Análise sobre a modernização do Exército Português

  • 118 Respostas
  • 25283 Visualizações
*

psychocandy

  • Membro
  • *
  • 109
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #105 em: Setembro 10, 2009, 04:10:18 pm »
Bom, isso ja' não sei, mas penso que não seja assim tão discrepante, visto que a função deles e' em muito semelhante à do nosso, no entanto eles também têm warrant officers e nos não : )
Ja em inglaterra e' curioso que os SMOR têm um "pace stick" que depois de aberto serve de compasso para alinhar as tropas, alias segundo me disseram eh um SMOR que apresenta as tropas ah rainha, em parada.
"The nation which forgets its defenders will be itself forgotten."
 

*

Trafaria

  • Investigador
  • *****
  • 1962
  • Recebeu: 43 vez(es)
  • Enviou: 57 vez(es)
  • +3/-0
(sem assunto)
« Responder #106 em: Setembro 10, 2009, 04:36:56 pm »
Tem a ver com séculos de tradições... às vezes processam-se noutras tropas (e culturas) certas coisitas que até são simples (depois de explicadas e colocadas em contexto) mas que para nós são difíceis de compreender ou até risíveis.

Eu era condutor na tropa e lembro-me que um dia fui levar uns senhores oficias estrangeiros (Belgas, acho) a Lisboa e para isso tive de pedir a necessária autorização (assinar o boletim) ao Mor da minha unidade ... Ora eles ficaram muito admirados com esse procedimento.

Quanto ao Mor inglês eu sei que ele tem em certas circunstancias um tratamento com honras idênticas às de um coronel...
::..Trafaria..::
 

*

voador

  • 218
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #107 em: Setembro 10, 2009, 11:43:42 pm »
Citação de: "HSMW"
Citação de: "rossi46"
Citar
Eu estou incluido num destes grupos mas não digo qual
:lol:  :lol:  :twisted:


DEVES PENSAR QUE SOU ANJINHO !!!

Sim tenho medo até porque o que as vezes digo aqui é o suficiente para me espetarem um processo em cima !!!!

Este forum tá mais que cuscado por tudo o que é espião e bufo, mas assim é que dá prazer dizer aquilo que muita gente não quer que se diga ou não assume.
 

*

voador

  • 218
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #108 em: Setembro 11, 2009, 12:02:05 am »
Citação de: "Trafaria"
Citar
Desculpem lá mas não acham que face à tecnologia que cada vez é maior os postos dos militares devem acompanhar a sofisticação.

Sim, acho que sim, está muito bem. Desde que essas coisas (nomeadamente as promoções) sejam feitas com conta, peso e medida…
E justifico voltando ao exemplo doa avião - rodeado de sargentos: não entendo é porque é que um qualificado sargento tem de ter um auxiliar sargento para lhe passar a chave-de-fendas e este por sua vez um outro sargento servente para lha ir buscar!!!! ( passo a alegoria)

Citar
Por exemplo nos EUA a tripulação de um M1 não tem praças (e bem!!)
Discordo, desculpe, não acho bem.
Até porque, por exemplo, os carros de combate até são cada vez mais fáceis de conduzir… e o M1 ainda tem condutor, não tem? Também não sei se a sofisticação desse CC dispensa o municiador… duvido que dispense.  
Mas se você acha bem algumas razões terá; eu é que as não consigo desligar da falta de exigência que você defenderá para se aceder e preencher o posto.  Sargento ainda não é para qualquer um nem para quem quer, ou já é?

Citar
Fiquem sabendo que existe uma corrente nos paraquedistas que defende que as esquadras devem ser comandadas por furrieis e 2 sargentos face a muita vez esta subunidade (4 militares) operar isolada e à necessidade de utilização de equipamentos cada vez amis exigentes.
Mas vocês ainda pertence àquela estirpe de militares que considera as capacidades cognitivas e  intelectuais do militar como indissociáveis do posto e de coeficiente proporcional a esse? Parece … ;)

Citar
Na Italia os sargentos ajudantes comandam pelotões ao lado de alferes e não vem mal ao mundo.
Pois não, mas em Portugal a regulamentação para esse efeito relevante atribui ao sargento-ajudante a coadjuvação administrativa dos comandantes de companhia ou funções da mesma natureza e semelhante grau de responsabilidade e exigência (excluo aqui evidentemente os das carreiras técnicas).

Citar
Ou seja isso dos postos inerentes à função é muito descutivel e actualmente a classe de sargentos quer mais postos porque é mal paga e porque as promoções são muito lentas. penso que não é a solução do problema, mas o certo que realmente esta classe é mesmo muito mal tratada genéricamente.
Não, não acho que seja discutível: a cada posto tem de corresponder obrigatoriamente diferenciados graus de exigência e responsabilidade. Acho isto de básico raciocínio. O contrário é fantochada e desperdício; ambos são de evitar a todo o custo, porque se não evitados têm custos ainda maiores…

Citar
E porque as companhias não podem ser comandadas por majores e o adjunto ser um capitão (como no UK).
Simples… porque os Majores em Portugal são oficiais superiores. Poderia alterar-se essa regulamentação, pois podia, mas acha que os nossos majores aceitariam a “despromoção”?

Citar
Infelizmente o que eu vejo (genéricamente claro) é sargentos desmotivados, capitães muito imaturos e oficiais e sargentos contratados muito deficientemente formados e oficiais superiores preocupados apenas com o tacho e a proxima promoção e generais que querem missões a todo o custo!!!!!
Deus nos livre de capitães maduros … eles são o ultimo estágio da juventude.  O nosso tempo é para ser vivido no seu devido tempo… e não é por acaso que eles são capitães. A estrutura precisa do equilíbrio resultante da sua juventude com os seus conhecimentos e capacidades.

Quanto aos sargentos desmotivados entendo que talvez seja mais falta de humildade e ausência de consciência de classe ou um misto de ambas. Até porque os que se vêem a abandonar as fileiras são raríssimos … e é por ai que essencialmente se avaliam as agruras de um grupo social.



Caro forista Trafaria já que fala na nossa lei etc etc e funções blá blá blá

Fique sabendo que existem muitas funções que podem ser executadas organicamente por varios postos (consulte as EOP das variaos UEO do exercito Português) estas EOP são mudadas conforme convém à situação de pessoal na altura do estudo elaborado. E olhe que eu já fiz alguns destes destes estudos com pressupostos bem definidos superiormente.

Os sargentos só não saiem da troopa mais porque não arranjam outro emprego nos tempos que correm assim tão facilmente.

E em jeito de anedota digo lhe 3 coisas:

Frases que arrasam a tropa:
Um sargento "não se preocupe que tá tudo controlado...."
Um Alferes "Baseado na minha experiencia...."
Um General " missão a todo o custo..."

A semelhança entre os capitães do 25 de abril e os de agora:
A pistola Walther que ambos usavam e ainda usam....

Existem 3 classes de oficiais:
Os subalternos que pensam que vão mudar o mundo!
Os capitães que não atrasam nem adiantam!
E os Rinocerontes... que olham sempre em frente e marram em tudo o que veem...
 

*

Trafaria

  • Investigador
  • *****
  • 1962
  • Recebeu: 43 vez(es)
  • Enviou: 57 vez(es)
  • +3/-0
(sem assunto)
« Responder #109 em: Setembro 11, 2009, 03:03:16 pm »
Hahahahahahah.

Já fui militar há quase 20 anos mas há coisas que realmente nunca mudam….

Mas com essa dos Rinocerontes eu não concordo. Não vou dizer que eram uns gajos porreiros porque não privava com eles, mas certo é que no meu tempo não incomodavam ninguém; já detinham uma maturidade, funções e estatuto que os afastava dessas andanças … as guerras que tinham – e eu sei que tinham – com os oficiais subalternos e capitães que lidavam de perto connosco eram cenas de gabinete. Ainda me lembro bem com que trombas o meu cmdt de companhia algumas vezes saía do gabinete do cmdt de batalhão. Devia ser cá com cada ensaboadela...

Só me lembro de ouvir uma vez um tenente-coronel a “marrar” com um capitão (aconteceu no Gavião, rima com Pinhão – conheceu?) mas calou-se imediatamente assim que se apercebeu que havia mais gente por perto.  

A percepção que tinha quando lá estava era a de que de 2º Furriel para cima ninguém fazia a ponta de um corno (excluindo aqui os que estavam ligados à instrução) e dai para baixo a esmagadora maioria também se não cansava com o trabalho.

Mais tarde, e já fora da tropa, lidei de perto (e continuo a lidar) com muitos sargentos e oficiais de todas as patentes e de todas as armas e devo confessar que a minha opinião acerca dessas pessoas de alguma forma se alterou sendo hoje genericamente e em todos os sentidos muito boa, muito positiva.
::..Trafaria..::
 

*

psychocandy

  • Membro
  • *
  • 109
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #110 em: Setembro 11, 2009, 03:45:49 pm »
Citação de: "Trafaria"
Hahahahahahah.

Já fui militar há quase 20 anos mas há coisas que realmente nunca mudam….

Mas com essa dos Rinocerontes eu não concordo. Não vou dizer que eram uns gajos porreiros porque não privava com eles, mas certo é que no meu tempo não incomodavam ninguém; já detinham uma maturidade, funções e estatuto que os afastava dessas andanças … as guerras que tinham – e eu sei que tinham – com os oficiais subalternos e capitães que lidavam de perto connosco eram cenas de gabinete. Ainda me lembro bem com que trombas o meu cmdt de companhia algumas vezes saía do gabinete do cmdt de batalhão. Devia ser cá com cada ensaboadela...

Só me lembro de ouvir uma vez um tenente-coronel a “marrar” com um capitão (aconteceu no Gavião, rima com Pinhão – conheceu?) mas calou-se imediatamente assim que se apercebeu que havia mais gente por perto.  

A percepção que tinha quando lá estava era a de que de 2º Furriel para cima ninguém fazia a ponta de um corno (excluindo aqui os que estavam ligados à instrução) e dai para baixo a esmagadora maioria também se não cansava com o trabalho.

Mais tarde, e já fora da tropa, lidei de perto (e continuo a lidar) com muitos sargentos e oficiais de todas as patentes e de todas as armas e devo confessar que a minha opinião acerca dessas pessoas de alguma forma se alterou sendo hoje genericamente e em todos os sentidos muito boa, muito positiva.


Com o fim do SMO as coisas mudaram drasticamente, sobretudo porque  o numero de pessoal foi reduzido ao ponto de todos terem de uma forma  geral cooperar uns com os outros, dando valor aos homens que servem abaixo ou acima.
"The nation which forgets its defenders will be itself forgotten."
 

*

Trafaria

  • Investigador
  • *****
  • 1962
  • Recebeu: 43 vez(es)
  • Enviou: 57 vez(es)
  • +3/-0
(sem assunto)
« Responder #111 em: Setembro 11, 2009, 04:37:08 pm »
Você é militar?
Olhe que pelo que vou lendo aqui não me parece que seja essa a opinião deles...
::..Trafaria..::
 

*

psychocandy

  • Membro
  • *
  • 109
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #112 em: Setembro 11, 2009, 04:40:15 pm »
Sim, no entanto, penso que cada um aqui opina / fala das experiências ou de situações que tem conhecimento seja pelo próprio ou por terceiros, a minha e' só mais uma a adicionar : )
"The nation which forgets its defenders will be itself forgotten."
 

*

Trafaria

  • Investigador
  • *****
  • 1962
  • Recebeu: 43 vez(es)
  • Enviou: 57 vez(es)
  • +3/-0
(sem assunto)
« Responder #113 em: Setembro 11, 2009, 04:57:34 pm »
Certo, e a minha também.
::..Trafaria..::
 

*

voador

  • 218
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
Re: Análise sobre a modernização do Exército Portugues
« Responder #114 em: Dezembro 13, 2009, 10:24:23 pm »
As opiniões são como o traseiro !!!

Cada um tem o seu e são todos diferentes  :G-bigun:
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 1610
  • Recebeu: 357 vez(es)
  • Enviou: 49 vez(es)
  • +79/-24
Re: Análise sobre a modernização do Exército Português
« Responder #115 em: Abril 29, 2010, 09:03:25 pm »
Boas

Quando vi estes videos pensei logo na aquisição de novos misseis anti-tanque

Javelin:
http://www.google.pt/url?q=http://www.y ... upn7leqWgg

Spike: (subst. os Milan)
http://www.google.pt/url?q=http://www.y ... _LspM6SUmw

MBT LAW: (subst. os LAW)
http://www.google.pt/url?q=http://www.y ... LUvSsRYtlw

Cumps
 

*

ACADO

  • Investigador
  • *****
  • 2397
  • Recebeu: 128 vez(es)
  • Enviou: 38 vez(es)
  • +19/-8
  • The Way of the Warrior(s) - www.warriors.pt
    • http://www.warriors.pt
Re: Análise sobre a modernização do Exército Portugues
« Responder #116 em: Abril 30, 2010, 04:18:46 am »
Citação de: "voador"

Está interncionalmente aceite que o numero médio que um militar deve executar de tiros com a sua arma (anualmente) é de 800.

Pois nem 10% dos militares do valoroso e orgulhoso da sua história, Exercito Português, o faz.

 :G-bigun:

Pois, isso devia ser,no minimo, dado por dia, cada vez que ha um exercicio de tiro...
E mesmo assim uma pessoa esta-se sempre a queixar!!
The way of the Warrior(s) - www.warriors.pt:
" Only fools and dead Men don´t change their minds. Fools won´t and dead Men can´t !! "
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 1610
  • Recebeu: 357 vez(es)
  • Enviou: 49 vez(es)
  • +79/-24
Re: Análise sobre a modernização do Exército Português
« Responder #117 em: Maio 04, 2010, 10:54:41 am »
Boas
Aqui vão mais uns videos mas desta vez sobre sistemas anti-aéreos que eu acho que deveriamos adquirir:

Avenger:(20/30 para subst. o Chaparral)
http://www.google.pt/url?q=http://www.y ... rW0ZRDbtYg

http://www.youtube.com/watch?v=dgnW_nI3 ... re=related

Stinger:(mais quantidade)
http://www.youtube.com/watch?v=fWqptuiQ ... re=related

M6 Linebacker:(10/15 para subst. o Chaparral na BrigMec)
http://www.google.pt/url?q=http://www.y ... x6nN4ESDrw

Nasams:(20/25 para defesa de médio alcance)
http://www.google.pt/url?q=http://www.y ... sxET-wJ7wA

Tudo isto conjuntamente com aquisição de vários radares Sentinel (50/60) para detectar aeronaves para os sistemas anti-aéreos.

Cumps
 

*

GI Jorge

  • 617
  • +0/-0
Re: investimento ? quando ?
« Responder #118 em: Julho 11, 2010, 01:11:49 am »
Citação de: "Luis Manuel"
Falou-se á pouco tempo em adquirir 2 fragatas AEGIS vocacionadas para a defesa aéria sendo que uma das tarefas seria defender o espaço aério de LIsboa e de Aveiro (pq Aveiro ?) , mas após a compra das fragatas holandesas parece que o assunto ficou arrumado.


Mau, mas tens alguma cena contra Aveiro? Vamos lá ver... é uma grande nação...  :oops: ) quando querem saltar...  :N-icon-Axe:
Confunde-se em Portugal tantas vezes a justiça com a violência que é vulgar não haver reacções contra o crime e haver reacções contra a pena.

Oliveira Salazar
 

 

Unidades do Exército a "criar"

Iniciado por PereiraMarques

Respostas: 0
Visualizações: 2879
Última mensagem Junho 16, 2006, 01:28:18 pm
por PereiraMarques
Qual deveria ser a prioridade para o Exército até 2015-2020?

Iniciado por HSMW

Respostas: 265
Visualizações: 45217
Última mensagem Maio 04, 2016, 04:47:56 pm
por paraquedista
Novo sistema Anti-Carro para o Exército

Iniciado por typhonman

Respostas: 2
Visualizações: 2703
Última mensagem Julho 27, 2004, 09:27:57 pm
por Spectral
Qual o helicóptero para o gale? - Helicópteros do Exército

Iniciado por antoninho

Respostas: 49
Visualizações: 18985
Última mensagem Junho 24, 2006, 10:15:48 am
por fealcap
Relação Unidades do Exército face à ultima reestruturação

Iniciado por PereiraMarques

Respostas: 62
Visualizações: 18241
Última mensagem Março 02, 2007, 09:56:51 pm
por Artic Fusion