Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa

  • 4807 Respostas
  • 883414 Visualizações
*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 2045
  • Recebeu: 463 vez(es)
  • Enviou: 91 vez(es)
  • +94/-26
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4755 em: Janeiro 27, 2020, 10:50:53 pm »
A ver vamos se vai ser aprovada a verba. Quando for é caso para dizer: Aleluia! Então é bem possível que o Setúbal saia do estaleiro em Fevereiro já com a arma colocada.  :G-beer2:
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 5244
  • Recebeu: 2413 vez(es)
  • Enviou: 919 vez(es)
  • +667/-76
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4756 em: Janeiro 28, 2020, 06:13:01 am »
A ver vamos se vai ser aprovada a verba. Quando for é caso para dizer: Aleluia! Então é bem possível que o Setúbal saia do estaleiro em Fevereiro já com a arma colocada.  :G-beer2:

Estou como tú, dc, estou como tú, á espera para ver o que vai acontecer até o NPO sair da docagem de garantia !!

Abraços
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 5244
  • Recebeu: 2413 vez(es)
  • Enviou: 919 vez(es)
  • +667/-76
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4757 em: Janeiro 28, 2020, 06:15:50 am »
Bangladesh’s CCDL invites EoIs for joint production of six OPVs

Gabriel Dominguez, London - Jane's Defence Weekly

26 January 2020

The Bangladesh Navy (BN)-owned Chittagong Dry Dock Limited (CCDL) has invited expressions of interest (EoIs) by 29 February from foreign shipbuilders for the joint production of six offshore patrol vessels (OPVs) for the BN.

In a statement issued on 16 January by CCDL pointed out that each of the OPVs must be at least 85 m long, have an overall beam of about 14 m, a hull draught of no more than 4 m, and a full-load displacement of about 2,000 tonnes.

Each of the vessels will be required to feature a landing deck to embark a helicopter weighing up to 11 tonnes and of carrying two “mission-oriented containers”.

http://www.thefifthcolumn.xyz/Forum/viewthread.php?tid=53&page=5

Abraços
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 5244
  • Recebeu: 2413 vez(es)
  • Enviou: 919 vez(es)
  • +667/-76
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4758 em: Janeiro 28, 2020, 08:27:39 am »
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 8370
  • Recebeu: 587 vez(es)
  • Enviou: 956 vez(es)
  • +349/-301
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4759 em: Janeiro 28, 2020, 10:10:46 am »
https://twitter.com/Defence360/status/1221911394347556871
A contract recently signed with Leonardo for two 30mm MARLIN WS weapon systems and two Medusa Mk4/B fire control systems for Portuguese NRP Sines and NRP Setúbal OPVs is pending approval by the Portuguese Court of Audit

Agora é rezar para que o Ronaldo das Finanaças ande bem disposto
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7889
  • Recebeu: 809 vez(es)
  • Enviou: 922 vez(es)
  • +114/-40
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4760 em: Janeiro 30, 2020, 12:42:34 am »
Vim para aqui, para não continuar o off-topic no tópico do Reabastecedor, mas também em jeito de desabafo.

Parece-me que várias capacidades podiam ser exercitadas entre os EH101 e os NPO, que na zona dos Açores seriam importantes, mas parece que a única coisa que treinam em conjunto é SAR, retirar alguém do navio.

Como alguém disse, "amadores discutem estratégia, profissionais discutem logística".

Pars mim isso é, movimentar algo do ponto A, onde o material está, para o ponto B, onde é preciso, em cenários de catástrofe isso importa, e vimos isso agora no socorro à ilha das Flores, se na movimentação aérea, temos o C130, sem discussão get the job done, na parte marítima estamos pior, os Fuzileiros é que deviam fazer a transição do mar para terra e estão limitados pelo que podem transportar nos seus zebros, não há lanchas de desembarque, nem navio que as transporte, além disso também se podia pensar em operações conjuntas com o que se tem hoje, meio aéreo, meio naval, de modo a tirar o melhor de ambos.

Já se sabe que os pilotos da FAP não são treinados a aterrar em navios, nem os NPO têm capacidade de receber tal aparelho, mas existem outras possibilidades conjuntas que podiam ser treinadas, será que são?

VERTREP

HIFR (poderia ser usado para aumentar o alcance do EH101 no SAR, mas o NPO também teria que estar no sitio certo)
« Última modificação: Janeiro 30, 2020, 12:48:08 am por Lightning »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar, MATRA

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5740
  • Recebeu: 1215 vez(es)
  • Enviou: 610 vez(es)
  • +408/-139
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4761 em: Janeiro 30, 2020, 09:30:14 pm »
https://twitter.com/Defence360/status/1221911394347556871
A contract recently signed with Leonardo for two 30mm MARLIN WS weapon systems and two Medusa Mk4/B fire control systems for Portuguese NRP Sines and NRP Setúbal OPVs is pending approval by the Portuguese Court of Audit

Algo me diz que só para o ano...  :bang: :bang:



Não dá para arranjar umas torres das Chaimites ou é muita potência?  :mrgreen:



Só para descontrair.  c56x1

Saudações  :mrgreen:
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Red Baron

  • Analista
  • ***
  • 646
  • Recebeu: 109 vez(es)
  • Enviou: 126 vez(es)
  • +82/-26
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4762 em: Fevereiro 09, 2020, 06:29:35 pm »
A Espanha depois da Grécia vai se juntar aos projeto PESCO EUROPEAN PATROL CORVETTE (EPC), e nós a dormir.
Todos os nosso países parceiros NATO e com interesse no mediterrâneo vão ter uma Corveta em comum, nós vamos de NPO 2000. ;D
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 5244
  • Recebeu: 2413 vez(es)
  • Enviou: 919 vez(es)
  • +667/-76
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4763 em: Fevereiro 09, 2020, 08:17:41 pm »
A Espanha depois da Grécia vai se juntar aos projeto PESCO EUROPEAN PATROL CORVETTE (EPC), e nós a dormir.
Todos os nosso países parceiros NATO e com interesse no mediterrâneo vão ter uma Corveta em comum, nós vamos de NPO 2000. ;D


então mas agora as corvetas já fazem falta, já são navios capazes sem limitações de maior ????
Não entendo pois há alguns foristas que apontam o dedo ás limitações de corvetas pela construção, capacidade de absorver danos, etc, etc e agora já nos davam jeito ???
Continuo a afirmar que os NPO's poderiam e deviam ser equipados/armados e construidos de modo a se poderem transformar em fragatas ligeiras, bem superiores ás nossas fragatas pequenas, AKA actuais corvetas  ainda existentes, além de que os NPO's tem capacidade/espaço para embarcar um heli coisa que as nossas velhinhas corvetas nunca puderam.

https://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=12482.0

Abraços 
« Última modificação: Fevereiro 09, 2020, 08:24:42 pm por tenente »
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 5244
  • Recebeu: 2413 vez(es)
  • Enviou: 919 vez(es)
  • +667/-76
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4764 em: Fevereiro 09, 2020, 08:21:38 pm »
Antes de mais comecem pelo básico:
uma corveta exigiria maior velocidade, (na ordem dos 30 nós) digo eu.........,
maior velocidade= motores mais potentes.
motores mais potentes = motores maiores!
motores maiores = navio maior ou um arranjo interior diferente.

por outro lado  uma corveta tem mais sistemas que implica a necessidade   de mais potencia instalada.
Enfim.......
O projeto teria  que ser refeito  de início.

Relativamente ao tamanho dos motores talvez se pudesse dar a volta à questão instalando uma pequena turbina de gás que não ocuparia muito espaço. No entanto aumentar a velocidade implica muitas outras modificações a nível do desenho do casco e da sua estabilidade, penso eu.

Agora relativamente ao programa em si, eu ficaria ja extremamente agradado se finalmente a produção entrasse em velocidade cruzeiro. A marinha não precisa de apenas 2 ou 4 NPOs, a marinha precisa sim de 8 ou 10, e precisa deles para ontem. Não para daqui a 30 anos como acontecera se isto continuar a este ritmo de 2 por década.

Edu, convence-te de uma coisa a Marinha nunca vai ter 08 ou 10 NPO's se conseguirem seis unidades, seria muitíssimo bom.
Penso que estes dois agora em construção serão os últimos VdC a serem construídos, e a ficarem quatro unidades no activo.

O futuro próximo nos dirá como a Armada ficará em termos de Navios mas não errarei muito se ficar com 04 fragatas, 04 NPO's, 04 LFC, os 02 Tridentes, umas 08 lanchas de 90/100 Tons, um muito necessário menos velho Abastecedor de frota, e se formos campeões do Mundo de futebol talvez consigamos mendigar um NPL. :G-beer2: :G-beer2: :G-beer2:

È com base nestas minhas conclusões, e, a não estarem muito erradas, que iniciei este post sobre a possível Classe de Corvetas para a Armada, aproveitando a excelente plataforma dos VdC, porque MdG, não possuirá durante muito mais anos cinco Fragatas no seu inventário, já por si poucas quanto a mim, e, á falta delas, a MdG possa adquirir um meio de combate de superfície que :
- Irá complementar as Fragatas existentes;
- Esse novo Navio seja um projecto Português, com um periodo de construção bem menor, que uma Fragata;
- POSSA/DEVA ser construído em Estaleiro  Português;
- E permita executar as missões de baixa intensidade, missões essas que actualmente deverão/poderão ser desempenhadas pelas VdG, com os elevados custos inerentes de operação que todos bem conhecemos, custos esses muito superiores ao emprego de uma das ditas Corvetas.

Quanto ás alterações no desenho da NPO e sua adaptação á possível classe de Corveta, penso que se forem muito dispendiosos claro que nunca serão aprovados/adquiridos pela nossa Marinha, e lá continuaremos como até aqui com as calças seguras por uma mão e a outra estendida a pedir.
Na minha opinião este hipótese, a ser considerada por um estaleiro digno do Nome, poderia valer algumas vendas a Marinhas por aí além, digo eu na minha Santa Ignorância.

Agradeço as vossas opiniões e pontos de vista.

Abraços
« Última modificação: Fevereiro 09, 2020, 08:22:56 pm por tenente »
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 3118
  • Recebeu: 1486 vez(es)
  • Enviou: 3156 vez(es)
  • +607/-92
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4765 em: Fevereiro 09, 2020, 09:31:29 pm »
Estas “corvetas” tal como as brasileiras deslocam mais de 3.000 toneladas, ou seja, o mesmo que as nossas fragatas.
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 8370
  • Recebeu: 587 vez(es)
  • Enviou: 956 vez(es)
  • +349/-301
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4766 em: Fevereiro 10, 2020, 10:05:09 am »
https://twitter.com/Defence360/status/1221911394347556871
A contract recently signed with Leonardo for two 30mm MARLIN WS weapon systems and two Medusa Mk4/B fire control systems for Portuguese NRP Sines and NRP Setúbal OPVs is pending approval by the Portuguese Court of Audit

Algo me diz que só para o ano...  :bang: :bang:



Não dá para arranjar umas torres das Chaimites ou é muita potência?  :mrgreen:



Só para descontrair.  c56x1

Saudações  :mrgreen:

Olha o gajo antes de ir ver o CSI MIAMI
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 5244
  • Recebeu: 2413 vez(es)
  • Enviou: 919 vez(es)
  • +667/-76
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4767 em: Fevereiro 10, 2020, 10:31:35 am »
Estas “corvetas” tal como as brasileiras deslocam mais de 3.000 toneladas, ou seja, o mesmo que as nossas fragatas.

Claro que sim, e seria uma maravilha tê-las ao serviço, mas nós até as temos na Marinha, com 1350 Tons, com quarenta e picos anos de serviço, e conseguem aguentar as borrascas do atlantico.
Se os nossos NPO's fossem melhorados/modificados, com o aumento de tonelagem, ficariam com cerca de 2000 ton, e de certeza que aguentariam muito melhor que as nossas corvetas o mesmo Oceano.






Abraços
« Última modificação: Fevereiro 10, 2020, 10:50:43 am por tenente »
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5740
  • Recebeu: 1215 vez(es)
  • Enviou: 610 vez(es)
  • +408/-139
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4768 em: Fevereiro 10, 2020, 11:31:19 am »
No passado as nossas corvetas não foram modernizadas por faltas de verba...   ::) ::)

Citar
• Na década de 80, foram propostos algumas vezes planos para modernizar a classe, que previa inclusivamente dotar os navios de mísseis anti-navio EXOCET e mísseis anti-aéreos ASPIDE, mas nunca tal desiderato foi concretizado devido a falta de verbas, não obstante o navio disponha desde construção, espaço para paiós para tal armamento, sendo utilizado como acomodações adicionais para Fuzileiros.

https://barcoavista.blogspot.com/2009/11/corvetas-da-classe-baptista-de-andrade.html


Citar
Plano de modernização que previa a instalação de mísseis anti-navio EXOCET, mísseis anti-aéreos ASPIDE num lançador óctuplo ALBATROS e morteiro ASW de 375mm BOFORS.

Aliás, quase foram vendidas para permitir a construção de novas fragatas...  ;) ;)

Citar
• Em 1976 durante o PREC, planeou-se vender toda a classe à Colômbia, com o desiderato de financiar a construção de novas fragatas, mas o negócio não se concretizou por pressões exercidas pela NATO.

Passaram assim a Patrulhas Oceânicos.  ::)  ::)



https://barcoavista.blogspot.com/2009/11/corvetas-da-classe-baptista-de-andrade.html

Saudações



"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 2045
  • Recebeu: 463 vez(es)
  • Enviou: 91 vez(es)
  • +94/-26
Re: Projecto NPO 2000 da Marinha Portuguesa
« Responder #4769 em: Fevereiro 10, 2020, 03:53:45 pm »
A Espanha depois da Grécia vai se juntar aos projeto PESCO EUROPEAN PATROL CORVETTE (EPC), e nós a dormir.
Todos os nosso países parceiros NATO e com interesse no mediterrâneo vão ter uma Corveta em comum, nós vamos de NPO 2000. ;D


Quanto custaria um brinquedo desses? Não me chocava que ficassem ao mesmo preço, ou até mais caras, que as AH140. :o
Depois haveria o risco de algum génio achar que essas corvetas substituíam as fragatas e não como complemento mais musculado dos NPO.
 

 

Passos quer Marinha com nova "abertura ao mar"

Iniciado por zawevo

Respostas: 4
Visualizações: 3812
Última mensagem Maio 15, 2012, 09:42:43 am
por P44
Marinha entrega pela primeira vez comando de navio a mulher

Iniciado por Marauder

Respostas: 38
Visualizações: 12541
Última mensagem Maio 18, 2006, 09:03:15 am
por Pedro Monteiro
Fragatas e Corvetas Portuguesas a vela da Marinha 1815/1860

Iniciado por mkorobok

Respostas: 9
Visualizações: 4002
Última mensagem Julho 12, 2011, 12:13:30 pm
por mkorobok
Fará sentido comprar mais EH-101 para a marinha?

Iniciado por papatango

Respostas: 28
Visualizações: 10623
Última mensagem Setembro 12, 2005, 05:04:26 pm
por Rui Elias
Novo artigo sobre a Esquadrilha de Helicópteros da Marinha

Iniciado por Pedro Monteiro

Respostas: 0
Visualizações: 2041
Última mensagem Maio 06, 2009, 09:03:24 pm
por Pedro Monteiro