimados :wink: :
Citar
El coste del sistema (helicóptero, armamento y soporte) depende del número y versión de los helicópteros:

    * Tigre HAP 35-30 millones de dólares.
    * Tigre ARH 36 millones de dólares.
    * Tigre HAD 44-48 millones de dólares.
    * Tigre UHT 38-43 millones de dólares.

En comparación el Boeing AH-64 Apache Longbow cuesta 48-52 millones de dólares.

http://es.wikipedia.org/wiki/Eurocopter_Tigre
Título:
Enviado por: Lightning em Maio 30, 2008, 06:42:01 pm
Citação de: "Instrutor"
- Substituto do Allouette III, eu apostava no TIGER ou noutro Helicoptero de ataque ao solo


Você acha isso um bom helicoptero utilitário e de instrução :shock: .
Título:
Enviado por: Lightning em Maio 30, 2008, 06:44:45 pm
Citação de: "JLRC"
Penso que se se optar pela Agusta Westland para o fornecimento de helicópteros ligeiros, poderia-se optar por um mix de AW 119 e AW 109.


Qual é a vantagem desse mix?
Título:
Enviado por: luis filipe silva em Maio 30, 2008, 09:32:11 pm
Eu julgava que os caros colegas já tivessem assimilado que para operar o NH-90 há que dar maior comprimento ao hângar e parque do helicóptero, e nas V. da Gama não se "atafulha" um heli como se faz com um carro Tipo onde cabem dois cabe um. Além do mais, tomara o governo libertar verbas para os combustíveis, quanto mais para "modernices".
Não existe o Pai Natal.
Título:
Enviado por: HSMW em Maio 30, 2008, 10:07:19 pm
Só para quem ainda não viu
http://youtube.com/watch?v=5L9_cJa7ufY (http://youtube.com/watch?v=5L9_cJa7ufY)
Título:
Enviado por: AMRAAM em Maio 30, 2008, 10:32:31 pm
Bom video!! :wink:
Título:
Enviado por: jmg em Maio 31, 2008, 09:58:15 am
Bom video.
O lynx ainda continua a ser o heli com o record de velocidade?
Quanto à helis de ataque em Portugal, eu já escrevi na secção Exército que os futuros helis ligeiro com capacidade para transportar armas ACar para reconhecimento armado e capacidade para apoio aéreo (helicanhão) são o ideal para a dimensão das nossas forças armadas.
Título:
Enviado por: lurker em Maio 31, 2008, 05:36:01 pm
Continua.

Teoricamente, um helicóptero não consegue ultrapassar o recorde de 1986 por mais que alguns km/h pelo que não há grande motivação para o tentar bater.
Título:
Enviado por: lurker em Maio 31, 2008, 05:40:24 pm
Já agora, um video para se deliciarem:
http://youtube.com/watch?v=8N1UppmRo-4 (http://youtube.com/watch?v=8N1UppmRo-4)
Título:
Enviado por: JLRC em Maio 31, 2008, 10:36:41 pm
Citação de: "Lightning"
Citação de: "JLRC"
Penso que se se optar pela Agusta Westland para o fornecimento de helicópteros ligeiros, poderia-se optar por um mix de AW 119 e AW 109.

Qual é a vantagem desse mix?


Como disse acima, os helicópteros são idênticos só que os AW 109 têm 2 turbinas e os AW 119 uma turbina, portanto mais indicados para a instrução. A diferença entre eles é só no número de turbinas. Como certamente sabe, foi aqui várias vezes afirmado e explicado que os helicópteros para instrução devem ter uma única turbina.
Título:
Enviado por: Lightning em Junho 01, 2008, 12:35:21 am
Citação de: "JLRC"
Como certamente sabe, foi aqui várias vezes afirmado e explicado que os helicópteros para instrução devem ter uma única turbina.


Suprendentemente não sabia :lol: .
Título:
Enviado por: JLRC em Junho 01, 2008, 03:14:28 am
Citação de: "Lightning"
Citação de: "JLRC"
Como certamente sabe, foi aqui várias vezes afirmado e explicado que os helicópteros para instrução devem ter uma única turbina.

Suprendentemente não sabia :lol: .


Tudo bem  :wink:
Título:
Enviado por: FS em Junho 02, 2008, 02:29:40 pm
E que tal substituir o Lynx pelo "Future Lynx"??

O problema sera o preço e a lista de espera...
Título:
Enviado por: JLRC em Junho 02, 2008, 07:44:04 pm
Citação de: "FS"
E que tal substituir o Lynx pelo "Future Lynx"??

O problema sera o preço e a lista de espera...


Julgo que o substituto natural do Super Lynx é o NH-90.
Título:
Enviado por: JMM em Junho 02, 2008, 10:54:47 pm
Completamente de acordo.... um dia no futuro muito distante que se queira substituir o Lynx a escolha óbvia será o NH-90, porque também já os vamos ter no UALE e simplifica a cadeia logística e, também, porque Portugal é parceiro do programa (não sei muito bem parceiro em quê pq não construimos peças nenhumas, mas enfim...).
Título: Foto Lynx 1991
Enviado por: Nuno em Junho 05, 2008, 02:09:25 am
Desculpem a qualidade da foto.

 Foto tirada em Stª.  Margarida ,em 1991 com uma cam. de 110mm :shock:

 (https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fimg74.imageshack.us%2Fimg74%2F4448%2Fimagem183lr3.th.jpg&hash=08887a9a093d782803c66f192097eb74) (http://http)
Título:
Enviado por: raphael em Junho 05, 2008, 09:07:23 pm
Bom em termos de aeronaves para o futuro Navio Logisitico Polivalente está previsto que o mesmo permita a aterragem no deck de 02 aeronaves e que no hangar estejam parqueadas no máximo 04 aeronaves, desde Linkx, EH101, NH90... de qualquer modo e na melhor das hipóteses o mesmo só poderá estar pronto em 2014, se os estaleiros de viana criarem alguma sinergia... De qualquer modo tenho a ideia que o custo dos submarinos na LPM vão dar cabo das verbas disponíveis para aquisição de outras aeronaves para a marinha. :twisted:
Título:
Enviado por: luis filipe silva em Junho 05, 2008, 09:20:46 pm
Caro Raphael
 Você escreveu que no futuro- ex. NavPol cabem quatro Lynx, Merlin, NH 90.
A coisa não é assim tão simples: Lynx cabem cerca de seis a oito, Merlin quatro e NH 90 nenhum.
Quanto ao custo dos submarinos nem vou mais falar no Eurostat, porque creio que é areia demais!....
Título:
Enviado por: raphael em Junho 05, 2008, 09:32:22 pm
Bom em relação ao que cabe ou não no hangar do navio, só falei a partir de uma apresentação que já tive o prazer de visionar, onde mostrava toda as aplicações em termos de capacidades do mesmo, seja helis (onde mencionava todos os que enumerei) blindados (pandur mais concretamente) além das capacidade da doca seca/humida para anfibios e lanchas desembarque.
Só mencionei o facto nessa perspectiva que me foi apresentada, nada de capacidades máximas de hélis, só uma dotação considerada standard.
Título:
Enviado por: LuisC em Junho 06, 2008, 12:41:42 am
Bom…estamos aqui a falar da substituição do Lynx, mas o facto é que a marinha vai precisar de pelo menos mais três helicópteros para equipar as novas fragatas Bartolomeu Dias…eu prevejo a aquisição de Lynx adicionais, usados claro está…será que acerto?  :)
Título:
Enviado por: PereiraMarques em Junho 06, 2008, 02:25:03 am
Previstos mas nunca concretizados, já se falou de três, de dois...até de apenas um...mas nada...:oops:
Título:
Enviado por: luis filipe silva em Junho 06, 2008, 04:05:59 am
Caro Raphael. Refiro-me aos actuais e futuros helicópteros portugueses.
Os que podem ser acomodados em hângar, são os Lynx, e os quatro EH-101 CSAR. Estes são os únicos que dobram as pás e as caudas para serem acomodados em hângar.
Os futuros NH 90 do Exercito não têm essa capacidade, apenas o NFH 90, que é a versão naval. Quanto às pás dos rotores elas são dobráveis, as caudas não tenho a certeza. Além disso todos os helis embarcados têm tratamento anti-corrosão.

http://www.naval-technology.com/projects/nh90/ (http://www.naval-technology.com/projects/nh90/)

http://pt.wikipedia.org/wiki/NH-90 (http://pt.wikipedia.org/wiki/NH-90)
Título:
Enviado por: antoninho em Junho 06, 2008, 09:12:46 pm
Segundo uma revista nacional e comemorando os anos que faria a aviação naval este ano, lê-se lá que a marinha tenciona equipar os helis com uma metralhadora para apoiar certas acções mais musculadas, pôr blindagem para protecção das tripulações e dotar estes com depósitos auto-vedantes para ao serem perfurados por disparos não perderem o combustível....por isso esqueçam tão depressa a sua substituição....
Título:
Enviado por: PereiraMarques em Junho 14, 2008, 01:25:21 am
:arrow: http://www.youtube.com/watch?v=ybGSqXKjKLM (http://www.youtube.com/watch?v=ybGSqXKjKLM)
Título:
Enviado por: Pedro Monteiro em Junho 14, 2008, 10:10:17 am
Citação de: "antoninho"
por isso esqueçam tão depressa a sua substituição....

Um trabalho que deve sair na revista Vega em Julho vai abordar, com fontes da EHM, a questão da substituição dos Lynx e a solução para a vinda das novas fragatas.  :wink:

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título:
Enviado por: ruben lopes em Junho 14, 2008, 10:40:45 am
ou então em vez da sua substituição, a compra de mais lynx.
Título:
Enviado por: jmg em Junho 14, 2008, 12:52:30 pm
Ou como já foi dito aqui deixar as coisas como estão.
5 lynx´s para 5 fragatas.
Penso que os recursos financeiros devem ser orientados para projectos mais prementes (NAVPOL/ aquisição de torpedos e misseís e finalmente despachar os NPO´s)
Título:
Enviado por: Pedro Monteiro em Junho 14, 2008, 09:46:40 pm
Note-se que a matemática não funciona em função do número de fragatas. Tendo a Marinha três fragatas com capacidade para embarcar helicópteros (Meko 200PN), ela nunca teve três destacamentos, mas dois. Isto é, em média, tem dois helicópteros embarcados. Com a adição de duas novas fragatas à frota o número de destacamentos continuará a ser inferior ao número total de fragatas.

O que faz, aliás, sentido. Há sempre aeronaves e navios em manutenção, se bem que, em algumas situações, a frota de Lynx tenha atingido os 100% de taxa de operacionalidade, como em 1998 aquando da intervenção na Guiné.

Mas a solução encontrada parece, face às nossas necessidades e possibilidades, a melhor. A própria intenção de modernizar os Lynx (e como o fazer) revela que na EHM existe uma perfeita consciência de quais são as missões para que efectivamente a unidade deve e tem que estar preparada.

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título:
Enviado por: Ricardo em Julho 06, 2008, 08:47:04 pm
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fimg149.imageshack.us%2Fimg149%2F9586%2F4heliseu9.th.jpg&hash=0efb4995b0a89c40860fe5f53600b4e5) (http://http)
Título:
Enviado por: Pedro Monteiro em Agosto 18, 2008, 12:16:52 am
O trabalho sobre a EHM foi publicado na edição de Agosto da revista Vega, já nas bancas um pouco por todo o país. Alguns dos pontos aqui debatidos, como a aquisição de novos helicópteros, são desenvolvidos no texto.  :wink:

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fimg.photobucket.com%2Falbums%2Fv293%2Filha113%2Fvega_p.jpg&hash=ed1864cc8c7df3d4c14f780cba53e482)

O artigo não o refere, mas gostaria de expressar publicamente os meus agradecimentos à EHM pela disponibilidade e amabilidade com que fui recebido e as condições excepcionais que encontrei para a reportagem. Sem dúvida, um bom exemplo dentro das Forças Armadas.

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título:
Enviado por: paraquedista em Agosto 18, 2008, 03:06:38 am
Caro Pedro Monteiro,

Sera que pode levantar o veu sobre quais as solucoes a que se refere...no que respeito a modernizacao....aquisicao de mais helicopteros e ou substituicao.

E que alguns como eu, nao vivemos em Portugal...e por isso nao posso adquirir a revista.

Desde ja agradecido.
Título:
Enviado por: Nuno Bento em Agosto 18, 2008, 10:43:30 am
Citação de: "antoninho"
Segundo uma revista nacional e comemorando os anos que faria a aviação naval este ano, lê-se lá que a marinha tenciona equipar os helis com uma metralhadora para apoiar certas acções mais musculadas, pôr blindagem para protecção das tripulações e dotar estes com depósitos auto-vedantes para ao serem perfurados por disparos não perderem o combustível....por isso esqueçam tão depressa a sua substituição....


Já la vão uns anitos mas lembro me que aquando da crise na guiné bissau os  Lynx já andavem equipados com uma metralhadora. Essas imagens foram amplamente divulgadas pela tv na altura. Até andava sempre um a fazer a cobertura do outro quando aterrava.
Título:
Enviado por: MoisésPMagalhães em Setembro 14, 2008, 12:33:54 am
Caro Pedro Monteiro

li com atenção o artigo da EHM na revista VEGA, e não fiquei esclarecido quanto a aquisição de novos aparelhos LYNX ou da sua substituição pelo futuro NH90, na minha opinião, penso que no presente e com a chegada da classe Bartolomeu Dias, deveríamos adquirir no minímo, pelo menos mais dois aparelhos da nova geração, o LYNX 300 e porque não continuar com os LYNXs na Marinha, porque no curto prazo não equacionamos unidades navais que comportem os NH90.

Aproveito para dizer que leio com bastante atenção os seus artigos de análise no site da Área Militar.
Título:
Enviado por: PereiraMarques em Setembro 14, 2008, 01:01:06 am
Citação de: "MoisésPMagalhães"
li com atenção o artigo da EHM na revista VEGA, e não fiquei esclarecido quanto a aquisição de novos aparelhos LYNX ou da sua substituição pelo futuro NH90


Eu por acaso fiquei bem esclarecido :roll: ...o artigo explica bem que o acréscimo de horas operacionais dos Lynx serão conseguidos com a redução das horas de instrução/treinamento através do (maior) uso de simuladores...
Título:
Enviado por: Pedro Monteiro em Setembro 14, 2008, 10:05:55 am
Citar
li com atenção o artigo da EHM na revista VEGA, e não fiquei esclarecido quanto a aquisição de novos aparelhos LYNX ou da sua substituição pelo futuro NH90, (...)
Como foi explicado pelo membro Pereira Marques, a opção da EHM não passa pela aquisição de novos aparelhos mas pela maior rentabilização do recurso a simuladores e, consequentemente, das horas de voo nos cinco aparelhos existentes. O argumento de mais aparelhos foi muito bem "desmontado" pelo Comandante Hugo Cabral e pelo próprio Comandante Costa e Sousa, comandante da EHM. Infelizmente, por limitação de caracteres para o artigo, não pude abordar, com maior detalhe, este tema.

Em resumo, a EHM possui cinco aparelhos que contam com 16 mil horas de voo e década e meia de serviço na Marinha portuguesa. A aquisição de um pequeno número de aparelhos como previsto na LPM (um ou dois?) implicaria sempre comprar células com idades diferentes. Ou células novas ou células antigas que não eram da mesma versão e exigiam trabalhos adicionais para conversão para a versão Mk 95 - que já não se fabrica. Depois, em dado momento, a frota portuguesa ficaria com cinco aeronaves no final de vida - e, portanto, a "pedir reforma" - e duas com algum potêncial de horas de voo em célula. Isto não implica a rejeição dos NH-90. Mas não são uma prioridade.
Corresponde, pois, a uma visão de que o investimento na aquisição de mais aeronaves - com mais custos de horas de voo, sobresselentes, aquisição e necessidade de pilotos - pode ser direccionado com melhores resultados para a modernização das actuais (e.g., armamento e sensores para voo nocturno) e para o simulador. Esta noção espelha algo que me agradou profundamente no contacto com a EHM: o seu pragmatismo e realismo. Talvez, e aqui dou a minha opinião pessoal, porque são uma das unidades portuguesas que, nos últimos anos, esteve envolvida em mais missões reais. Mas existe ali uma noção muito mais avançada de como deve ser o relacionamento dos militares com civis, da Marinha com outros ramos militares e a constituição de uma unidade militar de modo a responder às missões que, com maior probabilidade, poderão ocorrer.

Citar
Aproveito para dizer que leio com bastante atenção os seus artigos de análise no site da Área Militar.

Devem ser de outro Pedro Monteiro.  :wink:

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título:
Enviado por: jmg em Setembro 14, 2008, 03:55:42 pm
Finalmente parece existir algumas pessoas com visão nas FFAA.
Acho correcto esta opção de manter os Lynxs e apostar no simulador para poupar uns €.
Era tempo de haver alguém que pensasse na melhor solução visto o estado actual.
Que sirva de exemplo para mais sectores do Estado.
Título:
Enviado por: Lancero em Outubro 20, 2008, 10:57:53 pm
Citar
Portaria n.º 844/2008
Considerando que a Marinha, para o desempenho da sua missão,
conta no activo de meios operacionais com cinco helicópteros LYNX
Mk95, relativamente aos quais importa assegurar o desenvolvimento e
implementação das modificações necessárias à sua operacionalidade,
manutenção e segurança de voo;
Tendo em conta que, para esse efeito, a Marinha tem necessidade
de adquirir os correspondentes serviços através da celebração de um
contrato que dará origem a encargos orçamentais em mais de um ano
económico;
Considerando que, de acordo com as disposições conjugadas do n.º 2
do artigo 45.º da Lei n.º 91/2001, de 20 de Agosto, alterada e republicada
pela Lei n.º 48/2004, de 24 de Agosto, e do n.º 1 do artigo 22.º do Decreto-
-Lei n.º 197/99, de 8 de Junho, mantido em vigor pelo artigo 14.º do
Decreto -Lei n.º 18/2008, de 29 de Janeiro, a abertura do procedimento
relativo a despesas que dêem lugar a encargo orçamental em mais de um
ano económico não pode ser efectivada sem prévia autorização conferida
em portaria conjunta dos Ministros das Finanças e da tutela técnica.
Nestes termos, manda o Governo, pelos Ministros de Estado e das
Finanças e da Defesa Nacional, o seguinte:
1 — Autorizar a Direcção de Navios a desenvolver os procedimentos
adequados à aquisição de serviços de apoio técnico, desenvolvimento e
implementação de modificações necessárias à operacionalidade, manutenção
e segurança de voo das aeronaves LYNX Mk95, pelo montante
global de € 500 000, acrescido de IVA à taxa legal em vigor.
2 — Os encargos resultantes do contrato não poderão exceder, em
cada ano económico, os seguintes montantes, acrescidos de IVA à taxa
legal em vigor:
2008 — € 166 000;
2009 — € 166 000;
2010 — € 168 000.
3 — Os montantes fixados para 2009 e 2010 poderão ser acrescidos
dos saldos que se apurarem na execução orçamental dos anos anteriores.
4 — Os encargos emergentes da presente portaria serão satisfeitos por
verbas adequadas inscritas e a inscrever no orçamento do Ministério da
Defesa Nacional, Marinha, para os anos de 2008, 2009 e 2010.
5 — A orçamentação das despesas em cada ano será precedida pela
apresentação de programas anuais de execução, elaborados de acordo
com as normas definidas pelo Ministério das Finanças e da Administração
Pública.
2 de Outubro de 2008. — O Ministro de Estado e das Finanças, Fernando
Teixeira dos Santos. — O Ministro da Defesa Nacional, Henrique
Nuno Pires Severiano Teixeira.


http://www.dre.pt/pdf2sdip/2008/10/2030 ... 042581.pdf (http://www.dre.pt/pdf2sdip/2008/10/203000000/4258042581.pdf)
Título:
Enviado por: Firefigther em Outubro 20, 2008, 11:58:49 pm
Ñ se pode esqueçer que o Lynx antes d mais é um helicoptero com funções primárias de luta anti-submarina , é verdade que ele foi adaptado pra efectuar outro tipo de trblhs mas luta anti-submarina é a sua matrix principal . . .
Mesmo o substituindo por um nh90 , acho que continua a existir uma lacuna grande , que é a d apoio aos desembarques dos fuzileiros , pegando no exemplo d a uns anos atrás dos acontecimentos ocorridos na Guiné acaba por ser algo comico estar a assistir o desembarque dos fuzileiros na praia com cobertura aerea d linx . . . Sim e verdade que podem efectuar esse tipo d função mas como ja disse a sua matix principal ñ é essa . . .
Porque ñ comprar Super Cobras , Apaches ou aparelhos semelhantes , para fazerem essa ajuda , cobertura aos fuzileiros navais da nossa armada???? algo efectuado tb pelos americanos. . .
É verdade que a armada assim teria que ter dois tipos de helicopteros ( lynx , cobras ) logo mais despesa mas fikaria com uma operacionalidad qualitativa mt superior logo melhor . . .
Título:
Enviado por: Lightning em Outubro 21, 2008, 10:05:52 pm
Citação de: "Firefigther"
Ñ se pode esqueçer que o Lynx antes d mais é um helicoptero com funções primárias de luta anti-submarina , é verdade que ele foi adaptado pra efectuar outro tipo de trblhs mas luta anti-submarina é a sua matrix principal . . .
Mesmo o substituindo por um nh90 , acho que continua a existir uma lacuna grande , que é a d apoio aos desembarques dos fuzileiros , pegando no exemplo d a uns anos atrás dos acontecimentos ocorridos na Guiné acaba por ser algo comico estar a assistir o desembarque dos fuzileiros na praia com cobertura aerea d linx . . . Sim e verdade que podem efectuar esse tipo d função mas como ja disse a sua matix principal ñ é essa . . .
Porque ñ comprar Super Cobras , Apaches ou aparelhos semelhantes , para fazerem essa ajuda , cobertura aos fuzileiros navais da nossa armada???? algo efectuado tb pelos americanos. . .
É verdade que a armada assim teria que ter dois tipos de helicopteros ( lynx , cobras ) logo mais despesa mas fikaria com uma operacionalidad qualitativa mt superior logo melhor . . .



E como pretende transportar os Cobras? No Navio-reabastecedor? Nas Fragatas?
Título:
Enviado por: raphael em Outubro 21, 2008, 11:01:54 pm
E como já foi dito noutros tópicos noutros contextos, não basta tê-los é preciso também mantê-los, além dos treinos de tripulações, manutenção, cadeia logística... e duplicação de meios inter-Ramos...
Título:
Enviado por: Nuno Calhau em Outubro 21, 2008, 11:57:03 pm
Só espero que seja desta que a manutenção da frota seja entregue às OGMA.

Peca é por pouco o número de helis disponíveis VS o número de fragatas também ao serviço.

Um Abraço.
Título:
Enviado por: Lightning em Outubro 22, 2008, 01:06:13 am
Citação de: "Nuno Calhau"
Só espero que seja desta que a manutenção da frota seja entregue às OGMA.

Peca é por pouco o número de helis disponíveis VS o número de fragatas também ao serviço.

Um Abraço.


E o pessoal das OGMA também vai embarcado nas Fragatas? É o que Destacamento do Lynx nas Fragatas não é só o helicoptero e os pilotos, também tem ground crew.
Título:
Enviado por: Firefigther em Outubro 22, 2008, 12:20:27 pm
Agora uma resposta algo leviana ao user Ligthning , falei em Cobra por falar para dar estilo exemplo , poderia ser outro aparelho do msm género ( ex: Kawasaki Oh-1 Ninja , A 129 Mangusta , Mi-28 , etc . . .) que existem alem deste para apoiar o desembarque dos fuzileiros isso daria uma operacionalidade maior e uma resposta mais musculada dos ares para proteger,cobrir melhor os nossos Fuzileiros . . .
Logicamente que se teria que estudar qual o aparelho que melhor se adequa-se ao pretendido , dimensões , etc ,etc . . .

Pergunta-m como os transportaria , eu na minha humilde opinião faria os transportar nas fragatas como os Lyns , senão vejamos :

Neste momento temos as Tres fragatas Classe Vasco da Gama e mais Duas prestes algo semelhantes a estas segundo a critica mais experiente a vir da Classe Bartolomeu Dias ambas levam helicopteros segundo dados tecnicos as primeiras levam até dois por fragata as segundas somente um por fragata fazendo por isso o numero ideal d Lynx a ter o de 9 se temos 5 fika-s com algum espaço d manobra pra adquirir estes tipo de helicopteros que falei pra apoiar os Fuzos . . .
É certo que nas novas (usadas)Fragatas Bartolomeu Dias  eles ñ têm lugar porque como ja disse anteriormente nas suas caracteristicas tecnicas ao que pode apurar só tem lugar pra um helicoptero mas na Vasco da Gama têm . . .
A minha humilde ideia seria adquirir mais um Lynx pra fikar-mos com 6 que seria o numero ideal e depois 3 ou 4 do estilo Cobra . . .


Já sei que me vai perguntar e depois manutenção???? . . .

E eu respondo claro que ñ se pode fazer omoletes sem ovos , vai ser uma manutenção mais dispendiosa pk são duas aeronaves diferentes , a logistica tb será difrente , qt ao pessoal tlvz ñ precise-mos d ter uma duplicação dos meios humanos se treinar-mos, ensinar-mos eles ( mecânicos e outros ) a operarem nos dois tipos d aparelhos mesmo sendo eles difrentes. . . Ñ se pode esqueçer que estamos hoje em dia num mundo de forças armadas 100% profissionais e deve-mos exigir mais empenho a estes profissionais mas tb dar mais incentivos , beneficios mas isso agora era outra conversa que ñ será a mais adequada pra s ter neste tópico ...


Agora gostaria de ouvir outras opiniões validas , msm que sejam diferentes das minhas mas que apresentam ideias novas , porque isso sim é que é evoluir . . .
Título:
Enviado por: luis filipe silva em Outubro 22, 2008, 02:47:47 pm
Firefigther escreveu:

Citar
Neste momento temos as Tres fragatas Classe Vasco da Gama e mais Duas prestes algo semelhantes a estas segundo a critica mais experiente a vir da Classe Bartolomeu Dias ambas levam helicopteros segundo dados tecnicos as primeiras levam até dois por fragata as segundas somente um por fragata fazendo por isso o numero ideal d Lynx a ter o de 9 se temos 5 fika-s com algum espaço d manobra pra adquirir estes tipo de helicopteros que falei pra apoiar os Fuzos . . .
É certo que nas novas (usadas)Fragatas Bartolomeu Dias eles ñ têm lugar porque como ja disse anteriormente nas suas caracteristicas tecnicas ao que pode apurar só tem lugar pra um helicoptero mas na Vasco da Gama têm . . .
A minha humilde ideia seria adquirir mais um Lynx pra fikar-mos com 6 que seria o numero ideal e depois 3 ou 4 do estilo Cobra . . .


Encarando isto apenas como um exercício académico, claro que seria uma ideia o NRP D. Sebastião com três EH 101 CSAR e dois novos Lynx navais com metralhadoras e rockets, e os 6 NPO com hângar e quatro helicópteros ligeiros.
E mais um submarino, um AOR com mais dois helicópteros de transporte,
e oito patrulhas costeiros e três draga/caça-minas, e duas fragatas AAW com mais dois helicópteros, e mais um submarino, e duas Absalon.
Acho que não me esqueci de nada.
Título:
Enviado por: Sintra em Outubro 22, 2008, 03:10:17 pm
Citação de: "luis filipe silva"
Firefigther escreveu:

Citar
Neste momento temos as Tres fragatas Classe Vasco da Gama e mais Duas prestes algo semelhantes a estas segundo a critica mais experiente a vir da Classe Bartolomeu Dias ambas levam helicopteros segundo dados tecnicos as primeiras levam até dois por fragata as segundas somente um por fragata fazendo por isso o numero ideal d Lynx a ter o de 9 se temos 5 fika-s com algum espaço d manobra pra adquirir estes tipo de helicopteros que falei pra apoiar os Fuzos . . .
É certo que nas novas (usadas)Fragatas Bartolomeu Dias eles ñ têm lugar porque como ja disse anteriormente nas suas caracteristicas tecnicas ao que pode apurar só tem lugar pra um helicoptero mas na Vasco da Gama têm . . .
A minha humilde ideia seria adquirir mais um Lynx pra fikar-mos com 6 que seria o numero ideal e depois 3 ou 4 do estilo Cobra . . .

Encarando isto apenas como um exercício académico, claro que seria uma ideia o NRP D. Sebastião com três EH 101 CSAR e dois novos Lynx navais com metralhadoras e rockets, e os 6 NPO com hângar e quatro helicópteros ligeiros.
E mais um submarino, um AOR com mais dois helicópteros de transporte,
e oito patrulhas costeiros e três draga/caça-minas, e duas fragatas AAW com mais dois helicópteros, e mais um submarino, e duas Absalon.
Acho que não me esqueci de nada.


 E o NRP "Cavour"?
Título:
Enviado por: Sintra em Outubro 22, 2008, 03:12:49 pm
Citação de: "Firefigther"
Agora uma resposta algo leviana ao user Ligthning , falei em Cobra por falar para dar estilo exemplo , poderia ser outro aparelho do msm género ( ex: Kawasaki Oh-1 Ninja , A 129 Mangusta , Mi-28 , etc . . .) que existem alem deste para apoiar o desembarque dos fuzileiros isso daria uma operacionalidade maior e uma resposta mais musculada dos ares para proteger,cobrir melhor os nossos Fuzileiros . . .
Logicamente que se teria que estudar qual o aparelho que melhor se adequa-se ao pretendido , dimensões , etc ,etc . . .

Pergunta-m como os transportaria , eu na minha humilde opinião faria os transportar nas fragatas como os Lyns , senão vejamos :

Neste momento temos as Tres fragatas Classe Vasco da Gama e mais Duas prestes algo semelhantes a estas segundo a critica mais experiente a vir da Classe Bartolomeu Dias ambas levam helicopteros segundo dados tecnicos as primeiras levam até dois por fragata as segundas somente um por fragata fazendo por isso o numero ideal d Lynx a ter o de 9 se temos 5 fika-s com algum espaço d manobra pra adquirir estes tipo de helicopteros que falei pra apoiar os Fuzos . . .
É certo que nas novas (usadas)Fragatas Bartolomeu Dias  eles ñ têm lugar porque como ja disse anteriormente nas suas caracteristicas tecnicas ao que pode apurar só tem lugar pra um helicoptero mas na Vasco da Gama têm . . .
A minha humilde ideia seria adquirir mais um Lynx pra fikar-mos com 6 que seria o numero ideal e depois 3 ou 4 do estilo Cobra . . .


Já sei que me vai perguntar e depois manutenção???? . . .

E eu respondo claro que ñ se pode fazer omoletes sem ovos , vai ser uma manutenção mais dispendiosa pk são duas aeronaves diferentes , a logistica tb será difrente , qt ao pessoal tlvz ñ precise-mos d ter uma duplicação dos meios humanos se treinar-mos, ensinar-mos eles ( mecânicos e outros ) a operarem nos dois tipos d aparelhos mesmo sendo eles difrentes. . . Ñ se pode esqueçer que estamos hoje em dia num mundo de forças armadas 100% profissionais e deve-mos exigir mais empenho a estes profissionais mas tb dar mais incentivos , beneficios mas isso agora era outra conversa que ñ será a mais adequada pra s ter neste tópico ...


Agora gostaria de ouvir outras opiniões validas , msm que sejam diferentes das minhas mas que apresentam ideias novas , porque isso sim é que é evoluir . . .


 Firefighter

 É simples, NÃO EXISTE DINHEIRO.
 Existe uma unica força de fuzileiros no planeta que utiliza helicopteros de ataque, o US Marine Corps. E por boas razões, são caros de adquirir, de operar e de manter... O Pentagono tem 600 BILIÕES de Dolares para gastar, mais de 50% do que é gasto em defesa no planeta inteiro...
 Se os Royal Marines não têm helis de ataque, se a Marine Nationale também não tem helis de ataque, se a Marinha Chinesa também não tem helis de ataque...
Título:
Enviado por: luis filipe silva em Outubro 22, 2008, 03:14:22 pm
Sintra escreveu:
Citar
E o NRP "Cavour"?

Isso só depois dos F 35, dos V 22 e dos Viana do Castelo.
P.S. Por ordem de entrega à Armada.
Título:
Enviado por: Nuno Calhau em Outubro 22, 2008, 04:06:43 pm
Perdão! :oops:

Depreendi que seria para novo contrato de manutenção, mas em terra.

Um Abraço.
Título:
Enviado por: Lightning em Outubro 22, 2008, 04:28:08 pm
Citação de: "Nuno Calhau"
Perdão! :oops:

Depreendi que seria para novo contrato de manutenção, mas em terra.

Um Abraço.


Na Força Aérea a quase totalidade das suas aeronaves fazem as inspecções de 3º Escalão nas OGMA.
Título:
Enviado por: Nuno Calhau em Outubro 22, 2008, 06:22:33 pm
Foi por esse motivo que comentei que seria bom para as OGMA finalmente poder fazer a manutenção aos Lynx.
Dado que a FAP é a principal cliente das ditas oficinas.

Um Abraço.
Título:
Enviado por: Lightning em Outubro 22, 2008, 08:21:42 pm
Citação de: "Firefigther"
Agora uma resposta algo leviana ao user Ligthning , falei em Cobra por falar para dar estilo exemplo , poderia ser outro aparelho do msm género ( ex: Kawasaki Oh-1 Ninja , A 129 Mangusta , Mi-28 , etc . . .) que existem alem deste para apoiar o desembarque dos fuzileiros isso daria uma operacionalidade maior e uma resposta mais musculada dos ares para proteger,cobrir melhor os nossos Fuzileiros . . .
Logicamente que se teria que estudar qual o aparelho que melhor se adequa-se ao pretendido , dimensões , etc ,etc . . .

Pergunta-m como os transportaria , eu na minha humilde opinião faria os transportar nas fragatas como os Lyns , senão vejamos :

Neste momento temos as Tres fragatas Classe Vasco da Gama e mais Duas prestes algo semelhantes a estas segundo a critica mais experiente a vir da Classe Bartolomeu Dias ambas levam helicopteros segundo dados tecnicos as primeiras levam até dois por fragata as segundas somente um por fragata fazendo por isso o numero ideal d Lynx a ter o de 9 se temos 5 fika-s com algum espaço d manobra pra adquirir estes tipo de helicopteros que falei pra apoiar os Fuzos . . .
É certo que nas novas (usadas)Fragatas Bartolomeu Dias  eles ñ têm lugar porque como ja disse anteriormente nas suas caracteristicas tecnicas ao que pode apurar só tem lugar pra um helicoptero mas na Vasco da Gama têm . . .
A minha humilde ideia seria adquirir mais um Lynx pra fikar-mos com 6 que seria o numero ideal e depois 3 ou 4 do estilo Cobra . . .

Então fazendo aqui um ponto de situação.
Actualmente quantos fuzileiros consegue a Marinha transportar para um desenbarque com todo o material necessário, veiculos, etc,etc? De certeza que não são muitos, talvez 100 ou 200, e mesmo 200 tenho dúvidas, por isso é que se falar no tal Navpol :wink: .

Além disso a Marinha tem coisas mais importantes em que se preocupar do que em helicopteros de ataque para apoiar ipotéticos desembarques de fuzileiros, tem que se preocupar com estado actual da esquadra de superfície.

Citar
Já sei que me vai perguntar e depois manutenção???? . . .

E eu respondo claro que ñ se pode fazer omoletes sem ovos , vai ser uma manutenção mais dispendiosa pk são duas aeronaves diferentes , a logistica tb será difrente , qt ao pessoal tlvz ñ precise-mos d ter uma duplicação dos meios humanos se treinar-mos, ensinar-mos eles ( mecânicos e outros ) a operarem nos dois tipos d aparelhos mesmo sendo eles difrentes. . . Ñ se pode esqueçer que estamos hoje em dia num mundo de forças armadas 100% profissionais e deve-mos exigir mais empenho a estes profissionais mas tb dar mais incentivos , beneficios mas isso agora era outra conversa que ñ será a mais adequada pra s ter neste tópico ...


Em relação a não ser preciso uma duplicação de pessoal, talvez não seja, não sei como é que a Marinha funciona nesse aspecto, na Força Aérea só se é piloto ou mecânico de uma unica aeronave de cada vez, e eu concordo com esse método, penso que ser profissional é ser bom numa coisa e não ser suficiente em duas ou três.
Título:
Enviado por: Lightning em Outubro 22, 2008, 08:39:11 pm
Citação de: "Sintra"
Se os Royal Marines não têm helis de ataque, se a Marine Nationale também não tem helis de ataque, se a Marinha Chinesa também não tem helis de ataque...


A China não sei como funciona mas os Britânicos e os Franceses:

Na Marinhal Real, que tem a sua propria força de aviação naval, existe a Força de Helicopteros Commando que serve para apoiar desembarques anfíbios, a maior parte das esquadras desta força operam Sea Kings para transporte dos Marines mas, também tem uma esquadra de Lynxs do Exército com armamento anti-tanque, fala-se em substitui-los por Apaches do Exército Britânico previamente navalizados.

http://en.wikipedia.org/wiki/Commando_Helicopter_Force (http://en.wikipedia.org/wiki/Commando_Helicopter_Force)

Na França, os Marines como força de desembarque, são unidades do Exército e não da Marinha como é comum na maior parte das nações, logo os meios aéreos que os apoiam também são do Exército, a Marinha apenas os transporta da França para a costa onde querem desembarcar, assim num futuro proximo poderemos ver, os LHD da Marinha Francesa a desembarcar Marines do Exército, apoiados por Tigers do Exército.

http://en.wikipedia.org/wiki/Troupes_de_Marine (http://en.wikipedia.org/wiki/Troupes_de_Marine)
http://en.wikipedia.org/wiki/French_Army_Light_Aviation (http://en.wikipedia.org/wiki/French_Army_Light_Aviation)
Título:
Enviado por: Sintra em Outubro 23, 2008, 12:30:33 pm
Citação de: "Lightning"
Citação de: "Sintra"
Se os Royal Marines não têm helis de ataque, se a Marine Nationale também não tem helis de ataque, se a Marinha Chinesa também não tem helis de ataque...

A China não sei como funciona mas os Britânicos e os Franceses:

Na Marinhal Real, que tem a sua propria força de aviação naval, existe a Força de Helicopteros Commando que serve para apoiar desembarques anfíbios, a maior parte das esquadras desta força operam Sea Kings para transporte dos Marines mas, também tem uma esquadra de Lynxs do Exército com armamento anti-tanque, fala-se em substitui-los por Apaches do Exército Britânico previamente navalizados.

http://en.wikipedia.org/wiki/Commando_Helicopter_Force (http://en.wikipedia.org/wiki/Commando_Helicopter_Force)

Na França, os Marines como força de desembarque, são unidades do Exército e não da Marinha como é comum na maior parte das nações, logo os meios aéreos que os apoiam também são do Exército, a Marinha apenas os transporta da França para a costa onde querem desembarcar, assim num futuro proximo poderemos ver, os LHD da Marinha Francesa a desembarcar Marines do Exército, apoiados por Tigers do Exército.

http://en.wikipedia.org/wiki/Troupes_de_Marine (http://en.wikipedia.org/wiki/Troupes_de_Marine)
http://en.wikipedia.org/wiki/French_Army_Light_Aviation (http://en.wikipedia.org/wiki/French_Army_Light_Aviation)


 Lightning

 Como é obvio eu estava a referir-me ao facto de nem a RN ou a Marine Nationale não disporem de helicopteros de ataque.

 E a Marine Nationale Francesa dispõe de uma brigada de Fuzileiros orgânica pertencente à Marinha propriamente dita, não estando de forma nenhuma dependente do exercito para efectuar missões de desembarque...

http://www.defense.gouv.fr/marine/decou ... dos_marine (http://www.defense.gouv.fr/marine/decouverte/forces/fusiliers_et_commandos/les_fusiliers_marins_et_les_commandos_marine)
Título:
Enviado por: Firefigther em Outubro 23, 2008, 02:23:21 pm
User Sintra , voçê vem para aqui manda meia-duzia d larachas que depois s vêm a revelar serem falsas , aconselho-o a preparar-se melhor antes d vir aqui com ares de ser superior que sabe mt ( mas depois demonstra que ñ sabe nada ) . . . E já agora msm o que disse-s fosse verdade ñ é por as outras armadas ñ terem , que nós ñ poderia-mos a vir ter . . . Que me lembre Portugal lutou duas vezes pela sua indepencia e conseguio a obter por isso ñ deve-mos seguir metodos , ideias iguais aos outros mas sim inovar , criar novas ideias . . .
Se for minimamente estudioso de historia notará que em relação a grandes vitorias em guerras no passado ,  mts delas foram obtidas por inovações no campo de batalha , quer as mesmas fossem em uma nova arma em si ou na novo/a  método/metodologia em liderar unidades d combate (ex: os Nazis antes da WWA II , simplesmente ao soldar as placas de metal do casco do navio e ñ colocar os arrebites tradicionais na construção naval da altura , reduzio o seu peso respeitando assim a sanção que lhe tinha sido imposta depois da Primeira grande guerra e pode armar fortemente os seus navios de guerra d tal forma que depois resultou infelizmente na estrondosa vitoria dos Nazis ). . .


Diz que ñ há dinheiro , esse é o motivo que apresenta e depois fala em numeros e mais numeros do orçamento americano que para mim como Português ñ têm interesse nenhum . . . Se o problema é dinheiro (um exemplo de contenção de despesas : o Lynx têm uma guarnição d 3 pessoas e o Cobra só de 2) ou melhor dizendo a falta dele  então faça-mos como na Islândia deixa-mos d ter forças armadas e a Nato que assegure a nossa segurança de ataques externos , é da maneira que os nosos impostos diminuem um bocadinho e será uma ajuda imensa pra que o nosso "defice" para que ele seja menor . . .

O que eu digo acho ser possivel basta que em vez d s comprar mais Lynx porque tere-mos que  comprar mais com a vinda da Classe Bartolomeu Dias , compre-se helicopteros d Ataque " tipo Cobra ou similares " para apoiar os fuzileiros e ñ só , porque eles podem fazer outros tipos d funções. . .

Agora será que alguem me pode dizer qt custa em média a aquisição e manutenção de um Lynx e a de um helicoptero d Ataque estilo "Cobra" ???. . .



User Ligthning qd falo no apoio a fuzileiros por parte de um helicoptero de Ataque claro que ñ será somente no desembarque em costa , ( embora qd voçê poem em questão esse desembarque em costa hostil ñ fazer sentido ou ñ poder vir aconteçer , eu o relembro novamente que já o fize-mos aquando o conflito na Guiné e olhe que ñ eram 200 homens , eram mt menos :-) . . . ou voçê sabe alguma coisa mais d concreto sobre esse tal Navio Polivalente que Portugal queria obter ???? . . .
Título:
Enviado por: Lightning em Outubro 23, 2008, 02:41:32 pm
Citação de: "Sintra"
Como é obvio eu estava a referir-me ao facto de nem a RN ou a Marine Nationale não disporem de helicopteros de ataque.

 E a Marine Nationale Francesa dispõe de uma brigada de Fuzileiros orgânica pertencente à Marinha propriamente dita, não estando de forma nenhuma dependente do exercito para efectuar missões de desembarque...

http://www.defense.gouv.fr/marine/decou ... dos_marine (http://www.defense.gouv.fr/marine/decouverte/forces/fusiliers_et_commandos/les_fusiliers_marins_et_les_commandos_marine)

Então aconselho-o a ler o site que colocou, não está escrito em lado nenhum que fazem desembarques anfíbios, não deve confundir as funções dos Fuzileiros da Marinha com as funções dos Comandos da Marinha e esqueça isso da Brigada que eles são só 1.700 militares divididos em 2 grupos, 1.200 Fuzileiros e 500 Comandos.

Citar
Les fusiliers marins
Les compagnies de fusiliers marins sont des formations spécialisées dans la protection et la défense des points sensibles à terre de la Marine.
Elles regroupent 1200 personnes environ.
Formant corps, elles sont, dès le temps de paix, mises pour emploi auprès des autorités maritimes pour assurer la protection des sites sensibles dont elles ont la responsabilité


Isso numa tradução meia tosca, refere que os Fuzileiros da Marinha são especializados na defesa de pontos sensiveis pertencentes à Marinha, em terra, isto é, fazem o mesmo que o Batalhão de Fuzileiros nº1 e a Unidade da Polícia Naval, mas não fazem o mesmo que o Batalhão Ligeiro de Desembarque.

Os Comandos da Marinha são equivalentes ao nosso Destacamento de Acções Especiais, e esses sim fazem desembarques anfíbios, mas são forças de operações especiais e não infantaria anfíbia.
Título:
Enviado por: Lightning em Outubro 23, 2008, 05:59:35 pm
Citação de: "Firefigther"
o Lynx têm uma guarnição d 3 pessoas e o Cobra só de 2)

O que é que tem um helicóptero a ver com o outro? São aeronaves com funções distintas. Ou quer por um helicoptero de ataque a lançar torpedos?

Citar
ou melhor dizendo a falta dele  então faça-mos como na Islândia deixa-mos d ter forças armadas e a Nato que assegure a nossa segurança de ataques externos , é da maneira que os nosos impostos diminuem um bocadinho e será uma ajuda imensa pra que o nosso "defice" para que ele seja menor . . .

Então para si, se não der para termos helicopteros de ataque na Marinha não vale a pena ter Forças Armadas?

Citar
O que eu digo acho ser possivel basta que em vez d s comprar mais Lynx porque tere-mos que  comprar mais com a vinda da Classe Bartolomeu Dias , compre-se helicopteros d Ataque " tipo Cobra ou similares " para apoiar os fuzileiros e ñ só , porque eles podem fazer outros tipos d funções. . .

Em primeiro lugar a Marinha tem mais necessidade de Lynxs do que de helicopteros de ataque, porque a função principal da Marinha é combater no mar e o Lynx dá muito mais jeito para caçar submarinos ou transportar uma equipa de abordagem do que um helicoptero de ataque. E gostava de saber que outras funções pode um helicoptero de ataque fazer além de disparar misseis, rockets ou o canhão.

Citar
eu o relembro novamente que já o fize-mos aquando o conflito na Guiné e olhe que ñ eram 200 homens , eram mt menos :-) . . . ou voçê sabe alguma coisa mais d concreto sobre esse tal Navio Polivalente que Portugal queria obter ???? . . .


Mas mesmo com a existencia de um navio do género, a Marinha não vai comprar helicopteros de ataque para operar a partir deles, o mais parecido que poderia acontecer seria o Exército adquirir helicopteros de ataque (que também não pensa ter) que tivessem capacidade de embarcar em navios (como fazem os britânicos). É que se a Marinha nem pensa em ter helicopteros de transporte, nem pensar em helicopteros de ataque.

Mas não quero que pense que estou aqui só para o contradizer, só estou a tentar ser realista, toda a gente pode ter as suas ideias e opiniões, eu também gostava que a Marinha tivesse um Porta-aviões  :D .
Título:
Enviado por: Firefigther em Outubro 24, 2008, 01:37:54 am
Eu adoraria que a Marinha tive-se optado pelos Submarinos Nucleares mas enfim . . .
Título:
Enviado por: LuisC em Outubro 25, 2008, 02:24:33 am
E de preferência com uns quantos SLBM Trident II.   :lol:
Título:
Enviado por: jmg em Outubro 25, 2008, 10:47:04 am
Citação de: "Lightning"

Em primeiro lugar a Marinha tem mais necessidade de Lynxs do que de helicopteros de ataque, porque a função principal da Marinha é combater no mar e o Lynx dá muito mais jeito para caçar submarinos ou transportar uma equipa de abordagem do que um helicoptero de ataque. E gostava de saber que outras funções pode um helicoptero de ataque fazer além de disparar misseis, rockets ou o canhão.


E não podemos esquecer que a maioria dos helicopteros podem ser equipados com metralhadoras para apoiar as tropas em terra em conflitos de baixa intensidade (O IN normalmente nestas situações é composto por tropas apeadas e não dispõe de meios blindados).
Lembro o exemplo dos alouettes helicanhão que faziam missões de apoio em ultramar.
Assim para missões como a evacuação da Guinée, helis com metralhadora deverão ser suficientes.
Uma dúvida agora para quem conhece o Lynx: Este sistema existe se sim temos em Portugal? Ou deve ser feito uma adaptação/bricolage?
Título:
Enviado por: Lightning em Outubro 25, 2008, 02:32:05 pm
Citação de: "jmg"
Uma dúvida agora para quem conhece o Lynx: Este sistema existe se sim temos em Portugal? Ou deve ser feito uma adaptação/bricolage?


Na Royal Navy existe.
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.royal-navy.mod.uk%2Fupload%2Fimg_400%2F1077623657b.jpg&hash=3ef842188475585db50767861377ac6a)
Título:
Enviado por: luis filipe silva em Outubro 25, 2008, 02:34:13 pm
Citar
Uma dúvida agora para quem conhece o Lynx: Este sistema existe se sim temos em Portugal? Ou deve ser feito uma adaptação/bricolage?

Creio que basta apertar um apoio com uns parafusos, e está pronto.
Agora voltando aos devaneios de um heli de ataque para a marinha, Na Guiné e no Congo, os Lynx voaram om autorização do governo guineense.
Não se entra por um país dentro de qualquer maneira em missão humanitária. Tem que ser com o aval das autoridades locais, e em vinte anos, só tivemos(fuzileiros) duas ou três ocasiões.
Título:
Enviado por: PereiraMarques em Março 03, 2009, 10:08:37 pm
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.emgfa.pt%2Fimages%2FFull_xbcv0tk89dws.JPG&hash=0e137cc22567c20f1d3adeb81766d3f0)

 :arrow: http://www.emgfa.pt/images/Full_xbcv0tk89dws.JPG (http://www.emgfa.pt/images/Full_xbcv0tk89dws.JPG)
Título:
Enviado por: Pedro Monteiro em Maio 06, 2009, 11:39:24 pm
A revista espanhola "Fuerzas Militares del Mundo" publica na edição deste mês um trabalho sobre a Esquadrilha de Helicópteros da Marinha
http://pedromonteiro-photography.blogsp ... ation.html (http://pedromonteiro-photography.blogspot.com/2009/05/ehm-portuguese-naval-aviation.html)
Traz algumas novidades no plano da aquisição de equipamentos para os Lynx, um programa já em curso.

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: pchunter em Novembro 16, 2009, 07:32:01 pm
Para substituir os Lynx nada melhor que um Lynx melhor :wink:

Lynx Wildcat helicopter makes first flight Dubai Air Show


By Craig Hoyle

The UK armed forces' new Lynx Wildcat helicopter made its first flight on 12 November, with the programme milestone to boost AgustaWestland's marketing efforts for the internationally branded AW159 during the Dubai air show.The AW149 multi-role military medium twin helicopter meanwhile completed its maiden flight the following day, at AgustaWestland's Vergiate plant in Italy.

The AW159's flight debut at the company's Yeovil, UK site included "a range of general handling checks", says AgustaWestland. Flown by chief test pilot Donald Maclaine, "the aircraft performed as expected", it adds. Carrying the military registration ZZ400, the helicopter was painted in British Army markings for its debut.

A new-generation development of the ubiquitous Lynx light transport and maritime helicopter flown by 14 nations, the AW159 is powered by two Honeywell/Rolls-Royce LHTEC CTS800-4N engines. These can produce a combined 2,560shp (1,910kW), and give the roughly 6t aircraft "exceptional hot and high performance", its manufacturer says.

The UK Ministry of Defence signed a contract for the then-named Future Lynx aircraft in June 2006, with AgustaWestland to deliver 34 to the British Army and 28 to the UK Royal Navy under the deal. The company says its development programme "continues to be on time and on budget", with a further two aircraft to enter flight-testing next year.

The first Lynx Wildcat will be handed over in 2011, and the type will enter full service with the army in 2014 and navy in 2015. Their two variants will be around 98% common in airframe and system design.

AgustaWestland began its international marketing efforts with the AW159 earlier this year. The type will "continue the remarkable success the Lynx has achieved in service worldwide", it says. "The AW159 will be the most cost-effective, capable and advanced helicopter in its class," claims AgustaWestland chief executive Giuseppe Orsi.

"We believe there is good potential for the aircraft in the Middle East and North Africa," says a company source. Existing regional operators of its legacy Lynx and Super Lynx designs include Nigeria and Oman, while Algeria is awaiting delivery of its first example.The AW149 is on offer for Ankara's Turkish utility helicopter programme requirement, where it faces competition from Sikorsky's T-70 Black Hawk.

Flown by AgustaWestland chief test pilot Giuseppe Lo Coco, the aircraft made a 20min flight that included an assessment of the helicopter's general handling and basic systems. The first helicopter will be followed by a second prototype in 2010 with the aim of achieving initial operational capability in 2014.



http://www.agustawestland.com/mediagallery?tid_1=248&tid=All&keys=

http://theasiandefence.blogspot.com/
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Dezembro 17, 2009, 09:06:13 pm
Citação de: "Lightning"
Citação de: "jmg"
Uma dúvida agora para quem conhece o Lynx: Este sistema existe se sim temos em Portugal? Ou deve ser feito uma adaptação/bricolage?


Na Royal Navy existe.
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.royal-navy.mod.uk%2Fupload%2Fimg_400%2F1077623657b.jpg&hash=3ef842188475585db50767861377ac6a)

O sistema M3M da FN Herstal está a ser adquirido por boa parte dos clientes do Super Lynx. Mais dois exemplos:

Alemanha
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fimg694.imageshack.us%2Fimg694%2F1696%2Flynx2p.jpg&hash=1ea04db6fee8a00af52578a6869cd66b) (http://http)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fimg163.imageshack.us%2Fimg163%2F717%2Flynx1p.jpg&hash=a37c527a54958364ced97072ebb7a7c3) (http://http)

Dinamarca
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fimg684.imageshack.us%2Fimg684%2F8320%2Flynxtmg1.jpg&hash=aba5df7ba51703383c94656da0f58a83) (http://http)


E sim, existe em Portugal, não é bricolage algum.

Citar
La Marina portuguesa dotará a su flota de helicópteros AgustaWestland Super Lynx MK-95 con equipos de protección, para lo cual se adquirieron dos ametralladoras pesadas de 12,7 mm. FN Herstal M3M MKIII en soporte y cinco conjuntos de blindaje. Esta fuerza contribuirá con una de sus tres fragata MEKO 200PN Mod III al dispositivo naval internacional desplegado en las costas de Somalia para combatir la piratería marítima. La Escuadrilla de Helicópteros de la Marina (EHM), con sede en la Base Aérea Nº 6 do Montijo, cuenta con cinco ejemplares operados desde esas fragatas de la clase Vasco da Gama y las Tipo M (la segunda de las cuales, la F334 NRP Dom Francisco de Almeida, se entregará en enero de 2010) de la clase Bartolomeu Dias en misiones de lucha antisubmarina y antisuperficie, búsqueda y salvamento, abordaje táctico y transporte logístico. Una MK3M fue provisionalmente cedida por la Marina alemana, que opera este tipo de armamento en sus helicópteros Super Lynx MK88A (Victor M.S. Barreira, corresponsal de Grupo Edefa en Portugal).
 http://www.defensa.com/index.php?option ... Itemid=186 (http://www.defensa.com/index.php?option=com_content&view=article&id=1070:proteccion-para-los-helicopteros-de-la-marina-portuguesa&catid=57:otan&Itemid=186)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fimg27.imageshack.us%2Fimg27%2F3111%2Flynxgun.jpg&hash=94adbed7f803338c85f934fe4a0e6cfa) (http://http)
http://barcoavista.blogspot.com/2009/06 ... arnha.html (http://barcoavista.blogspot.com/2009/06/esquadrilha-de-helicopteros-da-marnha.html)

 :arrow: http://www.the-grey-lynx.com/armamento/armament_m3m.htm (http://www.the-grey-lynx.com/armamento/armament_m3m.htm)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Agosto 17, 2010, 04:01:09 pm
Boas
Seria possivel modernizar os actuais Lynx da Marinha para AW-159 Lynx Wildcat ?
Cumps
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: typhonman em Agosto 17, 2010, 04:16:03 pm
Citação de: "dc"
Boas
Seria possivel modernizar os actuais Lynx da Marinha para AW-159 Lynx Wildcat ?
Cumps


Não me parece, senão a empresa não propunha um novo, por exemplo os nossos Lynx, mais uns 10 anos e estão "fritos".

Caro dc, vou começar a cobrar 5 euros por cada resposta, a ver se compro o meu A1.  :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Desertas em Fevereiro 04, 2011, 11:39:52 pm
Alguem sabe se está prevista a aquisição de mais Lynx para a Marinha Portuguesa?
Se as 5 Fragatas e o Navio abastecedor saírem para missões , não temos 1 aeronave para cada um dos navios.

Um Abraço
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: JLRC em Fevereiro 04, 2011, 11:43:09 pm
Citação de: "Desertas"
Alguem sabe se está prevista a aquisição de mais Lynx para a Marinha Portuguesa?
Se as 5 Fragatas e o Navio abastecedor saírem para missões , não temos 1 aeronave para cada um dos navios.

Um Abraço

O NRP Bérrio não tem helicóptero orgânico (nem sequer tem hangar), portanto temos 5 helis para 5 fragatas.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Fevereiro 04, 2011, 11:59:56 pm
Citação de: "JLRC"
Citação de: "Desertas"
Alguem sabe se está prevista a aquisição de mais Lynx para a Marinha Portuguesa?
Se as 5 Fragatas e o Navio abastecedor saírem para missões , não temos 1 aeronave para cada um dos navios.

Um Abraço

O NRP Bérrio não tem helicóptero orgânico (nem sequer tem hangar), portanto temos 5 helis para 5 fragatas.

Além de que seria praticamente impossível ter as 5 fragatas no mar ao mesmo tempo, assim como ter os 5 Super Lynx operacionais.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Desertas em Fevereiro 05, 2011, 12:35:07 am
Citação de: "Charlie Jaguar"
Citação de: "JLRC"
Citação de: "Desertas"
Alguem sabe se está prevista a aquisição de mais Lynx para a Marinha Portuguesa?
Se as 5 Fragatas e o Navio abastecedor saírem para missões , não temos 1 aeronave para cada um dos navios.

Um Abraço

O NRP Bérrio não tem helicóptero orgânico (nem sequer tem hangar), portanto temos 5 helis para 5 fragatas.

Além de que seria praticamente impossível ter as 5 fragatas no mar ao mesmo tempo, assim como ter os 5 Super Lynx operacionais.


Porquê não podemos ter ás 5 fragatas e os 5 LYnx operacionais ao mesmo tempo?

As fragatas da classe Vasco da Gama não podem operar com 2 Lynx?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: luis filipe silva em Fevereiro 05, 2011, 10:07:58 am
Desertas escreveu:
Citar
Porquê não podemos ter ás 5 fragatas e os 5 LYnx operacionais ao mesmo tempo?
Porque uma ou duas fragatas estão em reparações, assim como acontece com os Lynx.

Citar
As fragatas da classe Vasco da Gama não podem operar com 2 Lynx?
Podem, e já têm operado diversas vezes. Mas como só há cinco, só em caso de necessidade.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Pedro Monteiro em Fevereiro 05, 2011, 02:47:18 pm
Estou a falar de memória, mas penso que durante a operação de resgate "Corcodilo" de civis durante a guerra civil de 1998 na Guiné-Bissau, estavam cinco helicópteros operacionais e, isso seguramente, uma das "Vasco da Gama" embarcou os dois Lynx durante a operação. Mas, em actividade normal, não se justifica.

Até porque há um aspecto que pouco é referido: a doutrina operacional da Esquadrilha de Helicópteros de Marinha leva a que, por razões de segurança de voo, nunca estejam os dois Lynx no ar.

Cumprimentos,
Pedro Momteiro
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Fevereiro 05, 2011, 03:02:08 pm
Citação de: "Pedro Monteiro"
Até porque há um aspecto que pouco é referido: a doutrina operacional da Esquadrilha de Helicópteros de Marinha leva a que, por razões de segurança de voo, nunca estejam os dois Lynx no ar.

Exacto.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Desertas em Fevereiro 05, 2011, 09:45:22 pm
Citação de: "Charlie Jaguar"
Citação de: "Pedro Monteiro"
Até porque há um aspecto que pouco é referido: a doutrina operacional da Esquadrilha de Helicópteros de Marinha leva a que, por razões de segurança de voo, nunca estejam os dois Lynx no ar.

Exacto.

Estão a referir-se a dois Lynx do mesmo navio . Certo ?

Um Abraço
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: luis filipe silva em Fevereiro 05, 2011, 11:06:49 pm
Certo.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Desertas em Fevereiro 06, 2011, 12:38:26 am
Ok. Obrigado!

Um Abraço
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Ricardo em Fevereiro 06, 2011, 06:54:32 pm
http://barcoavista.blogspot.com/2009/06 ... arnha.html (http://barcoavista.blogspot.com/2009/06/esquadrilha-de-helicopteros-da-marnha.html)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Maio 24, 2013, 05:53:04 pm
AS “ASAS” DA MARINHA PORTUGUESA

Como esta secção do “Operacional” se designa «Ontem foi notícia – Hoje é história», parece-nos adequado publicar aqui esta reportagem feita na Esquadrilha de Helicópteros da Marinha em 2006. Passaram quase 7 anos mas estando a unidade a assinalar os seus 20 anos de vida, pareceu-nos boa altura para publicar o que era a unidade naquele momento. É o retrato daqueles tempos.

http://www.operacional.pt/as-asas-da-ma ... ortuguesa/ (http://www.operacional.pt/as-asas-da-marinha-portuguesa/)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.operacional.pt%2Fwp-content%2Fuploads%2F2013%2F05%2F1.-Lynx-da-Marinha-Portuguesa.jpg&hash=0dcf9b7b1c16aacfce7e51df6ee4dc9c)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Junho 10, 2013, 08:45:09 pm
Agora que a frota Super Lynx Mk.95 completou no passado dia 14 de Abril 20.000 horas de voo sem acidentes e perdas, o que constitui em si um feito notável e que deve encher de orgulho a Armada Portuguesa, era importante saber o verdadeiro estado desta magra frota de 5 helicópteros ao fim de 20 anos de serviço, mais um marco histórico alcançado anteontem dia 8 pela EHM. Isto é, sem cortinas de fumo, apurar ao certo a verdadeira condição dos aparelhos que, ao longo destas duas décadas, a poucos melhoramentos de vulto foram sujeitos.  :|
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: PedroI em Agosto 13, 2013, 08:58:19 am
Bom dia,

Em termos de area do convês necessaria para a operação de helicopetros qual é a diferença nas necessidades do:
Lynx (como operamos agora)
Lynx Wildcat (novo)
NH-90
AW101 - Merlin

Obrigado,
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Agosto 13, 2013, 01:08:57 pm
Citação de: "PedroI"
Bom dia,

Em termos de area do convês necessaria para a operação de helicopetros qual é a diferença nas necessidades do:
Lynx (como operamos agora)
Lynx Wildcat (novo)
NH-90
AW101 - Merlin

Obrigado,

As dimensões tanto das aeronaves como do convés de voo, ou melhor, da área do convés de voo e hangares nas nossas fragatas, vasos de guerra onde os helicópteros operam primordialmente. Super Lynx e AW159 Wildcat é tu cá, tu lá, quase não há diferenças quanto ao comprimento da fuselagem e diâmetro do rotor; o NH90 NFH é já um helicóptero de porte médio, de maiores dimensões, e que como já por aqui falámos iria requerer alterações nos navios para os operarmos, mas possível como se pode ver pelos casos holandês e belga (isto no que respeita às fragatas da classe M, as nossas "Bartolomeu Dias"). Quanto às Meko 200, há decerto colegas por aqui bem mais informados a esse respeito, mas creio que também nestes vasos de guerra seria possível a alteração do convés de voo, e hangar, para operar um NH90 NFH.

O EH-101, ou AW-101 Merlin, já é um capítulo à parte; trata-se de um helicóptero médio/pesado, cujas dimensões só permitiriam a operação a partir de um navio com um convés de voo de dimensões generosas, por exemplo o NavPol, ou construídos de raíz a pensar na sua utilização. Com quase 20 metros de comprimento e 19 de diâmetro de rotor (mesmo com as engenhocas que os nossos Mk.516 CSAR possuem que permitem dobrar as pás e a cauda para ocupar menos espaço quer no convés, quer no hangar), não é em qualquer um que este poderá operar.  :wink:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: PedroI em Agosto 13, 2013, 02:29:32 pm
Obrigado pela resposta.

Mas em termos de dimensões concretas é possível precisa. Arrisco dizer, provavelmente cometendo um erro, que além do espaço para o helicóptero efectivamente aterrar a medida que limita o tamanho será do centro do "H" até a estrutura do Navio mais próxima, usualmente, a porta do hangar, já que as restantes 3 "faces" do convés de voo "dão" para o mar.

Cumprimentos,
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: luis filipe silva em Agosto 13, 2013, 03:44:13 pm
O único navio português que poderia operar o Merlin, é em teoria o Bérrio. Digo em teoria, porque ao fim de tantos anos de vida, não sei se o aço que suporta o parque do helicóptero terá ainda a resistência suficiente.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Agosto 13, 2013, 05:31:21 pm
Citação de: "luis filipe silva"
O único navio português que poderia operar o Merlin, é em teoria o Bérrio. Digo em teoria, porque ao fim de tantos anos de vida, não sei se o aço que suporta o parque do helicóptero terá ainda a resistência suficiente.

Só em teoria mesmo Luís, porque de facto não aguenta. Isso foi-me dito há tempos tanto por gente da Marinha, como da Força Aérea, e é por essa razão que não mencionei o Bérrio, bem como os patrulhões e corvetas já que todos eles possuem convés para helicópteros, embora nas velhinhas corvetas só desse para um Alouette II/III e nos NPO para o Super Lynx. Creio que no caso do Bérrio o problema é mais estrutural do que a ver com o facto do diâmetro do rotor em funcionamento deixar pouca margem de segurança junto à superestrutura. Isto porque, apesar de não ter hangar, a classe Rover pode operar com Sea Kings, como acontece de vez em quando na Royal Navy, e estes são apenas um pouco mais pequenos, mas mais leves, que o Merlin.

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fupload.wikimedia.org%2Fwikipedia%2Fcommons%2Fthumb%2F7%2F78%2FRFA_Gold_Rover_MOD_45139423.jpg%2F960px-RFA_Gold_Rover_MOD_45139423.jpg&hash=02822229cf1b71973f68ddd0dab82e78)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Get_It em Agosto 13, 2013, 10:10:14 pm
Olá a todos,
Este assunto fez-me lembrar agora de uma dúvida que eu tenho já há algum tempo. Mas continuando; há uns anos atrás tive um professor que foi radarista na Marinha até por altura do final da Guerra Fria e uma vez contou-nos que tinha assistido a um helicóptero Puma a aterrar no convés de voo de uma corveta. Na altura até me esqueci de perguntar em que corveta foi porque estava demasiado a perguntar se tinha sido realmente numa corveta e se realmente tinha sido um Puma e não um Alouette III.

Seja como for, até hoje ainda não encontrei nenhuma informação acerca de um Puma conseguir/aterrar numa corveta da Marinha. Alguém por acaso tem alguma informação sobre isto?

Cumprimentos,
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: luis filipe silva em Agosto 14, 2013, 03:29:08 am
Citar
Seja como for, até hoje ainda não encontrei nenhuma informação acerca de um Puma conseguir/aterrar numa corveta da Marinha. Alguém por acaso tem alguma informação sobre isto?

Não existe nenhuma informação, porque era impossível. Allouetes III, aterraram alguns, mas só.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Agosto 14, 2013, 12:54:11 pm
Citação de: "Get_It"
Este assunto fez-me lembrar agora de uma dúvida que eu tenho já há algum tempo. Mas continuando; há uns anos atrás tive um professor que foi radarista na Marinha até por altura do final da Guerra Fria e uma vez contou-nos que tinha assistido a um helicóptero Puma a aterrar no convés de voo de uma corveta. Na altura até me esqueci de perguntar em que corveta foi porque estava demasiado a perguntar se tinha sido realmente numa corveta e se realmente tinha sido um Puma e não um Alouette III.

Seja como for, até hoje ainda não encontrei nenhuma informação acerca de um Puma conseguir/aterrar numa corveta da Marinha. Alguém por acaso tem alguma informação sobre isto?

Aterrar nunca aterrou, era impossível nas corvetas, mas os Puma, quando era necessário, operavam à vertical dos navios para, por exemplo, efectuar operações VERTREP ou de recolha/colocação de pessoal. Os Alouette III sim, conseguiam, ou conseguem, operar a partir das corvetas, tanto na altura da Guerra Colonial, como mais raramente depois disso.

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fimageshack.us%2Fa%2Fimg96%2F6956%2Fpltd.jpg&hash=99fdd59c375be0d4a18630b2213630e2)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fimageshack.us%2Fa%2Fimg96%2F8773%2Fp0p6.jpg&hash=f9b6e5f980516f105a924b6b44b82454)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fimg801.imageshack.us%2Fimg801%2F1187%2Fzde2.jpg&hash=6c253b4c45c31f8e2dbc927e06d4e343)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fimageshack.us%2Fa%2Fimg856%2F1713%2Fxdmn.jpg&hash=146989f57f7822f4852d1a79dae6e3c6)


(Peço desculpa pela falta de crédito nas imagens, mas desconheço a sua proveniência)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Menacho em Fevereiro 15, 2014, 10:15:24 am
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2F2.bp.blogspot.com%2F-8dOjuhe5Mfw%2FUv3s97vQ2WI%2FAAAAAAAAK_8%2F3q6pGPSs49A%2Fs1600%2Fz.jpg&hash=55d96e78bb4473367dcc943b8ae6e0dd)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Menacho em Abril 28, 2014, 03:37:13 pm
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2F4.bp.blogspot.com%2F-USdOrjp9ZWk%2FU14AilG9XvI%2FAAAAAAAATV0%2Fjl7JyAyhN58%2Fs1600%2Fz.jpg&hash=a408225560595b4528ff79d5b714bfb5)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: HSMW em Julho 12, 2014, 11:20:23 pm
Lynx no NOS Air Race.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: ACADO em Julho 13, 2014, 07:32:15 pm
Citação de: "Charlie Jaguar"
Citação de: "luis filipe silva"
O único navio português que poderia operar o Merlin, é em teoria o Bérrio. Digo em teoria, porque ao fim de tantos anos de vida, não sei se o aço que suporta o parque do helicóptero terá ainda a resistência suficiente.

Só em teoria mesmo Luís, porque de facto não aguenta. Isso foi-me dito há tempos tanto por gente da Marinha, como da Força Aérea, e é por essa razão que não mencionei o Bérrio, bem como os patrulhões e corvetas já que todos eles possuem convés para helicópteros, embora nas velhinhas corvetas só desse para um Alouette II/III e nos NPO para o Super Lynx. Creio que no caso do Bérrio o problema é mais estrutural do que a ver com o facto do diâmetro do rotor em funcionamento deixar pouca margem de segurança junto à superestrutura. Isto porque, apesar de não ter hangar, a classe Rover pode operar com Sea Kings, como acontece de vez em quando na Royal Navy, e estes são apenas um pouco mais pequenos, mas mais leves, que o Merlin.

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fupload.wikimedia.org%2Fwikipedia%2Fcommons%2Fthumb%2F7%2F78%2FRFA_Gold_Rover_MOD_45139423.jpg%2F960px-RFA_Gold_Rover_MOD_45139423.jpg&hash=02822229cf1b71973f68ddd0dab82e78)

Peço desculpa mas o Berrio aguenta com os EH. A forca aérea é que nao quer certificar ninguém percebe porque!!

Quantos aos lynx! Compravam mais, têm bom preço qualidade, ja estamos habituados e são extremamente polivalentes!
Até para missões anti-carro servem.
Para quê inventar muito
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 15, 2014, 10:16:41 am
Acado há Lynx, mas será que há no modelo que a Armada tem? A outra questão é que os Lynx que falas é da versão do Exército, o da Marinha (Sea Lynx), no máximo dos máximos são os misseis anti-navio Sea Skua.

Atenção apesar do que escrevi sou um dos que defende que a Armada devia ter mais Lynx e que os NPO que serão (?) construidos, deveriam ter um helicoptero embarcado e nem precisavam de estarem equipados para a luta anti-submarino, bastava as ML.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: ACADO em Julho 15, 2014, 02:03:16 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Acado há Lynx, mas será que há no modelo que a Armada tem? A outra questão é que os Lynx que falas é da versão do Exército, o da Marinha (Sea Lynx), no máximo dos máximos são os misseis anti-navio Sea Skua.

Atenção apesar do que escrevi sou um dos que defende que a Armada devia ter mais Lynx e que os NPO que serão (?) construidos, deveriam ter um helicoptero embarcado e nem precisavam de estarem equipados para a luta anti-submarino, bastava as ML.

Os da marinha se tiverem o software para mísseis e rockets disparam tanto como os outros!
Nos NPO nao vejo de necessidade constante de heli embarcado. Mas essa capacidade deve estar presente e para isso é preciso haver a mais.
Os Hélis da Marinha deviam estar prontos para fazer aquilo q os do exercito eram para fazer. So assim podem dar apoio aos Fuzileiros. Se continuarem a ser so anti-submarino, estamos como a forca aérea que so tem taxis...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 15, 2014, 02:34:37 pm
Posso estar errado mas os nossos Lynx foram originalmente pensados para serem uma das armas das fragatas, digamos um dos componentes e não como algo pensado de raiz para ajudar os Fuzos nas suas missões.

No entanto graças às operações anti-pirataria em áfrica os nosso Lynx receberam várias pequenas melhorias que as tornam em algo melhor do que simples táxis. Quando a Armada foi resgatar o pessoal na Guiné os nossos Lynx nem metralhadoras tinham, mas agora já têm (12.7mm).
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: ACADO em Julho 16, 2014, 11:39:24 pm
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Posso estar errado mas os nossos Lynx foram originalmente pensados para serem uma das armas das fragatas, digamos um dos componentes e não como algo pensado de raiz para ajudar os Fuzos nas suas missões.

No entanto graças às operações anti-pirataria em áfrica os nosso Lynx receberam várias pequenas melhorias que as tornam em algo melhor do que simples táxis. Quando a Armada foi resgatar o pessoal na Guiné os nossos Lynx nem metralhadoras tinham, mas agora já têm (12.7mm).

Exacto, é só,quererem e as coisas adaptam-se.
O seahawk também foi pensado para a mesma função e vejam lá hoje em dia a parafernália de equipamento q consegue levar e as inúmeras missões em os Seals os têm usado...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: SSK em Agosto 07, 2014, 12:19:54 am
Os nossos Lynx estão em fim de vida. Não há volta, nem software a dar, acabou... não há peças que dêem para aquele modelo... finito...

Quanto ao serem só anti-submarino é falso, é que nem isso são, quer dizer se um para de binóculos contarem... não ao ASW!!! já foram...
São muito mais anti-pirataria, aliás são só isso e SAR.

Nós precisamos de Helis ASW, são eles e os MPA que apanham submarinos, para além dos submarinos, eles são o açucar para apanhar moscas, as fragatas são o vinagre... Nós somos a porta da Europa e um dos guardiões da entrada do MED e ainda queremos invadir alguém com Fuzos...
Fuzos são importantes, mas em tempo de racionamento tentem encontrar helis que satisfassam o importante e que possam remediar o acessório.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: nelson38899 em Agosto 07, 2014, 12:39:56 am
Citação de: "SSK"
Os nossos Lynx estão em fim de vida. Não há volta, nem software a dar, acabou... não há peças que dêem para aquele modelo... finito...

Quanto ao serem só anti-submarino é falso, é que nem isso são, quer dizer se um para de binóculos contarem... não ao ASW!!! já foram...
São muito mais anti-pirataria, aliás são só isso e SAR.

Nós precisamos de Helis ASW, são eles e os MPA que apanham submarinos, para além dos submarinos, eles são o açucar para apanhar moscas, as fragatas são o vinagre... Nós somos a porta da Europa e um dos guardiões da entrada do MED e ainda queremos invadir alguém com Fuzos...
Fuzos são importantes, mas em tempo de racionamento tentem encontrar helis que satisfassam o importante e que possam remediar o acessório.

Mas por este andar, ainda vão ter que esticar mais a corda, porque não irá haver dinheiro para a compra de outros tão cedo. Se não há money para modernizar um avião tão importante como o C130 ou Al3, nao acredito que o haja para a compra de helis.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Johnnie em Agosto 08, 2014, 08:09:55 pm
Citação de: "SSK"
Os nossos Lynx estão em fim de vida. Não há volta, nem software a dar, acabou... não há peças que dêem para aquele modelo... finito....

Os da marinha brasileira não foram modernizados ainda à pouco tempo?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: ACADO em Agosto 08, 2014, 11:51:21 pm
Essa do nao ha peças nao me entra!!
Ha pecas para tudo, melhora-se tudo, moderniza-se tudo, só nos nunca conseguimos fazer nada...

E nao acredito q arranjar pecas saia mais caro que comprar Helicópteros novos!!
Parece-me a mesma cantiga de sempre, ah, isso não dá... Tou um bocado farto desse espirito derrotista de certos Portugueses...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: SSK em Setembro 08, 2014, 03:01:22 pm
Citação de: "ACADO"
Essa do nao ha peças nao me entra!!
Ha pecas para tudo, melhora-se tudo, moderniza-se tudo, só nos nunca conseguimos fazer nada...

E nao acredito q arranjar pecas saia mais caro que comprar Helicópteros novos!!
Parece-me a mesma cantiga de sempre, ah, isso não dá... Tou um bocado farto desse espirito derrotista de certos Portugueses...

Pelos vistos não conhece os "certos Portugueses" que têm feito voar os Lynxs nacionais sem qualquer acidente até à data, fazendo da nossa Esquadrilha de helicópteros a esquadrilha de helicópteros navais com o melhor rácio no que a horas de voo vs acidentes diz respeito.

Sabe que também me chateia uns certos portugueses que acham que sabem tudo e que todos os outros têm má vontade... é a vida temos de nos aguentar e dar a nossa opinião em vez do nosso julgamento sem termos todas as variáveis...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: ACADO em Setembro 08, 2014, 04:54:12 pm
Citação de: "SSK"
Citação de: "ACADO"
Essa do nao ha peças nao me entra!!
Ha pecas para tudo, melhora-se tudo, moderniza-se tudo, só nos nunca conseguimos fazer nada...

E nao acredito q arranjar pecas saia mais caro que comprar Helicópteros novos!!
Parece-me a mesma cantiga de sempre, ah, isso não dá... Tou um bocado farto desse espirito derrotista de certos Portugueses...

Pelos vistos não conhece os "certos Portugueses" que têm feito voar os Lynxs nacionais sem qualquer acidente até à data, fazendo da nossa Esquadrilha de helicópteros a esquadrilha de helicópteros navais com o melhor rácio no que a horas de voo vs acidentes diz respeito.

Sabe que também me chateia uns certos portugueses que acham que sabem tudo e que todos os outros têm má vontade... é a vida temos de nos aguentar e dar a nossa opinião em vez do nosso julgamento sem termos todas as variáveis...

O Sr tem de ter calminha e ofender-se menos!! Parece que alguem lhe tocou numa feridinha e doeu!!

Eu nao disse que quem voava e mantinha o helis era bom ou mau. E por acaso ate tenho muito boa consideracao pela esquadrilha da Marinha. Alias, toda a Marinha ainda me parece a forca mais sobria, aqueles que ainda mantem o espirito de que isto e para Guerra e nao para andar a passear galoes pela parada. Claro que noutros ramos isso existe, mas a proporcao e bem menor.
Se acho que a esquadrilha podia melhorar nalguns aspectos tacticos, claro que podiam. Mas isso e outra conversa que eu nem falei aqui...

Eu simplesmente disse que as desculpas que nao ha pecas e mais nao sei o que, sao tipicas do Portugues que quer complicar de modo a lhe facilitarem as coisas e comprarem helicopteros novos. ah isto nao da, aquilo nao da, e nem sequer tentam... Estou farto que me respondam isto e eu a saber que da, por isso nao ponha palavras na minha boca que eu nao disse e leia com atencao aquilo que e falado.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Menacho em Setembro 23, 2014, 04:39:42 pm
Por si es de su interés:

Citar
La Marine alemana ha puesto en tierra toda su flota de Sea Lynx, tras encontrar una grieta en uno de los aparatos

http://www.c4isrnet.com/article/M5/2014 ... pter-Fleet (http://www.c4isrnet.com/article/M5/20140922/DEFREG01/309220018/German-Navy-Grounds-Sea-Lynx-Helicopter-Fleet)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Menacho em Novembro 09, 2014, 09:17:24 am
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.flightglobal.com%2Fassets%2Fgetasset.aspx%3Fitemid%3D58049&hash=d8ab602f9671261f29a8017c956cd846)

O mejor sustituto del Linx, es o novo Linx
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Menacho em Dezembro 08, 2014, 07:06:19 pm
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.ala23.com%2FImagenes%2FFotos%2FExhibiciones%2F0909%2520Evora%2F0909%252007-Linx-.jpg&hash=5033acc01fc82e5c479a032db5af49ec)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Crypter em Dezembro 08, 2014, 09:47:31 pm
Eh pá!! A malta das Relações Publicas da Marinha anda mesmo empenhada....
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Nuno em Janeiro 05, 2015, 03:45:17 pm
Desculpem a qualidade da fotografia, a maq fot usada na altura ... :oops:

Foto tirada no CIMSM de Santa Margarida em 1991, quando o helicoptero esteve em teste.


http://postimg.org/image/9qxko1top/




Nuno
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Alvalade em Janeiro 05, 2015, 04:05:11 pm
Citação de: "Nuno"
Desculpem a qualidade da fotografia, a maq fot usada na altura ... :oops:

Foto tirada no CIMSM de Santa Margarida em 1991, quando o helicoptero esteve em teste.


(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fs12.postimg.org%2Fw2vdhfssr%2FSM10018.png&hash=7cbff4bf04d4dda91d078ddb33b7800c)




Nuno
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: ACADO em Janeiro 06, 2015, 10:04:18 am
Citação de: "Nuno"
Desculpem a qualidade da fotografia, a maq fot usada na altura ... :oops:

Foto tirada no CIMSM de Santa Margarida em 1991, quando o helicoptero esteve em teste.


http://postimg.org/image/9qxko1top/


Nuno

Lynx Ingles ?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Alvalade em Janeiro 06, 2015, 10:40:53 am
Parece ser

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.pixstel.com%2Fbritish-army-lynx-zd272_pics117-11747.jpg&hash=f2744e980da29a0ca5fcde58ed548806)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Nuno em Janeiro 06, 2015, 12:51:04 pm
Sim, eram ingleses.

 Nunca me esqueci do seguinte  :mrgreen: , numa quarta- feira com jogos da Uefa os tipos puseram um pano colado numa vedação com esta inscrição :
 
   THANKS TOTTENHAM

 Ganharam ao FCP 3-1,no memso dia que o SLB foi ganhar 3-1 na casa do Arsenal


 Nuno
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: HSMW em Fevereiro 01, 2015, 07:23:00 pm
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: nelson38899 em Fevereiro 10, 2015, 04:51:20 pm
Citar
(defensa.com) La Marina de Portugal ha confirmado sus planes de modernización de la flota de cinco helicópteros AgustaWestland Super Lynx que emplea habitualmente en las fragatas de la clase Vasco de Gama. Así lo ha confirmado el Jefe de Material de la Marina de Portugal, vicealmirante Antonio Manuel Fernandes da Silva Riberiro, en el evento IQPC Surface Warships 2015 que tuvo lugar recientemente en Genova. La Marina de Portugal dispone de cinco helicópteros Super Lyns del modelo Mk 95, de los cuales tres son de nueva construcción fabricados por AgustaWestland, y dos son Lynx HAS.3 comprados a la Royal Navy, que fueron reconstruidos por la misma empresa a la configuración Mk 95.

Los cinco helicópteros Super Lynx Mk95 serán actualizados con la sustitución de los motores y la aviónica. Concretamente se realizará una modernización parecida a la que contrató la Marina de Brasil el año pasado. Esta incluye la sustitución de los motores por modernos motores CTS800 4N suministrados por el consorcio LHTEC (Light Helicopter Turbine Engine) formada por Honeywell y Rolls-Royce. Estos motores ofrecen un mayor rendimiento, alcance y permiten por ejemplo realizar tomas en las cubiertas de vuelo de los buques en modo de emergencia con un solo motor sin que el buque tenga que aumentar su velocidad. (J.N.G.)

http://www.defensa.com/index.php?option ... Itemid=186 (http://www.defensa.com/index.php?option=com_content&view=article&id=14633%3Aportugal-modernizara-su-flota-de-helicopteros-navales-super-lynx&catid=57%3Aotan&Itemid=186)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 10, 2015, 06:56:33 pm
Substituição dos Lynx
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: night_runner em Fevereiro 10, 2015, 07:46:16 pm
A quantidade de helicópteros ao serviço da Marinha estava de certa forma adequada à sua capacidade oceânica até à chegada das KD há uns atrás.

Se a memória não me atraiçoa, quando as Meko foram adquiridas era intenção da Marinha dotar a EH com 7 (ou seriam 8?) Super Lynx e 4 "sets" de equipamento de apoio às operações dos helicópteros. Permitira que, no limite, as três fragatas pudessem operar com a capacidade máxima no que toca à componente aérea, restando 1 (2?) aparelhos para treino ou em manutenção. Este total foi reduzido para 5 helicópteros e 3 sets de equipamento. Dessa forma, considerou-se necessário apenas dotar duas fragatas com capacidade máxima (cada uma com dois aparelhos e um "set"), restando uma aeronave para treino/manutenção, ficando sempre e obrigatoriamente um set de equipamento no Montijo.

Portanto, para dotar mais que duas fragatas com helicopteros simultaneamente há que adquirir principalmente material de apoio à sua operação. Dessa forma, e mantendo apenas as mesmas 5 aeronaves, seria possivel efectuar mais que dois destacamentos.
Não será possível, nem fará sentido, dotar helicopteros/equipamento para 5 fragatas visto que dificilmente serão usadas as 5 operacionalmente em simultaneo.

Para outros meios navais, como o suposto NPL, a Marinha deveria procurar adquirir outro meio aéreo e nesse caso algo na classe do NH90 faria mais sentido. Como isso está fora de questão nos próximos tempos, será a FAP a apoiar a Marinha com helicópteros. Ok, quando se comprou os Merlin já se tinha pensado nisso tanto que quatro deles já vieram "navalizados".... O problema é que na prática é praticamente impossivel a Força Aérea poder dispender desses 4 aparelhos sem prejudicar a capacidade SAR nacional. E como o SAR está sempre primeiro....
Mas isso já são outros "quinhentos".... :roll:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: paraquedista em Março 24, 2015, 02:50:10 pm
https://www.youtube.com/watch?v=5CmZDlx6IFA (https://www.youtube.com/watch?v=5CmZDlx6IFA)

Display Espectacular de um Lynx do Exercito Ingles.

Pelos vistos vamos gastar 90 Milhoes de Euros para fazer um Upgrade, nos Motores e novos Glass Displays.

Acho muito dinheiro....1 Super Lynx 300 novo custava 15 Milhoes cada a uns anos...mas o contracto para 8 Wildcats para a Coreia do Sul foi de 370 Milhoes...ou seja 30 e tais Milhoes cada um.
Sem ter factos a frente e dificil dizer...mas preferia manter os 5 Lynx como estao para treino e tarefas de apoio e comprar mais uns quantos novos...afinal 5 Helicopteros nao sao suficientes, com 5 Fragatas e possivelmente a vinda do Siroco. Mesmo com 2 EH101 da Forca Aerea, era sempre bom ter a bordo pelo menos 2 Lynx.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Março 24, 2015, 03:34:51 pm
Citação de: "paraquedista"
https://www.youtube.com/watch?v=5CmZDlx6IFA

Display Espectacular de um Lynx do Exercito Ingles.

Pelos vistos vamos gastar 90 Milhoes de Euros para fazer um Upgrade, nos Motores e novos Glass Displays.

Acho muito dinheiro....1 Super Lynx 300 novo custava 15 Milhoes cada a uns anos...mas o contracto para 8 Wildcats para a Coreia do Sul foi de 370 Milhoes...ou seja 30 e tais Milhoes cada um.
Sem ter factos a frente e dificil dizer...mas preferia manter os 5 Lynx como estao para treino e tarefas de apoio e comprar mais uns quantos novos...afinal 5 Helicopteros nao sao suficientes, com 5 Fragatas e possivelmente a vinda do Siroco. Mesmo com 2 EH101 da Forca Aerea, era sempre bom ter a bordo pelo menos 2 Lynx.
Penso que o problema aqui que se coloca é comprar o que com 90 milhões (é inegável a falta de helicópteros e a escalada de preços face ao avanço da tecnologia) ? http://www.aircraftcompare.com/manufacture-aircraft/Sikorsky-Helicopter/39
Em USD o Sh-70 está nos 36 milhões, o Future Lynx nos 27,14 e mesmo o Kaman Sh-2G está nos 26 Milhões. O Super Lynx 300 está  nos 14,30 e os AW109/149 entre os 9,00 e 13,00 milhões. Depois ao preço por unidade há que somar contratos de manutenção, spares, upgrade, etc.
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.aircraftcompare.com%2Faircraft_images%2F384.jpg&hash=0d408075e670a920c2372192ac97d3ff)
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.aircraftcompare.com%2Faircraft_images%2F383.jpg&hash=c63d76bfc70f4c953eaf0195089b0176)

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: OPCOM em Março 25, 2015, 01:36:54 am
Viva. Volto a reforçar um ponto: o Sirocco apenas pode operar em simultaneo 3 helis. E apenas consegue transportar 2 EH101 no hangar.
Outro ponto importante: todos os EH da FAP são "navalizados" os 4 que refere são é CSAR, ou seja em missões humanitarias ou se transporte em zona de não conflito muito provavelmente bem serão os CSAR a estar a bordo. Pois têm menor autonomia devido ao maior peso.
Os helis andam caros a Espanha por exemplo recentemente adquiriu usados da US Navy.
Podiamos seguir esse caminho mas estes nao  sao suportados pelas nossas fragatas, teriamos de lhe aumentar o convés de voo. E comprar helis so para serem usados pelo Navpol caso venha mesmo seria um desperdicio. Poucas vezes seriam usados e para isso temos 12 EH101. Mesmo que se use 3 sobram 9. E será apenas em situações muito pontuais. Normalmente o navpol estara com 1 lynx ou EH a bordo.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: raphael em Março 25, 2015, 01:55:20 am
Bom mas....os Lynx também estão com problemas...quantos estão operacionais para vôo atualmente?
Os EH também andam com os seus problemas, que se resolverão a seu tempo.
Constou-me que os EH não cabem em altura no hangar do Sirocco...tenho de apurar melhor essa informação.
Os 4 CSAR diferem dos restantes por terem a capacidade de dobrar a cauda e as pás.
Com as dificuldades de pilotos Comandante, inclusivé com dificuldades de manutenção de tripulações completas nas ilhas, irão destacar tripulações para o Sirocco em caso de necessidade de emprego num teatro afastado de Portugal?
Ao preço que vem o Sirocco só trás 3 lanchas de desembarque, tem capacidade para 6, irá a Marinha adquirir as restantes?
Aeronaves a bordo além de tripulação, implicam pessoal de manutenção agregado ao destacamento, há coisas fáceis de pensar...agora de concretizar...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: night_runner em Março 25, 2015, 04:11:01 am
Citação de: "OPCOM"
Outro ponto importante: todos os EH da FAP são "navalizados" os 4 que refere são é CSAR
Não sei o que o camarada quer dizer por "navalizados" mas apenas os 4 da versão Mk.516 (CSAR) têm pontos de amarração, entre outras características. Nem mesmo a versão SIFICAP foi projectada para ser embarcada.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Março 25, 2015, 10:06:37 am
O Hangar está feito para o Super Frelon (dimensões: 20,8 comprimento e 6,76 de altura) : http://fr.wikipedia.org/wiki/Sud-Aviation_SA321_Super_Frelon
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.ffaa.net%2Fhelicopters%2Fsuper-frelon%2Fimages%2Fsuper-frelon-052.jpg&hash=414bdeb3d397a0af36795782192d586e)
O EH 101 Merlin tem dimensões ligeiramente inferiores (dimensões: 19,53 comprimento e 6,62 de altura)http://pt.wikipedia.org/wiki/AgustaWestland_EH101
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Ftcdfoudre.free.fr%2F15.10.1998Djiboutid.gif&hash=4198447f4f602ccd9dec5dcc1c74f47e)
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Ftcdfoudre.free.fr%2Ffoudremai2003e.jpg&hash=fe4d8ecd4e80a3b809ca73e25b78e2c3)
Citar
Helicopters

The ship, which has a 1,450m² flight deck, can accommodate up to seven Super Puma helicopters. There are three helicopter landing spots, two on the flight deck and one on the 400m² deck well rolling cover. The flight deck is equipped with a Samahe haul down system. The helicopter hangar has capacity for two Super Frelon helicopters or up to four Super Puma helicopters.
No "de baixo" é que não cabem de certeza  :wink:
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.alat.fr%2F_wp_generated%2Fwp2a85d858.png&hash=ef67e706ffb6328ebc1443da3632cfa0)
Resta a "doca".
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Ftcdfoudre.free.fr%2Ffoudre1990condonh.jpg&hash=a1db9833b61bbe96ed86d0ec37934cbc)
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Ftcdfoudre.free.fr%2Fradierfoudre2005.JPG&hash=94223aa3f76998dd19c4662aea4e4cf2)

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Alvalade em Março 25, 2015, 10:23:33 am
Citação de: "raphael"
Bom mas....os Lynx também estão com problemas...quantos estão operacionais para vôo atualmente?
Os EH também andam com os seus problemas, que se resolverão a seu tempo.
Constou-me que os EH não cabem em altura no hangar do Sirocco...tenho de apurar melhor essa informação.
Os 4 CSAR diferem dos restantes por terem a capacidade de dobrar a cauda e as pás.
Com as dificuldades de pilotos Comandante, inclusivé com dificuldades de manutenção de tripulações completas nas ilhas, irão destacar tripulações para o Sirocco em caso de necessidade de emprego num teatro afastado de Portugal?
Ao preço que vem o Sirocco só trás 3 lanchas de desembarque, tem capacidade para 6, irá a Marinha adquirir as restantes?
Aeronaves a bordo além de tripulação, implicam pessoal de manutenção agregado ao destacamento, há coisas fáceis de pensar...agora de concretizar...

Data from Jane's All The World's Aircraft

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fimg1.jetphotos.net%3A8080%2Fimg%2F1%2F1%2F3%2F0%2F75754_1190934031.jpg&hash=9f8c6d5fd93a06da3342064965a9e990)

General characteristics

    Crew: 3–4
    Capacity: 26 troops (38 passengers) or 5 tonnes of payload or 4 stretchers (with sonar removed).[143]
    Length: 19.53 m-fuselage length (64 ft 1 in)
    Rotor diameter: 18.59 m (61 ft 0 in)
    Height: 6.62 m (21 ft 8¾ in)
    Disc area: 271.51 m² (2,992.5 ft²)
    Empty weight: 10,500 kg (23,149 lb)
    Max. takeoff weight: 14,600 kg (32,188 lb)
    Powerplant: 3 × Rolls-Royce Turbomeca RTM322-01 turboshafts, 1,566 kW (2,100 shp) (take-off power) each

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.ffaa.net%2Fhelicopters%2Fsuper-frelon%2Fimages%2Fsuper-frelon-052.jpg&hash=414bdeb3d397a0af36795782192d586e)

General characteristics

    Crew: five
    Capacity:
        27 passengers or
        15 stretchers
    Length: 23.03 m (75 ft 6⅝ in)
    Rotor diameter: 18.90 m (62 ft 0 in)
    Height: 6.66 m (21 ft 10¼ in)
    Disc area: 280.6 m² (3,019 ft²)
    Empty weight: 6,863 kg (15,130 lb)
    Max. takeoff weight: 13,000 kg (28,660 lb)
    Powerplant: Three × Turboméca Turmo IIIC turboshafts, 1,171 kW (1,570 hp) each



Citar
The ship, which has a 1,450m² flight deck, can accommodate up to seven Super Puma helicopters. There are three helicopter landing spots, two on the flight deck and one on the 400m² deck well rolling cover. The flight deck is equipped with a Samahe haul down system. The helicopter hangar has capacity for two Super Frelon helicopters or up to four Super Puma helicopters.

The Foudre Class provides full flight-deck support for the simultaneous deployment, including day and night refuelling, of four 9t helicopters.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Março 25, 2015, 11:01:21 am
Citação de: "night_runner"
Citação de: "OPCOM"
Outro ponto importante: todos os EH da FAP são "navalizados" os 4 que refere são é CSAR
Não sei o que o camarada quer dizer por "navalizados" mas apenas os 4 da versão Mk.516 (CSAR) têm pontos de amarração, entre outras características. Nem mesmo a versão SIFICAP foi projectada para ser embarcada.

O OPCOM deve querer dizer que todos os EH101 estão preparados para voos sob o mar, isto é, tem a estrutura preparada para suportar a salinidade do mar. E na prática, todos podem aterrar e descolar do Siroco.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: OPCOM em Março 26, 2015, 01:06:27 am
Viva,
Sim e todos os 12 dobram a cauda e as pás. como tinha referido antes em caso de necessidade até a sonda de reabastecimento pode ser montado em qualquer um.
Penso que os CSAR ja os tenham montados, no site da FAP refere isso.
os pontos de amarração não renho conhecimento. Mas deverão ter ou deverá dar para instalar.
Alguém tem conhecimento se é possivel/exequivel  fazer um upgrade e certificar os Lynx para operarem foguetes e misseis tow ou helfire?
Daria assim em caso de necessidade um bom heli de escolta em caso de necessidade.
Sei que lhes foram instalados suportes de armas
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: night_runner em Março 26, 2015, 02:18:18 am
Citação de: "OPCOM"
Viva,
Sim e todos os 12 dobram a cauda e as pás. como tinha referido antes em caso de necessidade até a sonda de reabastecimento pode ser montado em qualquer um.
Penso que os CSAR ja os tenham montados, no site da FAP refere isso.
Não está correcto novamente camarada, só os 4 Mk.516 têm capacidade para dobrar cauda e pás e de instalação da sonda de reabastecimento em voo.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Março 26, 2015, 03:15:21 pm
A unica coisa que penso que os EH101 (não-CSAR) tem, é estarem preparados (fit for but not with), sistema RWR e dispensers de chafts e flares, isto é, possuem a instalação toda, basta se houver necessidade, comprar e instalar os equipamentos.

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.revistamilitar.pt%2Frecursos%2Fimagens%2Fimgs2006%2FRM2459_Merlin.jpg&hash=46406dd7a9f851a46b31c1f05134c9e9)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fonline.jornaldamadeira.pt%2Fsites%2Fdefault%2Ffiles%2Feh101_merlin.jpg&hash=760717788dfcf99c9fea5a5779a0c2f9)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Março 26, 2015, 04:39:48 pm
Já agora, umas fotos interessantes dos Merlin portugueses:
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.operacional.pt%2Fwp-content%2Fuploads%2F2010%2F10%2Fdetalhe-eh-101-lanca.jpg&hash=9586ee054f266a699280ddc817efde48)
(https://chivethebrigade.files.wordpress.com/2013/06/eh-101-merlin-920-3.jpg)
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2F1.bp.blogspot.com%2F_1M3spCWO4fE%2FTALohrkXaAI%2FAAAAAAAADhw%2FKU9c0cCKgZ8%2Fs1600%2FMerlin_3_.jpg&hash=1978566a8537355e98d2c10dcd4ae06e)
(https://chivethebrigade.files.wordpress.com/2013/06/eh-101-merlin-920-16.jpg?w=920&h=613)
(https://chivethebrigade.files.wordpress.com/2013/06/eh-101-merlin-920-18.jpg?w=920&h=683)
Citar
http://thebrigade.com/2013/06/25/eh-101-merlin-in-high-res-58-hq-photos/
Isto (os CSAR), se for como os "british" fica dobradinho...
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fi66.photobucket.com%2Falbums%2Fh269%2Fwub_01%2Fmerlin.jpg&hash=a8eb81390db407a5a642f9a28418bbe3)
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fcdn-www.airliners.net%2Faviation-photos%2Fphotos%2F1%2F9%2F7%2F1066791.jpg&hash=96e10941f718114d3d6a817fbabc20f4)

 :G-beer2:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: paraquedista em Março 30, 2015, 09:43:00 pm
Nelson 38899,

Por acaso tens o artigo completo da Janes, do que disse o Vice Admiral António Manuel Fernandes da Silva Ribeiro, sobre a modernizacao dos Lynx, na Conferencia em Genova ?

O artigo e do dia 2 de Fevereiro.

Podias por aqui, para o pessoal ver, se o tiveres  :wink: Agradecido desde ja.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: nelson38899 em Março 30, 2015, 10:12:55 pm
Citação de: "paraquedista"
Nelson 38899,

Por acaso tens o artigo completo da Janes, do que disse o Vice Admiral António Manuel Fernandes da Silva Ribeiro, sobre a modernizacao dos Lynx, na Conferencia em Genova ?

O artigo e do dia 2 de Fevereiro.

Podias por aqui, para o pessoal ver, se o tiveres  :wink: Agradecido desde ja.

Citar
The Portuguese Navy has confirmed plans for the life extension and modernisation of its five-strong fleet of AgustaWestland Super Lynx Mk 95 shipborne helicopters.

Speaking at the IQPC Surface Warships 2015 conference in Genoa on 28 January, Vice Admiral António Manuel Fernandes da Silva Ribeiro, the Portuguese Navy's chief of materiel, said the upgrade package would include new engines and avionics.

The scope of the embodiment will be similar to the Brazilian Navy Super Lynx upgrade for which AgustaWestland was brought under contract last year.

Delivered from 1993, the Super Lynx Mk 95 fleet comprises three new-build aircraft, and two ex-Royal Navy Lynx HAS.3 airframes remanufactured to the Mk 95 standard
http://www.janes.com/article/48575/portugal-eyes-upgrade-for-super-lynx-fleet

esta?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: paraquedista em Março 30, 2015, 10:17:04 pm
Sim, mas falta o resto do artigo...isso e so o principio.

Tens acesso ao resto do artigo ?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: nelson38899 em Março 31, 2015, 12:02:13 am
Citação de: "paraquedista"
Sim, mas falta o resto do artigo...isso e so o principio.

Tens acesso ao resto do artigo ?

vou tentar arranjar-lo
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: paraquedista em Março 31, 2015, 12:48:11 am
Citar
The Portuguese Navy has confirmed plans for the life extension and modernisation of its five-strong fleet of AgustaWestland Super Lynx Mk 95 shipborne helicopters.

Speaking at the IQPC Surface Warships 2015 conference in Genoa on 28 January, Vice Admiral António Manuel Fernandes da Silva Ribeiro, the Portuguese Navy's chief of materiel, said the upgrade package would include new engines and avionics.

The scope of the embodiment will be similar to the Brazilian Navy Super Lynx upgrade for which AgustaWestland was brought under contract last year.

Delivered from 1993, the Super Lynx Mk 95 fleet comprises three new-build aircraft, and two ex-Royal Navy Lynx HAS.3 airframes remanufactured to the Mk 95 standard
http://www.janes.com/article/48575/portugal-eyes-upgrade-for-super-lynx-fleet

esta?[/quote]

Citar
The Brazilian Navy (Marinha do Brasil - MdB) has contracted AgustaWestland to upgrade eight of its 12 Mk 21 Super Lynx (AH-11A) maritime helicopters.

The contract, which was announced by the company on 2 July, is valued at EUR117 million (USD160 million) and will see AgustaWestland replace the helicopters' engines, navigation systems, display consoles, and mission avionics.

Specifically, the current Rolls-Royce Gem 42 Mk 1017 engines will be replaced with the LHTEC CTS800-4N, as fitted to the AH.9A, Super Lynx 300, and AW159 Lynx Wildcat. This is geared at enhancing performance in 'hot and high' conditions.

'Glass' displays will be integrated onto the helicopter, allowing a full night vision goggle-compatible cockpit. AgustaWestland will also incorporate a new avionics suite, comprising a tactical processor, satellite based navigation system, traffic collision avoidance system, instrument landing system, and a countermeasures dispenser integrated with a radar warning receiver and electronic surveillance measures. A new electrically powered rescue hoist will also be added.

According to AgustaWestland, the end result of these upgrades will be "better performance, operational range, and aircraft mission effectiveness". Work will begin in mid-2015 at AgustaWestland's facility in Yeovil, England. The first helicopter is scheduled to be delivered back to the MdB in the third quarter of 2017, and the contract will be complete by early 2019.

Separate to this particular upgrade package, the MdB is also looking to install cabling on six of its AH-11A helicopters to allow the installation of the FLIR Systems Star SAFIRE III sensor turret. Preliminary studies are ongoing.

O Artigo sobre a modernizacao dos nossos Lynx diz que e semelhante a modernizacao de 8 dos Lynx Brasileiros...e isto e o que eles vao fazer.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Get_It em Abril 02, 2015, 07:27:12 pm
AW109 naval da marinha das Filipinas. (Aos 45 segundos (http://https)) A AgustaWestland tem também oferecido uma versão ASW do AW109 com sonar e capacidade para torpedos e mísseis ar-superfície.


Cumprimentos,
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Pedro Monteiro em Abril 12, 2015, 11:40:41 am
A revista brasileira "Forças de Defesa" (http://wp.me/ptiNf-9f7 (http://wp.me/ptiNf-9f7)) publica este mês um artigo a extenso de oito páginas com a Esquadrilha de Helicópteros de Marinha, e fotografias exclusivas de operações a bordo dos Super Lynxs com cores portuguesas.

Cumprimentos.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Alvalade em Abril 12, 2015, 12:04:10 pm
Edit: Não me importava de comprar, mas tendo em conta as ultimas noticias que saíram nesse site, não me parece correto dar dinheiro a quem não se importa de publicar noticias com inverdades ou sem publicar o seu autor original.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: paraquedista em Abril 12, 2015, 06:09:39 pm
Citação de: "Pedro Monteiro"
A revista brasileira "Forças de Defesa" (http://wp.me/ptiNf-9f7 (http://wp.me/ptiNf-9f7)) publica este mês um artigo a extenso de oito páginas com a Esquadrilha de Helicópteros de Marinha, e fotografias exclusivas de operações a bordo dos Super Lynxs com cores portuguesas.

Cumprimentos.

Caro Pedro Monteiro,

Parabens pelo artigo. Muito Bom.

Ja agora, se me permitir gostaria de colocar duas perguntas...sabe porque razao nao temos misseis de superficie Sea Skua nos LYNX ?
E falta de dinheiro para os adquirir or e porque simplesmente o radar Bendix nao e capaz ou falta o FLIR sensor, SAFIRE III.

E a outra pergunta e se sabe se esta previsto na modernizacao dos LYNX a aquisicao desta capacidade ?

Agradecido desde ja.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Maio 08, 2015, 06:01:29 pm
http://www.helis.com/database/news/lynx_pt_vector/
Citar
Vector Aerospace, May 08, 2015 - Vector Aerospace's world leading position for maintenance, repair and overhaul (MRO) of the Lynx military helicopter has been further underlined by a programme conducted at the company's Fleetlands facility in Gosport, Hampshire and the Portuguese Navy Squadron based in Lisbon.

The initial project involved one of the Portuguese Mk.95 Lynx, being inducted into Fleetlands for structural repairs together with significant rectification of the fuel systems, flying controls, electrical looms, engine doors, cabin doors and a complete refinish of the airframe.

In order to meet the Portuguese Navy's deadline, Vector completed the work by deploying a team of three mechanics and an electrician to Lisbon.

While on-site, the Vector team also carried out rectification work which enabled another Lynx to be returned to service. The Portuguese Navy reports that overall they are very impressed with the level of support provided to the project and that the route for future opportunities is opened.

As recently reported in November 2014, Vector also secured the agreement of a long-term contract to provide structural maintenance and technical support for the French Navy's Lynx Mk.4 helicopter fleet. Fleetlands has the only main build/repair jig for this aircraft type in the world, making Vector the leading supplier of deep structural repairs on the Lynx platform.

Vector Aerospace UK Managing Director Michael Tyrrell said, "This project is another significant step in our expansion into world markets for rotary wing MRO."
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.adsadvance.co.uk%2Fmedia%2Fimages%2Farticles%2F10763.jpg&hash=473f6861abeba4802b2f00baa46a56d8)
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Famumagazine.com%2Flogos%2FVector%2520Aerospace.jpg&hash=4ced8ca8731dcf7f60d1a6d4fcaa6d23)

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: nelson38899 em Maio 10, 2015, 11:30:57 pm
agora em Português:

Citar
A Vector Aerospace, a empresa líder na manutenção, reparação e overhaul (MRO) dos helicópteros militares Lynx foi escolhida num programa conduzido nas instalações Fleetlands da companhia, em Gosport (Hampshire) e a esquadra da Marinha Portuguesa baseada em Lisboa. O projecto inicial envolveu um Lynx Mk95 português nas Fleetlands para reparações estruturais e uma rectificação significativa dos sistemas de combustível, controlos de voo, ligações eléctricas, portas do motor, portas da cabina e uma revisão completa. Por forma a completar o trabalho, foi destacada para Lisboa, uma equipa de três mecânicos e um electricista.
Em Novembro de 2014, a Vector assegurou também o acordo para um contrato de longo-prazo para fornecer manutenção estrutural e apoio técnico para a frota de helicópteros Lynx Mk.4 da Marinha Francesa. Nas Fleetlands existe o único jig para construção e reparação deste tipo de aparelho, fazendo a Vector o líder nas reparações estruturais da plataforma Lynx.
Citar
http://newsavia.com/vector-aerospace-demonstra-flexibilidade-no-lynx-da-marinha-portuguesa/
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Maio 11, 2015, 07:32:45 pm
Naval Defense Industry News - UK, Portugal
 
 

Vector Aerospace demonstrates flexibility in Portuguese Navy Mk.95 Lynx programme

 
Vector Aerospace's world leading position for maintenance, repair and overhaul (MRO) of the Lynx military helicopter has been further underlined by a programme conducted at the company's Fleetlands facility in Gosport, Hampshire and the Portuguese Navy Squadron based in Lisbon.
     
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.navyrecognition.com%2Fimages%2Fstories%2Fnews%2F2015%2Fmay%2FPortuguese_Navy_Mk.95_Lynx.JPG&hash=6168ff0dc38354de609cf717dbf07dd5)
Portuguese Navy Mk.95 Lynx Helicopter ©Portuguese Navy
          
The initial project involved one of the Portuguese Mk.95 Lynx, being inducted into Fleetlands for structural repairs together with significant rectification of the fuel systems, flying controls, electrical looms, engine doors, cabin doors and a complete refinish of the airframe. In order to meet the Portuguese Navy's deadline, Vector completed the work by deploying a team of three mechanics and an electrician to Lisbon.

While on-site, the Vector team also carried out rectification work which enabled another Lynx to be returned to service. The Portuguese Navy reports that overall they are very impressed with the level of support provided to the project and that the route for future opportunities is opened.

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.navyrecognition.com%2Fimages%2Fstories%2Fnews%2F2014%2Fnovember%2FFrench_Navy_Lynx_Mk_4-Marine_Nationale.jpg&hash=c0de0609294f01200be01c22410e7100)
Two French Navy Lynx Mk.4 helicopters fly in formation over Brittany. S.Marc©Marine Nationale
          
As recently reported in November 2014, Vector also secured the agreement of a long-term contract to provide structural maintenance and technical support for the French Navy's Lynx Mk.4 helicopter fleet. Fleetlands has the only main build/repair jig for this aircraft type in the world, making Vector the leading supplier of deep structural repairs on the Lynx platform.

Vector Aerospace UK Managing Director Michael Tyrrell said, "This project is another significant step in our expansion into world markets for rotary wing MRO."

http://www.navyrecognition.com/index.ph ... ew&id=2701 (http://www.navyrecognition.com/index.php?option=com_content&task=view&id=2701)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: nelson38899 em Junho 08, 2015, 09:14:17 pm
Não sei se deveria pôr aqui a info, mas aqui vai. Os Ingleses andaram nesta ultima semana num acto de charme.

Citar
O sucessor do Lynx, o AW159 Wildcat, destacado pela primeira vez em Portugal! Até quinta-feira estarão por Ovar.
(https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xpf1/v/t1.0-9/10629558_899668970095417_6717222838484352974_n.jpg?oh=cb1edf8f6ae499daf27334ba88fae19a&oe=55F78922)

Citar
André Garcez Photography
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: night_runner em Junho 08, 2015, 09:33:47 pm
Citação de: "nelson38899"
Não sei se deveria pôr aqui a info, mas aqui vai. Os Ingleses andaram nesta ultima semana num acto de charme.
Podes pôr camarada, o Garcez não se vai importar. Os ingleses o ano passado trouxeram cá o Puma Mk.2, não quer isso dizer que nos queiram vender também. Apostaria que, tal como com os "novos" Puma o ano passado, estes Wildcat vêm fazer alguns dos ultimos testes antes de serem destacados em operações.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Junho 10, 2015, 10:31:49 am
Era bom que o MDN visse o quão bonitos são e demonstrasse interesse nos mesmos para substituir os actuais  :twisted:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Junho 25, 2015, 11:00:08 pm
https://www.facebook.com/MarinhaPortugu ... 023916181/ (https://www.facebook.com/MarinhaPortuguesa/videos/961050023916181/)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: HSMW em Junho 30, 2015, 11:52:03 pm

Destacamento de Helicópteros Hooters
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Pedro Monteiro em Julho 18, 2015, 01:05:33 am
Passagem recente pela Esquadrilha durante o "Contex/Phibex".

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fimg.photobucket.com%2Falbums%2Fv293%2Filha113%2Fehmjunho-2_zpszksgyhd8.jpg&hash=bd405b5820ce8397e3e36db16352cd1e) (http://http)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fimg.photobucket.com%2Falbums%2Fv293%2Filha113%2Fehmjunho_zpsjqxvgmdo.jpg&hash=fcf025abab1db6ec336f8eccb9289b7a) (http://http)

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: ACADO em Julho 19, 2015, 11:03:23 am
Citar
Vector Aerospace, the aviation maintenance,
repair, and overhaul (MRO) services provider,
completed refurbishment work in May on the
Portuguese Navy's two Mk 95 Lynx
helicopters.
The work carried out involved structural
repairs, and extensive rectification of fuel
systems, flying controls, electrical looms,
engine doors, cabin doors and a complete
refinish of the airframe. A Vector team of
three mechanics and an electrician deployed to
the base in Lisbon to undertake the project.
The team also undertook rectification on an
out-of-service Lynx, ensuring it could return
to service.
Vector Aerospace UK managing director
Michael Tyrrell said: "This project is another
significant step in our expansion into world
markets for rotary wing MRO."
Portugal’s Super Lynx Mk 95 fleet includes
three new-build aircraft, and two ex-Royal
Navy Lynx HAS.3 airframes remanufactured
to the Mk 95 standard. The aircraft are
equipped with Bendix radar in the undernose
radome and dipping sonar.
Earlier in the year, the Portuguese Navy
confirmed that it would be seeking life
extension and modernisation of its five Mk.95
shipborne helicopters to support the
protection of its 1,793 km coastline. The Navy
has a range of threats to respond to in spite of
budget limitations, including counter
smuggling and drug interdiction. At the end of
2014, Portuguese forces escorted a Russian
oceanic research vessel away from Portugal's
maritime economic zone, while Russian Tu-95
bombers have made provocative “approaches”
on Portuguese airspace.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Março 01, 2016, 12:20:15 pm
O Ministério da Defesa assinou um contrato com a Augusta Westland Limited (AWL) a fim de modernizar os helicópteros Lynx Mk95 da Marinha portuguesa, confirmou fonte da tutela ao Notícias ao Minuto.

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fi1357.photobucket.com%2Falbums%2Fq745%2Fjolumeme%2F125_Lynx_Marinha1_zpsjiamqpmd.jpg&hash=f821f4f807696b48d10355d5af2a3e40) (http://s1357.photobucket.com/user/jolumeme/media/125_Lynx_Marinha1_zpsjiamqpmd.jpg.html)


A “atualização de equipamentos” terá um custo de 69 milhões de euros, de acordo com um despacho do ministro Azeredo Lopes datado de 18 de fevereiro, e assegura “a aeronavegabilidade continuada e permanente, sob pena destas aeronaves não poderem operar no espaço aéreo controlado europeu, a partir de 2018”.

Após autorização da tutela, o contrato celebrado por ajuste direto deverá ser submetido à provação do Tribunal de Contas.

No mesmo despacho, o ministro da Defesa justifica a não abertura de um concurso com o facto de a “Augusta Westland Limited (AWL) se a única entidade detentora dos direitos de propriedade intelectual e das competências técnicas exigidas para o estudo, desenvolvimento e implementação do conjunto de modificações inerentes à modernização destas aeronaves”.

Noticia publicada hoje 01MAR20161145

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Crypter em Março 01, 2016, 10:48:30 pm
vai ser a frota toda modernizada?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Johnnie em Março 02, 2016, 10:47:33 am
Sim segundo as noticias que circulam todos os 5 aparelhos serão modernizados  :G-beer2:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: PereiraMarques em Março 14, 2016, 09:37:24 am
DEFESA NACIONAL
Gabinete do Ministro
Despacho n.º 3705/2016

Considerando que as fragatas classe “Bartolomeu Dias” constituem
o núcleo da capacidade oceânica de superfície da Marinha, face à sua
versatilidade e capacidade para o cumprimento de um largo espetro de
missões de âmbito militar, no contexto nacional e internacional.
Considerando que a manutenção do valor militar e da capacidade de
sustentação logística destas unidades navais determina a necessidade
de atualização de alguns equipamentos e sistemas embarcados, designadamente
dos helicópteros Lynx Mk95, seus meios aéreos orgânicos, é
imperativo que o programa de modernização de meia -vida das fragatas
(MLU FFGH) continue, de modo a que Portugal mantenha capacidade
para participar e comandar as forças navais da North Atlantic Treaty
Organization (NATO) e da União Europeia (UE), contribuindo assim
para o esforço de segurança nacional e coletivo.

Considerando o normativo em vigor para a aviação civil, europeia
e internacional, designadamente o Regulamento de Execução (UE)
n.º 1079/2012, de 16 de novembro, alterado pelo Regulamento de Execu-
ção n.º 657/2013, de 10 de junho, e o Regulamento (UE) n.º 1207/2011,
de 22 de novembro, com a redação dada pelo Regulamento de Execução
n.º 1028, de 26 de setembro, que estabelecem, respetivamente, os requisitos
de espaçamento dos canais de voz e os requisitos de desempenho
e interoperabilidade da vigilância no céu único europeu, é necessária a
modernização dos aviónicos dos helicópteros Lynx Mk95, assegurando
desta forma a sua aeronavegabilidade continuada e permanente, sob
pena destas aeronaves não poderem operar no espaço aéreo controlado
europeu, a partir de 2018.

Considerando que a Agusta Westland Limited (AWL) é a única entidade
detentora dos direitos de propriedade intelectual e das competências
técnicas exigidas para o estudo, desenvolvimento e implementação do
conjunto de modificações inerentes à modernização destas aeronaves,
incluindo a sua remotorização e upgrade de equipamentos e sistemas
(aviónicos).

Neste contexto, determino o seguinte:
1 — Nos termos e ao abrigo da alínea c) do n.º 3 do artigo 17.º do
Decreto -Lei n.º 197/99, de 8 de junho, (mantido em vigor pela alínea f)
do n.º 1 do artigo 14.º do Decreto -Lei n.º 18/2008, de 29 de janeiro,
que aprovou o Código dos Contratos Públicos (CCP), e repristinado
pela Resolução n.º 86/2011, de 11 de abril), em conjugação com os artigos
36.º, 38.º e 113.º, n.º 1, do CCP, aplicáveis por força do artigo 73.º
do Decreto -Lei n.º 104/2011, de 6 de outubro, autorizar a realização de
um procedimento de negociação sem publicação de anúncio de concurso,
com consulta à Agusta Westland Limited (AWL), a realizar nos termos
e ao abrigo da alínea e) do artigo 16.º e do artigo 32.º do Decreto -Lei
n.º 104/2011, de 6 de outubro, tendo em vista a formação e celebração
de contrato de modernização dos helicópteros Lynx Mk95, ao serviço da
Marinha Portuguesa, a vigorar após a emissão de “declaração de conformidade”
ou de “visto” pelo Tribunal de Contas, até ao preço máximo de
69 000 000,00 € (sessenta e nove milhões de euros), sem IVA, a financiar
através das verbas inscritas na Lei de Programação Militar, aprovada
pela Lei Orgânica n.º 7/2015, de 18 de maio, na “Capacidade Oceânica
de Superfície”, projeto “Modernização de meia vida das fragatas.”

2 — Ainda e nos termos do referido no número anterior, aprovar o
seguinte faseamento da despesa:
a) No ano de 2016, 8 000 000,00 euros;
b) No ano de 2017, 11 000 000,00 euros;
c) No ano de 2018, 12 000 000,00 euros;
d) No ano de 2019, 17 000 000,00 euros;
e) No ano de 2020, 15 000 000,00 euros;
f) No ano de 2021, 6 000 000,00 euros.

3 — Nos termos e ao abrigo do n.º 4 do artigo 7.º da Lei de Programação
Militar, autorizar a transição dos saldos verificados no fim de
cada ano económico, para reforço das dotações da mesma capacidade
e projeto até à sua completa execução.
4 — Atendendo ao permitido pelos artigos 44.º e 46.º do Código do
Procedimento Administrativo (CPA) e do n.º 1 do artigo 109.º do CCP,
aplicável por força do artigo 73.º do Decreto -Lei n.º 104/2011, de 6 de
outubro, delegar no Chefe do Estado -Maior da Armada, Almirante Luís
Manuel Fourneaux Macieira Fragoso, com faculdade de subdelegação,
as competências para conduzir o procedimento designadamente:
a) Nos termos do n.º 2 do artigo 40.º do CCP, proceder à aprovação
das peças do procedimento de consulta à AWL;
b) Proceder à negociação nos termos previstos no artigo 32.º do
Decreto -Lei n.º 104/2011, de 6 de outubro;
c) Nos termos do artigo 76.º do CCP, tomar a decisão de adjudicação
e proceder à respetiva notificação;
d) Proceder à notificação do adjudicatário para a apresentação dos
documentos de habilitação e para prestação de caução, ao abrigo do
n.º 2 do artigo 77.º do CCP;
e) Nos termos dos artigos 98.º e 100.º do CCP, proceder à aprovação
da minuta de contrato a celebrar com a AWL que titulará as condições
técnicas e financeiras a respeitar no contrato de aquisição de bens e
serviços com vista à modernização dos aviónicos Lynx Mk95, bem
como à respetiva notificação ao adjudicatário;
f) Proceder à outorga, em representação do Estado Português, do
contrato a celebrar com a AWL, nos termos do artigo 106.º do CCP;
g) Exercer os poderes de conformação da relação contratual previstos
nos artigos 302.º e seguintes do CCP, designadamente:
i) Dirigir e fiscalizar a execução do contrato;
ii) Determinar modificações unilaterais ao contrato;
iii) Aplicar as sanções previstas no contrato;
iv) Resolver o contrato, sendo caso disso.
h) Autorizar a substituição, liberação e execução de cauções nos
termos previstos nos artigos 294.º, 295.º e 296.º do CCP;
i) Nos termos do artigo 29.º do Decreto -Lei n.º 155/92, de 28 de
julho, conjugado com a alínea c) do n.º 3 do artigo 17.º do Decreto -Lei
n.º 197/99, de 8 de junho, proceder, após a devida liquidação, à autorização
e efetivação dos pagamentos, nos termos definidos no contrato.
5 — O Ramo deverá enviar cópia do contrato a Sua Exa. o Ministro
da Defesa Nacional e proceder à inserção dos respetivos elementos
informativos na plataforma EPM — Enterprise Project Management.

18 de fevereiro de 2016. — O Ministro da Defesa Nacional, José
Alberto de Azeredo Ferreira Lopes.

https://dre.pt/application/file/73864880
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: HSMW em Maio 09, 2016, 09:10:18 pm
Sobre a substituição conjunta do Lynx/Alouette qual o helicóptero que poderia substituir as duas versões e ainda dar uma contribuição no combate aos incêndios?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Maio 09, 2016, 11:36:29 pm
Sobre a substituição conjunta do Lynx/Alouette que o helicóptero poderia substituir as duas versões e ainda dar uma contribuição no combate aos incêndios?
Como sou um tipo que gosta de velharias uns Augusta-Bell 214...  ;D :P
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2F2.bp.blogspot.com%2F-uQ9VstdRWik%2FUDD2YEQ7riI%2FAAAAAAAAP1w%2Fc2Wr1VDIixE%2Fs1600%2Fagusta%2Bab212-asw_mp.jpg&hash=47b7f4b679ec82213952d8b74ffae139)
(https://img.planespotters.net/photo/620000/original/mm81198-esercito-italiano-italian-army-agusta-bell-ab-412-grifone_PlanespottersNet_620657.jpg)

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Maio 10, 2016, 02:27:05 am
Não é ligeiro mas...

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.bundesheer.at%2Fwaffen%2Fimages%2Fs70_3.jpg&hash=7e3fc70bfb811a943b7d63d6f51e5670)

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/2/22/040327-pb-firehawk-17-16.jpg)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Maio 10, 2016, 05:27:29 pm
Penso que são características difíceis de conciliar pois se a FAP quer um heli ligeiro para instrução e utilitário a Marinha já quer um heli mais capaz, por exemplo o A109 podia ser bom para a FAP mas a versão naval é fraquinha se comparada com o Lynx, o Lynx terrestre é talvez demasiado para instrução.

Mas isso dificilmente acontecerá, alem das diferentes características o fim de vida das aeronaves não é comum, o Lynx com a modernização vai durar mais anos que o Alouette.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Maio 10, 2016, 07:36:21 pm
Penso que são características difíceis de conciliar pois se a FAP quer um heli ligeiro para instrução e utilitário a Marinha já quer um heli mais capaz, por exemplo o A109 podia ser bom para a FAP mas a versão naval é fraquinha se comparada com o Lynx, o Lynx terrestre é talvez demasiado para instrução.

Mas isso dificilmente acontecerá, alem das diferentes características o fim de vida das aeronaves não é comum, o Lynx com a modernização vai durar mais anos que o Alouette.

Já estou a ver o jurassic lynx da marinha portuguesa a voar com 60 anos (na entrevista que publiquei na tematica do alphajet a fap e o ministro referem que o al3 fará os 55 anos e que um possível substituto será para algo mais que apenas instrução.) ;)

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Get_It em Maio 10, 2016, 11:26:41 pm
Off-topic; isto já é um grande aparte que acabei por escrever:

O problema é que não vão ser tomadas decisões concretas durante o termo deste Ministro. Portanto, tudo o que ele diz acerca de terem enviado RFI/RFP para um substituto do Alpha Jet ou que um possível substituto do Alouette III irá ser para algo mais que apenas instrução, ou o que quer que seja, vale zero.

Quando chegar à verdadeira altura de tomar as decisões concretas já terá passado bastante tempo e a pasta já terá passado por várias mãos. Logo (in my opinion) o que ele diz ou faz não tem qualquer impacto e não terá que dar provas. Podia agora bem dizer que vamos analisar e avançar com grupos de trabalho para a aquisição de helicópteros ligeiros e médios, aeronaves de treino avançado e até aquisição de Canadair para a FAP e depois quando chegar realmente à altura de tomar decisões, quem tiver no governo, pega e o que realmente faz é o outsourcing completo da instrução e às tantas ainda aproveita para privatizar o SAR.

Mas pronto, as declarações do Senhor Ministro sempre dão para conversarmos e mandarmos para o ar um ou outro cenário do que poderia/poderá ser.

/rant

Cumprimentos,
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Johnnie em Maio 10, 2016, 11:36:45 pm
Off-topic; isto já é um grande aparte que acabei por escrever:

O problema é que não vão ser tomadas decisões concretas durante o termo deste Ministro. Portanto, tudo o que ele diz acerca de terem enviado RFI/RFP para um substituto do Alpha Jet ou que um possível substituto do Alouette III irá ser para algo mais que apenas instrução, ou o que quer que seja, vale zero.

Quando chegar à verdadeira altura de tomar as decisões concretas já terá passado bastante tempo e a pasta já terá passado por várias mãos. Logo (in my opinion) o que ele diz ou faz não tem qualquer impacto e não terá que dar provas. Podia agora bem dizer que vamos analisar e avançar com grupos de trabalho para a aquisição de helicópteros ligeiros e médios, aeronaves de treino avançado e até aquisição de Canadair para a FAP e depois quando chegar realmente à altura de tomar decisões, quem tiver no governo, pega e o que realmente faz é o outsourcing completo da instrução e às tantas ainda aproveita para privatizar o SAR.

Mas pronto, as declarações do Senhor Ministro sempre dão para conversarmos e mandarmos para o ar um ou outro cenário do que poderia/poderá ser.

/rant

Cumprimentos,

Pelo menos assumem o problema, já é um começo
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: nelson38899 em Maio 14, 2016, 06:30:13 pm
(https://1.bp.blogspot.com/-xW6mQcNAo40/VwufX3VSHMI/AAAAAAAADqU/egwSI1VFfJkNVrJSUH3uhUAcGQW1Lwvmg/s1600/30kzzop.jpg)

Citar
Based on the Bill of Quantities submitted by AgustaWestland together with their bid, the helicopters itself costs only a little over half of the total contract amount. The helicopter's subsystems, notably the sensors, and initial load-out of ammunition took a huge share of the contract amount. The sensors are the helicopter's primary component, which makes the helicopter a versatile naval system for surface surveillance, ASuW, and ASW.

It also shows that acquiring ammunition is not cheap, and being a new user of such munitions, it is expected that the Philippine Navy will have to acquire more and maintain enough supply of warshot munitions in preparation of conflict, and program for live fire exercises once in a while.

http://maxdefense.blogspot.pt/
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Maio 15, 2016, 03:08:52 pm
(https://1.bp.blogspot.com/-xW6mQcNAo40/VwufX3VSHMI/AAAAAAAADqU/egwSI1VFfJkNVrJSUH3uhUAcGQW1Lwvmg/s1600/30kzzop.jpg)

Citar
Based on the Bill of Quantities submitted by AgustaWestland together with their bid, the helicopters itself costs only a little over half of the total contract amount. The helicopter's subsystems, notably the sensors, and initial load-out of ammunition took a huge share of the contract amount. The sensors are the helicopter's primary component, which makes the helicopter a versatile naval system for surface surveillance, ASuW, and ASW.

It also shows that acquiring ammunition is not cheap, and being a new user of such munitions, it is expected that the Philippine Navy will have to acquire more and maintain enough supply of warshot munitions in preparation of conflict, and program for live fire exercises once in a while.

http://maxdefense.blogspot.pt/

São valores para os dois  AW-159 Wildcat.
Citar
Anti-submarine helicopters[edit]
A separate requirement for two anti-submarine helicopters worth Php 5.0 billion was also announced and would be funded by the AFP Modernization Program under the Medium Term Capability Development Program (MTCDP 2013–2017).[85][86]

On March 31, 2014, it was reported that the bidding for two anti-submarine helicopters worth Php5.4 billion would start on April 24, 2014.[87] AgustaWestland, which was considered the sole responsive bidder after a joint venture between Airbus Helicopters and PT Dirgantara Indonesia failed to meet the requirements during the 1st stage bidding. AgustaWestland went on to pass the 2nd stage bidding and post qualification stage,[88] and was awarded the project by the DND by 1st quarter of 2016. AgustaWestland offered their AW-159 Wildcat naval helicopter.[89]

https://en.wikipedia.org/wiki/Philippine_Navy (https://en.wikipedia.org/wiki/Philippine_Navy)
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.vtol.org%2Fimages%2FdmFarnborough2014%2FSourceImage%2FAW159%2520Wildcat%2520-%2520side.JPG&hash=7e7d97f4b7595976ab34b184ea217670)
Os AgustaWestland AW109 para Sar/patrulha marítima (até agora não fazem ASW) nem a metade desse valor chegam (três serão 32 milhões USD enquanto que os 5 ficarão por cerca de 50 milhões USD) ...
Citar
Multi-purpose helicopters[edit]
In September 2011, a plan to purchase two multi-purpose shipboard helicopters to be assigned to the BRP Gregorio del Pilar and another upcoming ex-USCG cutter was announced.[75] There were no specific models specified, although consideration for the ship's telescopic hangar may dictate the helicopter's size. As of 14 December 2011 it was announced that the navy will purchase five shipboard helicopters, in contrast to the earlier announcement referencing only two.[23]

It was announced that the Department of National Defense was negotiating for five AgustaWestland AW109 naval helicopters worth Php 2.2 billion, funded jointly by the AFP Modernization Program and Department of Energy. These will be used for maritime security, internal security operations and disaster response, and are also expected to accompany navy vessels when conducting patrols.[76] A contract was signed on 20 December 2012 for an initial three AgustaWestland AW109 Power naval helicopters worth Php 1,337,176,584.00 (around $32.6 million).[77][78] The Dept. of National Defense expected the aircraft to be delivered and commissioned by December 2013.[79][80][81]

On 18 June 2013, it was reported that there were already PN personnel who were undergoing training for the new AgustaWestland AW109 Power naval helicopters.[82] 3 units out of 5 ordered were delivered to the Navy last December 8, 2013, and were assembled at Villamor Air Base in Pasay City.[83] The choppers are to be commissioned in January 2014.[83] Another two units with the capability to carry armaments on a stub wing were delivered in December 2014.[84]

The navy requires at least eight multi-purpose helicopters embarked on the strategic sealift vessels for utility lift, ASW and SAR missions.[43]
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fi332.photobucket.com%2Falbums%2Fm335%2Ffilipinas40%2FAW109-PF15_zps555aba1f.jpeg&hash=bf14a09c7182ab8e255a463cb7b136f0)
De qualquer forma o Aw159 segundo o site vira com um pacote especifico para cada missão, acrescentando depois valores de material pedido extra ao fabricante. No caso do Lynx e segundo a AW inclui este material para ASW (o preço para as Filipinas será de 66, 6 milhões USD duas unidades, sendo que o pacote ASuW obviamente virá a parte e acrescenta valores ):
Citar
Maritime
AW159 is the latest generation 6 tonne multi-role maritime helicopter, designed to operate from the smallest helicopter-capable ships, in the worlds harshest maritime environments of high sea state and associated deck motion conditions.
 
The platform is equipped with the latest communications, navigation systems, advanced sensors and a wide range of weapons, providing mission commanders with Intelligence Surveillance and Reconnaissance (ISR), Maritime Interdiction Operations (MIO), Anti Surface Warfare (ASuW), Anti Submarine Warfare (ASW) and Search and Rescue (SAR) capabilities.
 
LEADING FEATURES
Purpose designed and built maritime helicopter optimised for harsh maritime, small ship, operations; day/night, all weather capability
Two powerful LHTEC CTS800-4N engines with FADEC, highly responsive main rotor system with negative pitch, excellent tail rotor authority, high decent rate undercarriage, harpoon deck-lock and proven deck handling system enable operations in severe weather and high sea states
Main rotor blade and tail fold minimise hangar space requirements
Low workload Night Vision Goggle (NVG) compatible glass cockpit, fully integrated avionics suite and mission systems provide excellent situational awareness, rapid tactical assessment and mission effectiveness
Network enabled capability to Find, Fix and Strike; data-link enables integration into the digital battle space
ASuW mission system includes maritime radar, Electronic Support Measures (ESM), Electro Optic / Infra-Red (EO/IR) device, Anti-Ship Missiles (ASM), rockets and guns
ASW mission system includes maritime radar, Electronic Support Measures (ESM), Active Dipping Sonar (ADS), sononbuoys and torpedoes
Extensive role equipment including troop seats, stretchers, cargo hook, rescue hoist, internal weapon mounts and external weapon carriers

http://www.leonardocompany.com/en/-/aw159 (http://www.leonardocompany.com/en/-/aw159)

Saudações
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Maio 17, 2016, 05:33:42 pm
Algumas fotos de AS565 panther bem equipados:

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fi1357.photobucket.com%2Falbums%2Fq745%2Fjolumeme%2F0578497_zps5u15zw7j.jpg&hash=e44ebbf21f78838bf3b6fdd2608fe41b) (http://s1357.photobucket.com/user/jolumeme/media/0578497_zps5u15zw7j.jpg.html)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fi1357.photobucket.com%2Falbums%2Fq745%2Fjolumeme%2FAS565%2520bulgaro_zpscae3ujl8.png&hash=3b535cf7c7f166bb967fe1f2a98b610a) (http://s1357.photobucket.com/user/jolumeme/media/AS565%20bulgaro_zpscae3ujl8.png.html)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fi1357.photobucket.com%2Falbums%2Fq745%2Fjolumeme%2Fz-9wa-4_zpss5oihazn.jpg&hash=119949627460208381f5dd469e60563d) (http://s1357.photobucket.com/user/jolumeme/media/z-9wa-4_zpss5oihazn.jpg.html)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fi1357.photobucket.com%2Falbums%2Fq745%2Fjolumeme%2F109bf83c58423bb9de5b131c75ec57af_zpsdlxldpwo.jpg&hash=58f4fbaa2cd5a923584bdb7b1a6da1bf) (http://s1357.photobucket.com/user/jolumeme/media/109bf83c58423bb9de5b131c75ec57af_zpsdlxldpwo.jpg.html)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fi1357.photobucket.com%2Falbums%2Fq745%2Fjolumeme%2Fsem%2520nome_zpshmf6p0ix.png&hash=c004d89f665ecd4e508fefa941909e8b) (http://s1357.photobucket.com/user/jolumeme/media/sem%20nome_zpshmf6p0ix.png.html)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fi1357.photobucket.com%2Falbums%2Fq745%2Fjolumeme%2F1f0caa541e4df2f5962bf6bf45f41863_zps72poyeal.jpg&hash=de970f51ad9b00e32dbcea00f1d00ffc) (http://s1357.photobucket.com/user/jolumeme/media/1f0caa541e4df2f5962bf6bf45f41863_zps72poyeal.jpg.html)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fi1357.photobucket.com%2Falbums%2Fq745%2Fjolumeme%2Fpanther_airbushc_zpsx1c3etxq.jpg&hash=cf2c3778fc2e0a7f5b50d5a5d51a8abb) (http://s1357.photobucket.com/user/jolumeme/media/panther_airbushc_zpsx1c3etxq.jpg.html)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fi1357.photobucket.com%2Falbums%2Fq745%2Fjolumeme%2FPanther-ASW_01_zpsi5cyslnz.jpg&hash=9f265b392ba6df9c371ed05d18f85c66) (http://s1357.photobucket.com/user/jolumeme/media/Panther-ASW_01_zpsi5cyslnz.jpg.html)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fi1357.photobucket.com%2Falbums%2Fq745%2Fjolumeme%2Fstock-photo-paris-jun-military-helicopter-eurocopter-as-mbe-panther-shown-at-th-paris-air-show-on-147222398_zpsyuwwgufb.jpg&hash=12e4f4a91f13a7cb439f7270c067bf41) (http://s1357.photobucket.com/user/jolumeme/media/stock-photo-paris-jun-military-helicopter-eurocopter-as-mbe-panther-shown-at-th-paris-air-show-on-147222398_zpsyuwwgufb.jpg.html)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fi1357.photobucket.com%2Falbums%2Fq745%2Fjolumeme%2Ff-wwog-eurocopter-as565-mbe-panther_zpsnzz7ivcn.jpg&hash=aa08d0b40e30dd16e82705146db6e71d) (http://s1357.photobucket.com/user/jolumeme/media/f-wwog-eurocopter-as565-mbe-panther_zpsnzz7ivcn.jpg.html)

Com estas fotos não quero dizer que acho que os MK95 deviam ser substituidos pelo AS565, pois acho que deveríamos manter os cinco Super Lynx MK95 que possuímos, e, adquirir pelo menos mais dois Super lynx 300 ou mesmo três unidades, aos preços p/ unidade e comparando-os entre os AS565 e os Super lynx 300, referidos em posts anteriores, penso que será a escolha lógica e mais poupadinha !!  :G-Ok:


Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Maio 17, 2016, 10:33:23 pm
Se é para complemento dos Lynx tens uma solução baratucha à medida da bolsa portuguesa, chamada 500Md ASW. ;D ;)
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.helikits.net%2Fftp_images%2Fanexos%2Fgal000010%2FMD500ASW.jpg&hash=148b9f7110024e8e522ae3a096d8b7d6)
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fcdn-www.airliners.net%2Faviation-photos%2Fphotos%2F2%2F8%2F7%2F0678782.jpg&hash=e3593931a7885a33a6e249fa88ca1a19)
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.airwar.ru%2Fimage%2Fidop%2Fuh%2Fmd500%2Fmd500-5.jpg&hash=fc21db0ec33eb35179035ec34150e6b5)
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fimg.bemil.chosun.com%2Fnbrd%2Fdata%2F10044%2Fupfile%2F200906%2F20090630053132.jpg&hash=e22b701561d9a300b67eaaed660b634e)
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Flink.photo.pchome.com.tw%2Fs13%2F4468%2F738%2F143341992254%2F&hash=24c0a28f4642af8d13817a76f1429f56)
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Ftaiwanairpower.org%2Fnavy%2F500md%2F6910.jpg&hash=6be9ebd6a63c05343df94b05de9840ea)

Cumprimentos  :G-beer2:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: nelson38899 em Julho 14, 2016, 12:50:52 am
Citar
A Marinha de Guerra Portuguesa assinou nesta terça-feira, dia 12 de julho, em Londres, um contrato de upgrade dos seus cinco aparelhos Westland Super Lynx Mk95 que integram a Esquadrilha de Helicópteros da Marinha (EHM).

A notícia foi revelada durante o Salão Aeronáutico de Farnborough pela Leonardo-Finmeccanica, holding fabricante de aeronaves e equipamentos para defesa e segurança que integra diversas marcas antes ligadas ao sector, nomeadamente a AugustaWestland, a quem a Marinha Portuguesa adquiriu os helicópteros no início da década de noventa do século passado.

Os cinco aparelhos que estão ao serviço da Armada estão preparados para serem embarcados em fragatas e para atuar no mar e em missões marítimas, nomeadamente de transporte, busca e salvamento.

Comprados em 1993 e ativados a bordo das fragatas da Classe ‘Vasco da Gama’ em 1995 os cinco aparelhos carecem de atualização. No ano passado, em janeiro, numa intervenção na conferência internacional ‘IQPC Surface Warships 2015’, o vice-almirante António Silva Ribeiro, então Chefe de Material da Marinha de Guerra Portuguesa, notificou os presentes de que este ramo das Forças Armadas Portuguesas pretendia atualizar os seus helicópteros, apontando como necessários a mudança dos atuais motores para os novos LHTEC CTS 800-4N e a substituição dos sistemas de aviónicos, introduzindo o ‘Full Glass Cockpit’.

A Leonardo-Finmeccanica não revelou que tipo de trabalhos serão desenvolvidos, nem o valor do investimento. A Marinha de Guerra Portuguesa ou o Ministério da Defesa Nacional não revelaram também pormenores sobre esta adjudicação.

http://newsavia.com/marinha-portuguesa-vai-modernizar-helicopteros-super-lynx-mk95/
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Julho 14, 2016, 12:08:36 pm
Citar
A Marinha de Guerra Portuguesa assinou nesta terça-feira, dia 12 de julho, em Londres, um contrato de upgrade dos seus cinco aparelhos Westland Super Lynx Mk95 que integram a Esquadrilha de Helicópteros da Marinha (EHM).

A notícia foi revelada durante o Salão Aeronáutico de Farnborough pela Leonardo-Finmeccanica, holding fabricante de aeronaves e equipamentos para defesa e segurança que integra diversas marcas antes ligadas ao sector, nomeadamente a AugustaWestland, a quem a Marinha Portuguesa adquiriu os helicópteros no início da década de noventa do século passado.

Os cinco aparelhos que estão ao serviço da Armada estão preparados para serem embarcados em fragatas e para atuar no mar e em missões marítimas, nomeadamente de transporte, busca e salvamento.

Comprados em 1993 e ativados a bordo das fragatas da Classe ‘Vasco da Gama’ em 1995 os cinco aparelhos carecem de atualização. No ano passado, em janeiro, numa intervenção na conferência internacional ‘IQPC Surface Warships 2015’, o vice-almirante António Silva Ribeiro, então Chefe de Material da Marinha de Guerra Portuguesa, notificou os presentes de que este ramo das Forças Armadas Portuguesas pretendia atualizar os seus helicópteros, apontando como necessários a mudança dos atuais motores para os novos LHTEC CTS 800-4N e a substituição dos sistemas de aviónicos, introduzindo o ‘Full Glass Cockpit’.

A Leonardo-Finmeccanica não revelou que tipo de trabalhos serão desenvolvidos, nem o valor do investimento. A Marinha de Guerra Portuguesa ou o Ministério da Defesa Nacional não revelaram também pormenores sobre esta adjudicação.

http://newsavia.com/marinha-portuguesa-vai-modernizar-helicopteros-super-lynx-mk95/

Podiam (as Forças Armadas) aproveitar a presença em Farnborough e firmar já por ajuste directo a compra de 5 ou 6 C-130J/J-30, por exemplo. Afinal continuamos a não cumprir o compromisso com a NATO de gastar pelo menos 2% do PIB na Defesa.  ::)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Major Alvega em Julho 14, 2016, 09:33:12 pm
 Não posso acreditar que a modernização dos Lynx da Marinha se resuma só aos motores e ao cockpit. Será que se esqueceram de providenciar a instalação de um sistema FLIR, dispositivo básico nos dias que correm em qualquer helicóptero naval? Aguardemos!
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Julho 14, 2016, 10:13:46 pm
Citar
A Marinha de Guerra Portuguesa assinou nesta terça-feira, dia 12 de julho, em Londres, um contrato de upgrade dos seus cinco aparelhos Westland Super Lynx Mk95 que integram a Esquadrilha de Helicópteros da Marinha (EHM).

A notícia foi revelada durante o Salão Aeronáutico de Farnborough pela Leonardo-Finmeccanica, holding fabricante de aeronaves e equipamentos para defesa e segurança que integra diversas marcas antes ligadas ao sector, nomeadamente a AugustaWestland, a quem a Marinha Portuguesa adquiriu os helicópteros no início da década de noventa do século passado.

Os cinco aparelhos que estão ao serviço da Armada estão preparados para serem embarcados em fragatas e para atuar no mar e em missões marítimas, nomeadamente de transporte, busca e salvamento.

Comprados em 1993 e ativados a bordo das fragatas da Classe ‘Vasco da Gama’ em 1995 os cinco aparelhos carecem de atualização. No ano passado, em janeiro, numa intervenção na conferência internacional ‘IQPC Surface Warships 2015’, o vice-almirante António Silva Ribeiro, então Chefe de Material da Marinha de Guerra Portuguesa, notificou os presentes de que este ramo das Forças Armadas Portuguesas pretendia atualizar os seus helicópteros, apontando como necessários a mudança dos atuais motores para os novos LHTEC CTS 800-4N e a substituição dos sistemas de aviónicos, introduzindo o ‘Full Glass Cockpit’.

A Leonardo-Finmeccanica não revelou que tipo de trabalhos serão desenvolvidos, nem o valor do investimento. A Marinha de Guerra Portuguesa ou o Ministério da Defesa Nacional não revelaram também pormenores sobre esta adjudicação.

http://newsavia.com/marinha-portuguesa-vai-modernizar-helicopteros-super-lynx-mk95/

Podiam (as Forças Armadas) aproveitar a presença em Farnborough e firmar já por ajuste directo a compra de 5 ou 6 C-130J/J-30, por exemplo. Afinal continuamos a não cumprir o compromisso com a NATO de gastar pelo menos 2% do PIB na Defesa.  ::)

À pois podiam mas para isso a verba para efectuar essa compra devia ter sido orçamentada em 2015, e, como não foi vamos pelo menos esperar um ano para que se possa avançar com a compra.

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Julho 15, 2016, 01:39:59 am
Podiam (as Forças Armadas) aproveitar a presença em Farnborough e firmar já por ajuste directo a compra de 5 ou 6 C-130J/J-30, por exemplo. Afinal continuamos a não cumprir o compromisso com a NATO de gastar pelo menos 2% do PIB na Defesa.  ::)

Ou podiam aumentar os ordenados ;D  ;D
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Julho 15, 2016, 11:55:16 am
Podiam (as Forças Armadas) aproveitar a presença em Farnborough e firmar já por ajuste directo a compra de 5 ou 6 C-130J/J-30, por exemplo. Afinal continuamos a não cumprir o compromisso com a NATO de gastar pelo menos 2% do PIB na Defesa.  ::)

Ou podiam aumentar os ordenados ;D  ;D

Bem visto!  ;D ;)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Srgdoido em Julho 18, 2016, 02:52:56 pm
"Leonardo has reaffirmed plans to upgrade the avionics and engines of five AgustaWestland WG.13 Super Navy Lynx Mk 95 helicopters operated by the Portuguese Navy."
"With the upgrade work, the navy plans to retain these helicopters in service through to 2030."

http://www.janes.com/article/62344/leonardo-reaffirms-plans-to-upgrade-portuguese-lynx-helos-ahead-of-expected-contract
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Julho 31, 2016, 04:17:17 pm
Leonardo reaffirms plans to upgrade Portuguese Lynx helos ahead of expected contract

Gareth Jennings, London - IHS Jane's Defence Weekly  18 July 2016

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fi1357.photobucket.com%2Falbums%2Fq745%2Fjolumeme%2F0087961_-_main_zpsrcef3kut.jpg&hash=8651897965c9944efd919a9051184077) (http://s1357.photobucket.com/user/jolumeme/media/0087961_-_main_zpsrcef3kut.jpg.html)

Portugal has five Super Lynx naval helicopters in service, which it is looking to sustain through to 2030.Source: AgustaWestland

 Leonardo has reaffirmed plans to upgrade the avionics and engines of five AgustaWestland WG.13 Super Navy Lynx Mk 95 helicopters operated by the Portuguese Navy.

 The company said on 13 July that the contract to undertake this work will be signed "in the coming few weeks". The Portuguese Ministry of National Defence (MND) disclosed in March that it is to spend EUR69 million (USD76 million) on the upgrade so as to extend the aircraft's service life, address airworthiness obsolescence issues, and to meet new European flight standards due to come into effect in 2018.

 The Portuguese Navy's five Super Lynx helicopters comprise three newbuild aircraft, and two ex-Royal Navy Lynx HAS.3 airframes remanufactured to the Mk 95 standard and delivered from 1993. The helicopters operate from the Vasco da Gama- and Bartolomeu Dias-class frigates in the anti-submarine warfare, maritime surveillance, search-and-rescue, special operations transport, and utility transport roles. With the upgrade work, the navy plans to retain these helicopters in service through to 2030.

http://www.w54.biz/showthread.php?1191-Maritime-ASW-ASuW-helicopters/page25

Abraços

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Menacho em Outubro 27, 2016, 01:39:28 pm
LINX

http://www.ejercitos.org/2016/10/25/westland-super-lynx-mk-95-de-la-marinha-portuguesa/
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Novembro 21, 2016, 05:02:59 pm
O 28º e último AW159 Wildcat foi entregue à Royal Navy no passado dia 26 de Outubro. A Armada britânica espera operá-lo durante os próximos 25 anos pelo menos, sendo que os últimos Lynx/Super Lynx serão retirados de serviço em Março do ano que vem.

https://navynews.co.uk/archive/news/item/15405

Ou era altura de pensar em comprar uns quantos HMA.8 com mais horas na célula para a Marinha, ou na aquisição mais cedo ou mais tarde do Wildcat. Ahhhh, esqueci-me, não há "pilim"...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Janeiro 11, 2017, 01:06:37 pm
A Leonardo procura novos clientes para o AW159 Wildcat, agora que as encomendas estão praticamente despachadas, caso contrário poderá estar em risco o futuro da unidade fabril de Yeovil. Apesar da iminente modernização dos 5 Super Lynx Mk.95 da Marinha, era bom que se começasse a pensar na efectiva substituição dos mesmos por aparelhos mais modernos a médio prazo, e talvez se pudessem retirar vantagens do facto de serem necessárias novas encomendas para continuar a garantir a existência da fábrica em Inglaterra.

Citar
Future of Leonardo's Yeovil site hinges on Lynx Wildcat
Gareth Jennings, Yeovil - IHS Jane's Defence Weekly
10 January 2017

http://www.janes.com/article/66812/future-of-leonardo-s-yeovil-site-hinges-on-lynx-wildcat
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Janeiro 11, 2017, 01:56:31 pm
A Leonardo procura novos clientes para o AW159 Wildcat, agora que as encomendas estão praticamente despachadas, caso contrário poderá estar em risco o futuro da unidade fabril de Yeovil. Apesar da iminente modernização dos 5 Super Lynx Mk.95 da Marinha, era bom que se começasse a pensar na efectiva substituição dos mesmos por aparelhos mais modernos a médio prazo, e talvez se pudessem retirar vantagens do facto de serem necessárias novas encomendas para continuar a garantir a existência da fábrica em Inglaterra.

Citar
Future of Leonardo's Yeovil site hinges on Lynx Wildcat
Gareth Jennings, Yeovil - IHS Jane's Defence Weekly
10 January 2017

http://www.janes.com/article/66812/future-of-leonardo-s-yeovil-site-hinges-on-lynx-wildcat

Era bom era...................................... mas, vamos ter de arranjar uns milhares de milhões para a CGD, Novo banco, Montepio, para não falar da merda em que o BCP se anda a meter-se com aumentos de capitais quase anuais.
Helis para quê ?????? é sempre o mesmo discurso mas, ...........quando acontece o que aconteceu ao C130, aí é que coitados dos que faleceram e sua Famílias, porque umas semanas depois tudo na mesma, no passa nada !!!!
Bem podes esquecer os substitutos dos Lynx, há quantos anos andamos a pensar em substituir os ALIII ?????

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Janeiro 11, 2017, 02:07:31 pm
Bem, como os Lynx espera-se que voem até 2030, lá para 2028 devemos ter novidades...  :D ;)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2F1.bp.blogspot.com%2F_8vV4aVw1DhI%2FSkqgQ2712nI%2FAAAAAAAAAK4%2FRibT91NAEJk%2Fs400%2Fmedevac.jpg&hash=727122a705b17d4ff84df09d5328219c)

Saudações
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Março 01, 2017, 02:26:59 pm
Mais uma oportunidade perdida. Com a entrada em serviço do Wildcat, podíamos adquirir uns quantos Lynx aos bifes que até podiam vir com Sea Skua.

RN completes last Sea Skua high seas firing

http://www.janes.com/article/68338/rn-completes-last-sea-skua-high-seas-firing (http://www.janes.com/article/68338/rn-completes-last-sea-skua-high-seas-firing)

Citar
Key Points

    Three Sea Skua missiles were successfully fired on 25 February from a Lynx HMA.8 operating from the frigate HMS Portland
    This was the RN's last high seas firing before the Lynx and Sea Skua are retired from RN service

A UK Royal Navy (RN) Lynx HMA.8 helicopter from 815 Naval Air Squadron (NAS) has completed the last planned live firing of the MBDA Sea Skua anti-ship missile in RN service.

The high seas firing, performed by 208 Flight from the Type 23 frigate HMS Portland, was undertaken on 25 February in the North Atlantic. According to the RN, the Lynx HMA.8 "successfully fired three Sea Skua missiles for training purposes", using a Killer Tomato surface target balloon as the target.

Sea Skua will go out of service at the end of March 2017, coincident with the retirement of the Lynx HMA.8 from RN service. 208 Flight - the RN's last embarked Lynx flight - is due to disembark from HMS Portland on 10 March and return to Royal Naval Air Station Yeovilton prior to 815 NAS's formal decommissioning on 23 March.

The 15 km-range Sea Skua anti-ship missile was purpose-developed to arm the Lynx. Designed to counter Soviet missile-armed fast attack craft and corvettes, the missile used the Lynx's Seaspray radar to provide semi-active guidance support to its target.

The new Wildcat HMA.2 helicopter has entered RN service devoid of any anti-surface guided weapons, leaving a 'hard-kill' capability gap between the retirement of the Lynx/Sea Skua and the arrival of the respective Heavy and Light strands of the Future Anti-Surface Guided Weapon (FASGW), namely the MBDA Sea Venom/ANL anti-ship missile and Thales Martlet laser beam-riding lightweight multirole missile. FASGW trials on Wildcat are due to start in mid-2018, with Initial Operating Capability planned for no later than October 2020.

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.janes.com%2Fimages%2Fassets%2F338%2F68338%2F1635838_-_main.jpg&hash=d406e24248d2f8e9b5a1042c69a44259)
208 Flight's Lynx HMA.8 seen just after takeoff from HMS Portland on 25 February. The aircraft is armed with three Sea Skua missiles for a high seas firing. Source: Royal Navy

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: perdadetempo em Março 01, 2017, 02:56:19 pm
Citar
Mais uma oportunidade perdida. Com a entrada em serviço do Wildcat, podíamos adquirir uns quantos Lynx aos bifes que até podiam vir com Sea Skua.

Ainda vamos a tempo, os helicópteros só devem sair de serviço em 2018 como os irmãos AH9A do exército e que até já estão equipados com  os CTS800-4N semelhantes aos que irão ser instalados nos Lynx da marinha.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Major Alvega em Março 01, 2017, 03:00:17 pm
 Meu caro tantas oportunidades perdidas. Existe na economia um termo que se adapta perfeitamente a esta situação que é o chamado "custo de oportunidade". No qual Portugal é pródigo e tem pago um custo alto e caro nesta matéria..
 Mas parece-me desde já quase impossível (para não dizer totalmente) a vinda de alguma destas unidades, exceptuando se fosse de borla. Coisa que os britânicos não estarão virados para aí e estas unidades abatidas ao serviço até são mais modernas que as usadas pela Marinha. A razão é simples, a sua hipotética vinda teríamos de pagar por elas e depois teríamos igualmente de pagar a sua modernização.
Sobre a modernização dos 5 Lynx, parece que se confirma vai haver mais uma "tuguice". Que é não estar previsto a inclusão de um sistema FLIR. Coisa que os Lynx britânicos abatidos já o têm.
Já sei que alguns que ainda estão em estado de negação irão dizer que isso não é importante e que até é normal. E que não é necessário etc. e tal...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: perdadetempo em Março 01, 2017, 03:19:37 pm
Citar
Sobre a modernização dos 5 Lynx, parece que se confirma vai haver mais uma "tugarice". Que é não estar previsto a inclusão de um sistema FLIR. Coisa que os Lynx britânicos abatidos já o têm.

Isso é mesmo a sério? Estamos a gastar até 69.000.000,00€/5 Lynx=13.800.000,00€/helicóptero e nem sequer um Wescam Mx-10 (350.000,00€-400.000,00€) conseguem meter no bicho?

Cumprimentos,
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Major Alvega em Março 01, 2017, 04:32:41 pm
Citar
Sobre a modernização dos 5 Lynx, parece que se confirma vai haver mais uma "tugarice". Que é não estar previsto a inclusão de um sistema FLIR. Coisa que os Lynx britânicos abatidos já o têm.

Isso é mesmo a sério? Estamos a gastar até 69.000.000,00€/5 Lynx=13.800.000,00€/helicóptero e nem sequer um Wescam Mx-10 (350.000,00€-400.000,00€) conseguem meter no bicho?

Cumprimentos,

Parece que sim! Já andei a ver os vários press releases e notícias saidas na altura e só se fala em motores e actualização de aviónicos.

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Luso em Março 01, 2017, 05:37:21 pm
Citar
Sobre a modernização dos 5 Lynx, parece que se confirma vai haver mais uma "tugarice". Que é não estar previsto a inclusão de um sistema FLIR. Coisa que os Lynx britânicos abatidos já o têm.

Isso é mesmo a sério? Estamos a gastar até 69.000.000,00€/5 Lynx=13.800.000,00€/helicóptero e nem sequer um Wescam Mx-10 (350.000,00€-400.000,00€) conseguem meter no bicho?

Cumprimentos,

E o pessoal insiste em procurar racionalidade e lógica quando não é para tal. Já disse que o que interessa é fachada.
A Farsa Aérea também não comprou Sparrows em 2014? Pois...
Vocês recusam-se a aceitar que devem procurar as respostas noutros sítios...

"money will finally rid itself of everything that threatens it- including nation states, which it will progressively dismantle."
Attali, Jacques:  A Brief History of The Future

https://www.amazon.co.uk/BRIEF-HISTORY-FUTURE-Jacques-Attali/dp/1611450136/ref=sr_1_3?ie=UTF8&qid=1488389690&sr=8-3&keywords=A+Brief+History+of+The+Future
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: perdadetempo em Abril 01, 2017, 12:24:30 am
E reformaram-se em 24 de Março na Royal Navy.

http://www.defense-aerospace.com/articles-view/release/3/182296/royal-navy-retires-navy-lynx-helicopters.html (http://www.defense-aerospace.com/articles-view/release/3/182296/royal-navy-retires-navy-lynx-helicopters.html)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Abril 04, 2017, 08:19:13 pm
E reformaram-se em 24 de Março na Royal Navy.

http://www.defense-aerospace.com/articles-view/release/3/182296/royal-navy-retires-navy-lynx-helicopters.html (http://www.defense-aerospace.com/articles-view/release/3/182296/royal-navy-retires-navy-lynx-helicopters.html)

E com a reforma completa, nada de penalizações !!
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Major Alvega em Maio 12, 2017, 01:53:39 pm
Parece tal como se confirmava anteriormente que a modernização dos Lynx não contempla a instalação de um sistema de infra-vermelhos, equipamento básico em qualquer helicóptero naval.

http://www.janes.com/article/70256/first-portuguese-super-lynx-to-begin-modernisation (ftp://www.janes.com/article/70256/first-portuguese-super-lynx-to-begin-modernisation)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Maio 12, 2017, 07:47:29 pm
Parece tal como se confirmava anteriormente que a modernização dos Lynx não contempla a instalação de um sistema de infra-vermelhos, equipamento básico em qualquer helicóptero naval.

http://www.janes.com/article/70256/first-portuguese-super-lynx-to-begin-modernisation (ftp://www.janes.com/article/70256/first-portuguese-super-lynx-to-begin-modernisation)

Ecos dessa mesma notícia também aqui: http://www.cavok.com.br/blog/primeiro-super-lynx-da-marinha-portuguesa-comecara-modernizacao-em-junho/
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Maio 12, 2017, 08:18:35 pm
Parece tal como se confirmava anteriormente que a modernização dos Lynx não contempla a instalação de um sistema de infra-vermelhos, equipamento básico em qualquer helicóptero naval.

http://www.janes.com/article/70256/first-portuguese-super-lynx-to-begin-modernisation (ftp://www.janes.com/article/70256/first-portuguese-super-lynx-to-begin-modernisation)

E qual a necessidade de tal equipamento? Toda a gente sabe que os inimigos nunca actuam de noite, nem com mau tempo. Mania das grandezas, pá!  ;D
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: diogo13350 em Maio 12, 2017, 08:22:09 pm
Dúvida-Irão se gastar 75 000 000 de euros na modernização de 5 helis mas porquê gastar  tanto só para durar mais 10 anos se por exemplo o aw109 com um  preço base a rondar os 10 milhões x5 = 50 000 000 mais contratos e tal irá dar algo a rondar os 100 000 000 certo?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Maio 12, 2017, 08:29:36 pm
Existe uma versão ASW do AW109? Se existe desconheço e tenho a certeza que os italianos não a utilizam. Tanto quanto sei, não existe nenhum helicóptero ASW no mercado a 10 milhões, ou mesmo a 20 milhões a unidade.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: diogo13350 em Maio 12, 2017, 08:32:38 pm
Existe uma versão ASW do AW109? Se existe desconheço e tenho a certeza que os italianos não a utilizam. Tanto quanto sei, não existe nenhum helicóptero ASW no mercado a 10 milhões, ou mesmo a 20 milhões a unidade.
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2F3.bp.blogspot.com%2F-PesSoGNd0Lo%2FT0Wgk_vEAdI%2FAAAAAAAAJTM%2FbL4QRBPbRWo%2Fs1600%2FHarbin%2Bhelicopter.%2BZ-9EC%2BASW%2BNaval%2BAir%2BArm%2Bpulse-compression%2Bradar%2C%2Blow%2Bfrequency%2Bdipping%2Bsonar%2C%2Bradar%2Bwarning%2Breceiver%2Band%2Bdoppler%2Bnavigation%2Bsystem%2C%2Btorpedoes%2Bfrigates%2B%283%29.jpg&hash=eafe1a2d073e42206f4e919fa7a65b36)

Quanto custaria algo assim??
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Major Alvega em Maio 12, 2017, 09:23:37 pm
Parece tal como se confirmava anteriormente que a modernização dos Lynx não contempla a instalação de um sistema de infra-vermelhos, equipamento básico em qualquer helicóptero naval.

http://www.janes.com/article/70256/first-portuguese-super-lynx-to-begin-modernisation (ftp://www.janes.com/article/70256/first-portuguese-super-lynx-to-begin-modernisation)

E qual a necessidade de tal equipamento? Toda a gente sabe que os inimigos nunca actuam de noite, nem com mau tempo. Mania das grandezas, pá!  ;D
Obrigado por me chamar à razão.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Maio 13, 2017, 12:33:11 pm
Existe uma versão ASW do AW109? Se existe desconheço e tenho a certeza que os italianos não a utilizam. Tanto quanto sei, não existe nenhum helicóptero ASW no mercado a 10 milhões, ou mesmo a 20 milhões a unidade.
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2F3.bp.blogspot.com%2F-PesSoGNd0Lo%2FT0Wgk_vEAdI%2FAAAAAAAAJTM%2FbL4QRBPbRWo%2Fs1600%2FHarbin%2Bhelicopter.%2BZ-9EC%2BASW%2BNaval%2BAir%2BArm%2Bpulse-compression%2Bradar%2C%2Blow%2Bfrequency%2Bdipping%2Bsonar%2C%2Bradar%2Bwarning%2Breceiver%2Band%2Bdoppler%2Bnavigation%2Bsystem%2C%2Btorpedoes%2Bfrigates%2B%283%29.jpg&hash=eafe1a2d073e42206f4e919fa7a65b36)

Quanto custaria algo assim??

Esse na imagem é um Harbin Z-9, versão chinesa do Eurocopter AS365 Dauphin.  ;)

Para a Marinha Portuguesa o mais adequado seria optar pelo AW159 Wildcat e mesmo pelo NH90 NFH, embora alguns problemas de juventude e custo proibitivo quase de certeza eliminem este último como possível candidato a substituto do Super Lynx.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: diogo13350 em Maio 13, 2017, 04:33:42 pm
Existe uma versão ASW do AW109? Se existe desconheço e tenho a certeza que os italianos não a utilizam. Tanto quanto sei, não existe nenhum helicóptero ASW no mercado a 10 milhões, ou mesmo a 20 milhões a unidade.
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2F3.bp.blogspot.com%2F-PesSoGNd0Lo%2FT0Wgk_vEAdI%2FAAAAAAAAJTM%2FbL4QRBPbRWo%2Fs1600%2FHarbin%2Bhelicopter.%2BZ-9EC%2BASW%2BNaval%2BAir%2BArm%2Bpulse-compression%2Bradar%2C%2Blow%2Bfrequency%2Bdipping%2Bsonar%2C%2Bradar%2Bwarning%2Breceiver%2Band%2Bdoppler%2Bnavigation%2Bsystem%2C%2Btorpedoes%2Bfrigates%2B%283%29.jpg&hash=eafe1a2d073e42206f4e919fa7a65b36)

Quanto custaria algo assim??

Esse na imagem é um Harbin Z-9, versão chinesa do Eurocopter AS365 Dauphin.  ;)

Para a Marinha Portuguesa o mais adequado seria optar pelo AW159 Wildcat e mesmo pelo NH90 NFH, embora alguns problemas de juventude e custo proibitivo quase de certeza eliminem este último como possível candidato a substituto do Super Lynx.
Então pelo dobro do que se irá pagar conseguiamos 5 AW159 Wildcat NOVOS mas preferem gastar 80 milhões numa lata velha para aguentar mais 10 anos?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Maio 13, 2017, 05:19:37 pm
Acho que a ideia deve ser, os helis aguentarem o tempo de vida das fragatas. depois vem um "pacote (fragatas+helis) todo novo (novo para nós ;D).

Senão quando se substituísse as fragatas, elas iam ter que receber o heli que tivéssemos agora, e esse aparelho poderia não aguentar o tempo de vida do navio novo, isso ia levar a que o tempo de vida das fragatas e helis ficasse desfasado.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: diogo13350 em Maio 13, 2017, 05:36:13 pm
Acho que a ideia deve ser, os helis aguentarem o tempo de vida das fragatas. depois vem um "pacote (fragatas+helis) todo novo (novo para nós ;D).

Senão quando se substituísse as fragatas, elas iam ter que receber o heli que tivéssemos agora, e esse aparelho poderia não aguentar o tempo de vida do navio novo, isso ia levar a que o tempo de vida das fragatas e helis ficasse desfasado.
Tem de ser "novo" senão o défice vai para 5 %  ;D
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Maio 13, 2017, 06:03:54 pm
Acho que a ideia deve ser, os helis aguentarem o tempo de vida das fragatas. depois vem um "pacote (fragatas+helis) todo novo (novo para nós ;D).

Senão quando se substituísse as fragatas, elas iam ter que receber o heli que tivéssemos agora, e esse aparelho poderia não aguentar o tempo de vida do navio novo, isso ia levar a que o tempo de vida das fragatas e helis ficasse desfasado.
Tem de ser "novo" senão o défice vai para 5 %  ;D

Até porque os nossos Super Lynx são relativamente "novos" se comparados com os dos nossos parceiros europeus, muito deles originalmente Lynx mais tarde modernizados para Super Lynx. Tal como aconteceu com os F-16 na FAP, Portugal recebeu já tardiamente os 5 aparelhos para a Armada. E vá lá, podíamos estar agora com as sucatas dos Seasprite, se ainda voassem claro.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Maio 13, 2017, 07:13:03 pm
Para a Marinha Portuguesa o mais adequado seria optar pelo AW159 Wildcat e mesmo pelo NH90 NFH, embora alguns problemas de juventude e custo proibitivo quase de certeza eliminem este último como possível candidato a substituto do Super Lynx.

O MH-60R sendo uma plataforma mais testada e estável que o NH90 oferece menos problemas e até é mais barato que este. O elevado grau de compatibilidade com a versão MH-60S para ASuW, combate litoral e VERTREP, possibilitaria adquirir um misto das duas versões para equipar fragatas, LPD, AOR e OPV's. O binómio MH-60R/MH-60S seria o meu candidato. Mas como não há guito, nem LPD, nem AOR ou OPV's com capacidade de operar helis...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Maio 13, 2017, 07:23:51 pm
O binómio MH-60R/MH-60S seria o meu candidato. Mas como não há guito, nem LPD, nem AOR ou OPV's com capacidade de operar helis...

Precisamente por isso é que não mencionei como hipótese o Seahawk Romeo.  ;)

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: perdadetempo em Maio 13, 2017, 11:16:08 pm
Parece tal como se confirmava anteriormente que a modernização dos Lynx não contempla a instalação de um sistema de infra-vermelhos, equipamento básico em qualquer helicóptero naval.

http://www.janes.com/article/70256/first-portuguese-super-lynx-to-begin-modernisation (ftp://www.janes.com/article/70256/first-portuguese-super-lynx-to-begin-modernisation)

No texto da Jane´s também não mencionavam rigorosamente nada em relação radar ou ao equipamento antisubmarino.

Em relação ao AW159 e apenas para referência:

Reino Unido
34 versão do exército 28 versão naval custo contracto: 1644M £ +/- 1938M € = 31M€/helicóptero custo médio mas provavelmente à volta de 15M pela versão do exercito 50M pela versão naval.

E uma série de polémicas
http://www.thinkdefence.co.uk/2009/12/is-this-what-they-call-taking-the-piss/ (http://www.thinkdefence.co.uk/2009/12/is-this-what-they-call-taking-the-piss/)
nota: O Sir da Finemeccanica costumava ser o RAF Air Chief Marshall na altura em que estavam a decidir qual o helicóptero a escolher pelos serviços.
http://www.thinkdefence.co.uk/2009/12/its-the-way-you-tell-em/ (http://www.thinkdefence.co.uk/2009/12/its-the-way-you-tell-em/)

Republica da Coreia do Sul
8 helicópteros versão naval contrato com várias opções : 540M/567M? USD +/- 494M € =   61, 75M/helicóptero
preparado para utilizar misseis SPIKE NLOS e com o sonar COMPACT FLASH SONICS da THALES entre outros equipamentos e um antigo ministro e vários almirantes a serem inquiridos por suspeita de corrupção
http://www.koreatimes.co.kr/www/news/nation/2015/06/116_181075.html (http://www.koreatimes.co.kr/www/news/nation/2015/06/116_181075.html)

Filipinas
2 helicópteros versão naval por um contracto de 100M € = 50M/helicóptero
https://www.flightglobal.com/news/articles/philippine-navy-orders-two-aw159-wildcats-423714/ (https://www.flightglobal.com/news/articles/philippine-navy-orders-two-aw159-wildcats-423714/)

Na actualidade no Reino Unido
Segundo estes senhores se alguém estiver interessado em adquirir o Wildcat será melhor fazê-lo nos próximos 18 meses
http://www.somersetlive.co.uk/news/somerset-news/what-leonardos-271-million-mod-21596 (http://www.somersetlive.co.uk/news/somerset-news/what-leonardos-271-million-mod-21596)

Cumprimentos,
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: nelson38899 em Agosto 22, 2017, 10:37:02 pm
noticia interessante
Citar
Entretanto, o primeiro (n/c 19204) dos cinco helicópteros da frota da EHM iniciou já o processo de modernização nas instalações da Leonardo em Yeovil (Reino Unido), que incluirá a substituição dos motores Rolls Royce Gem 42 pelos LHTEC CTS800-4N, novo glass cockpit com três ecrãs multifunções, novo sistema de navegação e novo guincho de salvamento, elevando as células ao padrão Mk.95A. Até ao final do ano de 2017, uma segunda célula (n/c 19201) deverá iniciar igualmente nos trabalhos de modernização.
http://www.passarodeferro.com/2017/08/helis-da-marinha-de-regresso-nato-e-com_22.html
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Agosto 23, 2017, 10:08:23 pm
A menos de 20 milhões? Claro que se arranja...  ;D  ;)

(https://lh5.googleusercontent.com/-MI98a6VYW6M/UUgvW_wiKwI/AAAAAAAAMZE/9O2DXa7-fw4/s682/H500M+ASW+6912+Taiwan+Navy+Taoyuan%2C+Taiwan+14+Aug+04+%28Morgan+Liu%29.jpg)
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Ffotos.subefotos.com%2F267c42b0705295144a2c848dce6ad373o.jpg&hash=a2ebc82ba189e690a9f1700659196c5b)

Saudações  ;D :jok:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Agosto 24, 2017, 09:39:07 am
Na FNAC vendem uns drones baratuchos...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Get_It em Agosto 24, 2017, 02:41:34 pm
Seria engraçado é que no futuro até adquiríssemos uns AW109 com uns apetrechos.

Bem, se as Filipinas conseguem comprar uns Wildcat nós também deveremos conseguir no futuro. Certo? Embora por outro lado eles também têm uma frota do carago de AW109 e nós vamo-nos ficar por uns AW119/Ecureuil.

Outra opção seria converter a encomenda cancelada de 10 NH-90 TTH por uns 6-8 NH-90 NFH. No entanto seria um helicóptero mais caro de operar e iria requerer novas fragatas com capacidade para os operarem.

Cumprimentos,

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2F4.bp.blogspot.com%2F-O3TAb3OhT0w%2FUrhAiX2YglI%2FAAAAAAAABmA%2FgqUwtIkWBu0%2Fs1600%2F1461149_664383286947872_876880557_n.png&hash=fbfecf314e6ddc57abb3a61e253d2737)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Agosto 24, 2017, 03:04:34 pm
As fragatas actuais podem ser facilmente modificadas para transportar helis mais pesados. As M holandesas e belgas já estão preparadas para o 90 e o que não falta por esse mundo fora são Meko 200 a operar Sea Hawk.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Agosto 24, 2017, 04:09:55 pm
As fragatas actuais podem ser facilmente modificadas para transportar helis mais pesados. As M holandesas e belgas já estão preparadas para o 90 e o que não falta por esse mundo fora são Meko 200 a operar Sea Hawk.

Exactamente! A nossa visão é que é curta, como de costume. Ainda me lembro do Gouveia e Melo me dizer que os Super Lynx iriam ter ninhos de foguetes e casulos com canhões e metralhadoras lá para 2005, e de não me ter sabido explicar porque carga de água só adquirimos torpedos e nem sequer cogitámos a compra de uns quantos Sea Skua.  ::)

Os Super Lynx, com a modernização, acompanharão a vida útil das nossas 5 fragatas até ao fim e só depois serão substituídos, portanto deverão ter à volta de 40 anos de serviço quando forem retirados. A sensação neste momento na Marinha é que o próximo helicóptero será o Wildcat (também fruto da maior ligação à Royal Navy do que à USN), porém o NH90 NFH não está colocado de parte, tudo dependendo de qual será o modelo das futuras fragatas.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Major Alvega em Agosto 29, 2017, 05:32:08 pm
As fragatas actuais podem ser facilmente modificadas para transportar helis mais pesados. As M holandesas e belgas já estão preparadas para o 90 e o que não falta por esse mundo fora são Meko 200 a operar Sea Hawk.

Exactamente! A nossa visão é que é curta, como de costume. Ainda me lembro do Gouveia e Melo me dizer que os Super Lynx iriam ter ninhos de foguetes e casulos com canhões e metralhadoras lá para 2005, e de não me ter sabido explicar porque carga de água só adquirimos torpedos e nem sequer cogitámos a compra de uns quantos Sea Skua.  ::)

Os Super Lynx, com a modernização, acompanharão a vida útil das nossas 5 fragatas até ao fim e só depois serão substituídos, portanto deverão ter à volta de 40 anos de serviço quando forem retirados. A sensação neste momento na Marinha é que o próximo helicóptero será o Wildcat (também fruto da maior ligação à Royal Navy do que à USN), porém o NH90 NFH não está colocado de parte, tudo dependendo de qual será o modelo das futuras fragatas.

Dois dos Lynx até já terão mais de 50 anos de uso, porque foram adquiridas 2 células já bastante usadas.
Ligação à RN? Qual?

"Futuras fragatas" ? Wildcat? Isso é que é ser optimista.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 30, 2017, 11:49:31 am
Imagem do voo inaugural em Yeovil do primeiro Super Lynx da Marinha Brasileira a ser modernizado.

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Falert5.com%2Fwp-content%2Fuploads%2F2017%2F09%2FBrazilian-Navy-Super-Lynx-Mk21B.jpg&hash=d3ca2d85181c8e1d7fe8b3ad94a7ba77)

Os nossos futuros Mk.95A deverão ficar externamente similares, fora o FLIR claro. Realmente não se percebe - a não ser por uma questão de €€€ - a opção por continuar a não querer dotar os Super Lynx da Marinha com um sistema de visão por infravermelhos.  ::)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Stalker79 em Setembro 30, 2017, 02:34:26 pm
Engraçado como até os Lynx da Marinha Brasileira vêm com FLIR mas os nossos pelos vistos não valem a pena.
O almirantado deve achar que os nossos pilotos vêem bem pra ca****o....
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Setembro 30, 2017, 02:37:58 pm
First flight of prototype Westland Lynx XW835, 21 March 1971 at Yeovil

Há 46 anos, portanto.

http://www.super-mystere.net/ci024/planche/pages/13.htm (http://www.super-mystere.net/ci024/planche/pages/13.htm)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.super-mystere.net%2Fci024%2Fplanche%2Fimages%2Ffull%2Fci13.jpg&hash=af67d6a6462e514d198ca8e6ccb16127)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 30, 2017, 03:15:14 pm
Engraçado como até os Lynx da Marinha Brasileira vêm com FLIR mas os nossos pelos vistos não valem a pena.
O almirantado deve achar que os nossos pilotos vêem bem pra ca****o....

Lembro-me de ler um artigo sobre os nossos Lynx em que dizia que os primeiros a receber aquele radar (360º) foram os Portugueses. Se é verdade ou não, não sei dizer, mas que um FLIR dá sempre jeito lá isso dá e pelos vistos isso já foi algo introduzido à posteriori.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Stalker79 em Setembro 30, 2017, 03:29:38 pm
Engraçado como até os Lynx da Marinha Brasileira vêm com FLIR mas os nossos pelos vistos não valem a pena.
O almirantado deve achar que os nossos pilotos vêem bem pra ca****o....

Lembro-me de ler um artigo sobre os nossos Lynx em que dizia que os primeiros a receber aquele radar (360º) foram os Portugueses. Se é verdade ou não, não sei dizer, mas que um FLIR dá sempre jeito lá isso dá e pelos vistos isso já foi algo introduzido à posteriori.

Para operação noturna é do melhor que existe, até do que a visão noturna porque qualquer assinatura termica é facil de detectar na agua.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 30, 2017, 03:45:27 pm
Engraçado como até os Lynx da Marinha Brasileira vêm com FLIR mas os nossos pelos vistos não valem a pena.
O almirantado deve achar que os nossos pilotos vêem bem pra ca****o....

Lembro-me de ler um artigo sobre os nossos Lynx em que dizia que os primeiros a receber aquele radar (360º) foram os Portugueses. Se é verdade ou não, não sei dizer, mas que um FLIR dá sempre jeito lá isso dá e pelos vistos isso já foi algo introduzido à posteriori.

Para operação noturna é do melhor que existe, até do que a visão noturna porque qualquer assinatura termica é facil de detectar na agua.

Se continuarem a servir de táxi para os Almirantes, como o fizeram durante muitos anos na década de 90, serve perfeitamente.  ;)


Engraçado como até os Lynx da Marinha Brasileira vêm com FLIR mas os nossos pelos vistos não valem a pena.
O almirantado deve achar que os nossos pilotos vêem bem pra ca****o....

Lembro-me de ler um artigo sobre os nossos Lynx em que dizia que os primeiros a receber aquele radar (360º) foram os Portugueses. Se é verdade ou não, não sei dizer, mas que um FLIR dá sempre jeito lá isso dá e pelos vistos isso já foi algo introduzido à posteriori.

Creio que não fomos os primeiros, mas sim dos primeiros.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Setembro 30, 2017, 04:35:44 pm
336    ZF559    Westland Lynx HAS3S    f/f 27/11/1987, d/d 04/03/1988, to ZH580, to Super Lynx Mk.95
336    ZH580    Westland Super Lynx Mk.95    Ex ZF559, to Super Lynx Mk95, d/d 24/08/1993 to FAP as 9201, to 19201
338    ZF561    Westland Lynx HAS3S    f/f 23/02/1988, d/d 04/03/1988, to ZH581, to Super Lynx Mk.95
338    ZH581    Westland Super Lynx Mk.95    Ex ZF561, to Super Lynx Mk95, d/d 24/08/1993 to FAP as 9202, to 19202

375    ZH582    Westland Super Lynx Mk.95    f/f 09/07/1993, d/d 11/11/1993 to FAP as 9203, later 19203
376    ZH583    Westland Super Lynx Mk.95    f/f 08/09/1993, d/d 13/11/1993 to FAP as 9204, later 19204
377    ZH584    Westland Super Lynx Mk.95    d/d 13/11/1993 to FAP as 9205, later 19205

Parece que os Lynx ex-RN foram fabricados em 1987 e 1988, tendo ambos entrado ao serviço da RN no mesmo dia (4 de Março de 1988). Foram, além disso, dos últimos exemplares a ser produzidos para a RN. Ou seja, 29 anos de operações, perdão queria dizer 50 anos — porra da madraça continua a dar-me volta à cabeça.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 30, 2017, 06:44:09 pm
336    ZF559    Westland Lynx HAS3S    f/f 27/11/1987, d/d 04/03/1988, to ZH580, to Super Lynx Mk.95
336    ZH580    Westland Super Lynx Mk.95    Ex ZF559, to Super Lynx Mk95, d/d 24/08/1993 to FAP as 9201, to 19201
338    ZF561    Westland Lynx HAS3S    f/f 23/02/1988, d/d 04/03/1988, to ZH581, to Super Lynx Mk.95
338    ZH581    Westland Super Lynx Mk.95    Ex ZF561, to Super Lynx Mk95, d/d 24/08/1993 to FAP as 9202, to 19202

375    ZH582    Westland Super Lynx Mk.95    f/f 09/07/1993, d/d 11/11/1993 to FAP as 9203, later 19203
376    ZH583    Westland Super Lynx Mk.95    f/f 08/09/1993, d/d 13/11/1993 to FAP as 9204, later 19204
377    ZH584    Westland Super Lynx Mk.95    d/d 13/11/1993 to FAP as 9205, later 19205

Parece que os Lynx ex-RN foram fabricados em 1987 e 1988, tendo ambos entrado ao serviço da RN no mesmo dia (4 de Março de 1988). Foram, além disso, dos últimos exemplares a ser produzidos para a RN. Ou seja, 29 anos de operações, perdão queria dizer 50 anos — porra da madraça continua a dar-me volta à cabeça.

Admite: no fundo eras comunista, e ainda para mais estalinista, e não sabias.  ;D
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 30, 2017, 06:56:21 pm
100 anos da Aviação Naval Portuguesa.  ;)

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: HSMW em Setembro 30, 2017, 07:36:16 pm
http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=9452.msg291853#msg291853
 8)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Outubro 01, 2017, 02:33:32 pm
http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=9452.msg291853#msg291853
 8)

Sorry.  ;)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Novembro 24, 2017, 11:50:25 am
A revista AirForces Monthly de Dezembro, num artigo de fundo sobre mais uma ronda de cortes na defesa britânica, refere de facto que há a hipótese da Royal Navy ficar sem a frota de 28 Wildcat para se concentrar somente nos seus Merlin e nos ex-RAF. No entanto, outra medida menos drástica e mais plausível, será somente a retirada de 8 aparelhos havendo já interessados.

Com os rumores a indicarem como cada vez mais certa a retirada do "Albion" e "Bulwark", só é pena não irmos agora às compras ao Reino Unido como em tempos fizemos na Holanda.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Novembro 24, 2017, 12:34:54 pm
A revista AirForces Monthly de Dezembro, num artigo de fundo sobre mais uma ronda de cortes na defesa britânica, refere de facto que há a hipótese da Royal Navy ficar sem a frota de 28 Wildcat para se concentrar somente nos seus Merlin e nos ex-RAF. No entanto, outra medida menos drástica e mais plausível, será somente a retirada de 8 aparelhos havendo já interessados.

Com os rumores a indicarem como cada vez mais certa a retirada do "Albion" e "Bulwark", só é pena não irmos agora às compras ao Reino Unido como em tempos fizemos na Holanda.

Ainda por cima os oito aparelhos disponíveis eram o numero mágico para a nossa MdG.
Quanto aos Albio e Bulwark, já há um movimento de parlamentares Britânicos para que os dois Navios permaneçam na RN pelo menos até 2033/4.

https://ukdefencejournal.org.uk/no-current-plans-decomission-hms-albion-hms-bulwark-early-says-minister/

https://ukdefencejournal.org.uk/will-not-cannot-sit-whilst-royal-navy-hollowed-say-mps/


Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Novembro 24, 2017, 03:12:39 pm
A revista AirForces Monthly de Dezembro, num artigo de fundo sobre mais uma ronda de cortes na defesa britânica, refere de facto que há a hipótese da Royal Navy ficar sem a frota de 28 Wildcat para se concentrar somente nos seus Merlin e nos ex-RAF. No entanto, outra medida menos drástica e mais plausível, será somente a retirada de 8 aparelhos havendo já interessados.

Com os rumores a indicarem como cada vez mais certa a retirada do "Albion" e "Bulwark", só é pena não irmos agora às compras ao Reino Unido como em tempos fizemos na Holanda.

Ainda por cima os oito aparelhos disponíveis eram o numero mágico para a nossa MdG.
Quanto aos Albio e Bulwark, já há um movimento de parlamentares Britânicos para que os dois Navios permaneçam na RN pelo menos até 2033/4.

https://ukdefencejournal.org.uk/no-current-plans-decomission-hms-albion-hms-bulwark-early-says-minister/

https://ukdefencejournal.org.uk/will-not-cannot-sit-whilst-royal-navy-hollowed-say-mps/


Abraços
20 milhões mais Iva dá para quantos?  ;D :jok:

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Novembro 26, 2017, 09:31:27 pm
20 milhões mais Iva dá para quantos?  ;D :jok:

Bom, a AFM diz que neste momento cada unidade ronda os 22/23 milhões de libras, ou seja, entre os 24 e 26 milhões de euros.

Portanto 20 milhões € + IVA talvez dessem aí para uns 90% de um Wildcat. :jok:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Novembro 28, 2017, 09:17:20 pm
20 milhões mais Iva dá para quantos?  ;D :jok:

Bom, a AFM diz que neste momento cada unidade ronda os 22/23 milhões de libras, ou seja, entre os 24 e 26 milhões de euros.

Portanto 20 milhões € + IVA talvez dessem aí para uns 90% de um Wildcat. :jok:

Os preços que apontas são para comprar unidades novas correcto ?
Se assim for, os 69 milhões que vamos dispender na modernização dos nossos Lynx davam para adquirir três unidades, uma vez que se os Bifes venderem os Helis será por preço inferior.

 http://www.janes.com/article/70256/first-portuguese-super-lynx-to-begin-modernisation

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Menacho em Dezembro 04, 2017, 06:26:59 pm
Caros amigos, aquí les dejo un interesante articulo de Avion Revue sobre sus Linx, sua modernización, cambio de turbinas, operativa etc.
Espero que sea de su agrado
Cumprimentos

 1:  https://ibb.co/dEtVEb

2: https://ibb.co/gtLhSw

3:  https://ibb.co/kWjgLG

4:  https://ibb.co/du1vfG

5:  https://ibb.co/bS8xub
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Dezembro 08, 2017, 08:24:55 pm



http://www.base.gov.pt/base2/rest/documentos/210753

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Abril 24, 2018, 07:02:08 pm
Excelente foto, nada mais.

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/AJCN3y.jpg) (https://imageshack.com/i/pmAJCN3yj)

https://www.facebook.com/MarinhaPortuguesa/photos/pcb.1818706568150518/1818706198150555/?type=3&theater

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Abril 24, 2018, 07:16:59 pm
já está a fazer um ano que esta operação de modernização começou.

http://www.janes.com/article/70256/first-portuguese-super-lynx-to-begin-modernisation
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: nelson38899 em Outubro 09, 2018, 09:59:09 pm
Citar
25º aniversário dos helicópteros Lynx da Marinha, na base aérea do Montijo, contribuiu esta terça-feira para o ambiente de aparente distensão mútua entre o Presidente da República e o antecessor, a quem Marcelo chamou "pai da esquadrilha"

"Revisitar 25 anos de atividade da esquadrilha de helicópteros é, pois, recordar as mais de 23 000 horas de voo realizadas em missões de defesa militar e de apoio à política externa" do Estado "ou, ainda, no âmbito da segurança e autoridade do Estado no mar" - no âmbito do apoio que a Marinha presta às autoridades civis.

Para isso também contribuiu em muito a Força Aérea, reconheceu Mendes Calado, agradecendo o apoio recebido em matéria de segurança de voo, meteorologia, assistência e socorro a aeronaves, abastecimento e armazenamento de combustível, segurança militar ou uso das messes e clubes na base aérea do Montijo.

dn.pt

(https://www.facebook.com/Walkarounds/photos/a.10153213787634905/10156977498129905/?type=3&eid=ARA9t4BGh208PmreG-Kooue7PAhV2i1Re4x_YY8mZczm7h9nxzjEmHKFC3bK0yTAdRPLcKlIEzC91wI8&__xts__%5B0%5D=68.ARBa8ouQ_QkTthZbw-Jk4mKF3fcE7_2WWcIU3BSW9cDwnjeYEkT-nFg2DqyjZmyxFnagfq0L0vJQLjHSi6fUcUr5RtDUNIkFe1_TT5cxffMElCkhGlNqXvxCNPiyENicnzfeTUBKoZqqKN88jg9ZCMr6vR2FxccWMMceZduIk6zIlvruC5oqVuA&__tn__=EEHH-R)

fonte:
Walkarounds

alguém sabe que UAVs serão comprados?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: nelson38899 em Outubro 09, 2018, 10:00:48 pm
Citar
25º aniversário dos helicópteros Lynx da Marinha, na base aérea do Montijo, contribuiu esta terça-feira para o ambiente de aparente distensão mútua entre o Presidente da República e o antecessor, a quem Marcelo chamou "pai da esquadrilha"

"Revisitar 25 anos de atividade da esquadrilha de helicópteros é, pois, recordar as mais de 23 000 horas de voo realizadas em missões de defesa militar e de apoio à política externa" do Estado "ou, ainda, no âmbito da segurança e autoridade do Estado no mar" - no âmbito do apoio que a Marinha presta às autoridades civis.

Para isso também contribuiu em muito a Força Aérea, reconheceu Mendes Calado, agradecendo o apoio recebido em matéria de segurança de voo, meteorologia, assistência e socorro a aeronaves, abastecimento e armazenamento de combustível, segurança militar ou uso das messes e clubes na base aérea do Montijo.

dn.pt

(https://scontent-vie1-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/43499920_10156977498139905_2232194847052136448_n.jpg?_nc_cat=100&oh=36e602817b0cbead4236e0d705b98197&oe=5C622282)

fonte:
Walkarounds

alguém sabe que UAVs serão comprados?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: asalves em Outubro 10, 2018, 05:17:16 pm
Apenas está a voar um dos 5 ‘hélis’ da Marinha
https://www.cmjornal.pt/exclusivos/detalhe/apenas-esta-a-voar-um-dos-5-helis-da-marinha (https://www.cmjornal.pt/exclusivos/detalhe/apenas-esta-a-voar-um-dos-5-helis-da-marinha)
Citar
Uma avaria, há duas semanas, deixou inoperacional o único ‘héli’ Lynx da esquadrilha de helicópteros da Marinha que se encontra em Portugal, amputando a cerimónia de ontem de uma exibição de voo. "Contamos que esteja reparado ainda esta semana", disse ao CM fonte da armada

Não consigo encontrar mais referencias nem ler o resto pois é acesso pago
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Outubro 11, 2018, 10:35:53 am
Apenas está a voar um dos 5 ‘hélis’ da Marinha
https://www.cmjornal.pt/exclusivos/detalhe/apenas-esta-a-voar-um-dos-5-helis-da-marinha (https://www.cmjornal.pt/exclusivos/detalhe/apenas-esta-a-voar-um-dos-5-helis-da-marinha)
Citar
Uma avaria, há duas semanas, deixou inoperacional o único ‘héli’ Lynx da esquadrilha de helicópteros da Marinha que se encontra em Portugal, amputando a cerimónia de ontem de uma exibição de voo. "Contamos que esteja reparado ainda esta semana", disse ao CM fonte da armada

Não consigo encontrar mais referencias nem ler o resto pois é acesso pago


A coisa estava mais ou menos já relatada na notícia da Lusa e que foi difundida por vários OCS, incluindo o CM:

Citar
No âmbito do processo de modernização iniciado em 2013, três dos cinco helicópteros da frota estão atualmente em Inglaterra para substituição dos motores, visando a extensão do ciclo de vida útil até ao final da próxima década, disse à Lusa o comandante da esquadrilha, Gonçalves Simões. Um outro helicóptero está embarcado na fragata portuguesa que integra a força de reação imediata da NATO no Báltico e um outro está a ser reparado de uma avaria, devendo estar pronto até ao final da semana, adiantou.

O comandante sublinhou que a frota da aviação do ramo naval português é "caso raro dentro dos operadores Lynx a nível mundial" uma vez que nunca sofreu qualquer acidente, o que se deve, sustentou, "à cultura de segurança e rigor que a unidade tem". Segundo o comandante Gonçalves Simões, o próximo passo será acrescentar à esquadrilha veículos aéreos não tripulados (UAV) que poderão assegurar missões como a vigilância aérea, à semelhança do que já acontece com outras marinhas. "O que está previsto é a Marinha ser dotada de três destacamentos UAV nos próximos dois a três anos", na sequência de protocolos estabelecidos com duas empresas nacionais para o desenvolvimento daquele tipo de veículos adaptados às necessidades específicas do ramo.

Com 23 mil horas de voo nos últimos 25 anos, estas aeronaves, vocacionadas para luta antissubmarina, participaram em vários tipos de missões, desde o apoio à população em Timor-Leste no ano 2000 até às ações de resgate e rescaldo após o aluvião da Madeira em 2010, ou ainda em Cabo Verde, em 2014, após a erupção do vulcão na Ilha do Fogo, exemplificou.

Ler mais em: https://www.cmjornal.pt/cm-ao-minuto/detalhe/helicopteros-da-marinha-condecorada-terca-feira-pelo-presidente-da-republica
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 11, 2018, 01:15:26 pm
Apenas está a voar um dos 5 ‘hélis’ da Marinha
https://www.cmjornal.pt/exclusivos/detalhe/apenas-esta-a-voar-um-dos-5-helis-da-marinha (https://www.cmjornal.pt/exclusivos/detalhe/apenas-esta-a-voar-um-dos-5-helis-da-marinha)
Citar
Uma avaria, há duas semanas, deixou inoperacional o único ‘héli’ Lynx da esquadrilha de helicópteros da Marinha que se encontra em Portugal, amputando a cerimónia de ontem de uma exibição de voo. "Contamos que esteja reparado ainda esta semana", disse ao CM fonte da armada

Não consigo encontrar mais referencias nem ler o resto pois é acesso pago


A coisa estava mais ou menos já relatada na notícia da Lusa e que foi difundida por vários OCS, incluindo o CM:

Citar
No âmbito do processo de modernização iniciado em 2013, três dos cinco helicópteros da frota estão atualmente em Inglaterra para substituição dos motores, visando a extensão do ciclo de vida útil até ao final da próxima década, disse à Lusa o comandante da esquadrilha, Gonçalves Simões. Um outro helicóptero está embarcado na fragata portuguesa que integra a força de reação imediata da NATO no Báltico e um outro está a ser reparado de uma avaria, devendo estar pronto até ao final da semana, adiantou.


O que acho mal planeado é uma unidade com 05 helis ter, três aeronaves, 60% do total da frota, em modernização simultâneamente, aliás o resultado está há vista não temos nenhum heli operacional.

Abraços 

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: asalves em Outubro 11, 2018, 02:17:16 pm
Apenas está a voar um dos 5 ‘hélis’ da Marinha
https://www.cmjornal.pt/exclusivos/detalhe/apenas-esta-a-voar-um-dos-5-helis-da-marinha (https://www.cmjornal.pt/exclusivos/detalhe/apenas-esta-a-voar-um-dos-5-helis-da-marinha)
Citar
Uma avaria, há duas semanas, deixou inoperacional o único ‘héli’ Lynx da esquadrilha de helicópteros da Marinha que se encontra em Portugal, amputando a cerimónia de ontem de uma exibição de voo. "Contamos que esteja reparado ainda esta semana", disse ao CM fonte da armada

Não consigo encontrar mais referencias nem ler o resto pois é acesso pago


A coisa estava mais ou menos já relatada na notícia da Lusa e que foi difundida por vários OCS, incluindo o CM:

Citar
No âmbito do processo de modernização iniciado em 2013, três dos cinco helicópteros da frota estão atualmente em Inglaterra para substituição dos motores, visando a extensão do ciclo de vida útil até ao final da próxima década, disse à Lusa o comandante da esquadrilha, Gonçalves Simões. Um outro helicóptero está embarcado na fragata portuguesa que integra a força de reação imediata da NATO no Báltico e um outro está a ser reparado de uma avaria, devendo estar pronto até ao final da semana, adiantou.


O que acho mal planeado é uma unidade com 05 helis ter, três aeronaves, 60% do total da frota, em modernização simultâneamente, aliás o resultado está há vista não temos nenhum heli operacional.

Abraços

vou falar sem saber o que estou a dizer mas secalhar o transporte e operação de manutenção fica mais barata em pacote, o problema seja talvez só termos 5 helis  :o
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: raphael em Outubro 11, 2018, 02:29:45 pm
Certo e nesta fase do "campeonato" não deve causar grande dano termos menos aeronaves operativas, pois provavelmente o que existe chega para os pilotos da frota manterem as qualificações necessárias.
E assim dentro de algum tempo o cenário inverte-se...teremos mais operativas e menos em modernização.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 11, 2018, 03:05:50 pm
Certo e nesta fase do "campeonato" não deve causar grande dano termos menos aeronaves operativas, pois provavelmente o que existe chega para os pilotos da frota manterem as qualificações necessárias.
E assim dentro de algum tempo o cenário inverte-se...teremos mais operativas e menos em modernização.

Qual fase do campeonato ????
Não termos uma única aeronave operacional para operar/embarcar ???

Se isso é positivo e normal, é um pouco estranho para não dizer mais, pois ainda temos quatro fragatas operacionais, mais uma unidade em MLU na Holanda, mas nenhum Heli para embarcar em caso de necessidade, mas que excelente planeamento !

Não teria sido preferível, no máximo, enviar dois Helis para a modernização de cada vez e um por último ???
Se assim fosse tínhamos sempre três unidades disponíveis ou operacionais e, a situação que agora decorre, não aconteceria, pois haveria dois lynx no Montijo, um em MNT e outro Operacional, além do terceiro, como acontece, em missão embarcado.

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: raphael em Outubro 11, 2018, 04:14:31 pm
Tenente qual a utilização que os hélis têm atualmente nas fragatas?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Outubro 11, 2018, 04:26:55 pm
Cada vez percebo mais o que aquele 212 estava a fazer nas comemorações dos 25 anos da esquadrilha de helicópteros da Marinha (será aluguer, avença ou cortesia NATO o serviço ? ) ...  ;D ;) :P 8)

(https://thumbs.web.sapo.io/?epic=MzQxWYg0ssghPEj066gPGXvLy1K1ekcS2yDO9o3aaVNsPgHEXUd8+2QRNx0clQlo+MHJ/HyfibnPOjoS/KKW+rNGMKK5brlxUOg0D41MfPpHgEI=&W=800&H=0&delay_optim=1)

Saudações


Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: diogo13350 em Outubro 11, 2018, 04:33:22 pm
Certo e nesta fase do "campeonato" não deve causar grande dano termos menos aeronaves operativas, pois provavelmente o que existe chega para os pilotos da frota manterem as qualificações necessárias.
E assim dentro de algum tempo o cenário inverte-se...teremos mais operativas e menos em modernização.

Qual fase do campeonato ????
Não termos uma única aeronave operacional para operar/embarcar ???

Se isso é positivo e normal, é um pouco estranho para não dizer mais, pois ainda temos quatro fragatas operacionais, mais uma unidade em MLU na Holanda, mas nenhum Heli para embarcar em caso de necessidade, mas que excelente planeamento !

Não teria sido preferível, no máximo, enviar dois Helis para a modernização de cada vez e um por último ???
Se assim fosse tínhamos sempre três unidades disponíveis ou operacionais e, a situação que agora decorre, não aconteceria, pois haveria dois lynx no Montijo, um em MNT e outro Operacional, além do terceiro, como acontece, em missão embarcado.

Abraços

No âmbito do processo de modernização iniciado em 2013, três dos cinco helicópteros da frota estão atualmente em Inglaterra para substituição dos motores, visando a extensão do ciclo de vida útil até ao final da próxima década, disse à Lusa o comandante da esquadrilha, Gonçalves Simões. Um outro helicóptero está embarcado na fragata portuguesa que integra a força de reação imediata da NATO no Báltico e um outro está a ser reparado de uma avaria, devendo estar pronto até ao final da semana, adiantou.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 11, 2018, 05:41:43 pm
Certo e nesta fase do "campeonato" não deve causar grande dano termos menos aeronaves operativas, pois provavelmente o que existe chega para os pilotos da frota manterem as qualificações necessárias.
E assim dentro de algum tempo o cenário inverte-se...teremos mais operativas e menos em modernização.

Qual fase do campeonato ????
Não termos uma única aeronave operacional para operar/embarcar ???

Se isso é positivo e normal, é um pouco estranho para não dizer mais, pois ainda temos quatro fragatas operacionais, mais uma unidade em MLU na Holanda, mas nenhum Heli para embarcar em caso de necessidade, mas que excelente planeamento !

Não teria sido preferível, no máximo, enviar dois Helis para a modernização de cada vez e um por último ???
Se assim fosse tínhamos sempre três unidades disponíveis ou operacionais e, a situação que agora decorre, não aconteceria, pois haveria dois lynx no Montijo, um em MNT e outro Operacional, além do terceiro, como acontece, em missão embarcado.

Abraços

No âmbito do processo de modernização iniciado em 2013, três dos cinco helicópteros da frota estão atualmente em Inglaterra para substituição dos motores, visando a extensão do ciclo de vida útil até ao final da próxima década, disse à Lusa o comandante da esquadrilha, Gonçalves Simões. Um outro helicóptero está embarcado na fragata portuguesa que integra a força de reação imediata da NATO no Báltico e um outro está a ser reparado de uma avaria, devendo estar pronto até ao final da semana, adiantou.

sem comentários !!!!!
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 11, 2018, 05:45:29 pm
Cada vez percebo mais o que aquele 212 estava a fazer nas comemorações dos 25 anos da esquadrilha de helicópteros da Marinha (será aluguer, avença ou cortesia NATO o serviço ? ) ...  ;D ;) :P 8)

(https://thumbs.web.sapo.io/?epic=MzQxWYg0ssghPEj066gPGXvLy1K1ekcS2yDO9o3aaVNsPgHEXUd8+2QRNx0clQlo+MHJ/HyfibnPOjoS/KKW+rNGMKK5brlxUOg0D41MfPpHgEI=&W=800&H=0&delay_optim=1)

Saudações

Esta gente tem mesmo pontaria uma frota de cinco fragatas, quatro em estado operacional e não tem sequer um único heli operacional !!!!
Podiam ter aproveitado, e ter enviado as duas BD para efectuar os MLU's em simultâneo também, talvez se fossem ao mesmo tempo nos fizessem um desconto de quantidade ??!!
Valha-nos Santa Ingrácia, muito bom mesmo, é o que se chama um planeamento á tuga !

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 11, 2018, 05:46:50 pm
Tenente qual a utilização que os hélis têm atualmente nas fragatas?

Então os helis não fazem parte integrante dos sistemas de combate que as nossas Fragatas possuem ??
Quando uma fragata FFH como as nossas está aprontada o heli deve estar embarcado/operacional, ou estarei errado ?.

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: raphael em Outubro 11, 2018, 08:27:24 pm
Tenente qual a utilização que os hélis têm atualmente nas fragatas?

Então os helis não fazem parte integrante dos sistemas de combate que as nossas Fragatas possuem ??
Quando uma fragata FFH como as nossas está aprontada o heli deve estar embarcado/operacional, ou estarei errado ?.

Abraços

Estás correto, por isso, é que a que está com empenho operacional em missão tem o heli embarcado.
As restantes estão no Alfeite.
O héli restante foi forçado a uma reparação inopinada.

Ou seja, temos é poucos e precisam de modernização.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 12, 2018, 08:05:41 am
Tenente qual a utilização que os hélis têm atualmente nas fragatas?

Então os helis não fazem parte integrante dos sistemas de combate que as nossas Fragatas possuem ??
Quando uma fragata FFH como as nossas está aprontada o heli deve estar embarcado/operacional, ou estarei errado ?.

Abraços

Estás correto, por isso, é que a que está com empenho operacional em missão tem o heli embarcado.
As restantes estão no Alfeite.
O héli restante foi forçado a uma reparação inopinada.

Ou seja, temos é poucos e precisam de modernização.

Eu sei que estou correcto como também sei que estou correcto quando afirmo que o planeamento na modernização dos helis está a ser mal efectuado, então com três Fragatas em território Nacional se necessitarmos de uma, apenas uma, não temos um heli para embarcar ????
Mas que lindo planeamento, nunca se pensa que algo pode correr menos bem como correu, quando o único heli disponível fica INOP ficamos com as calças na mão !!!
Mas esta situação só pode ser considerada normal, por quem decide e planeia, os helis já são muito poucos, e quem decide ainda haja normal colocar 60% da frota em modernização ao mesmo tempo, muito bom !!

Quando a FAP fizer os MLU's aos 101, se alguma vez for feito, se o planeamento for idêntico, então  colocamos 60% da frota, sete helis, em modernização em simultâneo e ficamos com cinco aeronaves a funcionar ????

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: raphael em Outubro 12, 2018, 09:24:54 am
Tenente Os militares até podem ter as coisas bem estruturadas em termos de planeamento de manutenção da frota com todos os timmings definidos...mas em si é um planeamento, porque uma coisa é o que nós queremos outra é o que o fabricante está disposto a ou que tenha capacidade para...Não coloco qualquer dúvida no facto de ter sido o consórcio que faz a manutenção/MLU dos Lynx que tenha imposto as coisas desta forma.
Poder de argumentação/Necessidades?
Bottom line precisamos do update e acredito que tenha sido nos termos de quem providencia a assistência...porque até temos outro problema que é as sacanas das verbas e a libertação efetiva de dinheiro.
Até podemos ter o valor pré-definido e adjudicado tudo nos conformes e o Ministério das Finanças só libertar a verba à posteriori.

Existem demasiados condicionalismos que arruinam qualquer planeamento...e nas Forças Armadas é o pão nosso de cada dia.

EH101...não vás por aí não fales muito que por vezes em condições de vôo podes ter, em determinadas alturas, menos aeronaves prontas que o total da frota Lynx...
05 aeronaves a funcionar...até podes ter...bom e já tiveste menos...sem MLU nenhum...
A aeronave até pode estar operativa, a "guerra" agora é teres tripulação completa para a guarnecer...

Óbvio que irrita, óbvio que indigna, óbvio que dá uma má imagem para fora, não só opinião pública como Nato...mas vamos fazer o quê?
Ultimamente a tropa só dá desgostos para a opinião pública...querem lá saber que a malta anda a arriscar a vida em teatros no estrangeiro....
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Outubro 12, 2018, 10:30:06 am
Não sei porque ( ;D) veio-me à memória os Belgas, que quando tinham poucos Nh90, iam para as missões anti-pirataria de Aloutte III (ou mesmo já com o upgrade feito, inclusive no deck).  ;) http://www.seaforces.org/marint/Belgian-Navy/Frigate/F-930-BNS-Leopold-I.htm (http://www.seaforces.org/marint/Belgian-Navy/Frigate/F-930-BNS-Leopold-I.htm)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.seaforces.org%2Fmarint%2FBelgian-Navy%2FFrigate%2FF-930-BNS-Leopold-I-Dateien%2Fimage031.jpg&hash=f74dbff104475973e0cc926361aba9e1)
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.seaforces.org%2Fmarint%2FBelgian-Navy%2FFrigate%2FF-930-BNS-Leopold-I-Dateien%2Fimage052.jpg&hash=a9ce643fe546215fccdd92606cbc2913)

Nós, enfim, ainda chegamos a aterrar alguns nas nossas balalaicas, mas ficou-se por aqui...  ;) :P

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2F2.bp.blogspot.com%2F_tX5NcuPJltc%2FS1I7SG9lJaI%2FAAAAAAAAKUw%2FNedTlJ8HPYo%2Fs400%2FNVE00003%2BVOO%2B1416.jpg&hash=dd27aeb90399d3b2a9e6d02a68b33cbe)
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2F1.bp.blogspot.com%2F_tX5NcuPJltc%2FS1I6gXS3MoI%2FAAAAAAAAKUo%2FsxISIOgqAI8%2Fs400%2FNVE00005%2BVOO%2B1416.jpg&hash=d0acdafdab7467bfa37c76f0343b7d90)

http://especialistasdaba12.blogspot.com/2010/01/voo-1416-bissau-air-show.html (http://especialistasdaba12.blogspot.com/2010/01/voo-1416-bissau-air-show.html)

Saudações


(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2F&hash=4547764470b1d77bf8e16480844bcd2d)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 12, 2018, 10:56:37 am
Não sei porque ( ;D) veio-me à memória os Belgas, que quando tinham poucos Nh90, iam para as missões anti-pirataria de Aloutte III (ou mesmo já com o upgrade feito, inclusive no deck).  ;) http://www.seaforces.org/marint/Belgian-Navy/Frigate/F-930-BNS-Leopold-I.htm (http://www.seaforces.org/marint/Belgian-Navy/Frigate/F-930-BNS-Leopold-I.htm)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.seaforces.org%2Fmarint%2FBelgian-Navy%2FFrigate%2FF-930-BNS-Leopold-I-Dateien%2Fimage031.jpg&hash=f74dbff104475973e0cc926361aba9e1)
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.seaforces.org%2Fmarint%2FBelgian-Navy%2FFrigate%2FF-930-BNS-Leopold-I-Dateien%2Fimage052.jpg&hash=a9ce643fe546215fccdd92606cbc2913)

Nós, enfim, ainda chegamos a aterrar alguns nas nossas balalaicas, mas ficou-se por aqui...  ;) :P

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2F2.bp.blogspot.com%2F_tX5NcuPJltc%2FS1I7SG9lJaI%2FAAAAAAAAKUw%2FNedTlJ8HPYo%2Fs400%2FNVE00003%2BVOO%2B1416.jpg&hash=dd27aeb90399d3b2a9e6d02a68b33cbe)
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2F1.bp.blogspot.com%2F_tX5NcuPJltc%2FS1I6gXS3MoI%2FAAAAAAAAKUo%2FsxISIOgqAI8%2Fs400%2FNVE00005%2BVOO%2B1416.jpg&hash=d0acdafdab7467bfa37c76f0343b7d90)

http://especialistasdaba12.blogspot.com/2010/01/voo-1416-bissau-air-show.html (http://especialistasdaba12.blogspot.com/2010/01/voo-1416-bissau-air-show.html)

Saudações


(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2F&hash=4547764470b1d77bf8e16480844bcd2d)

Há quem tenha plano B, nós temos cativações e, mister vinte milhões, até rima !!! ;)

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Outubro 12, 2018, 03:36:43 pm
Também acredito que pode ter sido imposição do fabricante, faz agora 3,depois faz 2, ou podia ser ao contrário, não há muita volta a dar para um total de 5,ou 3-2, ou 2-3, o ideal para nós devia ser 1-1-1-1-1 lol, mas não sabemos as condições, talvez ficasse muito caro prolongar por mais tempo, talvez a Marinha tivesse receio que a verba fosse cativa pelo governo a meio do programa e assim mete o máximo de aparelhos possíveis a modernizar o mais rápido possível.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Outubro 12, 2018, 07:34:06 pm
Mas a Bélgica, esse pobre país africano, serve de bitola para alguma coisa?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Outubro 12, 2018, 07:40:06 pm
Cada vez percebo mais o que aquele 212 estava a fazer nas comemorações dos 25 anos da esquadrilha de helicópteros da Marinha (será aluguer, avença ou cortesia NATO o serviço ? ) ...  ;D ;) :P 8)

(https://thumbs.web.sapo.io/?epic=MzQxWYg0ssghPEj066gPGXvLy1K1ekcS2yDO9o3aaVNsPgHEXUd8+2QRNx0clQlo+MHJ/HyfibnPOjoS/KKW+rNGMKK5brlxUOg0D41MfPpHgEI=&W=800&H=0&delay_optim=1)

Saudações

Mas então não reparaste que pertencia a este fulano????  ;D

(https://scontent.flis5-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/43554830_2052289951458844_6890648897509654528_n.jpg?_nc_cat=102&oh=b3e4f3634d8ff7ce56c6f5e4a2400fa4&oe=5C5E9786)
https://www.facebook.com/MarinhaPortuguesa/photos/ms.c.eJxFktsNBDEIAzs6YV6B~;hs7BRbyOwJjO2Ey5ggTqEWG~;7hAygmwmccASIHkAel6knG~_lSTnAqABdq7oibeiF4TaNwGTu0LIWaHyEbKiQgXom4gwuz7caETdy5jMRFrUSmCAZoHcFWhn2QlYg7EORxubiThZZ3kL4gqX4OfjrjDNRIQWiFdhZUlepxl1ls53lql8CK0PVGOHtzGvcH4wQCq~_eO4EtXWeCqOeUrE~_tAva~_Lera8yeaPs4r4~;sswOYb1qkzkNB24flZqmn9H1KRLUujNXI1pABQg3GOrI19gpx1B9T~;QPIQoy2.bps.a.2052288138125692/2052289941458845/?type=3&theater
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Outubro 12, 2018, 07:41:18 pm
Mafets, olha alí à direita...um Alouette a espreitar

(https://scontent.flis5-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/43557428_2052290304792142_3776555977344548864_n.jpg?_nc_cat=106&oh=4686c41829386b6c9ad76af77feda301&oe=5C40795C)
(https://scontent.flis5-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/43555431_2052288564792316_6961135611554037760_n.jpg?_nc_cat=105&oh=93d454c08324c95afdc8c4ea5ae19b50&oe=5C624946)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Outubro 12, 2018, 08:04:44 pm
Cada vez percebo mais o que aquele 212 estava a fazer nas comemorações dos 25 anos da esquadrilha de helicópteros da Marinha (será aluguer, avença ou cortesia NATO o serviço ? ) ...  ;D ;) :P 8)

(https://thumbs.web.sapo.io/?epic=MzQxWYg0ssghPEj066gPGXvLy1K1ekcS2yDO9o3aaVNsPgHEXUd8+2QRNx0clQlo+MHJ/HyfibnPOjoS/KKW+rNGMKK5brlxUOg0D41MfPpHgEI=&W=800&H=0&delay_optim=1)

Saudações

Mas então não reparaste que pertencia a este fulano????  ;D

(https://scontent.flis5-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/43554830_2052289951458844_6890648897509654528_n.jpg?_nc_cat=102&oh=b3e4f3634d8ff7ce56c6f5e4a2400fa4&oe=5C5E9786)
https://www.facebook.com/MarinhaPortuguesa/photos/ms.c.eJxFktsNBDEIAzs6YV6B~;hs7BRbyOwJjO2Ey5ggTqEWG~;7hAygmwmccASIHkAel6knG~_lSTnAqABdq7oibeiF4TaNwGTu0LIWaHyEbKiQgXom4gwuz7caETdy5jMRFrUSmCAZoHcFWhn2QlYg7EORxubiThZZ3kL4gqX4OfjrjDNRIQWiFdhZUlepxl1ls53lql8CK0PVGOHtzGvcH4wQCq~_eO4EtXWeCqOeUrE~_tAva~_Lera8yeaPs4r4~;sswOYb1qkzkNB24flZqmn9H1KRLUujNXI1pABQg3GOrI19gpx1B9T~;QPIQoy2.bps.a.2052288138125692/2052289941458845/?type=3&theater

E o senhor não aluga?  Dava jeito à MgP ...  ;D ;)

Saudações

P.S. Quem será o novo ministro da defesa. Tinha piada vir o Severiano Teixeira outra vez para ver muita malta a subir pelas paredes... :nice: :jok:
(https://c7.alamy.com/comp/DWMT02/berlin-germany-10th-mar-2014-second-german-portuguese-forum-realized-DWMT02.jpg)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: PereiraMarques em Outubro 12, 2018, 09:32:11 pm
Um "mentidero" disse me que a ideia original do Costa era o Severino Teixeira... Mas que o BE achava que o Severiano Teixeira era muito pró-NATO/americano e que não "gostavam"...  :P
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: diogo13350 em Outubro 12, 2018, 10:24:07 pm
Um "mentidero" disse me que a ideia original do Costa era o Severino Teixeira... Mas que o BE achava que o Severiano Teixeira era muito pró-NATO/americano e que não "gostavam"...  :P
O bloco de esquerda tem de gostar do ministro agora?? Eles armam-se em fortes e independentes mas preferem comer qualquer coisa que o PS lhes deite e calar do que ver PSD e CDS irem para o governo!
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Outubro 13, 2018, 12:55:43 pm
Um "mentidero" disse me que a ideia original do Costa era o Severino Teixeira... Mas que o BE achava que o Severiano Teixeira era muito pró-NATO/americano e que não "gostavam"...  :P
O bloco de esquerda tem de gostar do ministro agora?? Eles armam-se em fortes e independentes para preferem comer ququer coisa que o PS lhes deite e calar do que ver PSD e CDS irem para o governo!
E o PSD/CDS vão para o governo fazer o que? Depois da nulidade Aguiar Branco (os Tejo, aquela "grande aposta", do ministro...  ::) ), ou daquele rapazola das "Portas" que gastou 1000 milhões de euros por menos de 200 pandur e 2 NPO, deixando tudo o resto por fazer? Estes, pelo menos algumas coisa compram e algumas medidas tomam...  8)

https://www.dn.pt/poder/interior/portugal-compra-a-espanha-139-viaturas-blindadas-de-quatro-rodas-9723039.html (https://www.dn.pt/poder/interior/portugal-compra-a-espanha-139-viaturas-blindadas-de-quatro-rodas-9723039.html)

Citar
Os 60,8 milhões de euros disponíveis há anos para o Exército comprar viaturas ligeiras blindadas de quatro rodas só chegaram para comprar 139 das 167 unidades previstas à empresa espanhola UROVESA, soube o DN.

O concurso ficou definitivamente fechado há poucas semanas e o Exército vai falar com a empresa nos próximos dias para saber se têm viaturas URO VAMTAC ST5 disponíveis, quantas precisam de ser fabricadas e qual o calendário (prazo e sequência) das entregas, referiu uma das fontes ouvidas pelo DN.

O Exército, que comemora o seu aniversário no próximo dia 24 de outubro, vai tentar antecipar ainda para este ano a receção de algumas dessas viaturas táticas ligeiras blindadas de quatro rodas (VTLB 4x4).


ONU
Governo prepara envio de viaturas para missão na República Centro-Africana
Independentemente do interesse em exibir alguma das novas VTLB já no Dia do Exército, uma das fontes explicou que as exigências de manutenção dos Humvee em uso na República Centro-Africana (RCA) recomendam a sua substituição rápida.

A designação VAMTAC significa "viatura de alta mobilidade tática" de tração às quatro rodas, semelhante aos Humvee que o Exército utiliza desde o ano 2000 (missão em Timor). Em 2005, no Afeganistão, Portugal usou viaturas emprestadas URO espanholas enquanto os seus Humvee estavam a ser blindados em Israel.

Realizado pela NSPA, a agência especializada da NATO na realização de concursos de aquisição de material militar para os países aliados, o concurso foi aprovado em junho de 2016 para equipar o Exército com 167 VTLB.


O Exército adquiriu dois lotes da viatura tática média blindada Humvee, o primeiro sem blindagem© Exército
O número final das VTLB 4x4 a adquirir por Portugal, inscrito num despacho do ministro Azeredo Lopes publicado a 30 de julho deste ano, foi noticiado esta semana pela revista especializada britânica Jane's, segundo a qual concorreram as empresas UROVESA e a turca Katmerciler.

Contudo, só a proposta espanhola foi aceite por razões técnicas - mas o preço final rondava os 85 milhões de euros pelas 167 viaturas.

Do total das 139 VTLB a receber até 2020, 107 destinam-se ao transporte de tropas, 13 são viaturas sanitárias, 12 para operações especiais e sete estão equipadas como posto de comando.

Diferencial de 24,2 milhões de euros entre propostas do Exército e da empresa UROVESTE para as 167 VTLB iniciais revelou-se inultrapassável.

O concurso estava previsto na Lei de Programação Militar (LPM) de 2015, onde foram inscritos 60,8 milhões de euros. Mas, observou uma das fontes, essa verba manteve-se inalterada enquanto o preço médio das VTLB aumentou entretanto (desde logo por causa da inflação).

Contudo, fica por saber se essa foi a única explicação para o desvio de 24,2 milhões de euros - e 28 VTLB - face ao preço das 167 viaturas desejadas pelo Exército ou, então, se houve algum erro nas estimativas de cálculo iniciais.

É que as negociações posteriores conduzidas pela NSPA - que reduziu o valor dos custos administrativos cobrados a Portugal, segundo uma das fontes - levaram a UROVESA a rever o preço em baixa, o qual mesmo assim ficava acima do teto dos 60,8 milhões autorizados.


Viaturas ligeiras blindadas Humvee que o Exército tem na República Centro-Africana.© Pedro Rocha/Global Imagens
Afastadas as hipóteses de pedir mais dinheiro às Finanças ou de desviar verbas de outros programas de reequipamento, o Exército optou por reduzir o número das VTLB destinadas a operações de combate convencional (de alta intensidade), explicaram as fontes.

Eliminada a capacidade antitanque, mantiveram-se inalterados os números das versões referidas - proteção da força, ambulâncias, vigilância do campo de batalha, comando - e que são as que o Exército precisa em missões humanitárias e de paz como as da RCA e do Afeganistão, precisou um oficial.

Quanto à alteração objetiva na natureza do contrato assinado com a NSPA, através da adenda aprovada em julho pelo ministro da Defesa e publicada no passado dia 30 e porque afinal só foram adquiridos 139 das 167 VTLB previstas, as fontes disseram esperar que não haja problemas de contencioso ou de fiscalização prévia do Tribunal de Contas (porque o valor ficou inaterado).

(https://static.globalnoticias.pt/dn/image.aspx?brand=DN&type=generate&guid=45053431-6ba6-46ea-bfb6-17d5b5bce1e6&t=20180816195600)

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Outubro 13, 2018, 03:04:42 pm
Eu não dou assim tanto mérito a ser governo deste ou daquele, porque os planos demoram um espaço temporal superior a uma legislatura, o único mérito que posso dar é de não fazer, ou fazerem menos cativaçoes uns do que os outros.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Outubro 14, 2018, 01:51:35 pm
Eu não dou assim tanto mérito a ser governo deste ou daquele, porque os planos demoram um espaço temporal superior a uma legislatura, o único mérito que posso dar é de não fazer, ou fazerem menos cativaçoes uns do que os outros.

No caso dos Koala ou Uro não demoram uma legislatura. Antes do final do ano ou o mais tardar no inicio do próximo temos as primeira entregas, e eleições só no último trimestre. Se for para devolver ou embarrilar o processo como determinados ministros faziam chega e sobra, bem como para efectuar o cancelamento de contratos, vários dos quais foram feitos com o material já à vista (diferenças visíveis de uns para outros, no meu entender, de caras). Além disso, o recurso a NSPA também ela é diferente de governo para governo, e sabemos perfeitamente porque esta acontecer com mais frequência (nos últimos processos só os NPO e os Kc não foram por aí). Por último temos as relações MDN/Militares, que mesmo dentro da mesma força política têm diferenças significativas por exemplo, de Santos Silva para Azeredo Lopes. Tudo junto, pesa, civil e militarmente.

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Outubro 17, 2018, 01:38:59 pm
Não esquecer que foi o Severiano que nos livrou de levarmos com as OHP do Portas e foi buscar as M à Holanda!!!!

Só por isso já terá o meu reconhecimento eterno!!!!  ;D
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Joaoferriva em Novembro 29, 2018, 03:58:57 pm
The SH-60 or the MH60R is a good fit for our navy :snipersmile:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Novembro 29, 2018, 07:42:43 pm
The SH-60 or the MH60R is a good fit for our navy :snipersmile:

To fit were? They can't land at Portuguese frigates.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Novembro 30, 2018, 01:50:25 pm
As BD precisariam de alterações, semelhantes às que sofreram os navios belgas e holandeses. Quanto às VdG, penso que não seria problema aterrarem, bastava alterarem-se as portas dos hangares para poderem ser recolhidas no interior dos navios.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Março 08, 2019, 05:55:18 pm
testes de aterragem/descolagem em 15NOV18, será que este Lynx já estava modernizado ???



Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Março 08, 2019, 07:59:22 pm
testes de aterragem/descolagem em 15NOV18, será que este Lynx já estava modernizado ???

Ainda não, Tenente. ;)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Stalker79 em Março 08, 2019, 09:08:01 pm
Gosto muito dos Lynx, mas esta da modernização sem a capacidade da bola de sensores com visão termica não me parece que fiquem muito actuais...
Se tiverem de sair á noite vão pedir aos naufragos para esperarem até de manhâ para poder vê-los!?
E só por curiosidade os nossos Lynx estão capacitados para levar algum missil anti-navio tipo o penguin? E se sim, nós temos alguns!?
 :(
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Março 08, 2019, 09:36:42 pm
Gosto muito dos Lynx, mas esta da modernização sem a capacidade da bola de sensores com visão termica não me parece que fiquem muito actuais...
Se tiverem de sair á noite vão pedir aos naufragos para esperarem até de manhâ para poder vê-los!?
E só por curiosidade os nossos Lynx estão capacitados para levar algum missil anti-navio tipo o penguin? E se sim, nós temos alguns!?
 :(

Nope. Quanto muito poderiam utilizar os Sea Skua, mas uma vez mais as cabecinhas pensantes cá do burgo acharam que os torpedos chegavam bem, até porque os helis acumularam mais horas a fazer de táxis de Almirantes do que outra coisa, verdade seja dita. No início da década de 2000, aquando da falada modernização mais extensa, o Gouveia e Melo disse-me que depois desta iam poder empregar ninhos de metralhadoras e foguetes para apoio aos fuzileiros e combate a lanchas pequenas... ganharam a M3M calibre .50 e já não foi mau.  ::)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lancero em Março 08, 2019, 11:54:08 pm
testes de aterragem/descolagem em 15NOV18, será que este Lynx já estava modernizado ???



Abraços

Este faz o SNMG1 é o Trident Juncture. Deverá ser o último a ir remotorizar
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lancero em Março 09, 2019, 12:07:36 am
Nos 25 anos da esquadrilha só havia isto para mostrar. E não voava
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fi67.tinypic.com%2F2v31vn9.jpg&hash=87a5addc2f5d9cf7547395b6e281e980)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Março 09, 2019, 05:50:12 am
Nos 25 anos da esquadrilha só havia isto para mostrar. E não voava
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fi67.tinypic.com%2F2v31vn9.jpg&hash=87a5addc2f5d9cf7547395b6e281e980)

essa eu por acaso sabia, daí o me ter insurgido com o calendário das modernizações dos 05 helis, mas é que temos e somos, não há volta a dar !

Abraços e BFS
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Junho 06, 2019, 10:58:05 am
Parece tal como se confirmava anteriormente que a modernização dos Lynx não contempla a instalação de um sistema de infra-vermelhos, equipamento básico em qualquer helicóptero naval.

http://www.janes.com/article/70256/first-portuguese-super-lynx-to-begin-modernisation (ftp://www.janes.com/article/70256/first-portuguese-super-lynx-to-begin-modernisation)

Ecos dessa mesma notícia também aqui: http://www.cavok.com.br/blog/primeiro-super-lynx-da-marinha-portuguesa-comecara-modernizacao-em-junho/

Bom, e dois anos se passaram sobre a ida do 19204 para as instalações da Leonardo em Yeovil e pouco ou nada mais se sabe desde então, excepção feita a que outro par de Super Lynx se lhe juntou entretanto pouco tempo depois para a tão propalada modernização.

Consegui chegar recentemente à fala com dois spotters que normalmente operam na zona de Yeovilton, e a não ser Wildcats e Merlins britânicos e para clientes estrangeiros, não sabiam da presença nem nunca viram nenhum Super Lynx português por lá. Modernização demorada esta...  ::)

Wildcats a perder de vista...

(https://live.staticflickr.com/65535/47966948528_645ff9c397_b.jpg)

(https://live.staticflickr.com/65535/47966968098_6f4be682d5_b.jpg)

(https://live.staticflickr.com/65535/47966997196_96eafd9b2e_b.jpg)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Junho 06, 2019, 12:04:58 pm
Fizemos o Upgrade de Lynx 95 para Wildcat. Cá estão eles  :mrgreen: :mrgreen:

(https://thumbs.dreamstime.com/z/royal-navy-fleet-air-arm-agustawestland-wildcat-hma-helicopter-flying-formation-westland-lynx-helicopter-raf-waddington-119293505.jpg)

(https://www.aerospace-technology.com/wp-content/uploads/sites/15/2017/10/2-lynx-wildcat.jpg)

Cumprimentos

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Junho 06, 2019, 01:27:28 pm
Devem estar encostados a um canto à espera que as verbas sejam libertadas e o trabalho possa continuar. Entretanto, temos um Lynx operacional. Alguém explica aos FDP das Finanças como é que as coisas funcionam para além do Mercado do Bulhão? É que nos países a sério, as coisas não funcionam a fiado.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Junho 06, 2019, 01:27:59 pm
Realmente, 2 anos para modernizar um helicóptero... deve vir todo apetrechado.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Junho 06, 2019, 09:25:38 pm
Só para ficarmos um pouquinho mais deprimidos...  :mrgreen:

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Junho 12, 2019, 02:32:08 pm
A Marinha tem muita imaginação: pôs um Super Lynx a içar para bordo a taça da Liga das Nações. Ao menos assim vê-se um heli... ::)

Citar
A taça é nosssssssaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Parabéns Portugal, parabéns Portugueses.

(https://scontent.flis8-2.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/62336299_2434823373205498_992124654963392512_o.jpg?_nc_cat=101&_nc_ht=scontent.flis8-2.fna&oh=8e4d389cdc35699c2146d1be59c69c3f&oe=5D50BBDA)

https://www.facebook.com/MarinhaPortuguesa/photos/a.166558256698699/2434823366538832/?type=3&eid=ARBcpeRcF5vJLggcf-Gmtg7n9IU4aIhdm7cv5diDt9YTZoqb2b8f1gVDdUe8fUODgacHY0D0j51RC5yh&__xts__%5B0%5D=68.ARD6RnhvHDTBxi1EIGZ9fylYwy8CFnDgo3zfg86NZMEf2Pwwl01jKZQAvbvg159p7sG8FnaKUkGOUPpA6XHuds2ilqv1FwmFZ3Kng95X0F-djEKvORxS1CLnloeVICLmrorohd6URvCqlOxxN9_7mlFFQHpyZaPDX1I9gwGwVtSzzvWbtFTltubJ9EHQ0EOQWbR7sAAnI6-jnGTHuq6NLmw1QsVJgOyQBZ6jYMJftj6Hqnn01CyFQhjfRAYsVRBa4K8YS-oOXAno_BKvlL9RC3WBjF6xsdW9xIm2lWLkr8-GGDiPELJ_21j8f9sWaHHhAMpe5Ccl62Y281FPMVW1S8dZWw&__tn__=EHH-R
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Junho 12, 2019, 02:49:20 pm
Essa publicação é um tiro no pé. Agora os holandeses (que Portugal derrotou na final), já não nos vão vender as DZP, tal será a azia.  :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Luso em Junho 12, 2019, 03:49:15 pm
A Marinha tem muita imaginação: pôs um Super Lynx a içar para bordo a taça da Liga das Nações. Ao menos assim vê-se um heli... ::)

Citar
A taça é nosssssssaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Parabéns Portugal, parabéns Portugueses.

(https://scontent.flis8-2.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/62336299_2434823373205498_992124654963392512_o.jpg?_nc_cat=101&_nc_ht=scontent.flis8-2.fna&oh=8e4d389cdc35699c2146d1be59c69c3f&oe=5D50BBDA)

https://www.facebook.com/MarinhaPortuguesa/photos/a.166558256698699/2434823366538832/?type=3&eid=ARBcpeRcF5vJLggcf-Gmtg7n9IU4aIhdm7cv5diDt9YTZoqb2b8f1gVDdUe8fUODgacHY0D0j51RC5yh&__xts__%5B0%5D=68.ARD6RnhvHDTBxi1EIGZ9fylYwy8CFnDgo3zfg86NZMEf2Pwwl01jKZQAvbvg159p7sG8FnaKUkGOUPpA6XHuds2ilqv1FwmFZ3Kng95X0F-djEKvORxS1CLnloeVICLmrorohd6URvCqlOxxN9_7mlFFQHpyZaPDX1I9gwGwVtSzzvWbtFTltubJ9EHQ0EOQWbR7sAAnI6-jnGTHuq6NLmw1QsVJgOyQBZ6jYMJftj6Hqnn01CyFQhjfRAYsVRBa4K8YS-oOXAno_BKvlL9RC3WBjF6xsdW9xIm2lWLkr8-GGDiPELJ_21j8f9sWaHHhAMpe5Ccl62Y281FPMVW1S8dZWw&__tn__=EHH-R

Apenas a demonstração do ponto de degradação moral a que chegou a Marinha(zinha).
Rasca.
Liderança mais própria de presidentes de junta dos Currais de Moinas deste país.
Depois espantem-se.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Junho 12, 2019, 04:36:11 pm
Não levemos a sério isto, é apenas uma brincadeira que pode até ser usada como estratégia de marketing para atrair jovens.
Todos queríamos uma demonstração do poder bélico da MP, mas não há dinheiro para gastar Harpoon e torpedos à toa em fogos reais, nem há meios novos para mostrar ao povo, portanto não passa de uma publicação numa rede social.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Junho 12, 2019, 07:25:49 pm
Não levemos a sério isto, é apenas uma brincadeira que pode até ser usada como estratégia de marketing para atrair jovens.
Todos queríamos uma demonstração do poder bélico da MP, mas não há dinheiro para gastar Harpoon e torpedos à toa em fogos reais, nem há meios novos para mostrar ao povo, portanto não passa de uma publicação numa rede social.

Ou então publicitar uma passeata ou corrida de fim de semana, pela Av da Liberdade, é assim que a nossa marinha vai andando, já que não tem mais nada de importante, para publicitar ou anunciar ao Zé Povinho, estão mesmo a bater no fundo !!!!

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Junho 12, 2019, 07:50:43 pm
Como é que estes gajos se querem levar a sério se nem o Photoshop dominam? Isto se calhar sou eu a ser elitista, porque provavelmente a montagem da treta foi feita no Paint.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Junho 12, 2019, 09:37:30 pm
O Photoshop paga-se, sairia directamente do orçamento da MP, por isso antes que seja só o Paint.  :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Junho 13, 2019, 12:37:51 am
Fonix até eu tenho no iphone uma versão gratuita do Photoshop que faz melhor que isto.  :D
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Luso em Junho 13, 2019, 10:41:43 am
Esta da taça custa-me a engolir.

É espantoso o esforço que o pessoal aqui faz para encontrar soluções para que as Farsas Armadas deixem de o ser e depois verifica-se que onde os Sr. Almirantes gastaram tempo a pensar como transportar uma taça de futebol.
Por uma questão de dignidade deixei de dar sugestões, por isso mesmo: estou cansado de passar por palhaço ou tóno.

A única coisa credível e digna é cobrir de ridículo esta tropa toda.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Junho 13, 2019, 11:07:03 am
Devem ser é os substitutos do Lynx  :censurado:

Essa é outra, e o tema deste tópico: o substituto do Super Lynx. Diz-se na Marinha, e isso é conhecido, que os Super Lynx Mk.95A (a designação com que ficará após a modernização sem FLIR...) deverão estar ao serviço até 2035. O substituto sairá do trio AW159 Wildcat, NH90 NFH e MH-60R (ou as versões destes três que à altura estiverem no activo), sendo que por esta altura será o NH90 quem recolherá a maioria das preferências. No entanto como tudo são histórias e até 2035 falta muito tempo, acredito mesmo que a escolha venha a recair no NH90 naval.  ::)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: PereiraMarques em Junho 13, 2019, 11:18:02 am
Provavelmente uns Sea-Kualhões  :mrgreen: c56x1
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: ocastilho em Junho 13, 2019, 12:16:44 pm

A única coisa credível e digna é cobrir de ridículo esta tropa toda.

"Nós bem o sabemos: a gargalhada nem é um raciocínio, nem um sentimento; não cria nada, destrói tudo, não responde por coisa alguma. E no entanto é o único comentário do mundo político em Portugal. Um Governo decreta? gargalhada. Reprime? gargalhada. Cai? gargalhada. E sempre esta política, liberal ou opressiva, terá em redor dela, sobre ela, envolvendo-a como a palpitação de asas de uma ave monstruosa, sempre, perpetuamente, vibrante, e cruel – a gargalhada! Política querida, sê o que quiseres, toma todas as atitudes, pensa, ensina, discute, oprime – nós riremos. A tua atmosfera é de chalaça."
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Junho 13, 2019, 12:45:13 pm
Devem ser é os substitutos do Lynx  :censurado:

Essa é outra, e o tema deste tópico: o substituto do Super Lynx. Diz-se na Marinha, e isso é conhecido, que os Super Lynx Mk.95A (a designação com que ficará após a modernização sem FLIR...) deverão estar ao serviço até 2035. O substituto sairá do trio AW159 Wildcat, NH90 NFH e MH-60R (ou as versões destes três que à altura estiverem no activo), sendo que por esta altura será o NH90 quem recolherá a maioria das preferências. No entanto como tudo são histórias e até 2035 falta muito tempo, acredito mesmo que a escolha venha a recair no NH90 naval.  ::)

Mh60R e Nh90? Então vão modernizar as M e não mexem no deck  quando as Holandesas e Belgas tiveram o mesmo modificado, pelo menos para o Nh90? Humm, ou a partir de 2035 teremos novidades (género mais M) ou ficamos com uns Wildcat... ??? ???

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fi.imgur.com%2FDAGc2s5.jpg&hash=a24ccf87d4c9de9a9c15b1989f841c53)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.seaforces.org%2Fmarint%2FNetherlands-Navy%2FFrigate%2FKarel-Doorman-class-Dateien%2Fimage017.jpg&hash=18e5575f3675906500b1056f410fe5d0)

Saudações
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Junho 13, 2019, 12:59:02 pm
As M em 2035? Deitem-nas fora! Daqui a 16 anos já se espera procurar um novo substituto para as BD, não adquirir as duas M restantes... Na pior das hipóteses por essa altura teremos já umas DZP em serviço.

Calculo que o substituto do Lynx possa ser influenciado pelo heli de evacuação adquirido para a FAP. Se o escolhido fosse um UH-60 ou outro derivado do Blackhawk, penso que seria mais óbvio e adequado adquirir SH-60 por uma questão de uniformidade.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Junho 13, 2019, 01:00:01 pm
E de notar que é mais um programa planeado para 2035... Já vão em quantos?  ???
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Junho 13, 2019, 01:09:47 pm
E de notar que é mais um programa planeado para 2035... Já vão em quantos?  ???

É só rir.  :rir: :rir: :rir: :rir:

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Red Baron em Junho 13, 2019, 01:25:08 pm
As Bergamini conseguem operar um sh-90 e um AW101. cof cof

 :-P

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Junho 13, 2019, 01:43:28 pm
Não levemos a sério isto, é apenas uma brincadeira que pode até ser usada como estratégia de marketing para atrair jovens.
Todos queríamos uma demonstração do poder bélico da MP, mas não há dinheiro para gastar Harpoon e torpedos à toa em fogos reais, nem há meios novos para mostrar ao povo, portanto não passa de uma publicação numa rede social.

Ou então publicitar uma passeata ou corrida de fim de semana, pela Av da Liberdade, é assim que a nossa marinha vai andando, já que não tem mais nada de importante, para publicitar ou anunciar ao Zé Povinho, estão mesmo a bater no fundo !!!!

Abraços

Também informam sobre as condições para a apanha do berbigão. Vocês é que só sabem falar mal.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: PereiraMarques em Junho 13, 2019, 02:51:34 pm

Também informam sobre as condições para a apanha do berbigão. Vocês é que só sabem falar mal.

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Junho 13, 2019, 03:18:46 pm
As Bergamini conseguem operar um sh-90 e um AW101. cof cof

 :-P

Quem nos dera.  ::)
Mas devem ser muito grandes para os requisitos da Marinha.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Junho 13, 2019, 07:30:46 pm
Mais importante ainda, passam no canal do Alfeite?  :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Junho 13, 2019, 07:49:55 pm

Também informam sobre as condições para a apanha do berbigão. Vocês é que só sabem falar mal.


Belo Berbigão saltitante....

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Junho 13, 2019, 07:52:34 pm
Mais importante ainda, passam no canal do Alfeite?  :mrgreen:

os KaÇês devem ter competências para ajudar, aquela aeronave, só falta mesmo, é voar debaixo d'água !!!

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Junho 13, 2019, 08:34:58 pm
É uma espécie de F-35 com sabor tropical.  ;D
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Junho 29, 2019, 07:36:52 pm
Pelas imagens do exercício Missilex19, o tal dos três disparos de SAM=>SSM parece que temos dois lynx a voar, será que já estão com o upgrade de última geração ???

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/MCdL7a.jpg) (https://imageshack.com/i/pnMCdL7aj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/ex4LiT.jpg) (https://imageshack.com/i/pmex4LiTj)

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Major Alvega em Junho 29, 2019, 11:23:32 pm
 A disparar mísseis, a voar com 2 Lynx's, G3 com kits.
 Cometer umas loucuras de vez em quando também não faz mal a ninguém.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Junho 29, 2019, 11:31:39 pm
Major Alveja até o ministro já arranjou dinheiro para mais 6 NPO.
https://observador.pt/2019/06/28/ministro-da-defesa-prepara-contrato-para-aquisicao-de-seis-navios-patrulha-oceanicos/
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Crypter em Junho 29, 2019, 11:36:52 pm
Major Alveja até o ministro já arranjou dinheiro para mais 6 NPO.
https://observador.pt/2019/06/28/ministro-da-defesa-prepara-contrato-para-aquisicao-de-seis-navios-patrulha-oceanicos/

Se nem estes últimos dois estão terminados... ???
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Junho 30, 2019, 11:27:04 am
Não, são 2 Super Lynx não modernizados, os que ainda cá se encontram. ;)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Junho 30, 2019, 11:56:00 am
Major Alveja até o ministro já arranjou dinheiro para mais 6 NPO.
https://observador.pt/2019/06/28/ministro-da-defesa-prepara-contrato-para-aquisicao-de-seis-navios-patrulha-oceanicos/

Se nem estes últimos dois estão terminados... ???

essa é que é a verdade mas há mais, ora vejamos,
termos um lote de Pandur sem possuirmos as versões porta morteiros e os ACar ?
Comprarmos os ST5 sem acautelarmos as versões AAA, ACar, e Apoio de fogos ??
Compramos os leo 2A6 sem termos os lança pontes e os de desempanagem ??
Fazermos upgrades a apenas duas Fragatas com quase trinta anos e não lhes colocarmos sensores/radares modernos e com maior capacidades de detecção, além de irmos adquirir uma quantidade de misseis irrisória??
Comprarmos helis, cinco, monomotores para desempenhar cinco missões, sem termos acautelado a compra de unidades que possam garantir eficazmente a execução de algumas delas  como o SAR ??
Termos comprado um lote de doze 101, sem termos o cuidado dos serviços de MNT serem devidamente garantidos assim como a formação de elementos da FAP da Aérea da MNT para futuramente os helis serem mantido internamente ??
Vamos comprar cinco aeronaves de transporte táctico, que ainda nem sequer foram devidamente testadas em todas as suas vertentes operacionais, por uma fortuna, quando o que a FAP necessita é de um transporte estratégico, ou pelo menos uma aeronave com maiores, bem maiores, capacidades de transporte que os KaCês oferecem, isto para nem falar que seremos o único País da NATO com aeronaves de transporte diferentes dos restantes membros........

São alguns dos exemplos de pontas soltas em aquisições, parcialmente concluídas e mal conduzidas, nem refiro  as largas dezenas  de milhões ditadas á rua nos casos dos NH90, dos EC635,

Abraços
 
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Red Baron em Julho 05, 2019, 08:43:22 pm
"The French Navy is to retire its remaining Westland Lynx Mk 4(FN) helicopters in 2020, two years earlier than previously scheduled."
"The Lynx Mk 4(FN) had been planned to retire in 2022, but with support costs rising the decision has now been made to bring forward the type's out of service date by two years as a savings measure."

 ;)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Julho 05, 2019, 11:27:57 pm
Se os ricos dos franceses estão a retirá-los devido aos custos, não me parece que fosse uma solução favorável para nós...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Julho 05, 2019, 11:42:27 pm
A única coisa positiva é que não têm FLIR como os nossos.  :mrgreen:

Agora a sério, Lynx em segunda mão só se forem os alemães que, na versão Mk88, são praticamente iguais aos nossos. A versão Mk88A já não teria interesse, porque dispõe de FLIR e a gente não precisa dessas merdas. Uns acessórios para kitar a G3 ainda vá que não vá agora FLIR nem pensar!
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Julho 19, 2019, 10:42:08 am
FYI

Vi ontem um Lynx a voar  :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Agosto 02, 2019, 10:00:59 am
FYI

Vi ontem um Lynx a voar  :mrgreen:

Andam 2 a voar, por isso é que aparecem mais vezes. Aliás ontem à tarde passou por mim o Super Lynx que seguiu com a FdA para a SNMG1.


Entretanto na Alemanha uma outra versão naval do NH90, mais semelhante à "Caiman" francesa, irá substituir os Super Lynx da Marinha depois de anteriormente a versão "Sea Lion" ter sido escolhida como sucessora dos Sea King. Menos um cliente para o Wildcat.

https://www.flightglobal.com/news/articles/germany-picks-nh90-to-replace-sea-lynx-460052/


Por cá prossegue a modernização de 3 helicópteros em Yeovil para a versão Mk.95A, em tudo semelhante ao Super Lynx 300 cujo primeiro voo ocorreu em 2001, mas sem o FLIR. O resto é continuarmos no domínio da futurologia e/ou ficção...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Red Baron em Agosto 02, 2019, 01:29:14 pm
FYI

Vi ontem um Lynx a voar  :mrgreen:

Andam 2 a voar, por isso é que aparecem mais vezes. Aliás ontem à tarde passou por mim o Super Lynx que seguiu com a FdA para a SNMG1.


Entretanto na Alemanha uma outra versão naval do NH90, mais semelhante à "Caiman" francesa, irá substituir os Super Lynx da Marinha depois de anteriormente a versão "Sea Lion" ter sido escolhida como sucessora dos Sea King. Menos um cliente para o Wildcat.

https://www.flightglobal.com/news/articles/germany-picks-nh90-to-replace-sea-lynx-460052/


Por cá prossegue a modernização de 3 helicópteros em Yeovil para a versão Mk.95A, em tudo semelhante ao Super Lynx 300 cujo primeiro voo ocorreu em 2001, mas sem o FLIR. O resto é continuarmos no domínio da futurologia e/ou ficção...

Acho que o Wildcat tem os dias contados e cada vez mais o NH-90 se assume como a espinha dorsal dos exércitos europeus, quer na versão terrestre quer na versão naval.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Agosto 08, 2019, 05:32:43 pm
O Lynx tem a infelicidade de partilhar o mercado com o NH-90. Os dois helis são de classes diferentes, mas são tomados como idênticos nos concursos, e ao preço que um Wildcat custa, muitas marinhas acabam por optar pelo NH-90, cuja versão base já é usada pelos restantes ramos. O Wildcat teria o potencial para complementar os próprios NH-90, à semelhança do AW-109. Peca também pelo fabricante ter inúmeras variantes de helicópteros com dimensões idênticas.

No nosso caso, a substituição dos Lynx poderá ficar ligada à aquisição dos helis de evacuação para a FAP. Consoante o modelo adquirido, pode-se adquirir uma versão naval, caso esta exista. Mas isto são contas para daqui a 10 anos.  :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: sivispacem em Agosto 18, 2019, 12:47:47 pm
Alguém que me elucide, caso seja possível - quando é que é suposto terminar a modernização dos Lynx que já começou há 'canos' e exactamente o que é que lhes vão fazer, para além da revisão estrutural e mudança de motores?

Antecipadamente grato....
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Agosto 18, 2019, 12:55:06 pm
a dita modernização teve inicio há dois anos e dois meses .

https://www.cavok.com.br/blog/primeiro-super-lynx-da-marinha-portuguesa-comecara-modernizacao-em-junho/

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: sivispacem em Agosto 18, 2019, 04:46:58 pm
a dita modernização teve inicio há dois anos e dois meses .

https://www.cavok.com.br/blog/primeiro-super-lynx-da-marinha-portuguesa-comecara-modernizacao-em-junho/

Abraços

Obrigado, tenente. Só falta saber-se quando acaba e começam a ser devolvidos à proveniência...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Agosto 18, 2019, 06:15:37 pm
a dita modernização teve inicio há dois anos e dois meses .

https://www.cavok.com.br/blog/primeiro-super-lynx-da-marinha-portuguesa-comecara-modernizacao-em-junho/

Abraços


Obrigado, tenente. Só falta saber-se quando acaba e começam a ser devolvidos à proveniência...

Para essa pergunta acho que ninguém, verdadeiramente, sabe a resposta, digo eu.
Já reparaste há quanto tempo a MdG apenas possui dois Lynx ???
Foi um belo de um planeamento este, o  de colocar três de cinco helis a efectuar os upgrades, em simultâneo, muito bem feito !!

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: sivispacem em Agosto 18, 2019, 06:39:19 pm
a dita modernização teve inicio há dois anos e dois meses .

https://www.cavok.com.br/blog/primeiro-super-lynx-da-marinha-portuguesa-comecara-modernizacao-em-junho/

Abraços


Obrigado, tenente. Só falta saber-se quando acaba e começam a ser devolvidos à proveniência...

Para essa pergunta acho que ninguém, verdadeiramente, sabe a resposta, digo eu.
Já reparaste há quanto tempo a MdG apenas possui dois Lynx ???
Foi um belo de um planeamento este, o  de colocar três de cinco helis a efectuar os upgrades, em simultâneo, muito bem feito !!

Abraços

Pois... só dá argumentos a que quando da substituição dos Lynx (lá para 2050, digo, eu....  :-* :-* ) alguém venha dizer que "e para que é que a Marinha precisa de mais de 2 helicópteros????)

 :N-icon-Axe:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Setembro 12, 2019, 10:22:54 am


(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/921/FuYyWA.jpg) (https://imageshack.com/i/plFuYyWAj)

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Setembro 12, 2019, 01:15:43 pm
Jogo de computador?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: sivispacem em Setembro 12, 2019, 10:13:17 pm


(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/921/FuYyWA.jpg) (https://imageshack.com/i/plFuYyWAj)

Abraços

Sim, só pode!

E pelo aspecto deve ser de ficção científica, lá para 2083, quando equiparem os nossos galhardos Lynx com as sobras de usados em depósito de antigos utilizadores do Lynx....
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: diogo13350 em Setembro 13, 2019, 01:32:40 pm


(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/921/FuYyWA.jpg) (https://imageshack.com/i/plFuYyWAj)

Abraços

Sim, só pode!

E pelo aspecto deve ser de ficção científica, lá para 2083, quando equiparem os nossos galhardos Lynx com as sobras de usados em depósito de antigos utilizadores do Lynx....
Simulador militar ARMA III
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: PereiraMarques em Outubro 02, 2019, 10:51:13 am
Despacho n.º 8706/2019 - Diário da República n.º 189/2019, Série II de 2019-10-02 125046878
Defesa Nacional - Gabinete do Ministro
Delegação de competência no Almirante Chefe do Estado-Maior da Armada - Protocolo de Cooperação Relativo à Integração de Pilotos de Helicópteros da Marinha Portuguesa em Esquadrilhas da Armada Espanhola

https://dre.pt/web/guest/home/-/dre/125046878/details/maximized?serie=II&parte_filter=31&dreId=125031670
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: MATRA em Outubro 02, 2019, 11:21:15 am
Era já tirarem as competências em NH90 e MH60  :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 02, 2019, 01:39:24 pm
a dita modernização teve inicio há dois anos e dois meses .

https://www.cavok.com.br/blog/primeiro-super-lynx-da-marinha-portuguesa-comecara-modernizacao-em-junho/

Abraços


Obrigado, tenente. Só falta saber-se quando acaba e começam a ser devolvidos à proveniência...

Para essa pergunta acho que ninguém, verdadeiramente, sabe a resposta, digo eu.
Já reparaste há quanto tempo a MdG apenas possui dois Lynx ???
Foi um belo de um planeamento este, o  de colocar três de cinco helis a efectuar os upgrades, em simultâneo, muito bem feito !!

Abraços

O belo do planeamento dos upgrades á frota Lynx, está agora a dar uns excelentes resultados, teve inicio em Junho 2017, e até 2021 não vamos ter unidades suficientes para estas necessidades operacionais/instrução ???

Somos mesmo bons quando toca a mendigar, mas não reparamos a vergonha que é não termos efectuado um planeamento adequado, que permitisse as qualificações dos nossos pilotos navais.

Alguma alminha se lembrou de tentar adquirir por empréstimo, um lynx para suprir a falta de unidades operacionais e permitir que os nossos pilotos façam as suas qualificações no seio da nossa Marinha ???

Alguma alminha alertou ou exigiu que os upgrades fossem efectuados ao ritmo de uma unidade/ano/meio ano/whatever, permitindo que existisse operacional um numero mínimo de três/quatro unidades em simultâneo ???

Ainda ninguém reparou ao fim destes anos de serviço, que o numero de lynx é insuficiente, no mínimo deveriamos ter seis unidades, apesar de quando foi proposto a compra dos lynx terem sido mencionados sete helis para as três VdG, porque terá sido ??
Se calhar o CEMA na altura era Incompetente ou via com olhos de ver as necessidades da Marinha ???

É mais fácil os actuais responsáveis olharem para o lado e assobiar, sem levantar ondas porque as promoções.......... !!!

No âmbito do processo de modernização dos helicópteros Lynx MK95, verificou-se que o número de aeronaves disponíveis até 2021 não permite qualificar, no imediato, os pilotos da Marinha Portuguesa que carecem de adquirir qualificações e experiência operacional, afigurando-se como solução aceitável a colocação de pilotos em esquadrilhas congéneres de outras Marinhas.

https://dre.pt/web/guest/home/-/dre/125046878/details/maximized?serie=II&parte_filter=31&dreId=125031670

Incompetência é o que é !!!

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 02, 2019, 02:11:40 pm
Certo e nesta fase do "campeonato" não deve causar grande dano termos menos aeronaves operativas, pois provavelmente o que existe chega para os pilotos da frota manterem as qualificações necessárias.
E assim dentro de algum tempo o cenário inverte-se...teremos mais operativas e menos em modernização.

Qual fase do campeonato ????
Não termos uma única aeronave operacional para operar/embarcar ???

Se isso é positivo e normal, é um pouco estranho para não dizer mais, pois ainda temos quatro fragatas operacionais, mais uma unidade em MLU na Holanda, mas nenhum Heli para embarcar em caso de necessidade, mas que excelente planeamento !

Não teria sido preferível, no máximo, enviar dois Helis para a modernização de cada vez e um por último ???
Se assim fosse tínhamos sempre três unidades disponíveis ou operacionais e, a situação que agora decorre, não aconteceria, pois haveria dois lynx no Montijo, um em MNT e outro Operacional, além do terceiro, como acontece, em missão embarcado.

Abraços

No âmbito do processo de modernização iniciado em 2013, três dos cinco helicópteros da frota estão atualmente em Inglaterra para substituição dos motores, visando a extensão do ciclo de vida útil até ao final da próxima década, disse à Lusa o comandante da esquadrilha, Gonçalves Simões. Um outro helicóptero está embarcado na fragata portuguesa que integra a força de reação imediata da NATO no Báltico e um outro está a ser reparado de uma avaria, devendo estar pronto até ao final da semana, adiantou.

sem comentários !!!!!

E assim vamos nós de vento em popa !!!!

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: PereiraMarques em Outubro 02, 2019, 02:47:56 pm
3/4 anos inop significa maior potencial de tempo de serviço  :mrgreen: ...este pessoal só sabe dizer mal  ;D :-P
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Outubro 02, 2019, 02:58:06 pm
Ainda vai dar para esticar a vida operacional até aos 50 anos. Quem sabe não vão bater os AL III em termos de longevidade. Os pobres dos zangões nunca levaram motores de última geração quando tinham 30 anos. Isto deve ser motivo de orgulho para todos nós. Quem sabe, no futuro, os Lynx não substituirão a Sagres como ex-libris da Marinha. Até já estou a ver alguns deployments da Sagres com Lynx, enquanto as fragatas ficam com aquele novo drone, que é baratinho e voa como heli e avião — aquilo equipado com umas bombas de mau cheiro põe qualquer potencial IN de cócoras.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Outubro 02, 2019, 06:21:41 pm
apesar de quando foi proposto a compra dos lynx terem sido mencionados sete helis para as três VdG, porque terá sido ??

Inicialmente queriam embarcar 2 Lynx por Fragata, por isso se tivéssemos duas fragatas operacionais, precisariamos de 4 helicópteros operacionais, e 2 ou 3 em manutenção.

Mas nem sei se alguma vez aconteceu, o habitual é embarcar apenas um Lynx por Fragata.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 02, 2019, 06:59:45 pm
apesar de quando foi proposto a compra dos lynx terem sido mencionados sete helis para as três VdG, porque terá sido ??

Inicialmente queriam embarcar 2 Lynx por Fragata, por isso se tivéssemos duas fragatas operacionais, precisariamos de 4 helicópteros operacionais, e 2 ou 3 em manutenção.

Mas nem sei se alguma vez aconteceu, o habitual é embarcar apenas um Lynx por Fragata.

Penso, que só na operação Crocodilo a Marinha embarcou dois lynx numa fragata, na NRP Vasco da Gama, que enviou para a Guiné os NRP Bérrio e as corvetas, Honório Barreto e  João Coutinho, claro que não embarcaram nenhum meio aéreo.

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/921/TeSpkn.jpg) (https://imageshack.com/i/plTeSpknj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/924/Mt5clg.jpg) (https://imageshack.com/i/poMt5clgj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/yCDwGO.jpg) (https://imageshack.com/i/pmyCDwGOj)

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Pedro Monteiro em Outubro 04, 2019, 04:45:49 am
Mas nem sei se alguma vez aconteceu, o habitual é embarcar apenas um Lynx por Fragata.

Correcto, apenas embarcam dois em algumas missões NATO e situações reais de excepção como na Guiné em 1998 e Timor-Leste um pouco depois. Em entrevista em 2008, o então comandante da EHM apontou para o facto de nunca voarem os dois ao mesmo tempo quando embarcados: a ideia é evitar um duplo acidente caso numa aterragem mal sucedido do primeiro o convés de voo fique impedido para o segundo aterrar em segurança.

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 04, 2019, 05:29:27 am
Mas nem sei se alguma vez aconteceu, o habitual é embarcar apenas um Lynx por Fragata.

Correcto, apenas embarcam dois em algumas missões NATO e situações reais de excepção como na Guiné em 1998 e Timor-Leste um pouco depois. Em entrevista em 2008, o então comandante da EHM apontou para o facto de nunca voarem os dois ao mesmo tempo quando embarcados: a ideia é evitar um duplo acidente caso numa aterragem mal sucedido do primeiro o convés de voo fique impedido para o segundo aterrar em segurança.

Cumprimentos,
Pedro Monteiro

Na realidade temos explicações deveras interessantes, quando situações semelhantes acontecem/aconteceram com aeronaves que ficam irreparáveis ou muito danificadas, mas que o flight deck possa receber mais aeronaves e estão em espera uma ou mais, o que se faz e deitar borda fora a aeronave acidentada, para que a(s) restante(s) seja(m) recebida(s), mas enfim é deste tipo de inteligência, a de 2008, que necessitamos !!

Ou seria que, se calhar o que o Cmdt da EHM quereria dizer era que como só possuímos cinco helis…………..

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Pedro Monteiro em Outubro 04, 2019, 01:36:48 pm
A sua teoria passa pelo pressuposto que a aeronave não sobrevive ao acidente, e fica irreparável, mas o convés sim... É óbvio que nem sempre será assim e mais vale um pássaro na mão que dois a voar. Na NATO há muitas fragatas de maior tonelagem desenhadas ou que embarcam apenas um helicóptero.

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: asalves em Outubro 04, 2019, 02:37:16 pm
Mas nem sei se alguma vez aconteceu, o habitual é embarcar apenas um Lynx por Fragata.

Correcto, apenas embarcam dois em algumas missões NATO e situações reais de excepção como na Guiné em 1998 e Timor-Leste um pouco depois. Em entrevista em 2008, o então comandante da EHM apontou para o facto de nunca voarem os dois ao mesmo tempo quando embarcados: a ideia é evitar um duplo acidente caso numa aterragem mal sucedido do primeiro o convés de voo fique impedido para o segundo aterrar em segurança.

Cumprimentos,
Pedro Monteiro

Na realidade temos explicações deveras interessantes, quando situações semelhantes acontecem/aconteceram com aeronaves que ficam irreparáveis ou muito danificadas, mas que o flight deck possa receber mais aeronaves e estão em espera uma ou mais, o que se faz e deitar borda fora a aeronave acidentada, para que a(s) restante(s) seja(m) recebida(s), mas enfim é deste tipo de inteligência, a de 2008, que necessitamos !!

Ou seria que, se calhar o que o Cmdt da EHM quereria dizer era que como só possuímos cinco helis…………..

Abraços

Qualquer dia as fragatas deixam de sair do Alfeite, :mrgreen: pois podem sofrer danos com uma tempestade ou riscar o casco numa lata de coca-cola a boiar no Rio Tejo   :bang:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 04, 2019, 03:55:09 pm
A sua teoria passa pelo pressuposto que a aeronave não sobrevive ao acidente, e fica irreparável, mas o convés sim... É óbvio que nem sempre será assim e mais vale um pássaro na mão que dois a voar. Na NATO há muitas fragatas de maior tonelagem desenhadas ou que embarcam apenas um helicóptero.

Cumprimentos,
Pedro Monteiro

Não é bem assim, o que eu digo é que se um dos helis está acidentado no helideck, sem possibilidade de o colocar no hangar para permitir a recepção do segundo heli, este sem alternativa para aterrar, então só há uma solução é deitar o primeiro borda fora e receber o segundo, permitindo deste modo, termos um heli pronto a voar, e um destruído, e não um acidentado no navio e o segundo destruído no mar.
Por outras palavras,  mais vale um pássaro a voar que um morto e o outro doente.

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Pedro Monteiro em Outubro 04, 2019, 07:03:49 pm
Para ser claro: quando as fragatas embarcam dois helicópteros - e com apenas as Meko em serviço isso era mais recorrente - eles não voam ao mesmo tempo. E não é por não haver dois.

Nenhuma Marinha - muito menos uma pequena como a nossa - arrisca tal situação. Nada garante que um navio do porte de uma fragata - um porta-aviões é algo diferente - estará em condições para receber o segundo depois de um acidente...  Mas isso é o que os profissionais da Marinha acham! Uns pobres "ignorantes"?

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 04, 2019, 07:20:50 pm
Para ser claro: quando as fragatas embarcam dois helicópteros - e com apenas as Meko em serviço isso era mais recorrente - eles não voam ao mesmo tempo. E não é por não haver dois.

Nenhuma Marinha - muito menos uma pequena como a nossa - a nossa arrisca tal situação. Nada garante que um navio do porte de uma fragata - um porta-aviões é algo diferente - estará em condições para receber o segundo depois de um acidente...  Mas isso é o que os profissionais da Marinha acham! Uns pobres "ignorantes"?

Cumprimentos,
Pedro Monteiro

Um abraço,
Pedro Monteiro

Tem toda a razão sr Pedro Monteiro !

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Outubro 04, 2019, 10:37:05 pm
My 2 cents no assunto.

Temos tão poucos Lynx que a Marinha não se pode dar ao luxo de mandar um heli acidentado borda fora, assim se a Fragata só tiver com um heli, mesmo acidentado, é trazer para casa e ver se dá para voltar a pôr a voar.

Se a fragata tiver 2 helis, se estivessem os dois no ar, corria-se o perigo de perder ambos, o acidentado e o que ainda precisa de aterrar, se a Fragata só levar um é mais seguro para os aparelhos, o que ficou em Portugal está a salvo e o que ficou acidentado não precisa de ir borda fora.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lancero em Outubro 04, 2019, 11:47:42 pm
Os próprios decks só têm uma grelha para o gancho dos gelos agarrar (atual que tem um centro vermelho que vale uma rodada de cerveja). Isso sozinho explica que a doutrina é operar apenas um heli
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Outubro 05, 2019, 08:04:23 am
Eu pensava que a capacidade de embarcar 2 Lynx nas fragatas teria a ver com a importância de guerra ASW no tempo da guerra fria, submarinos Russos no Atlântico, etc. Pois com 2 helis ao seu dispor o comandante do navio tem mais respostas, poderia enviar 2 helis para sítios diferentes, ou teria a possibilidade de revezar os aparelhos ainda no ar numa missão prolongada, por exemplo, mas se afinal a doutrina é nunca estarem os dois no ar em simultâneo, parece-me que não trás grande vantagem possuir o segundo aparelho, só se for como aparelho de reserva, caso o primeiro aterre com avaria ou algum dano...

Pensava eu, que bastaria alguma coordenação para um único deck dar para 2 Lynx, teria que ter tempo de receber e recolher ao hangar o primeiro Lynx antes do segundo aterrar, mas percebo que essas manobras aumentem muito o risco para o segundo Lynx, enquanto a placa de aterragem está ocupada, o segundo Lynx  se tiver uma emergência não tem hipótese.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Pedro Monteiro em Outubro 05, 2019, 01:46:18 pm
Eu pensava que a capacidade de embarcar 2 Lynx nas fragatas teria a ver com a importância de guerra ASW no tempo da guerra fria, submarinos Russos no Atlântico, etc. Pois com 2 helis ao seu dispor o comandante do navio tem mais respostas, poderia enviar 2 helis para sítios diferentes, ou teria a possibilidade de revezar os aparelhos ainda no ar numa missão prolongada, por exemplo, mas se afinal a doutrina é nunca estarem os dois no ar em simultâneo, parece-me que não trás grande vantagem possuir o segundo aparelho, só se for como aparelho de reserva, caso o primeiro aterre com avaria ou algum dano...

Pensava eu, que bastaria alguma coordenação para um único deck dar para 2 Lynx, teria que ter tempo de receber e recolher ao hangar o primeiro Lynx antes do segundo aterrar, mas percebo que essas manobras aumentem muito o risco para o segundo Lynx, enquanto a placa de aterragem está ocupada, o segundo Lynx  se tiver uma emergência não tem hipótese.
Exacto, em tempos de paz não faz sentido realizar tais operações.

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: PereiraMarques em Outubro 08, 2019, 09:57:26 am
Despacho n.º 8943/2019 - Diário da República n.º 193/2019, Série II de 2019-10-08 125079535
Defesa Nacional - Gabinete do Ministro
Delegação de competências no Chefe do Estado-Maior da Armada Almirante António Maria Mendes Calado para assinatura do Protocolo de Cooperação Relativo ao Intercâmbio de Pilotos de Helicópteros Lynx MK95

https://dre.pt/web/guest/home/-/dre/125079535/details/maximized?serie=II&parte_filter=31&dreId=125079526
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Outubro 16, 2019, 05:13:59 pm
Ainda a propósito dos nossos Super Lynx Mk.95: enquanto estive ausente do fórum tive oportunidade de chegar à fala com um grupo de spotters britânico que opera no sul de Inglaterra e vai diversas vezes fotografar a Yeovil. Segundo eles, nem sabiam que lá estavam os aparelhos da Marinha pois nunca foram vistos, dentro ou fora dos hangares das instalações da Leonardo. Só os Super Lynx brasileiros, argelinos, HH-101 italianos, Merlins noruegueses e Wildcats para diversos clientes, e assim a caminho dos dois anos e meio da ida da(s) primeira(s) célula(s) para Yeovil ainda não foi reentregue qualquer aparelho.

Ué, cadê eles então? :o :mrgreen: ::)

(https://i2.wp.com/estrategiaglobal.blog.br/wp-content/uploads/2018/07/Super-Lynx-modernizado-na-3.jpg?fit=1200%2C675&ssl=1)



P.S. Se os nossos Mk.95A ficassem idênticos aos Mk.140 da Marinha Argelina já não era mauzito apesar de tudo...

(https://live.staticflickr.com/5616/15458566208_56049e3b6b_b.jpg)

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Outubro 18, 2019, 07:58:00 am
De acordo com o CM de hoje, parece que afinal a situação na EHM ainda é mais gritante do que se supunha.

https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/marinha-sem-helis-arrisca-perder-pilotos
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: sivispacem em Outubro 18, 2019, 08:05:11 am
De acordo com o CM de hoje, parece que afinal a situação na EHM ainda é mais gritante do que se supunha.

https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/marinha-sem-helis-arrisca-perder-pilotos

Mas quem foi a inteligência que geriu este programa de renovação dos Lynx?????
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 18, 2019, 08:18:17 am
Ora então vamos lá ver o que temos sobre essa matéria:

Apenas está a voar um dos 5 ‘hélis’ da Marinha
https://www.cmjornal.pt/exclusivos/detalhe/apenas-esta-a-voar-um-dos-5-helis-da-marinha (https://www.cmjornal.pt/exclusivos/detalhe/apenas-esta-a-voar-um-dos-5-helis-da-marinha)
Citar
Uma avaria, há duas semanas, deixou inoperacional o único ‘héli’ Lynx da esquadrilha de helicópteros da Marinha que se encontra em Portugal, amputando a cerimónia de ontem de uma exibição de voo. "Contamos que esteja reparado ainda esta semana", disse ao CM fonte da armada
Não consigo encontrar mais referencias nem ler o resto pois é acesso pago
A coisa estava mais ou menos já relatada na notícia da Lusa e que foi difundida por vários OCS, incluindo o CM:
Citar
No âmbito do processo de modernização iniciado em 2013, três dos cinco helicópteros da frota estão atualmente em Inglaterra para substituição dos motores, visando a extensão do ciclo de vida útil até ao final da próxima década, disse à Lusa o comandante da esquadrilha, Gonçalves Simões. Um outro helicóptero está embarcado na fragata portuguesa que integra a força de reação imediata da NATO no Báltico e um outro está a ser reparado de uma avaria, devendo estar pronto até ao final da semana, adiantou.
O que acho mal planeado é uma unidade com 05 helis ter, três aeronaves, 60% do total da frota, em modernização simultâneamente, aliás o resultado está há vista não temos nenhum heli operacional.
Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 18, 2019, 08:19:01 am
Continuando…..

Certo e nesta fase do "campeonato" não deve causar grande dano termos menos aeronaves operativas, pois provavelmente o que existe chega para os pilotos da frota manterem as qualificações necessárias.
E assim dentro de algum tempo o cenário inverte-se...teremos mais operativas e menos em modernização.
Qual fase do campeonato ????
Não termos uma única aeronave operacional para operar/embarcar ???
Se isso é positivo e normal, é um pouco estranho para não dizer mais, pois ainda temos quatro fragatas operacionais, mais uma unidade em MLU na Holanda, mas nenhum Heli para embarcar em caso de necessidade, mas que excelente planeamento !

Não teria sido preferível, no máximo, enviar dois Helis para a modernização de cada vez e um por último ???
Se assim fosse tínhamos sempre três unidades disponíveis ou operacionais e, a situação que agora decorre, não aconteceria, pois haveria dois lynx no Montijo, um em MNT e outro Operacional, além do terceiro, como acontece, em missão embarcado.

Abraços



Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 18, 2019, 08:19:48 am
Parte III

Certo e nesta fase do "campeonato" não deve causar grande dano termos menos aeronaves operativas, pois provavelmente o que existe chega para os pilotos da frota manterem as qualificações necessárias.
E assim dentro de algum tempo o cenário inverte-se...teremos mais operativas e menos em modernização.
Qual fase do campeonato ????
Não termos uma única aeronave operacional para operar/embarcar ???
Se isso é positivo e normal, é um pouco estranho para não dizer mais, pois ainda temos quatro fragatas operacionais, mais uma unidade em MLU na Holanda, mas nenhum Heli para embarcar em caso de necessidade, mas que excelente planeamento !

Não teria sido preferível, no máximo, enviar dois Helis para a modernização de cada vez e um por último ???
Se assim fosse tínhamos sempre três unidades disponíveis ou operacionais e, a situação que agora decorre, não aconteceria, pois haveria dois lynx no Montijo, um em MNT e outro Operacional, além do terceiro, como acontece, em missão embarcado.

Abraços
No âmbito do processo de modernização iniciado em 2013, três dos cinco helicópteros da frota estão atualmente em Inglaterra para substituição dos motores, visando a extensão do ciclo de vida útil até ao final da próxima década, disse à Lusa o comandante da esquadrilha, Gonçalves Simões. Um outro helicóptero está embarcado na fragata portuguesa que integra a força de reação imediata da NATO no Báltico e um outro está a ser reparado de uma avaria, devendo estar pronto até ao final da semana, adiantou.
sem comentários !!!!!
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 18, 2019, 08:20:30 am
mais um

Tenente qual a utilização que os hélis têm atualmente nas fragatas?

Então os helis não fazem parte integrante dos sistemas de combate que as nossas Fragatas possuem ??
Quando uma fragata FFH como as nossas está aprontada o heli deve estar embarcado/operacional, ou estarei errado ?.

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 18, 2019, 08:27:37 am
Mais um….

Cada vez percebo mais o que aquele 212 estava a fazer nas comemorações dos 25 anos da esquadrilha de helicópteros da Marinha (será aluguer, avença ou cortesia NATO o serviço ? ) ...  ;D ;) :P 8)

(https://thumbs.web.sapo.io/?epic=MzQxWYg0ssghPEj066gPGXvLy1K1ekcS2yDO9o3aaVNsPgHEXUd8+2QRNx0clQlo+MHJ/HyfibnPOjoS/KKW+rNGMKK5brlxUOg0D41MfPpHgEI=&W=800&H=0&delay_optim=1)

Saudações

Esta gente tem mesmo pontaria uma frota de cinco fragatas, quatro em estado operacional e não tem sequer um único heli operacional !!!!
Podiam ter aproveitado, e ter enviado as duas BD para efectuar os MLU's em simultâneo também, talvez se fossem ao mesmo tempo nos fizessem um desconto de quantidade ??!!
Valha-nos Santa Ingrácia, muito bom mesmo, é o que se chama um planeamento á tuga !

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 18, 2019, 08:28:23 am
E termino. por favor reparem nas datas destes posts.

Tenente qual a utilização que os hélis têm atualmente nas fragatas?

Então os helis não fazem parte integrante dos sistemas de combate que as nossas Fragatas possuem ??
Quando uma fragata FFH como as nossas está aprontada o heli deve estar embarcado/operacional, ou estarei errado ?.

Abraços

Estás correto, por isso, é que a que está com empenho operacional em missão tem o heli embarcado.
As restantes estão no Alfeite.
O héli restante foi forçado a uma reparação inopinada.

Ou seja, temos é poucos e precisam de modernização.

Eu sei que estou correcto como também sei que estou correcto quando afirmo que o planeamento na modernização dos helis está a ser mal efectuado, então com três Fragatas em território Nacional se necessitarmos de uma, apenas uma, não temos um heli para embarcar ????
Mas que lindo planeamento, nunca se pensa que algo pode correr menos bem como correu, quando o único heli disponível fica INOP ficamos com as calças na mão !!!
Mas esta situação só pode ser considerada normal, por quem decide e planeia, os helis já são muito poucos, e quem decide ainda acha normal colocar 60% da frota em modernização ao mesmo tempo, muito bom !!

Quando a FAP fizer os MLU's aos 101, se alguma vez for feito, se o planeamento for idêntico, então  colocamos 60% da frota, sete helis, em modernização em simultâneo e ficamos com cinco aeronaves a funcionar ????

Abraços

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Novembro 05, 2019, 09:00:26 am
Bom, finalmente ontem à noite consegui a confirmação de que o 19202, 19204 e 19205 estão a ser alvo do upgrade dentro dos hangares da Leonardo, em Yeovil, sem porém ter obtido o número de cauda do quarto aparelho que o Sérgio Vitorino adiantou num recente artigo no CM. Bastará contudo obter imagens do Super Lynx que se encontra com a D. Francisco de Almeida na SNMG1 e está o enigma resolvido.

De acordo com a minha fonte o processo de modernização estará a correr bem, se bem que algo lento pois estão quase a passar dois anos e meio que as primeiras 3 células foram enviadas para o Reino Unido. As razões da lentidão prender-se-ão sobretudo com (sic) "constantes exigências e hesitações por parte da Marinha Portuguesa"... ó raio, onde é que eu já ouvi isto?  ::)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Novembro 05, 2019, 09:39:55 am
Será que alguém nos ouviu e vão colocar FLIR em todos os aparelhos? O mais provável é a colocação de equipamentos “ocos”, como nas fragatas.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Novembro 05, 2019, 10:05:37 am
Será que alguém nos ouviu e vão colocar FLIR em todos os aparelhos? O mais provável é a colocação de equipamentos “ocos”, como nas fragatas.

Será que olharam para os helis brasileiros e ficaram todos invejosos?  :mrgreen:

(https://airway.uol.com.br/wp-content/uploads/2017/09/SuperLynx_01-960x640.jpg)


Ou isso ou ainda saem mas é de lá transformados em Wildcat!  :jok:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Novembro 05, 2019, 10:21:27 am
Bom, finalmente ontem à noite consegui a confirmação de que o 19202, 19204 e 19205 estão a ser alvo do upgrade dentro dos hangares da Leonardo, em Yeovil, sem porém ter obtido o número de cauda do quarto aparelho que o Sérgio Vitorino adiantou num recente artigo no CM. Bastará contudo obter imagens do Super Lynx que se encontra com a D. Francisco de Almeida na SNMG1 e está o enigma resolvido.

De acordo com a minha fonte o processo de modernização estará a correr bem, se bem que algo lento pois estão quase a passar dois anos e meio que as primeiras 3 células foram enviadas para o Reino Unido. As razões da lentidão prender-se-ão sobretudo com (sic) "constantes exigências e hesitações por parte da Marinha Portuguesa"... ó raio, onde é que eu já ouvi isto?  ::)

Esta situação é deploravel ! De certeza que haverá responsaveis por termos estado mais de dois anos e meio com apenas 40% da frota lynx em Portugal e nem mesmo esses dois lynx estiveram operacionais durante esse periodo.
 Os interesses Nacionais nao foram acautelados essa é que é a verdade um dos exemplos é a simples qualificação dos pilotos da EHM, tão simples quanto isso ninguém responsavel, se é que há, se lembrou do elemento Humano nesta equação.
Ainda falamos nós em LPD, FRAGATAS XPTO, melhorar os NPO, mais um 214, quando a imensidão de almirantes e afins não conseguem gerir a mini frota que ainda vamos tendo.
Grande exemplo de planeanento coordenação e gestão num simples mlu de cinco helis.

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Dezembro 05, 2019, 07:43:21 pm
Finalmente um update: de acordo com as minhas fontes estará para breve o primeiro voo do Mk.95A "19204" em Yeovil.  ;)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Dezembro 05, 2019, 07:56:10 pm
Finalmente um update: de acordo com as minhas fontes estará para breve o primeiro voo do Mk.95A "19204" em Yeovil.  ;)

Essa treta do upgrade para estar a demorar tanto tempo, deve ter sido feito apenas aos fins de semana e feriados !!!! ::)

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Dezembro 05, 2019, 11:21:36 pm
Os bifes já estão escaldados e só devem bulir quando recebem pagamentos por parte do cliente.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Dezembro 06, 2019, 12:22:02 am
Finalmente um update: de acordo com as minhas fontes estará para breve o primeiro voo do Mk.95A "19204" em Yeovil.  ;)

Se fosse visto a voar com um FLIR no nariz é que era!
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Dezembro 06, 2019, 10:33:30 am
Finalmente um update: de acordo com as minhas fontes estará para breve o primeiro voo do Mk.95A "19204" em Yeovil.  ;)

Essa treta do upgrade para estar a demorar tanto tempo, deve ter sido feito apenas aos fins de semana e feriados !!!! ::)

Abraços

É como encher mastros ocos com ar   :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Janeiro 03, 2020, 11:19:25 am
Está iminente o primeiro voo de teste do modernizado 19204. ;)

(https://cdn.olhares.pt/client/files/foto/big/196/1960515.jpg)



P.S. O que gostaríamos de vir a ver:

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.cavok.com.br%2Fblog%2Fwp-content%2Fuploads%2F2019%2F01%2FHNW0449.jpg%3Fw%3D300&hash=57a0f3fd2c84a94a23a6aa25a8bec51f)


O que muito provavelmente se verá:

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.milpower.org%2Fimg%2Faircrafts%2Fa03062_001.jpg&hash=5bbe9083ee2cb652d606388f374810a9)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Janeiro 03, 2020, 11:20:53 am
Está iminente o primeiro voo de teste do modernizado 19204. ;)

(https://cdn.olhares.pt/client/files/foto/big/196/1960515.jpg)



P.S. O que gostaríamos de vir a ver:

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.cavok.com.br%2Fblog%2Fwp-content%2Fuploads%2F2019%2F01%2FHNW0449.jpg%3Fw%3D300&hash=57a0f3fd2c84a94a23a6aa25a8bec51f)


O que muito provavelmente se verá:

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.milpower.org%2Fimg%2Faircrafts%2Fa03062_001.jpg&hash=5bbe9083ee2cb652d606388f374810a9)

e durante mais uns quinze anos, no mínimo !!!

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Janeiro 03, 2020, 01:53:03 pm
Está iminente o primeiro voo de teste do modernizado 19204. ;)

(https://cdn.olhares.pt/client/files/foto/big/196/1960515.jpg)



P.S. O que gostaríamos de vir a ver:

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.cavok.com.br%2Fblog%2Fwp-content%2Fuploads%2F2019%2F01%2FHNW0449.jpg%3Fw%3D300&hash=57a0f3fd2c84a94a23a6aa25a8bec51f)


O que muito provavelmente se verá:

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.milpower.org%2Fimg%2Faircrafts%2Fa03062_001.jpg&hash=5bbe9083ee2cb652d606388f374810a9)

Oxalá estejas enganado e o vejamos com o FLIR instalado. Seria uma bela surpresa de início de ano.  :-P
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Red Baron em Janeiro 03, 2020, 02:00:37 pm
Pelo tempo que esta a demorar, estão a fazer a conversão para Wildcat.
(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/c/cd/Blackcat_Formation_-_RAF_Waddington._05-7-2014_%2814580899242%29.jpg/800px-Blackcat_Formation_-_RAF_Waddington._05-7-2014_%2814580899242%29.jpg)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Janeiro 03, 2020, 04:02:47 pm
Será que ficaria assim tão caro comprar mais uns 02 ou 03 HMA8, mais sensores usados (FLIR, defense aids, etc.) para os restantes 05 Super Lynx, à Royal Navy? 20 milhões deviam chegar. Alguém avise o MDN e o Centeno.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: MATRA em Janeiro 06, 2020, 10:04:06 am
Mais alguma noticia (cof...foto...cof..) do primeiro teste?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Janeiro 06, 2020, 11:20:02 am
Mais alguma noticia (cof...foto...cof..) do primeiro teste?

Nope, nada para já. E se perguntares à Marinha então nem sequer te respondem.

O nível de secretismo bacoco que continua a imperar no seio das nossas Forças Armadas é hilariante.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: MATRA em Janeiro 06, 2020, 11:43:11 am
Mais alguma noticia (cof...foto...cof..) do primeiro teste?

Nope, nada para já. E se perguntares à Marinha então nem sequer te respondem.

O nível de secretismo bacoco que continua a imperar no seio das nossas Forças Armadas é hilariante.

Vamos saber mais do B21 nos próximos tempos, do que os MLU´s das forças armadas Portuguesas.

Típico de um país que tenta esconder o verdadeiro deficit tecnológico/quantitativo, em relação aos seus pares/adversários, assim tipo... o Irão  ::)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Janeiro 06, 2020, 01:10:43 pm
Mais alguma noticia (cof...foto...cof..) do primeiro teste?

Nope, nada para já. E se perguntares à Marinha então nem sequer te respondem.

O nível de secretismo bacoco que continua a imperar no seio das nossas Forças Armadas é hilariante.

Estão a transformar os Lynx em TIE Fighters, pois!

Apoia garotão!
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Janeiro 10, 2020, 12:01:46 pm
Pelo tempo que esta a demorar, estão a fazer a conversão para Wildcat.

Pelo menos 3 ou 4 Wildcat de certeza absoluta.

Há por esta altura rumores contraditórios vindos de Yeovil que referem que o atraso no programa de modernização dos nossos Mk.95 se pode estar a dever a uma de duas causas: primeiro, que se encontraram problemas de corrosão nas células mais acentuados do que o esperado (à semelhança, por exemplo, com o que sucedeu com os Super Lynx brasileiros), e segundo que a Marinha pode ter mudado alguns requisitos e querido acrescentar mais qualquer coisa aos aparelhos para além do que estava inicialmente previsto, tal como adiantei aqui no início de Novembro.

De acordo com a minha fonte o processo de modernização estará a correr bem, se bem que algo lento pois estão quase a passar dois anos e meio que as primeiras 3 células foram enviadas para o Reino Unido. As razões da lentidão prender-se-ão sobretudo com (sic) "constantes exigências e hesitações por parte da Marinha Portuguesa"... ó raio, onde é que eu já ouvi isto?  ::)

 Seja como for, é certo que só haverá certezas aquando do primeiro voo que em princípio deveria, ou deverá, estar para breve.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Major Alvega em Janeiro 10, 2020, 12:41:59 pm
"constantes exigências e hesitações por parte da Marinha Portuguesa"

Provavelmente essas hesitações têm a ver com a "mudança do paradigma operacional e tactico nos novos desafios e ameaças do séc. XXI no quadro da Aliança Atlântica e do conceito geo-estratégico de Portugal no âmbito das missões internacionais inseridas no âmbito da plataforma continental etc etc"

Tanta merda para mudar um cockpit e os motores a 3 helis com quase 30 anos e 2 com 40 anos. Quando já deviam ter sido abatidos ao serviço há imenso tempo.

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Janeiro 10, 2020, 01:09:04 pm
Nas fragatas é o mastro oco... no Lynx o que pode ficar oco para se poupar dinheiro? Talvez descartar um dos motores?  :mrgreen:

Há por esta altura rumores contraditórios vindos de Yeovil que referem que o atraso no programa de modernização dos nossos Mk.95 se pode estar a dever a uma de duas causas: primeiro, que se encontraram problemas de corrosão nas células mais acentuados do que o esperado (à semelhança, por exemplo, com o que sucedeu com os Super Lynx brasileiros), e segundo que a Marinha pode ter mudado alguns requisitos e querido acrescentar mais qualquer coisa aos aparelhos para além do que estava inicialmente previsto, tal como adiantei aqui no início de Novembro.

De acordo com a minha fonte o processo de modernização estará a correr bem, se bem que algo lento pois estão quase a passar dois anos e meio que as primeiras 3 células foram enviadas para o Reino Unido. As razões da lentidão prender-se-ão sobretudo com (sic) "constantes exigências e hesitações por parte da Marinha Portuguesa"... ó raio, onde é que eu já ouvi isto?  ::)

 Seja como for, é certo que só haverá certezas aquando do primeiro voo que em princípio deveria, ou deverá, estar para breve.

Sendo para já só rumores, acredito mais no primeiro do que no segundo. Talvez até um misto dos dois. Agora, "acrescentar alguma coisa"... da maneira que estão as coisas, duvido, mas não me importava de estar enganado e ver os nossos com os FLIR.
Aguardemos pelo primeiro voo e que haja spotters atentos.  :G-beer2:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Janeiro 10, 2020, 03:30:50 pm
Será que estão a dar alguma consideração ao pessoal da má-língua?  :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Janeiro 10, 2020, 07:28:39 pm
Será que ficaria assim tão caro comprar mais uns 02 ou 03 HMA8, mais sensores usados (FLIR, defense aids, etc.) para os restantes 05 Super Lynx, à Royal Navy? 20 milhões deviam chegar. Alguém avise o MDN e o Centeno.

O centelho já deu ordens para se poupar, pois os F35 são muito caros !!!

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: MATRA em Janeiro 13, 2020, 04:30:08 pm
Citar
The @MarinhaPT
 is soon to receive the first of five updated Super Lynx Mk95 multi-role helicopters. The fleet acquired in1993 is fielded by the Esquadrilha de Helicópteros da Marinha is being modernized by Leonardo Helicopters with a new engine, rescue hoist system and more.
https://twitter.com/Defence360/status/1216757360380825611
(https://pbs.twimg.com/media/EOLKWdpW4AYV3mP?format=jpg&name=4096x4096)

Alguem consegue dizer se a foto é do "novo"?

O CJ falou do 19204 este é o 19202, mas sei la já é o desespero de ver alguma coisa nova.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Janeiro 13, 2020, 05:11:23 pm
Os modernizados não terão os escapes diferentes como os desta foto postada anteriormente neste tópico?

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.milpower.org%2Fimg%2Faircrafts%2Fa03062_001.jpg&hash=5bbe9083ee2cb652d606388f374810a9)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Janeiro 13, 2020, 05:14:22 pm
Citar
The @MarinhaPT
 is soon to receive the first of five updated Super Lynx Mk95 multi-role helicopters. The fleet acquired in1993 is fielded by the Esquadrilha de Helicópteros da Marinha is being modernized by Leonardo Helicopters with a new engine, rescue hoist system and more.
https://twitter.com/Defence360/status/1216757360380825611
(https://pbs.twimg.com/media/EOLKWdpW4AYV3mP?format=jpg&name=4096x4096)

Alguem consegue dizer se a foto é do "novo"?

O CJ falou do 19204 este é o 19202, mas sei la já é o desespero de ver alguma coisa nova.

Não me parece nada pois a motorização dos nossos será a mesma dos dos Brazucas e as entradas de Ar e os escapes são muito diferentes tal como o volume dos motores, que é muito maior e fica mais saliente da fuselagem.
Compara a foto do nosso com os dos Brasileiros, duas primeiras fotos, antes de serem modificados.

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/921/StHGr3.jpg) (https://imageshack.com/i/plStHGr3j)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/921/JPdoNs.jpg) (https://imageshack.com/i/plJPdoNsj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/924/5SHf3D.jpg) (https://imageshack.com/i/po5SHf3Dj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/924/4zPkTD.jpg) (https://imageshack.com/i/po4zPkTDj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/921/jCr8WN.jpg) (https://imageshack.com/i/pljCr8WNj)

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: MATRA em Janeiro 13, 2020, 05:44:10 pm
Ah! Obrigado pelo esclarecimento.

Aguardemos por noticias então, parece já não faltar muito.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Janeiro 13, 2020, 05:48:52 pm
Ah! Obrigado pelo esclarecimento.

Aguardemos por noticias então, parece já não faltar muito.

Eu tenho esperança que a Marinha tenha conseguido incluir o FLIR no MLU dos cinco helis.

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: MATRA em Janeiro 13, 2020, 06:41:48 pm
Ah! Obrigado pelo esclarecimento.

Aguardemos por noticias então, parece já não faltar muito.

Eu tenho esperança que a Marinha tenha conseguido incluir o FLIR no MLU dos cinco helis.

Abraços

Nem mais tenente, era um sinal de visão por parte do responsáveis, ah pera...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Janeiro 13, 2020, 06:43:52 pm
Calma, ainda não foi desta. A foto que ilustra o tweet do Victor é de arquivo, mas estará para breve. ;)
 
Pode ser que o "more" que ele refere seja o FLIR, vamos ver, muito embora eu tenha as minhas dúvidas.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Stalker79 em Janeiro 13, 2020, 06:47:52 pm
Calma, ainda não foi desta. A foto que ilustra o tweet do Victor é de arquivo, mas estará para breve. ;)
 
Pode ser que o "more" que ele refere seja o FLIR, vamos ver, muito embora eu tenha as minhas dúvidas.

Eu não percebo a reluctancia do MDN em colocar o FLIR nos Lynx´s. É um equipamento mais que util e não é tão caro quanto isso.
Já vi sensores da L3 por cerca de 100 mil €. Não me digam que é isso que partia o banco...
 :-P
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Red Baron em Janeiro 13, 2020, 07:38:30 pm
Com o novo Cockpit não existe nenhuma razão para não ter o FLIR.
(https://www.leonardocompany.com/o/adaptive-media/image/5649028/w_960/Lynx%202%20%281%29.jpg?t=1553102697132)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Janeiro 13, 2020, 09:57:37 pm
Eu não percebo a reluctancia do MDN em colocar o FLIR nos Lynx´s. É um equipamento mais que util e não é tão caro quanto isso.
Já vi sensores da L3 por cerca de 100 mil €. Não me digam que é isso que partia o banco...
 :-P

Não acho que seja relutância nenhuma, mas sim a habitual falta de vontade.  :bang:
Mas pode ser que me provem errado.  ::)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Janeiro 14, 2020, 01:02:49 pm
Às tantas o FLIR não é padrão NATO.  :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Stalker79 em Janeiro 14, 2020, 02:09:44 pm
Às tantas o FLIR não é padrão NATO.  :mrgreen:

Ou o mais certo é ser muito grande....
Já viram? Aquela bola enorme na frente do heli até prejudica a pilotagem e tudo.
 :-P
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Janeiro 14, 2020, 02:50:27 pm
Às tantas o FLIR não é padrão NATO.  :mrgreen:

é o mais certo, desse modo a culpa de não o incluirmos, não é nossa, é do padrão.

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: jpthiran em Janeiro 14, 2020, 03:09:35 pm
mas estes helis vão se dedicar à busca e salvamento ?...
diz que vão receber um "rescue hoist system"...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: MATRA em Janeiro 14, 2020, 03:09:53 pm
Os bifes devem ter paletes de FLIR dos seus Lynx lá num canto.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Janeiro 14, 2020, 03:10:40 pm
Às tantas o FLIR não é padrão NATO.  :mrgreen:

é o mais certo, desse modo a culpa de não o incluirmos, não é nossa, é do padrão.

Abraços

Se não for incluído é mais uma vez para poupar uns míseros cobres, e assim se vai enganando a malta. ::)


mas estes helis vão se dedicar à busca e salvamento ?...
diz que vão receber um "rescue hoist system"...

Será um sistema fixo e não retrátil como até agora possuíam, e busca e salvamento é uma das missões dos Super Lynx quando embarcados.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Janeiro 14, 2020, 03:22:21 pm
Os bifes devem ter paletes de FLIR dos seus Lynx lá num canto.

E será que alguém com responsabilidades pensou nessa opção MATRA ???
Eu acho que NÃO !!!!

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Janeiro 14, 2020, 03:35:29 pm
Os nossos não chegam mas, no entanto, os Brasileiros lá vão tendo o seu terceiro heli já modernizado, com Flir e tudo a que tem direito, valha-nos isso !!

The third AH-11B Wild Lynx for the @marmilbr Squadron HA-1 Lince of São Pedro da Aldeia Naval Air Base has arrived in Brazil. @Leonardo_live is modernizing eight AH-11A Super Lynx helicopters to the AH-11B Wild Lynx configuration.

https://twitter.com/Defence360/status/1217076421518135296

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Janeiro 14, 2020, 03:50:18 pm
Nem Flir nem Sea Skua...

(https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcQOTZzBpioWFfhbY3ZDyaamHd_z6tfxHwhZp9pG4OZBoDNfwMSN&s)

Saudações
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Janeiro 14, 2020, 04:20:31 pm
Os nossos não chegam mas, no entanto, os Brasileiros lá vão tendo o seu terceiro heli já modernizado, com Flir e tudo a que tem direito, valha-nos isso !!

The third AH-11B Wild Lynx for the @marmilbr Squadron HA-1 Lince of São Pedro da Aldeia Naval Air Base has arrived in Brazil. @Leonardo_live is modernizing eight AH-11A Super Lynx helicopters to the AH-11B Wild Lynx configuration.

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/924/QPP0Ss.jpg) (https://imageshack.com/i/poQPP0Ssj)

https://twitter.com/Defence360/status/1217076421518135296

Abraços


Realmente era só fazer copy paste. ::)

Lá está o guincho de resgate externo fixo, operado electricamente, que irá substituir o actual sistema retráctil também nos nossos helicópteros.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Janeiro 14, 2020, 04:23:07 pm
Este deve ter maior capacidade de carga, à custa de alguma perda aerodinâmica, como é óbvio.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Janeiro 14, 2020, 04:36:18 pm
Este deve ter maior capacidade de carga, à custa de alguma perda aerodinâmica, como é óbvio.

É o que se pretende. O retráctil semi-automático está desactualizado e não comporta tanto peso como por vezes é necessário, sobretudo no desembarque de fuzileiros.

E, a bem da verdade, um almirante depois de almoço pesa também sempre mais um bocado... ::)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Janeiro 14, 2020, 06:14:42 pm
mas estes helis vão se dedicar à busca e salvamento ?...
diz que vão receber um "rescue hoist system"...

Os Lynx sempre fizeram SAR, mas em proveito da fragata quando estão embarcados e afastados do país, não do sistema SAR nacional. A função de recuperador é efectuada por um mergulhador da armada, que também costumam ter um destacamento a bordo.

Exemplo:
https://www.publico.pt/2007/10/02/sociedade/noticia/iemen-helicoptero-da-marinha-portuguesa-procura-dois-desaparecidos-apos-erupcao-vulcanica-1306313

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: jpthiran em Janeiro 14, 2020, 06:56:41 pm
só comentei porque pedem umas coisas e depois montam outras!...
e eu achei estranho!
pedem FLIR que consideram essenciais e montam um gancho externo!...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: jpthiran em Janeiro 14, 2020, 06:57:42 pm
só comentei porque pedem umas coisas e depois montam outras!...
e eu achei estranho!
pedem FLIR que consideram essenciais e montam um gancho externo!...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Red Baron em Janeiro 14, 2020, 08:12:57 pm
Provavelmente o dinheiro que ia para os FLIR vai parar na modernização do simulador da Alemanha.  8)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Janeiro 16, 2020, 04:07:43 pm
Já voou o primeiro? Ou mantém-se em segredo de Estado para esconder o FLIR?  :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Janeiro 16, 2020, 06:31:23 pm
Isto é o que nos faz falta:
(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/922/zkeXmn.jpg) (https://imageshack.com/i/pmzkeXmnj)

isto é o que vamos tendo:
(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/922/sKnzRV.jpg) (https://imageshack.com/i/pmsKnzRVj)

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Janeiro 16, 2020, 08:05:37 pm
Se os nossos lynx tivessem opção para este modelo de rockets, até se podiam era arranjar mais uns cinco para CAS !! ;)
Eu escrevi CAS não tem nada a ver com os belos dos helis EvaKuativos !!! :mrgreen:

(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/921/xeI11M.jpg) (https://imageshack.com/i/plxeI11Mj)

Armament for the Lynx varied depending on the role it was to play. Anti-submarine versions had provision for 2 x torpedoes (Mk 44, Mk 46, A244S and Stingray types), 2 x Mk 11 depth charges and a dipping sonar system. Anti-surface variants could field 4 x anti-ship missiles (Sea Skua - British Navy / AS.12 wire-guided - French Navy). For basic army attack use, the aircraft could be fitted with x 20mm cannons (on fuselage sides), 2 x 70mm rocket pods or 8 x TOW anti-tank guided missiles (four launch tubes to a side) as required. For all other general purpose battlefield use, the Lynx could be defended with crew -operated pintle-mounted machine guns.

https://www.militaryfactory.com/aircraft/detail.asp?aircraft_id=94

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Janeiro 20, 2020, 01:25:00 pm
Estas quatro fotos tiradas recentemente na Leonardo em Yeovilton, sobre os upgrades a super lynx 300, poderão ser de algum dos nossos Lynx ou de algum dos Brasileiros.

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/Wlz3kG.jpg) (https://imageshack.com/i/pmWlz3kGj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/924/exerNZ.jpg) (https://imageshack.com/i/poexerNZj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/lGDenu.jpg) (https://imageshack.com/i/pnlGDenuj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/924/N0i1dI.jpg) (https://imageshack.com/i/poN0i1dIj)


Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Janeiro 20, 2020, 02:10:20 pm
Se a pintura dos da foto, já for a pintura final, podem ser os nossos, que são todos cinzentos, enquanto os helicópteros brasileiros têm o "capô" à frente do pára-brisas pintado em preto. Mas provavelmente não é a pintura final, logo pode não se aplicar esta diferenciação ainda.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: MATRA em Janeiro 20, 2020, 03:07:30 pm
Se a pintura dos da foto, já for a pintura final, podem ser os nossos, que são todos cinzentos, enquanto os helicópteros brasileiros têm o "capô" à frente do pára-brisas pintado em preto. Mas provavelmente não é a pintura final, logo pode não se aplicar esta diferenciação ainda.

Parece uma espécie de primário não?

O que é aquela bola vermelha atrás do roundel do Brasil? É que o da foto parece ter aquilo.
(https://www.naval.com.br/blog/wp-content/uploads/2018/07/N4004-First-Flight-21-June-2018-2.jpg)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Janeiro 20, 2020, 05:21:39 pm
São imagens das células brasileiras, tenente. Os nossos helis são como a BD em Den Helder, invisíveis.  ::)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Janeiro 20, 2020, 05:26:30 pm
São imagens das células brasileiras, tenente. Os nossos helis são como a BD em Den Helder, invisíveis.  ::)

Tens razão, os nossos são os shadow super lynx Mk. 95.

Abraço
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Janeiro 21, 2020, 01:56:01 pm
CJ, por falar em shadow lynx já há alguma novidade do primeiro heli upgraded ????

(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/922/4ESDt4.jpg) (https://imageshack.com/i/pm4ESDt4j)

é este, já armado para CAS ???? :banana: :banana: :banana: :banana:

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Janeiro 21, 2020, 02:56:57 pm
CJ, por falar em shadow lynx já há alguma novidade do primeiro heli upgraded ????

(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/922/4ESDt4.jpg) (https://imageshack.com/i/pm4ESDt4j)

é este, já armado para CAS ???? :banana: :banana: :banana: :banana:

Abraços

Nada vezes nada, tenente. É o primeiro Super Lynx modernizado e a BD, parece que estão a par e passo. Aliás, o Mendes Calado referiu isso precisamente naquele artigo recente da Jane's.

https://www.janes.com/images/assets/120/71120/Fleet_regeneration_Portugal_shapes_up_a_modern__balanced_fleet.pdf


Em Yeovil, por ora, só mesmo Wildcats a testarem novos ninhos de foguetes, e os Merlin noruegueses e HH-101 italianos.

Tanto tempo que dava quase para aparecer assim:

(https://pbs.twimg.com/media/ENvg6RCXUAAx22c?format=jpg&name=medium)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Janeiro 21, 2020, 03:32:38 pm
Vocês a postarem essas fotos assim até dão esperança ao pessoal.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Janeiro 21, 2020, 03:33:31 pm
CJ, por falar em shadow lynx já há alguma novidade do primeiro heli upgraded ????

(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/922/4ESDt4.jpg) (https://imageshack.com/i/pm4ESDt4j)

é este, já armado para CAS ???? :banana: :banana: :banana: :banana:

Abraços

Nada vezes nada, tenente. É o primeiro Super Lynx modernizado e a BD, parece que estão a par e passo. Aliás, o Mendes Calado referiu isso precisamente naquele artigo recente da Jane's.

https://www.janes.com/images/assets/120/71120/Fleet_regeneration_Portugal_shapes_up_a_modern__balanced_fleet.pdf


Em Yeovil, por ora, só mesmo Wildcats a testarem novos ninhos de foguetes, e os Merlin noruegueses e HH-101 italianos.

Tanto tempo que dava quase para aparecer assim:

(https://pbs.twimg.com/media/ENvg6RCXUAAx22c?format=jpg&name=medium)

Sem dúvida, e até pelo tempo que estão a demorar ás tantas em vez de virem os cinco que temos ainda vem é mais uns dois de prémio pela paciência demonstrada, aliás, AKA muito mau planeamento no calendário do mlu da frota !!

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Janeiro 21, 2020, 03:35:41 pm
Vocês a postarem essas fotos assim até dão esperança ao pessoal.

eu, mas sou só eu, continuo a apostar que os Lynx vem com Flir e não só……….. mas sou só eu e mai ninguém !!!!

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Janeiro 21, 2020, 03:47:49 pm
Vocês a postarem essas fotos assim até dão esperança ao pessoal.

eu, mas sou só eu, continuo a apostar que os Lynx vem com Flir e não só……….. mas sou só eu e mai ninguém !!!!

Abraços

Oxalá tenhas razão!
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Janeiro 21, 2020, 04:00:33 pm
Vocês a postarem essas fotos assim até dão esperança ao pessoal.

eu, mas sou só eu, continuo a apostar que os Lynx vem com Flir e não só……….. mas sou só eu e mai ninguém !!!!

Abraços

Oxalá tenhas razão!

poderei não ter razão mas até vermos o primeiro pronto, tenho muita Esperança que o bom senso prevaleça, quanto ao que o MLU contempla  !!!

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: MATRA em Janeiro 24, 2020, 04:03:11 pm
Para os lados de Yeovil, voa tudo menos o nosso Lynx.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: oi661114 em Janeiro 24, 2020, 04:12:11 pm
Para os lados de Yeovil, voa tudo menos o nosso Lynx.

Cá para mim ainda não decidiram o que fazer com os helis! Se calhar ainda vão de vela e são substituídos pelos 6 que querem comprar...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Janeiro 24, 2020, 04:16:25 pm
Não. Os que vão ser adquiridos cujo o número ainda é incerto, não são ASW e as fragatas não têm hangar para eles (VdG, necessitaria de modificações) ou precisam em princípio de reforço no convés de voo (BD).

Confesso que quando vi este tópico com mensagens novas, tive um pouco de esperança de uma foto do helicóptero, mas para meu desapontamento, nada.  :'(
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Janeiro 24, 2020, 04:24:53 pm
Para os lados de Yeovil, voa tudo menos o nosso Lynx.

Pois, nada de nada. Também as condições atmosféricas não serão as melhores com muito gelo e nevoeiro por estes dias, o que não invalida apesar de tudo a estranheza de tamanho atraso na entrega da primeira célula modernizada. E tendo em conta que após o primeiro voo a(s) aeronave(s) terão forçosamente de entrar num período de testes, na melhor das hipóteses a chegada à EHM caso o voo se desse agora estaria aprazado para algo como meados a finais da Primavera, princípio do Verão. É mais um derrapanço à portuguesa, com certeza... ::)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: MATRA em Janeiro 24, 2020, 04:25:35 pm
Não. Os que vão ser adquiridos cujo o número ainda é incerto, não são ASW e as fragatas não têm hangar para eles (VdG, necessitaria de modificações) ou precisam em princípio de reforço no convés de voo (BD).

Confesso que quando vi este tópico com mensagens novas, tive um pouco de esperança de uma foto do helicóptero, mas para meu desapontamento, nada.  :'(

Desculpa DC  :(, tenho andado no FR24 a ver se alguma coisa se passa, e tenho um amigo em Sherborne, ou la como se chama, perto de Yeovil que muitas vezes vai para aqueles lados, ainda hoje viu um AW qualquer a sair de lá, mas diz que tem andado muito calmo. mas claro os voos podem nem ter traking, e o nosso pode até já ter voado. Pode ser as fontes do CJ saibam mais qualquer coisa.

Até o Victor Barreira anunciou que era para breve a entrega, e nada.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Janeiro 27, 2020, 05:54:48 pm
Só para dizer que esta manhã na placa principal em Yeovil foi avistado o 19204, com o número de cauda português tapado e ostentando o anterior registo britânico ZH583. Aguardo confirmação se veio apenas apanhar ar, se está em preparativos para efectuar o primeiro voo ou mesmo se voou esta tarde. ;)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: MATRA em Janeiro 27, 2020, 06:08:13 pm
Oh diacho!  :)

Fotos é que era  ;D
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Janeiro 27, 2020, 06:44:13 pm
Só para dizer que esta manhã na placa principal em Yeovil foi avistado o 19204, com o número de cauda português tapado e ostentando o anterior registo britânico ZH583. Aguardo confirmação se veio apenas apanhar ar, se está em preparativos para efectuar o primeiro voo ou mesmo se voou esta tarde. ;)

CJ eu amanhã bem cedinho, estou na luta às  05:00, vou chekar pelo callsign e pela matrícula Britânica se se passou algo com o nosso lynx.

Abraço
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Janeiro 28, 2020, 08:23:13 am
CJ, Não consegui detectar o 204 nem no ar nem no solo, pelo que fui vendo quando os helis efectuam test flights usam o callsign  - westland01, 02, 03...
Pelo que parece apenas ground checks foram efectuados pelo 19204, mas tú sabes melhor que eu……. ;).

ZH583 LYNX Portugal Serial covered up
It's Portuguese Navy 19204. Has she flown?
Not yet looks like function checks

https://www.fightercontrol.co.uk/forum/viewtopic.php?f=40&t=180399&start=160#p1155279

Vou continuando a busca pelo shadow heli.

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Janeiro 28, 2020, 08:47:25 am
Ground checks indeed.  ;)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Janeiro 28, 2020, 10:08:41 am
Mais um com cloaking shield queres ver...

É hilariante, conseguimos mais fotos de navios e novos projetos da Marinha Chinesa do que da super-hiper-mega-secreta MP  :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Janeiro 28, 2020, 10:14:53 am
Ground checks indeed.  ;)

Não sei porque veio-me à cabeça este filme...  :-P ;D

(https://en.notrecinema.com/images/cache/the-jewel-of-the-nile-wallpaper_462737_4824.jpg)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fmovie-roulette.com%2Fphotos_big%2Fthe-jewel-of-the-nile-5-1.jpeg&hash=4adb737ac3d01e133f9f98426eaf38c8)

(https://pics.imcdb.org/3890/vlcsnap-2013-04-07-18h05m25s103.jpg)

(https://pics.imcdb.org/3890/vlcsnap-2013-04-07-18h03m35s12.jpg)

(https://pics.imcdb.org/0is108/bscap0143xp.7579.jpg)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.imfdb.org%2Fimages%2Fthumb%2Fe%2Fe0%2FJewel017.jpg%2F600px-Jewel017.jpg&hash=69ade2ed78c14978505de20115618339)

(https://qph.fs.quoracdn.net/main-qimg-80db335f460cc11dee3fcc3183f441ff)

Saudações  :mrgreen: :mrgreen:

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Janeiro 28, 2020, 10:28:16 am
Mafets, és mesmo mauzinho !!!

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Janeiro 28, 2020, 11:31:20 am
A mim veio-me à cabeça o "ground check" do Merlin norueguês há mais de 2 anos.  :mrgreen:

(https://sa.mnocdn.no/images/ade5b23a-7207-4179-917b-56bd17c44d96?fit=crop&q=80&w=2048)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Janeiro 28, 2020, 12:04:04 pm
Ground checks indeed.  ;)

Não sei porque veio-me à cabeça este filme...  :-P ;D

(https://en.notrecinema.com/images/cache/the-jewel-of-the-nile-wallpaper_462737_4824.jpg)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fmovie-roulette.com%2Fphotos_big%2Fthe-jewel-of-the-nile-5-1.jpeg&hash=4adb737ac3d01e133f9f98426eaf38c8)

(https://pics.imcdb.org/3890/vlcsnap-2013-04-07-18h05m25s103.jpg)

(https://pics.imcdb.org/3890/vlcsnap-2013-04-07-18h03m35s12.jpg)

(https://pics.imcdb.org/0is108/bscap0143xp.7579.jpg)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.imfdb.org%2Fimages%2Fthumb%2Fe%2Fe0%2FJewel017.jpg%2F600px-Jewel017.jpg&hash=69ade2ed78c14978505de20115618339)

(https://qph.fs.quoracdn.net/main-qimg-80db335f460cc11dee3fcc3183f441ff)

Saudações  :mrgreen: :mrgreen:

A canopy de vidro desse "F-16" é uma autêntica atrocidade.  :o Felizmente o verdadeiro tem a belíssima canopy desobstruída.

E vocês não percebem nada, os "ground checks" eram eles a testar o ataque ao solo.  :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 02, 2020, 09:46:52 am
Na Westland, em Yeovil, nada de novo acerca dos nossos lynx.  :sil:

https://www.fightercontrol.co.uk/forum/viewtopic.php?f=40&t=180399&sid=ccccf62099793277748b3b7db13e7d95&start=180

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 03, 2020, 10:17:57 pm
mais um dia se passou sem que alguém em Yeovil avistasse ou eu tivesse detectado no FR algum voo dos MK95.
Sempre alerta !

Abraços

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 04, 2020, 04:49:08 pm
Uma pergunta um tanto ou quanto estúpida, alguém me sabe dizer se quando do abate dos Lynx da RN, quase há dois anos, não teria sido melhor, tentar encontrar umas duas células, em melhor estado, se calhar até melhores que as nossas, para a Marinha ir usando até começar a receber os nossos lynx já melhorados ???

É que a brincar a brincar em junho fará três anos que os helis andam por terras de sua majestade a encanar a perna á rã !

https://photographingnorth.wordpress.com/2017/02/09/royal-navys-lynx-head-off-into-retirement/

Aeronaves avistadas ontem em Yeovil:

ZH831 Merlin HMA2 (AEW)
ZH864\70 Merlin HMA2 (AEW) 1st Flight as an AEW
ZZ108 Merlin Mk612
ZZ415 Wildcat HMA
ZZ Wildcat HMA towed into hangar
ZZ378 Wildcat HMA

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Fevereiro 04, 2020, 10:11:08 pm
Se forem muito diferentes dos nossos podia implicar enviar pessoal piloto e de manutenção para receber formação no modelo britânico, se tiver componentes diferentes também implica a compra de spares diferentes.

Depois vinham os nossos Lynx modernizados e toca a repetir tudo de novo pois são diferentes dos britânicos lol.

Por norma como as modernizados são graduais (estou a pensar no caso do F16 MLU), de modo que haja sempre meios disponíveis para cumprir as missões habituais, até estar tudo modernizado. Os Lynx são poucos, por isso nunca deveriam ter ido tantos, no máximo 2 ao mesmo tempo, talvez tenha sido número mínimo imposto pela fábrica, por exemplo a "modernização" dos C-130 acho que é um de cada vez.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Fevereiro 05, 2020, 01:33:43 am
Tás maluco pá! Então esses Lynx vinham equipados com FLIR e depois como é que as "chefias' explicavam a ausência de tal equipamento nos nossos Lynx?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 05, 2020, 08:58:19 am
Tás maluco pá! Então esses Lynx vinham equipados com FLIR e depois como é que as "chefias' explicavam a ausência de tal equipamento nos nossos Lynx?

é que nem tinham de explicar nada, tirávamos os flir dos dos Bifes e colocávamos nos nossos, ou, pura e simplesmente internávamos os helis emprestados, e alegávamos que com o Brexit, era caro demais o transporte dos mesmos para os devolver, alegávamos problemas técnicos nas turbinas, por exemplo. :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 06, 2020, 10:22:27 am
Movimentações de aeronaves em Yeovil ontem. Nada de lynx mk95

Wednesday 5th

 ZH831 Merlin HMA2 (AEW) Outside hangar
 ZH864\70 Merlin HMA2 (AEW) Flew as WHE06
 ZJ118\B Merlin MK4
 ZJ995\AD Merlin MK4A Flew as WHE02
 ZZ10(3\7) AW101 MK 612 Flew at 1630
 ZZ415 Wildcat HMA
 ZZ378 Wildcat HMA
 ZZ379 Wildcat HMA Next to new building 09 end

https://www.fightercontrol.co.uk/forum/viewtopic.php?t=180399&start=180

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Fevereiro 06, 2020, 11:41:13 am
Movimentações de aeronaves em Yeovil ontem. Nada de lynx mk95

Wednesday 5th

 ZH831 Merlin HMA2 (AEW) Outside hangar
 ZH864\70 Merlin HMA2 (AEW) Flew as WHE06
 ZJ118\B Merlin MK4
 ZJ995\AD Merlin MK4A Flew as WHE02
 ZZ10(3\7) AW101 MK 612 Flew at 1630
 ZZ415 Wildcat HMA
 ZZ378 Wildcat HMA
 ZZ379 Wildcat HMA Next to new building 09 end

https://www.fightercontrol.co.uk/forum/viewtopic.php?t=180399&start=180

Abraços
Na volta foram vendidos para comprar o Seawatcher...  :mrgreen: :mrgreen:

(https://thaimilitaryandasianregion.files.wordpress.com/2015/12/screenshotatuploadcc_1513628710714.png)

Cumprimentos  c56x1 c56x1

P.S. O excedente deve ter dado para uns 5 Seaking ou 8 Wasp...  :mrgreen: :mrgreen:

(https://www.theglobeandmail.com/resizer/n_Jx0b6o0zDmrGrm-L-cclwjkI0=/1200x0/filters:quality(80)/arc-anglerfish-tgam-prod-tgam.s3.amazonaws.com/public/4WMRWPJWXFA3RHZB2KQFORHDD4)

(https://i.pinimg.com/originals/58/a6/25/58a6257f3144a79cd83850888560841d.jpg)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Fevereiro 06, 2020, 12:33:35 pm
Tudo preparado para o primeiro voo do 19204.  :)

Citar
Thursday 6 Feb 2020 - 09:55
Out on a chilly ramp this morning were:

ZZ107 Merlin for Norway
ZH583 Lynx MK95/A/B? - Full Portugese mkgs, UK roundel and serial on rear fuselage, Portugese serial taped over. Looks ready for flight.


Edit: ainda não voou, poderá ser esta tarde ou amanhã consoante as condições atmosféricas. No site, Twitter e Instagram da Leonardo UK e Leonardo Helicopters não aparece ainda nenhuma informação ou imagem.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Fevereiro 06, 2020, 01:08:24 pm
Finalmente, descobriram a frequência certa para detectar o dito helicóptero "stealth"!

"Hope for the best, prepare for the worst", é o meu lema neste caso. Espero que tenha FLIR, mas não aposto com toda a confiança nisos.  ::)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: MATRA em Fevereiro 06, 2020, 03:02:17 pm
Os da marinha do Brasil tinham FLIR antes do MLU?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: nelson38899 em Fevereiro 06, 2020, 03:08:41 pm
Os da marinha do Brasil tinham FLIR antes do MLU?

Se não me engano eram iguais aos nossos.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Fevereiro 06, 2020, 03:19:47 pm
Pelo menos antes da modernização dos motores, alguns tinham:
(https://www.naval.com.br/blog/wp-content/uploads/2018/06/Super-Lynx-da-MB.jpg)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Fevereiro 06, 2020, 03:59:22 pm
Os da marinha do Brasil tinham FLIR antes do MLU?

Se não me engano eram iguais aos nossos.

O primeiro lote inicialmente não tinha FLIR (Lynx HAS.2 mais tarde modernizados para Super Lynx), o segundo lote de Super Lynx já tinha.

http://www.operacional.pt/modernizacao-dos-lynx-na-marinha-brasileira/
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 06, 2020, 05:52:36 pm
Os da marinha do Brasil tinham FLIR antes do MLU?

apenas quatro tinham.

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 06, 2020, 06:21:04 pm
Tudo preparado para o primeiro voo do 19204.  :)

Citar
Thursday 6 Feb 2020 - 09:55
Out on a chilly ramp this morning were:

ZZ107 Merlin for Norway
ZH583 Lynx MK95/A/B? - Full Portugese mkgs, UK roundel and serial on rear fuselage, Portugese serial taped over. Looks ready for flight.


Edit: ainda não voou, poderá ser esta tarde ou amanhã consoante as condições atmosféricas. No site, Twitter e Instagram da Leonardo UK e Leonardo Helicopters não aparece ainda nenhuma informação ou imagem.

CJ o 204 hoje até ás 18:15 não voou.
Provavelmente amanha ira efectuar um voo de teste, logo de manhã, se não houver nevoeiro como hoje na zona de Londres houve com fartura.

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Fevereiro 06, 2020, 11:37:29 pm
Numa manhã de nevoeiro? Assim até que devia ser o primeiro voo, algo nostálgico o Lynx ser visto pela primeira vez numa manhã de nevoeiro.  :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 07, 2020, 07:20:59 am
Numa manhã de nevoeiro? Assim até que devia ser o primeiro voo, algo nostálgico o Lynx ser visto pela primeira vez numa manhã de nevoeiro.  :mrgreen:

se estiver LVO é mais fácil camuflar a falta do FLIR. ::)

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 07, 2020, 10:32:39 am
Bem em Yeovil o tempo está bom nada impede o nosso heli de se aventurar no espaço aéreo Britânico para mostrar ao mundo um novo FLIR !!!

TAF: EGDY 070716Z 0709/0718 11010KT CAVOK BECMG 0711/0713 15010KT BECMG 0715/0717 9999 -RA BKN012

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Fevereiro 07, 2020, 11:18:50 am
Tudo preparado para o primeiro voo do 19204.  :)

Citar
Thursday 6 Feb 2020 - 09:55
Out on a chilly ramp this morning were:

ZZ107 Merlin for Norway
ZH583 Lynx MK95/A/B? - Full Portugese mkgs, UK roundel and serial on rear fuselage, Portugese serial taped over. Looks ready for flight.


Edit: ainda não voou, poderá ser esta tarde ou amanhã consoante as condições atmosféricas. No site, Twitter e Instagram da Leonardo UK e Leonardo Helicopters não aparece ainda nenhuma informação ou imagem.

CJ o 204 hoje até ás 18:15 não voou.
Provavelmente amanha ira efectuar um voo de teste, logo de manhã, se não houver nevoeiro como hoje na zona de Londres houve com fartura.

Abraços

Se aparecer um LPD é o nosso D. Sebastião...  :mrgreen: :mrgreen:

(https://www.visitarportugal.pt/images/fotos/pedro_castro/lisboa-torresvedras/santacruz/nevoeiro.jpg)

Saudações  max1x1
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 07, 2020, 11:41:08 am
vejam bem o prazo de execução do MLU dos Lynx é só de cinco e três meses  ! :bang: :bang: :bang: :bang:

Preço Contratual € 68.750.000,00

https://www.racius.com/remotorizacao-e-upgrade-de-avionicos-lynx-mk95/

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 07, 2020, 05:05:47 pm
Zona aérea de Yeovil com bastante trafego aéreo, Helis, em especial durante a tarde 15/16, mas do nosso heli nenhum voo registado !

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Fevereiro 08, 2020, 11:57:34 am
Zona aérea de Yeovil com bastante trafego aéreo, Helis, em especial durante a tarde 15/16, mas do nosso heli nenhum voo registado !

Abraços

Ontem apenas houve lugar a um "ground run" para ver se tudo está a funcionar como deve ser. Muito provavelmente o voo inicial será na segunda ou terça-feira.  :)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 08, 2020, 02:51:50 pm
Zona aérea de Yeovil com bastante trafego aéreo, Helis, em especial durante a tarde 15/16, mas do nosso heli nenhum voo registado !

Abraços

Ontem apenas houve lugar a um "ground run" para ver se tudo está a funcionar como deve ser. Muito provavelmente o voo inicial será na segunda ou terça-feira.  :)

Ora bem, o período acordado para o mlu aos cinco helis foi de 63 meses.
Já lá vão 32 meses, + de metade do total dos meses, e ainda não possuímos nenhum heli modificado, a verdade é apenas esta.

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 08, 2020, 05:09:26 pm
acham que ficam assim ???

(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/923/AgBmqn.jpg) (https://imageshack.com/i/pnAgBmqnj)
Era bom era !!!

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Fevereiro 08, 2020, 10:19:33 pm
Zona aérea de Yeovil com bastante trafego aéreo, Helis, em especial durante a tarde 15/16, mas do nosso heli nenhum voo registado !

Abraços

Ontem apenas houve lugar a um "ground run" para ver se tudo está a funcionar como deve ser. Muito provavelmente o voo inicial será na segunda ou terça-feira.  :)

Se os irmão Wright levasse tanto tempo a preparar o seu avião como os MLU a qualquer coisa portuguesa, ainda andávamos todos de balão ( por cá Passarola)...  :mrgreen: :mrgreen:

(https://mega.ibxk.com.br///2016/12/17/17140950953012.jpg?w=1200&h=480&mode=crop)

(https://c8.alamy.com/comp/HRP5DD/passarola-bartolomeu-de-gusmaos-airship-1709-HRP5DD.jpg)

Saudações  c56x1 c56x1

P.S.
acham que ficam assim ???

(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/923/AgBmqn.jpg) (https://imageshack.com/i/pnAgBmqnj)
Era bom era !!!

Abraços

Duvido. Estou mais preparado para esta imagem.

(https://i.pinimg.com/originals/b8/e4/7c/b8e47ce3133d9e5ff98d4fcefd11147c.jpg)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 10, 2020, 11:30:30 am
Manhã movimentada no que respeita a voos de helis no triangulo Yeovil/Gloucester/Winchester mas nada de nada do nosso 204 !!

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 10, 2020, 06:29:12 pm
de acordo com alguns spotters este é o registo de movimentos hoje em Yeovil :

Monday 10th Feb 1000

ZR362\15-13 HH101A
ZZ379 Wildcat HMA

1500

ZJ994\AC MERLIN MK3A
ZJ995\AD MERLIN MK4A
ZR362\15-13 HH101A Flew as WHE06
ZZ415 Wildcat HMA Flew as WHE01

O 204 continua na penumbra. se calhar está a fazer uma modificação de última hora. ::)

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Fevereiro 10, 2020, 09:24:10 pm
Sem palhaços não há circo. Enquanto o centelho não desbloquear a narta não há voos para ninguém.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Fevereiro 11, 2020, 02:08:35 pm
Está no hangar da Bartolomeu Dias e por isso não aparece nos radares
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Fevereiro 13, 2020, 11:23:38 am
Bom, algumas actualizações:

De acordo com alguns relatos existe afinal a hipótese do 19204 poder ter voado na passada sexta-feira 7, aproveitando o bom tempo que se fazia sentir e efectuando assim o voo inaugural pós-modernização. Tem estado na rampa de Yeovil, pelo que é plausível que tal tenha acontecido mesmo que a Leonardo ainda não o tenha divulgado oficialmente. O que é certo todavia, e infelizmente já suspeitado por todos nós, é que o aparelho não tem FLIR no nariz (pelo menos por ora) e então por esta altura assemelhar-se-á bastante externamente aos aparelhos ao serviço da Marinha Real Tailandesa.

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/4/4d/Cobta_Gold_Thai_Navy_Lynx.jpg)


Citar
Assim, a MB concebeu um programa de modernização de doze Lynx, ao longo de oito anos (2008 a 2015), em duas fases, a um custo de R$34,7 milhões. A explicação do número de Lynx a serem modernizados é que três deles foram acidentados, sendo dois com perda total (N-4007 e N-4008); o N-4002 (acidentado em 2002) será recuperado, como veremos adiante. A primeira fase do programa consiste de dois contratos. O primeiro, no valor de US$4.950.536, foi celebrado com a FLIR Systems Inc e prevê a aquisição de seis conjuntos de sensores FLIR Star Safire III. O segundo, no valor de US$3.119.165,07, foi celebrado com a Westland, para a instalação das partes fixas do FLIR em doze aeronaves, e sua integração ao radar Seaspray 3000. A segunda fase será a celebração, até 2012, de um contrato com a Westland, para a recuperação da célula do N-4002 e reparo de grandes componentes. Para a Marinha do Brasil, a importância do imageador térmico sempre foi bem clara. Todos os aviadores navais brasileiros que voaram os Lynx HMA Mk.8 da Royal Navy haviam sido unânimes em apontar suas importância, principalmente para a identificação de contactos à noite.

Modernamente, muitos navios de combate utilizam radares que se confundem com aqueles dos navios mercantes (é o caso, das “Niterói” e seu radar Furuno). Mesmo com equipamento MAGE, é por vezes muito difícil estabelecer a real identidade de um contacto. Em tempos de paz, é possível a um helicóptero se aproximar de um alvo, iluminá-lo com seu farol e identificá-lo visualmente, procedimento claramente inaceitável em situações de combate, No Lynx, o Star Safire III é operado por quem ocupa o assento do co-piloto, e a imagem obtida por ele é reproduzida com resolução de 640 x 512 pixels (o equipamento é estabilizado) no monitor do radar SeaSpray 3000. Entre as opções estão um telêmetro laser, um “Autotracker” (para acompanhamento automático), Digital Vídeo Recorder (gravador digital de vídeo) e a possibilidade de utilizar a câmera na faixa de luz visível (imagem exibida em CCD-TV). Existe também um sistema para desconexão rápida, que permita a imediata transferência para outra aeronave.

http://www.operacional.pt/modernizacao-dos-lynx-na-marinha-brasileira/

Pois é: a confirmar-se sem sombra de dúvida a ausência do sistema FLIR (muito provável pois não existe qualquer prova da sua aquisição) dos Super Lynx da Marinha Portuguesa, das duas uma: ou somos mais inteligentes e dotados que todos os outros, ou continua a mesma miséria de sempre, isto é, arranjar sim mas pelo preço mais baratinho...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: MATRA em Fevereiro 13, 2020, 11:38:54 am
É mais falta de visão de que preço, os ingleses devem ter pargas de FLIR dos seus Lynx arrumados a apanhar pó, não acredito que não nos arranjassem 5 (cinco!!) por um valor simbólico.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Fevereiro 13, 2020, 11:56:56 am
O tio é que sabe
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Fevereiro 13, 2020, 12:40:34 pm
É mais falta de visão de que preço, os ingleses devem ter pargas de FLIR dos seus Lynx arrumados a apanhar pó, não acredito que não nos arranjassem 5 (cinco!!) por um valor simbólico.

Não havendo vontade não há milagres, e a verdade é que em lado algum consta o contrato de aquisição/fornecimento de 5 sistemas FLIR à Marinha Portuguesa para os seus Super Lynx, nem sequer se fala na cedência do velhinho Sea Owl que equipava os HMA.8 da Royal Navy ou os mais recentes Star SAFIRE ou MX-15 (do Wildcat). E para um helicóptero que se quer operar até 2035 é definitivamente de vistas curtas, para não dizer míope.

(https://image.slidesharecdn.com/24484f7d-41dc-4c53-ad3c-bb66e183414d-161024184542/95/sea-owl-1-638.jpg?cb=1477334794)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Fevereiro 13, 2020, 12:59:45 pm
Lá se foi a esperança.

Realmente só era mantida viva pela demora desta modernização, assumia-se que estavam a limpar o pó das lentes do FLIR, o que podia ser um processo algo demorado...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Fevereiro 13, 2020, 01:17:13 pm
A Albânia da europa em todo o seu esplendor
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Fevereiro 13, 2020, 02:23:10 pm
A Albânia da europa em todo o seu esplendor

Albânia?  :mrgreen: :mrgreen:

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/e/e0/Cougar_Helicopter_of_the_Albanian_Air_Force.jpg/1024px-Cougar_Helicopter_of_the_Albanian_Air_Force.jpg)

(https://imgproc.airliners.net/photos/airliners/1/0/5/1125501.jpg?v=v40)

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/2/24/Albanian_Air_Force_Agusta_AB-205A-1_Lofting-1.jpg)

(https://www.globalsecurity.org/military/world/europe/images/al-af-ec-145-image1.jpg)

(https://cdn.jetphotos.com/full/5/89214_1577578675.jpg)

http://top-channel.tv/english/black-hawk-helicopters-for-the-albanian-air-forces/ (http://top-channel.tv/english/black-hawk-helicopters-for-the-albanian-air-forces/)

(https://top-channel.tv/wp-content/uploads/2019/04/helikopteri-lajmi.jpg)

(https://www.gazetadita.al/wp-content/uploads/2015/10/080.jpg)

(https://lajmi.net/wp-content/uploads/2016/04/a-86.jpg)

https://en.wikipedia.org/wiki/Albanian_Air_Force (https://en.wikipedia.org/wiki/Albanian_Air_Force)

Saudações  c56x1 c56x1
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Fevereiro 13, 2020, 04:37:43 pm
Comparar a FAP com a Força de Helicópteros Albanesa é um crime... É claramente a única vertente onde investem a sério, e que mistela de aeronaves de asa rotativa tem esse país! Uns têm a mais, outros a menos. Só invejo os Hawk, mas até esses não temos porque alguém que manda não quer.  ::)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: MATRA em Fevereiro 13, 2020, 05:57:59 pm
É mais falta de visão de que preço, os ingleses devem ter pargas de FLIR dos seus Lynx arrumados a apanhar pó, não acredito que não nos arranjassem 5 (cinco!!) por um valor simbólico.

Não havendo vontade não há milagres, e a verdade é que em lado algum consta o contrato de aquisição/fornecimento de 5 sistemas FLIR à Marinha Portuguesa para os seus Super Lynx, nem sequer se fala na cedência do velhinho Sea Owl que equipava os HMA.8 da Royal Navy ou os mais recentes Star SAFIRE ou MX-15 (do Wildcat). E para um helicóptero que se quer operar até 2035 é definitivamente de vistas curtas, para não dizer míope.

(https://image.slidesharecdn.com/24484f7d-41dc-4c53-ad3c-bb66e183414d-161024184542/95/sea-owl-1-638.jpg?cb=1477334794)

Realmente até o  Sea Owl era melhor que nada.

Uma pergunta, os nossos Lynx quando eram RN tinham FLIR? Ou vieram novos?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Fevereiro 13, 2020, 06:32:40 pm
É mais falta de visão de que preço, os ingleses devem ter pargas de FLIR dos seus Lynx arrumados a apanhar pó, não acredito que não nos arranjassem 5 (cinco!!) por um valor simbólico.

Não havendo vontade não há milagres, e a verdade é que em lado algum consta o contrato de aquisição/fornecimento de 5 sistemas FLIR à Marinha Portuguesa para os seus Super Lynx, nem sequer se fala na cedência do velhinho Sea Owl que equipava os HMA.8 da Royal Navy ou os mais recentes Star SAFIRE ou MX-15 (do Wildcat). E para um helicóptero que se quer operar até 2035 é definitivamente de vistas curtas, para não dizer míope.

(https://image.slidesharecdn.com/24484f7d-41dc-4c53-ad3c-bb66e183414d-161024184542/95/sea-owl-1-638.jpg?cb=1477334794)

Realmente até o  Sea Owl era melhor que nada.

Uma pergunta, os nossos Lynx quando eram RN tinham FLIR? Ou vieram novos?

Não, nenhum deles alguma vez usou FLIR. Os nossos 5 aparelhos são 3 novos e 2 HAS.3S ex-RN (19201/2).
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 13, 2020, 06:34:20 pm
É mais falta de visão de que preço, os ingleses devem ter pargas de FLIR dos seus Lynx arrumados a apanhar pó, não acredito que não nos arranjassem 5 (cinco!!) por um valor simbólico.

Não havendo vontade não há milagres, e a verdade é que em lado algum consta o contrato de aquisição/fornecimento de 5 sistemas FLIR à Marinha Portuguesa para os seus Super Lynx, nem sequer se fala na cedência do velhinho Sea Owl que equipava os HMA.8 da Royal Navy ou os mais recentes Star SAFIRE ou MX-15 (do Wildcat). E para um helicóptero que se quer operar até 2035 é definitivamente de vistas curtas, para não dizer míope.

(https://image.slidesharecdn.com/24484f7d-41dc-4c53-ad3c-bb66e183414d-161024184542/95/sea-owl-1-638.jpg?cb=1477334794)

vocês são mesmo más-Línguas ! :mrgreen:
Já alguém viu o 204 modificado nos tais ground runs, e confirma a inexistência do FLIR ???
Tenham fé, vai na volta até tem o FLIR montado e ficamos todos mal vistos, uma vez mais. ::)
Eu ainda acredito, não no PN, mas que estes helis trarão algo de muito positivo, os FLIR, nos seus MLU's, ;)

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 13, 2020, 06:37:02 pm
Hoje, de acordo com os spotters, mais Ground runs para o 204.

Thursday 13th quick visit at 1045

0278 Aw101 MK612 WASH BAY
ZZ102 AW101 MK612
ZZ108 AW101 Mk612

at 1500

ZZ102 AW101 MK612 Flew as WHE02
ZH831 MERLIN MK2A Flew as WHE04
ZJ118\B Merlin Mk4 Ground Runs
ZH583 Lynx MK95 Ground runs

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Fevereiro 13, 2020, 09:28:03 pm
Comparar a FAP com a Força de Helicópteros Albanesa é um crime... É claramente a única vertente onde investem a sério, e que mistela de aeronaves de asa rotativa tem esse país! Uns têm a mais, outros a menos. Só invejo os Hawk, mas até esses não temos porque alguém que manda não quer.  ::)

Para a RCA qualquer dos modelos albaneses davam. Nós temos Lynx (na Armada), Eh101 e koalitas. Mas não saiem do burgo ( já agora, o Bo105 que refira de passagem é bimotor

Citar
Powerplant: 2 × Allison 250-C20B turboshaft engines, 310 kW (420 shp) each
).  :mrgreen: :mrgreen:

(https://fas.org/man/dod-101/sys/ac/row/bo105-pv294.jpg)

(https://www.helis.com/h2/bo105_armada_chile.jpg)

(https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn%3AANd9GcQqLXFlba30P6hEePPoKWm4yJpnf-_WHQKyHkHNB3YT_8PXKi_o)

(https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn%3AANd9GcQHLXA1A497ZgYplhJgPve-4hZswV9-2h0v1okAeeJw7OClJ3z-)

Saudações  c56x1 c56x1

P.S. Já agora a "mistela" da Força Aérea Albanesa conta com 19 helis sem contar com os Black Hawk. A FAP tem os mesmo 19, contando com os Koalitas e os Al III  :-P ;)

(https://limapapaspotter.com/wp-content/uploads/2019/01/237a-19376-Sudaviation-SE-3160-Alouette-III-FAP-65-Anivers%C3%A1rio-Air-Show-em-LPCB-800x500_c.jpg)

P.S. 2 - Investe-se cá a sério nos helicópteros?  :mrgreen: :mrgreen: Deixa ver, Merlin que é um maquinão só agora resolveram os contratos de manutenção. Temos 5 Lynx com upgrade das calendas mais 5 Koalitas  :mrgreen: :mrgreen: Deixa lá ver se vier aquela bomba monomotor armada se continuas a ter a mesma opinião (cá, investe-se a sério quando o rei faz anos, e mesmo assim são raros os casos em que vem tudo nos conformes).  ::) ::)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/bScaJc.png)

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Fevereiro 13, 2020, 11:21:58 pm
Graças ao spotter britânico Michael Coombes já temos as primeiras 3 fotos do ZH583/19204 modernizado na rampa em Yeovil. Segundo ele, apesar de relatos anteriores poderem indicar o contrário, o nosso Super Lynx Mk.95A não terá ainda efectuado o seu primeiro voo devido a problemas detectados aquando dos ground runs (hoje inclusivé), estando por isso o voo inaugural iminente.

Fotos: ©Michael Coombes
(https://i.postimg.cc/L5pZ624p/MJC-9506-ZH853.jpg)

(https://i.postimg.cc/VN0Sqddw/MJC-9505-ZH853.jpg)

(https://i.postimg.cc/90CrHb1X/MJC-9484-ZH583.jpg)


Como se pode constatar, 32 meses resultaram em remotorização, nova cabeça do rotor, uma ou outra antena extra, reforço estrutural da longarina de cauda e deriva (derivado do padrão Super Lynx 300) e pouco mais à primeira vista.

(https://cdn.jetphotos.com/full/4/60623_1340468105.jpg)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 14, 2020, 07:06:34 am
Graças ao spotter britânico Michael Coombes já temos as primeiras 3 fotos do ZH583/19204 modernizado na rampa em Yeovil. Segundo ele, apesar de relatos anteriores poderem indicar o contrário, o nosso Super Lynx Mk.95A não terá ainda efectuado o seu primeiro voo devido a problemas detectados aquando dos ground runs (hoje inclusivé), estando por isso o voo inaugural iminente.

Como se pode constatar, 32 meses resultaram em remotorização, nova cabeça do rotor, uma ou outra antena extra, reforço estrutural da longarina de cauda e deriva (derivado do padrão Super Lynx 300) e pouco mais à primeira vista.


CJ, confesso que fiquei muito desiludido quando ontem, recebi as mesmas fotos que ia postar hoje de manhã, mas ainda bem que as colocaste, primeiro.

Temos apenas cinco helis na Marinha que estão a ser melhoradas para estarem ao serviço até 2035 ou mais, e nem mesmo assim se optou por adicionar o flir nos ditos ??

Nenhum especialista iluminado foi ouvido, fez essa proposta ou insistiu para que esse sistema fosse adicionado nos ditos MLU's ??

Esse sistema custaria assim tanto que iria encarecer o já muito caro mlu, de quase 69 milhões, para os cinco Lynx ?

Este mlu vem na sequência dos efectuados nos Tejo e nas Bartolomeu Dias, e, com este, dos Lynx, pelo que parece, a Marinha está-se a tornar especialista em MLU's ocos e sem equipamentos/sensores/armamento fundamentais.

Isto das altas chefias se subjugarem incondicionalmente ao poder politico, dá os resultados que estamos a ver.
:bang:

Abraços

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: MATRA em Fevereiro 14, 2020, 10:06:44 am
Uma pena realmente, ao contrário do Brasil, alguém cá, achou que não era uma mais valia.  :(

(https://i0.wp.com/www.cavok.com.br/blog/wp-content/uploads/2019/01/HNW0449.jpg)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Fevereiro 14, 2020, 10:17:35 am
CJ, confesso que fiquei muito desiludido quando ontem, recebi as mesmas fotos que ia postar hoje de manhã, mas ainda bem que as colocaste, primeiro.

Temos apenas cinco helis na Marinha que estão a ser melhoradas para estarem ao serviço até 2035 ou mais, e nem mesmo assim se optou por adicionar o flir nos ditos ??

Ficaste tu, fiquei eu e muito provavelmente todos nós, caro amigo. É praticamente inconcebível como um helicóptero naval que se quer polivalente, ao serviço por mais 15 anos, e capaz de operar em quaisquer condições atmosféricas, de dia ou de noite, não é dotado de um equipamento de visão térmica como um FLIR, tanto para operar em segurança como para análise de ameaças e busca e salvamento. Já nem falo da reiterada ausência de um sistema de auto-defesa electrónico ou pelo menos CMDS com lançadores de chaff/flare, e muito menos mencionarei a falta de um míssil anti-superfície. Quis-se apenas transformar o "táxi dos Almirantes" num híbrido e mais nada.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Fevereiro 14, 2020, 11:41:38 am
Muito me vou rir quando aos cabr...  dos almirantes só sobrarem zebros para irem às jantaradas
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Cabeça de Martelo em Fevereiro 14, 2020, 02:26:51 pm
Uma pergunta, os nossos Lynx quando eram RN tinham FLIR? Ou vieram novos?

Agora estou a recorrer às profundezas da minha memória, mas lembro-me de ter lido um artigo algures (revista?), que os nossos quando vieram eram a versão mais recente, porque até aí o radar só cobria 180º e não os 360º.

Dito isto, sim, junto-me ao coro de "maldizentes" que afirmam categoricamente que o FLIR não devia ser opção, mas algo básico na modernização dos nossos Lynx.

A Marinha tem pelo menos Óculos de Visão Nocturna para serem usados pelos seus Pilotos?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Fevereiro 14, 2020, 02:43:45 pm
Para a RCA qualquer dos modelos albaneses davam. Nós temos Lynx (na Armada), Eh101 e koalitas. Mas não saiem do burgo ( já agora, o Bo105 que refira de passagem é bimotor

P.S. Já agora a "mistela" da Força Aérea Albanesa conta com 19 helis sem contar com os Black Hawk. A FAP tem os mesmo 19, contando com os Koalitas e os Al III  :-P ;)

P.S. 2 - Investe-se cá a sério nos helicópteros?  :mrgreen: :mrgreen: Deixa ver, Merlin que é um maquinão só agora resolveram os contratos de manutenção. Temos 5 Lynx com upgrade das calendas mais 5 Koalitas  :mrgreen: :mrgreen: Deixa lá ver se vier aquela bomba monomotor armada se continuas a ter a mesma opinião (cá, investe-se a sério quando o rei faz anos, e mesmo assim são raros os casos em que vem tudo nos conformes).  ::) ::)

Não percebeste o que eu quis dizer, mas eu explico. Nós mesmo sem grandes investimentos, temos muito mais em tudo o resto do que eles, nuns casos em quantidade, noutros em qualidade. A comparação é esta, tens um gajo com uma casa e um Golf, e outro que tem um Ferrari, mas para o ter, vendeu a casa e dorme no carro. O Ferrari é melhor que o Golf, mas foi a única coisa em que investiu o dinheiro, o outro tem casa e carro pelo mesmo valor, ou até menos. A Albânia é igual, investiu tudo em helicópteros, e certamente olhariam para as nossas FA "desfalcadas" e pensariam "quem nos dera ter menos 6 ou 7 helicópteros, mas ter metade das fragatas deles, metade dos caças, uma dúzia de Leopards" e por aí em diante. Nós antes de nos compararmos com Albânias, devíamos comparar-nos com Holandas e Dinamarcas.

E ter 19, 20 ou o que seja, helicópteros divididos em 8 modelos diferentes, é uma autêntica parvoíce. Imagina o problema que era assinar os contratos de manutenção para cada um dos modelos, cá em Portugal!  ::)

Voltando aos Lynx, a única coisa de positiva é que estão bonitinhos/limpinhos após o MLU. Pena é não ter o FLIR, armamento nem espero mais do que o que já estava em uso, e a ausência de meios de guerra electrónica e contra-medidas é preocupante.

(https://cdn.jetphotos.com/full/4/60623_1340468105.jpg)

Já agora, o que é aquela "saliência" entre a Cruz de Cristo e a porta do Lynx pré-modernização, e que é inexistente no modelo após a modernização?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Fevereiro 14, 2020, 02:46:53 pm
Podem pedir à FAP se não tiverem já que é no "hangar do lado"...  :-P

https://dre.pt/home/-/dre/25689650/details/maximized (https://dre.pt/home/-/dre/25689650/details/maximized)

Citar
A inteligência e a flexibilidade do Capitão Tiago Violante permitiram também aproveitar as capacidades adquiridas nestes exercícios táticos, nomeadamente o uso de óculos de visão noturna e promover a qualificação de todas as tripulações da esquadra na sua utilização em missões de "Busca e Salvamento", dando um contributo substancial para a melhoria das capacidades e do grau de segurança da operação da Força Aérea nas missões de interesse público.

Na Marinha só encontrei estes:

https://www.facebook.com/emgfa/posts/940238589510217/ (https://www.facebook.com/emgfa/posts/940238589510217/)

(https://scontent.flis5-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/s960x960/45120090_940238306176912_1574754809959940096_o.jpg?_nc_cat=110&_nc_oc=AQk8uoBPHnTgaTAM36PWOSEnK4dM9AHsT5kxqoSbGLxfsCfNZcmO7AGfYwLz62nigec&_nc_ht=scontent.flis5-1.fna&_nc_tp=7&oh=d1a8fd248efa22cb1981583670ab034d&oe=5F0260FF)

Parece que é prática recorrente usarem os da fap.

Citar
Tendo em vista o adestramento das forças e unidades navais, fuzileiros e mergulhadores, a Marinha participou em ... Troca de experiências sobre equipamentos de visão noturna (NVG e FLIR) na Esquadra. 751

https://www.defesa.gov.pt/pt/defesa/dn/edn/Lists/PDEFINTER_DocumentoLookupList/Anuario_2012.pdf (https://www.defesa.gov.pt/pt/defesa/dn/edn/Lists/PDEFINTER_DocumentoLookupList/Anuario_2012.pdf)

Saudações

P.S. 1 -
Para a RCA qualquer dos modelos albaneses davam. Nós temos Lynx (na Armada), Eh101 e koalitas. Mas não saiem do burgo ( já agora, o Bo105 que refira de passagem é bimotor

P.S. Já agora a "mistela" da Força Aérea Albanesa conta com 19 helis sem contar com os Black Hawk. A FAP tem os mesmo 19, contando com os Koalitas e os Al III  :-P ;)

P.S. 2 - Investe-se cá a sério nos helicópteros?  :mrgreen: :mrgreen: Deixa ver, Merlin que é um maquinão só agora resolveram os contratos de manutenção. Temos 5 Lynx com upgrade das calendas mais 5 Koalitas  :mrgreen: :mrgreen: Deixa lá ver se vier aquela bomba monomotor armada se continuas a ter a mesma opinião (cá, investe-se a sério quando o rei faz anos, e mesmo assim são raros os casos em que vem tudo nos conformes).  ::) ::)

Não percebeste o que eu quis dizer, mas eu explico. Nós mesmo sem grandes investimentos, temos muito mais em tudo o resto do que eles, nuns casos em quantidade, noutros em qualidade. A comparação é esta, tens um gajo com uma casa e um Golf, e outro que tem um Ferrari, mas para o ter, vendeu a casa e dorme no carro. O Ferrari é melhor que o Golf, mas foi a única coisa em que investiu o dinheiro, o outro tem casa e carro pelo mesmo valor, ou até menos. A Albânia é igual, investiu tudo em helicópteros, e certamente olhariam para as nossas FA "desfalcadas" e pensariam "quem nos dera ter menos 6 ou 7 helicópteros, mas ter metade das fragatas deles, metade dos caças, uma dúzia de Leopards" e por aí em diante. Nós antes de nos compararmos com Albânias, devíamos comparar-nos com Holandas e Dinamarcas.
DC, parece que também não percebeste. Para a RCA ou para usar num NPO bastava um dos modelos albaneses, seja o Bo105, o EC ou o Super Puma/Cougar. Além, disso compararmos-nos com a Holanda ou a Bélgica, quando esta última usava os AL III nas Fragatas M, pois aquelas que cá receberem um mastro oco enquanto que na Bélgica ou Holanda estão assim:

 (https://2.bp.blogspot.com/-EdEwE3MFd7c/WR3o8xAF9PI/AAAAAAAAJoo/DsPt4q0n6WodYLlj3sUT4ZD9hQRQuL2AwCEw/s1600/Karel%2BDoorman%2Bclass%2BNetherlands.jpg)

Já agora, até os Albaneses vão ter 3 Black Hawk dados, cá nós devemos ter o Super Koala...  :mrgreen:

(https://www.armytimes.com/resizer/6gJR3VFxFIGsZ3AuJxXFrrtudh0=/1200x0/filters:quality(100)/arc-anglerfish-arc2-prod-mco.s3.amazonaws.com/public/GXUOFGZ57FAKPISX4MQPK4H5XE.jpg)

https://www.armytimes.com/news/your-military/2019/04/21/us-gives-3-black-hawk-helicopters-to-albania-military/ (https://www.armytimes.com/news/your-military/2019/04/21/us-gives-3-black-hawk-helicopters-to-albania-military/)



E ter 19, 20 ou o que seja, helicópteros divididos em 8 modelos diferentes, é uma autêntica parvoíce. Imagina o problema que era assinar os contratos de manutenção para cada um dos modelos, cá em Portugal!  ::)

Não preciso de imaginar, já cá temos o caso dos Merlin que só agora foi resolvido (e é só um modelo, com resolução mais de 15 anos depois)...  ::) ::)

https://newsavia.com/ogma-ganha-contrato-para-manutencao-de-12-eh101-merlin-da-fap/ (https://newsavia.com/ogma-ganha-contrato-para-manutencao-de-12-eh101-merlin-da-fap/)

Já agora, só os 4 Super Puma/ Cougar albaneses não davam jeito aos nossos militares na RCA? ;)

(https://farm66.static.flickr.com/65535/48490489176_2ee75a20aa_b.jpg)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Fevereiro 14, 2020, 03:20:28 pm
Os Cougar albaneses fazem o que os nossos Merlin fazem (excepto que os nossos Merlin transportam muita gente, se um cair mata mais gente do que se cair um héli médio, não esquecer  :mrgreen:), e no RCA o que falta não é um helicóptero de transporte, mas um que "dê porrada", e isso nem o Cougar nem o Merlin fazem. Nós só não temos black hawks ou rescue hawks porque... sabe-se lá porquê, a proposta foi feita às chefias militares e MDN, se não se decidiram ainda pelo modelo de helicóptero praticamente doado, iam-se decidir por uns Cougar ou o que fosse a pagar? O problema não está na falta de modelos que nos davam jeito para o RCA, fragatas, LPD, NPO, escoltar os Merlin, distribuir prendas no Natal... o problema é a indecisão na escolha de 1 dos 5 modelos oferecidos.

E isto está-se a replicar outra vez com a situação do AOR. Havendo um navio óbvio, recente e encostado em Inglaterra, continuam a tapar os olhos.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Fevereiro 14, 2020, 03:57:46 pm
O que podia ter sido e não vai ser.

(https://i.postimg.cc/yxNDz7Cd/9e6909e6f1e6e0e6bf52da059b3e56d7.jpg)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Fevereiro 14, 2020, 04:00:34 pm
Os Cougar albaneses fazem o que os nossos Merlin fazem (excepto que os nossos Merlin transportam muita gente, se um cair mata mais gente do que se cair um héli médio, não esquecer  :mrgreen:), e no RCA o que falta não é um helicóptero de transporte, mas um que "dê porrada", e isso nem o Cougar nem o Merlin fazem. Nós só não temos black hawks ou rescue hawks porque... sabe-se lá porquê, a proposta foi feita às chefias militares e MDN, se não se decidiram ainda pelo modelo de helicóptero praticamente doado, iam-se decidir por uns Cougar ou o que fosse a pagar? O problema não está na falta de modelos que nos davam jeito para o RCA, fragatas, LPD, NPO, escoltar os Merlin, distribuir prendas no Natal... o problema é a indecisão na escolha de 1 dos 5 modelos oferecidos.

E isto está-se a replicar outra vez com a situação do AOR. Havendo um navio óbvio, recente e encostado em Inglaterra, continuam a tapar os olhos.

Porrada? Parece-me mais falta de investimento no melhor heli que temos... :mrgreen: :mrgreen:

Citar
The helicopter can also be armed with anti-ship missiles, air-to-air missiles, air-to-surface missiles, rockets and gun systems. The typical range and endurance of the AW101 are 1,300km and six hours respectively.

https://www.naval-technology.com/features/feature-the-worlds-best-anti-submarine-warfare-asw-helicopters-4153353/

(https://i.pinimg.com/originals/77/d1/e9/77d1e9cebbd81ce8392ea9440ce1c507.jpg)

(https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn%3AANd9GcRZdRXL_K0xF76P1fV4C8_lftRe6Ad22iEw_DkVIg95exv3A-Rb)

(https://c1.staticflickr.com/4/3810/32331245193_1c02e6bb21_b.jpg)

(https://www.adsadvance.co.uk/media/images/2014/RAF%20Merlin.jpg)

Indecisão? No caso dos Kc390 parece que isso não existiu. Chama-se decisão política e ajuste directo. É preciso a situação tornar-se séria para aceitar o que os EUA tem para oferecer. Faz-se a modernização nas OGMA ou também na Boeing de Évora (ou será que o tio versus centeno só para uns casos são responsaveis e nos outros empurram com a barriga). Até podem vir estes...  :mrgreen:

(https://www.stripes.com/polopoly_fs/1.549034.1537871900!/image/image.jpg_gen/derivatives/landscape_900/image.jpg)

https://www.stripes.com/boeing-wins-2-4-billion-air-force-contract-for-new-helicopters-to-guard-nukes-1.549032 (https://www.stripes.com/boeing-wins-2-4-billion-air-force-contract-for-new-helicopters-to-guard-nukes-1.549032)

Saudações

P.S.1 -
Citar
O que podia ter sido e não vai ser.

Por falar em Sea Skua (até estas peças de museu os levavam)...  ;) ;)

(https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn%3AANd9GcQnvTpiV0WIwJQibTIFFlYk2X9FUGf9K9j_55x-yWAF3Z0dbkmy)



Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 14, 2020, 06:24:18 pm
O que podia ter sido e não vai ser.

(https://i.postimg.cc/yxNDz7Cd/9e6909e6f1e6e0e6bf52da059b3e56d7.jpg)

essas alterações serão implementadas nos helis, no MLU que vai ser efectuado em 2035 !!! :rir:
É tão triste vermos que na Marinha andam mesmo a brincar ás modernizações.

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Fevereiro 14, 2020, 06:30:36 pm
Lá estão vocês, os maldizentes , isto é uma Marinha das 9 às 5, precisa de FLIR para quê?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 14, 2020, 06:34:45 pm
Lá estão vocês, os maldizentes , isto é uma Marinha das 9 às 5, precisa de FLIR para quê?

Também é verdade tens razão, as minhas desculpas.

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 14, 2020, 06:46:26 pm
Os Cougar albaneses fazem o que os nossos Merlin fazem (excepto que os nossos Merlin transportam muita gente, se um cair mata mais gente do que se cair um héli médio, não esquecer  :mrgreen:), e no RCA o que falta não é um helicóptero de transporte, mas um que "dê porrada", e isso nem o Cougar nem o Merlin fazem. Nós só não temos black hawks ou rescue hawks porque... sabe-se lá porquê, a proposta foi feita às chefias militares e MDN, se não se decidiram ainda pelo modelo de helicóptero praticamente doado, iam-se decidir por uns Cougar ou o que fosse a pagar? O problema não está na falta de modelos que nos davam jeito para o RCA, fragatas, LPD, NPO, escoltar os Merlin, distribuir prendas no Natal... o problema é a indecisão na escolha de 1 dos 5 modelos oferecidos.

E isto está-se a replicar outra vez com a situação do AOR. Havendo um navio óbvio, recente e encostado em Inglaterra, continuam a tapar os olhos.

Porrada? Parece-me mais falta de investimento no melhor heli que temos... :mrgreen: :mrgreen:

Citar
The helicopter can also be armed with anti-ship missiles, air-to-air missiles, air-to-surface missiles, rockets and gun systems. The typical range and endurance of the AW101 are 1,300km and six hours respectively.

https://www.naval-technology.com/features/feature-the-worlds-best-anti-submarine-warfare-asw-helicopters-4153353/

Indecisão? No caso dos Kc390 parece que isso não existiu. Chama-se decisão política e ajuste directo. É preciso a situação tornar-se séria para aceitar o que os EUA tem para oferecer. Faz-se a modernização nas OGMA ou também na Boeing de Évora (ou será que o tio versus centeno só para uns casos são responsaveis e nos outros empurram com a barriga). Até podem vir estes...  :mrgreen:

https://www.stripes.com/boeing-wins-2-4-billion-air-force-contract-for-new-helicopters-to-guard-nukes-1.549032 (https://www.stripes.com/boeing-wins-2-4-billion-air-force-contract-for-new-helicopters-to-guard-nukes-1.549032)

Saudações

P.S.1 -
Citar
O que podia ter sido e não vai ser.

Por falar em Sea Skua (até estas peças de museu os levavam)...  ;) ;)


Portugal tem só o melhor heli de evaKuação possível, o 101, o que precisamos é de um heli de cobertura que bem poderia, rpt, poderia ser o nosso lynx devidamente armado caso tivéssemos vontade e  engenho para tal.

Se tivéssemos optado por reforçar a frota dos lynx adquirindo mais umas quatro/seis unidades, não só resolvíamos a falta deste modelo na Marinha, veja-se o caso deste bem programado MLU, há 32 meses que estão três helis no estaleiro, como se alocavam algumas unidades como apoio aos nossos 101 CSAR quando existissem operações com as forças terrestres !

Para os que defendem, e bem, que as FFAA deveriam ter no máximo três tipos/modelos de helis a situação estava resolvida em parte, pois tínhamos os 101, os 159 e os 119 Kualitas, estes últimos que estão erradamente na FAP, deveriam ser vendidos ás forças de segurança e substituídos pelos 109M/169M, preferencialmente o segundo, de modo a permitir efectuar a formação dos pilotos, o SAR a mais de 25 milhas nas missões que não se justificasse o emprego dos 101, e ainda alguma capacidade de transporte ligeira/média.

É a minha opinião, vale o que vale.

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Barlovento em Fevereiro 15, 2020, 11:19:10 am
En una entrevista, el Comandante de la Flotilla de Aeronaves de la Armada Espanhola, comenta que se ha integrado en la 6a Escuadrilla (Hughes 500) un piloto naval portugués por un periodo de dos años, debido a que los Linx no van a estar operativos en ese tiempo.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Fevereiro 15, 2020, 12:54:27 pm
En una entrevista, el Comandante de la Flotilla de Aeronaves de la Armada Espanhola, comenta que se ha integrado en la 6a Escuadrilla (Hughes 500) un piloto naval portugués por un periodo de dos años, debido a que los Linx no van a estar operativos en ese tiempo.

Ainda vem os Hughes 500 para a Fap e Marinha...  :mrgreen: :mrgreen:

(https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn%3AANd9GcRq3dBHSej7Y7_esG3tfmRI6kMjxUVli32VQMo2iGZZfOqlZlAI)

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/f/f6/Hughes_500MD_Armada_Espa%C3%B1ola.jpg/1280px-Hughes_500MD_Armada_Espa%C3%B1ola.jpg)

(https://manupedia669.files.wordpress.com/2017/11/hughes-500.jpg?w=1200)

(https://i.pinimg.com/originals/e7/2e/57/e72e572958b800d74bd344b1b439aea6.jpg)

Ah, não cá somos ricos é só material xpto e intenções. Por isso chuchamos no dedo...  ::) ::)

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/1/11/US_Navy_060428-N-3910W-002_An_HH-60H_Seahawk_helicopter_takes_off_from_the_flight_deck_aboard_the_Nimitz-class_aircraft_carrier_USS_Dwight_D._Eisenhower_%28CVN_69%29.jpg)

(https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn%3AANd9GcSD2I-xYmOsOS_b2MOyKMieLU3VUI5Zud1WfTzNN1p3jymgRQTf)

Saudações
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 15, 2020, 05:56:03 pm
En una entrevista, el Comandante de la Flotilla de Aeronaves de la Armada Espanhola, comenta que se ha integrado en la 6a Escuadrilla (Hughes 500) un piloto naval portugués por un periodo de dos años, debido a que los Linx no van a estar operativos en ese tiempo.

eis uma das consequências da tão bem programada/coordenada modernização da treta dos nossos Lynx !!

Afinal aqui no forum da Má-Língua, ainda se vão defendendo os interesses Nacionais, mais propriamente da Defesa Nacional, então não teria sido mais indicado no máximo estarem dois helis no MLU ou, se era para estarmos cinco anos sem praticamente helis ao serviço, formar os pilotos noutros lynx, os bifes desactivaram os deles há mais de um ano, para termos algumas unidades, pelo menos três, sempre operacionais ??? :bang:

Pelo que ontem me contaram, um ex piloto de helis da marinha a conversão dos pilotos, da EHM, esteve planeada e em cima da mesa, ao contrário do que alguns foristas aqui alegaram de termos de comprar peças e custos de MNT/formação de pilotos e mecânicos se tivéssemos de operar outros modelos de lynx, quando eu alvitrei para essa possibilidade, caso a situação evoluísse, os helis viriam em ACMI Militar, sem o C de crew, pois eram as ditas eram fornecidas por nós, mas não era melhor pagarmos mais e termos unidades nos nossos navios do que termos os navios parados, daí os MLU's da treta das Fragatas, sem helis ??

Assim foi melhor a empresa fornecedora do serviço, MLU, exigiu que teriam que ser efectuados em dois lotes e Portugal acatou essa decisão !!!

E ainda se diz por cá que o cliente tem sempre razão, nem mesmo a pagar 68,7 milhões temos razão.

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Fevereiro 18, 2020, 12:34:14 pm
Enquanto existirem boleias tá tudo bem

https://www.facebook.com/159252640762594/posts/2966951523326011/?app=fbl


Devemos ser a chacota da NATO inteira
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: oi661114 em Fevereiro 18, 2020, 01:33:24 pm
Enquanto existirem boleias tá tudo bem

https://www.facebook.com/159252640762594/posts/2966951523326011/?app=fbl


Devemos ser a chacota da NATO inteira

Estas "manobras" devem ser para ver se algum deles têm pena e nos oferecem algo... :-X
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Fevereiro 18, 2020, 03:50:38 pm
Enquanto existirem boleias tá tudo bem

https://www.facebook.com/159252640762594/posts/2966951523326011/?app=fbl


Devemos ser a chacota da NATO inteira

E deixa-me adivinhar, o helicóptero deles tem FLIR.  ::)
O piloto que se habitue e desfrute do uso deste equipamento, porque quando voltar, não terá nada instalada nos nossos Lynx.  :bang:

Estas "manobras" devem ser para ver se algum deles têm pena e nos oferecem algo... :-X

Pena? Os tugas querem lá isso... dá para ver pelo interesse em helicópteros virtualmente "dados" pelos americanos, e que nós nos armámos em esquisitos.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Pedro Monteiro em Fevereiro 18, 2020, 08:37:18 pm
Valeu a pena a espera, a Maringa não só noticiou o primeiro voo do Lynx modernizado como até um vídeo publicou:
https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/Helic%C3%B3ptero-da-Marinha-Portuguesa-realiza-primeiro-voo-ap%C3%B3s-processo-de-moderniza%C3%A7%C3%A3o.aspx

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Fevereiro 18, 2020, 08:44:48 pm
https://www.facebook.com/159252640762594/posts/2967817983239365/?app=fbl
Aqui está ele após a "modernizaçãozinha"
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Stalker79 em Fevereiro 18, 2020, 09:10:35 pm
https://www.facebook.com/159252640762594/posts/2967817983239365/?app=fbl
Aqui está ele após a "modernizaçãozinha"

Já fui lá deixar a boca do costume....
Não pode ser. Estão a fazer uma festarola por algo que nem sequer se vê para onde foi o dinheiro.
 >:(
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Fevereiro 18, 2020, 11:01:34 pm
Imagino a festa que faziam se se tivessem lembrado do FLIR (que era o mínimo que pedíamos, isso e equipamento de guerra electrónica e RWR).
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Cabeça de Martelo em Fevereiro 19, 2020, 09:11:59 am
https://www.facebook.com/159252640762594/posts/2967817983239365/?app=fbl
Aqui está ele após a "modernizaçãozinha"

Já fui lá deixar a boca do costume....
Não pode ser. Estão a fazer uma festarola por algo que nem sequer se vê para onde foi o dinheiro.
 >:(

Na verdade há algo que é bastante visível, a mudança de motor!

Citando o artigo da Marinha:

Citar
Os cinco helicópteros estão a ser sujeitos a trabalhos de modificação estrutural decorrentes da instalação de novos motores. Na área dos aviónicos encontram-se a ser efetuados upgrades aos sistemas de ajudas e navegação, sendo introduzidos sistemas atualizados de navegação inercial.

No âmbito destas intervenções, decorrem ainda trabalhos de substituição do atual painel de instrumentos e do atual guincho de salvamento hidráulico, por um guincho elétrico de maior fiabilidade, bem como a instalação de um sistema de amortecimento de vibrações do rotor principal.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 19, 2020, 09:51:35 am
Imagino a festa que faziam se se tivessem lembrado do FLIR (que era o mínimo que pedíamos, isso e equipamento de guerra electrónica e RWR).

Ui se tivesse sido colocado o FLIR, RWR e afins, a festa até tinha direito á presença do PR ou do PM !!!!!

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 19, 2020, 09:55:05 am
https://www.facebook.com/159252640762594/posts/2967817983239365/?app=fbl
Aqui está ele após a "modernizaçãozinha"

bem o podes dizer  !!!
A " modernizaçãozinha " vai levar cinco anos e três meses, custou-nos 68 milhões, e obrigou a Marinha a empandeirar os seus poucos pilotos para outras bandas, para manterem as qualificações, pois ficou sem helis devido á boa coordenação e planeamento durante a  " modernizaçãozinha " !!!

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Fevereiro 20, 2020, 11:25:28 am
O texto presente no site da Marinha quase nos permite fazer um exercício teórico...

Citar
​​​​​​​(...) Os cinco helicópteros da Marinha Portuguesa Lynx Mk95 atingiram em 2015 a condição de meia-vida.

Após 23 anos de operação tornou-se necessário proceder à modernização de alguns sistemas aviónicos e equipamentos onde se incluíram os motores
. (...)

https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/Helic%C3%B3ptero-da-Marinha-Portuguesa-realiza-primeiro-voo-ap%C3%B3s-processo-de-moderniza%C3%A7%C3%A3o.aspx

Ora bem, não sou muito bom em contas mas a somar não há problema:

Meia-vida das aeronaves: 2015
Tempo de operação à data: 23 anos (1992/3)
Data expectável de abate: 2038 (46 anos de serviço)? ::)


É como os "novos" F-16 MLU que estão a sair e irão chegar à FAP nos próximos anos, ainda vão ter muitos aninhos nas células para voar.  :mrgreen: ::)


P.S. Glass cockpit, com três ecrãs multifunções e sem FLIR? Para quê?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 20, 2020, 11:47:26 am
Valeu a pena a espera, a Maringa não só noticiou o primeiro voo do Lynx modernizado como até um vídeo publicou:
https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/Helic%C3%B3ptero-da-Marinha-Portuguesa-realiza-primeiro-voo-ap%C3%B3s-processo-de-moderniza%C3%A7%C3%A3o.aspx

Cumprimentos,
Pedro Monteiro

Os helis vem sem os FLIR, os RWR  + capacidade de embarcar sistemas de armas mais evoluídos, e valeu a pena ??? ::)
Eu não entendo como é que valeu a pena, mas tudo bem, ele há gostos para tudo.

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Fevereiro 20, 2020, 11:50:35 am
É o chamado "fitted for but not with" :snip:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Fevereiro 20, 2020, 12:18:05 pm
Valeu a pena a espera, a Maringa não só noticiou o primeiro voo do Lynx modernizado como até um vídeo publicou:
https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/Helic%C3%B3ptero-da-Marinha-Portuguesa-realiza-primeiro-voo-ap%C3%B3s-processo-de-moderniza%C3%A7%C3%A3o.aspx

Cumprimentos,
Pedro Monteiro

Os helis vem sem os FLIR, os RWR  + capacidade de embarcar sistemas de armas mais evoluídos, e valeu a pena ??? ::)
Eu não entendo como é que valeu a pena, mas tudo bem, ele há gostos para tudo.

Cumprimentos

Sistemas de armas mais evoluídos (nem estes)?  :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

(https://www.savetheroyalnavy.org/wp-content/uploads/2019/01/Lynx-Stingray-Sea-Skua.jpg)

(https://farm66.static.flickr.com/65535/48848466741_5ba7e1ee24.jpg)

(https://www.naval.com.br/blog/wp-content/uploads/2017/05/Lynx-e-Sea-Skua.jpg)

(https://www.helis.com/spotters/steve_mills/lynx_xz257_seaskua.jpg)

Cumprimentos  c56x1 c56x1
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 20, 2020, 12:28:10 pm
Valeu a pena a espera, a Maringa não só noticiou o primeiro voo do Lynx modernizado como até um vídeo publicou:
https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/Helic%C3%B3ptero-da-Marinha-Portuguesa-realiza-primeiro-voo-ap%C3%B3s-processo-de-moderniza%C3%A7%C3%A3o.aspx

Cumprimentos,
Pedro Monteiro

Os helis vem sem os FLIR, os RWR  + capacidade de embarcar sistemas de armas mais evoluídos, e valeu a pena ??? ::)
Eu não entendo como é que valeu a pena, mas tudo bem, ele há gostos para tudo.

Cumprimentos

Sistemas de armas mais evoluídos (nem estes)?  :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

(https://www.savetheroyalnavy.org/wp-content/uploads/2019/01/Lynx-Stingray-Sea-Skua.jpg)

(https://farm66.static.flickr.com/65535/48848466741_5ba7e1ee24.jpg)

(https://www.naval.com.br/blog/wp-content/uploads/2017/05/Lynx-e-Sea-Skua.jpg)

(https://www.helis.com/spotters/steve_mills/lynx_xz257_seaskua.jpg)

Cumprimentos  c56x1 c56x1

e pergunto eu para que é que a Marinha quer estes cinco helis ??

Se é para passear como parece, então pode ficar com os cinco Kualitas da FAP, e dar-lhes estes em troca, para ficarmos com helis de cobertura armados apenas com as 12,7 é certo, dos 101 CSAR !

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Fevereiro 20, 2020, 01:00:14 pm
O texto presente no site da Marinha quase nos permite fazer um exercício teórico...

Citar
​​​​​​​(...) Os cinco helicópteros da Marinha Portuguesa Lynx Mk95 atingiram em 2015 a condição de meia-vida.

Após 23 anos de operação tornou-se necessário proceder à modernização de alguns sistemas aviónicos e equipamentos onde se incluíram os motores
. (...)

https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/Helic%C3%B3ptero-da-Marinha-Portuguesa-realiza-primeiro-voo-ap%C3%B3s-processo-de-moderniza%C3%A7%C3%A3o.aspx

Ora bem, não sou muito bom em contas mas a somar não há problema:

Meia-vida das aeronaves: 2015
Tempo de operação à data: 23 anos (1992/3)
Data expectável de abate: 2038 (46 anos de serviço)? ::)


É como os "novos" F-16 MLU que estão a sair e irão chegar à FAP nos próximos anos, ainda vão ter muitos aninhos nas células para voar.  :mrgreen: ::)


P.S. Glass cockpit, com três ecrãs multifunções e sem FLIR? Para quê?

O pessoal dos B-52 ficam orgulhosos, passam a ter concorrência.  ::)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Fevereiro 20, 2020, 03:03:48 pm
Até essas "peças de museu" usam Flir....  :bang: :bang:

(https://qph.fs.quoracdn.net/main-qimg-dfef20d8eaa726869f78d97c8804c722)

(https://lh3.googleusercontent.com/proxy/pJ4cbeBiBYaIfzD7IXRFKzu8CHH3x7W9-GNskYbQmhDGMEJHKNBTZUeiHnFhzsPuIY5d0EV3_5kYr_Sfl3VI_SiKzWRhIQ4y4hFmwQUhSliAYjBG9_XFNzNDVwWy7Z6BUq9ixiyeZ6VR87p7xO22apeNCnb4SFC7GA)

(https://www.airvectors.net/avb52_3_04.png)

(https://en.valka.cz/attachments/1945/litening_at_2.JPG)
Citar
A Sniper pod sits under the wing of a B-52H Stratofortress March 19, 2013, on Barksdale Air Force Base, La.
The new Sniper pod has been integrated into the B-52 and gives aircrew increased targeting accuracy and radar capabilities.
(U.S. Air Force photo/Staff Sgt. Jason McCasland)

https://www.ar15.com/forums/general/B_52_gets_new_Sniper_Pod__more_CAS_goodness__/5-1459527/ (https://www.ar15.com/forums/general/B_52_gets_new_Sniper_Pod__more_CAS_goodness__/5-1459527/)

Saudações  :bang: :bang:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Fevereiro 20, 2020, 03:50:20 pm
É o chamado "fitted for but not with" :snip:

Acho que nem isso para te ser sincero. Salvo erro os nossos aparelhos nunca estiveram sequer preparados para utilizar o Sea Skua por não terem sofrido as alterações necessárias no radar.

Agora que muita gente caiu em cima e indaga porque razão nem sequer o FLIR foi instalado nos aparelhos, aparecem alguns a dizer que o Super Lynx se destina apenas a ASW e que para isso o sistema não é necessário. Esta afirmação é do mais falso que existe pois os helicópteros destinam-se à luta anti-submarina, luta anti-superfície, interdição de área e busca e salvamento, sendo para isso o sensor de visão térmica de extrema necessidade/utilidade em quaisquer condições atmosféricas. É este pensamento medíocre e mesquinho que fez com que os aparelhos só viessem a ser armados com torpedos e mais tarde a metralhadora lateral, sempre o mais poucochinho e baratinho possível.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: MATRA em Fevereiro 20, 2020, 04:09:54 pm
Gostava era de saber, quanto o Brasil pagou pelo seu MLU e quanto nós pagamos na realidade.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Fevereiro 20, 2020, 04:16:04 pm
Até essas "peças de museu" usam Flir....  :bang: :bang:

Se fosse só o FLIR... ignorando o armamento, também estão "armados até aos dentes" com ECMs, RWRs e toda aquela "trampa inútil" que aumenta grandemente a sobrevivência da aeronave em combate...

É o chamado "fitted for but not with" :snip:

Acho que nem isso para te ser sincero. Salvo erro os nossos aparelhos nunca estiveram sequer preparados para utilizar o Sea Skua por não terem sofrido as alterações necessárias no radar.

Agora que muita gente caiu em cima e indaga porque razão nem sequer o FLIR foi instalado nos aparelhos, aparecem alguns a dizer que o Super Lynx se destina apenas a ASW e que para isso o sistema não é necessário. Esta afirmação é do mais falso que existe pois os helicópteros destinam-se à luta anti-submarina, luta anti-superfície, interdição de área e busca e salvamento, sendo para isso o sensor de visão térmica de extrema necessidade/utilidade em quaisquer condições atmosféricas. É este pensamento medíocre e mesquinho que fez com que os aparelhos só viessem a ser armados com torpedos e mais tarde a metralhadora lateral, sempre o mais poucochinho e baratinho possível.

Deve manter-se a mesma história de antes... "não precisam de Sea Skua porque podem guiar os mísseis Harpoon das fragatas além do horizonte."

Quem é essa "muita gente caiu em cima"? Além de nós aqui no Fórum, alguém dentro da MP se manifestou contra?

E já não surpreendem esses argumentos, como disseste e bem, é sempre o mínimo possível em todos os programas dos 3 ramos. Neste caso nem se justifica, pela ínfima quantia em causa, que não tenham instalado os FLIR. Até contra a pirataria e SAR são úteis. E a ausência de contra-medidas então, deve ser seguindo a lógica do tal General, que como o héli leva pouca gente, se cair mata menos pessoas, para quê ECM...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Fevereiro 20, 2020, 04:16:39 pm
É o chamado "fitted for but not with" :snip:

Acho que nem isso para te ser sincero. Salvo erro os nossos aparelhos nunca estiveram sequer preparados para utilizar o Sea Skua por não terem sofrido as alterações necessárias no radar.

Agora que muita gente caiu em cima e indaga porque razão nem sequer o FLIR foi instalado nos aparelhos, aparecem alguns a dizer que o Super Lynx se destina apenas a ASW e que para isso o sistema não é necessário. Esta afirmação é do mais falso que existe pois os helicópteros destinam-se à luta anti-submarina, luta anti-superfície, interdição de área e busca e salvamento, sendo para isso o sensor de visão térmica de extrema necessidade/utilidade em quaisquer condições atmosféricas. É este pensamento medíocre e mesquinho que fez com que os aparelhos só viessem a ser armados com torpedos e mais tarde a metralhadora lateral, sempre o mais poucochinho e baratinho possível.

Lá estão a ser má língua. Também usam taças, pneus, umas paletes, etc (uma destas quaisquer numa base dos insurgentes na RCA e temos o nosso heli de ataque)... :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2F1.bp.blogspot.com%2F-aPICuREr7vE%2FUtMJx04lH_I%2FAAAAAAAAOv8%2FcRIWNaeEUjM%2Fs1600%2F%28c%29PauloMata-002.jpg&hash=57ff85bc2909b2c8b2bbd38b7c389127)

(https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn%3AANd9GcSc5SXq50t561-YFY6wUAWMR57x_d1ZvvAx0rD_AuVSbq6Q644B)

(https://www.marinha.pt/pt/os_meios/helicopteros/PublishingImages/170717-PRTN-9349503-14.jpg_.jpg)

Saudações  :mrgreen: :mrgreen:


P.S.
Gostava era de saber, quanto o Brasil pagou pelo seu MLU e quanto nós pagamos na realidade.

160 milhões USD por 8 aparelhos.

https://www.naval.com.br/blog/2018/06/17/marinha-do-brasil-moderniza-aeronave-lynx/ (https://www.naval.com.br/blog/2018/06/17/marinha-do-brasil-moderniza-aeronave-lynx/)

https://www.naval.com.br/blog/2014/07/02/agustawestland-vai-modernizar-8-helicopteros-super-lynx-da-marinha-do-brasil-por-160-milhoes-de-dolares/ (https://www.naval.com.br/blog/2014/07/02/agustawestland-vai-modernizar-8-helicopteros-super-lynx-da-marinha-do-brasil-por-160-milhoes-de-dolares/)


Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: oi661114 em Fevereiro 20, 2020, 04:24:59 pm
Uma coisa que me faz impressão, então tudo o que era contra-medidas desapareceu?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Fevereiro 20, 2020, 04:30:39 pm
Na volta não tinham nada, tirando talvez os chaff&flares.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Fevereiro 20, 2020, 04:41:21 pm
Uma coisa que me faz impressão, então tudo o que era contra-medidas desapareceu?

Os nossos aparelhos não possuem - e pelos vistos continuarão a não possuir - qualquer tipo de contramedidas electrónicas sejam elas CMDS (lançadores de chaff/flare), RWR, ECM/EW, etc.

http://www.operacional.pt/as-asas-da-marinha-portuguesa/
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Fevereiro 20, 2020, 04:55:49 pm
Quem é essa "muita gente caiu em cima"? Além de nós aqui no Fórum, alguém dentro da MP se manifestou contra?

A perplexidade tem sido um pouco geral, cá e não só; imagina bem que até sul-coreanos já vieram perguntar porque razão não foi incluído o FLIR nesta modernização.  ::)


Há um zum-zum na Marinha que diz que o 19204 poderia vir à boleia da BD depois desta sair da Holanda e passar por Inglaterra antes de regressar a Portugal. Dou no entanto pouco crédito ao mesmo pois acho que é suposto a Bartolomeu Dias estar no Alfeite antes de Julho não?  :-\


Em 1993 os Super Lynx foram entregues na BA6 transportados a bordo de dois magníficos Short Belfast da HeavyLift Cargo, provavelmente passar-se-á algo em tudo semelhante desta vez.

(https://imgproc.airliners.net/photos/airliners/7/6/0/1450067.jpg?v=v40)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Fevereiro 20, 2020, 05:07:17 pm
Os nossos aparelhos não possuem - e pelos vistos continuarão a não possuir - qualquer tipo de contramedidas electrónicas sejam elas CMDS (lançadores de chaff/flare), RWR, ECM/EW, etc.

http://www.operacional.pt/as-asas-da-marinha-portuguesa/

Resumindo, os únicos helicópteros nacionais com o mínimo equipamento de auto-defesa, são os 4 Merlin CSAR.  ::)
Realmente se viessem os Rescue Hawk equipados com tudo o que usavam na USN, ainda usavam os hélis em aeroanve EW, tal a complexidade dos sistemas a bordo (quando comparados com os nossos hélis).

A perplexidade tem sido um pouco geral, cá e não só; imagina bem que até sul-coreanos já vieram perguntar porque razão não foi incluído o FLIR nesta modernização.  ::)


Há um zum-zum na Marinha que diz que o 19204 poderia vir à boleia da BD depois desta sair da Holanda e passar por Inglaterra antes de regressar a Portugal. Dou no entanto pouco crédito ao mesmo pois acho que é suposto a Bartolomeu Dias estar no Alfeite antes de Julho não?  :-\


Em 1993 os Super Lynx foram entregues na BA6 transportados a bordo de dois magníficos Short Belfast da HeavyLift Cargo, provavelmente passar-se-á algo em tudo semelhante desta vez.

(https://imgproc.airliners.net/photos/airliners/7/6/0/1450067.jpg?v=v40)


Sul-coreanos? Porquê sul-coreanos? Querem-nos vender um Dokbo?  :mrgreen:

Dado o secretismo do estado actual do MLU da BD, sabemos zero relativamente à sua vinda ao certo. Os SPY devem estar a demorar a instalar.  :bang:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Fevereiro 20, 2020, 05:41:32 pm
Resumindo, os únicos helicópteros nacionais com o mínimo equipamento de auto-defesa, são os 4 Merlin CSAR.  ::)
Realmente se viessem os Rescue Hawk equipados com tudo o que usavam na USN, ainda usavam os hélis em aeroanve EW, tal a complexidade dos sistemas a bordo (quando comparados com os nossos hélis).

Sim, apenas os 4 EH-101 Mk.516 têm alguma capacidade de autoprotecção. O Alouette III é de outras eras, o Koala é civil e o Lynx é pobre.


Sul-coreanos? Porquê sul-coreanos? Querem-nos vender um Dokbo?  :mrgreen:

É verdade, sul-coreanos. Além do pessoal nacional a protestar nas redes sociais da Marinha (inclusivé uns e outros manhosos que para aqui andam :mrgreen:), houve curiosidade por parte de sul-coreanos, filipinos, brasileiros, norte-americanos, entre outros, para saberem o porquê da ausência do FLIR no Super Lynx. Os ingleses então nem te conto, até dá para ficar envergonhado... ::)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Fevereiro 20, 2020, 06:00:33 pm
Sim, apenas os 4 EH-101 Mk.516 têm alguma capacidade de autoprotecção. O Alouette III é de outras eras, o Koala é civil e o Lynx é pobre.

Realmente é triste. E nós a sonhar com os HH-60 todos equipados... Agora os motores dos Lynx valem mais que todo o resto do helicóptero em si.  :N-icon-Axe:

Citar
É verdade, sul-coreanos. Além do pessoal nacional a protestar nas redes sociais da Marinha (inclusivé uns e outros manhosos que para aqui andam :mrgreen:), houve curiosidade por parte de sul-coreanos, filipinos, brasileiros, norte-americanos, entre outros, para saberem o porquê da ausência do FLIR no Super Lynx. Os ingleses então nem te conto, até dá para ficar envergonhado... ::)

Filipinos? Por amor de Deus... até somos gozados por gajos com "nome" de bolachas...
Hei-de despender um bocado de tempo para ver todas as marinhas do mundo (na santa wikipedia), e ver quantas delas têm hélis navais sem FLIR e contra-medidas...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Fevereiro 20, 2020, 06:24:36 pm
Filipinos? Por amor de Deus... até somos gozados por gajos com "nome" de bolachas...
Hei-de despender um bocado de tempo para ver todas as marinhas do mundo (na santa wikipedia), e ver quantas delas têm hélis navais sem FLIR e contra-medidas...

A Marinha Filipina tem Wildcat ao serviço, poucos mas tem. E com FLIR.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Fevereiro 20, 2020, 07:07:56 pm
Filipinos? Por amor de Deus... até somos gozados por gajos com "nome" de bolachas...
Hei-de despender um bocado de tempo para ver todas as marinhas do mundo (na santa wikipedia), e ver quantas delas têm hélis navais sem FLIR e contra-medidas...

A Marinha Filipina tem Wildcat ao serviço, poucos mas tem. E com FLIR.

Essa é que é essa, wildcat e nós uns helis que nem FLIR possuem e ainda por estas bandas se fala em NPL, fragatas novas e substitutos do F16, quando nem FLIR nem Marlins nem os Tejos todos operacionais temos !!!

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Red Baron em Fevereiro 20, 2020, 07:33:57 pm
Não sejam Más-línguas o dinheiro do FLIR foi para pagar o simulador. Mais vale um simulador do que um FLIR num helicóptero que pouco voa. 8)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: oi661114 em Fevereiro 20, 2020, 09:02:46 pm
Então que sensores são aqueles no nariz do 19203?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Fevereiro 20, 2020, 10:35:57 pm
Não sejam Más-línguas o dinheiro do FLIR foi para pagar o simulador. Mais vale um simulador do que um FLIR num helicóptero que pouco voa. 8)

Pouco voa? Vais ver que daqui a 5 anos estoiram outra vez as horas de voo dos hélis!  :mrgreen:

Então que sensores são aqueles no nariz do 19203?

Quais sensores? Aquela superfície "rectangular" à frente do "nariz" do helicóptero? Penso que seja só o "local" onde é suposto colocar os ditos sensores. Pelo menos os hélis brasileiros têm lá "coisas".

Helicóptero da MB pré-MLU:
(https://www.aereo.jor.br/wp-content/uploads//2014/07/AH-11-Super-Lynx_01.jpg)

Helicóptero da MB pós-MLU:
(https://www.defesaaereanaval.com.br/wp-content/uploads/2017/09/AH-11B-voa-em-Yeovil.jpg)

A comparar com os nossos que não têm lá nada (pré-MLU):
(https://www.marinha.pt/pt/os_meios/helicopteros/Helicopteros%20%20Imagens/39_.jpg)

Pós-MLU:
(https://www.naval.com.br/blog/wp-content/uploads/2020/02/Marinha-Portuguesa-Primeiro-voo-do-helic%C3%B3ptero-Lynx-ap%C3%B3s-moderniza%C3%A7%C3%A3o-2.jpg)

Presumo que aquele "objecto" junto do trem de aterragem traseiro dos hélis brasileiros seja o lançador de chaffs?

Merlin CSAR (notar os objectos pretos no nariz deste héli e a ausência do mesmo na foto seguinte, e também por cima da última janela aquela saliência presente neste e ausente do outro modelo)
(https://cdn.jetphotos.com/full/6/16607_1407172953.jpg)

Merlin "normal":
(https://radioportuense.com/wp-content/uploads/2019/12/merlin.jpg)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Fevereiro 21, 2020, 11:24:03 am
Quero fazer uma correcção àquilo que escrevi aqui ontem:

Acho que nem isso para te ser sincero. Salvo erro os nossos aparelhos nunca estiveram sequer preparados para utilizar o Sea Skua por não terem sofrido as alterações necessárias no radar.

De facto nem se trata disso: os radares Bendix RDR 1500B utilizados nos nossos Super Lynx pura e simplesmente não dispõem sequer de capacidade de iluminação ou designação de alvos, sendo principalmente um radar multimodo para uso em meio marítimo de pesquisa de superfície, navegação e observação meteorológica.


Citar
Portugal ordered five "Super Lynx Mark 95" machines in 1989, with two of them being conversions of ex-Royal Navy HAS.3 machines and the other three new-build. Initial flight of the Mark 95 was in 1992. The Mark 95 had no nose imager turret but featured Bendix RDR 1500 radar in the undernose radome -- for surveillance and weather observation but without targeting capability -- and Bendix AN/ASQ-18(v) dunking sonar. They were fitted with FN Herstal M3M 12.7-millimeter (0.50-caliber) machine guns, one on a pintle mount on each side, and have participated in antipiracy operations.

http://www.airvectors.net/avlynx_2.html#m3

Por isso logo à partida ficou determinado que armas como o Sea Skua estavam colocadas de parte, e que os torpedos chegavam e sobravam. De facto para "táxi dos Almirantes" não era preciso estar com mais coisas... ::)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Fevereiro 21, 2020, 11:42:20 am
Então que sensores são aqueles no nariz do 19203?

Antenas RWR.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Fevereiro 21, 2020, 12:42:24 pm
Quero fazer uma correcção àquilo que escrevi aqui ontem:

Acho que nem isso para te ser sincero. Salvo erro os nossos aparelhos nunca estiveram sequer preparados para utilizar o Sea Skua por não terem sofrido as alterações necessárias no radar.

De facto nem se trata disso: os radares Bendix RDR 1500B utilizados nos nossos Super Lynx pura e simplesmente não dispõem sequer de capacidade de iluminação ou designação de alvos, sendo principalmente um radar multimodo para uso em meio marítimo de pesquisa de superfície, navegação e observação meteorológica.


Citar
Portugal ordered five "Super Lynx Mark 95" machines in 1989, with two of them being conversions of ex-Royal Navy HAS.3 machines and the other three new-build. Initial flight of the Mark 95 was in 1992. The Mark 95 had no nose imager turret but featured Bendix RDR 1500 radar in the undernose radome -- for surveillance and weather observation but without targeting capability -- and Bendix AN/ASQ-18(v) dunking sonar. They were fitted with FN Herstal M3M 12.7-millimeter (0.50-caliber) machine guns, one on a pintle mount on each side, and have participated in antipiracy operations.

http://www.airvectors.net/avlynx_2.html#m3

Por isso logo à partida ficou determinado que armas como o Sea Skua estavam colocadas de parte, e que os torpedos chegavam e sobravam. De facto para "táxi dos Almirantes" não era preciso estar com mais coisas... ::)

Ou seja, nem sequer podem guiar os Harpoon das fragatas além do horizonte?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Fevereiro 21, 2020, 01:16:54 pm
Quem é essa "muita gente caiu em cima"? Além de nós aqui no Fórum, alguém dentro da MP se manifestou contra?

A perplexidade tem sido um pouco geral, cá e não só; imagina bem que até sul-coreanos já vieram perguntar porque razão não foi incluído o FLIR nesta modernização.  ::)


Há um zum-zum na Marinha que diz que o 19204 poderia vir à boleia da BD depois desta sair da Holanda e passar por Inglaterra antes de regressar a Portugal. Dou no entanto pouco crédito ao mesmo pois acho que é suposto a Bartolomeu Dias estar no Alfeite antes de Julho não?  :-\


Em 1993 os Super Lynx foram entregues na BA6 transportados a bordo de dois magníficos Short Belfast da HeavyLift Cargo, provavelmente passar-se-á algo em tudo semelhante desta vez.

(https://imgproc.airliners.net/photos/airliners/7/6/0/1450067.jpg?v=v40)

Vem dentro do mastro? :anjo:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Fevereiro 21, 2020, 02:01:20 pm
Ou seja, nem sequer podem guiar os Harpoon das fragatas além do horizonte?

De acordo com as características conhecidas penso que isso é possível, mas não sou especialista em radares.

Citar
- Target Marker: range/bearing or latitude/longitude

https://www.yumpu.com/fr/document/read/47146699/rdr-1500b-telephonics-corporation
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Fevereiro 21, 2020, 02:36:25 pm
Ou seja, nem sequer podem guiar os Harpoon das fragatas além do horizonte?

De acordo com as características conhecidas penso que isso é possível, mas não sou especialista em radares.

Citar
- Target Marker: range/bearing or latitude/longitude

https://www.yumpu.com/fr/document/read/47146699/rdr-1500b-telephonics-corporation

É bom que  tenha, penso que foi um dos argumentos usados para a "não necessidade" dos Sea Skua.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Fevereiro 21, 2020, 03:10:53 pm
Citar
Portuguese Super Lynx Mk 95A helicopter performs first flight
Victor Barreira, Lisbon - Jane's Navy International
20 February 2020

The Portuguese Navy’s first modified Super Lynx Mk 95A shipborne helicopter has made its first test flight, the service announced on 18 February. Work to modernise and extend the lives of the navy’s fleet of five Super Lynx Mk 95 helicopters is being carried out by Leonardo Helicopters at its facility in Yeovil, United Kingdom, under a contract awarded in July 2016 worth an estimated EUR69 million (USD76.4 million).

The first modernised helicopter, which completed its initial test flight on 14 February, will be delivered to Portugal in early May, with the fifth expected to be handed over in late 2021, the navy told Jane’s. The modernisation package includes the replacement of the original Rolls-Royce Gem 42 engines with more powerful LHTEC CTS800-4N turboshafts.

https://www.janes.com/article/94423/portuguese-super-lynx-mk-95a-helicopter-performs-first-flight

Se o quinto ainda está na EHM, e se foram precisos quase 3 anos para voar o primeiro, como será possível ter os 5 modernizados e entregues até ao final do ano que vem? ::)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: raphael em Fevereiro 21, 2020, 04:12:54 pm
Processos mais rápidos de modernização, mais spares à disposição, cadeia logistica de modernização com capacidade incrementada, mais técnicos disponíveis...como se diz...o que custa mais é o primeiro (entenda-se em aprendizagem).
Ou então, estão a cortar em alguma coisa...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Fevereiro 21, 2020, 04:59:14 pm
Processos mais rápidos de modernização, mais spares à disposição, cadeia logistica de modernização com capacidade incrementada, mais técnicos disponíveis...como se diz...o que custa mais é o primeiro (entenda-se em aprendizagem).
Ou então, estão a cortar em alguma coisa...

Ou a libertar o guito mais depressa
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Fevereiro 21, 2020, 11:25:18 pm
Cá por mim, foi o pagamento que já foi feito na totalidade. Agora é sempre a andar.  ;D

@dc Até ao Block II, o Harpoon era um míssil do tipo 'fire and forget", não permitindo portanto actualizações da localização do alvo por meios externos. Com o Block II (ao serviço nos subs e, no futuro, nas BD) já é possível enviar a localização do alvo para o míssil. No entanto, não tenho a certeza se uma plataforma aérea pode enviar informação directamente ao míssil, ou se terá que ser "relayed" através do navio lançador, onde se encontra o sistema de controlo de tiro.

Independentemente da versão do Harpoon, a aquisição do alvo antes do disparo é fundamental e tal é feito com maior alcance por via de uma plataforma aérea, pelo que um radar como o que equipa os nossos Lynx é completamente inadequado num ambiente de guerra (empastelado por ECM do IN). Ficávamos melhor servidos com um radar militar moderno do tipo AESA e, já agora, com FLIR.  :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: goldfinger em Fevereiro 24, 2020, 07:40:19 am
Primer vuelo de los modernizados Super Lynx de la Marina de Portugal

(https://www.defensa.com/image.php?file=fichero_21402_20200221.jpg&ancho=640&alto=427&corto=1)

https://www.defensa.com/otan-y-europa/primer-vuelo-modernizados-super-lynx-marina-portugal
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Março 26, 2020, 07:30:05 am
Citar
Portuguese Super Lynx Mk 95A helicopter performs first flight
Victor Barreira, Lisbon - Jane's Navy International
20 February 2020

The Portuguese Navy’s first modified Super Lynx Mk 95A shipborne helicopter has made its first test flight, the service announced on 18 February. Work to modernise and extend the lives of the navy’s fleet of five Super Lynx Mk 95 helicopters is being carried out by Leonardo Helicopters at its facility in Yeovil, United Kingdom, under a contract awarded in July 2016 worth an estimated EUR69 million (USD76.4 million).

The first modernised helicopter, which completed its initial test flight on 14 February, will be delivered to Portugal in early May, with the fifth expected to be handed over in late 2021, the navy told Jane’s. The modernisation package includes the replacement of the original Rolls-Royce Gem 42 engines with more powerful LHTEC CTS800-4N turboshafts.

https://www.janes.com/article/94423/portuguese-super-lynx-mk-95a-helicopter-performs-first-flight

Se o quinto ainda está na EHM, e se foram precisos quase 3 anos para voar o primeiro, como será possível ter os 5 modernizados e entregues até ao final do ano que vem? ::)

Agora com a besta do KonaVirus á solta é que nem daqui a três anos temos cá os cinco helis operacionais.

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Março 28, 2020, 02:25:13 pm
A configuração dos futuros MH-60R indianos é impressionante. Baseada em grande parte no modelo saudita, os Romeo indianos serão verdadeiras máquinas de guerra anti-superfície embarcadas.

Citar
The Sikorsky MH-60R Seahawk maritime helicopters ordered by India will be built to the latest Saudi Arabian configuration, with some additional national-specific modifications. The new initial Indian baseline standard was disclosed on the US government's beta.sam.gov website on 24 March, in which it was noted that the 24 helicopters recently ordered by the Indian government will be built to the same configuration as the 10 helicopters received by the Royal Saudi Naval Forces (RSNF), with some "unique modifications" also included.

The RSNF MH-60Rs that were delivered from September 2018 are of a similar anti-surface vessel warfare (ASuW) and anti-submarine warfare (ASW) standard to the latest helicopters flying with the US Navy (USN), including AN/AAS-44C(V) multi-spectral targeting systems, AN/AVS-9 night-vision goggles, AN/SSQ-36/53/62 sonobuoys, Raytheon MK 54 torpedoes, and crew-served weapons. The RNSF standard that will form the baseline configuration for the Indian Navy (IN) adds the Lockheed Martin AGM-114R Hellfire II air-to-surface missile and BAE Systems Advanced Precision Kill Weapon System (APKWS) which, while integrated by the USN, are not typically carried.

While the sole-source contract notification did not provide details of the Indian national-specific modifications, Jane's previously reported that the IN is to fit its MH-60R helicopters with the Kongsberg Naval Strike Missile (becoming the first country to fit any helicopter with the anti-ship missile). Other national modifications will likely comprise communications and other such equipment.

https://www.janes.com/article/95102/indian-mh-60r-helos-to-be-saudi-standard-plus-national-mods

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Março 29, 2020, 04:59:21 pm
Quem diria, uma Marinha com helis navais completamente equipados. Seguiram o nosso exemplo!
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Março 29, 2020, 05:28:43 pm
Quem diria, uma Marinha com helis navais completamente equipados. Seguiram o nosso exemplo!

Os MH-60R seriam a plataforma ideal para o futuro pós-Super Lynx, mas até o AW159 Wildcat já seria uma grande evolução.

Alguém crê porém que, caso se optasse por cá pelo Wildcat, algum dia o veríamos assim armado com 20 mísseis anti-superfície Martlet por exemplo?  ::)

(https://live.staticflickr.com/65535/49692790763_f8c4b32c04_o.jpg)

(https://live.staticflickr.com/65535/49692790748_17acf1922d_o.jpg)

(https://live.staticflickr.com/65535/49693332531_2ca06fd597_o.jpg)


Está-se mesmo a ver que o caos económico que se seguirá ao coronavírus deverá levar as fragatas e respectivos Super Lynx a estarem operacionais pelo menos até à década de 2040...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Março 29, 2020, 05:38:12 pm
Também não creio que se tivéssemos os MH ou os Wildcat, viessem equipados de forma muito diferente dos Lynx actuais. Talvez numa situação em que se vislumbrasse um conflito, lá fosse instalado tudo à última da hora, como o canhão da porta para as missões da Somália.

A minha preferência iria para o MH-60, R para as fragatas, e S para o programa da FAP.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Abril 03, 2020, 03:57:01 am
Romeo And The Wolves

https://www.heliopsmag.com/romeo-and-the-wolves (https://www.heliopsmag.com/romeo-and-the-wolves)

Citar
The squadron’s famous ‘Wolf Pack’ name dates from 1986 and the establishment of HSL-45. It was carried over when, in 2011, HSL-45 transitioned from its legacy SH-60Bs to the new MH-60Rs, becoming HSM-75 in the process. The simple, yet striking wolf’s head design for the new squadron patch was obtained – with permission – from the University of Nevada and instituted at the same time. CDR John Kiefaber is the squadron’s current Commanding Officer (CO), having just stepped up from the Executive Officer (XO) position to take over command from CDR Jeffrey Melody, while CDR Michael Madrid now fills the XO’s slot and will likely replace CDR Kiefaber in another 15 months, as is the standard command progression. Kiefaber, whose father drove surface ships, now has around 2,500 hrs flight time and grew up as a self-described ‘navy-brat’, deciding fairly early that he wanted to be a naval aviator. The two Commanders seem to ‘click’ very well, having served together in the past and even been roommates on a ten-month deployment aboard the USS Boxer. Both men took time to talk to HeliOps, outlining the squadron’s missions, background and structure as well as explaining how the qualities and capabilities of the unit’s MH-60R ‘Romeo’ aircraft fulfill their needs.

Elaborating on how the two commanders work together to lead the squadron, CDR Madrid explained, “I’m trying to manage the day to day grind so the CO can think upward and outward to have the big vision of where he wants us to go, while I’m the driver to get everybody in line for where we need to move. At the same time I’m trying to shape this squadron for what’s next when and if I ‘inherit’ it.” Kiefaber described the squadron command as the pinnacle of his 20-year career to date and considers it quite an honor. “There’s a lot of responsibility involved, for 310 people and eleven helicopters. Personnel, budget and mission considerations are constant demands and that’s why the Navy is so conscientious in developing well-rounded, competent officers with its carefully structured career development path. It means that, by the time you get the opportunity to take on a command like this, you have the necessary skills and competencies to fulfill the role. Another major responsibility is the training or ‘grooming’ of my successor.”

Attachment to the Wolf Pack is considered sea duty as the unit deploys to the fleet, as CDR Kiefaber explained. “We are part of Carrier Strike Group 11 and will deploy with the carrier USS Nimitz. Our command element includes the majority of the unit’s personnel - over 200 people and five helicopters - and will be deployed on the carrier, while three other detachments will be deployed to other ships within the group. Those detached elements are each led by a Lt.Cdr, incorporate approximately 25-30 personnel with two helicopters and could be attached to frigates, destroyers or cruisers. In addition to the Wolf Pack, an MH-60S ‘Sierra’ squadron will also be deployed to the Nimitz and base six Sierras on the carrier, while two Sierras are detached to a fleet ‘oiler’. These two helicopter squadrons provide the complete 11-helicopter complement for the aircraft carrier’s deployment. The Navy’s at-sea deployment period has been standardized at seven months, largely in order to enable maintenance needs to be adequately met and prevent inordinate degradation of ships, aircraft and equipment in the harsh conditions of a salt-water environment.

“Obviously I’m biased, but I think the Romeo is probably the best helicopter in our inventory. It’s very multi-purposed in the most extreme sense. I mean, we can do everything in it,” said Kiefaber. He and Madrid have backgrounds flying the Bravo, so are well placed to compare the two aircraft. “It’s like going from an old flip-phone to a new iphone,” commented Kiefaber. “It’s amazing, it’s a glass cockpit and all the technology is just so much better. There are so many applications that tie you in to all the other aircraft in the air wing and everyone in the battle-space. We can all talk to each other and pass information both ways, something we couldn’t do in the Bravo.” The added mission-capability provided by the Romeo has been instrumental in increasing a wider appreciation of the advantages offered by rotary-wing operations – particularly among other elements of the air-wing, according to Kiefaber and he reported a trend towards the rotary platforms within the US Navy inventory. “The majority of the Navy’s helicopter squadrons are carrier-based but we do also have a couple of expeditionary squadrons. I think you can’t have enough helicopters in any active combat area. The helicopter is a force multiplier and the utility of a helicopter is limited only by imagination. We can strip out most of our mission avionics equipment and quickly convert the aircraft into what we’d refer to as a truck, running humanitarian or support missions and a week or two later be back in normal mission trim, hunting for submarines and enemy surface combatants.”

Although anti-submarine warfare (ASW) is the bread and butter tasking for the USN Romeos, they are also highly capable against surface targets. They are equipped with both missiles and guns, with 2.75” APKWS rockets currently being added to the armament inventory. ASW training is obviously carried out in a maritime environment but surface warfare (SUW) training is regularly conducted in Nevadafrom NAS Fallon, home of the U.S. Naval Aviation Warfighting Development Center, where the Wolf Pack’s Romeos carry out live firing and work with naval F18s. On an ASW mission the workload is high and constant for a Romeo’s three crewmembers. While one pilot is actively hand-flying the aircraft, the rear crewman (AWR) could be actively prosecuting a target with the active sonar dipper and the non-flying pilot could be looking at the passive sonar buoys, talking to other assets and passing information on what is being seen. “It’s a lot of work for three people to carry out and it’s only the really good crew resource management drill that we preach in our community which makes it possible,” said LCDR Timothy Rogers, the Officer-In-Chargeof the Wolf Pack’s Detachment 1 (Det1). He sees the only weaknesses of the Romeo as being those that are common to all helicopter platforms - such as limitations on speed, range and altitude – but has a very high regard for the type’s capability. “The one piece of equipment we have that most sets us apart from any other ASW platform in terms of capability is the active dipping sonar dome.” Rogers and LTJG Rylee Streff explained that the main mission of the Romeo is to localize and prosecute a subsurface target using its array of onboard acoustic sensors.  The precision with which a target can often be identified once accurately located is remarkable.  Rogers explained that sonar operators use the sounds emanating from a contact’s various componentry and propulsion to help identify a contact.   Each generator of mechanical sound adds a frequency or range of frequencies which produces a distinctive sound signature which then can be used by a skilled operator to determine exactly which vessel they are tracking. Streff described the effective operation of the onboard sonar equipment as an art form. “These guys have a huge amount of training over more than a year for this, but the rules only get you so far when you’re finding submarines. Some of the sub crews are really, really good at avoiding detection and that’s where our dipping sonar is a game-changer; it’s much harder to hide or run away from that.” The Romeos carry both passive and active sonar buoys in addition to the dipping sonar, and for engagement purposes they can carry up to threeMk-46 or newer Mk-54 torpedoes.

Streff pointed out that a major benefit of the new electronics suite is the much greater degree of interface and control of the newer digital-capable torpedoes, granting a far higher level of effectiveness as a weapons system. The advanced radar systems in the Romeo include automatic tracking, IFF, ISAR (Inverse Synthetic Aperture Radar) which aides in the classification and surveillance of surface targets, as well as ARPDD (Automatic Radar Periscope Detection and Discrimination) which is utilized for detection of periscope-type objects on the surface. The MTS (multi-spectrum targeting system) is standard equipment and includes latest-gen FLIR, daylight TV and low-light TV, plus the ability to integrate those modes at the same time. The MH-60R’s laser designator system can be set to other platforms’ laser codes, allowing the Romeo to laser designate targets for another platform’s ordnance, while additional laser capability includes an eye-safe laser for training purposes and what is known as the ‘light-sabre’, a laser target marker that shows up on NVG as an intense beam of light, typically used to visually designate a target for the gunner. Night operations are commonplace for the multi-mission Romeos. Another piece of equipment that Rogers considers a game-changer is the Romeo’s electronic support measures (ESM) system. “We have a really good ESM system and a really robust, selectable ESM library,” he opined. “That can help us identify individual vessels or weapon systems as some of them have unique radar types or signatures and, because it’s a passive system, it also means we’re seeing them before they can see us.” Software available to Romeo crews includes a program that utilizes all available environmental data for the operating area and will give an estimate of the best location to deploy sonar assets in order to maximize the search-area and search effectiveness.Up-to-date ambient data can also be obtained by the dipper or by deploying a BT buoy, giving accurate real-time environmental information such as salinity, temperature gradient and sonic-layer depth. The Navy’s full mission-planning and aircraft configuration software is also used.

The list of secondary missions for the MH-60R is extensive, as Rogers recounted. “We pride ourselves on the fact that we’re in a helicopter because that opens up a whole spectrum of operating capabilities, whether that be search and rescue, medevac, mobility and logistics or even humanitarian relief.” Streff expanded on Rogers’ comments, adding that, while the Bravo was a good aircraft, the introduction of the Romeo and the increase in the proportion of sea-going squadrons had dramatically increased the variety of the missions and the tactical usefulness of the squadron. “It allows us to be a much more vital component within the maritime tactical environment,” he remarked. In the normal course of events, however, the Romeos’ secondary missions would normally be carried out by the MH-60Ss of the embarked sister squadron, as those missions are the Sierras’ primary roles.

The role of the aircrewman in the rear of an MH-60R encompasses a whole raft of tasks and responsibilities. “We’re the key element in our two primary missions, particularly on ASW operations,” said AWR1 Richard Blythe, who initially joined the Navy thirteen years ago with the goal of being a rescue swimmer. “We go through extensive schooling to learn how to find and classify submarines with the various sensors available to us.” He confirmed that the main detection tool on the Romeo is the active dipping sonar and commented that, with its extensive length of attached cable, it takes up the vast majority of the available space in the rear of the aircraft, leaving just enough room for two crew seating positions. “We also work with the pilots, working out just where our next fly-to point is, where we want to deploy our sonar or buoys and so forth. Once we’ve located a sub, we’re usually trying to keep tracking it and it can be a real challenge. Simply because the sub crews spend all their time in the water column and their lives basically depend on their knowledge of it, they’re better at it than us. That’s why we need such good technology and why we spend so much time learning and training.” Blythe also pointed out that naval technology, just like all technology, is constantly evolving and improving so each new generation of submarine tends to be quieter and harder to locate and track than its predecessors. In the SUW role, the rear aircrewman will typically be operating the radar systems and other sensors. Blythe’s extensive and almost constant training for his job included a one-month rescue swimmer course following the six-month basic acoustic, or A-school training. At A-school he was taught the basics of passive and active sonar systems and the magnetic anomaly detection system (MADS) fitted to the Bravo and Foxtrot aircraft then in service. A further six months training was undergone at the FRS (fleet replacement squadron) in the actual helicopter. When he returned from a number of deployments he then spent another six months training on the new systems in the Romeo. “For a new guy coming through,” he estimated, “they’re looking at about two years of training, from the time they join the Navy up until the time they’re flying here with us.”

After a background working on S3 Viking fixed-wings, ATCS Keala Mattos is now a Wolf Pack maintenance chief. Somewhat serendipitously, his step-father was a navy chief working on helicopters and after 12 years in the SH-60 fraternity Mattos admitted he far prefers the rotary-wing side of the fence. “There’s a much broader spectrum of work and you kind of dabble with everything,” he stated. The biggest change in his duties brought about by the introduction of the MH-60R has been adapting to the digitized nature of the whole aircraft and the lack of conventional hard-wiring for electrical systems. Having previously served as maintenance control chief, he is now the squadron’s flight-deck coordinator. “My role when we deploy is to coordinate all our flight and operational evolutions on the flight deck of an aircraft carrier, working with the fixed-wing components as well.” The unit’s nine work centers keep 60 to 70 personnel fully engaged in keeping the squadron’s assets in a fully maintained operational state. In Mattos’ opinion, the move to digitization has one drawback, in that the ability to troubleshoot from knowledge, experience and logic is being eroded, due to the manner in which faultfinding is now reliant on electronics to monitor, analyze and report. He believes that this prevents younger, newer engineers and maintenance personnel developing such a deep understanding of aircraft at the most basic level. “That’s not just aircraft though,” he admitted. “I think that’s society and technology in general. We don’t actually fix equipment any more; we just locate and replace defective components within a system, as determined by the system itself. It makes people far more reliant on technology.” By the same token, he admits that the younger engineers are far more adept at using the technology.

Aviation Electrician’s mate AE1 Ryan Lantos worked on Bravos prior to the introduction of the Romeos, after previously working on UAVs and fixed-wing aircraft during his nineteen-year career. He commented that the glass cockpit and increased technological sophistication of the aircraft has taken much of the workload out of the hands of him and his peers. “It’s just more maintenance-friendly. You pull the part out, put the new part in and it’s done,” he observed. “I think the Romeo is a better aircraft than the Bravo, just because the upgrades make it so much easier in general. It is a helicopter though, so there is a very high wear and tear rate. Our main job entails hovering over salt water and that’s a really harsh environment for anything mechanical, which is why we’re so strict and rigid on our periodic inspections and preventative maintenance procedures.” He added that the still-young Romeos are experiencing very few breakdowns. “These birds are still new right now,” he commented, “so a lot of stuff isn’t breaking like it might in the future.” Lantos pointed out that when that begins to occur, manning levels would necessarily increase to cope with the additional workload. “We deal with everything electronic and that’s all monitored, so when it is seen that the demand is high enough, the Navy will increase the manning level to what is required.” According to Lantos, he went to the Wolf Pack because he’d heard that it had the best maintenance culture. He explained, “I’ve been to places where we had to try and fix that. It’s a mindset; an overall cultural climate of a place and to fix that is a mammoth undertaking. This is my last tour and I wanted to be somewhere that the culture was already fixed and I could get involved with training new people in the right environment. Here everything is by the book and because of that we don’t have as many breakdowns or as much unscheduled maintenance.”

The Romeo is, of course, a frontline military aircraft and therefore has a substantial offensive capability. Aviation Ordnanceman Second Class (AO2) Robert Poage has been in the Navy for two years and the Wolf Pack is his first command. In his own words, he deals “with the missiles, the guns and all the cool stuff that goes ‘Boom’!” Romeos can be fitted with the .50 caliber GAU-21 and/or the 7.62mm M240 machinegun, and have the ability to carry and launch AGM-114 Hellfire missiles and Mk-46 or -54 torpedoes. AWR1 Blythe explained that, because there is only a single AWR in the back of the aircraft on primary missions, they are also responsible for the machineguns and that they aim to have firing practice with the GAU-21 or M240 every 90 days. Poage has been on one deployment and is looking forward to the next, as he will be deployed on a detachment as the sole AO. He and Lantos both agree that more is learned when at sea, as equipment is most likely to fail or breakdown in the demanding conditions and personnel levels are lower, with greater responsibility frequently placed on individual members. Typically, preventative maintenance at sea is accordingly carried out at about twice the level that is conducted when the squadron is ashore at NASNI.

It’s clear when talking to Wolf Pack personnel that they all, without exception, take a great pride in being a part of not only the US Navy, but of what they see as the best helicopter squadron within it. They hold the attributes and capabilities of their Romeos in high regard and leave one in no doubt that any carrier group to which they are deployed will be well protected within a sanitized security area for which they are largely responsible. It seems somehow fitting that the ‘Wolf-Pack’ name that was once applied to committed teams of German submarines operating against allied shipping during WWII, is now proudly worn by an equally committed team of airborne submarine hunters.

(https://lirp-cdn.multiscreensite.com/b8845676/dms3rep/multi/opt/wolf+main-1920w.jpg)
The late-generation MH-60R Seahawk (aka ‘Romeo’) may look similar to the older SH-60B it replaced, but is a far superior platform that offers greatly increased effectiveness and mission capability. The US Navy’s legendary ‘Wolf Pack’ squadron fields up to eleven Romeos from its base at NASNI (Naval Air Station North Island) in San Diego and offered HeliOps the opportunity for a closer look at the unit and its aircraft.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Abril 16, 2020, 05:52:38 pm
The @MarinhaPT just shared with us an interesting video file featuring a flight of first Super Lynx MK95A helicopter. The five Portuguese Super Lynx MK95s of @MarinhaPT EHM are being modernized to Super Lynx MK95A standard by Leonardo Helicopters.

https://twitter.com/i/status/1250806152549543937

Mas que pobreza, nem o flir colocaram nestes Helis :bang:

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Abril 17, 2020, 10:06:13 am
Gosto é desses "anúncios", cheios de pompa e circunstância  :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Red Baron em Abril 17, 2020, 10:15:08 am
The @MarinhaPT just shared with us an interesting video file featuring a flight of first Super Lynx MK95A helicopter. The five Portuguese Super Lynx MK95s of @MarinhaPT EHM are being modernized to Super Lynx MK95A standard by Leonardo Helicopters.

https://twitter.com/Defence360/status/1250806152549543937

Mas que pobreza, nem o flir colocaram nestes Helis :bang:

Abraços

Então foram fazer uma "repro" aos lynx e agora iam por la uma coisa que só adiciona peso e estraga a aerodinâmica.  c56x1
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Pescador em Abril 17, 2020, 03:09:09 pm
Boa tarde

Quando foi da anterior crise na Guiné, estiveram dos helicópteros embarcados, que entre outras coisa mais úteis, também andaram a fazer de "táxi" com os dois lideres da contenda, em que cada um deles tinha de ir em heli diferente(luxo com o que é dos outros).
 Um aparte:(Nessa situação de guerra civil, a equipa do GOE da PSP, foi desembarcada com equipamento numa praia de zebro e teve que se orientar a evitar militares do regime e revoltosos, desde praia até à embaixada)

Muitas vezes os meios servem é para transportar distintas figuras do almirantado e políticos nas suas visitas para fotos e cerimonias.
Logo o FLIR não faz falta para isso. Nem os radares adequados.

Aliás quando se lança um patrulha oceânico, de 1800 toneladas desarmado e despido de meios de detecção adequados e se anuncia esse feito na TV e jornais como quase o mesmo que atravessar o cabo Bojador, só mesmo de ...personagens de desenhos animados.
Este anuncio para a opinião publica, que está mais de volta da bola e programas da tarde, até passa ao lado.
Mas serve os interesses de políticos e outros que estão bem sempre.

A Soberania nacional é um termo de discurso de ocasião não a realidade, seja económica, seja dentro em breve qualquer outra.
O papel de Portugal na Europa é ter turismo disponível e facilitismo a outros de entrar no mercado da Europa.
Estão mais preocupados com os palop que com o próprio País. Disse preocupados, mas não é esse o termo, mas não quero entrar nem devo, em assunto que não é daqui.
Mas a respeito disso, lembro-me nos anos 90, da curiosa ideia de mandar fuzileiros em botes de borracha tirar centenas de portugueses da RP Congo(ex Zaire).
Os Fuzileiros em Brazzaville e, do outro lado do imenso rio, Kinshasa com mais de 5 mil militares do regime e muitos outros revoltosos espalhados não se sabia por onde. Muitos em posições bem armadas ao longo do rio, com vários quilômetros de largura e com correntes tão fortes que os troncos à deriva pareciam ter motor.
Devia ser lindo.
Ideias de gabinete, como muita coisa.

É este o País dos teóricos de gabinete e principalmente dos aconchegados. Porque se não fossem aconchegados batiam na mesa.


Em alguns casos a ignorância evita desgostos.
É o que temos


 
   
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Abril 17, 2020, 04:44:14 pm
Boa tarde

Quando foi da anterior crise na Guiné, estiveram dos helicópteros embarcados, que entre outras coisa mais úteis, também andaram a fazer de "táxi" com os dois lideres da contenda, em que cada um deles tinha de ir em heli diferente(luxo com o que é dos outros).
 Um aparte:(Nessa situação de guerra civil, a equipa do GOE da PSP, foi desembarcada com equipamento numa praia de zebro e teve que se orientar a evitar militares do regime e revoltosos, desde praia até à embaixada)

Muitas vezes os meios servem é para transportar distintas figuras do almirantado e políticos nas suas visitas para fotos e cerimonias.
Logo o FLIR não faz falta para isso. Nem os radares adequados.

Aliás quando se lança um patrulha oceânico, de 1800 toneladas desarmado e despido de meios de detecção adequados e se anuncia esse feito na TV e jornais como quase o mesmo que atravessar o cabo Bojador, só mesmo de ...personagens de desenhos animados.
Este anuncio para a opinião publica, que está mais de volta da bola e programas da tarde, até passa ao lado.
Mas serve os interesses de políticos e outros que estão bem sempre.

A Soberania nacional é um termo de discurso de ocasião não a realidade, seja económica, seja dentro em breve qualquer outra.
O papel de Portugal na Europa é ter turismo disponível e facilitismo a outros de entrar no mercado da Europa.
Estão mais preocupados com os palop que com o próprio País. Disse preocupados, mas não é esse o termo, mas não quero entrar nem devo, em assunto que não é daqui.
Mas a respeito disso, lembro-me nos anos 90, da curiosa ideia de mandar fuzileiros em botes de borracha tirar centenas de portugueses da RP Congo(ex Zaire).
Os Fuzileiros em Brazzaville e, do outro lado do imenso rio, Kinshasa com mais de 5 mil militares do regime e muitos outros revoltosos espalhados não se sabia por onde. Muitos em posições bem armadas ao longo do rio, com vários quilômetros de largura e com correntes tão fortes que os troncos à deriva pareciam ter motor.
Devia ser lindo.
Ideias de gabinete, como muita coisa.

É este o País dos teóricos de gabinete e principalmente dos aconchegados. Porque se não fossem aconchegados batiam na mesa.


Em alguns casos a ignorância evita desgostos.
É o que temos


É por essas e por outras que o Super Lynx na Marinha é alcunhado de "táxi dos Almirantes" desde a década de 1990.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Abril 17, 2020, 10:51:44 pm
MK95A?

O "A" é de quê? Só pode ser Advanced.  :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: typhonman em Abril 17, 2020, 10:55:03 pm
Como é que um heli destes, não é equipado com mísseis anti-navio e anti-carro ( Pinguin e Spike-ER) ?  :bang:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Abril 17, 2020, 11:53:24 pm
MK95A?

O "A" é de quê? Só pode ser Advanced.  :mrgreen:

Por acaso até é, mas mais no sentido de "melhorada" ou com outras capacidades adicionadas, do que avançada propriamente dita, o que para o nosso Lynx até faz todo o sentido. Tens vários exemplos na nomenclatura britânica de versões como o Tornado GR.4A, Jaguar GR.1A, etc, etc.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Abril 17, 2020, 11:55:58 pm
CJ tinhas que vir com uma resposta adulta, e eu na palhaçada  :mrgreen:.

Mas às vezes também sou assim  :G-beer2:.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Junho 05, 2020, 09:18:55 am
Que rufem os tambores

https://www.facebook.com/159252640762594/posts/3232882896732871/
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Junho 05, 2020, 09:39:57 am
Que rufem os tambores

https://www.facebook.com/159252640762594/posts/3232882896732871/

Mas que maravilha!
Uma marinha que se diz ser de Guerra, apenas com cinco helis no seu inventário, e nem um tem no activo !
Isto é mesmo do melhor que há, eu estou sempre a aprender com esta gente iluminada e sabedora, cabecinhas pensadoras………
a nossa marinha a caminho do zero naval.

(https://media3.giphy.com/media/l2Je3n9VXC8z3baTe/200.gif)

Abraços e siga a marinha
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Junho 05, 2020, 02:01:22 pm
Que rufem os tambores

https://www.facebook.com/159252640762594/posts/3232882896732871/

Mas que maravilha!
Uma marinha que se diz ser de Guerra, apenas com cinco helis no seu inventário, e nem um tem no activo !
Isto é mesmo do melhor que há, eu estou sempre a aprender com esta gente iluminada e sabedora, cabecinhas pensadoras………
a nossa marinha a caminho do zero naval.

(https://media3.giphy.com/media/l2Je3n9VXC8z3baTe/200.gif)

Abraços e siga a marinha

Nem vale a pena ir lá escrever nada.

Já podiam era ter dito objectivamente que as únicas fragatas de que dispomos neste momento aparentemente não contam absolutamente para nada. E a tal história dos "meios estrangeiros" a operar a partir das VdG deve ter dado com os burros na água entretanto, sempre é melhor um vaso de guerra com hangar para dois helis orgânicos sair em missão sem qualquer meio aéreo como aconteceu recentemente durante a escolta do Charles de Gaulle. A (Des)Armada está cada vez melhor...  ::)




P.S. Já agora, todos os Super Lynx foram do Montijo a Yeovil por terra por ser mais barato que por via aérea...  ::)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Junho 05, 2020, 02:35:48 pm
Pior é que perante um navio de guerra proposto para substuir as VdG, se não tem hangar, vêm colocar logo esse defeito, tal como já sucedeu com LPDs.  ::)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Major Alvega em Junho 05, 2020, 04:21:53 pm
Depois desta modernização vamos ter os Lynx mais avançados da NATO.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Junho 05, 2020, 06:39:36 pm
Depois desta modernização vamos ter os Lynx mais avançados da NATO.

nem mais, em linha com os meios Navais que a Marinha possui, e que são altamente evoluídos !!!

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: oi661114 em Junho 05, 2020, 06:41:35 pm
Depois desta modernização vamos ter os Lynx mais avançados da NATO.

Vamos lá ver se não acontece o mesmo que com as fragatas, foram e nunca mais voltam!
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Major Alvega em Junho 05, 2020, 07:26:13 pm
Depois desta modernização vamos ter os Lynx mais avançados da NATO.

nem mais, em linha com os meios Navais que a Marinha possui, e que são altamente evoluídos !!!

Abraços

Mas conheces algum país da NATO, além de Portugal que opere helicópteros Lynx?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Junho 05, 2020, 08:03:56 pm
Depois desta modernização vamos ter os Lynx mais avançados da NATO.

nem mais, em linha com os meios Navais que a Marinha possui, e que são altamente evoluídos !!!

Abraços

Mas conheces algum país da NATO, além de Portugal que opere helicópteros Lynx?

Neste momento só a Alemanha com os Mk.88A.

(https://www.vanwageningen.net/i/upload/2020/02/02/20200202152124-51157a7b-me.jpg)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Junho 05, 2020, 08:21:06 pm
Depois desta modernização vamos ter os Lynx mais avançados da NATO.

nem mais, em linha com os meios Navais que a Marinha possui, e que são altamente evoluídos !!!

Abraços

Mas conheces algum país da NATO, além de Portugal que opere helicópteros Lynx?

Por acaso ate conheço, tu não?

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Major Alvega em Junho 05, 2020, 08:32:02 pm
Depois desta modernização vamos ter os Lynx mais avançados da NATO.

nem mais, em linha com os meios Navais que a Marinha possui, e que são altamente evoluídos !!!

Abraços

Mas conheces algum país da NATO, além de Portugal que opere helicópteros Lynx?

Neste momento só a Alemanha com os Mk.88A.

(https://www.vanwageningen.net/i/upload/2020/02/02/20200202152124-51157a7b-me.jpg)
Os que sobram vão ser abatidos este ano e já começaram a ser substituidos pelo NH90 Sea Lion.

Em 2020 acaba o Lynx na NATO. Isso é a mesma coisa que vires mostrar o Alouette quando tu sabes que a sua vida útil está por meses.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Junho 05, 2020, 08:50:14 pm
É mais 2025, caro MA. Os NH90 que estão a entrar ao serviço destinam-se a substituir os Sea King em missões SAR.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Junho 05, 2020, 09:28:04 pm
Depois desta modernização vamos ter os Lynx mais avançados da NATO.

nem mais, em linha com os meios Navais que a Marinha possui, e que são altamente evoluídos !!!

Abraços

Mas conheces algum país da NATO, além de Portugal que opere helicópteros Lynx?

Neste momento só a Alemanha com os Mk.88A.

(https://www.vanwageningen.net/i/upload/2020/02/02/20200202152124-51157a7b-me.jpg)
Os que sobram vão ser abatidos este ano e já começaram a ser substituidos pelo NH90 Sea Lion.

Em 2020 acaba o Lynx na NATO. Isso é a mesma coisa que vires mostrar o Alouette quando tu sabes que a sua vida útil está por meses.

Estás muito enganado os Sea Lion sao para substituir os Sea King.

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Major Alvega em Junho 05, 2020, 09:33:20 pm
É mais 2025, caro MA. Os NH90 que estão a entrar ao serviço destinam-se a substituir os Sea King em missões SAR.

Tinha a ideia que seria já. Mas não.
De qualquer forma a curto-prazo seremos os únicos na NATO a operar o Lynx. Quando todos os outros já operarão helis de última geração. Actualmente os alemães são connosco a excepção (uma honra, podemos então ficar descansados) por pouco tempo.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Major Alvega em Junho 05, 2020, 09:35:17 pm
 Pronto! São os Sea Tiger que irão substituir os Lynx.
 Sea Lion, Sea Tiger são todos NH90. Só que uns são para missões SAR e os outros para ASW.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Junho 05, 2020, 10:08:11 pm
Pronto! São os Sea Tiger que irão substituir os Lynx.
 Sea Lion, Sea Tiger são todos NH90. Só que uns são para missões SAR e os outros para ASW.

Claro, claro que sim, o que tu sabes.

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Major Alvega em Junho 05, 2020, 10:28:01 pm
Pronto! São os Sea Tiger que irão substituir os Lynx.
 Sea Lion, Sea Tiger são todos NH90. Só que uns são para missões SAR e os outros para ASW.

Claro, clari, o que tu sabes.
Não vale a pena aborreceres-te por causa disso. Que eu também não. Aquilo que sei, por vezes, além de ser pouco não é suficiente. O que acontece com quase todos. Excepto os supra sumos.
 
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Junho 05, 2020, 10:41:05 pm
Pronto! São os Sea Tiger que irão substituir os Lynx.
 Sea Lion, Sea Tiger são todos NH90. Só que uns são para missões SAR e os outros para ASW.

Claro, clari, o que tu sabes.
Não vale a pena aborreceres-te por causa disso. Que eu também não. Aquilo que sei, por vezes, além de ser pouco não é suficiente. O que acontece com quase todos. Excepto os supra sumos.

Completamente de acordo.

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Junho 05, 2020, 11:05:43 pm
Depois desta modernização vamos ter os Lynx mais avançados da NATO.

nem mais, em linha com os meios Navais que a Marinha possui, e que são altamente evoluídos !!!

Abraços

Mas conheces algum país da NATO, além de Portugal que opere helicópteros Lynx?

Neste momento só a Alemanha com os Mk.88A.

(https://www.vanwageningen.net/i/upload/2020/02/02/20200202152124-51157a7b-me.jpg)

Os deles ao menos têm o FLIR e RWR. Já os nossos nem pós-MLU terão, ainda por cima tendo que aguentar até 2035.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Junho 06, 2020, 01:12:50 am
Se calhar estou a dizer uma grande barbaridade mas, os Wildcat não são Lynxs? Só que novos e com outro nome?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Junho 06, 2020, 11:13:50 am
Se calhar estou a dizer uma grande barbaridade mas, os Wildcat não são Lynxs? Só que novos e com outro nome?

O Wildcat começou a vida como Future Lynx, e só não houve conversão de células HMA.8 para este novo modelo porque a AgustaWestland considerou ser mais barato construir aeronaves novas do que modernizar as existentes. Por isso tem óbvio pedigree Lynx, mas é considerado um aparelho novo e como tal designado por Wildcat.

Há vários casos semelhantes no mundo aeronáutico, porém como já li algures aquele que melhor se adequa nesta separação entre Lynx e Wildcat é o caso do F-5E Tiger II e do F-20 Tigershark, aparelhos muito similares mas com capacidades e desempenho totalmente distintos.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Junho 06, 2020, 08:56:27 pm
5% do equipamento e sistemas do Wildcat são comuns com Lynx. Humanos e chimpanzés têm mais em comum.  :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Junho 06, 2020, 09:04:39 pm
São parecidos...  :-P :mrgreen:

(https://besthqwallpapers.com/Uploads/21-4-2018/49227/thumb2-westland-super-lynx-300-4k-hdr-south-african-navy-military-helicopter.jpg)

(https://www.navalnews.com/wp-content/uploads/2019/03/RMN-Fennec-Super-Lynx-celebrating-15-years-of-operational-service_001.jpg)

(https://d3lcr32v2pp4l1.cloudfront.net/Pictures/2000x2000fit/1/4/6/68146_wildcatcrop_484219.jpg)

(https://i.ytimg.com/vi/FVpS4IDbqyM/maxresdefault.jpg)

Saudações  ;) ;)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Junho 06, 2020, 10:45:14 pm
Tomara nós que os nossos Lynx viessem equipados como os das duas primeiras fotos.  ::)

O Lynx Wildcat está numa classe à parte face aos restantes helis ASW. A nível de armamento é um verdadeiro heli de ataque naval.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Get_It em Junho 08, 2020, 05:25:52 pm
Mesmo a calhar! Vídeo comemorativo do 27º aniversário da esquadrilha de helicópteros; ou seja, 27º aniversário dos Lynx ao serviço da Marinha:


Olhando para o final do vídeo, o mais certo é o substituto dos Lynx serem apenas UAVs. E mai nada. «A inserção de elementos faz-se na boa de zebro.»

Cumprimentos,
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Junho 08, 2020, 06:01:59 pm
Acho mais provável a sua substituição ser feita por helis em segunda-mão. UAV convencionais já são caros, agora imaginar UAVs ASW.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Red Baron em Junho 08, 2020, 07:30:11 pm
Acho mais provável a sua substituição ser feita por helis em segunda-mão. UAV convencionais já são caros, agora imaginar UAVs ASW.

Pois eu tenho muitas duvidas que no futuro o combate ASW seja feito com meios aéreos, ou que pelo menos a parte de detecção.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: JohnM em Junho 08, 2020, 08:09:07 pm
O futuro de ASW é isto (https://ukdefencejournal.org.uk/elbit-demonstrate-usv-capabilities-in-uk-anti-sub-warfare-trials/) a complementar VDS e TSA nos navios-mãe, mais hélis (e mísseis, e.g., VLA) para ataque... e, já agora, o Wildcat não faz luta ASW autónoma, já que não tem sonar... pode apoiar e atacar alvos, mas a designação tem que ser feita por outra plataforma...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Get_It em Junho 08, 2020, 08:24:05 pm
Luta anti-submarina por meios UAV não será assim nada de outro mundo, especialmente com as evoluções que têm existido.

Anos 70:
(https://pbs.twimg.com/media/DSX7-mVUIAAzbHw?format=jpg&name=900x900)

The DASH WEAPON SYSTEM (https://www.gyrodynehelicopters.com/dash_history.htm)

O VSR700 da Airbus já deverá ter capacidade de detecção para ASW: https://www.airbus.com/helicopters/UAS/VSR700.html (https://www.airbus.com/helicopters/UAS/VSR700.html).

E um projecto da nossa Academia da Força Aérea: Design Modifications of a UAV Wing for Optimal Integration of a Magnetic Anomaly Detection Sensor (https://www.academiafa.edu.pt/paginas/revcientif1571214007_footer1571213530_352academiafa/ficheiros/revcientif/revista-ci-ntifica-2019-formato-digital_1836.pdf) (Revista Científica, N.º 9, publicação anual, 2019, p. 32)

Cumprimentos,
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Junho 08, 2020, 10:32:44 pm
(https://www.leonardocompany.com/o/adaptive-media/image/3954133/h_400/naval%20-%203%20riga_new%20%281%29.jpg?t=1545047368446)

Outra das missões que o Wildcat pode efectuar é pesca à linha, como se pode ver nesta imagem.  :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: JohnM em Junho 08, 2020, 10:35:02 pm
Luta anti-submarina por meios UAV não será assim nada de outro mundo, especialmente com as evoluções que têm existido.

Anos 70:
(https://pbs.twimg.com/media/DSX7-mVUIAAzbHw?format=jpg&name=900x900)

The DASH WEAPON SYSTEM (https://www.gyrodynehelicopters.com/dash_history.htm)

O VSR700 da Airbus já deverá ter capacidade de detecção para ASW: https://www.airbus.com/helicopters/UAS/VSR700.html (https://www.airbus.com/helicopters/UAS/VSR700.html).

E um projecto da nossa Academia da Força Aérea: Design Modifications of a UAV Wing for Optimal Integration of a Magnetic Anomaly Detection Sensor (https://www.academiafa.edu.pt/paginas/revcientif1571214007_footer1571213530_352academiafa/ficheiros/revcientif/revista-ci-ntifica-2019-formato-digital_1836.pdf) (Revista Científica, N.º 9, publicação anual, 2019, p. 32)

Cumprimentos,

Por meios UAV claro que não, mas por meios USV e UUv, sim.  A idea é cada vez mais fazer deteção distribuída pelo navio-mãe e pelos USVs. Por exemplo, as T26 vão ser super capazes por si só, mas depois vai ter um conjunto de Merlin, USV e UUV para ajudar. Este artigo é muito interessante: https://www.savetheroyalnavy.org/the-type-26-frigate-mission-bay-part-2-configuration-and-contents/ (na imagem da configuração ASW, a segunda baía pode levar um segundo ARCIMs de 11 m, ao invés do RIB)

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Junho 08, 2020, 11:07:30 pm
(https://www.leonardocompany.com/o/adaptive-media/image/3954133/h_400/naval%20-%203%20riga_new%20%281%29.jpg?t=1545047368446)

Outra das missões que o Wildcat pode efectuar é pesca à linha, como se pode ver nesta imagem.  :mrgreen:

Sim, porque ASW o Wildcat nunca na vida.  ::)

Luta anti-submarina por meios UAV não será assim nada de outro mundo, especialmente com as evoluções que têm existido.

Anos 70:
(https://pbs.twimg.com/media/DSX7-mVUIAAzbHw?format=jpg&name=900x900)

The DASH WEAPON SYSTEM (https://www.gyrodynehelicopters.com/dash_history.htm)

O VSR700 da Airbus já deverá ter capacidade de detecção para ASW: https://www.airbus.com/helicopters/UAS/VSR700.html (https://www.airbus.com/helicopters/UAS/VSR700.html).

E um projecto da nossa Academia da Força Aérea: Design Modifications of a UAV Wing for Optimal Integration of a Magnetic Anomaly Detection Sensor (https://www.academiafa.edu.pt/paginas/revcientif1571214007_footer1571213530_352academiafa/ficheiros/revcientif/revista-ci-ntifica-2019-formato-digital_1836.pdf) (Revista Científica, N.º 9, publicação anual, 2019, p. 32)

Cumprimentos,

Sim, mas actualmente nenhum UAV tem capacidade de lançar armamento ASW. Por exemplo o VSR700, meio que defendo avidamente para os NPOs, tem um payload de 150 kg, logo seria impossível levar torpedos. Para um UAV executar ASW pleno, algo que não será impossível de todo, precisa de ter dimensões suficientes para todo o equipamento necessário, inclusive os torpedos, e isto implica uma aeronave mais cara, e como ninguém gosta de equipamentos caros para as FA portuguesas, acho mais provável virem helis convencionais em segunda-mão.

Luta anti-submarina por meios UAV não será assim nada de outro mundo, especialmente com as evoluções que têm existido.

Anos 70:
(https://pbs.twimg.com/media/DSX7-mVUIAAzbHw?format=jpg&name=900x900)

The DASH WEAPON SYSTEM (https://www.gyrodynehelicopters.com/dash_history.htm)

O VSR700 da Airbus já deverá ter capacidade de detecção para ASW: https://www.airbus.com/helicopters/UAS/VSR700.html (https://www.airbus.com/helicopters/UAS/VSR700.html).

E um projecto da nossa Academia da Força Aérea: Design Modifications of a UAV Wing for Optimal Integration of a Magnetic Anomaly Detection Sensor (https://www.academiafa.edu.pt/paginas/revcientif1571214007_footer1571213530_352academiafa/ficheiros/revcientif/revista-ci-ntifica-2019-formato-digital_1836.pdf) (Revista Científica, N.º 9, publicação anual, 2019, p. 32)

Cumprimentos,

Por meios UAV claro que não, mas por meios USV e UUv, sim.  A idea é cada vez mais fazer deteção distribuída pelo navio-mãe e pelos USVs. Por exemplo, as T26 vão ser super capazes por si só, mas depois vai ter um conjunto de Merlin, USV e UUV para ajudar. Este artigo é muito interessante: https://www.savetheroyalnavy.org/the-type-26-frigate-mission-bay-part-2-configuration-and-contents/ (na imagem da configuração ASW, a segunda baía pode levar um segundo ARCIMs de 11 m, ao invés do RIB)

Cumprimentos

Não creio que os USVs e UUVs substituam por completo os helis e outros meios convencionais, como os P-3 e P-8. Os meios aéreos têm a vantagem de não pôr em risco uma embarcação que de outra forma tem de estar nas proximidades do submarino. Fora questões da rapidez de resposta, o que num país com tanto oceano e poucos navios, são os meios aéreos os que têm maiores chances de chegar ao local onde se suspeite da presença do submarino primeiro.

Além de que, nos casos de uma frota naval em movimento a 30 nós, por exemplo um Carrier Strike Group, os helis fazem a varredura mais rápido e mais longe, sem que a força naval tenha de parar.

Mas também não só o tema era apenas o Lynx, como já estamos a divagar para VLAs e UAVs e afins que pelo andar da carruagem nunca teremos. Talvez o projecto da PESCO dê para equipar os NPO com alguma coisa nesta vertente, mas depois ficam a faltar os meios ofensivos.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: JohnM em Junho 08, 2020, 11:16:13 pm
I stand corrected... os Wildcat coreanos têm sonar, sim senhor... obrigado
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Junho 09, 2020, 01:34:57 am

Fico admirado onde arranjaram o heli para fazer as filmagens, pensava que os Lynx estavam todos no UK :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Junho 09, 2020, 10:17:30 am

Fico admirado onde arranjaram o heli para fazer as filmagens, pensava que os Lynx estavam todos no UK :mrgreen:

foram buscar um deles, durante a noite para que ninguém desse conta e, de madrugada, voltaram a colocá-lo no local para que o MLU continuasse, mas sem atrasos. :mrgreen:

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: LM em Junho 09, 2020, 10:51:41 am
Fico admirado onde arranjaram o heli para fazer as filmagens, pensava que os Lynx estavam todos no UK :mrgreen:

foram buscar um deles, durante a noite para que ninguém desse conta e, de madrugada, voltaram a colocá-lo no local para que o MLU continuasse, mas sem atrasos. :mrgreen:

Abraços

O DAE em grande...  8)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Julho 06, 2020, 01:29:24 pm
pág 12 e 13.

https://www.marinha.pt/conteudos_externos/Revista_Armada/2020/553/#p=13

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Julho 06, 2020, 02:09:49 pm
Duas páginas para dizer que vão trocar de motor e colocar um novo cockpit...  ::)

Cumprimentos

P.S. Se então adquirissem uns Wildcat ou Sea Hawk devia ser a publicação toda dedicada aos mesmos...  :mrgreen:

(https://www.savetheroyalnavy.org/wp-content/uploads/2019/01/wildcat-helicopter.jpg)

(https://i.ytimg.com/vi/SdI0uEYTSQY/maxresdefault.jpg)

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Julho 06, 2020, 02:32:59 pm
A primeira linha prova logo da (falta de) ambição neste tipo de programas. Então vão gastar não sei quantos milhões num upgrade apenas para respeitar as regras do espaço aéreo único europeu. Nem sequer houve a vontade de aproveitar o upgrade para um "aumento de capacidades dos meios da EHM.

Hipoteticamente falando, se não existissem tais regras, os Lynx continuariam a voar sem upgrade nenhum, até optarem pela canibalização de uns para manter outros a voar, e eventualmente até cair algum.

É preciso dizer mais alguma coisa? Infelizmente como não há regras semelhantes para o espaço marítimo, é por isso que nem modernização nem manutenção é feita a muitos dos navios da Marinha.

Mas se havia dúvidas sobre o "porquê" da não instalação de FLIR, ECM, RWR e até armamento novo, está explicado, não havia interesse em aumentar capacidades.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Julho 06, 2020, 03:30:30 pm
Por falar em Lynx, o 19204/ZH583 lá continua em Yeovil em voos quase diários à espera de obter luz verde para a sua entrega. Entretanto já todos os 5 aparelhos se encontram na unidade da Leonardo.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Julho 08, 2020, 07:52:22 pm
Em Yeovil, mais um dia mais um voo do lynx ZH583/19204, entre as 16:15 e as 16:45.

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Red Baron em Julho 14, 2020, 11:55:58 am
(https://i.ibb.co/Dr8rp2Y/marinha-helis.png)

 :mrgreen:

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Julho 14, 2020, 12:43:33 pm
(https://i.ibb.co/Dr8rp2Y/marinha-helis.png)

 :mrgreen:

A prova cabal de que o planeamento da modernização dos lynx foi mal feito.

Nao previu possiveis atrasos nas entregas, dos helis motivadas pelas mais diversas razões, inclusive falta de pagamento por parte do, Estado Português....... :bang:

Enfim é o que vamos tendo como gente responsavel, ou melhor, (IR)esponsavel.

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Julho 14, 2020, 12:55:27 pm
Ainda se enganam e mandam um Sea King...  :mrgreen: :mrgreen:

(https://s3.eu-west-2.amazonaws.com/abpic-media-eu-production/pictures/full_size_0323/1485454-large.jpg)

Ou um Nh90...  ;D ;D

(https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn%3AANd9GcQ8trNyQST53pKFbo2y1zAAdcyLXyDGSyAy2w&usqp=CAU)

O Lynx Mk88 será compativel com a "moderna" VdG?  :mrgreen: :mrgreen:

(https://www.seaforces.org/marint/German-Navy/Frigate/F-208_DAT/F208-Niedersachsen-065.jpg)

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Julho 14, 2020, 01:21:23 pm
Ainda se enganam e mandam um Sea King...  :mrgreen: :mrgreen:

(https://s3.eu-west-2.amazonaws.com/abpic-media-eu-production/pictures/full_size_0323/1485454-large.jpg)

Ou um Nh90...  ;D ;D

(https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn%3AANd9GcQ8trNyQST53pKFbo2y1zAAdcyLXyDGSyAy2w&usqp=CAU)

O Lynx Mk88 será compativel com a "moderna" VdG?  :mrgreen: :mrgreen:

(https://www.seaforces.org/marint/German-Navy/Frigate/F-208_DAT/F208-Niedersachsen-065.jpg)

Cumprimentos

....e no fim do destacamento ainda ficamos a ganhar um lynx, os jerries  oferecem-nos o lynx com flir e tudo mais....que pobreza.

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Julho 14, 2020, 02:59:48 pm
Será que vão abrir os olhos quanto à utilidade do FLIR nos Lynx, ao verem o heli alemão a operar da Corte Real?  ::)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: asalves em Julho 14, 2020, 05:37:26 pm
(https://i.ibb.co/Dr8rp2Y/marinha-helis.png)

 :mrgreen:

A prova cabal de que o planeamento da modernização dos lynx foi mal feito.

Nao previu possiveis atrasos nas entregas, dos helis motivadas pelas mais diversas razões, inclusive falta de pagamento por parte do, Estado Português....... :bang:

Enfim é o que vamos tendo como gente responsavel, ou melhor, (IR)esponsavel.

Abraços

Sou só eu que sinto vergonha por isto? Será que o Sr. ministro e Chefias não tem vergonha com esta situação?

E depois ainda ficamos ofendidos com os holandeses quando dizem que gastamos tudo e Pu%@$ e Vinho

 :bang: :bang:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Julho 14, 2020, 05:52:25 pm
(https://i.ibb.co/Dr8rp2Y/marinha-helis.png)

 :mrgreen:

A prova cabal de que o planeamento da modernização dos lynx foi mal feito.

Nao previu possiveis atrasos nas entregas, dos helis motivadas pelas mais diversas razões, inclusive falta de pagamento por parte do, Estado Português....... :bang:

Enfim é o que vamos tendo como gente responsavel, ou melhor, (IR)esponsavel.

Abraços

Sou só eu que sinto vergonha por isto? Será que o Sr. ministro e Chefias não tem vergonha com esta situação?

E depois ainda ficamos ofendidos com os holandeses quando dizem que gastamos tudo e Pu%@$ e Vinho

 :bang: :bang:

Mais do mesmo asalves, é uma competência de bradar aos céus!
Se for para meter milhares de milhões nos bancos ou na TAP é a correr mas se for para fazer um MLU de sessenta milhões, a cinco pobres helis ui, demora, demora, demora, e acontece o que está á vista !
Estes gajos estão se a borrifar para a Defesa Nacional, quando os negócios são de dezenas de milhões, já quando são de centenas, IE KC390, a música é outra !!

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Julho 15, 2020, 11:02:37 am
Citar
"As of July 31st, ZH853/19204 LYNX MK95A (PN) will most likely be considered ready for delivery."
  ;)

(https://scontent.flis8-2.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/101315239_10157480838653282_1053026784414531584_n.jpg?_nc_cat=108&_nc_sid=ca434c&_nc_ohc=Ho7w38bVZqkAX_WOUrj&_nc_ht=scontent.flis8-2.fna&oh=abf6cf35226bf3e74b307222e283a37c&oe=5F34CA65)

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Julho 31, 2020, 10:14:08 am
o nosso lynx MK95A, ZH583 tem voado nos últimos dias de Julho, 28, 29 e 30.
Para quando a sua entrega á Marinha, alguém sabe ???

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Julho 31, 2020, 10:40:41 am
O cheque está quase assinado.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Julho 31, 2020, 10:45:49 am
O cheque está quase assinado.

Deve ter havido problemas com a tinta, secado, da esferográfica ou da caneta de tinta permanente.  :mala:

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: dc em Julho 31, 2020, 11:32:31 am
O cheque está quase assinado.

Deve ter havido problemas com a tinta, secado, da esferográfica ou da caneta de tinta permanente.  :mala:

Abraços

Gastaram a tinta toda a escrever os louvores todos dos últimos dias.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Julho 31, 2020, 11:38:46 am
o menino tem andado nos seus voos baixinhos.........


https://www.radarbox.com/data/registration/zh583

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Julho 31, 2020, 11:40:53 am
Só vem quando tiver o Flir instalado...  :mrgreen: :mrgreen:

(https://www.bluev.co.uk/ekmps/shops/blue_v/images/flir-m364c-stabilised-pan-tilt-thermal-ip-camera-640-x-512-9hz-24-fov--5188-p.png)

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Julho 31, 2020, 12:15:44 pm
o menino tem andado nos seus voos baixinhos.........


https://www.radarbox.com/data/registration/zh583

Abraços

Ainda mudam o nome da esquadrilha para “os crocodilos”.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Julho 31, 2020, 01:19:36 pm
o nosso lynx MK95A, ZH583 tem voado nos últimos dias de Julho, 28, 29 e 30.
Para quando a sua entrega á Marinha, alguém sabe ???

Abraços

Apesar de me terem dito - e escrevi aqui - que a partir de hoje seria considerado como pronto para entrega, tenho as minhas sinceras dúvidas. Porque se se vai avançar com o destacamento aéreo da Marinha Alemã a bordo das nossas fragatas é sinal de que provavelmente nem tão cedo virá ou a Marinha esperará que mais células estejam prontos para serem entregues em conjunto no próximo ano. Vai na volta e, como dissemos aqui na brincadeira, está à espera que a B(MO)D se despache de Den Helder para apanhar boleia quando esta passar pelo Canal da Mancha. Sempre se poupam uns trocos em transporte terrestre... ::)

E apesar do ZH583/19204 ter sido a aeronave Lead The Fleet, sempre aquela que demora mais tempo na modernização por razões óbvias, continuo a achar que estarem todas as 5 prontas e entregues até ao final do ano que vem não será real, ainda para mais neste contexto de possíveis surtos sucessivos de pandemia.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Red Baron em Julho 31, 2020, 02:02:40 pm
o nosso lynx MK95A, ZH583 tem voado nos últimos dias de Julho, 28, 29 e 30.
Para quando a sua entrega á Marinha, alguém sabe ???

Abraços

Apesar de me terem dito - e escrevi aqui - que a partir de hoje seria considerado como pronto para entrega, tenho as minhas sinceras dúvidas. Porque se se vai avançar com o destacamento aéreo da Marinha Alemã a bordo das nossas fragatas é sinal de que provavelmente nem tão cedo virá ou a Marinha esperará que mais células estejam prontos para serem entregues em conjunto no próximo ano. Vai na volta e, como dissemos aqui na brincadeira, está à espera que a B(MO)D se despache de Den Helder para apanhar boleia quando esta passar pelo Canal da Mancha. Sempre se poupam uns trocos em transporte terrestre... ::)

E apesar do ZH583/19204 ter sido a aeronave Lead The Fleet, sempre aquela que demora mais tempo na modernização por razões óbvias, continuo a achar que estarem todas as 5 prontas e entregues até ao final do ano que vem não será real, ainda para mais neste contexto de possíveis surtos sucessivos de pandemia.

Entre o processo de aceitação das aeronaves e da certificação dos pilotos, ainda vai demorar algum tempo a estarem a bordo das fragatas.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Julho 31, 2020, 03:03:25 pm
o menino tem andado nos seus voos baixinhos.........


https://www.radarbox.com/data/registration/zh583

Abraços

Ainda mudam o nome da esquadrilha para “os crocodilos”.

E por falar em crocodilo...... se fosse necessário efectuar outra Ops Crocodilo numa semana ?
Como era ?

Pelos vistos, não termos sequer um heli operacional, para nao mencionar um AOR, ninguem dos ditos responsaveis pensou nessa merda de possibilidade.

Estamos mesmo bem entregues aos bichinhos fofinhos das altas chefias militares.

Abraços


Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: typhonman em Julho 31, 2020, 03:18:50 pm
o menino tem andado nos seus voos baixinhos.........


https://www.radarbox.com/data/registration/zh583

Abraços

Ainda mudam o nome da esquadrilha para “os crocodilos”.

E por falar em crocodilo...... se fosse necessário efectuar outra Ops Crocodilo numa semana ?
Como era ?

Pelos vistos, não termos sequer um heli operacional, para nao mencionar um AOR, ninguem dos ditos responsaveis pensou nessa merda de possibilidade.

Estamos mesmo bem entregues aos bichinhos fofinhos das altas chefias militares.

Abraços




Mandamos os NPO e com apoio do "rainbow warrior" da Greenpeace.

Ia ser top ver os NPO a descarregar zebros, com grua, para ir buscar tugas.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Agosto 01, 2020, 07:05:26 pm
Em Yeovilton, um segundo Lynx luso MK95A, o ZH585, foi visto a 30JUL, estacionado na placa da base.

Não consegui aceder ás fotos do bichinho.

o ZH583, nosso 19204, efectuou mais um voo a 31JUL

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Charlie Jaguar em Agosto 02, 2020, 12:13:10 am
Em Yeovilton, um segundo Lynx luso MK95A, o ZH585, foi visto a 30JUL, estacionado na placa da base.

Não consegui aceder ás fotos do bichinho.

o ZH583, nosso 19204, efectuou mais um voo a 31JUL

Abraços

Tenente, penso não estar errado ao dizer que o matrícula britânica estará incorrecta pois não me recordo de nenhum ZH585, e que talvez se trate duma gralha. Salvo erro, todos os nossos 5 aparelhos tinham matrículas que iam de ZH580 a ZH584, este último precisamente o quinto e último 19205.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Agosto 02, 2020, 12:42:28 pm
Em Yeovilton, um segundo Lynx luso MK95A, o ZH585, foi visto a 30JUL, estacionado na placa da base.

Não consegui aceder ás fotos do bichinho.

o ZH583, nosso 19204, efectuou mais um voo a 31JUL

Abraços

Tenente, penso não estar errado ao dizer que o matrícula britânica estará incorrecta pois não me recordo de nenhum ZH585, e que talvez se trate duma gralha. Salvo erro, todos os nossos 5 aparelhos tinham matrículas que iam de ZH580 a ZH584, este último precisamente o quinto e último 19205.

É o novo, que já vem com FLIR  :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: PereiraMarques em Agosto 13, 2020, 04:08:19 pm
Citar
[...] certificação VERTREP da classe Viana do Castelo com o helicóptero
Super Lynx Mk95, com a consequente criação de SHOL's (Ship Helicopter Operating Limits) adequados, respetivas Bridge Cards e Instruções Permanentes.

https://www.marinha.pt/pt/informacao-instituicional/Lists/PM_DocsOrdens/OA1_046_20.pdf
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Agosto 13, 2020, 04:38:52 pm
Citar
[...] certificação VERTREP da classe Viana do Castelo com o helicóptero
Super Lynx Mk95, com a consequente criação de SHOL's (Ship Helicopter Operating Limits) adequados, respetivas Bridge Cards e Instruções Permanentes.

https://www.marinha.pt/pt/informacao-instituicional/Lists/PM_DocsOrdens/OA1_046_20.pdf

ESPECTACULAR !!!! ::)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Red Baron em Agosto 13, 2020, 05:06:34 pm
Citar
[...] certificação VERTREP da classe Viana do Castelo com o helicóptero
Super Lynx Mk95, com a consequente criação de SHOL's (Ship Helicopter Operating Limits) adequados, respetivas Bridge Cards e Instruções Permanentes.

https://www.marinha.pt/pt/informacao-instituicional/Lists/PM_DocsOrdens/OA1_046_20.pdf

Engraçado que em Junho havia muita gente que afirmava que isso nunca tinha acontecido. ;D
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Agosto 13, 2020, 05:11:09 pm
Citar
[...] certificação VERTREP da classe Viana do Castelo com o helicóptero
Super Lynx Mk95, com a consequente criação de SHOL's (Ship Helicopter Operating Limits) adequados, respetivas Bridge Cards e Instruções Permanentes.

https://www.marinha.pt/pt/informacao-instituicional/Lists/PM_DocsOrdens/OA1_046_20.pdf

Engraçado que em Junho havia muita gente que afirmava que isso nunca tinha acontecido. ;D

VERTREP ?????

não me lembro dessa operação ter sido mencionada como ainda não ter sido efectuada pelos helis, lembro-me sim de se ter mencionado a falta de certificação do flight deck para operações de aterragem/descolagem com os nossos helis.
ou será que estou enganado ?? ::)

Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Cabeça de Martelo em Agosto 13, 2020, 05:30:50 pm
Penso que estás certo. Na verdade eu posso ter sido enganado pela preguiça, porque eu pensava que o que eles estavam a fazer era exactamente certificação do flight deck e não a certificação VERTREP. :-\
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Agosto 13, 2020, 06:06:28 pm
Penso que estás certo. Na verdade eu posso ter sido enganado pela preguiça, porque eu pensava que o que eles estavam a fazer era exactamente certificação do flight deck e não a certificação VERTREP. :-\

No worries Mate, mas outros há que..........enfim é que vamos tendo.

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Agosto 13, 2020, 06:41:00 pm
Citar
[...] certificação VERTREP da classe Viana do Castelo com o helicóptero
Super Lynx Mk95, com a consequente criação de SHOL's (Ship Helicopter Operating Limits) adequados, respetivas Bridge Cards e Instruções Permanentes.

https://www.marinha.pt/pt/informacao-instituicional/Lists/PM_DocsOrdens/OA1_046_20.pdf

Então nos Açores se quisermos fazer VERTREP entre o EH101 e o NPO que estiver lá, primeiro têm que ser feito esta certificação?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Red Baron em Agosto 14, 2020, 09:39:54 am
Penso que estás certo. Na verdade eu posso ter sido enganado pela preguiça, porque eu pensava que o que eles estavam a fazer era exactamente certificação do flight deck e não a certificação VERTREP. :-\

No worries Mate, mas outros há que..........enfim é que vamos tendo.

Abraços

O Sines não andou a fazer exercícios com os Lynx?

Que eu saiba os testes foi com um UAV.

Abraços
(https://cdn1.newsplex.pt/fotos/2017/2/11/568506.png?type=Artigo)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Agosto 14, 2020, 06:41:10 pm
Citar
[...] certificação VERTREP da classe Viana do Castelo com o helicóptero
Super Lynx Mk95, com a consequente criação de SHOL's (Ship Helicopter Operating Limits) adequados, respetivas Bridge Cards e Instruções Permanentes.

https://www.marinha.pt/pt/informacao-instituicional/Lists/PM_DocsOrdens/OA1_046_20.pdf

Engraçado que em Junho havia muita gente que afirmava que isso nunca tinha acontecido. ;D

Penso que falou- se foi de Fligh Deck e HIFR, n de Vertrep.  ;)

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Agosto 14, 2020, 06:53:18 pm
Citar
[...] certificação VERTREP da classe Viana do Castelo com o helicóptero
Super Lynx Mk95, com a consequente criação de SHOL's (Ship Helicopter Operating Limits) adequados, respetivas Bridge Cards e Instruções Permanentes.

https://www.marinha.pt/pt/informacao-instituicional/Lists/PM_DocsOrdens/OA1_046_20.pdf

Engraçado que em Junho havia muita gente que afirmava que isso nunca tinha acontecido. ;D

Penso que falou- se foi de Fligh Deck e HIFR, n de Vertrep.  ;)

Cumprimentos

epá Mafets, já somos dois a estar enganados, que estranho,  ::)

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Agosto 19, 2020, 10:12:47 am
Ontem, em Yeovil, mais um voo do 19204, que continua por terras de sua Majestade á espera não se sabe bem do quê para regressar.......

Tuesday 18th 1100-1145

ZH583 LYNX MK95A Flew as WHE02

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Agosto 19, 2020, 10:24:56 am
Ontem, em Yeovil, mais um voo do 19204, que continua por terras de sua Majestade á espera não se sabe bem do quê para regressar.......

Tuesday 18th 1100-1145

ZH583 LYNX MK95A Flew as WHE02

Abraços

É capaz de ser como a BD, refém de cativações...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Agosto 19, 2020, 10:26:01 am
Citar
[...] certificação VERTREP da classe Viana do Castelo com o helicóptero
Super Lynx Mk95, com a consequente criação de SHOL's (Ship Helicopter Operating Limits) adequados, respetivas Bridge Cards e Instruções Permanentes.

https://www.marinha.pt/pt/informacao-instituicional/Lists/PM_DocsOrdens/OA1_046_20.pdf

Bridge Cards é o quê? Baralho de cartas para jogar bridge?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Agosto 19, 2020, 10:38:42 am
Citar
[...] certificação VERTREP da classe Viana do Castelo com o helicóptero
Super Lynx Mk95, com a consequente criação de SHOL's (Ship Helicopter Operating Limits) adequados, respetivas Bridge Cards e Instruções Permanentes.

https://www.marinha.pt/pt/informacao-instituicional/Lists/PM_DocsOrdens/OA1_046_20.pdf

Bridge Cards é o quê? Baralho de cartas para jogar bridge?

quase, quase......... :mrgreen:

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Agosto 19, 2020, 10:45:09 am
Ontem, em Yeovil, mais um voo do 19204, que continua por terras de sua Majestade á espera não se sabe bem do quê para regressar.......

Tuesday 18th 1100-1145

ZH583 LYNX MK95A Flew as WHE02

Abraços

É capaz de ser como a BD, refém de cativações...

Quarentena por causa da covid 19... :mrgreen: :mrgreen:

(https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn%3AANd9GcRVj6rXEiT4aw1dHn4ZWo9yxyja_8XoD3ReBw&usqp=CAU)

Cumprimentos

P. s. Quando chegar vêm desta forma como desculpa pelo atraso....  ::) :-P

(https://i.ytimg.com/vi/evfy2-0FpmE/maxresdefault.jpg)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Agosto 19, 2020, 10:56:41 am
Alteração genetica provocada pela doença.  :mrgreen:

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/924/zBTW6R.png) (https://imageshack.com/i/pozBTW6Rp)

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Agosto 19, 2020, 12:38:23 pm
Se calhar estão à espera dos AB  :toto: :jok: :G-sig:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Agosto 19, 2020, 01:11:20 pm
Ontem, em Yeovil, mais um voo do 19204, que continua por terras de sua Majestade á espera não se sabe bem do quê para regressar.......

Está a espera do FLIR :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Agosto 19, 2020, 01:14:09 pm
Citar
[...] certificação VERTREP da classe Viana do Castelo com o helicóptero
Super Lynx Mk95, com a consequente criação de SHOL's (Ship Helicopter Operating Limits) adequados, respetivas Bridge Cards e Instruções Permanentes.

https://www.marinha.pt/pt/informacao-instituicional/Lists/PM_DocsOrdens/OA1_046_20.pdf

Bridge Cards é o quê? Baralho de cartas para jogar bridge?

Bridge é ponte em inglês.

Deve ser aterrar numa ponte lol.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Agosto 19, 2020, 02:36:07 pm
Citar
[...] certificação VERTREP da classe Viana do Castelo com o helicóptero
Super Lynx Mk95, com a consequente criação de SHOL's (Ship Helicopter Operating Limits) adequados, respetivas Bridge Cards e Instruções Permanentes.

https://www.marinha.pt/pt/informacao-instituicional/Lists/PM_DocsOrdens/OA1_046_20.pdf

Bridge Cards é o quê? Baralho de cartas para jogar bridge?

Bridge é ponte em inglês.

Deve ser aterrar numa ponte lol.

Caractristicas do landing deck e instrumentos/ajudas que o navio possui para as operacoes com helis.

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Setembro 01, 2020, 07:09:12 pm
http://dl.magazinedl.com/magazinedl/Scramble%20Magazine/2020/Scramble%20Magazine%20-%20July%202020(magazinedl.com).pdf

Marinha Portuguesa (NY) Super Lynx Mk95 19201 Leonardo MK95A for upgrade 336 19203 Leonardo MK95A for upgrade 375 jun20 On 4 June 2020, 19203 moved to Yeovil for its upgrade by Leonardo to MK95A configuration. Reportedly this is the fifth and last machine to undergo the upgrade, implicating that we missed the transfer of 19201 to Yeovil some time before.

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Setembro 02, 2020, 07:32:53 am
O primeiro não tinha já acabado o MLU?

Ainda não depositaram o cheque?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Setembro 02, 2020, 10:46:02 am
Falta meia assinatura para efectuar a transferência.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Setembro 02, 2020, 10:55:56 am
Falta meia assinatura para efectuar a transferência.

efeitos da utilização dos conteúdos dos paiolins de vinho e similares ! :mrgreen:

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Setembro 04, 2020, 06:48:04 am
Falta meia assinatura para efectuar a transferência.

Esta novela parece as contratações do Vieira :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Setembro 04, 2020, 02:14:24 pm
O primeiro não tinha já acabado o MLU?

Ainda não depositaram o cheque?

Se calhar já depositaram, não tinha era cobertura.  :mrgreen: :mrgreen:

Falta meia assinatura para efectuar a transferência.

Esta novela parece as contratações do Vieira :mrgreen:

Mais depressa vem o Cavani do que o Lynx com MLU feito.  :mrgreen: :mrgreen:

(https://icdn.psgtalk.com/wp-content/uploads/2019/08/Edinson-Cavani-PSG-vs-Nimes-Ligue-1-2019.jpg)

Saudações  :-P ;)
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Setembro 18, 2020, 05:18:10 pm
Ontem, em Yeovil, ao fim da tarde, mais um voo do 19204, que continua por terras de sua Majestade em testes, não se sabe bem do quê para regressar.......quer dizer se calhar até se sabe. :mrgreen:

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: PereiraMarques em Setembro 18, 2020, 05:21:43 pm
Tem a complexidade de um Apache ...
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Lightning em Setembro 19, 2020, 12:55:10 am
Ontem, em Yeovil, ao fim da tarde, mais um voo do 19204, que continua por terras de sua Majestade em testes, não se sabe bem do quê para regressar.......quer dizer se calhar até se sabe. :mrgreen:

Abraços

É a nossa resposta ao caça 6a geração que a USAF voou  :mrgreen:.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: nelson38899 em Setembro 19, 2020, 08:21:43 am
Os fornecedores já aprenderam, enquanto não há €€€, não há helis ou seja o que for.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Major Alvega em Setembro 19, 2020, 10:11:39 am
Falta meia assinatura para efectuar a transferência.
O "dr." não estava para assinar o cheque.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Setembro 22, 2020, 10:17:02 am
08 SEPTEMBER 2020

French Navy retires Lynx from service
by Henri-Pierre Grolleau

The French Navy has formally retired its last Lynx Mk 4(FN) helicopters, bringing the type’s 42-year Aeronavale service career to a close

A last embarkation at sea was completed from 18 to 23 July 2020, when the frigate Latouche-Tréville , the last remaining F70 Georges Leygues-class frigate in Marine Nationale service, sailed with a detachment of two Lynx helicopters for an operational/training mission off Brittany.

(https://www.janes.com/images/default-source/news-images/fg_3673048-jni-7849.jpg?sfvrsn=430da73_2)

A French Lynx performs its last landing and takeoff from frigate Latouche-Tréville off Brest. (Henri-Pierre Grolleau)

Forty Lynx helicopters were purchased by the French Navy from the UK as part of a multinational agreement that also involved Puma and the Gazelle helicopters. Entering service in 1978, the Lynx has fulfilled a wide range of missions including anti-submarine warfare (ASW), maritime surveillance, over-the-horizon targeting, search-and-rescue, vertical replenishment, maritime counter terrorism, special forces operations, and disaster relief.

In June 2019, it was announced that the retirement of the Lynx Mk 4(FN) would be brought forward from 2022 to 2020 to save money. The last five operational aircraft remained in service with Flottille 34F, based at BAN Lanvéoc-Poulmic in Brittany until 3 August.

https://www.janes.com/defence-news/news-detail/french-navy-retires-lynx-from-service
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Outubro 10, 2020, 06:30:24 am
Finalmente, boas notícias! Já temos data para a emissão do cheque! Valha-nos o Covid! Com esta espera toda, ainda lhes vai crescer um FLIR no nariz; dizem que a época natalícia é boa para a reprodução de FLIRs.

https://www.janes.com/defence-news/news-detail/first-portuguese-modernised-super-lynx-delayed-to-2021 (https://www.janes.com/defence-news/news-detail/first-portuguese-modernised-super-lynx-delayed-to-2021)

Citar
The delivery of the first modernised Super Lynx Mk 95A helicopter to the Portuguese Navy has been pushed back to early January 2021.

The helicopter was due to be received on 30 September but its delivery has been postponed due to the impact of the Covid-19 pandemic, the Portuguese Navy told Janes .

Leonardo was awarded a EUR69 million (then USD76.45 million) contract in July 2016 to modernise the Portuguese Navy’s five Super Lynx Mk 95 aircraft. Under current scheduling, delivery of all five is expected to be completed in 2021.

The first modernised helicopter completed its maiden flight on 14 February at Leonardo Helicopters' facility in Yeovil, United Kingdom. Evaluation of the helicopter is scheduled for December as part of the certification of the type. Pilots are due to finalise their training in early December.

The modernisation package includes the replacement of the original Rolls-Royce Gem 42 engines with more powerful LHTEC CTS800-4N turboshafts.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Outubro 10, 2020, 11:09:22 am
Flir adonde?
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: Red Baron em Outubro 10, 2020, 11:56:58 am
Finalmente, boas notícias! Já temos data para a emissão do cheque! Valha-nos o Covid! Com esta espera toda, ainda lhes vai crescer um FLIR no nariz; dizem que a época natalícia é boa para a reprodução de FLIRs.

https://www.janes.com/defence-news/news-detail/first-portuguese-modernised-super-lynx-delayed-to-2021 (https://www.janes.com/defence-news/news-detail/first-portuguese-modernised-super-lynx-delayed-to-2021)

Citar
The delivery of the first modernised Super Lynx Mk 95A helicopter to the Portuguese Navy has been pushed back to early January 2021.

The helicopter was due to be received on 30 September but its delivery has been postponed due to the impact of the Covid-19 pandemic, the Portuguese Navy told Janes .

Leonardo was awarded a EUR69 million (then USD76.45 million) contract in July 2016 to modernise the Portuguese Navy’s five Super Lynx Mk 95 aircraft. Under current scheduling, delivery of all five is expected to be completed in 2021.

The first modernised helicopter completed its maiden flight on 14 February at Leonardo Helicopters' facility in Yeovil, United Kingdom. Evaluation of the helicopter is scheduled for December as part of the certification of the type. Pilots are due to finalise their training in early December.

The modernisation package includes the replacement of the original Rolls-Royce Gem 42 engines with more powerful LHTEC CTS800-4N turboshafts.

Qual FLIR, é cativações está claro.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: HSMW em Outubro 10, 2020, 09:05:18 pm
(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/d/d1/Rolls_Royce_Gem_HMW.JPG)

http://www.gasturbineworld.co.uk/rollsroycegem.html

O RR Gem 42

(https://s7d2.scene7.com/is/image/honeywell/CTS800_engine-600x650)
https://aerospace.honeywell.com/en/learn/products/engines/cts800-turboshaft-engine

E o LHTEC CTS800-4N
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: mafets em Outubro 12, 2020, 01:22:03 pm
Agora venham os carolas que por aí andam, incluindo redes sociais, dizer que o upgrade teve datas bem elaboradas e que a recepção do primeiro Lynx modernizado estaria  para breve...  ::) ::)

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 14, 2020, 11:39:06 am
Ontem, lá por terras de sua majestade, o nosso 19204, efectuou mais um voo . ;)

Tuesday 13th October

ZH583 Lynx MK95A Flew am as WHE01
ZJ990-AA Merlin Mk4a flew as WHE06
ZZ102 AW101 MK612
ZH843 Merlin HMA2 AEW

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: P44 em Outubro 14, 2020, 12:33:07 pm
Paguem mas é o calote
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 17, 2020, 03:20:54 pm
em 15OUT20 lista de voos efectuados em Yeovil, o nosso 19204, na cabeça da lista com mais um voo de teste.


Thursday 15th October 2020 1030 - 1230hrs
Noted on the flight line

ZH583 S.Lynx 95A
ZH831 u/c Merlin HM2(AEW) orange pitot probe and tufted 'bag
ZH833 82 Merlin HM2(AEW)
ZH843 88 Merlin HM2(AEW)
(ZH864) 70 Merlin HM2(AEW)
ZJ990 AA Merlin HC4A? - non-folding rotors, Roman nose

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 20, 2020, 04:40:12 pm
Ontem dia 19OUT, em Yeovil,  mais um voo de teste do nosso 19204.

Monday 19th 1045

ZZ110 MERLIN K612 hangar Move
0280 Merlin mk612 moved outside hangar
ZZ Wildcat
ZH583 S.Lynx 95A
ZH833\82 Merlin HM(AEW)

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 24, 2020, 08:29:53 am
Nos dias 22 e 23OUT20 o nosso 19204, efectuou testes no solo e um voo de teste.

thursday 22nd

ZH583 Lynx MK95A Ground Run
ZH831 Merlin HMA (AEW)
ZJ990\AA Merlin MK4A
ZJ995\AD Merlin MK4A


Friday 23rd

ZH853 Lynx MK95A Flew am
ZJ990\AA Merlin MK4A
ZJ995\AD Merlin MK4A Flew AM
ZA314\WT Sea King Mk4 Fm Chard

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 24, 2020, 09:04:46 am
A 14 de Fevereiro de 2020, o nosso 19204 fazia o primeiro voo de teste !!
Lembram-se ???
Este MLU é mesmo muito complexo !


(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/AAktzG.jpg) (https://imageshack.com/i/pmAAktzGj)

Helicóptero da Marinha Portuguesa realiza primeiro voo após processo de modernização
Um dos cinco helicópteros da Marinha Portuguesa que se encontram em processo de modernização realizou com sucesso o primeiro voo de treino.

https://twitter.com/MarinhaPT/status/1229867564790145024

Um dos cinco helicópteros da Marinha Portuguesa que se encontram em processo de modernização realizou com sucesso, no passado dia 14 de fevereiro o primeiro voo de teste.


(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/924/gIsIw9.jpg) (https://imageshack.com/i/pogIsIw9j)

​​​​​​​​Os cinco helicópteros da Marinha Portuguesa Lynx Mk95 atingiram em 2015 a condição de meia-vida.

Após 23 anos de operação tornou-se necessário proceder à modernização de alguns sistemas aviónicos e equipamentos onde se incluíram os motores.

Assim, a Marinha Portuguesa assinou um contrato com a Leonardo Helicopters (fabricante exclusivo dos Lynx), com o objetivo da modernização dos helicópteros, no dia 21 de julho de 2016, tendo sido iniciado o projeto de modernização, em setembro do mesmo ano.

Os cinco helicópteros estão a ser sujeitos a trabalhos de modificação estrutural decorrentes da instalação de novos motores. Na área dos aviónicos encontram-se a ser efetuados upgrades aos sistemas de ajudas e navegação, sendo introduzidos sistemas atualizados de navegação inercial.

No âmbito destas intervenções, decorrem ainda trabalhos de substituição do atual painel de instrumentos e do atual guincho de salvamento hidráulico, por um guincho elétrico de maior fiabilidade, bem como a instalação de um sistema de amortecimento de vibrações do rotor principal.

Este helicóptero tem chegada prevista para o final do 1º semestre deste ano.

A Marinha Portuguesa opera Helicópteros Lynx Mk95 desde 1993.

https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/Helic%C3%B3ptero-da-Marinha-Portuguesa-realiza-primeiro-voo-ap%C3%B3s-processo-de-moderniza%C3%A7%C3%A3o.aspx

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Outubro 24, 2020, 09:24:21 am
Deve ser um dos helis mais testados do mundo.
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 26, 2020, 12:41:15 pm
E o testing do nosso 19204 continua a todo o vapor, com mais um voo a 23OUT20.
Quando chegar á Marinha se calhar é melhor vendê-lo pois já deve ter poucas HV disponíveis. :mrgreen:

Friday 23rd

ZH583 Lynx MK95A flew AM
ZJ990-AA Merlin MK4A
ZJ995-AD Merlin MK4A
ZA314-WT Sea King From Chard

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: NVF em Outubro 26, 2020, 01:52:03 pm
Espectáculo!
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: tenente em Outubro 27, 2020, 01:17:03 pm
E, mais um voo de teste do nosso 19204, efectuado ontem.
Na realidade é um espectáculo de HV em testes, num único heli.

Monday 26th

ZZ111 Merlin Mk612 Ground Run towed out late PM
ZH831 Merlin HMA(AEW) No Rotors towed out late PM
ZH583 Lynx Mk95A Flew as WHE03

Abraços
Título: Re: Substituição dos Lynx
Enviado por: oi661114 em Outubro 27, 2020, 07:28:31 pm
E, mais um voo de teste do nosso 19204, efectuado ontem.
Na realidade é um espectáculo de HV em testes, num único heli.

Monday 26th

ZZ111 Merlin Mk612 Ground Run towed out late PM
ZH831 Merlin HMA(AEW) No Rotors towed out late PM
ZH583 Lynx Mk95A Flew as WHE03

Abraços

Quando for para serem entregues já têm horas a mais... ::)