Votação

Desde que momento Portugal está a dormir ?

Desde a morte de D. Sebastião.
4 (18.2%)
Desde do início do fim do império português no índico.
3 (13.6%)
Desde a união de Portugal e Castela.
2 (9.1%)
Desde a guerra da Laranjas e roubo de Olivença.
4 (18.2%)
Outra Causa
9 (40.9%)

Votos totais: 21

Votação encerrada: Junho 30, 2006, 05:25:17 pm

Portugal a dormir desde décadas ?

  • 18 Respostas
  • 6755 Visualizações
*

Doctor Z

  • Analista
  • ***
  • 825
  • +1/-0
    • http://www.oliven
Portugal a dormir desde décadas ?
« em: Junho 30, 2006, 05:25:17 pm »
Boas,

Abri este tópico esperando que o assunto não tenho sido tratado (apesar
de saber que é tratado parcialmente, por vezes, noutros assuntos).

Desde há muitos anos, Portugal está a dormir, como que se estivesse num
estado de "resaca" (querem desculpar-me por a palavra, mas não encontrei
outra que pudesse traduzir o meu pensamento). Antes de mais nada,
seria bom a gente saber desde quando é que Portugal está neste sono
esquesito ...

Por isso, a que votar !

Aguardo uma ampla participação neste tópico, porque penso que seja um
assunto interessante e importante para nós todos e para o futuro de
Portugal no mundo !

Obrigado.
Blog Olivença é Portugal
"Se és Alentejano, Deus te abençoe...se não
és, Deus te perdoe" (Frase escrita num azulejo
patente ao público no museu do castelo de
Olivença).

:XpõFERENS./
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7626
  • Recebeu: 575 vez(es)
  • Enviou: 191 vez(es)
  • +231/-509
(sem assunto)
« Responder #1 em: Junho 30, 2006, 08:06:29 pm »
Falta a opção "outra causa".

Para mim são as ideologias internacionalistas e as irmandades de negócios, também internacionalistas que dominam a Pátria e que lentamente (?) destroem a sua memória.
No fundo, Portugal é uma terra de ninguém mais refinada, com tradições antigas e com vinhos de qualidade mas no fundo, sem rumo e sem líderes próprios, realmente portugueses.
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 1820
  • Recebeu: 243 vez(es)
  • Enviou: 451 vez(es)
  • +13/-1
(sem assunto)
« Responder #2 em: Junho 30, 2006, 11:10:22 pm »
Eu muito simplesmente gostaria de saber o que nos dias de hoje é ser português.
É que império já não temos. A língua também não, pois já está aos anos a ser roubada pelos brazukas (uma pessoa já nem pode escrever em pt-PT na internet que vêm logo alguém alterar para pt-BR. É só verem o caso da Wikipédia.).

Deve ser só mesmo sofrer e pagar impostos para isto não ir a lado nenhum.

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 

*

Doctor Z

  • Analista
  • ***
  • 825
  • +1/-0
    • http://www.oliven
(sem assunto)
« Responder #3 em: Julho 03, 2006, 10:18:11 am »
Citação de: "Luso"
Falta a opção "outra causa".

Para mim são as ideologias internacionalistas e as irmandades de negócios, também internacionalistas que dominam a Pátria e que lentamente (?) destroem a sua memória.
No fundo, Portugal é uma terra de ninguém mais refinada, com tradições antigas e com vinhos de qualidade mas no fundo, sem rumo e sem líderes próprios, realmente portugueses.


Quando criei este tópico, tive problemas de internet e a última escolha era
"outra causa". Infelizmente, agora já não dá para alterar e se um
moderador podesse fazê-lo, agradecia !

Penso que desde que entramos na UE, isso foi piorando ... Tenho a
sensação que dizem a Portugal : pega estes euros, faz o que te
mandamos e cala-te ...

Se calhar é mesmo isso que nos está a acontecer ... ?

Uns vendem Portugal, outros estão-se nas tintas para o país e o povo (ou
parte dele), continua a acreditar ...

Pelo o menos eu acredito e se vim para Portugal é porque penso que o país
vais melhorar pouco a pouco ...

A esperança é a última a morrer ...
Blog Olivença é Portugal
"Se és Alentejano, Deus te abençoe...se não
és, Deus te perdoe" (Frase escrita num azulejo
patente ao público no museu do castelo de
Olivença).

:XpõFERENS./
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7626
  • Recebeu: 575 vez(es)
  • Enviou: 191 vez(es)
  • +231/-509
(sem assunto)
« Responder #4 em: Julho 03, 2006, 11:17:47 pm »
http://novafrente.blogspot.com/

Citar
PENSÕES DE DUAS ESTRELAS
Bem vista a coisa, com certo distanciamento (para evitar contágios), as pensões antifascistas merecem aplauso. Em 1974, conquistámos a liberdade ao fim de 834 anos de opressão monarquista absolutista miguelista fascista salazarista pidista. Somos uns felizardos por termos nascido no momento mesmo em que a Pátria se desagrilhoou. Ora tal estado de graça deve-se aos heróis de Abril. É dar-lhes pensões. Mais: residenciais hospedarias albergarias hotéis estalagens e bilhetes para o Portugal-Inglaterra de sábado e senhas de restaurante.
A Democracia — que veio da Grécia e de Roma, que conheceu Cromwell em Inglaterra, viajou até à américa, atravessou as fronteiras da revolução francesa, e nadou de bruços pelo Cantábrico em direcção à Península Ibérica — aterrou de pára-quedas no Largo do Carmo. Quem a trouxe? Foram eles, os pensionistas. E ficaram alguns com os direitos de representação para Portugal. Ao menos por 30 anos. Uma pipa de massa em royalties, mas negócio seguro e rendoso. São todos heróis capitães valentes resistentes combatentes bravos lutadores. Quando mobilizados para África, ou desertaram com valentia, ou ficaram a coçar o heroísmo debaixo das Berliet.
Deram-nos um país novo, um Portugal-sempre-em-flor, um país de cravo na lapela, sobre o qual pairam tremebundas duas ameaças somente: o défice público e o Mário Machado. Fora estas duas moléstias, tudo é celestial e divino.
Aplaudo, pois. Foram os heróis de Abril que, sempre na vanguarda da Europa, criaram sem tabus nem falsos moralismos o primeiro regime homossexual do Ocidente. Impuseram a homossexualidade na vida pública portuguesa. Pela primeira vez, os homens esqueceram as mulheres (o leitor comuna aqui deve ler: «as companheiras») e passaram a adorar outros homens, a aclamar outros homens, a vitoriar outros homens, a masturbarem-se com outros homens. Viviam-se uns nos outros deslembrando as mulheres. Nem o Ruben A. nem o O'Neill imaginavam que se chegasse a estes pontos!...
Escorraçada a ideia de um rei um chefe um caudilho, os homens reviram-se em mil e um salvadores da pátria, por quem todos se apaixonaram à uma. O Spínola é o único que vai ter mão nisto. O Spínola? Que disparate! O Costa Gomes é que vai aguentar a barcaça... E o Otelo? E o Vasco Gonçalves? E o Eanes? E o Soares? E o Cunhal? E o Sá Carneiro?
O verdadeiro democrata, o abrilista típico, todas as noites ao deitar pensava no Cunhal, no Soares, no Gonçalves, no Costa Gomes, pensava neles ali na cama, ao lado da mulher, dava voltas nos lençóis a pensar neles, sonhava com eles, trazia em autocolantes outros homens ao peito. Uma paneleiragem total. Um novo modelo, sem preconceitos ou estigmas.
Isto tudo devemos aos pensionistas — após uma existência apagada de oito séculos e mais de meio. Eles que, exemplarmente, muito cultos muito civilizados muito livres, andavam sempre nos comícios de mão fechada. Só lhes faltavam o garrote e a seringa para estarem como o país — em veias de desenvolvimento. E a tudo isto o povo deu palmas, muitas palmas, muita liberdade e alegria e o bacalhau a pataco e poder mandar à merda de boca aberta o Cunhal o Soares o Eanes o chefe da polícia e a puta que os pariu. Isto, sim, é a democracia. A liberdade. A civilização. E qual o custo? Fica-nos a coisa em 600 euros mensais por cabeça de herói em regime de pensionato. Uma bagatela. Sem massacre.
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Azraael

  • Perito
  • **
  • 413
  • +0/-0
    • http://www.bgoncalves.com
(sem assunto)
« Responder #5 em: Julho 03, 2006, 11:27:39 pm »
Citação de: "Luso"
São todos heróis capitães valentes resistentes combatentes bravos lutadores. Quando mobilizados para África, ou desertaram com valentia, ou ficaram a coçar o heroísmo debaixo das Berliet.
E fizeram eles muito bem...
Citação de: "Luso"
Isto, sim, é a democracia. A liberdade. A civilização. E qual o custo? Fica-nos a coisa em 600 euros mensais por cabeça de herói em regime de pensionato. Uma bagatela. Sem massacre.

La nisso tou obrigado a dar-lhe razao... 600 euros por mes vezes meia duzia de tipos e' uma bagatela! (E sem massacre!)
 

*

TOMKAT

  • Especialista
  • ****
  • 1173
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #6 em: Julho 03, 2006, 11:40:50 pm »
Portugal,... melhor dizendo os portugueses andam a dormir desde...
bom, vão dormindo e acordando ao sabor das necessidades.

Apreciadores duma boa "siesta" e do "dolce fare niente", seguidores da velha máxima..."não faças hoje o que puderes fazer manhã", só acordam de facto, quando algo ou alguém os retira da dormência e do turpor, abrindo os olhos ao mundo que os rodeia, procurando sofregamente o habitual messias, reflexo da imagem de um lider forte e dominante.

E acordando embevecidos por esse milagreiro que os retira do limbo, motivados pelas suas palavras de incentivo, conseguem coisas extraordinárias, inpensáveis em seres tão passivos e com tão pouca autoestima.

A nossa história regista e glorifica os momentos do despertar.

Os portugueses são o reflexo dos seus lideres.

Havemos de despertar um dia destes... :roll:
IMPROVISAR, LUSITANA PAIXÃO.....
ALEA JACTA EST.....
«O meu ideal político é a democracia, para que cada homem seja respeitado como indivíduo e nenhum venerado»... Albert Einstein
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7626
  • Recebeu: 575 vez(es)
  • Enviou: 191 vez(es)
  • +231/-509
(sem assunto)
« Responder #7 em: Julho 03, 2006, 11:55:11 pm »
Citar
Portugal,... melhor dizendo os portugueses andam a dormir desde...
bom, vão dormindo e acordando ao sabor das necessidades.


Tomkat, apesar de ver a elegância do seu raciocínio pergunto-lhe se essa visão não corresponderá a uma ideia que se foi incutindo na mente dos Portugueses ao longo dos últimos cento e tal anos, como à procura de uma desculpa determinista e agora "genética" para as nossas alegada sonolência, e que liberta as consciências pesadas dos incapazes que detêm o poder (e que podem encomendar estas desculpas).

Depois também começo a ser cínico: para ser "progressista" como alguns mais vale estar quieto e a dormir, pese embora o que se pode perder ao estar desperto.
« Última modificação: Julho 04, 2006, 10:57:55 am por Luso »
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Doctor Z

  • Analista
  • ***
  • 825
  • +1/-0
    • http://www.oliven
(sem assunto)
« Responder #8 em: Julho 04, 2006, 10:16:48 am »
Para onde foi a garra que tinham os nossos egrégios avôs ?
Blog Olivença é Portugal
"Se és Alentejano, Deus te abençoe...se não
és, Deus te perdoe" (Frase escrita num azulejo
patente ao público no museu do castelo de
Olivença).

:XpõFERENS./
 

*

MERLIN

  • Membro
  • *
  • 254
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #9 em: Julho 04, 2006, 11:39:52 am »
Para o credito à habitação, para o credito do caroo e... para os estadios de futebol!!! :twisted:
"Se serviste a patria e ela te foi ingrata, tu fizestes o que devias, ela o que costuma"
Padrea Antonio Vieira
 

*

Doctor Z

  • Analista
  • ***
  • 825
  • +1/-0
    • http://www.oliven
(sem assunto)
« Responder #10 em: Julho 04, 2006, 03:36:07 pm »
Citação de: "MERLIN"
Para o credito à habitação, para o credito do caroo e... para os estadios de futebol!!! :twisted:


Então, estamos tramados ...
Blog Olivença é Portugal
"Se és Alentejano, Deus te abençoe...se não
és, Deus te perdoe" (Frase escrita num azulejo
patente ao público no museu do castelo de
Olivença).

:XpõFERENS./
 

*

TOMKAT

  • Especialista
  • ****
  • 1173
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #11 em: Julho 05, 2006, 12:11:28 am »
Citação de: "Luso"
Tomkat, apesar de ver a elegância do seu raciocínio pergunto-lhe se essa visão não corresponderá a uma ideia que se foi incutindo na mente dos Portugueses ao longo dos últimos cento e tal anos, como à procura de uma desculpa determinista e agora "genética" para as nossas alegada sonolência, e que liberta as consciências pesadas dos incapazes que detêm o poder (e que podem encomendar estas desculpas).

Não creio que os problemas de identidade ou de autoestima sejam um exclusivo da república. Tem que se ir um pouco mais fundo. Quando acabou a fase expansionista portuguesa, começou a nossa fase comodista, do viver à sombra dos louros.
Deve estar na nossa "massa" genética o facto de necessitarmos de objecivos ambiciosos e de líderes empreendedores para nos sentirmos motivados.

Citação de: "Luso"
Depois também começo a ser cínico: para ser "progressista" como alguns mais vale estar quieto e a dormir, pese embora o que se pode perder ao estar desperto.


Pois, a genética a funcionar... :wink:
IMPROVISAR, LUSITANA PAIXÃO.....
ALEA JACTA EST.....
«O meu ideal político é a democracia, para que cada homem seja respeitado como indivíduo e nenhum venerado»... Albert Einstein
 

*

Doctor Z

  • Analista
  • ***
  • 825
  • +1/-0
    • http://www.oliven
(sem assunto)
« Responder #12 em: Julho 05, 2006, 10:45:28 am »
Por a minha, não têm nada a ver com o genes : todos os seres humanos
são iguais, são as sociedades que fazem deles o que são ...

O povo têm que acordar para fazer reagir o governo.
Blog Olivença é Portugal
"Se és Alentejano, Deus te abençoe...se não
és, Deus te perdoe" (Frase escrita num azulejo
patente ao público no museu do castelo de
Olivença).

:XpõFERENS./
 

*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1696
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #13 em: Julho 31, 2006, 04:41:22 pm »
Eu votei em "outra causa" já que para mim, Portugal começou a dormir desde as invasões francesas, e ao que se seguiu com a cobarde fuga da corte para o Brasil e a entrega da metrópole ao ingleses, tornando Portugal um protectorado inglês, e aos anos que se seguiram com as patéticas tentativas de restauração absolutista, a guerra civil e depois uma inacreditável monarquia cartista que afundou Portugal num sono profundo após o estabelecimento do chamado rotativismo.

Mais recentemente Portugal entrou no seu terceiro sono com uma juventude que troca as causas e a ideias por uma ida ao centro comercial mais próximo, onde se pode masturbar à frente de uma loja da Cortefiel ou da ZARA.
 

*

Doctor Z

  • Analista
  • ***
  • 825
  • +1/-0
    • http://www.oliven
(sem assunto)
« Responder #14 em: Julho 31, 2006, 05:19:18 pm »
Citação de: "Rui Elias"
Eu votei em "outra causa" já que para mim, Portugal começou a dormir desde as invasões francesas, e ao que se seguiu com a cobarde fuga da corte para o Brasil e a entrega da metrópole ao ingleses, tornando Portugal um protectorado inglês, e aos anos que se seguiram com as patéticas tentativas de restauração absolutista, a guerra civil e depois uma inacreditável monarquia cartista que afundou Portugal num sono profundo após o estabelecimento do chamado rotativismo.

Mais recentemente Portugal entrou no seu terceiro sono com uma juventude que troca as causas e a ideias por uma ida ao centro comercial mais próximo, onde se pode masturbar à frente de uma loja da Cortefiel ou da ZARA.
`

Tal como tu, dá-me a sensação que o povo português é só mostrar e mais
nada ... 50 milhões de percings em cada orelha, ter roupas de marca,
curtir os shoppings e as esplanadas e mais nada ... Dá-me a sensação
que os espírito do povo português está-se apagar cada vez mais e que
desta vez, nunca mais iremos acordar ...

Só de pensar que Fernando Pessoa disse que o Vº império havia de ser
português, não vejo jeitos ...

Onde estarão os genes dos nossos egrégios avôs ? Será que os nossos
avôs sofreram tanto para nós estarmos agora aqui a dormir ?

Será que conquistamos muitas terras em todo o mundo para agora no
século XXI tornarmos-nós um dependência, seja de quem for ?
Blog Olivença é Portugal
"Se és Alentejano, Deus te abençoe...se não
és, Deus te perdoe" (Frase escrita num azulejo
patente ao público no museu do castelo de
Olivença).

:XpõFERENS./
 

 

Terroristas galegos estão activos no Norte de Portugal

Iniciado por Cabeça de Martelo

Respostas: 0
Visualizações: 2668
Última mensagem Abril 12, 2007, 11:30:49 am
por Cabeça de Martelo
O que faria em caso de ataque terrorista contra Portugal?

Iniciado por Miguel

Respostas: 42
Visualizações: 12047
Última mensagem Março 01, 2008, 08:42:43 am
por Daniel
A recurrência da perfia de Castela contra Portugal

Iniciado por dremanu

Respostas: 1
Visualizações: 2181
Última mensagem Março 02, 2004, 10:40:11 pm
por fgomes
Manifesto por um Portugal Livre e Independente

Iniciado por dremanu

Respostas: 14
Visualizações: 4494
Última mensagem Março 04, 2004, 03:49:14 am
por emarques
EUA pedem a Portugal que GNR fique no Iraque

Iniciado por Ricardo Nunes

Respostas: 5
Visualizações: 2156
Última mensagem Janeiro 15, 2005, 08:29:29 pm
por Lynx