Estarão os EUA a ficar para trás?

  • 396 Respostas
  • 66790 Visualizações
*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 5212
  • Recebeu: 1606 vez(es)
  • Enviou: 402 vez(es)
  • +332/-243

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 11904
  • Recebeu: 2008 vez(es)
  • Enviou: 2699 vez(es)
  • +1654/-3465
Re: Estarão os EUA a ficar para trás?
« Responder #361 em: Janeiro 15, 2021, 10:13:22 am »
Bem pelo menos para a semana vai haver circo
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17088
  • Recebeu: 1755 vez(es)
  • Enviou: 1624 vez(es)
  • +290/-1135
Re: Estarão os EUA a ficar para trás?
« Responder #362 em: Janeiro 15, 2021, 10:41:23 am »
Com 15.000 militares e com o Trump sob pressão para ser julgado por o que aconteceu? Esperemos bem que não, mas se ele quiser fazer uma fuga para frente...nem quero imaginar!
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 12272
  • Recebeu: 601 vez(es)
  • Enviou: 236 vez(es)
  • +129/-110
Re: Estarão os EUA a ficar para trás?
« Responder #363 em: Janeiro 15, 2021, 03:30:36 pm »
Invasores do Capitólio teriam intenção de matar alguns dos eleitos


 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 10669
  • Recebeu: 1641 vez(es)
  • Enviou: 4382 vez(es)
  • +262/-130
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Estarão os EUA a ficar para trás?
« Responder #364 em: Janeiro 16, 2021, 11:00:26 pm »
https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 12272
  • Recebeu: 601 vez(es)
  • Enviou: 236 vez(es)
  • +129/-110
Re: Estarão os EUA a ficar para trás?
« Responder #365 em: Janeiro 18, 2021, 11:03:03 am »
EUA: FBI investiga guarda destacada para a tomada de posse de Biden


 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 5212
  • Recebeu: 1606 vez(es)
  • Enviou: 402 vez(es)
  • +332/-243
Re: Estarão os EUA a ficar para trás?
« Responder #366 em: Janeiro 18, 2021, 04:20:17 pm »
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 10669
  • Recebeu: 1641 vez(es)
  • Enviou: 4382 vez(es)
  • +262/-130
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Estarão os EUA a ficar para trás?
« Responder #367 em: Janeiro 18, 2021, 10:48:04 pm »

Vamos lá que o Trump já foi embora!!
https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 5212
  • Recebeu: 1606 vez(es)
  • Enviou: 402 vez(es)
  • +332/-243

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 11904
  • Recebeu: 2008 vez(es)
  • Enviou: 2699 vez(es)
  • +1654/-3465
Re: Estarão os EUA a ficar para trás?
« Responder #369 em: Janeiro 20, 2021, 07:27:09 am »
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17088
  • Recebeu: 1755 vez(es)
  • Enviou: 1624 vez(es)
  • +290/-1135
Re: Estarão os EUA a ficar para trás?
« Responder #370 em: Janeiro 20, 2021, 12:47:41 pm »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 5212
  • Recebeu: 1606 vez(es)
  • Enviou: 402 vez(es)
  • +332/-243

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 11904
  • Recebeu: 2008 vez(es)
  • Enviou: 2699 vez(es)
  • +1654/-3465
Re: Estarão os EUA a ficar para trás?
« Responder #372 em: Janeiro 30, 2021, 08:20:37 pm »
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17088
  • Recebeu: 1755 vez(es)
  • Enviou: 1624 vez(es)
  • +290/-1135
Re: Estarão os EUA a ficar para trás?
« Responder #373 em: Fevereiro 19, 2021, 10:35:19 pm »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 11904
  • Recebeu: 2008 vez(es)
  • Enviou: 2699 vez(es)
  • +1654/-3465
Re: Estarão os EUA a ficar para trás?
« Responder #374 em: Fevereiro 27, 2021, 07:06:56 pm »
A BESTA NEGRA ESTÁ DE VOLTA...E VAI COMEÇAR A ESPALHAR "DIVERSIDADE"

Com a eleição de Biden está de regresso o pior do imperialismo de guerra norte-americano com a sua constante ingerência no resto do mundo, sempre ao abrigo de narrativas morais que servem para esconder os interesses económicos subjacentes.

Biden tomou posse oficialmente no dia 20 de Janeiro. Um dia depois, um comboio de veículos militares norte-americanos entrou no norte da Síria, vindo do Iraque e transportando armamento de guerra, enquanto algumas tropas entravam na província de Hasakeh em direcção às zonas dos campos de petróleo da região (1).Apenas 1 mês depois disto são  realizados ataques aéreos contra o que os americanos definiram ser milícias apoiadas pelo Irão.

Era expectável. A poderosa indústria de guerra norte-americana, que junta as oligarquias militares às das agências de informação e espionagem, esteve demasiado estagnada durante a presidência Trump e o negócio sofreu muito com isso. A sede era muita. Ainda em campanha eleitoral um dos principais figurões ligados a esses lóbis e ao expansionismo imperial americano, Michael Hayden, antigo director da CIA, do NSA e general aposentado da força aérea, declarava publicamente o apoio a Biden e necessidade de tirar Trump do poder. (2)

A chegada de Biden prometia, por isso, tempos de maior florescimento económico para todos esses interesses oligárquicos, que começam cedo a ser cumpridos.
Vale a pena lembrar que durante anos - os anos Obama -, o mundo estranhou a forma como o Estado Islâmico actuava com a maior barbárie sem que nenhum dos “aliados do bem” que estão sempre dispostos a invadir os “eixos do mal”, nem que à base de relatórios de armas de destruição massiva falsificados – como fizeram no Iraque - , tivesse agido de forma determinada.

Não só pouco fizeram, como deixaram coniventemente instalar-se na região aquele regime bárbaro que lhes servia os interesses geopolíticos, apostados que estavam em derrubar Bashar al-Assad. Para isso, lembremo-lo, apostaram inclusive no apoio a milícias fundamentalistas islâmicas que combatiam o regime sírio. A actuação do Irão e da Rússia na região foi por isso fulcral e, alinhados com Bashar al-Assad, acabaram por contribuir decisivamente para a derrota do EI e para libertar a zona do regime de terror em que estivera mergulhada com a complacência ocidental.

Agora, novamente instalados em Washington os fantoches dos grandes interesses corporativos globalistas, que sempre detiveram o poder nos EUA, chegou a hora de recuperar o lucrativo negócio da guerra que entrara em recessão e acertar contas com os que lhes estragaram as intenções na região, a começar pelos iranianos que apoiam Assad.
De resto, veja-se como esses “activistas jornalísticos” que falavam de Trump quase como de um genocida, porque morriam pessoas por causa de um vírus, mantêm agora uma hilariante quietude domesticada perante o reerguer da velha ordem militar que começa já, uma vez mais, a espalhar os seus tentáculos pelo globo.

Os grandes interesses corporativos encontraram nas causas progressistas o móbil ideal para expandirem o seu poder e os seus interesses sem serem alvo de crítica. Tem sido assim com as grandes multinacionais comerciais e a promoção do “capitalismo woke”, que promove, ao abrigo das causas progressistas, um conjunto de interesses económicos próprios e será assim com a máquina de guerra.

Imaginem o mundo de possibilidades: a quantidade de países que não evidenciam “diversidade racial”, ou que não agem para o “empoderamento” de “minorias sexuais” e que se situam em geografias com interesse geopolítico, desde o Médio-Oriente às vizinhanças do inimigo russo. Mortes bondosas à espera de aconteceram, numa missão de libertação do mundo e imposição da “equidade” (provavelmente substituirá a democracia no discurso justificativo) e perante o aplauso extático dos “activistas jornalistas” que tanto fizeram para libertar o Ocidente do genocida Trump.

(1)https://www.i24news.tv/en/news/international/middle-east/1611293792-us-military-convoy-enters-northeast-syria-report?fbclid=IwAR18LJuIYd1iOpd9TtXvscPJPnl1cVhnyfTW-ak4XqvcEzFK6_uWXnboMhc
(2)https://edition.cnn.com/2020/10/07/politics/michael-hayden-endorses-joe-biden-cnntv/index.html?fbclid=IwAR0aW2hpwD83qwRBkVqbPuX9OS7x2rlzWMnRq2YtV8C4Ll5FjosuIl9Si-Y
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW