Centro de Treino Cinotécnico da Força Aérea (CTCFA)

  • 4 Respostas
  • 4989 Visualizações
*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 8384
  • Recebeu: 968 vez(es)
  • Enviou: 1137 vez(es)
  • +134/-45
Centro de Treino Cinotécnico da Força Aérea (CTCFA)
« em: Outubro 30, 2009, 08:29:59 pm »
Resenha Histórica

Citar
O Centro de Treino Cinotécnico da Força Aérea, CTCFA, tem as suas instalações sedeadas no Aeródromo de Manobra Nº1 em Maceda, Ovar.
A utilização dos cães pela Força Aérea Portuguesa (FAP), remonta ao tempo da Guerra Colonial, sendo os Paraquedistas os pioneiros no aproveitamento das qualidades inatas dos cães para a segurança. O treino era realizado em Tancos na Base Escola de Tropas Paraquedistas; a partir de 1981, a segurança das Unidades e Órgãos FAP passou a constituir a missão primária da especialidade de Policia Aérea (PA). Um dos meios reconhecidamente mais eficaz para a concretização desse objectivo passava pela utilização de equipas cinotécnicas, o que levou ao aumento exponencial das necessidades de instrução. Para fazer face a esta necessidade, foi criado o Centro de Instrução Cinófila da Policia Aérea (CICPA) no Aeródromo de Manobra Nº1 (AM1), hoje denominado Centro de Treino Cinotécnico da Força Aérea (CTCFA), com responsabilidade de formar todo o dispositivo ligado á área cinotécnica na FAP.
Até ao início dos Anos 80, os cursos agora ministrados no CTCFA, realizavam-se na antiga Base Escola de Tropas Pára-Quedistas, BETP, por aquele Corpo pertencer à Força Aérea. Durante um período de transição que ocorreu entre 1982 e 1984, vários cursos foram ministrados na BETP, GNR e em várias Unidades da Força Aérea. A partir de 1984 com um Oficial, na altura TEN Gonçalves, e 20 Sargentos formados na BETP e GNR, estavam reunidas as condições para que a instrução passasse a ser ministrada nas Unidades que possuíam Secções Cinotécnicas. No entanto, cedo se verificou que este modelo não era o mais eficaz pelo que se optou por centralizar toda a instrução numa só Unidade, de forma a racionalizar meios e materiais.
Em 1985, foi formado o Centro de Instrução Cinófila do Corpo de Policia Aérea (CICCPA) e em Janeiro de 1986 toda a instrução passou a ser ministrada pelo CICCPA ou sob a sua responsabilidade. Em Maio de 1986 foi colocado no CICCPA o TEN/PA Silva e sempre que eram leccionados cursos, os monitores e respectivos cabos de apoio vinham em diligência para o CICCPA. Nesta altura existiam para alem de 12 canis da NATO, 14 canis tácticos, algumas arrecadações e uma enfermaria de apoio. Em Dezembro de 1988 foram colocados no CICCPA, 1 Sargento, 3 Equipas e 1 Condutor. No princípio das décadas de 90 estavam colocados no CICCPA 20 equipas que constituíam reserva operacional da FAP que além desta missão tinham como função: cozinheiros, auxiliares de enfermagem, de instrução e elementos para reforço da segurança. Com o fim do Corpo de Policia Aérea, o nome do CICCPA evolui para Centro de Instrução Cinófila da Policia Aérea. Em 1996, com a redução do efectivo de Agentes de Segurança das Infra-estruturas NATO, foram transferidos para o CICPA, os cães com que prestavam serviço.
Em 1999 por motivos do, na altura, CAP Silva ter sido nomeado para frequentar o Curso Geral de Guerra Aérea, o Centro foi chefiado pelo CAP/PA Freire até Maio de 2000, altura em que o CAP/PA Vicente o substituiu. Em Janeiro de 2004 por motivos de transferência para a BA4 o CAP/PA Vicente é substituído pelo CAP/PA Couchinho no Comando do CICPA.
Em 2005 é aprovada a nova Organização do AM1, e o CICPA passa a ser designado por Centro de Treino Cinotécnico da Força Aérea (CTCFA) sendo atribuído para o seu comando um Oficial Superior com a qualificação de Instrutor Tratador de Cães Militares. É nomeado Comandante do CTCFA, o MAJ/PA Silva, fundador da escola.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Jorge Pereira

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 8384
  • Recebeu: 968 vez(es)
  • Enviou: 1137 vez(es)
  • +134/-45
Re: Centro de Treino Cinotécnico da Força Aérea (CTCFA)
« Responder #1 em: Outubro 30, 2009, 08:37:29 pm »
Missão

Citar
O Centro de Treino Cinotécnico da Força Aérea (CTCFA), tem por missão:
- Ministrar os cursos de Instrutores, Monitores e Tratadores de cães militares nas vertentes de Guarda, Detecção de Droga e Explosivos ;
- Efectuar reciclagens, estágios e treinos de conjunto de forma a garantir a proficiência do efectivo cinotécnico da Força Aérea ;
- Manter em estado de prontidão a Reserva Operacional Cinotécnica da Força Aérea;
- Manter o nível de prontidão e proficiência superiormente sancionado para a Equipa de Demonstração Cinotécnica da Força Aérea.

Equipas de Guarda
- Segurança a Hangares e Aeronaves
- Segurança a Paióis e zonas sensíveis
- Segurança de meios da FAP no exterior das unidades

Equipas de Detecção
- Detecção de qualquer tipo de substância estupefaciente :
  > Nos edifícios de unidades e órgãos da FA
  > Em aeronaves e viaturas
  > Nos aeroportos militares e cargas suspeitas
- Detecção de substâncias e/ou engenhos explosivos:
  > Aeronaves, viaturas e respectivas cargas
  > Suspeita ou ameaça de engenhos explosivos dentro das unidades e órgãos da FAP

Equipas de demonstração
- Demonstrações das capacidades das equipas Cinotécnicas na execução de exercícios e manobras características realizadas tanto na guarda como na detecção.
- Demonstração do trabalho realizado com os animais e a forma como se tira o máximo rendimento das suas qualidades inatas.
 

*

texas

  • 1
  • +0/-0
Re: Centro de Treino Cinotécnico da Força Aérea (CTCFA)
« Responder #2 em: Fevereiro 10, 2011, 04:21:58 pm »
No final de 2011 o CTCFA formou e certificou nove novas Equipas Cinotécnicas de Detecção, três especializadas em estupefacientes (ECDD) e seis dedicadas aos explosivos (ECDE), das quais duas pertencentes ao Regimento de Lanceiros 2, sendo a primeira vez que naquele centro se formaram equipas cinotécnicas de um organismo estranho à Força Aérea. Foi utilizada uma nova metodologia na formação tendo as ECDE passado por uma fase realizada no CTSFA e ministrada pelos instrutores da ARIEE. De realçar também a componente de adaptação dos novos canídeos à projecção aerotransportada, realizada na BA11, a bordo dessas fantásticas máquinas voadoras que são os ALIII da Esquadra 552.
 

Re: Centro de Treino Cinotécnico da Força Aérea (CTCFA)
« Responder #3 em: Junho 30, 2011, 06:48:47 pm »
Boa tarde, sabem se vai abrir mais algum curso para cinófilos praças este ano? cumprimentos
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 9566
  • Recebeu: 1144 vez(es)
  • Enviou: 2550 vez(es)
  • +168/-48
    • http://youtube.com/HSMW
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

 

Açores: radares de defesa aérea a partir de 2011

Iniciado por pmdavila

Respostas: 18
Visualizações: 9858
Última mensagem Maio 20, 2008, 04:09:50 pm
por Lancero
Desactivação da Base aérea nº 6 do Montijo

Iniciado por Mar Verde

Respostas: 569
Visualizações: 84750
Última mensagem Outubro 22, 2020, 08:05:27 pm
por tenente
BA11 - Base Aérea Beja

Iniciado por asalves

Respostas: 52
Visualizações: 4510
Última mensagem Junho 18, 2020, 08:33:33 am
por tenente
Base Aérea na Madeira

Iniciado por pedro

Respostas: 132
Visualizações: 30905
Última mensagem Fevereiro 24, 2006, 11:54:38 pm
por pedro
Sistema de Defesa Aérea

Iniciado por Shar[K]

Respostas: 34
Visualizações: 9849
Última mensagem Julho 11, 2006, 02:06:47 pm
por Spectral