REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS

  • 785 Respostas
  • 110972 Visualizações
*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 1987
  • Recebeu: 450 vez(es)
  • Enviou: 87 vez(es)
  • +91/-25
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #780 em: Fevereiro 24, 2020, 01:36:02 pm »
Citar
Destaca-se um vasto leque de ameaças, riscos e desafios, potencialmente geradores de conflitos, desde logo nas regiões limítrofes do continente europeu: o Norte da África, o Médio Oriente, a Europa de Leste, a África Subsariana e no Atlântico, nomeadamente no Golfo da Guiné, que criam insegurança e contribuem para potenciar tráficos de seres humanos, armas, e drogas, que é necessário acompanhar.

Boa, finalmente assumem que as ameaças podem vir de vários lados, tal é a imprevisibilidade da situação global. Mas depois no fim o único problema para nós, caso houvesse algum conflito de maiores dimensões é o "tráfico humano, de armas e drogas"... Até porque por esse mundo fora, não há países com capacidade de lançar mísseis a centenas ou até milhares de km de distância, nem seria possível isolarem a Madeira do resto do país, cenários para os quais temos praticamente zero capacidade de resposta. Isto sem falar de possíveis ameaças de grupos extremistas, que estão sempre mortinhos para dar cabo da Europa.

Citar
Pretende-se garantir que as FFAA se constituam como um instrumento capaz de projetar forças com adequada capacidade de resposta e elevada prontidão a ameaças convencionais e híbridas

Lol. Sem LPD, AOR, aviões de transporte estratégico, meios de escolta para estes meios de projecção de forças...

Citar
Às FFAA pede-se, cada vez mais, que respondam a novas e complexas missões, e que assumam novas responsabilidades, através de uma gestão racional dos recursos públicos, estabelecendo relações com outras áreas governativas e entidades, com vista ao desenvolvimento de políticas coordenadas, na garantia das respostas mais eficientes e eficazes face aos desafios existentes.

A conversa do costume. "Fazer mais, com menos". É esta a lógica.

Citar
O fomento e contribuição para o desenvolvimento económico nacional através do reforço da ligação da Defesa Nacional com o Sistema Científico e Tecnológico Nacional (SCTN) e a Base Industrial e Tecnológica de Defesa (BTID), nomeadamente no que aos equipamentos de duplo uso diga respeito, em conjugação com o acompanhamento e participação das oportunidades cooperativas no plano internacional assumem importância relevante, devendo ser uma constante do desenvolvimento de capacidades a nível nacional.

Tinha de vir a dica do duplo uso... Então, se se pretender criar/produzir em Portugal algo que não seja de "duplo uso", simplesmente não se avança com o projecto?

Citar
d) Aumentar a capacidade de atuar no ciberespaço e no espaço.

Querem ver que acreditam mesmo que o C-390 Millenium, é um Millennium Falcon?  :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:


E cheguei ao fim do Despacho. E deixo aqui a pergunta, noutros países, este tipo de documentos também são assim tão pouco esclarecedores, em que nem se menciona uma única vez, as necessidades prioritárias e tipologia de meios que se pretende adquirir e/ou modernizar? É que me parece muita parede de texto para tão poucos efeitos práticos.
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 8333
  • Recebeu: 559 vez(es)
  • Enviou: 931 vez(es)
  • +330/-251
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #781 em: Fevereiro 24, 2020, 06:39:31 pm »
As FAs que entrem em greve  :-X
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 8333
  • Recebeu: 559 vez(es)
  • Enviou: 931 vez(es)
  • +330/-251
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #782 em: Fevereiro 24, 2020, 06:41:51 pm »
Membros efectivos do GREI:

Citar
General Manuel José Taveira Martins, Almirante Fernando J. Ribeiro de Melo Gomes, General José Luís Pinto Ramalho, Maj-general Adelino de Matos Coelho, Ten-general Carlos Manuel Mourato Nunes, Ten-general Eduardo E. Silvestre dos Santos, Vice-almirante Eurico Correia Gonçalves, Contra-almirante Fernando Alberto David e Silva, Vice-almirante Fernando M. O. Vargas de Matos, Ten-general Fernando Paiva Monteiro, Contra-almirante Rui Manuel Rodrigues de Abreu, Vice-almirante Álvaro Sabino Guerreiro, Major-general Manuel Pinto de Castro, Major-general António José Afonso Lourenço, Major-general Carlos Manuel Martins Branco, General José Araújo Pinheiro, Ten-general Francisco Fialho da Rosa, Vice-almirante José Alfredo Monteiro Montenegro, Ten-general Joaquim Formeiro Monteiro, Ten-general José Augusto V Oliveira Simões, Vice-almirante Joaquim Conde Baguinho, Vice-almirante João Manuel Lopes Pires Neves, Maj-general Luís Augusto de Sequeira, Maj-general Manuel Campos Almeida, Ten-general Manuel Fernando M. Vizela Cardoso, Ten-general Mário Augusto Mourato Cabrita, Vice-almirante Rui Cardoso de Telles Palhinha, Ten-general Fernando Nelson Rodrigues Rocha, Vice-almirante Artur Junqueiro Sarmento, Contra-almirante José António Salinas Ribeiro, Major-general José Inácio Sousa, Major-general Carmelino Monteiro Mesquita, Major-general Luís Filipe Tavares Nunes, General Carlos António C. Hernandez Jerónimo, Maj-General Joaquim Lopes Henriques, Vice-almirante José Domingos Pereira da Cunha

porque é que esse está em bold?
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7862
  • Recebeu: 785 vez(es)
  • Enviou: 908 vez(es)
  • +113/-40
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #783 em: Fevereiro 24, 2020, 08:40:02 pm »
porque é que esse está em bold?

Foi chefe do Cabeça de Martelo nos Paras. :mrgreen:
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 5189
  • Recebeu: 2393 vez(es)
  • Enviou: 911 vez(es)
  • +643/-76
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #784 em: Março 24, 2020, 07:18:44 pm »
era um gosto termos estes equipamentos nas nossas FFAA em especial no Exército e na FAP !!




Estamos a milhas de termos umas capacidades como a Suécia evidencia nestes três pequenos videos !!!
Aliás nunca as teremos com as cativações nas FFAA, a corrupção e a má gestão, que grassam no nosso País é mais que certo que as FFAA serão sempre o espelho da Nação como tal nunca sairão, da cepa torta, só em termos de oficiais generais comparem as duas FFAA, e tirem as vossas conclusões  :bang:


o Exército Sueco, parecido com nosso não é ?????

Abraços
« Última modificação: Março 24, 2020, 07:54:44 pm por tenente »
 

*

Trafaria

  • Investigador
  • *****
  • 1977
  • Recebeu: 56 vez(es)
  • Enviou: 65 vez(es)
  • +11/-0
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #785 em: Março 25, 2020, 02:38:29 am »
E a quantidade e variedade de material que o próprio país fabrica? Enorme, desde os fármacos, às transmissões, transportes, artilharia, caças, submarinos.... etc... etc...

O que é que há agora nas nossas FA de fabrico nacional?
As munições que estamos agora a gastar na PSP são belgas.
::..Trafaria..::
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Clausewitz

 

Forças mecanizadas do exército Espanhol à beira de Portugal

Iniciado por dremanu

Respostas: 13
Visualizações: 5695
Última mensagem Maio 08, 2006, 12:40:15 pm
por carlovich
DN: Comando NATO de Oeiras tutela forças de reacção

Iniciado por PereiraMarques

Respostas: 0
Visualizações: 1984
Última mensagem Novembro 14, 2006, 11:38:41 am
por PereiraMarques
Forças de segurança encontram-se sob escuta

Iniciado por antoninho

Respostas: 1
Visualizações: 1663
Última mensagem Outubro 04, 2006, 10:59:36 am
por Rui Elias
Forças Aeromóveis, opinião

Iniciado por typhonman

Respostas: 0
Visualizações: 865
Última mensagem Outubro 13, 2009, 10:02:41 pm
por typhonman
"Crise já atinge Forças Armadas"

Iniciado por Lancero

Respostas: 8
Visualizações: 4358
Última mensagem Junho 04, 2008, 06:13:35 pm
por Gina