À PROCURA DE NOVOS TANQUES

  • 42 Respostas
  • 10463 Visualizações
*

TazMonster

  • Membro
  • *
  • 149
  • +0/-0
À PROCURA DE NOVOS TANQUES
« em: Maio 09, 2004, 07:14:09 pm »
Exército: blindados holandeses ‘Leopard 2’ debaixo de olho
À PROCURA DE NOVOS TANQUES  
Com o Exército a marchar para a reestruturação a grande questão agora são os números, os custos da transformação de uma força. E um dos objectivos é dotar a Brigada Mecanizada de uma força pequena mas credível, que permita manter a chamada ‘escola de armas combinadas’ de Santa Margarida. O maior problema é a falta de efectivos mas a situação do material também preocupa, em particular os carros de combate.  
Carlos Ferreira
 
Daí que esteja a haver contactos entre Portugal e a Holanda para a cedência de blindados ‘Leopard 2’, uma vez que este país reduziu no seu Exército as brigadas mecanizadas de três para duas. O efectivo de 186 carros desceu assim para 110.

EXCEDENTE

A Holanda vai extinguir uma das suas três brigadas mecanizadas, o que cria um excedente de 76 carros de combate ‘Leopard 2’ – de 186 para 110 – e parece ser para estes veículos que Portugal vira as suas atenções, se bem que o Governo holandês encare negociações com a Noruega para a cedência dos veículos, por troca de outro equipamento, segundo o documento da reestruturação das Forças Armadas produzido pelo Ministério da Defesa holandês.

Aliás, Portugal já sondou também a Holanda para efeitos de aquisição de aviões P-3. Os custos não são conhecidos, nem as condições em que o negócio poderá ser feito ou o seu enquadramento na Lei de Programação Militar, mas o preço teórico de um ‘Leopard 2’ poderá rondar 1,4 milhões de euros (700 mil contos).

O eventual interesse português surge associado a uma renovação muito parcial da Brigada Mecanizada Independente – no âmbito mais vasto da reestruturação do Exército – uma vez que os números apontados referem apenas a necessidade de 20 blindados, os suficientes para constituir um esquadrão de carros e um esquadrão de reconhecimento.

M-60 A3 SUBSTITUÍDOS

Estas subunidades serão agregadas a um batalhão mecanizado, com viaturas M-113 (também à espera de modernização ou substituição), para constituir um agrupamento mecanizado, que pode congregar entre 400 e 600 homens.

Os ‘Leopard 2’ – a virem para Portugal – deverão substituir igual número de M-60 A3, cujo processo de modernização parece ter sido assim abandonado, mas se bem que possa constituir uma lufada de ar fresco para a BMI, levanta, no entanto, dúvidas a nível de manutenção e de logística, uma vez que os dois carros são completamente diferentes. Há mesmo receios de que a necessidade de criação de duas linhas paralelas de manutenção e logística, por um lado, e de instrução, por outro, possa agravar a situação da BMI, com consequências também nos custos de operação.

São números que, no seu conjunto, são bem mais modestos que os preconizados pela meta do Exército, que aponta para a BMI um número da ordem dos quatro mil homens em termos de efectivo, mas há alguma urgência em manter a imagem da BMI como ‘escola de armas combinadas’, conceito de que o projecto de reestruturação do Exército não abdica e que terá que ser necessariamente conjugado com os custos de manter uma grande unidade mecanizada.

BAI REDUZIDA

Mais segura mantém-se a intenção de redução em efectivos da Brigada Aerotransportada Independente (BAI) – em termos orgânicos de brigada passa de três mil para dois mil homens – e os comandos abandonam a ideia de batalhão, ao manterem as duas companhias, mas sem um estado-maior.

A ser assim, poderá desaparecer o próprio conceito de brigada, substituído por ‘força’, uma vez que na orgânica são extintos os batalhões de apoio de combate e de apoio e serviços.

FACTOS EM TORNO DA REESTRUTURAÇÃO DO EXÉRCITO

MUDANÇA

A reestruturação do Exército foi apresentada esta quarta-feira pelo general Valença Pinto, Chefe de Estado-Maior do Exército, no Instituto de Altos Estudos Militares, perante os oficiais generais e comandantes do Exército. A reestruturação do ramo terrestre das Forças Armadas está a ser anunciada desde há dois anos.

CONTRATOS

O Exército está autorizado por lei a contratar 12 mil soldados, oficiais, sargentos e praças. O número actual de efectivos ronda os 24 mil homens. É actualmente constituído por três brigadas (Brigada Aerotransportada Independente, Brigada Ligeira de Intervenção e Brigada Mecanizada Indepedente) e unidades de apoio.

EXTINÇÃO

A reestruturação do Exército anunciada por Valença Pinto aponta para a criação de unidades de apoio e serviços comuns à Brigada Aerotransportada Indepentente e à Brigada Ligeira de Intervenção. Aponta-se ainda para a extinção das Regiões Militares e para a distribuição de valências de comando por vários pontos do País.

INTERVENÇÃO

Na ideia de Valença Pinto está a criação de uma força de intervenção rápida que vai congregar dois batalhões de pára-quedistas, um batalhão de apoio aero-terrestre, duas companhias de comandos e elementos de operações especiais. Está ainda prevista a criação orgânica de uma companhia com elementos de patrulhas de longo raio de acção.  

Carlos Varela

-------//---------

Noticia do CM de hoje.
Taz
 

*

Ricardo Nunes

  • Investigador
  • *****
  • 1257
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +2/-0
    • http://www.falcoes.net/9gs
(sem assunto)
« Responder #1 em: Maio 09, 2004, 07:18:08 pm »
:shock:  :G-Ok:
Ricardo Nunes
www.forum9gs.net
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5480
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +1406/-2
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #2 em: Maio 09, 2004, 08:14:21 pm »
A melhor parte da noticia é que se se trata do lote de cerca de 180 tanques holandeses, trata-se do LEOPARD-2-A5  :twisted: O alemão
O holandês.
No entanto, como já verificámos, trata-se de um pequeno numero de carros (por volta de 50 a 60).

O problema apontado, procede, porque implica a continuação em operação de alguns dos actuais M60, o que poderá resultar numa dor de cabeça logística.

Aguardemos...

Cumprimentos
« Última modificação: Maio 09, 2004, 10:34:49 pm por papatango »
 

*

GMAR

  • 20
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #3 em: Maio 09, 2004, 08:19:22 pm »
É realmente uma excelente notícia. :D .
Esperemos que mais notícias como esta se sucedam.
Ducis in consilio posita est virtus militum.-Publílio
 

*

GMAR

  • 20
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #4 em: Maio 09, 2004, 08:40:26 pm »
Será que alguém me poderia dizer as características técnicas do LEOPARD-2-A5  ?
Ducis in consilio posita est virtus militum.-Publílio
 

*

Fábio G.

  • Investigador
  • *****
  • 1394
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #5 em: Maio 09, 2004, 08:59:01 pm »
Parece que acordaram  :x
 

*

Spectral

  • Investigador
  • *****
  • 1438
  • +4/-0
(sem assunto)
« Responder #6 em: Maio 09, 2004, 08:59:34 pm »
Já há muito tempo que não via notícias tão boas  :D  :roll:
I hope that you accept Nature as It is - absurd.

R.P. Feynman
 

*

Fábio G.

  • Investigador
  • *****
  • 1394
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #7 em: Maio 09, 2004, 09:08:49 pm »
Algumas caracteristicas das ultimas versões dos Leopard.


Leopard 2A4

Características
-Peso: 55.150 kg
-Dimensões: 9,67x3,7x2,8 m
Protecção
-Blindajem adicional: Não
-Sistema antiexplosões: Só nas últimas versões
Armamento e direcção de tiro
-Canhão: 120/44
-Movimento da torre e canhão: Hidráulico
-Visores: Camara térmica no visor do atirador
-Sistema de comando e controlo: Não
Outros sistemas
-Ar condicionado: Não
-Sistema de navegação: Não
Unidade de potencia auxiliar: Não


Leopard 2A5

Características
-Peso: 59.700 kg
-Dimensões: 9,97x3,74x3 m
Protecção
-Blindajem adicional: no frontal da torre
-Sistema antiexplosões: Sim
Armamento e direcção de tiro
-Canhão: 120/45
-Movimento da torre e canhão: Eléctrico
-Visores: Camara térmica no visor do atirador e outra no visor do chefe do carro
-Sistema de comando e controlo: Não
Outros sistemas
-Ar condicionado: Não
-Sistema de navegação: Sim
-Unidade de potencia auxiliar: Não


Leopard 2A6

Características
-Peso: 60.000 kg
-Dimensões: 9,97x3,74x3 m
Protecção
-Blindajem adicional: no frontal da torre
-Sistema antiexplosões: Sim
Armamento e direcção de tiro
-Canhão: 120/55
-Movimento da torre e canhão: Eléctrico
-Visores: Camara térmica no visor do atirador e outra no visor do chefe do carro
-Sistema de comando e controlo: Não
Outros sistemas
-Ar condicionado: Não
-Sistema de navegação: Sim
-Unidade de potencia auxiliar: Não


STRV-122 (Versão Leopard 2A6 sueca)

Características
-Peso: 62.000 kg
-Dimensões: 9,97x3,81x3 m
Protecção
-Blindajem adicional: no frontal da torre e na "barcaça". Protecção parte superior da torre.
-Sistema antiexplosões: Sim
Armamento e direcção de tiro
-Canhão: 120/45
-Movimento da torre e canhão: Eléctrico
-Visores: Camara térmica no visor do atirador e outra no visor do chefe do carro
-Sistema de comando e controlo: Sim
Outros sistemas
-Ar condicionado: Não
-Sistema de navegação: Sim
-Unidade de potencia auxiliar: Não


Leopard 2A6EX

Características
-Peso: 62.000 kg
-Dimensões: 9,97x3,81x3 m
Protecção
-Blindajem adicional: no frontal da torre e na "barcaça". Protecção parte superior da torre.
-Sistema antiexplosões: Sim
Armamento e direcção de tiro
-Canhão: 120/55
-Movimento da torre e canhão: Eléctrico
-Visores: Camara térmica no visor do atirador e outra no visor do chefe do carro
-Sistema de comando e controlo: Sim
Outros sistemas
-Ar condicionado: Sim
-Sistema de navegação: Sim
-Unidade de potencia auxiliar: Sim


Leopard 2E (Versão do Leopard 2A6 espanhola)

Características
-Peso: 62.500 kg
-Dimensões: 9,97x3,81x3 m
Protecção
-Blindajem adicional: frontal da torre e na "barcaça". Protecção parte superior da torre.
-Sistema antiexplosões: Sim
Armamento e direcção de tiro
-Canhão: 120/55
-Movimento da torre y canhão: Eléctrico
-Visores: Camara térmica Indra EWS no visor do atirador e outra no visor do chefe do carro
-Sistema de comando e controlo: Sistema LINCE
Outros sistemas
-Ar condicionado: Sim
-Sistema de navegação: Sim
-Unidade de potencia auxiliar: Sim
 

*

Fábio G.

  • Investigador
  • *****
  • 1394
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #8 em: Maio 09, 2004, 09:17:56 pm »
Realmente se esse fôr realmente o preço pedido por unidade dificilmente se encontrará um carro desta qualidade/preço. O que temo é o nosso Governo deixe escapar esta oportunidade como fez com as fragatas deste pais. Que haja rápido e assegure este meio essencial á BMI.
 

*

Tiger22

  • Perito
  • **
  • 566
  • +1/-0
Boas e más Notícias
« Responder #9 em: Maio 09, 2004, 09:20:32 pm »
Sem dúvida boas notícias, mas espero que o número de tanques seja próximo dos 100 e que permita substituir por completo os M60.
Quanto a reestruturação mencionada fico preocupado. Não podemos reduzir mais o número de soldados das nossas FA. É um erro grave!!!
"you're either with us, or you're with the terrorists."
 
-George W. Bush-
 

*

Ricardo Nunes

  • Investigador
  • *****
  • 1257
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +2/-0
    • http://www.falcoes.net/9gs
(sem assunto)
« Responder #10 em: Maio 09, 2004, 09:23:54 pm »
O grande problema aqui é mesmo o facto de os Noruegueses nos poderem passar à frente. Mas sinceramente, se não assegurar-mos este negócio não fico chocado nem preocupado.

A ilação mais importante que penso que devemos tirar  desta notícia é que o exército e o MDN está mentalizado que a modernização dos M-60 é a pior opção e que pretende de facto adquirir este ou outro modelo mais avançado.
Se não os adquirirmos à Holanda não tal não é preocupante. Existem excedentários de outros países, de igual qualidade, como sejam os Leo´s Alemães e Suiços.

Mesmo assim, e jogando pelo seguro, seria do maior interesse das forças armadas e do governo, tentar assegurar desde já este negócio.

Cumprimentos
Ricardo Nunes
www.forum9gs.net
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7627
  • Recebeu: 577 vez(es)
  • Enviou: 191 vez(es)
  • +232/-519
(sem assunto)
« Responder #11 em: Maio 09, 2004, 09:44:00 pm »
Antevejo a criação de forças REALMENTE eficazes, ou pelo menos deixará de haver a desculpa para a sua não existência.
Em vez de uma espada embotada e mal empunhada, um estilete ágil e bem afiado.
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Fábio G.

  • Investigador
  • *****
  • 1394
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #12 em: Maio 10, 2004, 12:20:58 am »
O ponto de vista do Ricardo Nunes é correcto, os responsáveis estão a "abrir os olhos" e a ver que a substituição dos M-60 é melhor que a modernização. Mas continuo a pensar que se devia assegurar esta compra, pelo preço competitivo, por ser um tanque excelente, e por ter medo  que ao não se conseguir esta compra vamos ter de esperar mais anos talvez ou até mudem de ideias quanto á substituição, pode-se esperar tudo dos politicos.
 

*

jfsf

  • 7
  • +0/-0
E o resto?
« Responder #13 em: Maio 10, 2004, 05:19:35 am »
Realmente, à primeira vista, parece uma excelente oportunidade o adquirir os Leopard. Contudo, quem de direito terá também de pensar que para equipar uma Unidade Blindada (por forma a manter o know how de armas combinadas) além dos CC, é necessário: simuladores para essa viatura, viaturas para instrução, estabelecer um canal de reabastecimento, actualização da doutrina de emprego, etc, etc. As aquisições para as FFAA deverão ser pensadas como um todo e não em casos pontuais, pois só assim se poderá garantir um canal de reabastecimento eficaz e fluido, unidade de doutrina, compatibilidade de sistemas de armas, e acima de tudo economia. É impensável que numa mesma unidade (desde o escalão Pelotão) existam sistemas de armas completamente incompatíveis e com canais de reabastecimento que vão desde os EUA até á França, Itália, etc.
Comprem, mas pensem antes de comprar. Já diz o velho ditado que "muitas vezes o barato sai caro".
jfsf :wink:
"Welcome to my world"
 

*

GMAR

  • 20
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #14 em: Maio 10, 2004, 05:40:55 pm »
Tenho uma dúvida. Na LPM não apareciam indicados nenhuns gastos com CC; onde é que o governo vai ir buscar os euros? :?
Ducis in consilio posita est virtus militum.-Publílio
 

 

Novos blindados "chumbam" nos testes

Iniciado por lf2a

Respostas: 11
Visualizações: 5252
Última mensagem Setembro 22, 2004, 07:13:26 pm
por Ricardo Nunes
Notícias sobre os novos blindados de rodas

Iniciado por TaGOs

Respostas: 2
Visualizações: 2605
Última mensagem Novembro 02, 2004, 06:16:35 pm
por TaGOs
Novos veículos blindados de rodas (parte 2)

Iniciado por Spectral

Respostas: 240
Visualizações: 58740
Última mensagem Março 15, 2006, 10:46:58 pm
por Marauder
CM: Dia das forças armadas conquista novos recrutas

Iniciado por PereiraMarques

Respostas: 0
Visualizações: 1475
Última mensagem Junho 11, 2006, 03:29:45 am
por PereiraMarques
NOVOS CONTINGENTES PARA KOSOVO E AFEGANISTÃO

Iniciado por Miguel Silva Machado

Respostas: 6
Visualizações: 2379
Última mensagem Março 20, 2010, 01:11:32 am
por homorroidas