Programa de Desenvolvimento de Submarinos (SSK/SSN) - PROSUB

  • 69 Respostas
  • 3014 Visualizações
*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4132
  • Recebeu: 338 vez(es)
  • Enviou: 283 vez(es)
  • +638/-715
Re: Programa de Desenvolvimento de Submarinos (SSK/SSN) - PROSUB
« Responder #60 em: Junho 20, 2019, 04:31:44 pm »
Transferência das seções 3 e 4 do submarino Humaitá (S-BR2)


Citar
A ICN – Itaguaí Construções Navais concluiu ontem (19/6) a transferência das seções do Submarino Humaitá (S41) da fábrica para o estaleiro, dando início a fase final de preparação para a união final de todas seções, formando o casco resistente da embarcação.

As seções 3 e 4 representam a parte de vante do submarino, abrigando importantes elementos como a sala de controle, mastros, periscópio e os tubos de lançamento de torpedos, entre outros equipamentos de navegação.

Juntas, as seções pesam mais de 440 toneladas e têm aproximadamente 30 metros de comprimento.

Ao final da fabricação, o Humaitá terá 72 metros de comprimento e irá deslocar uma massa de aproximadamente 2 mil toneladas, tendo sua previsão de entrega para o segundo semestre de 2020.

As equipes da Marinha do Brasil e ICN – Itaguaí Construções Navais em especial aos Integrantes da UFEM (Unidade de Fabricação de Estruturas Metálicas), tiveram papel fundamental em mais esse importante avanço industrial para a conclusão do Programa de Desenvolvimento de Submarinos da Marinha – PROSUB.

 :arrow: https://www.naval.com.br/blog/2019/06/20/transferencia-das-secoes-3-e-4-do-submarino-humaita-s-br2/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4132
  • Recebeu: 338 vez(es)
  • Enviou: 283 vez(es)
  • +638/-715
Re: Programa de Desenvolvimento de Submarinos (SSK/SSN) - PROSUB
« Responder #61 em: Junho 23, 2019, 05:48:45 pm »
Citar
Vídeo – Transferência das seções 3 e 4 do Submarino ‘Humaitá’


 :arrow:  https://www.defesaaereanaval.com.br/naval/video-transferencia-das-secoes-3-e-4-do-submarino-humaita
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4132
  • Recebeu: 338 vez(es)
  • Enviou: 283 vez(es)
  • +638/-715
Re: Programa de Desenvolvimento de Submarinos (SSK/SSN) - PROSUB
« Responder #62 em: Agosto 08, 2019, 01:07:18 pm »
Submarino Riachuelo (S40) iniciará os testes de mar em agosto


Citar
O Jane’s noticiou que a construtora naval brasileira Itaguaí Construções Navais (ICN) – uma joint venture entre o Naval Group e a Odebrecht Engenharia e Construção – e a Marinha do Brasil iniciarão em agosto os testes no mar do Riachuelo (S40), primeiro dos quatro submarinos de ataque diesel-elétricos S-BR (classe Scorpène modificado) do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub).

Os testes no mar estão programados para durar até o primeiro semestre de 2020, enquanto o comissionamento do submarino está programado para outubro de 2020, informou a Marinha.

O Riachuelo foi lançado em cerimônia realizada no Complexo Naval de Itaguaí em 14 de dezembro de 2018.

Um torpedo pesado F21 de 533 mm do Naval Group e um mock-up de um míssil antinavio MBDA Exocet SM39 Bloco 2 Mod 2 serão lançados durante os testes de mar do Riachuelo, informou a Marinha.

O Riachuelo será seguido pelos submarinos Humaitá (S41), com lançamento previsto para 2020, o Tonelero (S42) em 2021 e o Angostura (S43) em 2022.

Perfil do submarino Riachuelo S40.

FONTE: https://www.naval.com.br/blog/2019/08/07/submarino-riachuelo-s40-iniciara-os-testes-de-mar-em-agosto/
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Cabeça de Martelo

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4132
  • Recebeu: 338 vez(es)
  • Enviou: 283 vez(es)
  • +638/-715
Re: Programa de Desenvolvimento de Submarinos (SSK/SSN) - PROSUB
« Responder #63 em: Setembro 27, 2019, 01:59:12 pm »
Submarino Riachuelo inicia provas de mar


Citar
O submarino Riachuelo (S40), primeiro dos quatro submarinos de ataque diesel-elétricos S-BR (classe Scorpène modificado) do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub), iniciou hoje suas provas de mar.

Os testes no mar estão programados para durar até o primeiro semestre de 2020, enquanto o comissionamento do submarino está programado para outubro de 2020.

O Riachuelo foi lançado em cerimônia realizada no Complexo Naval de Itaguaí em 14 de dezembro de 2018.

Um torpedo pesado F21 de 533 mm do Naval Group e um mock-up de um míssil antinavio MBDA Exocet SM39 Bloco 2 Mod 2 deverão ser lançados durante os testes de mar do Riachuelo, informou a Marinha.

O Riachuelo será seguido pelos submarinos Humaitá (S41), com lançamento previsto para 2020, o Tonelero (S42) em 2021 e o Angostura (S43) em 2022.

FONTE: https://www.naval.com.br/blog/2019/09/25/submarino-riachuelo-inicia-provas-de-mar/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4132
  • Recebeu: 338 vez(es)
  • Enviou: 283 vez(es)
  • +638/-715
Re: Programa de Desenvolvimento de Submarinos (SSK/SSN) - PROSUB
« Responder #64 em: Outubro 17, 2019, 02:33:33 pm »
Marinha conclui o processo de união das seções do submarino ‘Humaitá’


Citar
A Marinha do Brasil concluiu, na tarde de hoje (11), uma importante etapa da construção do Submarino “Humaitá” (SBR-2), o segundo dos quatro previstos no Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB). Em cerimônia realizada no Complexo Naval de Itaguaí (RJ), houve a união das cinco seções que integram o submarino.

O evento contou com a presença do Presidente da República, Jair Bolsonaro; do Ministro da Defesa, Fernando Azevedo; do Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior; do Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar, Antonio Carlos Moretti Bermudez; do Comandante Militar do Leste, General de Exército Júlio Cesar de Arruda; do Governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel; e do Diretor Presidente da Itaguaí Construções Navais, André Portallis.

O Comandante da Marinha afirmou em seu discurso que o cumprimento dessa etapa do PROSUB é motivo de honra para a Força Naval. “A integração final das seções do ‘Humaitá’, além de efetivar uma operação de elevada sofisticação tecnológica, reitera o êxito de um complexo processo de absorção de tecnologia e conhecimento de valor estratégico”, afirmou. O Almirante Ilques também ratificou a relevância do submarino para a indústria de Defesa nacional. “O submarino ‘Humaitá’ possui a seção de tubos de torpedos integralmente fabricada no País – fato inédito na nossa história de construção de submarinos”, disse.

O Ministro da Defesa, Fernando Azevedo, destacou que o PROSUB permitiu a transferência de tecnologia em diversas áreas e enfatizou a relevância do programa para o Brasil. “É importante destacar que o PROSUB não se limita à construção de submarinos, mas transcende esse escopo contemplando a construção de um complexo industrial e de apoio com estaleiros, uma base naval e uma unidade de fabricação de estruturas metálicas, o que já vem trazendo grande desenvolvimento socioeconômico ao município de Itaguaí, ao estado do Rio de Janeiro e ao nosso País”, declarou.

Após acionar a alavanca que deu início à união das seções, o Presidente Jair Bolsonaro destacou o fato de o “Humaitá” ter sido construído no Brasil. “Hoje não seria muito dizermos ‘dê ao povo brasileiro meios e liberdade que ele elevará o Brasil’. A prova material disso está aqui à minha frente [o submarino] – trabalho do povo brasileiro, do mais gabaritado engenheiro ao mais humilde trabalhador”, afirmou.




Sobre o PROSUB


O Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB) prevê a construção de cinco submarinos – quatro de propulsão elétrica e um, de nuclear. O primeiro, “Riachuelo”, foi lançado ao mar no final de 2018 e está em fase de testes.

FONTE: Marinha do Brasil  - https://www.naval.com.br/blog/2019/10/11/marinha-conclui-o-processo-de-uniao-das-secoes-do-submarino-humaita/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4132
  • Recebeu: 338 vez(es)
  • Enviou: 283 vez(es)
  • +638/-715
Re: Programa de Desenvolvimento de Submarinos (SSK/SSN) - PROSUB
« Responder #65 em: Outubro 17, 2019, 02:35:23 pm »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4132
  • Recebeu: 338 vez(es)
  • Enviou: 283 vez(es)
  • +638/-715
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Cabeça de Martelo

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4132
  • Recebeu: 338 vez(es)
  • Enviou: 283 vez(es)
  • +638/-715
Re: Programa de Desenvolvimento de Submarinos (SSK/SSN) - PROSUB
« Responder #67 em: Novembro 22, 2019, 02:12:37 pm »
FOTOS: Primeira imersão estática do Submarino Riachuelo


Citar
O submarino Riachuelo, primeiro das quatro unidades de propulsão diesel-elétrica em construção no âmbito do Programa de Desenvolvimento de Submarinos da Marinha do Brasil (PROSUB), realizou hoje (20/11) seu primeiro teste de Imersão Estática, procedimento decisivo na avaliação de sua estabilidade no mar.

O teste foi realizado em área marítima próxima ao Complexo Naval de Itaguaí, na Baía de Sepetiba, litoral Sul do estado do Rio de Janeiro. Esta é a primeira de uma série de avaliações que precederão a entrega definitiva do Riachuelo ao Setor Operativo – Comando da Força de Submarinos, prevista para o segundo semestre de 2020.

A imersão estática do Riachuelo consiste na admissão controlada da água nos tanques de lastro do submarino, até a sua imersão completa, sem utilizar sua propulsão.

Desse modo, é possível aferir não apenas a estanqueidade e estabilidade do submarino quando mergulhado, mas também coletar dados sobre o volume de água que foi admitido nos tanques internos, essenciais para o conhecimento do seu deslocamento total.

FONTE:  https://www.naval.com.br/blog/2019/11/20/fotos-primeira-imersao-estatica-do-submarino-riachuelo/




 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4132
  • Recebeu: 338 vez(es)
  • Enviou: 283 vez(es)
  • +638/-715
Re: Programa de Desenvolvimento de Submarinos (SSK/SSN) - PROSUB
« Responder #68 em: Novembro 27, 2019, 11:32:47 am »
O Primeiro teste de submersão estática do submarino Riachuelo


Durante quase um ano, engenheiros e técnicos da Itaguaí Construções Navais (ICN) estiveram, em cooperação com a Marinha do Brasil (MB), trabalhando na montagem e testes dos sistemas eletrônicos, mecânicos e hidráulicos do submarino Riachuelo.

Passado este período de finalizações, que incide desde o seu lançamento ao mar, o submarino realizou na última quinta-feira (21) o seu primeiro teste de submersão estática.

“O Riachuelo é uma combinação da tecnologia francesa com as necessidades da Marinha do Brasil (MB), para proteger o precioso patrimônio da ‘Amazônia Azul’ “, falou o diretor-presidente da ICN, André Portalis, durante breve explanação a imprensa antes do embarque.

A força de trabalho para a construção e o desenvolvimento dos quatro submarinos convencionais é algo entorno de 17 mil pessoas, que trabalham em uma instalação industrial de última geração, para a construção de submarinos ultramodernos. São mais de 520 mil m² de oficinas, cais e meios industriais voltados para o projeto.

O início do teste

As 8h30 o submarino começou a ser desatracado do cais 13, localizado no Complexo Naval de Itaguaí. Dois rebocadores fizeram a vez de motor e leme do navio (neste tipo de teste de imersão estática, o submarino não usa nenhum tipo de propulsão), conduzindo-o até um ponto onde fica uma bóia.

No local, afastado oito quilômetros da costa, o submersível fora fundeado para que se pudesse começar o mergulho de 15 metros, a chamada profundidade de periscópio. Apesar de muitas funções a bordo ainda não estarem operacionais, os tripulantes aproveitam cada momento para aperfeiçoar o treinamento.

“Esse teste é extremamente importante porque é nele que a gente vai conseguir medir a estabilidade do submarino. A gente vai conseguir mensurar se o que foi projetado está correspondendo com a realidade, e que a gente possa continuar com os outros testes em segurança”, explicou o comandante do submarino, capitão de fragata Vale.

O submarino nacional

O navio desloca 1.870 toneladas e mede 72 mts. Pode alcançar velocidade de até 37 km / h (20 nós).  Projetado para ter autonomia de até 70 dias no mar, com uma tripulação de 35 militares, o “Riachuelo”, possui em seu arsenal: torpedos pesados, misseis de longo alcance e faz a deposição de minas.

Quando esta nova frota de submergíveis, começou a ser pensada, por volta de 2007, fora colocado que esta nova arma teria como elemento básico, a dissuasão naval.

As características de sua furtividade, imprevisibilidade e poder de fogo, são fundamentais nas ações de: vigilância, patrulha e eventual ataque de interdição. Mesmo contra inimigos de maior porte, a efetividade é garantida pela habilidade.








 :arrow:  https://www.defesa.tv.br/primeiro-teste-de-submersao-estatica-do-submarino-riachuelo/
« Última modificação: Novembro 27, 2019, 11:33:46 am por Vitor Santos »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4132
  • Recebeu: 338 vez(es)
  • Enviou: 283 vez(es)
  • +638/-715
 

 

Programa de Modernização das Fragatas Niterói

Iniciado por J.Ricardo

Respostas: 10
Visualizações: 4619
Última mensagem Outubro 11, 2004, 05:16:17 pm
por FinkenHeinle
Programa Corvetas classe Tamandaré

Iniciado por Vitor Santos

Respostas: 12
Visualizações: 917
Última mensagem Julho 25, 2019, 01:56:38 pm
por mafets
Força de Submarinos da MB

Iniciado por Vitor Santos

Respostas: 11
Visualizações: 1132
Última mensagem Agosto 23, 2019, 01:48:45 pm
por Vitor Santos