ForumDefesa.com

Forças Armadas e Sistemas de Armas => Exército Português => Tópico iniciado por: tenente em Abril 14, 2018, 08:34:02 pm

Título: Substituição dos M113
Enviado por: tenente em Abril 14, 2018, 08:34:02 pm
Está mais que na hora de pensarmos em substituir os M113 por um blindado de lagartas, moderno, mais musculado, com torre, de preferência com peça de 30mm, com maior grau de protecção dos infantes embarcados, e que acompanhe os Leopards nas evoluções todo o terreno.

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/924/cn1qqK.jpg) (https://imageshack.com/i/pocn1qqKj)

Este, na foto de cima, que até fica tão bem ao pé de um Leo, com a mesma torre das versões porta canhão dos nossos Pandur, seria uma excelente aquisição, para equipar o BiMec, reforçando as valências deste batalhão!
A três VBCI(L) por pelotão 24 homens + 09, cada companhia poderia ser equipada c/ 11 ou 12 viaturas o que totalizava, para as três CAT's 36 viaturas mais as de comando e as de apoio e outras versões poderia chegar ás 60 Viaturas blindadas p/ batalhão.


(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/Ejn7GS.jpg) (https://imageshack.com/i/pnEjn7GSj)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/924/tvxzr1.jpg) (https://imageshack.com/i/potvxzr1j)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/1o0YEj.jpg) (https://imageshack.com/i/pn1o0YEjj)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/YvFTm7.jpg) (https://imageshack.com/i/pmYvFTm7j)

(https://imageshack.com/a/img922/802/iYjVbN.gif) (https://imageshack.com/i/pmiYjVbNg)

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/hF7asE.jpg) (https://imageshack.com/i/pmhF7asEj)

https://pt.wikipedia.org/wiki/ASCOD_AFV

https://www.army-technology.com/projects/ascod/

Abraços

Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Stalker79 em Abril 14, 2018, 08:48:22 pm
Só por curiosidade alguma vez irá o governo buscar 277 unidades como supostamente temos do M113!?
Duvido...
 :-\
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: tenente em Abril 14, 2018, 08:52:58 pm
Se fossem adquiridos 120 viaturas já chegavam para dois BiMec's e, eram suficientes para a nossa orgãnica de Exército em miniatura !!!!
A brigada ficaria com 01 GCC, 02 Bimec's e 01 GAC AP um luxo é o que te digo, um luxo !!!!!



Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: tenente em Abril 14, 2018, 08:56:45 pm
Só por curiosidade alguma vez irá o governo buscar 277 unidades como supostamente temos do M113!?
Duvido...
 :-\

Para que querias tantos blindados ???
Com o Exército actual, a Infantaria não tem efectivos para formar quatro batalhões de Infantaria completos quanto mais 277 viaturas que daria para formar quatro batalhões !!
120 ulanos/pizarros/ASCOD, já eram suficientes !

Abraços
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: tenente em Abril 14, 2018, 09:22:57 pm



ASCOD Pizarro
ASCOD Pizarro is built by Santa Bárbara Sistemas. It has multiple variants.
◾ VCI/C - Infantry / Cavalry Vehicle; This is the basic ASCOD Pizarro.
VCPC - Command Vehicle
◾ VCOAV - (Vehículo de Observación Avanzada) Advanced Reconnaissance Vehicle
◾ VCREC - Recovery Vehicle
◾ VCZ - Engineering Vehicle

◾ LT-105 Light Tank - A light tank, designed for the export market, with a 105 mm gun. There are three turrets available, each made by a different manufacturer. These manufacturers are Oto Melara, General Dynamics, and Denel Land Systems (formally known as LIW). The vehicles for the Royal Thai Marine Corps will use the turret from Denel.•Donar - Medium 155mm SPA based on the KMW PzH 2000ASCOD Ulan

Abraços


Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Stalker79 em Abril 14, 2018, 09:34:58 pm



ASCOD Pizarro
ASCOD Pizarro is built by Santa Bárbara Sistemas. It has multiple variants.
◾ VCI/C - Infantry / Cavalry Vehicle; This is the basic ASCOD Pizarro.
VCPC - Command Vehicle
◾ VCOAV - (Vehículo de Observación Avanzada) Advanced Reconnaissance Vehicle
◾ VCREC - Recovery Vehicle
◾ VCZ - Engineering Vehicle

◾ LT-105 Light Tank - A light tank, designed for the export market, with a 105 mm gun. There are three turrets available, each made by a different manufacturer. These manufacturers are Oto Melara, General Dynamics, and Denel Land Systems (formally known as LIW). The vehicles for the Royal Thai Marine Corps will use the turret from Denel.•Donar - Medium 155mm SPA based on the KMW PzH 2000ASCOD Ulan

Abraços

Se a versão LT aguentasse com uma torrezita da Cockerill serie 3000 de 120mm, ai já estaríamos a falar de um poder de fogo mais que razoável!
E juntava-se a munição dos LEO2A6 ao pacote.

http://www.cmigroupe.com/cockerill-3000-series

 ys7x9
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: tenente em Abril 14, 2018, 09:37:29 pm



ASCOD Pizarro
ASCOD Pizarro is built by Santa Bárbara Sistemas. It has multiple variants.
◾ VCI/C - Infantry / Cavalry Vehicle; This is the basic ASCOD Pizarro.
VCPC - Command Vehicle
◾ VCOAV - (Vehículo de Observación Avanzada) Advanced Reconnaissance Vehicle
◾ VCREC - Recovery Vehicle
◾ VCZ - Engineering Vehicle

◾ LT-105 Light Tank - A light tank, designed for the export market, with a 105 mm gun. There are three turrets available, each made by a different manufacturer. These manufacturers are Oto Melara, General Dynamics, and Denel Land Systems (formally known as LIW). The vehicles for the Royal Thai Marine Corps will use the turret from Denel.•Donar - Medium 155mm SPA based on the KMW PzH 2000ASCOD Ulan

Abraços

Se a versão LT aguentasse com uma torrezita da Cockerill serie 3000 de 120mm, ai já estaríamos a falar de um poder de fogo mais que razoável!
E juntava-se a munição dos LEO2A6 ao pacote.

http://www.cmigroupe.com/cockerill-3000-series

 ys7x9

Se calhar não tem lastro para tal, com 28 tons .....parecem-me pouco para uma munição de 120, e o mais importante, o anel da torre para uma peça dessas tem um diametro muito grande talqual o do nosso Leo, achas que dá ??? Eu penso que não, Isso era refazer totalmente o carro, deixa o apoio de fogos para os Leo e para os 155 do GAC !
A munição do Leo poderá não servir na peça da cockerill, tudo dependo do comprimento da camara/culatra fixa das duas peças, e do comprimento das cx de cartucho das duas munições fixas de 120.

http://www.panzer-modell.de/referenz/in_detail/ulan/ulan.htm

Abraços
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Stalker79 em Abril 14, 2018, 09:39:39 pm
Esqueça! Peço desculpa, o modelo da torre não era esse! A que tinha visto de 120mm era a Cockerill XC-8 105-120HP!

http://www.cmigroupe.com/cockerill-xc-8-105-120hp

 :P
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Stalker79 em Abril 14, 2018, 09:54:13 pm
Já agora aproveito para dar uma opção minha. O CV 90 estaria fora de questão!?
É que o ASCOD é engraçado mas tem dois defeitos, 1º estaríamos sempre em parte dependentes dos "nuestros hermanos" e não é situação que me agrade particularmente e a mais preocupante, a dona do fabricante é a General Dynamics. Será que não iria dar raia outra vez como aconteceu na situação das Pandur!?

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/3/30/Stridsfordon_90_Revinge_2012-2.jpg/1200px-Stridsfordon_90_Revinge_2012-2.jpg)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.techhook.com%2Fwp-content%2Fuploads%2F2014%2F11%2FBAE-CV90-IFV.jpg&hash=dd65fefe200d5fe7b47f77e6495474e5)

(https://forum.valka.cz/files/bgbv90.jpg)

(https://i1.wp.com/fighting-vehicles.com/wp-content/uploads/2017/01/CV90-Armadillo-IFV-Variant-with-30mm-Cannon.jpg)

Só ponho este como sugestão porque não só já ser um veiculo com provas dadas, como os Suecos são muito "mãos largas" no que toca a transferências de tecnologias e fabricos nacionais etc. Mais a tal questão de não termo de lidar com  General Dynamics, acho que uma f**a já nos chegou.

 :G-beer2:
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: mafets em Abril 15, 2018, 03:14:38 pm
Os M113 têm uma modernizações jeitosas  ;D :P

http://www.ffg-flensburg.de/en/light-vehicle-systems/m113-modernization/ (http://www.ffg-flensburg.de/en/light-vehicle-systems/m113-modernization/)
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.ffg-flensburg.de%2Fuploads%2Ftx_templavoila%2Fheadgrafik_1024x420_m113_01.jpg&hash=bc1dff0d1ade622d719b486446b00b47)

https://imgur.com/r/TankPorn/uhhSehS (https://imgur.com/r/TankPorn/uhhSehS)
(https://i.imgur.com/uhhSehS.jpg)

Saudações
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: NVF em Abril 15, 2018, 03:36:51 pm
O CV90 também é o meu favorito. E, já agora, os Centauro podiam e deviam ser adquiridos para desenmpenhar o papel dos Pandur com peça 105 que nunca forma adquiridos — os italianos têm dezenas em reserva, inclusive já venderam uns quantos aos jordanos.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Stalker79 em Abril 15, 2018, 03:52:08 pm
O CV90 também é o meu favorito. E, já agora, os Centauro podiam e deviam ser adquiridos para desenmpenhar o papel dos Pandur com peça 105 que nunca forma adquiridos — os italianos têm dezenas em reserva, inclusive já venderam uns quantos aos jordanos.

A questão dos Centauro não é mau pensada não senhor já que ficamos sem viaturas de suporte de fogo. E melhor ainda! As viaturas pra Jordânia nem foram vendidas, foram DADAS!
" Jordan: 141 B1 Centauro (all ex Italian Army); some donated as Italian military aid and modernized with upgrade kits."
Se se pagasse só a modernização e os kits de armadura era maravilha, mas já nem pedia tanto....
 ys7x9
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Stalker79 em Abril 15, 2018, 03:58:45 pm
Os M113 têm uma modernizações jeitosas  ;D :P

http://www.ffg-flensburg.de/en/light-vehicle-systems/m113-modernization/ (http://www.ffg-flensburg.de/en/light-vehicle-systems/m113-modernization/)
(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.ffg-flensburg.de%2Fuploads%2Ftx_templavoila%2Fheadgrafik_1024x420_m113_01.jpg&hash=bc1dff0d1ade622d719b486446b00b47)

https://imgur.com/r/TankPorn/uhhSehS (https://imgur.com/r/TankPorn/uhhSehS)
(https://i.imgur.com/uhhSehS.jpg)

Saudações

Existe pelo menos uma viatura turca a TULPAN que é da família que fica ao mesmo preço que muitos kits de modernização dos M113.
A própria plataforma já não dá mais. O M113 já está muito cansado. Sabe deus o que deve passar o pessoal no entroncamente pra conseguir mante-los a trabalhar.

(https://www.army-technology.com/wp-content/uploads/sites/3/2017/09/1l-image-45.jpg)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.otokar.com%2Ftr-tr%2Furunler%2FPicGallerytulpar%2Ftulpar-01.jpg&hash=1843b62cb4ef6360f1655dd01d1488df)


https://www.otokar.com/en-us/products/Pages/tulpar.aspx

E também existe a versão TULPAR S com todas as variantes e mais algumas. Por cerca de 1.2 a 1.5 milhões de $ cada, é difícil de encontrar mais barato novo.

 :G-beer2:
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: mafets em Abril 16, 2018, 01:37:22 pm
Da maneira como andamos na pedincha e somos poupadinhos com as F.A. ainda fazemos o choradinho à Sr.ª Merkle para mandar uns Marder sem encargos.  ::) ;D

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/2/28/Marder1A3.6.jpg/800px-Marder1A3.6.jpg)

Cumprimentos  :jok: :nice:
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: perdadetempo em Abril 17, 2018, 12:11:00 am
Da maneira como andamos na pedincha e somos poupadinhos com as F.A. ainda fazemos o choradinho à Sr.ª Merkle para mandar uns Marder sem encargos.  ::) ;D

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/2/28/Marder1A3.6.jpg/800px-Marder1A3.6.jpg)

Cumprimentos  :jok: :nice:

Se fôr a versão 1A3/1A5 é de certeza melhor que qualquer upgrade do M113 e tendo em conta a história do Pizarro e o seu actual dono ( a General Dynamics do Pandur) talvez por uma vez o mais velho/barato não seja a pior solução.

Link para um artigo sobre o programa PIZARRO que revê a sua história já com mais de 20 anos.
http://www.ejercitos.org/2016/10/09/vci-ascod-pizarro/ (http://www.ejercitos.org/2016/10/09/vci-ascod-pizarro/)

Cumprimentos,
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Cabeça de Martelo em Abril 17, 2018, 11:06:13 am
A Brigada Mecanizada só tem neste momento um BIMec e dúvido que volte a ter dois Batalhões de Infantaria, dado a falta de recursos humanos e financeiros do Exército.

A aquisição dos Pizarro ou dos Marder em segunda mão seria uma excelente hipotese. Dado ao nosso fado de andarmos a ir buscar aos mesmos de sempre material para as Forças Armadas que os Chilenos, aposto mais nuns Marder em segunda mão que qualquer outra coisa nova em folha.

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.schoenstatt-antofagasta.cl%2Fchw%2Ffotos%2F20130914_Exposicion_Ejercito%2FRudel_20130914_7035.jpg&hash=8605a45a401158a9428f06fe190dd752)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.schoenstatt-antofagasta.cl%2Fchw%2Ffotos%2F20130914_Exposicion_Ejercito%2FRudel_20130914_7052.jpg&hash=5f91fac0857f3cd719752e9ad722f7d9)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.schoenstatt-antofagasta.cl%2Fchw%2Ffotos%2F20130914_Exposicion_Ejercito%2FRudel_20130914_7078.jpg&hash=66aca87756e8b427f62023bd86cf56bc)

Ainda por cima os Alemães têm muitos em stock e há programas de modernização à disposição.

Citar
Rheinmetall to upgrade Marder IFVs for Jordanian Armed Forces
By Srivari Aishwarya

Rheinmetall has secured a €17m contract to upgrade the Jordanian Armed Forces Marder infantry fighting vehicles (IFVs).

Jordan received 25 Marder 1A3 IFVs from Germany between 2016 and 2017.

“The 35t Marder is equipped with a 20mm RH-202 automatic cannon that serves as the vehicle’s main armament.”
Powered by a 600hp engine, the vehicle can travel at a maximum speed of around 65kmph. The 35t Marder is equipped with a 20mm RH-202 automatic cannon that serves as the vehicle’s main armament.

The Marder IFV’s fighting compartment has enough space to accommodate nine soldiers.

Marder Evolution APC

http://www.military-today.com/apc/marder_evolution_apc.htm
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Crypter em Abril 17, 2018, 11:40:02 am
PUMA all the way  ;D 8) !

Houvesse €..

Relativamente aos Marder, caso optem por eles, a malta do Exército que se lembre que não existe nenhuma unidade para recuperar os Leopard.. Pode ser que possa vir num possível pack  ::)

Agora num tom mais sério, este tópico é extremamente pertinente especialmente depois da visita do CEMFA à BrigMEc e que teve este comentário durante a mesma:

Citar
A formação “dos nossos homens e mulheres para o cumprimento das missões” foi considerada “indispensável” e a renovação dos meios apontada como “essencial”, tendo exemplificado o último caso com os veículos blindados M113, que asseguram o transporte de pessoal, e “estão há 40 anos ao serviço”. O CEMGFA acrescentou o reinício da revisão da programação militar “onde vamos contemplar os programas prioritários da Marinha, do Exército e da Força Aérea”.

Pode ser que neste fumo haja fogo..
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Stalker79 em Abril 17, 2018, 06:49:08 pm
Os alemães como tem planos aparentemente para fazer mais upgrades aos Marder não sei se irão descartar alguns, pelo menos unidades em condições que se aproveitem.
É pena é ser um pouco limitado em termos de versões, o M113 ao menos tem uma versão para tudo e mais alguma coisa.
 :moca:
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: mafets em Abril 18, 2018, 10:28:40 am
O Marder preocupa-me a protecção (isto versão original). Agora o Marder CCV  ;D ;) https://below-the-turret-ring.blogspot.pt/2016/12/marders-to-jordan.html (https://below-the-turret-ring.blogspot.pt/2016/12/marders-to-jordan.html)

Citar
The protection can be enhanced by installing add-on armor, the Marder still should have enough weight left for this. Two types of explosive reactive armor, the French BRENUS and the German CLARA designs, have been tested on the Marder. Alternatively slat armor or lightweight composite armor such as RUAG's SidePRO-RPG could be fitted to the Marder, if needed (Germany considered slat armor a bad solution and has rejcted the use of it). The Active Defence System (ADS) developed by IBD Deisenroth in cooperation with Rheinmetall has been tested on the Marder 1A5.

(https://3.bp.blogspot.com/-H-WZM_lY2-U/WFv1hPKRtGI/AAAAAAAAAYM/AOr06C3_gSonZUfTv95VuZRuNhTUSiUaQCEw/s640/2011-04_SuT_Spektrum_Rheinmetall_IFV-CCV.jpg)

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Cabeça de Martelo em Abril 18, 2018, 11:30:09 am
Os alemães como tem planos aparentemente para fazer mais upgrades aos Marder não sei se irão descartar alguns, pelo menos unidades em condições que se aproveitem.
É pena é ser um pouco limitado em termos de versões, o M113 ao menos tem uma versão para tudo e mais alguma coisa.
 :moca:

Como assim, eles têm imensos Marder à espera de serem vendidos e os que estão ainda a serem usados vão ser substituídos pelos Puma a curto prazo.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Stalker79 em Abril 18, 2018, 02:02:16 pm
Os alemães como tem planos aparentemente para fazer mais upgrades aos Marder não sei se irão descartar alguns, pelo menos unidades em condições que se aproveitem.
É pena é ser um pouco limitado em termos de versões, o M113 ao menos tem uma versão para tudo e mais alguma coisa.
 :moca:

Como assim, eles têm imensos Marder à espera de serem vendidos e os que estão ainda a serem usados vão ser substituídos pelos Puma a curto prazo.

Ok não fazia ideia. Como eles têm planos para modernizar os Marder, dita a lógica que não se iriam livrar deles tão cedo em principio.
Mas se assim for óptimo, desde que não apanhemos unidades das primeiras fornadas dos anos 70!!!
 :-X
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Cabeça de Martelo em Abril 18, 2018, 03:28:45 pm
Eles modernizam os Marder se tiverem clientes estrangeiros para os vender, para o Exército Alemão só vão os Puma e mais nada. Eles já venderam os Marder mais antigos ao Chile, Jordânia e à indonésia.

(https://www.plaeditions.com/1133/marder-1a5-1a5a1.jpg)

(https://www.plaeditions.com/1134/marder-1a5-1a5a1.jpg)

Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: tenente em Outubro 03, 2019, 05:07:53 pm
O CV9035 holandês, um dos meus preferidos VBCI(L) para substituir os nossos M113.


(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/921/wcQdzl.jpg) (https://imageshack.com/i/plwcQdzlj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/921/uTevBP.jpg) (https://imageshack.com/i/pluTevBPj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/BnNuYy.jpg) (https://imageshack.com/i/pnBnNuYyj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/vo1lqu.jpg) (https://imageshack.com/i/pnvo1lquj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/924/JP8MsJ.jpg) (https://imageshack.com/i/poJP8MsJj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/924/91xd9V.jpg) (https://imageshack.com/i/po91xd9Vj)

Abraços
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: zocuni em Outubro 05, 2019, 09:56:43 am
A Brigada Mecanizada só tem neste momento um BIMec e dúvido que volte a ter dois Batalhões de Infantaria, dado a falta de recursos humanos e financeiros do Exército.

A aquisição dos Pizarro ou dos Marder em segunda mão seria uma excelente hipotese. Dado ao nosso fado de andarmos a ir buscar aos mesmos de sempre material para as Forças Armadas que os Chilenos, aposto mais nuns Marder em segunda mão que qualquer outra coisa nova em folha.

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.schoenstatt-antofagasta.cl%2Fchw%2Ffotos%2F20130914_Exposicion_Ejercito%2FRudel_20130914_7035.jpg&hash=8605a45a401158a9428f06fe190dd752)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.schoenstatt-antofagasta.cl%2Fchw%2Ffotos%2F20130914_Exposicion_Ejercito%2FRudel_20130914_7052.jpg&hash=5f91fac0857f3cd719752e9ad722f7d9)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.schoenstatt-antofagasta.cl%2Fchw%2Ffotos%2F20130914_Exposicion_Ejercito%2FRudel_20130914_7078.jpg&hash=66aca87756e8b427f62023bd86cf56bc)

Ainda por cima os Alemães têm muitos em stock e há programas de modernização à disposição.

Citar
Rheinmetall to upgrade Marder IFVs for Jordanian Armed Forces
By Srivari Aishwarya

Rheinmetall has secured a €17m contract to upgrade the Jordanian Armed Forces Marder infantry fighting vehicles (IFVs).

Jordan received 25 Marder 1A3 IFVs from Germany between 2016 and 2017.

“The 35t Marder is equipped with a 20mm RH-202 automatic cannon that serves as the vehicle’s main armament.”
Powered by a 600hp engine, the vehicle can travel at a maximum speed of around 65kmph. The 35t Marder is equipped with a 20mm RH-202 automatic cannon that serves as the vehicle’s main armament.

The Marder IFV’s fighting compartment has enough space to accommodate nine soldiers.

Marder Evolution APC

http://www.military-today.com/apc/marder_evolution_apc.htm

Para mim seria uma excelente aquisição e ficaram muito bons esses Marders pós melhoramentos claro que o ideal seria comprar modelos zero e mais atuais mas nem para esses temos orçamento.É o que falo a gastar apenas 1,364 % não dá para grandes coisas se gastassemos 2% só essa diferena representaria mil milhões a mais para fazer aquisições já seria outra conversa.Enquanto isso não ocorrer só compras de acerto faremos.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: NVF em Dezembro 10, 2019, 11:46:44 am
Mais um capítulo da obra inacabada "Exércitos que não sabem o que fazem".

Croatia to receive M2A2 ODS Bradley IFVs from US

Citar
Croatia is to receive M2A2 Operation 'Desert Storm' (ODS) Bradley infantry fighting vehicles (IFVs) from the US, Defence Minister Damir Krstičević announced in Zagreb on 27 November. Krstičević said 60 vehicles would equip a heavy infantry battalion, with another 24 vehicles for spares, and that the are due to be delivered before the end of 2021.

The vehicles will be overhauled and upgraded by Djuro Djakovic Special Vehicles, which Krstičević believes "has great potential for co-operation with the US-based BAE Systems in the establishment of a Bradley vehicle production/maintenance centre for this part of Europe right in Croatia through [the] transfer of knowhow and direct investment by the American partner".

Krstičević valued the 60 Bradley IFVs at USD2-3 million after the upgrade and the US donation of the vehicles at around USD84 milion, plus a direct grant of USD25 million to begin the upgrade.

(https://www.janes.com/images/assets/094/93094/p1654720.jpg)
Croatia will be the first country in Central and Eastern Europe to acquire Bradleys under ERIP. (Jane's/Patrick Allen)
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: dc em Dezembro 10, 2019, 05:10:38 pm
Mais um capítulo da obra inacabada "Exércitos que não sabem o que fazem".

Croatia to receive M2A2 ODS Bradley IFVs from US

Citar
Croatia is to receive M2A2 Operation 'Desert Storm' (ODS) Bradley infantry fighting vehicles (IFVs) from the US, Defence Minister Damir Krstičević announced in Zagreb on 27 November. Krstičević said 60 vehicles would equip a heavy infantry battalion, with another 24 vehicles for spares, and that the are due to be delivered before the end of 2021.

The vehicles will be overhauled and upgraded by Djuro Djakovic Special Vehicles, which Krstičević believes "has great potential for co-operation with the US-based BAE Systems in the establishment of a Bradley vehicle production/maintenance centre for this part of Europe right in Croatia through [the] transfer of knowhow and direct investment by the American partner".

Krstičević valued the 60 Bradley IFVs at USD2-3 million after the upgrade and the US donation of the vehicles at around USD84 milion, plus a direct grant of USD25 million to begin the upgrade.

(https://www.janes.com/images/assets/094/93094/p1654720.jpg)
Croatia will be the first country in Central and Eastern Europe to acquire Bradleys under ERIP. (Jane's/Patrick Allen)

Era sem dúvida melhor do que andarmos de M-113 enquanto todos os nossos aliados têm algo deste género para acompanhar os CCs. O M-113 (os mais recentes/em melhor estado ou modernizados) deveria tornar-se um meio de segunda-linha, ambulância, porta-morteiros, comando, apoio logístico, etc. As unidades de combate da linha da frente deveriam ter um IFV puro.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: HSMW em Dezembro 10, 2019, 05:13:55 pm
Não é sequer uma questão de saber ou não o que se faz. E logo a Croácia...
É tudo jogada de poder e de influência por parte dos EUA contra a Rússia. Ninguém dá nada a ninguém.

O nosso trunfo são mesmo as bases no Atlântico.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: P44 em Dezembro 11, 2019, 10:11:44 am
Não é sequer uma questão de saber ou não o que se faz. E logo a Croácia...
É tudo jogada de poder e de influência por parte dos EUA contra a Rússia. Ninguém dá nada a ninguém.

O nosso trunfo são mesmo as bases no Atlântico.

Trunfo? Para receber sucata?
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Cabeça de Martelo em Dezembro 11, 2019, 10:29:43 am
Não é sequer uma questão de saber ou não o que se faz. E logo a Croácia...
É tudo jogada de poder e de influência por parte dos EUA contra a Rússia. Ninguém dá nada a ninguém.

O nosso trunfo são mesmo as bases no Atlântico.

Trunfo? Para receber sucata?

Quem nos dera... a sucata é superior a qualquer M113 do Exército Português.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: zocuni em Dezembro 11, 2019, 12:23:06 pm
Eles modernizam os Marder se tiverem clientes estrangeiros para os vender, para o Exército Alemão só vão os Puma e mais nada. Eles já venderam os Marder mais antigos ao Chile, Jordânia e à indonésia.

(https://www.plaeditions.com/1133/marder-1a5-1a5a1.jpg)

(https://www.plaeditions.com/1134/marder-1a5-1a5a1.jpg)

Há una tempos atrás li que eles tinham cerca de 75/85 reformados na versão Marder 1 A5A1 e que tencionavam vender.Na versão 1 A5 que difere apenas em não ter ar condicionado eles têm ás toneladas e vão baixando para a reserva conforme recebem os PUMA e que vai demorar pois este modelo até para eles é tremendamente caro até já li que pensavam interromper sua produção.
Tem uns Marder que eles em conjunto com a Rheimetal colocaram um sistema de morteiros e misseis stinger salve o erro,seria interessante.Não sendo novo mas do que vejo no mercado mais em conta e confiável são os Marders,dizem que foram muito bem no Afeganistão.

Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: dc em Dezembro 11, 2019, 01:23:35 pm
Não é sequer uma questão de saber ou não o que se faz. E logo a Croácia...
É tudo jogada de poder e de influência por parte dos EUA contra a Rússia. Ninguém dá nada a ninguém.

O nosso trunfo são mesmo as bases no Atlântico.

Trunfo? Para receber sucata?

Quem nos dera... a sucata é superior a qualquer M113 do Exército Português.

Qualquer IFV minimamente moderno tem mais protecção, melhor armamento e melhores capacidades de acompanhamento dos CCs que os M-113. Se ter meia centena de Bradleys era sucata, nem quero imaginar o que é considerado actualmente ter o "núcleo duro" do Exército maioritariamente assente em M-113 que nem uma modernização receberam.

Mas a vantagem que vejo em adquirir IFVs em segunda-mão, como o Bradley, era que com o dinheiro que sobrasse (comparativamente a adquirir veículos novos), podia ser usado para aumentar o número de Leos para 55, mais as respectivas versões de engenharia e lança-pontes, e ainda fazer uma modernização para o padrão A7+.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Lightning em Dezembro 11, 2019, 02:02:00 pm
Trunfo? Para receber sucata?

Quem nos dera... a sucata é superior a qualquer M113 do Exército Português.

É uma viatura que eu também gosto mas só isso não chega, temos de saber o estado dessas viaturas, podem ter mais de 10/15 anos de porrada no Iraque, valerá a pena o custo de compra, manutenção? Não é só serem Bradley que justifica.

Para os americanos também pode ser bom, não tem a despesa do transporte para os EUA, deixam-nos na Europa.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Stalker79 em Dezembro 11, 2019, 02:18:34 pm
Trunfo? Para receber sucata?

Quem nos dera... a sucata é superior a qualquer M113 do Exército Português.

É uma viatura que eu também gosto mas só isso não chega, temos de saber o estado dessas viaturas, podem ter mais de 10/15 anos de porrada no Iraque, valerá a pena o custo de compra, manutenção? Não é só serem Bradley que justifica.

Para os americanos também pode ser bom, não tem a despesa do transporte para os EUA, deixam-nos na Europa.

Se deixarem que chegue faz-se o mesmo de sempre. Escolhe-se os melhores e o resto vai pra peças.
Ao menos já dava pra reformar as versões IFV/APC do M113.
 :-P
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: zocuni em Dezembro 11, 2019, 04:57:34 pm
Da maneira como andamos na pedincha e somos poupadinhos com as F.A. ainda fazemos o choradinho à Sr.ª Merkle para mandar uns Marder sem encargos.  ::) ;D

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/2/28/Marder1A3.6.jpg/800px-Marder1A3.6.jpg)

Cumprimentos  :jok: :nice:

Pela parte que me toca ficaria muito satisfeito.O problema é que temos orçamentos para comer sardinhas e queremos lagosta isso geralmente acontece que nada se come.
Claro que eu gostaria de meios melhores e novos e com todas as valências possiveis e imaginárias e as colocar aqui para dar uma impressão que sou entendido no assunto mas a realidade é outras e de repente a necessidade também cá entre nós.
Também tenho gostos de elevado requinte um exemplo bem prático que costumo dar é que só considero carro de Jaguar para cima,abaixo disso é algo que se move sobre 4 rodas,como não tenho posses de satisfazer meus minimos sou radical não tenho nenhum e nem faz-me  falta alguma pelo menos no momento.
Apesar dos pesares é um excelente blindado esse.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Lightning em Dezembro 11, 2019, 09:04:28 pm
Também tenho gostos de elevado requinte um exemplo bem prático que costumo dar é que só considero carro de Jaguar para cima,abaixo disso é algo que se move sobre 4 rodas,como não tenho posses de satisfazer meus minimos sou radical não tenho nenhum e nem faz-me  falta alguma pelo menos no momento.

 :mrgreen:
(https://2.bp.blogspot.com/-0_xRV0AdF0E/XHfpzlJqCTI/AAAAAAAACwM/tAOrcTcLstAPD1rxgQQM2vif_ky24eURACLcBGAs/s1600/52803630_2325495791065451_4893030269218455552_n.jpg)
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: goldfinger em Dezembro 13, 2019, 07:51:50 am
Creo que deberían intentar algo así:

(https://defence-blog.com/wp-content/uploads/2019/12/1411180-750x375.jpg)

Citar
U.S. government to donate 60  Bradley Infantry Fighting Vehicles to Croatia

“The United States has accepted an offer to donate 60 Bradley fighting vehicles to complete heavy infantry battalion with another 24 vehicles for spares,”

https://defence-blog.com/army/u-s-government-to-donate-bradley-infantry-fighting-vehicles-to-croatia.html
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: tenente em Dezembro 13, 2019, 07:59:54 am
Creo que deberían intentar algo así:

(https://defence-blog.com/wp-content/uploads/2019/12/1411180-750x375.jpg)

Citar
U.S. government to donate 60  Bradley Infantry Fighting Vehicles to Croatia

“The United States has accepted an offer to donate 60 Bradley fighting vehicles to complete heavy infantry battalion with another 24 vehicles for spares,”

https://defence-blog.com/army/u-s-government-to-donate-bradley-infantry-fighting-vehicles-to-croatia.html

CV9030/35 ou Pizarros isso é que era !!!

Abraços
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: jpthiran em Dezembro 13, 2019, 10:22:24 am
Creo que deberían intentar algo así:

(https://defence-blog.com/wp-content/uploads/2019/12/1411180-750x375.jpg)

Citar
U.S. government to donate 60  Bradley Infantry Fighting Vehicles to Croatia

“The United States has accepted an offer to donate 60 Bradley fighting vehicles to complete heavy infantry battalion with another 24 vehicles for spares,”

https://defence-blog.com/army/u-s-government-to-donate-bradley-infantry-fighting-vehicles-to-croatia.html

CV9030/35 ou Pizarros isso é que era !!!

Abraços
até os Estónios tem 79 CV9030 e são 1.200.000 almas!
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: mafets em Dezembro 13, 2019, 02:33:52 pm
Não se podem incluir uns destes nos negócios dos F16 com os Romenos?  :mrgreen: :mrgreen:

(https://www.armyrecognition.com/images/stories/east_europe/romania/light_armoured/mli-84m/pictures/mli-84m_light_tracked_armoured_fighting_combat_vehicle_Romania_Romanian_army_005.jpg)

(https://d1k5w7mbrh6vq5.cloudfront.net/images/cache/dd/c5/b6/ddc5b644974150e07750c5042b02e7cd.jpg)

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Stalker79 em Dezembro 13, 2019, 02:36:20 pm
CV 90 é grande maquina. Era onde ponha o dinheiro, se o tivesse...
 :-P

(https://i.pinimg.com/originals/7f/d2/df/7fd2df2cc827e7def640bce50b6fa696.jpg)

(https://www.militarypedia.it/wp-content/uploads/2015/11/CV-90-Cockerill-105-mm-torretta-GIAT-Nexter-1068x580.jpg)

(https://defpost.com/wp-content/uploads/2019/09/CV90-Mj%C3%B6lner-Mortar-System.jpg)

PS:Pra se arranjar Gepard´s bastava falar com os alemões, eles tem disso ás pazadas e não os querem.
Pode vir desde que eles "modernizem" com o kit dos Stinger´s.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: NVF em Dezembro 13, 2019, 06:51:24 pm
Concordo, CV90 é que era! Mas um negócio semelhante ao da Croácia parece mais verosímil e económico. Mas como outros já disseram, até os Marder seriam uma grande melhoria face aos actuais M113.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Stalker79 em Dezembro 13, 2019, 07:02:11 pm
Concordo, CV90 é que era! Mas um negócio semelhante ao da Croácia parece mais verosímil e económico. Mas como outros já disseram, até os Marder seriam uma grande melhoria face aos actuais M113.

Sem duvida, fora as versões mais especializadas, os M113 já estão piores que o chapeu de um trolha.
De facto os Bradley não seriam maus, mas provavelmente os Marder ou até os Pizarros seriam mais economicos de operar.
E os Marder de preferencia do A3 pra cima, pra sucata estamos bem assim...
Só vendo.
 :-P
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: dc em Janeiro 03, 2020, 05:13:37 pm
https://www.janes.com/article/93496/spanish-army-plans-to-convert-m113s-into-spike-launchers (https://www.janes.com/article/93496/spanish-army-plans-to-convert-m113s-into-spike-launchers)

Uma ideia para alguns dos nossos M-113.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Stalker79 em Janeiro 03, 2020, 05:18:16 pm
https://www.janes.com/article/93496/spanish-army-plans-to-convert-m113s-into-spike-launchers (https://www.janes.com/article/93496/spanish-army-plans-to-convert-m113s-into-spike-launchers)

Uma ideia para alguns dos nossos M-113.

Grande idea, aqui nunca na vida vai acontecer parecido. Mas tem de se dar a mão á palmatoria para quem toma a iniciativa.
Ou seja aqui, ninguem.
 :-P
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: tenente em Janeiro 03, 2020, 07:02:13 pm
https://www.janes.com/article/93496/spanish-army-plans-to-convert-m113s-into-spike-launchers (https://www.janes.com/article/93496/spanish-army-plans-to-convert-m113s-into-spike-launchers)

Uma ideia para alguns dos nossos M-113.

Também se poderia pensar em modificar alguns para defesa aérea, e fazer os upgrades aos nossos M125/M109 Porta morteiros que bem necessitam e fazem muita falta á infantaria.

Abraços
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Stalker79 em Janeiro 03, 2020, 08:53:58 pm
https://www.janes.com/article/93496/spanish-army-plans-to-convert-m113s-into-spike-launchers (https://www.janes.com/article/93496/spanish-army-plans-to-convert-m113s-into-spike-launchers)

Uma ideia para alguns dos nossos M-113.

Também se poderia pensar em modificar alguns para defesa aérea, e fazer os upgrades aos nossos M125/M109 Porta morteiros que bem necessitam e fazem muita falta á infantaria.

Abraços

100% aprovado! Fica aqui so um exemplo, o ADATS.

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/3/3b/ADATS_2008.JPG)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fmilitary-vehicle-photos.com.s3.amazonaws.com%2F7279.jpg&hash=4122e68718f7d10ff37502faa70ebaea)

 :-P
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: dc em Janeiro 03, 2020, 09:43:21 pm
ADATS os Canadianos devem ter em stock, ficava-te mais barato comprar-lhes com os veículos e tudo, devem ter menos km que os nossos M-113.  :mrgreen:

E para a versão AA, nem precisávamos de ir muito longe, para fins de uniformização, ia-se buscar umas torres MPCV, à semelhança do que seria feito para uns quantos ST5, e montava-se a torre nuns 15 M-113 (com o canhão também serviam de IFV), a juntar a outros 5 a 8 M-113 com o radar Giraffe 1X.

Para os M-113 com Spike, nem seria muito exigente, adoptava a mesma solução que para os Pandur 2 e os ST5, Mini Samson com Spike, assim nem teríamos que estar preocupados com grandes custos de desenvolvimento nem de modificação da plataforma base.

Versão porta-morteiros não estou muito dentro do assunto, mas se desse para instalar algo moderno como o SPEAR, seria bem bom. O resto dos M-113 que não fossem de versões especializadas como ambulâncias, posto de comando, etc, seriam retirados de serviço para peças, e substituídos por CV-90. (A versão PM do M-113 podia ser substituída pela versão porta-morteiro do CV-90).
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Red Baron em Janeiro 23, 2020, 07:25:33 pm
Citar
The US Army has awarded BAE Systems with a USD400 million contract modification to cover the purchase of additional Armored Multi-Purpose Vehicles (AMPVs).

The service announced on 21 January that it is buying an additional 160 AMPVs with funds from the fiscal year 2019 and 2020 European Reassurance Initiative, as well as the service’s procurement budget. BAE Systems is expected to deliver the additional tranche of vehicles to the service by the end of February 2023, according to the announcement.

The company told Jane’s that this latest buy brings the total number of AMPVs under contract to more than 450.
(https://external-content.duckduckgo.com/iu/?u=https%3A%2F%2Fwww.baesystems.com%2Fen%2Fdownload-en%2Fmultimediaimage%2FwebImage%2F20180531001021%2F1434612057800.jpg&f=1&nofb=1)

(https://external-content.duckduckgo.com/iu/?u=https%3A%2F%2Fwww.adsadvance.co.uk%2Fmedia%2Fimages%2F2018%2FBAES%2520AMPV_GP04_PRE_0824_169_web.jpg&f=1&nofb=1)

(https://external-content.duckduckgo.com/iu/?u=https%3A%2F%2Ftopwar.ru%2Fuploads%2Fposts%2F2018-12%2F1544532367_ampv-medevac-3.jpg&f=1&nofb=1)
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Cabeça de Martelo em Janeiro 24, 2020, 12:42:53 pm
Uma versão VBTP só leva 6 atiradores.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: dc em Janeiro 24, 2020, 02:16:07 pm
Citar
The US Army has awarded BAE Systems with a USD400 million contract modification to cover the purchase of additional Armored Multi-Purpose Vehicles (AMPVs).

The service announced on 21 January that it is buying an additional 160 AMPVs with funds from the fiscal year 2019 and 2020 European Reassurance Initiative, as well as the service’s procurement budget. BAE Systems is expected to deliver the additional tranche of vehicles to the service by the end of February 2023, according to the announcement.

The company told Jane’s that this latest buy brings the total number of AMPVs under contract to more than 450.
(https://external-content.duckduckgo.com/iu/?u=https%3A%2F%2Fwww.baesystems.com%2Fen%2Fdownload-en%2Fmultimediaimage%2FwebImage%2F20180531001021%2F1434612057800.jpg&f=1&nofb=1)


Mesmo assim 400 milhões por 160 veículos, dói um bocado.
Mas não deixa de ser interessante, apesar de levantar a questão se compensava investir num veículo destes, ou numa modernização (blindagem, motor e armamento) dos melhores M-113 que temos.

Uma versão VBTP só leva 6 atiradores.

Bem, tendo em conta que, se adquiríssemos algum tipo de IFV, este teria uma capacidade de transporte similar. No entanto, gastar por gastar, preferia uns CV-90 novos ou em segunda-mão, que sempre conferem mais poder de fogo, complementados sim por uns 50 M-113 modernizados para transporte de pessoal.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Cabeça de Martelo em Janeiro 24, 2020, 04:30:15 pm
VBTP misturados com VCI? A BIMec só tem 2 Companhias de Atiradores, quantas viaturas seriam precisas?
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: tenente em Janeiro 24, 2020, 06:01:22 pm
VBTP misturados com VCI? A BIMec só tem 2 Companhias de Atiradores, quantas viaturas seriam precisas?

Para duas CAts + o cmd do Batalhão precisávamos no minimo de 28 IFV's mas o melhor seria adquirir logo o numero necessário para 03 CAt's 45 IFV's + uns extra e seriam 50/55 viats/Batalhão.

Abraço
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: mafets em Janeiro 24, 2020, 07:47:41 pm
Citar
The US Army has awarded BAE Systems with a USD400 million contract modification to cover the purchase of additional Armored Multi-Purpose Vehicles (AMPVs).

The service announced on 21 January that it is buying an additional 160 AMPVs with funds from the fiscal year 2019 and 2020 European Reassurance Initiative, as well as the service’s procurement budget. BAE Systems is expected to deliver the additional tranche of vehicles to the service by the end of February 2023, according to the announcement.

The company told Jane’s that this latest buy brings the total number of AMPVs under contract to more than 450.
(https://external-content.duckduckgo.com/iu/?u=https%3A%2F%2Fwww.baesystems.com%2Fen%2Fdownload-en%2Fmultimediaimage%2FwebImage%2F20180531001021%2F1434612057800.jpg&f=1&nofb=1)

(https://external-content.duckduckgo.com/iu/?u=https%3A%2F%2Fwww.adsadvance.co.uk%2Fmedia%2Fimages%2F2018%2FBAES%2520AMPV_GP04_PRE_0824_169_web.jpg&f=1&nofb=1)

(https://external-content.duckduckgo.com/iu/?u=https%3A%2F%2Ftopwar.ru%2Fuploads%2Fposts%2F2018-12%2F1544532367_ampv-medevac-3.jpg&f=1&nofb=1)

Isso não fica muito grande e pesado, com pouca capacidade de manobra? Já sabem que os Srs Generais gostam de coisas pequenas e muito moveis, razão pela qual os nossos continuam originais...  :mrgreen: :mrgreen:

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.operacional.pt%2Fwp-content%2Fuploads%2F2009%2F05%2Fm113-ceng-mmachado-2-copy.jpg&hash=6c3e6ab8c1b7b46dbfe3c4bcda5e0e8e)

Saudações  ;D ;D
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Red Baron em Janeiro 24, 2020, 08:04:13 pm
Uma versão VBTP só leva 6 atiradores.

O M2 Bradley também só leva 6 passageiros, basicamente o AMPV é um Bradley para os papeis de apoio.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Cabeça de Martelo em Janeiro 25, 2020, 11:16:51 am
Uma versão VBTP só leva 6 atiradores.

O M2 Bradley também só leva 6 passageiros, basicamente o AMPV é um Bradley para os papeis de apoio.

Exacto e sabendo a confusão que é reorganizar todo Pelotão sempre que desembarcam, é que eu acho que qualquer solução só pode passar por algo que leve toda a secção.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Red Baron em Janeiro 25, 2020, 12:07:29 pm
Uma versão VBTP só leva 6 atiradores.

Exacto e sabendo a confusão que é reorganizar todo Pelotão sempre que desembarcam, é que eu acho que qualquer solução só pode passar por algo que leve toda a secção.

O M2 Bradley também só leva 6 passageiros, basicamente o AMPV é um Bradley para os papeis de apoio.

Tudo o que existe no mercado e é moderno transporta entre 6 e 9 passageiros. A quantidade de blindagem que tem de ter agora, realmente limita a capacidade de transporte.

(https://sites.breakingmedia.com/uploads/sites/3/2015/03/Screen-Shot-2015-03-31-at-4.37.20-PM-768x522.png)
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: dc em Janeiro 25, 2020, 01:01:40 pm
Tendo em conta que os IFVs são necessários para a linha da frente, se calhar teria que se mudar ligeiramente a doutrina da infantaria transportada nos veículos. Para transporte de infantaria em maiores quantidades, manter-se-iam vários M-113 (de preferência com alguma modernização a nível de motor, transmissão, blindagem e armamento), no entanto estes limitados à "segunda-linha", já que não possuem a capacidade de sobrevivência dos equivalentes modernos.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Red Baron em Janeiro 25, 2020, 03:03:43 pm
Tendo em conta que os IFVs são necessários para a linha da frente, se calhar teria que se mudar ligeiramente a doutrina da infantaria transportada nos veículos. Para transporte de infantaria em maiores quantidades, manter-se-iam vários M-113 (de preferência com alguma modernização a nível de motor, transmissão, blindagem e armamento), no entanto estes limitados à "segunda-linha", já que não possuem a capacidade de sobrevivência dos equivalentes modernos.

A doutrina NATO para transporte de tropas passa mais pelas rodas, as lagartas é mais para cenários onde as rodas não conseguem operar.

No projeto do AMPV concorreram 3 empresas, a BAE com lagartas e outras duas com rodas. As outras empresas quando viram o caderno de encargos e viram os terrenos onde iam ser feitos os teste desistiram. c56x1
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: dc em Janeiro 25, 2020, 03:24:31 pm
Ou seja não há qualquer necessidade de limitar a aquisição de IFVs com base na sua reduzida capacidade de transporte de tropas.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: tenente em Janeiro 25, 2020, 03:58:10 pm
Ou seja não há qualquer necessidade de limitar a aquisição de IFVs com base na sua reduzida capacidade de transporte de tropas.

seis infantes/IFV é muito bom é o ideal.

O pelAt do BiMec, teria quatro viaturas á semelhança do que acontece, por excesso com os pel Pandur, onde com o efectivo actual/CAt seria bem melhor levantar o 3º PelAt, CAts, e ter os 03 Pel a duas secções, e serem transportados por três Pandur, mas, dizia eu, no BiMec, os Pelotões seriam transportados em quatro IFV's desmontando 24 atiradores + doze das tripulações dos IFV's, o que daria um total de 36 elementos/PelAt !

Abraços
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Cabeça de Martelo em Janeiro 25, 2020, 04:21:00 pm
Hoje devo estar (ainda) mais burro que o normal.

Quantos homens tem uma secção de atiradores? É esse o número que deve ser levado por viatura, seja ela uma VBTP 8x8/lagartas ou uma VCI. Isso para mim nem sequer está para debate. Com 6, tens secções/esquadras partidas e distribuídas por várias viaturas.

Leiam:

https://www.rand.org/pubs/research_reports/RR184.html

(https://i.ibb.co/NpRZWzs/Capturar.jpg)

Citar
Splitting Squads and Fire Teams Across Vehicles Has Operational Effects that Increase Tactical Risk
• Reduces leader control of squads and teams because face-to-face communication is not possible between:
– The squad leader and both fire team leaders while mounted
– Fire team leaders and all team members while mounted

• Reassembling squads and fire teams is difficult and can increase tactical risk when the dismounted fight develops from a mounted fight, e.g., if
– Bradley sections are separated by bounding overwatch maneuver
– Enemy fire keeps vehicles separated during contact

• Reassembling squads and fire teams upon dismount may result in greater exposure of the soldiers to direct fire and surveillance
• Vehicles may be more exposed to anti-armor threats if additional movement is required to place squad and fire team elements in proximity to each other
• Regaining control during and after dismount may be delayed by terrain, obscurants, and enemy fire, thus slowing the operational tempo


Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: LM em Janeiro 25, 2020, 05:14:59 pm
Ter IFV lagartas com capacidade para 1 secção de atiradores (as nossas são de 8, salvo os comandos?) é, taticamente, o ideal - já agora todos os países NATO têm secções com o mesmo número?

No nosso caso será o que houver disponível no mercado de usados (espero que suficientes para equipar 2 batalhões, para utilizar para 2 companhias...) serão facilmente melhores que os APC M113 atuais - pena o Marder não levar 8...
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Cabeça de Martelo em Janeiro 25, 2020, 06:08:51 pm
Desde que pagues há uma versão modernizada que leva 8. No Exército Norte-Americano são 9, no USMC é quase um Pelotão dos nossos.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: tenente em Janeiro 25, 2020, 07:07:40 pm
Hoje devo estar (ainda) mais burro que o normal.

Quantos homens tem uma secção de atiradores? É esse o número que deve ser levado por viatura, seja ela uma VBTP 8x8/lagartas ou uma VCI. Isso para mim nem sequer está para debate. Com 6, tens secções/esquadras partidas e distribuídas por várias viaturas.

Leiam:

https://www.rand.org/pubs/research_reports/RR184.html

(https://i.ibb.co/NpRZWzs/Capturar.jpg)

Citar
Splitting Squads and Fire Teams Across Vehicles Has Operational Effects that Increase Tactical Risk
• Reduces leader control of squads and teams because face-to-face communication is not possible between:
– The squad leader and both fire team leaders while mounted
– Fire team leaders and all team members while mounted

• Reassembling squads and fire teams is difficult and can increase tactical risk when the dismounted fight develops from a mounted fight, e.g., if
– Bradley sections are separated by bounding overwatch maneuver
– Enemy fire keeps vehicles separated during contact

• Reassembling squads and fire teams upon dismount may result in greater exposure of the soldiers to direct fire and surveillance
• Vehicles may be more exposed to anti-armor threats if additional movement is required to place squad and fire team elements in proximity to each other
• Regaining control during and after dismount may be delayed by terrain, obscurants, and enemy fire, thus slowing the operational tempo

CdM, Se tu o dizes quem sou eu para te desmentir  ;)

CdM, se as nossas secções estivessem completas até seriam de dez elementos e não de oito;  cmdt de secção + 01 atirador + duas equipas com duas esquadras cada.

Se assim ainda se mantivesse a constituição das SeçAt, nunca conseguiríamos embarcar uma em cada IFV, pelo simples facto que não há no mercado nenhum IFV que transporte dez infantes + os 2/3 elementos da guarnição do carro.
O máximo possível embarcado serão sete/oito elementos mas esta capaciddae máxima de oito atiradores a que nos convêm, só existe em dois IFV’s os

https://pt.wikipedia.org/wiki/ASCOD_AFV

https://en.wikipedia.org/wiki/Combat_Vehicle_90

(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/924/nykcvJ.jpg) (https://imageshack.com/i/ponykcvJj) 
(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/924/cn1qqK.jpg) (https://imageshack.com/i/pocn1qqKj)
(https://imagizer.imageshack.com/img922/802/iYjVbN.gif) (https://imageshack.com/i/pmiYjVbNg)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/922/hM6MA9.jpg) (https://imageshack.com/i/pmhM6MA9j)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/921/Z5kIrZ.jpg) (https://imageshack.com/i/plZ5kIrZj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/921/uTevBP.jpg) (https://imageshack.com/i/pluTevBPj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/924/91xd9V.jpg) (https://imageshack.com/i/po91xd9Vj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/923/BnNuYy.jpg) (https://imageshack.com/i/pnBnNuYyj)

Portanto a escolha é simples, ou o Pizarro ou o CV90, os dois até são os que prefiro e com quatro viaturas terias um pelAt a três secções de oito, + o cmdt Pel,  esq ACar e esq Mort lig O/B.

Os pelotões com a orgânica acima descrita + as tripulações dos quatro IFV’s chegavam aos 42 elementos, o que quanto a mim é um efectivo muito grande para um pelotão de atiradores mecanizado em IFV.

Se fosse eu a decidir apenas colocava duas Sec At + as esq Mort e esq de ACar e ficava-me pelos 31/32 elementos/Pel, em três IFV's. As infos que tenho quanto ao efectivo dos pel Pandur diz-me que ronda os 35 elementos em quatro VBR.

Mas CdM nas unidades que irão operar os ST5 as secções de atiradores vão necessitar de duas VBL's para ser transportadas.

Abraços
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: tenente em Janeiro 26, 2020, 07:42:47 pm
BAE Systems integra el misil Spike LR en el blindado CV90   
http://mtr.cool/tjagywnxkg


https://twitter.com/DefensaCom/status/1217393573672386561

Vinha mesmo a calhar o CV9035/40.

Abraços
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Stalker79 em Janeiro 26, 2020, 07:46:51 pm
BAE Systems integra el misil Spike LR en el blindado CV90   
http://mtr.cool/tjagywnxkg


https://twitter.com/DefensaCom/status/1217393573672386561

Vinha mesmo a calhar o CV9035/40.

Abraços


Ai vinha mesmo! Granda maquina. ;)
Este é que devia vir, se houvesse guita... (e vontade)
 :-P
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: tenente em Janeiro 26, 2020, 07:53:29 pm
baba-te lá mais um pouco eu já fui buscar um lenço para me limpar !!! ;)
Era a melhor escolha se algum dia, conseguíssemos os suficientes para dois BiMecs era uma maravilha !!



Abraços
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: LM em Janeiro 26, 2020, 08:56:23 pm
É arranjar 400 milhões...  :-[

Citar
The Croatian Army is looking to replace 128 M80A IFV in its inventory; CV-90 and Puma are front contenders. The Croatian Army requires 108 Vehicles: 88 Infantry combat vehicles, 4 Driver training vehicles, 8 Armoured Ambulance vehicles and 8 command vehicles. The budget for the vehicles hasn't yet been set; however, €400 million is the projected cost of the vehicles. The Croatian version will also come with 30mm cannon and twin anti-tank launchers. Likely purchase of said vehicles is expected after 2021.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: tenente em Janeiro 26, 2020, 09:14:32 pm
É arranjar 400 milhões...  :-[

Citar
The Croatian Army is looking to replace 128 M80A IFV in its inventory; CV-90 and Puma are front contenders. The Croatian Army requires 108 Vehicles: 88 Infantry combat vehicles, 4 Driver training vehicles, 8 Armoured Ambulance vehicles and 8 command vehicles. The budget for the vehicles hasn't yet been set; however, €400 million is the projected cost of the vehicles. The Croatian version will also come with 30mm cannon and twin anti-tank launchers. Likely purchase of said vehicles is expected after 2021.

2,5  KC390 e já está !!!

Abraços
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Red Baron em Janeiro 26, 2020, 09:46:43 pm
É arranjar 400 milhões...  :-[

Citar
The Croatian Army is looking to replace 128 M80A IFV in its inventory; CV-90 and Puma are front contenders. The Croatian Army requires 108 Vehicles: 88 Infantry combat vehicles, 4 Driver training vehicles, 8 Armoured Ambulance vehicles and 8 command vehicles. The budget for the vehicles hasn't yet been set; however, €400 million is the projected cost of the vehicles. The Croatian version will also come with 30mm cannon and twin anti-tank launchers. Likely purchase of said vehicles is expected after 2021.

2,5  KC390 e já está !!!

Abraços

O problema do CV90 é a versão morteiro.
(https://external-content.duckduckgo.com/iu/?u=https%3A%2F%2Fi.redd.it%2F4ges7lvdghj11.jpg&f=1&nofb=1)

(https://external-content.duckduckgo.com/iu/?u=https%3A%2F%2Fic.pics.livejournal.com%2Fandrej_kraft%2F39228000%2F613273%2F613273_original.jpg&f=1&nofb=1)
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: dc em Janeiro 26, 2020, 10:45:34 pm
É arranjar 400 milhões...  :-[

Citar
The Croatian Army is looking to replace 128 M80A IFV in its inventory; CV-90 and Puma are front contenders. The Croatian Army requires 108 Vehicles: 88 Infantry combat vehicles, 4 Driver training vehicles, 8 Armoured Ambulance vehicles and 8 command vehicles. The budget for the vehicles hasn't yet been set; however, €400 million is the projected cost of the vehicles. The Croatian version will also come with 30mm cannon and twin anti-tank launchers. Likely purchase of said vehicles is expected after 2021.

Nós nem precisávamos de tantos, algo na ordem dos 50/60 já era bem bom, e nem precisávamos da versão ambulância e de comando, ficando essas funções para os M-577, apoiados por mais uns quantos M-113.

O problema do CV90 é a versão morteiro.

Qual é o problema da versão morteiro? O que é feito deste modelo:
(https://i.imgur.com/K9HxIY8.jpg)
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: tenente em Janeiro 26, 2020, 10:52:49 pm
É arranjar 400 milhões...  :-[

Citar
The Croatian Army is looking to replace 128 M80A IFV in its inventory; CV-90 and Puma are front contenders. The Croatian Army requires 108 Vehicles: 88 Infantry combat vehicles, 4 Driver training vehicles, 8 Armoured Ambulance vehicles and 8 command vehicles. The budget for the vehicles hasn't yet been set; however, €400 million is the projected cost of the vehicles. The Croatian version will also come with 30mm cannon and twin anti-tank launchers. Likely purchase of said vehicles is expected after 2021.

2,5  KC390 e já está !!!

Abraços

O problema do CV90 é a versão morteiro.
(https://external-content.duckduckgo.com/iu/?u=https%3A%2F%2Fi.redd.it%2F4ges7lvdghj11.jpg&f=1&nofb=1)

(https://external-content.duckduckgo.com/iu/?u=https%3A%2F%2Fic.pics.livejournal.com%2Fandrej_kraft%2F39228000%2F613273%2F613273_original.jpg&f=1&nofb=1)

Não entendi qual é o problema com versão porta morteiro do CV90 ?

Abraço
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Red Baron em Janeiro 26, 2020, 11:43:07 pm
O problema é que o AMOS parece ter sido cancelado, ou pelo menos ter sido posto no "congelador", e o que existe agora são coisas feitas em cima do joelho.

Quem sabe se Portugal ainda vai a tempo de estrear o sistema AMOS.

(https://external-content.duckduckgo.com/iu/?u=http%3A%2F%2F2.bp.blogspot.com%2F-sVFM98Gh1U8%2FUW6szS5tNuI%2FAAAAAAAADQE%2FUGomgr2zjW0%2Fs1600%2Fcv90amos.png&f=1&nofb=1)

(https://external-content.duckduckgo.com/iu/?u=https%3A%2F%2Fs-media-cache-ak0.pinimg.com%2F736x%2Fad%2Fac%2Faf%2Fadacaf33f52a76cf98c726e991333942.jpg&f=1&nofb=1)
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Cabeça de Martelo em Janeiro 27, 2020, 12:17:03 pm
 O BIMec possui organicamente duas companhias de atiradores. Cada companhia possui um comando e secção de comando, uma secção de transmissões, uma secção de manutenção, três pelotões de atiradores e um pelotão de apoio.

O pelotão de atiradores, que são três para cada companhia, possui para além do seu comando, três secções de atiradores.

O pelotão de apoio para além do seu comando possui uma secção de morteiros médios e uma secção anticarro.

O Tenente deve estar a contar 10 militares em cada Secção de Atiradores Mecanizada porque inclui os dois membros da Guarnição dos M113, porque a secção que desembarca da VBTP é de apenas 8 atiradores, certo?!
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Kalil em Fevereiro 13, 2020, 01:18:06 pm
Mas é equacionada a substituição dos M113 pelo exército ou apenas pelos camaradas aqui do fórum?

É que nem sequer temos uma viatura de transporte entre os pandur e o vamtac, tipo Bushmaster. Um apc em rodas não se compara ao M113, mas é muito mais barato de adquirir e manter e nem isso há.
Bushmaster ou qualquer outro, aí perto das 15toneladas mas com mínima proteção anti minas e contra 7,62. Assim já da para transportar uma secção à vontade, não nas mesmas condições de intensidade, claro.
Mas para as nossas necessidades actuais, era mais importante ter isso que um cv9040, que é uma bela máquina 💪.

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: dc em Fevereiro 13, 2020, 01:28:14 pm
Na LPM em vigor não, mas é um item que aparecia na LPM de 2003, e como nada foi feito desde essa altura, não é que os M-113 tenham ficado melhores nos últimos 16/17 anos... A necessidade, portanto, mantém-se.

Quando falas em Bushmasters, falas em MRAPs de forma generalizada, e neste aspecto digo-te, se quisessem um veículo entre os ST5 e os Pandur, os americanos têm centenas de MRAPs no Iraque e Afeganistão à mercê de quem os quiser. Aliás, temos inclusive militares portugueses a usar M-ATVs e Maxxpros no Afeganistão, portanto certamente já haverá um certo know-how na operação destes. Se virão para cá com o fim da missão? Provavelmente não, mas dadas as quantidades deles disponíveis por lá, e com ainda uns bons kms para dar, e outros tantos disponíveis para peças...

Neste momento, com a falta de pessoal que tens no Exército, os Pandur "bastam" numa situação normal. Os M-113 estão obsoletos e não acompanham os CCs, os quais precisam de protecção de um IFV em combate.

Em veículos de rodas faltam mais veículos de apoio (anti-carro, AA, porta-morteiro, vigilância do campo de batalha, etc) do que veículos de transporte.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Kalil em Fevereiro 13, 2020, 01:41:15 pm
Eu pessoalmente não sou nada fã dos MRAP americanos, são grandes, pesados, bebem bem e tem as mesmas ou até mais limitações de mobilidade que todos os outros veículos de rodas.

Exactamente, falei no Bushmaster porque este, para além da versão de transporte, com até 10 soldados, também tem as versões de porta morteiro, ambulância, scout de artilharia, comando e acho que até de anti aérea. Para além de rebocar facilmente um 105mm. Basta outro para transporte de uma palete de munições.

Há ainda uma variante de route-clearance.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: mafets em Fevereiro 13, 2020, 02:38:34 pm
Pelo uso dos M113 mais valia modernizar. Mas os MLU cá causam umas alergias...  :bang: :bang:

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.ffg-flensburg.de%2Fuploads%2Ftx_templavoila%2Fheadgrafik_1024x420_m113_01.jpg&hash=bc1dff0d1ade622d719b486446b00b47)

(https://i.imgur.com/m88zfAo.jpg)

(https://pbs.twimg.com/media/C_cma6kXgAAACP3.jpg)

(https://www.ausa.org/sites/default/files/styles/media_full/public/Goure4.jpg?itok=qHYhCmXX)

(https://pbs.twimg.com/media/D-iRid-XsAAB-hQ.jpg)

Saudações
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Kalil em Fevereiro 13, 2020, 03:11:23 pm
Sim, se quiserem manter APC de lagartas só mesmo aproveitando o que já há na garagem, não acredito que se avance com aquisição de substitutos da mesma categoria.

O problema deste mlu é que deve ser quase total, refazer o veículo de novo, ou seja, também não fica à borla.

também há sempre aquelas doações de material de guerra aos países periféricos, pode ser que seja por aí..
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Kalil em Fevereiro 13, 2020, 03:23:29 pm
Se tivesse sido dada a importância merecida ao programa das 8x8, em vez de fazer sempre tudo pelos mínimos, a situação não seria tão complicada.
É que nem sequer a quantidade de veículos adquiridos foi a suficiente para ter as versões todas disponíveis.
Já na altura eu preferia o Patria, que nem sequer foi a concurso. Para além do veículo base ser mais robusto, minas e blindagem frontal, tem a possibilidade de integrar praticamente qualquer tipo de torre, desde a 25mm até à 40mm, para não falar do morteiro Nemo 120.

Nunca é o mesmo que um CV90, mas um 8x8 com um canhão 35mm já assusta qualquer um que não um mbt..

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: dc em Fevereiro 13, 2020, 04:25:51 pm
O problema é que os MLUs cá são o que são. Teríamos os 10 primeiros M-113 modernizados lá para 2030, e a um custo unitário quase igual ao de um CV-9030. Ao menos os CV-90, se alguma vez se lembrassem de os adquirir, entrariam logo de imediato ao serviço, ao contrário de um MLU aos 113.

Os Pandur também têm praticamente todas essas versões, excepto do morteiro Nemo. As que não temos, foi devido à denuncia do contrato, que compreendia 260 originalmente, das quais 20 para os Fuzos. Penso que a certa altura no concurso, a ideia até era ter mais de 300 Pandur, mas esse número deve ter sido reduzido gradualmente.

A ideia de MRAPs retirados do Iraque, é precisamente virem praticamente as custo zero, ao contrário do que seriam os Bushmaster, que teriam de ser novos. Se não há dinheiro para mínimos básicos, vai haver para largas dezenas de veículos que muitos (políticos) veriam como redundantes?

Ok, transporta 10 pessoas, e tem versões x, y e z, mas é também um 4x4, portanto tem as mesmas limitações de mobilidade dos ST5, e este último também tem todas as versões que o Bushmaster tem, e representa um alvo muito maior.

Se a ideia é ter mais APC de rodas na BrigInt, uns Maxxpro a preço simbólico estão disponíveis. Se a ideia é ter as versões que faltam na família Pandur, então basta o ST5 pois tem a mesma capacidade de TT do Bushmaster (inferior aos Pandur 8x8), e custos menores.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Kalil em Fevereiro 13, 2020, 08:03:58 pm
O problema é que os MLUs cá são o que são. Teríamos os 10 primeiros M-113 modernizados lá para 2030, e a um custo unitário quase igual ao de um CV-9030. Ao menos os CV-90, se alguma vez se lembrassem de os adquirir, entrariam logo de imediato ao serviço, ao contrário de um MLU aos 113.

Os Pandur também têm praticamente todas essas versões, excepto do morteiro Nemo. As que não temos, foi devido à denuncia do contrato, que compreendia 260 originalmente, das quais 20 para os Fuzos. Penso que a certa altura no concurso, a ideia até era ter mais de 300 Pandur, mas esse número deve ter sido reduzido gradualmente.

A ideia de MRAPs retirados do Iraque, é precisamente virem praticamente as custo zero, ao contrário do que seriam os Bushmaster, que teriam de ser novos. Se não há dinheiro para mínimos básicos, vai haver para largas dezenas de veículos que muitos (políticos) veriam como redundantes?

Ok, transporta 10 pessoas, e tem versões x, y e z, mas é também um 4x4, portanto tem as mesmas limitações de mobilidade dos ST5, e este último também tem todas as versões que o Bushmaster tem, e representa um alvo muito maior.

Se a ideia é ter mais APC de rodas na BrigInt, uns Maxxpro a preço simbólico estão disponíveis. Se a ideia é ter as versões que faltam na família Pandur, então basta o ST5 pois tem a mesma capacidade de TT do Bushmaster (inferior aos Pandur 8x8), e custos menores.

Pois, sem gastar dinheiro só há mesmo hipótese ao ficar com esse material US.

A questão é essa, os vamtac não transportam secções inteiras 😉
A ideia de um Infantry Mobility Vehicle é ser o "cavalo" de uma companhia. Podes transportar 150 soldados e respectivo equipamento em vamtacs, mas em 30.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Pedro Monteiro em Fevereiro 13, 2020, 09:14:34 pm
Tem sido mencionado amiúde na Revista de Cavalaria e parece haver finalmente verbas na LPM - o que, sabemos, não é garantia de nada. Não será necessariamente uma substituição, pode ser uma modernização profunda. Como referência, a orgânica do Batalhão de Infantaria Mecanizada sobre Lagartas inclui 1 CCS e 3 Companhia de Atiradores a 3 pelotões cada (no papel). Isso implica 53 viaturas de transporte de pessoal para o batalhão e 4 posto de comando, fora outras viaturas sobre lagartas de apoio de fogos e serviços.

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Pedro Monteiro em Fevereiro 13, 2020, 09:22:29 pm
Nunca é o mesmo que um CV90, mas um 8x8 com um canhão 35mm já assusta qualquer um que não um mbt..

Já foi considerado e ensaiado, em 2015, no Orion. Há uma tese da Academia Militar que aborda o conceito:
https://comum.rcaap.pt/handle/10400.26/15126

Todas as conversas que tive com Militares de ambas brigadas - incluindo quem transitou de rodas para lagartas - é que as Pandur ficaram paradas no Inverno com a lama e chuva em Santa Margarida. A mobilidade táctica destas brigadas é diferente e combinar estes meios, como fizeram os franceses, iria por vezes atrasar a manobra dos Leopard e outras vezes das Pandur (por exemplo, o seu peso permite atravessar pontes incompatíveis com as 60 toneladas dos Leopard).

O que a Brigada Mecanizada precisa, e isto é apenas a minha avaliação pessoal al, é um pequeno número de viaturas blindadas sobre lagartas para o batalhão de infantaria com uma mobilidade e velocidade capaz de acompanhar os Leopard que, facilmente, fazem 70 km/h - ou seja, um agrupamento mecanizado moderno e coeso. Não digo que seja o mais urgente. Se pensarmos no poder de fogo é protecção, então um VCI na categoria do Pizarro ou CV-90 são boas escolhas. Pena a Estónia ter tido mais visão que nós para o 'stock' holandês...

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: goldfinger em Fevereiro 14, 2020, 08:13:44 am
Nunca é o mesmo que um CV90, mas um 8x8 com um canhão 35mm já assusta qualquer um que não um mbt..

Já foi considerado e ensaiado, em 2015, no Orion. Há uma tese da Academia Militar que aborda o conceito:
https://comum.rcaap.pt/handle/10400.26/15126

Todas as conversas que tive com Militares de ambas brigadas - incluindo quem transitou de rodas para lagartas - é que as Pandur ficaram paradas no Inverno com a lama e chuva em Santa Margarida. A mobilidade táctica destas brigadas é diferente e combinar estes meios, como fizeram os franceses, iria por vezes atrasar a manobra dos Leopard e outras vezes das Pandur (por exemplo, o seu peso permite atravessar pontes incompatíveis com as 60 toneladas dos Leopard).

O que a Brigada Mecanizada precisa, e isto é apenas a minha avaliação pessoal al, é um pequeno número de viaturas blindadas sobre lagartas para o batalhão de infantaria com uma mobilidade e velocidade capaz de acompanhar os Leopard que, facilmente, fazem 70 km/h - ou seja, um agrupamento mecanizado moderno e coeso. Não digo que seja o mais urgente. Se pensarmos no poder de fogo é protecção, então um VCI na categoria do Pizarro ou CV-90 são boas escolhas. Pena a Estónia ter tido mais visão que nós para o 'stock' holandês...

Cumprimentos,
Pedro Monteiro

En España había un dicho......."por donde un M113 pasa sin pensarselo, no pasa un BMR por mucho que se lo piense"

Intento traducir al portugués:

" Por donde pasa un M113 sin pensarselo, no pasa un Pandur por muito que se lo pensar"

 :mrgreen: :mrgreen:
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: tenente em Fevereiro 14, 2020, 08:49:25 am
Nunca é o mesmo que um CV90, mas um 8x8 com um canhão 35mm já assusta qualquer um que não um mbt..

Já foi considerado e ensaiado, em 2015, no Orion. Há uma tese da Academia Militar que aborda o conceito:
https://comum.rcaap.pt/handle/10400.26/15126

Todas as conversas que tive com Militares de ambas brigadas - incluindo quem transitou de rodas para lagartas - é que as Pandur ficaram paradas no Inverno com a lama e chuva em Santa Margarida. A mobilidade táctica destas brigadas é diferente e combinar estes meios, como fizeram os franceses, iria por vezes atrasar a manobra dos Leopard e outras vezes das Pandur (por exemplo, o seu peso permite atravessar pontes incompatíveis com as 60 toneladas dos Leopard).

O que a Brigada Mecanizada precisa, e isto é apenas a minha avaliação pessoal al, é um pequeno número de viaturas blindadas sobre lagartas para o batalhão de infantaria com uma mobilidade e velocidade capaz de acompanhar os Leopard que, facilmente, fazem 70 km/h - ou seja, um agrupamento mecanizado moderno e coeso. Não digo que seja o mais urgente. Se pensarmos no poder de fogo é protecção, então um VCI na categoria do Pizarro ou CV-90 são boas escolhas. Pena a Estónia ter tido mais visão que nós para o 'stock' holandês...

Cumprimentos,
Pedro Monteiro

En España había un dicho......."por donde un M113 pasa sin pensarselo, no pasa un BMR por mucho que se lo piense"

Intento traducir al portugués:

" Por donde pasa un M113 sin pensarselo, no pasa un Pandur por muito que se lo pensar"

 :mrgreen: :mrgreen:

já o disse vezes sem conta, é um erro pensar-se que os pandur poderão alguma vez em operações reais acompanhar os Leos !!!
Tal é a falta de meios de combate orgânicos que todas as brigadas padecem, que o erro que se está a começar a cometer é juntar meios de uma a outra Brigada para que se consiga formar um pseudo grupo de batalha.
O que os especialistas se esquecem é de uma premissa muito importante o conceito de emprego de forças no terreno não pode ser alterado, é impossível a unidades de combate médias com viaturas de rodas acompanhar/apoiar eficazmente as unidades de combate pesadas  equipadas com viaturas de lagartas !!
O que Portugal tem de fazer ASAP, é comprar pelo menos 50/60 Pizarros/CV90 para equipar um BiMec, pelo menos um.
Claro que o que a BriMec organicamente deveria possuir seriam 2 X BiMec + 1 X GCC, completo a três ECC + 1 X  ERec(L) + 1 X GAC AP + 1 X BAAA, isto apenas no que diz respeito ás unidades de manobra e Apoio, não estou a contar com a Engenharia, e outros serviços.

(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/923/uSP0pt.jpg) (https://imageshack.com/i/pnuSP0ptj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/922/hM6MA9.jpg) (https://imageshack.com/i/pmhM6MA9j)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/922/x97cYe.jpg) (https://imageshack.com/i/pmx97cYej)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/924/qizlGk.jpg) (https://imageshack.com/i/poqizlGkj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/923/TT3EyM.jpg) (https://imageshack.com/i/pnTT3EyMj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/924/Fy08iL.jpg) (https://imageshack.com/i/poFy08iLj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/924/cn1qqK.jpg) (https://imageshack.com/i/pocn1qqKj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/924/LkO7LM.jpg) (https://imageshack.com/i/poLkO7LMj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/640x480q90/922/lOKtsC.jpg) (https://imageshack.com/i/pmlOKtsCj)

Abraços
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: tenente em Fevereiro 14, 2020, 09:49:33 am
The Pizarro infantry fighting vehicle

The Pizarro infantry fighting vehicle evolved from the ASCOD (Austrian-Spanish Cooperative Development) programme. The Pizarro was developed for the Spanish Army alongside Ulan IFV for the Austrian Army. These are broadly similar but has some differences, such as engines. Spanish Army ordered these vehicles in 1996. Vehicles entered service with Austrian and Spanish Armies in 2002. Spanish Army operates a total of 293 Pizarro IFVs, plus its variants optimized for different battlefield roles.
   The Pizarro IFV was designed to replace ageing light armored vehicles in service with Spanish Army, such as the M113 armored personnel carriers. Furthermore it is a flexible complement to the Leopard 2A4 main battle tanks.
   Unlike the Austrian Ulan, the Pizarro also features a limited amount of SABBLIR reactive armor, which significantly increases armor protection. Front armor of the Pizarro provides protection against 14.5 mm rounds, while all-round protection is against 7.62 mm rounds. NBC protection system is fitted as standard.
   The main armament is a fully-stabilized Mauser 30 mm Model F cannon and coaxial 7.62 mm machine gun.
   Vehicle has a crew of three and can carry eight fully equipped troops.
   Spanish IFV comes with the German MTU diesel engine, delivering 600 horsepower. Engine is mounted at the front. It is less powerful comparing with Austrian vehicle, but still offers good mobility and cross-country performance. The Pizarro is not amphibious.
 
Variants
 
   VCI/C infantry fighting vehicle. It is a baseline version, described above.
   VCPC command vehicle. Spanish Army operates 26 of these vehicles.
   VCOAV armored reconnaissance vehicles. Spanish Army operates 28 of these vehicles.
   VCREC armored recovery vehicle. Spanish Army operates 8 of these vehicles.
   VCZ engineering vehicle. Spanish Army operates only a single vehicle.


   Pizarro 2, it is the second phase production vehicle with a number of improvements. The Pizarro 2 IFVs are powered by the same MTU series 199 engine, developing 720 hp, as the Austrian Ulan IFV. The Phase 2 vehicle has a refined hull design and improved weapon stabilization system. It is currently in production for the Spanish Army. The Spanish Army ordered a total of 190 of the Phase 2 vehicles in 4 variants. Including 106 infantry fighting vehicles, 27 reconnaissance vehicles, 48 engineering vehicles and 9 recovery vehicles. All of these were planned to be delivered by 2016.
   VCZAP engineer combat vehicle. It can be equipped with a dozer blade, mine plough, mine rollers, obstacle marking systems, or other specialized equipment. This armored vehicle was first publicly revealed in 2019.

http://www.military-today.com/apc/pizarro_ifv.htm

Abraços

Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: goldfinger em Fevereiro 14, 2020, 10:04:13 am
The Pizarro infantry fighting vehicle

 
   VCZAP engineer combat vehicle. It can be equipped with a dozer blade, mine plough, mine rollers, obstacle marking systems, or other specialized equipment. This armored vehicle was first publicly revealed in 2019.



En proceso de pruebas y entregas de las 48 unidades encargadas, usan el chasis del AJAX, muito mais protegido.

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.cordobahoy.es%2Fmedia%2Fcordobahoy%2Fimages%2F2019%2F11%2F28%2F2019112817345740394.jpg&hash=df2dea66fbc06bf0986e2e018285423e)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.cordobahoy.es%2Fmedia%2Fcordobahoy%2Fimages%2F2019%2F11%2F28%2F%2F2019112817345598671.jpg&hash=7cdf95ce11c69a354ddc5bafaf697737)

(https://www.armyrecognition.com/images/stories/europe/spain/exhibition/feindef_2019/pictures/FEINDEF_2019_General_Dynamics_presents_Spanish_Pizarro_Engineering_Combat_Vehicle.JPG)

(https://pbs.twimg.com/media/D7tnhuGWkAA-YKE.jpg:large)

(https://static3-sevilla.abc.es/media/andalucia/2019/11/29/s/pruebas-castor-cordoba-kRjG--620x349@abc.jpg)

(https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn%3AANd9GcRGhNS-hbxec_B7KWUSDIw1dyxNUUPZddkdoijeu2HgYKEeHDD_)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.ejercito.mde.es%2FGalerias%2FImagenes%2Funidades%2FCordoba%2Fbrimzx_guzmanelbueno%2FNoticias%2F2019%2F39._PRUEBA_VCZ_PIZARRO_CASTOR_3.jpg&hash=d5ef1ed0fdaff997ccf6b7078c359dcb)

Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: LM em Fevereiro 14, 2020, 11:30:04 am
Não estou a ver um IFV "lagartas" novo nos próximos 15 anos, só se for uma compra de oportunidade de material usado...
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Red Baron em Fevereiro 14, 2020, 12:25:25 pm
Não estou a ver um IFV "lagartas" novo nos próximos 15 anos, só se for uma compra de oportunidade de material usado...

Segundo o CEME, só para 2027, mas com vontade de se poder iniciar no 2º Quadriénio.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Kalil em Fevereiro 14, 2020, 12:48:55 pm
Eu também não falei em substituir o m113 por um veículo de rodas, apenas, e é a minha simples opinião, que é necessário um veículo 4x4 ou até 6x6 para complementar os vamtac e pandur.
De resto, não estou a par da lista de prioridades do exército, aquilo que se pode constatar de fora, é que há vários equipamentos em falta.

Um pandur não consegue substituir um ifv a lagartas pela mobilidade. No Afeganistão os 8x8 presentes tem sentido bastantes dificuldades em alguns terrenos, quando os m113 passam tranquilamente.

A verdade é que não sei se algum batalhão mecanizado alguma vez foi destacado, e se alguma vez será. Não imagino portugal a enviar Leos para missões. E não havendo leos em operação, também não são necessários outros veículos a lagartas. Por isso um pandur versão IFV é o melhor com que o pessoal no terreno pode contar. O que já não é nada mau, são é poucos..

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: dc em Fevereiro 14, 2020, 01:53:04 pm
Pois, sem gastar dinheiro só há mesmo hipótese ao ficar com esse material US.

A questão é essa, os vamtac não transportam secções inteiras 😉
A ideia de um Infantry Mobility Vehicle é ser o "cavalo" de uma companhia. Podes transportar 150 soldados e respectivo equipamento em vamtacs, mas em 30.

Nem me parece que haja outra hipótese, já que não se pretende comprar nada novo neste sentido. Num Exército com falta de IFV, veículos AA, anti-carro, de reconhecimento, morteiro e artilharia AP, de engenharia, entre outros, ir gastar em mais APCs de rodas, parecer-me-ia imprudente. Nem sei até que ponto há ou não algum interesse em MRAPs vindos a custo zero do Afeganistão como os que os nossos militares têm usado.

Quanto ao uso de veículos de lagartas em missões internacionais, de nada adianta enviar Leos para um RCA por exemplo, e depois só terem a cobertura dos velhos M-113, ou de blindados de rodas que não os acompanham. Agora, caso as condições do terreno nesta missão fossem muito más, ao ponto da operação dos Pandur/ST5 ficar ainda mais dificultada, então não tenho dúvidas que, havendo um IFV de lagartas moderno, este seria enviado para lá. Não necessariamente com os Leos, mas somente os IFVs.

A falta de Pandur IFV e de Pandur Anti-carro já foi várias vezes solucionada aqui no fórum, havendo inclusive várias torres no mercado capazes de levar mísseis anti-tanque, mais o canhão. As mesmas torres também se poderiam aplicar a alguns M-113 modernizados.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Kalil em Fevereiro 20, 2020, 10:44:09 pm
The Pizarro infantry fighting vehicle

The Pizarro infantry fighting vehicle evolved from the ASCOD (Austrian-Spanish Cooperative Development) programme. The Pizarro was developed for the Spanish Army alongside Ulan IFV for the Austrian Army. These are broadly similar but has some differences, such as engines. Spanish Army ordered these vehicles in 1996. Vehicles entered service with Austrian and Spanish Armies in 2002. Spanish Army operates a total of 293 Pizarro IFVs, plus its variants optimized for different battlefield roles.
   The Pizarro IFV was designed to replace ageing light armored vehicles in service with Spanish Army, such as the M113 armored personnel carriers. Furthermore it is a flexible complement to the Leopard 2A4 main battle tanks.
   Unlike the Austrian Ulan, the Pizarro also features a limited amount of SABBLIR reactive armor, which significantly increases armor protection. Front armor of the Pizarro provides protection against 14.5 mm rounds, while all-round protection is against 7.62 mm rounds. NBC protection system is fitted as standard.
   The main armament is a fully-stabilized Mauser 30 mm Model F cannon and coaxial 7.62 mm machine gun.
   Vehicle has a crew of three and can carry eight fully equipped troops.
   Spanish IFV comes with the German MTU diesel engine, delivering 600 horsepower. Engine is mounted at the front. It is less powerful comparing with Austrian vehicle, but still offers good mobility and cross-country performance. The Pizarro is not amphibious.
 
Variants
 
   VCI/C infantry fighting vehicle. It is a baseline version, described above.
   VCPC command vehicle. Spanish Army operates 26 of these vehicles.
   VCOAV armored reconnaissance vehicles. Spanish Army operates 28 of these vehicles.
   VCREC armored recovery vehicle. Spanish Army operates 8 of these vehicles.
   VCZ engineering vehicle. Spanish Army operates only a single vehicle.


   Pizarro 2, it is the second phase production vehicle with a number of improvements. The Pizarro 2 IFVs are powered by the same MTU series 199 engine, developing 720 hp, as the Austrian Ulan IFV. The Phase 2 vehicle has a refined hull design and improved weapon stabilization system. It is currently in production for the Spanish Army. The Spanish Army ordered a total of 190 of the Phase 2 vehicles in 4 variants. Including 106 infantry fighting vehicles, 27 reconnaissance vehicles, 48 engineering vehicles and 9 recovery vehicles. All of these were planned to be delivered by 2016.
   VCZAP engineer combat vehicle. It can be equipped with a dozer blade, mine plough, mine rollers, obstacle marking systems, or other specialized equipment. This armored vehicle was first publicly revealed in 2019.

http://www.military-today.com/apc/pizarro_ifv.htm

Abraços

Aqui no fórum nunca se menciona o IFV italiano, o Dardo. É por alguma questão técnica ou apenas falta de fãs? Não tem um historial de exportação tão bem sucedido quanto os outros dois, mas não deixa de ser equiparável.
Peca na capacidade de transporte, de apenas 6 elementos mas, pelo que li, até possui melhor blindagem.

(https://images.app.goo.gl/Ui5GJozJhrKC5N456)

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: dc em Fevereiro 21, 2020, 12:35:08 am
Provavelmente é mesmo por não ter sido exportado. Isso e ter só um canhão de 25mm (munição que nós não usamos julgo eu), face aos concorrentes que usam sobretudo 30mm que já usamos nos Pandur. A questão do calibre afectaria também o Bradley. Mas mesmo esta questão dependeria se acharia necessário uniformizar os calibres médios ou se não fazia diferença em termos logísticos.

De resto, segundo a wikipedia, tem a opção de dois lançadores de Spike, o que é um ponto a favor.

Mas se conseguíssemos incluir num negócio uns 40 Dardo e uns 15 Centauro.... não me queixava!  ::)

Mas olhando para alternativas mais... exóticas... podemos ver o K-21 sul-coreano e o Type 89 japonês, sendo o primeiro inclusive anfíbio. Pena não serem o "padrão NATO".
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: tenente em Fevereiro 21, 2020, 06:15:34 am
Provavelmente é mesmo por não ter sido exportado. Isso e ter só um canhão de 25mm (munição que nós não usamos julgo eu), face aos concorrentes que usam sobretudo 30mm que já usamos nos Pandur. A questão do calibre afectaria também o Bradley. Mas mesmo esta questão dependeria se acharia necessário uniformizar os calibres médios ou se não fazia diferença em termos logísticos.

De resto, segundo a wikipedia, tem a opção de dois lançadores de Spike, o que é um ponto a favor.

Mas se conseguíssemos incluir num negócio uns 40 Dardo e uns 15 Centauro.... não me queixava!  ::)

Mas olhando para alternativas mais... exóticas... podemos ver o K-21 sul-coreano e o Type 89 japonês, sendo o primeiro inclusive anfíbio. Pena não serem o "padrão NATO".

O dardo pode ser equipado com torres hitfist a mesma que defendo para o pandur versão ACar, de 25mm, 30mm ou até 60mm. As torres possuem a opção de receber 2 lançadores  spike.

Abraço
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Kalil em Fevereiro 21, 2020, 05:17:53 pm
Provavelmente é mesmo por não ter sido exportado. Isso e ter só um canhão de 25mm (munição que nós não usamos julgo eu), face aos concorrentes que usam sobretudo 30mm que já usamos nos Pandur. A questão do calibre afectaria também o Bradley. Mas mesmo esta questão dependeria se acharia necessário uniformizar os calibres médios ou se não fazia diferença em termos logísticos.

De resto, segundo a wikipedia, tem a opção de dois lançadores de Spike, o que é um ponto a favor.

Mas se conseguíssemos incluir num negócio uns 40 Dardo e uns 15 Centauro.... não me queixava!  ::)

Mas olhando para alternativas mais... exóticas... podemos ver o K-21 sul-coreano e o Type 89 japonês, sendo o primeiro inclusive anfíbio. Pena não serem o "padrão NATO".

Olha que o material coreano é capaz de ser padrão NATO, pelo menos os K-9 não tem tido problemas em ser exportados para a Europa.
Agora só me lembro do exército finlandês, mas acho que já há mais países a comprar aos coreanos.
Mas a Finlândia não é NATO..
E eles não são muito conservadores, tem equipamentos russos, polacos, suecos, coreanos, em primeira ou segunda mão. Desde que cumpra..

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: NVF em Fevereiro 22, 2020, 11:58:42 pm
O dc estava a ser irónico, pois o "padrão NATO" é uma das desculpas habituais para não efectuar aquisições. Já agora, o K9 é também utilizado pela Noruega e os polacos e os turcos têm versões próprias.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: dc em Fevereiro 23, 2020, 12:55:50 pm
Exacto, por falar em material sul-coreano, os noruegueses também optaram pelo Maud que é um AOR sul-coreano que custa só metade do equivalente construído na Europa. Ou o LHD Dokdo que custa o mesmo que um LPD convencional estilo o que pretendemos construir.

Vários sistemas sul-coreanos parecem interessantes, e o seu IFV K21 é um deles, a AP K9 é outro.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Stalker79 em Fevereiro 23, 2020, 04:38:24 pm
Exacto, por falar em material sul-coreano, os noruegueses também optaram pelo Maud que é um AOR sul-coreano que custa só metade do equivalente construído na Europa. Ou o LHD Dokdo que custa o mesmo que um LPD convencional estilo o que pretendemos construir.

Vários sistemas sul-coreanos parecem interessantes, e o seu IFV K21 é um deles, a AP K9 é outro.


Nem fales DC. Se formos a ver a quantidade (e qualidade) de sistemas que há na Coreia do Sul graças ao vizinho do lado.
Bem saia de lá com um prejuizo. É de fragatas a destroyers a submarinos, misseis de cruzeiro, artilharia, MBT´s (o K2 para mim É o melhor tanque do mundo neste momento), etc....
 c56x1
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Kalil em Fevereiro 23, 2020, 05:36:00 pm
Como pais periférico que somos, temos de arcar com todos as desvantagens que esse facto produz. Por outro lado, também não temos obrigatoriedade de prestar vassalagem a determinados blocos industriais.

Por isso não vejo qual o problema em adquirir material de guerra a países como a Coreia do Sul ou a África do Sul..
Turquia já não digo, pois será sempre um "aliado" complicado..

Em relação a este tópico, dos M113, se existir mesmo vontade de manter os BatMec, também não seria assim tão complicado quanto isso.

Só não compreendo bem qual a orientação do exército, porque tem mantido armas pesadas como os cc Leo2 e os M109, essenciais para uma heavy brigade, que no nosso caso será a BiMec. Mas, depois, falta o resto para ser mesmo uma brigada. Nem IFVs, nem proteção AA, etc..

Agora,  para formar dois Batalhões mecanizados, sera sempre necessário adquirir umas 100 viaturas deste género.

Mas os M113 podem ser aproveitados, os 30 ou 40 mais recentes pelo menos, para formar baterias de morteiro 120mm, plataforma para shorad, e vários veículos de engenharia.

Isto, se houver vontade em manter batalhoes mecanizados, coisa que eu não tenho como certa.

Cumprimentos

Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: PereiraMarques em Fevereiro 23, 2020, 07:37:10 pm
A médio prazo, nomeadamente face à falta de efectivos, a BrigMec e a BrigInt, poderão ser fundidas numa Brigada Mecanizada Mista (mista, i.e., com rodas e lagartas).
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: tenente em Fevereiro 23, 2020, 07:49:14 pm
A médio prazo, nomeadamente face à falta de efectivos, a BrigMec e a BrigInt, poderão ser fundidas numa Brigada Mecanizada Mista (mista, i.e., com rodas e lagartas).

Essa " Fundição " a ocorrer  :bang:, será a 2ª fase do Inicio do Fim do Exército Português e a sua transformação em FoDeTe!!!!!
Com o desinvestimento que está actualmente a acontecer nas FFAA e especialmente em meios humanos no Exército, num futuro muito próximo ficaremos reduzidos, em termos de UN manobra com efectivos completos a um BI Pandur um BI Vamtac, dois ECC, dois GAC, e ZERO de AAA !!!
Já me esquecia um BI Para e umas duas CCmds, + umas dezenas de OE's !!! :conf:

Abraços
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Kalil em Fevereiro 23, 2020, 09:32:05 pm
Não seria o fim do mundo ter apenas 2 brigadas, aliás, se fossem duas completas até nem seria assim tão mau em termos operacionais.
Não sei é onde iam enfiar tantos oficiais.. talvez criando 3 brigadas fantasma, Norte, Centro e Sul, só com uma companhia de oficiais cada..

Mas mesmo para isso, é necessário reforçar o inventário de viaturas. Há possibilidade de voltar a fabricar mais pandur? Senão terá de ser tudo à base de vamtac, o que já começa a ser mais complicado..
Outra hipótese será entrar uma nova viatura ao serviço, polivalente, que sirva de APC para os batalhões mecanizados e sirva também de base para as companhias de suporte, morteiros e artilharia rebocada, ambulância, etc..
Algo como o Griffon VBMR francês. Mas em modo baratinho, claro 😁

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Red Baron em Fevereiro 23, 2020, 09:36:54 pm
A médio prazo, nomeadamente face à falta de efectivos, a BrigMec e a BrigInt, poderão ser fundidas numa Brigada Mecanizada Mista (mista, i.e., com rodas e lagartas).
Enquanto o CEME se mantiver isso não vai acontecer.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Kalil em Fevereiro 23, 2020, 09:41:16 pm
E para além dessa viatura, que juntamente com os pandur formaria uma base decente na brigada "mecanizada", uns 50 HMT da supacat, para equipar a brigada "ligeira" não ficavam nada mal.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: HSMW em Fevereiro 23, 2020, 09:45:01 pm
A médio prazo, nomeadamente face à falta de efectivos, a BrigMec e a BrigInt, poderão ser fundidas numa Brigada Mecanizada Mista (mista, i.e., com rodas e lagartas).
Enquanto o CEME se mantiver isso não vai acontecer.

E enquanto a esquerda se mantiver no poder nada vai acontecer.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Lightning em Fevereiro 23, 2020, 09:48:39 pm
Só não compreendo bem qual a orientação do exército, porque tem mantido armas pesadas como os cc Leo2 e os M109, essenciais para uma heavy brigade, que no nosso caso será a BiMec. Mas, depois, falta o resto para ser mesmo uma brigada. Nem IFVs, nem proteção AA, etc..

Agora,  para formar dois Batalhões mecanizados, sera sempre necessário adquirir umas 100 viaturas deste género.

Mas os M113 podem ser aproveitados, os 30 ou 40 mais recentes pelo menos, para formar baterias de morteiro 120mm, plataforma para shorad, e vários veículos de engenharia.

Isto, se houver vontade em manter batalhoes mecanizados, coisa que eu não tenho como certa.

Ao tempo que só existe 1 BIMec Lagartas.

Pelo menos desde o fim do 2BIMecL, talvez antes, que operacionalmente a Brigada Mecanizada só consegue "produzir" um Battlegroup Mecanizado, ou talvez, uma Brigada Mecanizada "incompleta", a ser completada por BI com Pandur (mas aí deve deixar de se chamar Mecanizada), ou completada por forças mecanizadas aliadas.

A AAA está em concurso.
O resto talvez venha, mas tal como vimos no concurso da G3, é melhor não ter pressa.
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: tenente em Fevereiro 23, 2020, 10:26:41 pm
Talvez sim, talvez não, e continuamos neste filme neste registo da trampa pois o Exercito vai ser o primeiro ramo das FFAA a deixar de existir como tal. Quer acreditem ou nao as nossas FFAA estão condenadas a desaparecer como tal.
Como e possível um exército de 13000 efectivos funcionar operacionalmente quando 50% dos efectivos sao oficiais e sargentos ????
Alguém é  capaz de me explicar ?
Andam os políticos e as altas chefias militares de mão dada a brincar e há tempo demais com esta situação de merda é o que é!

Abraço e bons CARNAVAIS

Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: dc em Fevereiro 23, 2020, 11:29:06 pm
Nem fales DC. Se formos a ver a quantidade (e qualidade) de sistemas que há na Coreia do Sul graças ao vizinho do lado.
Bem saia de lá com um prejuizo. É de fragatas a destroyers a submarinos, misseis de cruzeiro, artilharia, MBT´s (o K2 para mim É o melhor tanque do mundo neste momento), etc....
 c56x1

Imagina 3 Sejong de Great para substituir as VdG.  8) Não tínhamos era orçamento para encher todas as células dos VLS.  :mrgreen:

Não seria o fim do mundo ter apenas 2 brigadas, aliás, se fossem duas completas até nem seria assim tão mau em termos operacionais.
Não sei é onde iam enfiar tantos oficiais.. talvez criando 3 brigadas fantasma, Norte, Centro e Sul, só com uma companhia de oficiais cada..

Mas mesmo para isso, é necessário reforçar o inventário de viaturas. Há possibilidade de voltar a fabricar mais pandur? Senão terá de ser tudo à base de vamtac, o que já começa a ser mais complicado..
Outra hipótese será entrar uma nova viatura ao serviço, polivalente, que sirva de APC para os batalhões mecanizados e sirva também de base para as companhias de suporte, morteiros e artilharia rebocada, ambulância, etc..
Algo como o Griffon VBMR francês. Mas em modo baratinho, claro 😁

Cumprimentos

Certamente não seria, especialmente se servi-se de pretexto para reduzir o excesso de oficiais, quintinhas e diversos serviços "administrativos" que pouco ou nada servem do ponto de vista operacional/de combate.

O problema é que, juntando tudo no mesmo saco, ias ver valências a ser pura e simplesmente cortadas. APC de lagartas a ser totalmente substituídos por APCs de rodas (que hoje são poucos), artilharia AP tudo a ficar ou de rodas, ou de lagartas, etc.

Se me dissessem que o objectivo seria manter a tipologia de meios, rodas e lagartas, CCs, AP, IFVs, APC, etc, e que depois a componente da infantaria essa sim seria partilhada pelas duas brigadas, sendo destacada a infantaria com o apoio dos veículos que mais se adequam à missão? Aí ok, podíamos estar a falar em manter os 37 Leopard (deviam ser 50/55 com o Exército planeava), uns 30/40 IFV de lagartas, meia centena de M-113 de diversas variantes e os 18 M-109, e por outro lado manter os 188 Pandur das diversas versões, complementados por ST5 e por aí em diante.

A parte comum, por mim, ficava a infantaria, serviços administrativos, viaturas logísticas (nomeadamente camiões), chefias (para reduzir o número de oficiais e companhia  ::)).
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Kalil em Fevereiro 24, 2020, 11:27:59 am
Caro DC, infelizmente, a haver alguma reorganização deste género, será sempre forçada pela falta de meios humanos e materiais, e não com o intuito de melhorar as capacidades do exército.

Qualquer alteração verdadeiramente eficaz teria de passar por 3 questões essenciais :
1- reformulação da carreira militar, provavelmente com congelamento do sistema de progressoes actual, promoção de reformas antecipadas quando possível, alteração da contratação de pessoal e do serviço militar..
2- reestruturação das infraestruturas militares, com a alienação de tudo o que não seja essencial, e renovação/ampliação das principais bases e quartéis. Bastam uma dúzia de quartéis bem distribuídos pelo país para o efectivo actual e futuro. Os quartéis situados em centros urbanos podem ser vendidos ou passar para outro ministério,  Desde que se garanta o reinvestimento da verba resultante nos quartéis principais.
3-definir uma estrutura para o médio prazo e um plano de aquisição de equipamentos fiel a esse plano, para não andar sempre aos solavancos com aquisições a vulso.

Muito complicado, portanto

Cumprimentos
Título: Re: Substituição dos M113
Enviado por: Lightning em Fevereiro 24, 2020, 12:18:36 pm
DC a componente operacional não tem obrigatoriamente a ver com as outras, a FAP tem quase a mesma estrutura superior e logística do exército (Comandos, Direcções, Repartições), e bem menos unidades operacionais, só que na estrutura superior a FAP tem quase tudo metido no mesmo sitio, edifício do EMFA, o exército tem tudo espalhado por palacinhos e palacetes.

Na logística ambos têm uma unidade Depósito, a UAGME no exército, o DGMFA na FAP, e exército tem regimento de manutenção a FAP tem a manutenção nas bases aéreas conforme o tipo de aeronave, algumas diferenças aqui.

Se querem reorganizar a estrutura superior e de apoio, façam isso, não reduzam a componente operacional e as outras ficam na mesma, para parecer que houve reorganização.