Submarinos Alemães Afundados em Águas Portuguesas

  • 27 Respostas
  • 10946 Visualizações
*

João Vaz

  • 193
  • +1/-0
Submarinos Alemães Afundados em Águas Portuguesas
« em: Setembro 10, 2010, 12:37:27 pm »
Aqui fica um dos mais conhecidos.


Insignia do U-1277

Submarino alemão U-1277 de combate, classe VII C de 67 metros de comprimento, afundado intencionalmente em 3 de Junho de 1945, 2,5 milhas de terra ao largo de Matosinhos e re-descoberto em 1973. Encontra-se a 30 metros de profundidade.

Integrava a 11ª Unterseebootsflottille da KriegsMarine sob o capitão Peter-Ehrenreich Stever.





A missão do U-1277 destinava-se à patrulha da entrada do Canal de Mancha, após largar da sua base em Bergen (Noruega), rumar ao Atlântico, via Estreito da Islândia. Em virtude da rendição da Alemanha, a tripulação de 47 homens abandonou o navio e entregou-se às autoridades portugueses logo após o afundamento após 42 dias de navegação imerso com o combustível, assim como os mantimentos, quase no fim.

Mais informações no Blog U-1277 (já desactualizado)  


Localização dos destroços do U-1277


As partes ainda visíveis dos destroços estão indicadas a vermelho no esquema

Fotos de mergulho organizado por um Clube de mergulho local http://www.mergulhomania.com/ :





Bons mergulhos  :G-beer2:
"E se os antigos portugueses, e ainda os modernos, não foram tão pouco afeiçoados à escritura como são, não se perderiam tantas antiguidades entre nós (...), nem houvera tão profundo esquecimento de muitas coisas".
Pero de Magalhães de Gândavo, História da Província Santa Cruz, 1576
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15617
  • Recebeu: 1229 vez(es)
  • Enviou: 1160 vez(es)
  • +200/-186
Re: Submarinos Alemães Afundados em Águas Portuguesas
« Responder #1 em: Setembro 10, 2010, 12:46:42 pm »
Ia se pudesse, infelizmente a vida já não dá para isso (€). :cry:
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Marauder

  • Investigador
  • *****
  • 2093
  • +1/-0
Re: Submarinos Alemães Afundados em Águas Portuguesas
« Responder #2 em: Setembro 16, 2010, 04:48:44 pm »
Mas porquê terem afundado a máquina??
Teria sido uma excelente aquisição na altura...rendiam-se, ficávamos com a maquina para a nossa própria armada na altura..estes alemães pah..
 

*

João Vaz

  • 193
  • +1/-0
Re: Submarinos Alemães Afundados em Águas Portuguesas
« Responder #3 em: Setembro 28, 2010, 02:05:03 pm »
...e agora para algo de verdadeiramente original no mundo dos submarinos alemães  c34x



As curiosas “máquinas” anfíbias concebidas em meados do séc. XVIII pelo engenheiro militar alemão Jakob Chrysostomus Praetorius incluem alguns modelos submersíveis propostos em Portugal.

Em homenagem ao Conde de Schaumburg-Lippe sob o qual serviu no exército durante a Guerra dos Sete Anos, Praeorius apresentou uma embarcação apelidada de Steinhuder ou Schaumburgische Hecht. Dotado de um casco de 23 metros, estreito e alongado em forma de peixe, deveria a ligação rápida e furtiva em apenas 6 dias entre Lisboa e a terra-natal do Conde de Lippe, servindo-se de uma cauda propulsora teoricamente movida por um sistema de cabos e roldanas accionado pela tripulação de 40 homens.

Ainda em Portugal, Praetorius idealizou uma nova versão deste veículo sob o nome de “fisch”. Esta embarcação,
que deveria ter visto a luz do dia em Lisboa, consistiria num casco alongado (cerca de 76 metros) e de linhas aperfeiçoadas aparentemente mais hidrodinâmicas e equipado com bombas de água, tanques de lastro e um conjunto de 6 mastros rebatíveis que formavam quando hasteados o perfil de uma barbatana dorsal gigante, dispondo ainda de uma longa cauda articulada.

A construção destas aparatosas embarcações submersíveis não é confirmada, mas a documentação guardada nos arquivos alemães dá-nos conta do regresso do engenheiro a Portugal em 1776 na qualidade de assessor militar, tendo dirigido a reorganização da artilharia e tornando-se membro da ilustre e recém-criada Academia Real das Ciências. Nada mais se sabe das suas propostas, mas após o seu regresso definitivo à Alemanha, Praetorius construíu e testou no lago Steinhuder em presença do Conde de Lippe um modelo de embarcação submersível mais reduzida dispondo de periscópio e movida a remos, mas sem grande sucesso devido às dificuldades de navegação em pouca profundidade.

Com poucas excepções, todos estes episódios e personagens resumem-se à parcela mais visível e divulgada de um mundo de técnicos e tecnologias que, por isso mesmo, detiveram maior influência na história dos resgates e do mergulho em naufrágios na época moderna. Mas, da leitura de muitas destas obras torna-se óbvio desde logo o frequente desconhecimento das inúmeras dificuldades intrínsecas ao meio subaquático demonstrado pelos seus autores. Isto, para
além da deficiente memória descritiva e visual incluída nos textos, tantas vezes de leitura incompreensível.
Daí que, a muitas propostas reputadas de eficazes no papel, não tenham correspondido em termos práticos verdadeiros avanços tecnológicos. Geralmente, reflectem mais o que já existia à época, do que a concretização das soluções ideais que se pretendiam “inventar”. Importa salientar, no entanto, a necessidade de um estudo comparativo para determinar
as influências e aplicações práticas verificadas no campo da tecnologia náutica e subaquática.

Mais leitura especializada:

WESKI, Timm, “Hippopotame and Schaumburgische or Steinhuder Hecht: an amphibious craft and a submarine from the second half of the eighteenth-century”, in The Mariner’s Mirror, London, Vol. 88, No. 3 (August 2002), pp. 271-284.
"E se os antigos portugueses, e ainda os modernos, não foram tão pouco afeiçoados à escritura como são, não se perderiam tantas antiguidades entre nós (...), nem houvera tão profundo esquecimento de muitas coisas".
Pero de Magalhães de Gândavo, História da Província Santa Cruz, 1576
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5510
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +585/-2
    • http://www.areamilitar.net
Re: Submarinos Alemães Afundados em Águas Portuguesas
« Responder #4 em: Setembro 28, 2010, 02:31:08 pm »
Citar
Mas porquê terem afundado a máquina??
Teria sido uma excelente aquisição na altura...rendiam-se, ficávamos com a maquina para a nossa própria armada na altura..estes alemães pah..
Eles limitaram-se a cumprir ordens.
Portugal não era sequer um país aliado da Alemanha. Com a Alemanha vencida, não havia qualquer razão para não afundar o navio.
Os marinheiros alemães impediram que o submarino caísse nas mãos dos aliados.

Ordens, são ordens.
Mesmo quando o país acaba, cumpre-se a última ordem.
É decisão do comandante cumprir a ordem, considerando nesse caso que não pode sacrificar a vida de nenhum dos militares da guarnição do navio, porque estando a guerra perdida, não há justificação para isso.
Como não havia perigo para a vida dos militares em Portugal, a ordem foi cumprida.
 

*

cromwell

  • Especialista
  • ****
  • 1105
  • +1/-0
Re: Submarinos Alemães Afundados em Águas Portuguesas
« Responder #5 em: Setembro 28, 2010, 09:39:05 pm »
Citar
Portugal não era sequer um país aliado da Alemanha

Não só não era aliado, como também contribuiu para a sua derrota, ao contrário do que mutios bolcheviques propagandearam.

É verdade que existiu negócios em que compramos material de guerra alemão, mas isso foi antes da a Alemanha Nazi ter realizado as suas acções bélicas contra outros países da Europa. Quando a Alemanha começou a conquistar vários países, o Estado Português apercebeu-se que a Alemanha era um perigo para a soberania nacional, e por isso, decidiu apoiar os Aliados, realizando um acordo com o Reino Unido para o rearmamento das nossas forças armadas (para combater uma possível invasão alemã), concedeu as instalações militares portuguesas nos Açores aos EUA e ao Reino Unido e foi realizado um pacto de não-agressão com Castela, para que os castelhanos não deixassem os alemães usar o seu território para uma invasão de Portugal e de Gibraltar, evitando assim a Operação Félix.

Além disso, o Eixo realizou acções bélicas contra Portugal. Foi em Timor-Leste, que os japoneses conquistaram.
Durante a ocupação, os colonos portugueses e os nativos, apoiados pelos australianos, combateram as forças japonesas através da guerrilha, tendo estas devolvido Timor a Portugal, quando o Japão se rendeu em Setembro.
"A Patria não caiu, a Pátria não cairá!"- Cromwell, membro do ForumDefesa
 

*

SSK

  • Investigador
  • *****
  • 1523
  • Recebeu: 13 vez(es)
  • +2/-0
Re: Submarinos Alemães Afundados em Águas Portuguesas
« Responder #6 em: Setembro 28, 2010, 10:22:29 pm »
Citação de: "cromwell"
Citar
Portugal não era sequer um país aliado da Alemanha

Não só não era aliado, como também contribuiu para a sua derrota, ao contrário do que mutios bolcheviques propagandearam.

É verdade que existiu negócios em que compramos material de guerra alemão, mas isso foi antes da a Alemanha Nazi ter realizado as suas acções bélicas contra outros países da Europa. Quando a Alemanha começou a conquistar vários países, o Estado Português apercebeu-se que a Alemanha era um perigo para a soberania nacional, e por isso, decidiu apoiar os Aliados, realizando um acordo com o Reino Unido para o rearmamento das nossas forças armadas (para combater uma possível invasão alemã), concedeu as instalações militares portuguesas nos Açores aos EUA e ao Reino Unido e foi realizado um pacto de não-agressão com Castela, para que os castelhanos não deixassem os alemães usar o seu território para uma invasão de Portugal e de Gibraltar, evitando assim a Operação Félix.

Além disso, o Eixo realizou acções bélicas contra Portugal. Foi em Timor-Leste, que os japoneses conquistaram.
Durante a ocupação, os colonos portugueses e os nativos, apoiados pelos australianos, combateram as forças japonesas através da guerrilha, tendo estas devolvido Timor a Portugal, quando o Japão se rendeu em Setembro.

A cedência das Lajes aos aliados marca o ponto de viragem no combate aos submarinos alemães. E aqui se pode ver um ponto de viragem no domínio do atlântico norte. Assim as aeronaves de patrulha marítima conseguem cobrir todo o oceano e com a evolução do radar conseguem combater com eficiência e eficácia os submarinos alemães.
Esta ajuda foi melhor do que se tivéssemos sido aliados propriamente ditos...
"Ele é invisível, livre de movimentos, de construção simples e barato. poderoso elemento de defesa, perigosíssimo para o adversário e seguro para quem dele se servir"
1º Ten Fontes Pereira de Melo
 

*

teXou

  • 436
  • +0/-3
Re: Submarinos Alemães Afundados em Águas Portuguesas
« Responder #7 em: Setembro 29, 2010, 12:40:51 am »
Citação de: "cromwell"
Citar
Portugal não era sequer um país aliado da Alemanha

Não só não era aliado, como também contribuiu para a sua derrota, ao contrário do que mutios bolcheviques propagandearam.

É verdade que existiu negócios em que compramos material de guerra alemão, mas isso foi antes da a Alemanha Nazi ter realizado as suas acções bélicas contra outros países da Europa. Quando a Alemanha começou a conquistar vários países, o Estado Português apercebeu-se que a Alemanha era um perigo para a soberania nacional, e por isso, decidiu apoiar os Aliados, realizando um acordo com o Reino Unido para o rearmamento das nossas forças armadas (para combater uma possível invasão alemã), concedeu as instalações militares portuguesas nos Açores aos EUA e ao Reino Unido e .... Bla bla bla .

Que romantismo, que vista ingénua do casal Estado Novo/III Reich !  :wink:
 :lol:

Se quiser mais  :arrow:  https://lojas.ci.uc.pt/imprensa/product ... pmo9uedg15  :G-beer2:
"Obviamente, demito-o".

H. Delgado 10/05/1958
-------------------------------------------------------
" Não Apaguem a Memória! "

http://maismemoria.org
 

*

Duarte

  • Investigador
  • *****
  • 2033
  • Recebeu: 12 vez(es)
  • Enviou: 16 vez(es)
  • +2/-0
Re: Submarinos Alemães Afundados em Águas Portuguesas
« Responder #8 em: Setembro 29, 2010, 01:46:36 am »
Citação de: "teXou"
Que romantismo, que vista ingénua do casal Estado Novo/III Reich !  :shock:

Um país neutro pode comerciar com quem quiser. Assim fizeram muitos países.
Mas enfim, qualquer oportunidade de caluniar não se pode deitar a perder. Assim dita o livrinho "bermelho"  :mrgreen:

O Dr. Salazar, já em 1936, denunciou a natureza totalitária do fascismo, do nazismo e do comunismo. "Fascists and Conservatives" de Blinkhorn, Martin. Abingdon, England, UK: Routledge, 2001 (2nd edition). p. 165.
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6971
  • Recebeu: 436 vez(es)
  • Enviou: 235 vez(es)
  • +367/-0
Re: Submarinos Alemães Afundados em Águas Portuguesas
« Responder #9 em: Setembro 29, 2010, 09:51:41 am »
Citação de: "Duarte"
O Dr. Salazar, já em 1936, denunciou a natureza totalitária do fascismo, do nazismo e do comunismo. "Fascists and Conservatives" de Blinkhorn, Martin. Abingdon, England, UK: Routledge, 2001 (2nd edition). p. 165.

Este Dr. Salazar era o mesmo que tinha uma fotografia de Mussolini na secretária e que organizou o estrutura do Estado e do aparelho policial à semelhança do italiano?
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15617
  • Recebeu: 1229 vez(es)
  • Enviou: 1160 vez(es)
  • +200/-186
Re: Submarinos Alemães Afundados em Águas Portuguesas
« Responder #10 em: Setembro 29, 2010, 10:04:20 am »
Citação de: "cromwell"
Citar
Portugal não era sequer um país aliado da Alemanha

Não só não era aliado, como também contribuiu para a sua derrota, ao contrário do que mutios bolcheviques propagandearam.

É verdade que existiu negócios em que compramos material de guerra alemão, mas isso foi antes da a Alemanha Nazi ter realizado as suas acções bélicas contra outros países da Europa. Quando a Alemanha começou a conquistar vários países, o Estado Português apercebeu-se que a Alemanha era um perigo para a soberania nacional, e por isso, decidiu apoiar os Aliados, realizando um acordo com o Reino Unido para o rearmamento das nossas forças armadas (para combater uma possível invasão alemã), concedeu as instalações militares portuguesas nos Açores aos EUA e ao Reino Unido e foi realizado um pacto de não-agressão com Castela, para que os castelhanos não deixassem os alemães usar o seu território para uma invasão de Portugal e de Gibraltar, evitando assim a Operação Félix.

Além disso, o Eixo realizou acções bélicas contra Portugal. Foi em Timor-Leste, que os japoneses conquistaram.
Durante a ocupação, os colonos portugueses e os nativos, apoiados pelos australianos, combateram as forças japonesas através da guerrilha, tendo estas devolvido Timor a Portugal, quando o Japão se rendeu em Setembro.

 :lol:

Sinceramente, eu acho que o problema é com os livros de história, têm demasiados bonequinhos e a juvetude distrai-se. :lol:
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

João Vaz

  • 193
  • +1/-0
Re: Submarinos Alemães Afundados em Águas Portuguesas
« Responder #11 em: Setembro 29, 2010, 10:37:00 am »
Off-topics àparte,

U-boat archive

U-boatnet (aberto na página das perdas)

U-boote online

Boas leituras  :G-beer2:


"E se os antigos portugueses, e ainda os modernos, não foram tão pouco afeiçoados à escritura como são, não se perderiam tantas antiguidades entre nós (...), nem houvera tão profundo esquecimento de muitas coisas".
Pero de Magalhães de Gândavo, História da Província Santa Cruz, 1576
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15617
  • Recebeu: 1229 vez(es)
  • Enviou: 1160 vez(es)
  • +200/-186
Re: Submarinos Alemães Afundados em Águas Portuguesas
« Responder #12 em: Setembro 29, 2010, 10:51:13 am »
Eu acho que com os dados colocados pelos vários colegas a teoria do Cromwell está de todo afastado. Deixo aqui mais uma informação para rebater o que resta da sua teoria, quem invadiu em primeiro lugar Timor-Leste não foram os Japoneses, mas sim os Australianos e os Holandeses.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

cromwell

  • Especialista
  • ****
  • 1105
  • +1/-0
Re: Submarinos Alemães Afundados em Águas Portuguesas
« Responder #13 em: Setembro 29, 2010, 11:36:53 am »
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Eu acho que com os dados colocados pelos vários colegas a teoria do Cromwell está de todo afastado. Deixo aqui mais uma informação para rebater o que resta da sua teoria, quem invadiu em primeiro lugar Timor-Leste não foram os Japoneses, mas sim os Australianos e os Holandeses.
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Eu acho que com os dados colocados pelos vários colegas a teoria do Cromwell está de todo afastado. Deixo aqui mais uma informação para rebater o que resta da sua teoria, quem invadiu em primeiro lugar Timor-Leste não foram os Japoneses, mas sim os Australianos e os Holandeses.

Já disse uma vez e vou dizer outra vez: vou ignorá-lo. Não estou para aturar infantilidades.
"A Patria não caiu, a Pátria não cairá!"- Cromwell, membro do ForumDefesa
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15617
  • Recebeu: 1229 vez(es)
  • Enviou: 1160 vez(es)
  • +200/-186
Re: Submarinos Alemães Afundados em Águas Portuguesas
« Responder #14 em: Setembro 29, 2010, 11:43:39 am »
Citação de: "cromwell"
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Eu acho que com os dados colocados pelos vários colegas a teoria do Cromwell está de todo afastado. Deixo aqui mais uma informação para rebater o que resta da sua teoria, quem invadiu em primeiro lugar Timor-Leste não foram os Japoneses, mas sim os Australianos e os Holandeses.
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Eu acho que com os dados colocados pelos vários colegas a teoria do Cromwell está de todo afastado. Deixo aqui mais uma informação para rebater o que resta da sua teoria, quem invadiu em primeiro lugar Timor-Leste não foram os Japoneses, mas sim os Australianos e os Holandeses.

Já disse uma vez e vou dizer outra vez: vou ignorá-lo. Não estou para aturar infantilidades.

Cromwell, infantilidades é alguém dizer algo que está TOTALMENTE errado, outras pessoas darem-lhe provas documentais dos seus erros e mesmo assim o meu caro querer colocar a cabeça dentro da areia.

O pior não é não saber as coisas, é saber e mesmo assim ignorá-las.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

 

VITÓRIAS PORTUGUESAS SOBRE ESPANHA/CASTELA

Iniciado por Heraklion

Respostas: 46
Visualizações: 15987
Última mensagem Junho 11, 2009, 04:26:48 pm
por Jose M.
Fardas Coloniais Portuguesas no Sec XIX?

Iniciado por Vicente de Lisboa

Respostas: 0
Visualizações: 2203
Última mensagem Agosto 21, 2009, 04:01:42 pm
por Vicente de Lisboa
Condecorações Portuguesas

Iniciado por quintanova

Respostas: 43
Visualizações: 27630
Última mensagem Outubro 19, 2008, 10:03:28 pm
por quintanova
Base de submarinos secreta de Balaklava

Iniciado por dremanu

Respostas: 3
Visualizações: 2620
Última mensagem Outubro 26, 2006, 03:54:17 pm
por dremanu
Submarinos portugueses em 1948

Iniciado por komet

Respostas: 4
Visualizações: 2397
Última mensagem Dezembro 06, 2004, 09:56:12 am
por P44