Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa

  • 4850 Respostas
  • 891601 Visualizações
*

Red Baron

  • Especialista
  • ****
  • 962
  • Recebeu: 139 vez(es)
  • Enviou: 142 vez(es)
  • +85/-44
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4770 em: Fevereiro 10, 2020, 08:36:34 pm »
A Espanha depois da Grécia vai se juntar aos projeto PESCO EUROPEAN PATROL CORVETTE (EPC), e nós a dormir.
Todos os nosso países parceiros NATO e com interesse no mediterrâneo vão ter uma Corveta em comum, nós vamos de NPO 2000. ;D


Quanto custaria um brinquedo desses? Não me chocava que ficassem ao mesmo preço, ou até mais caras, que as AH140. :o
Depois haveria o risco de algum génio achar que essas corvetas substituíam as fragatas e não como complemento mais musculado dos NPO.

Mais do que os navios, preço ou a quantidade a adquirir, a grande vantagem é a transferência de tecnologia. Como disse o CEMA, Portugal não tem a capacidade de construir fragatas/corvetas neste momento. E não é pelo aço, mas pela capacidade de integrar sistemas de armas modernos e sensores.

Entrar neste tipo de projectos PESCO era vital para no futuro termos NPO modernos e equipados com sistemas de armas modernos, em vez de traineiras sofisticadas.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: ocastilho

*

ocastilho

  • Membro
  • *
  • 241
  • Recebeu: 109 vez(es)
  • Enviou: 181 vez(es)
  • +133/-3
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4771 em: Fevereiro 10, 2020, 09:02:50 pm »

Mais do que os navios, preço ou a quantidade a adquirir, a grande vantagem é a transferência de tecnologia. Como disse o CEMA, Portugal não tem a capacidade de construir fragatas/corvetas neste momento. E não é pelo aço, mas pela capacidade de integrar sistemas de armas modernos e sensores.

Entrar neste tipo de projectos PESCO era vital para no futuro termos NPO modernos e equipados com sistemas de armas modernos, em vez de traineiras sofisticadas.

E não só, provavelmente, o programa contempla algum co-financiamento comunitário. Não nos esqueçamos que as VdG também foram co-financiadas pela OTAN em 60% se a memoria não me atraiçoa. Provavelmente, estas "corvetas" serão o mais próximo de um navio combatente novo que poderemos ter. Com alguma probabilidade ainda poderiam ter algum reforço "bélico" a nível de sensores e armamento.
"Se servistes à pátria, que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis, ela o que costuma."
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 3253
  • Recebeu: 1577 vez(es)
  • Enviou: 3318 vez(es)
  • +813/-93
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4772 em: Fevereiro 10, 2020, 09:28:40 pm »
Sendo navios modulares, podem ser armados à vontade do freguês. Não vejo porque não poderiam substituir as VdG. Estes navios são, claramente, mais do que NPOs musculados.
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente, ocastilho

*

ocastilho

  • Membro
  • *
  • 241
  • Recebeu: 109 vez(es)
  • Enviou: 181 vez(es)
  • +133/-3
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4773 em: Fevereiro 10, 2020, 09:57:51 pm »
A palavra "patrol" só deve ser usada para não ferir os mais frágeis quanto ao uso dos fundos comunitários para financiar armamento. Mas parece ser mais um exemplo em que vamos ver o comboio partir. 
"Se servistes à pátria, que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis, ela o que costuma."
 

*

Red Baron

  • Especialista
  • ****
  • 962
  • Recebeu: 139 vez(es)
  • Enviou: 142 vez(es)
  • +85/-44
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4774 em: Fevereiro 10, 2020, 10:09:29 pm »
Sendo navios modulares, podem ser armados à vontade do freguês. Não vejo porque não poderiam substituir as VdG. Estes navios são, claramente, mais do que NPOs musculados.
Substituir as VDG nos cenários de baixa intensidade, tudo bem. Mas substituir um lugar de fragata nunca.

As EPC são navios feitos para  cenários de baixa intensidade, sobretudo para serem operados no mediterrâneo. As suas defesas são de curta/media distancia.

Duas EPC para serem operadas dentro da EU e aproveitar o Know-how para melhorar os NPC com armas e sistemas iguais, para mim era o ideal.
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 3253
  • Recebeu: 1577 vez(es)
  • Enviou: 3318 vez(es)
  • +813/-93
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4775 em: Fevereiro 11, 2020, 01:36:16 am »
Pois, mas se lhe meteres um Mk41 de 08 células equipado com 32 ESSM Block 2, 08 SSM e 01 CIWS (RAM, SeaRAM, ou Phalanx) fica igualzinha às nossas fragatas de “alta intensidade”. Certamente até com melhores sensores. Isto não passa de uma resposta dos países do sul ao conceito MEKO A100/A200.
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, tenente, ocastilho

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 5712
  • Recebeu: 2605 vez(es)
  • Enviou: 1040 vez(es)
  • +891/-83
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4776 em: Fevereiro 11, 2020, 06:39:25 am »
Sendo navios modulares, podem ser armados à vontade do freguês. Não vejo porque não poderiam substituir as VdG. Estes navios são, claramente, mais do que NPOs musculados.
Substituir as VDG nos cenários de baixa intensidade, tudo bem. Mas substituir um lugar de fragata nunca.

As EPC são navios feitos para  cenários de baixa intensidade, sobretudo para serem operados no mediterrâneo. As suas defesas são de curta/media distancia.

Duas EPC para serem operadas dentro da EU e aproveitar o Know-how para melhorar os NPC com armas e sistemas iguais, para mim era o ideal.

As possibilidades em termos de armamento/sensores destes EPC's metem as VdG a um canto sem qualquer dúvida, é que nem há comparação possível !!!

Seriam uma aquisição muito boa com uma guarnição de apenas 90 almas, pouco mais que metade de uma VdG, e a possibilidade de embarcar + 30 elementos, é uma classe de navios a ter em conta como substituta das VdG, assim haja vontade e dinheiro para tal !!

Abraços
« Última modificação: Fevereiro 11, 2020, 06:42:29 am por tenente »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 8644
  • Recebeu: 671 vez(es)
  • Enviou: 1131 vez(es)
  • +542/-553
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4777 em: Fevereiro 11, 2020, 08:05:37 am »
Não se preocupem tanto, vocês só arranjam é úlceras
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning, Lusitan

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15539
  • Recebeu: 1195 vez(es)
  • Enviou: 1132 vez(es)
  • +194/-183
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4778 em: Fevereiro 11, 2020, 10:40:35 am »
Posso estar a ver mal, mas para mim esta Corveta está mais para NPO armado do que para uma Corveta/Fragata. O dito projecto está pensado para ter a velocidade máxima de 24 nós, 2x2 misseis anti-navio...

São estes os navios que esta "Corveta" vai substituir:

https://en.wikipedia.org/wiki/Flor%C3%A9al-class_frigate

https://en.wikipedia.org/wiki/Minerva-class_corvette

https://en.wikipedia.org/wiki/Cassiopea-class_patrol_vessel

Eu continuo a ver com melhores olhos uns Babcock/BMT/Thales Arrowhead 140 do que este projecto.
« Última modificação: Fevereiro 11, 2020, 10:55:35 am por Cabeça de Martelo »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, Lightning

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 5712
  • Recebeu: 2605 vez(es)
  • Enviou: 1040 vez(es)
  • +891/-83
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4779 em: Fevereiro 11, 2020, 10:53:58 am »
Posso estar a ver mal, mas para mim esta Corveta está mais para NPO armado do que para uma Corveta/Fragata. O dito projecto está pensado para ter a velocidade máxima de 24 nós, 2x2 misseis anti-navio...

Eu continuo a ver com melhores olhos uns Babcock/BMT/Thales Arrowhead 140 do que este projecto.

Entre os dois navios também prefiro as 140, mas a que eu acho mais adequada para nós é a meko 200.

Abraço
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Cabeça de Martelo

*

LM

  • Especialista
  • ****
  • 1137
  • Recebeu: 208 vez(es)
  • Enviou: 1032 vez(es)
  • +190/-5
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4780 em: Fevereiro 11, 2020, 12:02:37 pm »
A questão não é estes projectos serem bons ou mesmo indicados para nós... é as nossas fragatas actuais (em especial as Meko) já não serem nada indicadas, tudo parece muito melhor.

Eu continuo a pensar que 2 fragatas "decentes" (novas "M" holandesas, as "De Zeven Provinciën" usadas, FREMM usadas, as FDI, as Type 26, etc) + 2 "Bartolomeu Dias" com radar (e mais tarde algo tipo Arrowhead 140) mais que suficiente... se tivermos 2 NPO tipo "River Batch 2", que assegurem as missões de "segurança marítima" na costa africana.

Mas agora tudo era melhor que o beco para que aparentemente nos dirigimos.   


Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3001
  • Recebeu: 1693 vez(es)
  • Enviou: 1102 vez(es)
  • +1141/-172
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4781 em: Fevereiro 11, 2020, 12:34:20 pm »
A Marinha, com ajuda da FAP, estará em testes com o NRP Sines para certificar o convés de voo dos NPO para a aterragem e descolagem de helicópteros.

Desconheço para já se estará a ser utilizado para esse efeito o Koala, eventualmente o Alouette III ou o único Super Lynx disponível.
« Última modificação: Fevereiro 11, 2020, 12:37:59 pm por Charlie Jaguar »
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, Cabeça de Martelo, PereiraMarques, Lightning, Red Baron

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15539
  • Recebeu: 1195 vez(es)
  • Enviou: 1132 vez(es)
  • +194/-183
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4782 em: Fevereiro 11, 2020, 12:49:06 pm »
A Marinha, com ajuda da FAP, estará em testes com o NRP Sines para certificar o convés de voo dos NPO para a aterragem e descolagem de helicópteros.

Desconheço para já se estará a ser utilizado para esse efeito o Koala, eventualmente o Alouette III ou o único Super Lynx disponível.

Será que escolheram o dito navio, porque o mesmo é comandando pela Capitão-Tenente Mónica Martins (primeira Piloto Aviador naval)?

7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 8082
  • Recebeu: 869 vez(es)
  • Enviou: 988 vez(es)
  • +121/-43
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4783 em: Fevereiro 11, 2020, 03:27:35 pm »
Boa. Algum movimento no sentido correcto. Concordo com o facto da actual comandante de navio ter sido piloto de Lynx, deve ter pensado:

"Tenho aqui um navio que tem uma cerca capacidade (heliporto), e essa não está a ser explorada ao máximo, bora puxar por isto!"

Também acredito que como foi formada na FAP, conheça "uma ou duas pessoas", por vezes é preciso falar com as pessoas certas para fazer as coisas andarem.

PS: Em relação aos helis acredito que seja o Lynx, ou o Koala, o Alouette para mim não faz sentido, ainda voa algum?
« Última modificação: Fevereiro 11, 2020, 03:30:14 pm por Lightning »
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 2633
  • Recebeu: 563 vez(es)
  • Enviou: 119 vez(es)
  • +118/-45
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4784 em: Fevereiro 11, 2020, 04:26:58 pm »
Pessoalmente acho que, para viabilizar (em termos militares) as EPC, teriam que se adquirir 4 para substituir as 3 VdG e depois substituir as BD por 2 DZP, ou, melhor ainda, optar por duas Corvetas destas, e depois comprar as 4 DZP à medida que forem retiradas da Holanda.

Agora todas estas contas são bonitas, até ao ponto que venham a desvendar o preço como algo a rondar os 500 milhões a unidade, e nesse caso, é para esquecer. Agora se estes navios não passarem dos 250 milhões... consideraria uma hipótese viável, especialmente se financiadas de alguma forma pela UE. Mais perto de 2030 já teriam as DZP gradualmente disponíveis para substituir as restantes fragatas.
 

 

Passos quer Marinha com nova "abertura ao mar"

Iniciado por zawevo

Respostas: 4
Visualizações: 3918
Última mensagem Maio 15, 2012, 09:42:43 am
por P44
Marinha entrega pela primeira vez comando de navio a mulher

Iniciado por Marauder

Respostas: 38
Visualizações: 12695
Última mensagem Maio 18, 2006, 09:03:15 am
por Pedro Monteiro
Fragatas e Corvetas Portuguesas a vela da Marinha 1815/1860

Iniciado por mkorobok

Respostas: 9
Visualizações: 4093
Última mensagem Julho 12, 2011, 12:13:30 pm
por mkorobok
Fará sentido comprar mais EH-101 para a marinha?

Iniciado por papatango

Respostas: 28
Visualizações: 10771
Última mensagem Setembro 12, 2005, 05:04:26 pm
por Rui Elias
Novo artigo sobre a Esquadrilha de Helicópteros da Marinha

Iniciado por Pedro Monteiro

Respostas: 0
Visualizações: 2114
Última mensagem Maio 06, 2009, 09:03:24 pm
por Pedro Monteiro