Venezuela e a Revolução Bolivariana

  • 224 Respostas
  • 43289 Visualizações
*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11509
  • Recebeu: 427 vez(es)
  • Enviou: 231 vez(es)
  • +73/-61
Re: Venezuela e a Revolução Bolivariana
« Responder #210 em: Maio 18, 2019, 05:08:14 pm »
Maduro e Guaído já "conversam" com crise a agravar-se na Venezuela



 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11509
  • Recebeu: 427 vez(es)
  • Enviou: 231 vez(es)
  • +73/-61
Re: Venezuela e a Revolução Bolivariana
« Responder #211 em: Junho 07, 2019, 12:25:36 pm »
Venezuela prestes a ficar sem gasolina



 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11509
  • Recebeu: 427 vez(es)
  • Enviou: 231 vez(es)
  • +73/-61
Re: Venezuela e a Revolução Bolivariana
« Responder #212 em: Junho 08, 2019, 11:47:50 am »
Venezuelanos são já uma das maiores comunidades deslocadas do mundo



 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11509
  • Recebeu: 427 vez(es)
  • Enviou: 231 vez(es)
  • +73/-61
Re: Venezuela e a Revolução Bolivariana
« Responder #213 em: Junho 09, 2019, 05:36:50 pm »
Nações Unidas alertam: 20 mil crianças podem tornar-se apátridas



 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11509
  • Recebeu: 427 vez(es)
  • Enviou: 231 vez(es)
  • +73/-61
Re: Venezuela e a Revolução Bolivariana
« Responder #214 em: Junho 15, 2019, 11:54:04 am »
São semanas chave para a Venezuela


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11509
  • Recebeu: 427 vez(es)
  • Enviou: 231 vez(es)
  • +73/-61
Re: Venezuela e a Revolução Bolivariana
« Responder #215 em: Junho 22, 2019, 03:54:58 pm »
ONU pede compromisso entre governo e oposição



 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11509
  • Recebeu: 427 vez(es)
  • Enviou: 231 vez(es)
  • +73/-61
Re: Venezuela e a Revolução Bolivariana
« Responder #216 em: Fevereiro 14, 2020, 10:42:20 am »
Portugal rejeita acusações de Caracas acerca de explosivos


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11509
  • Recebeu: 427 vez(es)
  • Enviou: 231 vez(es)
  • +73/-61
Re: Venezuela e a Revolução Bolivariana
« Responder #217 em: Fevereiro 21, 2020, 11:10:50 am »
Portugueses e luso-descendentes criticam bloqueio à TAP


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11509
  • Recebeu: 427 vez(es)
  • Enviou: 231 vez(es)
  • +73/-61
Re: Venezuela e a Revolução Bolivariana
« Responder #218 em: Março 27, 2020, 02:43:24 pm »
 

*

Daniel

  • Investigador
  • *****
  • 1519
  • Recebeu: 67 vez(es)
  • Enviou: 21 vez(es)
  • +152/-1359
Re: Venezuela e a Revolução Bolivariana
« Responder #219 em: Abril 05, 2020, 08:13:32 pm »
Petrolífera russa suspendeu todos os negócios com Governo de Maduro
https://www.cmjornal.pt/cm-ao-minuto/detalhe/petrolifera-russa-suspendeu-todos-os-negocios-com-governo-de-maduro?ref=DET_Engageya_CMJornal

Citar
A companhia petrolífera estatal russa Rosneft anunciou que vai parar todas as operações e vender todos os ativos na Venezuela, cedendo a pressões do Governo dos EUA.
A medida responde aos apelos feitos pelos Estados Unidos, nos últimos anos, para que a Rússia suspenda as suas operações petrolíferas na Venezuela, permitindo uma importante forma de financiamento ao regime do Presidente eleito, Nicolas Maduro.

A Rosneft, que é a maior empresa produtora de petróleo na Rússia, disse hoje, em comunicado, que decidiu vender todos os negócios na Venezuela a uma empresa que tem 100% de capital do Governo de Moscovo.

"Concluímos um acordo com a empresa totalmente propriedade do Governo da Federação Russa, para vender toda a participação nos negócios venezuelanos, incluindo 'joint ventures' com a Petromonagas, Petroperija, Boqueron, Petromiranda e Petrovictoria, assim como com empresas de extração e comercialização de petróleo", acrescenta o comunicado.

A Rosneft é uma empresa petrolífera liderada por Igor Sechin, figura próxima do Presidente russo, Vladimir Putin.

Para alguns analistas, esta decisão de comprar a posição da Rosneft na Venezuela revela a tentativa de o Governo russo proteger a petrolífera de eventuais futuras novas sanções económicas por parte dos Estados Unidos, mantendo assim o seu apoio ao regime de Nicolas Maduro, já que as sanções norte-americanas apenas podem ser aplicadas a empresas privadas.

Os Estados Unidos foram o primeiro de cerca de 60 países a reconhecer a legitimidade de Juan Guaidó como Presidente interino, em janeiro de 2019, depois de este líder da oposição ter rejeitado o resultado das eleições nacionais de 2018, em que Maduro se declarou vencedor.

O Governo norte-americano tem aplicado sanções a todas as empresas que façam negócio com o Governo venezuelano de Nicolas Maduro, como retaliação por o Presidente da Venezuela se recusar a marcar eleições livres e democráticas.

A subsidiária da Rosneft que vende petróleo a clientes europeus foi uma das empresas atingida pelas sanções económicas dos Estados Unidos, que prometeram manter a pressão para a forçar a interromper as operações comerciais com o Governo de Nicolas Maduro.
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

Daniel

  • Investigador
  • *****
  • 1519
  • Recebeu: 67 vez(es)
  • Enviou: 21 vez(es)
  • +152/-1359
Re: Venezuela e a Revolução Bolivariana
« Responder #220 em: Maio 06, 2020, 11:22:41 am »
'Mercenários americanos' detidos em alegada incursão na Venezuela
https://www.cmjornal.pt/mundo/detalhe/mercenarios-americanos-detidos-em-alegada-incursao-na-venezuela?ref=HP_OutrasNoticias1

Citar
O presidente venezuelano Nicolás Maduro anunciou esta terça-feira a captura de dois alegados "mercenários americanos" durante uma falhada incursão militar no país, no domingo, denunciada pela oposição como uma "montagem fabricada pelo regime".

Maduro mostrou os passaportes e outros documentos de identificação de Airan Berry e Luke Denman, capturados segunda-feira na localidade de Chuao, no estado de Aragua, juntamente com outros 11 "terroristas". "Estavam a brincar ao Rambo. Estavam a brincar aos heróis", afirmou o presidente venezuelano, que na véspera tinha anunciado uma alegada "invasão" que teria como objetivo assassiná-lo, e culpou os EUA e a Colômbia de estarem por detrás do plano. "Essa situação na Venezuela não tem nada a ver com os EUA", garantiu ontem o presidente Donald Trump.Os dois americanos capturados trabalham para a empresa de segurança privada Silvercorp USA, sediada na Florida, cujo diretor, Jordan Goudreau, antigo militar das Forças Especiais dos EUA, confirmou estar por detrás da incursão militar, juntamente com o antigo militar venezuelano Javier Neto. "Eles trabalham comigo, são os meus homens", afirmou Goudreau sobre os dois detidos. O ex-militar adiantou ainda que tem mais operacionais no terreno e que as operações militares "prosseguem em várias províncias venezuelanas".

Além dos mercenários capturados segunda-feira no estado de Aragua, o governo venezuelano anunciou também ter abatido outros oito "terroristas" e capturado mais dois no domingo, quando estes tentavam desembarcar a cerca de 30 quilómetros de Caracas. As autoridades dizem que os mercenários chegaram à costa em lanchas rápidas provenientes da vizinha Colômbia e que traziam consigo armas, munições e equipamento de telecomunicações.

PORMENORES
Oposição fala em distração
O líder da oposição, Juan Guaidó, negou qualquer envolvimento com os mercenários e acusou Maduro de criar uma "montagem" para desviar as atenções da pandemia, de um motim numa prisão e de um violento confronto entre criminosos na capital.

Associado a Guaidó
O ex-militar americano por detrás do plano, Jordan Goudreau, disse numa entrevista ter-se interessado pela situação na Venezuela após fazer segurança num concerto de solidariedade na fronteira com a Colômbia, no ano passado, que contou com a presença de Juan Guaidó.
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

Claust

  • Membro
  • *
  • 44
  • Recebeu: 28 vez(es)
  • Enviou: 82 vez(es)
  • +5/-0
Re: Venezuela e a Revolução Bolivariana
« Responder #221 em: Maio 06, 2020, 11:54:28 am »
Deixo o link para um artigo com a evolução de todos os pontos.
Ainda está muito por dizer…

https://auroraintel.net/south-america/operacion-gedeon

créditos: CNW
@ConflictsW no twitter
« Última modificação: Maio 06, 2020, 11:55:34 am por Claust »
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15752
  • Recebeu: 1275 vez(es)
  • Enviou: 1203 vez(es)
  • +204/-188
Re: Venezuela e a Revolução Bolivariana
« Responder #222 em: Maio 06, 2020, 12:04:29 pm »
Que palhaçada!... :bang:
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Claust

  • Membro
  • *
  • 44
  • Recebeu: 28 vez(es)
  • Enviou: 82 vez(es)
  • +5/-0
Re: Venezuela e a Revolução Bolivariana
« Responder #223 em: Maio 06, 2020, 12:16:01 pm »
Que palhaçada!... :bang:

Não se entende várias coisas…
levar identificação….
se a cúpula estava a desmoronar / presa pelos americanos… o porquê de continuar…
relatos de campo onde estavam abandonados e a passar fome…
armas de airsoft ao barulho...
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 9360
  • Recebeu: 1076 vez(es)
  • Enviou: 2191 vez(es)
  • +148/-48
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Venezuela e a Revolução Bolivariana
« Responder #224 em: Maio 10, 2020, 04:55:42 am »


Algumas explicações sobre o que aconteceu.

Provavelmente aquele navio que que afundou o patrulha não era tão inocente quanto isso...
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

 

Espanha venderá equipamento militar à Venezuela

Iniciado por J.Ricardo

Respostas: 4
Visualizações: 3012
Última mensagem Dezembro 01, 2009, 01:24:07 am
por nelson38899
Eleições presidenciais na Venezuela

Iniciado por TOMKAT

Respostas: 1
Visualizações: 2136
Última mensagem Dezembro 03, 2006, 04:34:48 pm
por pedro
Atomização da Venezuela

Iniciado por typhonman

Respostas: 0
Visualizações: 2020
Última mensagem Agosto 10, 2006, 03:34:29 am
por typhonman