Votação

Propostas de Bandeira

Proposta 1
3 (4.8%)
Proposta 2
0 (0%)
Proposta 3
7 (11.1%)
Proposta 4
1 (1.6%)
Gosto mais da actual Bandeira da República Portuguesa
52 (82.5%)

Votos totais: 60

Votação encerrada: Dezembro 04, 2007, 04:05:05 pm

Proposta de Bandeira de "Reconciliação"

  • 299 Respostas
  • 85377 Visualizações
*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5460
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +1500/-3
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #15 em: Dezembro 05, 2007, 01:03:38 am »
Eu continuo com a minha ideia, e não abro :mrgreen:
 

*

Duarte

  • Investigador
  • *****
  • 2034
  • Recebeu: 12 vez(es)
  • Enviou: 17 vez(es)
  • +2/-0
(sem assunto)
« Responder #16 em: Dezembro 05, 2007, 01:12:45 am »
Citação de: "papatango"
Eu continuo com a minha ideia, e não abro :Soldado2:
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 10519
  • Recebeu: 1358 vez(es)
  • Enviou: 1901 vez(es)
  • +1096/-1920
(sem assunto)
« Responder #17 em: Dezembro 05, 2007, 08:25:29 am »
Azul e Branco, Cruzes! c34x

Desculpem lá, mas estamos a falar em termos puramente académicos, ou acham que está-se a pensar organizar algum "movimento subversivo" para alterar a bandeira?

Um pouco de flexibilidade, senhores, ou já vem aí o carimbo de "traidores á pátria"????

Relaxem!


Caro Pereira Marques, em relação a:

Citar

Duas grandes vantagens:
- No caso das tais representações "simplificadas" como aparecem no estrangeiro, sem as armas nacionais, a originalidade da disposição das cores em banda evita a confusão com outros países, nomeadamente os casos apresentados de Itália, México ou Hungria. Ver imagem apresentada à esquerda;

- Uma das criticas apresentadas à actual bandeira, e considerando as regras da heráldica, é que dois esmaltes, neste caso verde e vermelho, tocam-se directamente sem estarem separadas por nenhum metal (branco-prata ou amarelo-ouro), ora neste caso estariam separados por uma banda de branco. Por outro lado, seguindo as mesmas regras, os dois metais não se devem sobrepor, pelo que a esfera armilar passaria de amarelo para azul.


Plenamente de acordo consigo, veja-se que de todas as bandeiras com Armas Nacionais, penso que a nossa é a única que nem se pode pensar em ser representada sem as armas, embora eu já tenha visto tal no estrangeiro (sem ser em nada oficial , graças a Deus)

A Ideia é boa, em termos 100% Académicos e Ficcionais (fica aqui o disclaimer)
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Daniel

  • Investigador
  • *****
  • 1916
  • Recebeu: 141 vez(es)
  • Enviou: 44 vez(es)
  • +193/-2590
(sem assunto)
« Responder #18 em: Dezembro 05, 2007, 04:53:32 pm »
PereiraMarques
Citar
Devido à imensa disponibilidade de tempo livre, imaginação delirante


Bom meus caros ai está a resposta para este tópico, é que o caro Pereira Marques anda com muito tempo desponivel, e o que passa, começa a delirar e a ter imaginações delirantes.

No Coment :dormir:  c34x
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 16773
  • Recebeu: 1612 vez(es)
  • Enviou: 1489 vez(es)
  • +255/-339
(sem assunto)
« Responder #19 em: Dezembro 05, 2007, 05:26:26 pm »
Citação de: "papatango"
Eu continuo com a minha ideia, e não abro :shock:

Mas enfim, como já disse antes, prefiro a azul e branca, mas jurei defendê-la e como tal...
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7654
  • Recebeu: 617 vez(es)
  • Enviou: 200 vez(es)
  • +248/-784
(sem assunto)
« Responder #20 em: Dezembro 05, 2007, 06:09:22 pm »
Citação de: "papatango"
Eu continuo com a minha ideia, e não abro :Soldado2:

PT, e sem a esfera armilar?
Ficaria mais sóbria, não?


- E nada de levar isto para o futebol, oh rústicos!
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Miguel

  • Investigador
  • *****
  • 2452
  • Recebeu: 32 vez(es)
  • Enviou: 7 vez(es)
  • +22/-31
(sem assunto)
« Responder #21 em: Dezembro 05, 2007, 06:28:59 pm »
Pereira atrista-me um jovem da sua idade nao ter trabalho :lol:  se o seu trabalho nao lhe ocupa o tempo todo, entao encontre um 2 job para ganhar mais euros :arrow:

http://www.thecleverest.com/countdown.swf
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7654
  • Recebeu: 617 vez(es)
  • Enviou: 200 vez(es)
  • +248/-784
(sem assunto)
« Responder #22 em: Dezembro 05, 2007, 07:00:31 pm »
Miguel, le Legionnaire toujours impressionant!
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5460
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +1500/-3
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #23 em: Dezembro 05, 2007, 08:41:46 pm »
A bandeira é apenas um pano. Absolutamente nada mais que isso.

Há uma lei que determina como se desenha o pano em Portugal.

Essa lei, determina que o pano com essa configuração passa a ser um símbolo, o simbolo da Nação.

Qualquer bandeira pode por isso representar a Nação.

A mistura de verde e vermoelho, creio que toda a gente está de acordo, é infeliz do ponto de vista visual.
A mistura do verde e do vermelho, mesmo com o branco já existe, e o verde é uma cor característica dos países árabes e africanos.

Na Europa, têm cor verde na bandeira a Itália e a Hungria. Na itália o verde tem a mesma significação que em Portugal: O positivismo de Auguste Comte.

As faixas diagonais não são exactamente comuns entre países ditos sérios e muitas vezes são sinónimo de regiões administrativas, vide as bandeiras de alguns estados brasileiros, que têm a mesma configuração.

Clubites àparte, a bandeira azul e branca, limita-se a manter as antigas cores, que eram as cores nacionais e não a cor de um partido político.

A manutenção da esfera armilar, conforme o que diz o Pereira Marques no inicio, deve-se à necessidade de manter elementos da bandeira antes e depois de 1910.

Uma alteração da bandeira só poderia existir (ou só faria sentido) com uma nova constituição que efectivamente produzisse alterações significativas na organização e gestão do país.

Não há de facto uma questão monarquia/república.

Parece-me óbvio que muitos dos problemas que o país hoje tem, também os tinha antes da implantação da república.

Creio que hoje aprendemos com a História e sabemos que o problema não tem a ver com o sistema republicano, como não tinha há 100 anos atrás a ver com a monarquia.

O ataque ao sistema monárquico, serviu apenas para que a clique repúblicana, que não conseguia chegar ao poder através das eleições passasse a controlar o país.

Foi o desastre que se viu. E a incompetência e os tiques degenerados que os Maçons tinham há 100 anos, continuam a tê-los hoje.

Talvez possamos ter uma nova bandeira, no dia em que proibirmos as sociedades secretas e tivermos capacidade para levar casos como o «Casa Pia» até ao fim.

ESta bandeira, começa a ser desprezível porque representa o Portugal subsidiário, estúpido, analfabeto, debochado e decadente.

Estou de acordo que não vale a pena mudar de bandeiras, quando não se pode mudar a cadavérica e obscena classe política que nos desgoverna.
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7654
  • Recebeu: 617 vez(es)
  • Enviou: 200 vez(es)
  • +248/-784
(sem assunto)
« Responder #24 em: Dezembro 05, 2007, 09:01:16 pm »
Citação de: "Miguel"
Pereira que se passa consigo? :roll:

Ridiculo

Por favor tire este topico, é um insulto a nossa bandeira, uma das poucas coisas que ainda me orgulha.

LIMPEZA


http://www.youtube.com/watch?v=8SLl4NFb ... re=related
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

hellraiser

  • Membro
  • *
  • 260
  • +0/-3
(sem assunto)
« Responder #25 em: Dezembro 05, 2007, 11:16:42 pm »
Citação de: "Luso"
Citação de: "papatango"
Eu continuo com a minha ideia, e não abro :Soldado2:

PT, e sem a esfera armilar?
Ficaria mais sóbria, não?


- E nada de levar isto para o futebol, oh rústicos!


A esfera armilar é a única referencia na bandeira à época de ouro da historia de Portugal, deixem-na lá estar porque está muito bem. Mas eu tb sou anti monárquicos e comunistas e esses é que têm a mania de mudar bandeiras...  De qualquer forma a voltar ao padrão azul e branco, deveria ser adoptado o padrão de D. Afonso Henriques (cruz azul sobre fundo branco e esfera armilar com escudo e armas centrada sobre o centro da cruz. Mas para mim a bandeira actual é mesmo a melhor opção. E é essa que deverá ser mantida, digam o que disserem.
"Numa guerra não há Vencedores nem Derrotados. Há apenas, os que perdem mais, e os que perdem menos." Wellington
 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3555
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +46/-0
(sem assunto)
« Responder #26 em: Dezembro 05, 2007, 11:21:51 pm »
Citação de: "hellraiser"


A esfera armilar é praticamente a única referencia na bandeira à época de ouro da historia de Portugal, deixem-na lá estar porque está muito bem. Mas eu também sou anti monárquicos e comunistas e esses é que têm a mania de mudar bandeiras...  De qualquer forma a voltar ao padrão azul e branco, deveria ser adoptado o padrão de D. Afonso Henriques (cruz azul sobre fundo branco e esfera armilar com escudo e armas centrada sobre o centro da cruz.


 yu23x1  :Palmas:  :Palmas:

Totalmente de acordo!!!!

 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5460
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +1500/-3
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #27 em: Dezembro 06, 2007, 12:56:46 am »
Não percebi...

Então os monárquicos é que têm a mania de mudar a bandeira ?
Mas foram os repúblicanos que a mudaram...

Aliás, a maçonaria, para ser mais correcto, dada a simbologia adoptada.

Ora bandeira com a cruz, ficaria qualquer coisa assim :



A vantagem da bandeira com dois campos, é que é mais fácil de reconhecer a bandeira internacionalmente.

Não há muitos países que tenham a bandeira com duas cores apenas em duas faixas.

A cruz do D. Afonso Henriques, também tornaria a bandeira idêntica à da Finlandia.

A opção seria torna-la mais parecida com a da Suiça...

 

*

hellraiser

  • Membro
  • *
  • 260
  • +0/-3
(sem assunto)
« Responder #28 em: Dezembro 06, 2007, 01:32:23 am »
Citação de: "papatango"
Não percebi...

Então os monárquicos é que têm a mania de mudar a bandeira ?
Mas foram os repúblicanos que a mudaram...

Portugal teve 36 reis, e 17 Bandeiras nesse período. Ou seja 1 bandeira por cada 2 Reis. Enquanto que durante a Republica e os seus 19 Presidentes a bandeira mantem-se.


Citação de: "papatango"
Aliás, a maçonaria, para ser mais correcto, dada a simbologia adoptada.

Ora bandeira com a cruz, ficaria qualquer coisa assim :



A vantagem da bandeira com dois campos, é que é mais fácil de reconhecer a bandeira internacionalmente.

Não há muitos países que tenham a bandeira com duas cores apenas em duas faixas.

A cruz do D. Afonso Henriques, também tornaria a bandeira idêntica à da Finlandia.

A opção seria torna-la mais parecida com a da Suiça...



Prefiro a 1ª opção, Se bem que a esfera armilar e escudo com armas deveriam ser ligeiramente maiores, bem como a largura das faixas azuis.

De qualquer forma a actual é a mais bonita.
"Numa guerra não há Vencedores nem Derrotados. Há apenas, os que perdem mais, e os que perdem menos." Wellington
 

*

Duarte

  • Investigador
  • *****
  • 2034
  • Recebeu: 12 vez(es)
  • Enviou: 17 vez(es)
  • +2/-0
(sem assunto)
« Responder #29 em: Dezembro 06, 2007, 02:36:03 am »
A minha contribuição para este debate.. a VERDADEIRA bandeira da república.. :roll: