França

  • 34 Respostas
  • 4728 Visualizações
*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11421
  • Recebeu: 409 vez(es)
  • Enviou: 230 vez(es)
  • +69/-59
Re: França
« Responder #30 em: Julho 26, 2019, 11:28:04 am »
França investe em comando militar espacial



 

*

zocuni

  • Especialista
  • ****
  • 1066
  • Recebeu: 21 vez(es)
  • Enviou: 46 vez(es)
  • +26/-3
Re: França
« Responder #31 em: Novembro 07, 2019, 08:55:19 pm »
Polémico ou não depende do ponto de vista mas há que refletir no mínimo.


zocuni
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 9165
  • Recebeu: 1002 vez(es)
  • Enviou: 1886 vez(es)
  • +130/-45
    • http://youtube.com/HSMW
Re: França
« Responder #32 em: Abril 06, 2020, 04:14:14 am »
Dois mortos em ataque com arma branca em França

Desta vez foi um sudanês.


Nem durante o isolamento...
« Última modificação: Abril 06, 2020, 04:14:29 am por HSMW »
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

ocastilho

  • Membro
  • *
  • 241
  • Recebeu: 109 vez(es)
  • Enviou: 181 vez(es)
  • +134/-3
Re: França
« Responder #33 em: Abril 06, 2020, 02:24:58 pm »
Mais meia dúzia de votos para a Le Pen....
"Se servistes à pátria, que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis, ela o que costuma."
 

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 1751
  • Recebeu: 648 vez(es)
  • Enviou: 282 vez(es)
  • +454/-17
Re: França
« Responder #34 em: Maio 13, 2020, 10:55:17 am »
França ignora críticas da China sobre acordo de armamento com Taiwan

Na terça-feira, a China pediu à França que "cancelasse" um acordo de armas com Taiwan, observando que uma transação com os taiwaneses poderia "prejudicar as relações sino-francesas".



A França ignorou esta quarta-feira as críticas da China a um antigo acordo para compra de armamento realizado pelos franceses com Taiwan e aconselhou aos chineses concentrarem-se mais na pandemia de Covid-19 do que numa antiga controvérsia.

“Perante a crise da Covid-19, toda a nossa atenção e todos os nossos esforços devem concentrar-se na luta contra a pandemia”, referiu o Ministério dos Negócios Estrangeiros da França após um aviso de Pequim a Paris.


Na terça-feira, a China pediu à França que “cancelasse” um acordo de armas com Taiwan, observando que uma transação com os taiwaneses poderia “prejudicar as relações sino-francesas”.

"No âmbito da declaração franco-chinesa de 1994, a França implementa a política de uma única China e continua a apelar ao diálogo entre as duas margens do estreito”, declarou o Ministério dos Negócios Estrangeiros francês. “A França respeita estritamente neste contexto os compromissos contratuais que estabeleceu com Taiwan e de forma alguma mudou de posição desde 1994”, afirmou o Ministério francês."

O acordo entre a França e Taiwan refere-se a uma venda de equipamentos de fragatas francesas, compradas pela marinha de Taipé na década de 1990, num caso que resultou numa grave crise diplomática entre Paris e Pequim.

“A China expressou a sua profunda preocupação ao lado francês”, disse na terça-feira o ministério chinês dos Negócios Estrangeiros, num comunicado enviado à agência France-Presse. “Opomo-nos a qualquer venda de armas ou trocas militares ou de segurança com a região de Taiwan”, advertiu. “Instamos a França (…) a cancelar o seu plano de venda de armas a Taiwan, a fim de evitar danos sobre as relações sino-francesas”, acrescentou.

China e Taiwan vivem como dois territórios autónomos desde 1949, altura em que o antigo governo nacionalista chinês se refugiou na ilha, após a derrota na guerra civil frente aos comunistas. Taiwan, que se auto designa uma República da China, tornou-se, entretanto, numa democracia com uma forte sociedade civil, mas Pequim considera a ilha parte do seu território e ameaça a reunificação pela força.

Pequim critica qualquer relação oficial entre países estrangeiros e Taipé, trocas que considera um apoio ao separatismo de Taiwan.

Em 1991, a França assinou a venda de seis fragatas a Taiwan no valor total de 2,8 mil milhões de dólares (2,6 mil milhões de euros), causando o congelamento das relações diplomáticas com Pequim.

A Marinha de Taiwan indicou, em 7 de abril deste ano, num breve comunicado de imprensa, que pretende modernizar as fragatas Lafayette de fabrico francês.

Uma fonte familiarizada com o assunto citada pela AFP confirmou que foi assinado um contrato com o Ministério da Defesa de Taiwan para a modernização do sistema de lançador de chamariz, que equipa seis fragatas. Um lançador de chamariz é um sistema usado para contornar um míssil inimigo.

Segundo a imprensa Taiwan, o custo da transação é superior a 800 milhões de dólares de Taiwan (24,6 milhões de euros) e a empresa francesa encarregue do negócio é a DCI-Desco, unidade do grupo Défense Conseil International (DCI).

https://observador.pt/2020/05/13/franca-ignora-criticas-da-china-sobre-acordo-de-armamento-com-taiwan/
 

 

Reino Unido e França querem nova força militar

Iniciado por Tiger22

Respostas: 3
Visualizações: 2558
Última mensagem Fevereiro 10, 2004, 09:14:56 pm
por filcharana
França pode usar armamento nuclear na defesa da UE

Iniciado por Ricardo Nunes

Respostas: 5
Visualizações: 2319
Última mensagem Julho 07, 2004, 03:58:26 pm
por dremanu
França, reduçoes drasticas no orçamento da defesa

Iniciado por legionario

Respostas: 8
Visualizações: 4234
Última mensagem Julho 24, 2008, 08:20:35 pm
por SSK
Mayotte, uma lança de França no Indico

Iniciado por legionario

Respostas: 4
Visualizações: 2244
Última mensagem Outubro 01, 2011, 11:37:38 pm
por quimbolas
França inaugura base em Abu Dhabi

Iniciado por P44

Respostas: 15
Visualizações: 4746
Última mensagem Maio 30, 2009, 10:34:11 pm
por Duarte