Notícias da Força Aérea Brasileira

  • 839 Respostas
  • 221487 Visualizações
*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4138
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 285 vez(es)
  • +638/-715
Re: FAB - Força Aérea Brasileira
« Responder #660 em: Abril 28, 2016, 01:27:50 am »


Brazil details new C295 aircraft deliveries  

http://www.janes.com/article/59805/brazil-details-new-c295-aircraft-deliveries

The Brazilian Air Force  (FAB) is to receive three new C295 aircraft from Airbus Defence and Space between 2017 and 2019, a FAB spokesperson told  IHS Jane's .   

The first aircraft is scheduled for delivery in May 2017 and the third in May 2019, with a date for the second delivery yet to be established,  the spokesperson said. Deliveries were Initially scheduled for between 2016 and 2017.

The aircraft  (locally ldesigned SC-105 Amazonas) were purchased in April 2014 for €191.2 million (USD215.1 million) as part of the FAB's Strategic Military Plan 2010-31 (PEMAER). The fleet is configured for search-and-rescue missions and will be operated by Squadron Pelicano from Campo Grande airbase, where two SC-105 are currently based (although these two are not as well equipped as the incoming aircraft will be).

Included on the newer aircraft will be an Airbus Fully Integrated Tactical System  (FITS) mission system, Thales Topdeck avionic suite, ELTA Systems EL/M-2022A(V)3 radar, forward-looking infrared camera, Rockwell Collins SATCOM terminal, communications, navigation, surveillance/air traffic management system. and HF radio,  Rohde & Schwarz's communications, personnel locator system, and file transmission system.   

Twelve C295, comprising 10 C -105 transports and the two SC-105,  were received between March 2007 and June 2009 as part of the CL-X2 project,  and are fielded by Squadrons Pelicano, Arara and Onça.


‘Jane’s’ diz que chegada do primeiro SC-105 comprado pela FAB chega em maio de 2017



O site noticioso IHS Jane’s informou, nesta terça-feira (26.04), que a chegada ao Brasil da primeira aeronave Airbus SC-105 Amazonas (C-295 SAR), de busca e salvamento, ficou para maio de 2017.

A previsão inicial era de que o avião pudesse ser recebido pelo 2º Esquadrão do 10º Grupo de Aviação (2º/10º GAV), na Base Aérea de Campo Grande, já em 2016, mas esse cronograma foi alterado.

A Força Aérea Brasileira (FAB) comprou três bimotores SC-105 Amazonas, em abril de 2014 – ao custo de 215,1 milhões de dólares (equivalentes, à época, a 191,2 milhões de Euros) –, com o objetivo de ampliar e modernizar o seu serviço de resgate. De acordo com a nova previsão, o terceiro e último avião desse lote será entregue em maio de 2019.

A sigla SAR quer dizer Search and Rescue (Busca e Salvamento).

Atualmente a unidade aérea de busca e salvamento sediada na capital do estado do Mato Grosso do Sul opera um misto de helicópteros e aeronaves de asa fixa, e se encontra em franca reformulação.

Os helicópteros SH-1H – versão SAR do consagrado Bell UH-1H Huey – serão todos substituídos pelo modelo de resgate aéreo do novo EC-725 (na FAB, H-36).

Os SC-105 Amazonas vão reforçar a flotilha de SC-95B, versão SAR do também veterano EMB-110 Bandeirante.

De forma a garantir a operacionalidade do componente de asa fixa do Esquadrão Pelicano, a esses SC-95B foram misturados, temporariamente, dois C-105 Amazonas do tipo original, de transporte de carga, não equipados para as missões SAR.

O Esquadrão Pelicano opera na Base Aérea de Campo Grande desde janeiro de 1981, época em que chegou ao Mato Grosso do Sul transferido de seu aquartelamento original, na Base Aérea de Florianópolis.

FONTE: http://www.planobrazil.com/janes-diz-que-chegada-do-primeiro-sc-105-amazonas-comprado-pela-fab-a-airbus-ficou-para-maio-de-2017/
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: MALUCOdasFOTOS

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4138
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 285 vez(es)
  • +638/-715
Re: FAB - Força Aérea Brasileira
« Responder #661 em: Abril 29, 2016, 07:21:31 pm »
Aeronáutica desliga radares por falta de recursos



O Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (SISCEAB) desligou nessa quinta-feira (28) cinco radares meteorológicos em Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e no Distrito Federal. Segundo a Aeronáutica, os aparelhos foram desativados temporariamente devido a restrições orçamentárias. Ao todo, o SISCEAB possui 23 radares espalhados país.

Em contato, a Força Aérea Brasileira (FAB) ressaltou que esses radares são “ferramentas complementares” para a captação de informações meteorológicas. De acordo com a FAB, os equipamentos em questão não são utilizados para o controle de tráfego aéreo. “O SISCEAB conta com outras fontes de informação para previsões climáticas, como imagens de satélite e estações e meteorológicas de superfície”, informa a Aeronáutica.

Posicionamento oficial da Aeronáutica

“O Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (SISCEAB) possui 23 radares meteorológicos. Cinco deles, localizados em Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e no Distrito Federal, estão temporariamente desligados devido a restrições orçamentárias.

Esses radares são ferramentas complementares para a captação de informações meteorológicas. É importante ressaltar que eles não são utilizados para o controle de tráfego aéreo. Além dos radares meteorológicos que continuam em operação, o SISCEAB conta com outras fontes de informação para previsões climáticas, como imagens de satélite e estações meteorológicas de superfície.”

FONTE: http://www.aereo.jor.br/2016/04/29/aeronautica-desliga-radares-por-falta-de-recursos/
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: MALUCOdasFOTOS

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4138
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 285 vez(es)
  • +638/-715
Re: FAB - Força Aérea Brasileira
« Responder #662 em: Maio 04, 2016, 06:20:14 am »
Caças da FAB desfilam com a aeronave que transporta chama olímpica em Brasília



A Força Aérea Brasileira foi a primeira a recepcionar a chegada da chama olímpica em território brasileiro nesta terça-feira (03/05). Na região do Distrito Federal, a aeronave da LATAM Airlines, voo JJ 9751, foi interceptada e escoltada por duas aeronaves de defesa aérea, caças F-5M do Esquadrão Jaguar da Base Aérea de Anápolis (BAAN). O pouso aconteceu às 7h25 no Aeroporto Internacional de Brasília.

Ainda nesta manhã, os brasilienses terão a oportunidade de visualizar a homenagem da Esquadrilha da Fumaça que fará a escrita branca acima da Praça dos Três Poderes. A previsão é que isso ocorra às 9h50, um pouco antes do início do revezamento da Tocha. Brasília é a primeira cidade do Brasil a receber a Tocha das Olimpíadas 2016.

FONTE:   FAB
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: MALUCOdasFOTOS

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5511
  • Recebeu: 1132 vez(es)
  • Enviou: 604 vez(es)
  • +383/-136
Re: FAB - Força Aérea Brasileira
« Responder #663 em: Maio 12, 2016, 02:28:25 pm »
http://www.aereo.jor.br/2016/05/11/alquimia-orcamentaria-a-1m-vira-querosene/
Citar
Dotação orçamentária de 161 milhões de reais da Aeronáutica, que incluía verbas para modernização dos jatos de ataque A-1 da FAB, além de alocações ao ITA, CIAAR e Pesquisa & Desenvolvimento, foram canceladas em portaria publicada hoje no DOU. Verbas viraram crédito suplementar no mesmo valor para compra de combustível e lubrificantes de aviação, além de manutenção e materiais aeronáuticos

Por outro lado o segundo protótipo do Kc390 já voa.
Citar
O site flight radar mostra ao vivo o segundo protótipo do KC-390 realizando ensaios em voo a partir da aeródromo de Gavião Peixoto (SP), como se pode ver nesta tela capturada.

http://www.aereo.jor.br/2016/05/11/ao-vivo-ensaio-em-voo-com-o-kc-390/


Saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4138
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 285 vez(es)
  • +638/-715
Re: FAB - Força Aérea Brasileira
« Responder #664 em: Maio 18, 2016, 07:56:03 pm »


Sim, ele existe. :o
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4138
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 285 vez(es)
  • +638/-715
Re: FAB - Força Aérea Brasileira
« Responder #665 em: Maio 18, 2016, 08:48:36 pm »
Mais um passo em direção à aeronave de superioridade aérea, afirma Comandante

Tenente-Brigadeiro Rossato ressalta que a Força Aérea Brasileira será diferente a partir de 2019



O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, afirma que a apresentação do Gripen NG é "mais um passo em direção à aeronave de superioridade aérea almejada nos últimos 20 anos". O oficial-general participa do rollout que será realizado nesta quarta-feira (18/05) em Linköping, na Suécia. Trata-se da apresentação oficial da versão mais recente da aeronave de combate adquirida pela Força Aérea Brasileira (FAB). A primeira unidade deve ser entregue em 2019.

O evento será realizado na sede principal da Saab, onde a aeronave está sendo desenvolvida, e pode ser acompanhado on line pelo endereço www.gripen.com/evolution a partir das 10h. Estarão presentes também o ministro da Defesa da Suécia, Peter Hultqvist; o presidente e CEO da Saab, Håkan Buskhe; e o Comandante da Força Aérea da Suécia, Major-General Mats Helgesson.

"A partir desta quarta-feira o nosso avião já será uma realidade. Certamente o nosso terá algumas diferenças como o biplace (aeronave com dois lugares), WAD (do inglês, Wide Area Display) e outros equipamentos que serão inseridos como armamentos específicos", afirmou o Tenente-Brigadeiro Rossato, que desembarcou, ontem (17/05), em Estocolmo, capital da Suécia.

Segundo o comandante, as 36 aeronaves encomendadas farão a diferença na defesa aérea do Brasil. "Será uma Força Aérea diferente da que temos hoje. Há muito tempo não tínhamos um avião com essa capacidade, com essa superioridade aérea. Ele se compara a um dos melhores aviões que existe hoje no mundo", comenta.

O Adido de Aeronáutica na Suécia, Coronel Ramiro Kirisch Pinheiro, que acompanha o projeto destaca a importância desse estreitamento de laços do Brasil e Suécia. "Ter o Comandante aqui consolida a participação da FAB, na ótica do governo sueco, como grande parceiro estratégico", afirma. "A nossa participação [Brasil] é que permite, também para a Suécia, ter esse avião", complementa sobre o desenvolvimento do novo caça.

FONTE:  http://migre.me/tS5rh
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5511
  • Recebeu: 1132 vez(es)
  • Enviou: 604 vez(es)
  • +383/-136
Re: FAB - Força Aérea Brasileira
« Responder #666 em: Maio 21, 2016, 02:09:30 pm »
Confirma-se a vontade da FAB no futuro de substituir o AMX e F5 pelo Gripen E. Possivelmente o A4 da Marinha se o Gripen naval seguir para a frente seguirá o mesmo caminho. Fala-se em cerca de 120 unidades.  ;)
http://www.aereo.jor.br/2016/05/20/fab-negocia-outros-dois-lotes-de-gripen-e/
Citar
A fabricante sueca Saab apresentou ontem o primeiro protótipo do jato de combate da nova geração Gripen E, três anos antes de entregar o primeiro dos 36 aparelhos encomendados pela Força Aérea Brasileira (FAB) por US$ 4,7 bilhões.

À margem da cerimônia de apresentação na fábrica de Linkoping, no sul da Suécia, o negócio não só foi reafirmado, como a intenção dos dois lados é aumentar a transação com mais jatos no futuro, quando a FAB tiver que substituir aparelhos que ainda utiliza.

Em entrevista ao Valor, o presidente executivo da Saab, Håkan Buskhe, foi indagado sobre uma declaração que fizera à imprensa especializada, de que o Brasil examinava a possibilidade de comprar mais dois lotes do Gripen E.

Buskhe confirmou que os dois lados discutiram o assunto, já na fase inicial da transação dos 36 já encomendados, sobre mais dois lotes de 36 aparelhos cada.

“Sempre temos discussões com os parceiros sobre os próximos passos, mas não há nada definido sobre quando pode ocorrer. (com o Brasil)”, ressaltou. “Claro que discutimos isso, porque tem impacto na nossa estrutura, porém não tem nenhum compromisso do governo brasileiro. Mas vemos isso como uma opção.”

Presente em Linkoping para a cerimônia, o Comandante da Força Aérea Brasileira, tenente-brigadeiro Nivaldo Luiz Rossato, afirmou que a aquisição de novos aparelhos não foi discutido formalmente com os suecos, “mas nosso plano sempre foi ter um avião único”.

Explicou que a encomenda atual de 36 jatos Gripen E é para substituição dos aparelhos que já foram desativados. E que a FAB opera com outros 53 AMX A-1 e 49 F-5, alguns já bem usados.

“Certamente, quando desativarmos os AMX A-1 e F5, que alguns são aviões já bem usados, pretendemos substitui-los pelos Gripen”, disse o comandante. Indagado sobre mais dois lotes de 36 jatos suecos, no futuro, o brigadeiro respondeu que o número depende dos estudos da FAB. Mas acredita que “o número (de outros Gripen) será expressivo”.

O governo brasileiro passou mais de uma década escolhendo o avião de caça que queria para o século 21. O comandante da Aeronáutica destacou os equipamentos inovadores, com tecnologia de ponta, como divisor de águas da defesa brasileira. “A tecnologia do sistema Gripen permite harmonizar o nivel de desenvolvimento de seus componentes à simplicidade das operações, e viabilizar assim sua atuação no território brasileiro”, disse.

Enquanto os dirigentes pensavam no futuro, a situação política no Brasil, com mudança de governo, os levou a serem indagados por jornalistas suecos e estrangeiros sobre eventual risco à encomenda atual da FAB, que é o maior contrato de exportação da fabricantes sueca.

“Não, estamos no prazo, com orçamento acertado e a cooperação com Embraer e o governo brasileiro está indo muito bem”, retrucou Buskhe. O brigadeiro disse ao Valor que o contrato foi avalizado pelo governo brasileiro e não há motivo para modificações. O projeto é todo financiado por bancos suecos e o pagamento só começa depois da entrega da última aeronave, em 2024.

A Saab destaca que o pacote para o Brasil inclui a venda do sistema de armas completo, treinamento, peças de reposição, planejamento e manutenção dos aparelhos. São 28 aparelhos de um lugar e uma encomenda de oito aparelhos de dois lugares. O primeiro Gripen E, recheado de novas tecnologias, será entregue em 2019 para a Força Aérea Sueca, que encomendou 60 aparelhos. O segundo será para a FAB. Depois, parte dos aviões serão montados no Brasil.

Para Saab, é uma enorme oportunidade tambem de abrir mercados nos outros países da América Latina. A empresa sueca reconhece que o contrato com o Brasil assegura suas atividades por um bom tempo.

Acredita que a Aeronáutica da Suécia e do Brasil poderão progredir em paralelo.

Também promete a transferência de tecnologia de maneira efetiva. Atualmente, cerca de 60 funcionários da Embraer já se encontram na Suécia, além de equipes da FAB e de uma empresa fornecedora brasileira, participando do projeto.

FONTE: Valor Econômico, via Notimp


Saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5511
  • Recebeu: 1132 vez(es)
  • Enviou: 604 vez(es)
  • +383/-136
Re: FAB - Força Aérea Brasileira
« Responder #667 em: Junho 03, 2016, 09:29:07 am »


Cumprimentos
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Johnnie

  • Analista
  • ***
  • 655
  • Recebeu: 52 vez(es)
  • Enviou: 19 vez(es)
  • +2/-0
Re: FAB - Força Aérea Brasileira
« Responder #668 em: Junho 03, 2016, 08:14:51 pm »


Cumprimentos

Lindo esse esquema do F-5 inspirado pelos P-47 zucas da WWII
«When everything is coming your way... You are in the wrong lane!!!!"
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Vitor Santos

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5511
  • Recebeu: 1132 vez(es)
  • Enviou: 604 vez(es)
  • +383/-136
Re: FAB - Força Aérea Brasileira
« Responder #669 em: Junho 11, 2016, 09:52:31 am »
http://www.aereo.jor.br/2016/06/10/locacao-de-boeing-767-300er-comandante-da-aeronautica-anuncia-assinatura-de-contrato/
Citar
Transporte de longo alcance – O Boeing 767-300ER permitirá à FAB cumprir, com mais eficiência, as diversas atividades determinadas pelo Ministério da Defesa, tais como a troca do contingente militar brasileiro que atua nas missões de paz no Haiti e no Líbano, o eventual transporte de delegações e contingentes militares nos Jogos Olímpicos Rio 2016, resgate de nacionais em áreas de conflito, atividades científicas e humanitárias, além de outras missões que exijam o apoio das Forças Armadas.

“Essa é uma aeronave estratégica para a FAB. Ela vai ampliar a liberdade e a autonomia de transporte intercontinental de pessoal e carga, com menor custo e maior rapidez, de acordo com os interesses da nação brasileira”, afirmou o Brigadeiro Fonseca.

O Boeing 767-300ER tem capacidade para 254 passageiros e 43,8 toneladas de carga (payload). Com custo de manutenção mais baixo que o C -130 Hércules, o 767 pode voar, por exemplo, de Tóquio a Brasília com apenas uma escala.


Cumprimentos
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4138
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 285 vez(es)
  • +638/-715
Re: FAB - Força Aérea Brasileira
« Responder #670 em: Junho 13, 2016, 01:49:39 am »
Arquivo: O dia em que Ayrton Senna voou em um Mirage III da FAB




Ayrton Senna da Silva, o maior piloto de Fórmula 1 de todos os tempos (opinião minha), pôde acelerar muito mais rápido em 1989, quando voou em um Mirage III (F-103D) da Força Aérea Brasileira.
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 2966
  • Recebeu: 1355 vez(es)
  • Enviou: 2837 vez(es)
  • +520/-91
Re: FAB - Força Aérea Brasileira
« Responder #671 em: Junho 17, 2016, 08:03:11 pm »
Brown water air force  :D
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Vitor Santos

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4138
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 285 vez(es)
  • +638/-715
Re: FAB - Força Aérea Brasileira
« Responder #672 em: Junho 22, 2016, 02:05:45 pm »
RA-1 realiza missão de reconhecimento aéreo na fronteira do Brasil com o Paraguai

A operação contou com o apoio da aeronave RA-1 AMX



A Força Aérea Brasileira (FAB) realizou, no último domingo (19/06), missão de Reconhecimento Aéreo em apoio à Marinha do Brasil e ao Exército Brasileiro durante a Operação Ágata 11. A ação foi cumprida pelo Esquadrão Poker (1°/10°), com a aeronave RA-1 “AMX”, na região oeste do Paraná, entre as cidades de Guaíra e Foz do Iguaçu, na divisa com os países do Paraguai e Argentina, uma área de relevância econômica e turística na região sul do País.

O objetivo foi colher dados acerca de locais de difícil acesso terrestre e fluvial, potencialmente utilizados para o contrabando e descaminho de mercadorias, tráfico de drogas e crime organizado. As imagens foram analisadas por técnicos do próprio esquadrão, gerando relatórios que servirão de auxílio para as autoridades de segurança responsáveis pelo combate aos crimes na tríplice fronteira.

“A aeronave RA-1, além de amplo alcance e penetração, possui capacidade de coletar imagens a qualquer hora do dia ou da noite, através de modernos sensores aeroembarcados óticos e infravermelhos”, comentou um dos pilotos envolvidos na operação.

Operação Ágata - A ação da FAB com as demais Forças Armadas e órgãos federais demonstra o uso conjunto das capacidades de cada instituição, principal característica da Ágata 11. Um dos objetivos da operação é intensificar a presença do Estado brasileiro junto à faixa de fronteira, com países sul-americanos, contribuindo para combater ações ilegais, como contrabando, tráfico de drogas, de pessoas, de armas, entre outras. A operação engloba 710 municípios, sendo 122 limítrofes, e envolve mais de 11 mil pessoas.


Fonte: http://www.defesanet.com.br/fab/noticia/22688/RA-1-realiza-missao-de-reconhecimento-aereo-na-fronteira-do-Brasil-com-o-Paraguai/



 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4138
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 285 vez(es)
  • +638/-715
Re: FAB - Força Aérea Brasileira
« Responder #673 em: Junho 22, 2016, 09:17:32 pm »
Exercício reúne mais de 500 militares em Anápolis (GO)



Cerca de 560 militares e aproximadamente 40 aeronaves realizam treinamento conjunto durante o Exercício Sabre, realizado na Base Aérea de Anápolis (BAAN). Esquadrões de caça e reconhecimento atuam dentro de um contexto fictício de conflito entre dois países rivais, para aprimorarem técnicas adotadas pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN).

Em média, são 40 saídas por dia de F-5M, A-1, E-99 e R-99. Até 30 de junho, serão treinadas missões de combate aéreo, controle e alarme em voo, reabastecimento em voo, escolta e defesa antiaérea. Para cumprir toda a missão aérea, é preciso operar em conjunto num contexto denominado pacote, que significa um grande volume de aeronaves envolvidas.

Organizado pela Terceira Força Aérea (III FAE), o cenário de guerra simulada envolve dois países que lutam por uma área de litígio que se encontra sob domínio militar. A força amiga é denominada Blue Force e a de oposição, Red Force, que cria um contexto de ameaça. Depois de esgotadas todas as possibilidades de soluções diplomáticas, é autorizada a intervenção militar do país azul contra o vermelho, com objetivo de obter o controle sobre o território invadido.



FONTE: http://goo.gl/11oCdT
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4138
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 285 vez(es)
  • +638/-715
Re: FAB - Força Aérea Brasileira
« Responder #674 em: Junho 22, 2016, 09:22:06 pm »
Exercício Sabre 2016












 

 

Esquadrão de Demonstração Aérea - Esquadrilha da Fumaça

Iniciado por Vitor Santos

Respostas: 3
Visualizações: 438
Última mensagem Maio 03, 2019, 03:11:50 pm
por Vitor Santos
FAB e Força Aérea Portuguesa com um Caça de 5º Geração

Iniciado por Leonardo Besteiro

Respostas: 28
Visualizações: 12891
Última mensagem Outubro 04, 2015, 11:21:29 pm
por luis simoes
Reunião da Aviação de Caça (Força Aérea Brasileira)

Iniciado por jambock01

Respostas: 3
Visualizações: 2095
Última mensagem Maio 27, 2006, 11:21:18 am
por Cabeça de Martelo
Modernização da Força Aérea Brasileira

Iniciado por silversantis

Respostas: 50
Visualizações: 24301
Última mensagem Junho 22, 2011, 05:40:41 pm
por HSMW