Notícias do Exército Brasileiro

  • 1292 Respostas
  • 369797 Visualizações
*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5197
  • Recebeu: 492 vez(es)
  • Enviou: 351 vez(es)
  • +3295/-2474
Re: Notícias do Exército Brasileiro
« Responder #1290 em: Dezembro 31, 2020, 10:53:54 pm »
Exército Brasileiro dá a largada para o 8X8

O Centauro II, um dos candidatos (Iveco - Oto Melara Consortium)

Por Paulo Roberto Bastos Jr

No último Boletim do Exército de 2020, o BE Nº 53/2020, saiu a Portaria EME/C Ex nº 275, de 11 de dezembro último, que aprova a diretriz de iniciação do projeto de obtenção da viatura blindada de combate de Cavalaria (VBC-Cav), e cria a equipe para a realização dos estudos de viabilidade e elaboração da proposta do modelo a ser seguido.

Os planos abrangem 221 veículos, preferencialmente até 2026, além do planejamento e implantação de suporte logístico integrado (SLI) durante esse período, semelhante àqueles apresentados para as modernizações do Cascavel e do Leopard.

O Exército Brasileiro (EB) busca como objetivo mais poder de fogo e capacidade de combate anticarro, aos regimentos e esquadrões de Cavalaria mecanizados, principalmente no âmbito das Brigadas Guarani, complementando e depois substituindo, as VBR EE-9 Cascavel, as quais devem ganhar um tempo adicional de serviço de mais 15 anos.

As principais características apresentadas nos requisitos operacionais são:

Sistema de tração 8X8;

Armamento principal (canhão) de calibre mínimo de 105 mm;

Dotação de sistema de comando e controle (C2) interoperável com o sistema da Força Terrestre e com as versões adotadas nas viaturas de família de blindados Guarani; e

Comunalidade entre os diversos subsistemas com o projeto de modernização da VBR EE-9 Cascavel;


A publicação dessas diversas diretrizes de iniciação do projeto demostra a continuidade do EB em relação ao trabalho feito pelo GT Nova Couraça, recentemente transformado em Subprograma Forças Blindadas (S Prg EE F Bld), integrante do Programa Estratégico do Exército (Prg EE) Obtenção da Capacidade Operacional Plena (OCOP). É aguardado para breve que sejam divulgados o da viatura blindada de combate carro de combate corrente (VBC CC corrente) e da  viatura blindada de combate de fuzileiros (VBC Fuz), cujos ROB e RTLI foram apresentados em fevereiro/março de 2020, pelo Estado-Maior.

 :arrow:  https://tecnodefesa.com.br/exercito-brasileiro-da-a-largada-para-o-8x8/

Exército inicia Projeto de Obtenção da Viatura Blindada 8×8


O Estado-Maior do Exército aprovou por meio da Portaria EME/C Ex Nº 275, a Diretriz de Iniciação do Projeto de Obtenção da Viatura Blindada de Combate de Cavalaria 8×8, integrante do Subprograma Forças Blindadas do Programa Estratégico do Exército Obtenção da Capacidade Operacional Plena (Prg EE OCOP).

Os objetivos do projeto são:

a. Obter até 221 (duzentos e vinte e uma) VBC Cav 8×8, dotada de canhão de calibre mínimo de 105 mm (cento e cinco milímetros), conforme os requisitos operacionais (RO) estabelecidos.

b. Integrar os sistemas de plataforma veicular, de comando e controle (C2) e de armas.

c. Contribuir com a capacitação, qualificação e treinamento dos recursos humanos para a nova viatura e seus sistemas.

d. Contribuir com o planejamento criterioso e implantação de um Sistema Logístico necessário à viatura e seus sistemas.

e. Participar do planejamento e coordenação da Experimentação Doutrinária e Logística.

f. Preparar o Exército Brasileiro para a substituição das suas VBC 6×6 por meio da aquisição de novas viaturas.

g. Coordenar com o Projeto de Modernização da VBR EE-9 Cascavel a comunalidade dos sistemas.


A meta é obter os veículos até 2026.

FONTE: Boletim do Exército Nº 53/2020, de 31 de dezembro de 2020

 :arrow:  https://www.forte.jor.br/2020/12/31/exercito-inicia-projeto-de-obtencao-da-viatura-blindada-8x8/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5197
  • Recebeu: 492 vez(es)
  • Enviou: 351 vez(es)
  • +3295/-2474
Re: Notícias do Exército Brasileiro
« Responder #1291 em: Janeiro 05, 2021, 12:44:28 pm »
Exército Brasileiro vai modernizar 116 veículos blindados Leopard 1A5 BR


Roberto Valadares Caiafa

O Subprograma Forças Blindadas (SPrg F Bld), integrante do Programa Estratégico do Exército Obtenção da Capacidade Operacional Plena (Prg EE OCOP) determinou a atualização de até 116 viaturas blindadas de combate carro de combate Leopard 1A5 BR.

Essa frota deverá prestar mais quinze anos de serviço após receber a modernização.

O programa prevê a revitalização e completa revisão mecânica de componentes, modernização do sistema de controle de tiro com adição de computador balístico e telêmetro laser (medidor de distâncias), substituição do giro da torre com introdução de um punho de prioridade para o comandante do blindado, e a modernização dos optrônicos da guarnição, ou seja, uma atualização do EMES-18 e sistemas associados e do sistema de giro da torre, mais seguro de operar no modo elétrico.

O Leopard 1A5 BR atualizado deverá possuir também um Sistema de Comando e Controle C2 interoperável com o C2 da Nova Família de Blindados Sobre Rodas do Programa Guarani, permitindo a comunicação segura entre diferentes tipos de veículos blindados do Exército.

Não haverá alteração no nível de proteção blindada básica de toda a plataforma veicular, ou seja, o carro continua confiando em velocidade e mobilidade para sobreviver, já que também não irá receber adição de proteções passivas/ativas ou kits extras de blindagem.

O Projeto não deverá contemplar alteração no armamento principal, permanecendo em uso o veterano canhão Royal Ordnance L7A3 de alma raiada capaz de disparar granadas explosivas HEAT-T e HESH-T e munição cinética perfurante de blindagem do tipo Armor Piercing Fin Stabilized Discarding Sabot – Tracer (APFSDS-T), todas com alcance eficaz de 3,5 km em condições ideias de tiro.

Entre as empresas internacionais que já demonstraram interesse, a alemã KMW, através da sua subsidiária KMW do Brasil, e a israelense Elbit Systems já apresentaram propostas. Entre as brasileiras, ARES Aeroespacial e Defesa, Columbus Comercial Importadora e Exportadora Ltda e Equitron Automação também deverão apresentar propostas comerciais para atualização de 116 carros de combate Leopard 1A5 BR.

Possível substituição de parte da frota

Com essa linha de ação, o Exército Brasileiro dá sinais claros de que está buscando um MBT para substituir parte da frota de Leopard 1A5 BR, considerando-se a discrepância entre total de carros adquiridos em 2006 (230), e o número a ser atualizado (116).

Descontandos-se a taxa de atrito dos Leopard 1A5 BR, avaliada em menos de 20 % da frota ao longo de 15 anos, resultado de um contrato de suporte logístico integrado bem planejado, é possível antever uma aquisição de oportunidade para cerca de oitenta (80) até noventa (90) veículos de reposição de um tipo mais moderno e capaz.

Bastidores no Exército apontam consistentemente para a continuidade da doutrina alemã através da aquisição de carros de combate Leopard 2, especialmente com foco na versão 2A4, disponível no mercado europeu de material de emprego militar de segunda mão.

Essa opção teria a vantagem adicional de aproveitar toda a infraestrutura industrial instalada pela KMW do Brasil em Santa Maria (RS), facilitando a entrada em serviço dos carros adquiridos e propiciando escala, caso essas instalações venham a ser utilizadas também para os trabalhos de atualização dos 116 Leopard 1A5 BR a serem selecionados.

 :arrow:   https://www.infodefensa.com/latam/2021/01/04/noticia-ejercito-brasil-modernizara-blindados-leopard.html

 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5197
  • Recebeu: 492 vez(es)
  • Enviou: 351 vez(es)
  • +3295/-2474
Re: Notícias do Exército Brasileiro
« Responder #1292 em: Janeiro 08, 2021, 06:06:41 pm »
Perspectivas para a BID: O Portfólio Estratégico do Exército Brasileiro



Programa Estratégico SISFRON

Contratos Planejados para o período de 2020 a 2023:

– Contratação da Fase 2 (mesma Integradora) com a possibilidade de fornecimento de equipamentos, serviços e sistemas
– Contratação de Assessora para fins de assessoramento legal no Processo Seletivo e na Contratação da Fase 3 planejamento, gestão e fiscalização da Fase 3 assessoramento na introdução de inovações e futuro planejamento das Fases posteriores do Programa
– Contratação da Fase 3 (Empresa Integradora)


Obtenções planejadas para o período de 2020 a 2023:

– Aquisição de equipamentos optrônico (binóculos ópticos, óculos de visão noturna e binóculos termais)
– Aquisição de equipamentos de vigilância, monitoramento e reconhecimento (radares móveis, transportáveis e fixos)
– Aquisição de receptores, instalações e integrações do Subsistema MAGE
– Aquisição de equipamentos de comunicações táticas
– Aquisição de equipamentos de comunicações satelitais (terminais leves).
– Instalação de Centros de Comando e Controle Fixos e Móveis
– Integração dos diversos subsistemas entregues (Subsistema de Integração)
– Aquisição de meios de autoproteção, emprego individual e coletivo, mobilidade tática e estratégica
– Aquisição de material para postos de bloqueio e controle de vias terrestres e fluviais
– Aquisição de equipamentos de engenharia
– Aquisição de meios de transporte terrestre
– Aquisição de meios de transporte logístico fluviais
– Contratação de Suporte Logístico Integrado
– Contratação de manutenção
– Aquisição de suprimentos
– Aquisição de meios aéreos não tripulados

Programa Estratégico Guarani


Obtenções planejadas para o período de 2020 a 2023:

2020 – Obtenção do Protótipo VBTP MSR 6 x 6 com implemento de Engenharia integrados 2 unidades)
2020/2023 – Aquisição de Viaturas 6×6 VBTP MSR, com os sistemas de comando e controle e de armas integrados 60 unidades/ano
– Aquisição de Viaturas 4 x 4 VBMT LSR, com todos os seus sistemas integrados 8 unidades/ano)
2022/2023 – Aquisição do Protótipo da Viatura 6 x 6 VBE Mrt MSR, com todos os seus sistemas integrados
2020/2023 – Obtenção de Simuladores do Atirador e Desenvolvimento do Simulador do Motorista

Programa Estratégico Astros 2020


2020/2021 – Prosseguimento do desenvolvimento do Míssil Tático de Cruzeiro (MTC 300)
– Prosseguimento do desenvolvimento do Foguete Guiado SS 40G
– Aquisição de Simuladores Virtuais Técnicos 7 unidades)
2020/2023 – Prosseguimento da implantação do Sistema Transportável de Rastreio de Engenho em Voo (STREV)
2020/2022 – Modernização de 02 (Viaturas Unidade de Controle de Fogo)
2021 – Previsão de aquisição do Míssil Tático de Cruzeiro (MTC 300).
– Previsão de aquisição do Foguete Guiado SS 40G
2022/2023 – Implantação da Bateria de Busca de Alvos

Programa Estratégico Defesa Cibernética


Obtenções planejadas para o período de 2020 a 2023:

– Aquisição de soluções tecnológicas de interoperabilidade
– Aquisição de soluções de segurança, com ênfase no uso de criptografia
– Capacitação de recursos humanos, presencial e a distância.
– Aquisição de equipamentos de Big Data e IA.
– Implantação do Laboratório de Proteção Cibernética do SC2FTer.
– Aquisição de serviços e equipamentos para operações cibernéticas.
– Renovação/atualização de licenças de software para operações cibernéticas.
– Atualização de infraestrutura e software para o Simulador de Guerra Cibernética.
– Modernização da infraestrutura de TI para a proteção cibernética/Backbone Nacional do EB em banda larga.
– Modernização dos serviços de TI para a proteção cibernética e garantia da segurança da informação/ EBVoIP.
– Aquisição de soluções para a melhoria da proteção cibernética das redes do SIEx.
– Renovação/atualização de solução de Análise de Incidentes Cibernéticos baseada em Big Data, Data Analytics e IA.

Programa Estratégico Defesa Antiaérea


Obtenções planejadas para o período de 2020 a 2023:

2020/2021 – Contratação de Empresa Integradora para o Subsistema de Controle e Alerta da Defesa Antiaérea da Força Terrestre Projeto HÓRUS
2020 – Aquisição de Radar de Busca SABER M60
– Aquisição de Centros de Operações Antiaéreas Eletrônico de Seção de Artilharia Antiaérea (COAAe Elt Seç)
2021 – Desenvolvimento do Centro de Operações Antiaéreas Eletrônico de Seção Leve (COAAe Elt Seç L)
– Desenvolvimento do Centro de Operações Antiaéreas Eletrônico de Bateria de Artilharia Antiaérea (COAAe Elt Bia)
2020/2023 – Aquisição de 1 Módulo Completo de Comunicações (por ano) nível Seção de AAAe
2021/2023 – Aquisição de Radar de Vigilância SABER M200 VIGILANTE
– Obtenção de Produtos de Defesa (PRODE) voltados à Infraestrutura Logística de Artilharia Antiaérea (Btl Mnt Sup AAAe)
– Obtenção de PRODE voltados à Infraestrutura de Capacitação de Pessoal em Defesa Antiaérea (EsACosAAe)
– Desenvolvimento e aquisição de Produto de Defesa (PRODE) do Subsistema de Controle e Alerta das Unidades de Emprego de Artilharia Antiaérea
2022/2023 – Desenvolvimento e aquisição de Produto de Defesa (do Subsistema de Controle e Alerta das Unidades de Emprego de Artilharia Antiaérea)
– Aquisição de Centro de Operações Antiaéreas Eletrônico de Seção Leve (COAAe Elt Seç L)
– Aquisição de Centro de Operações Antiaéreas Eletrônico de Bateria de Artilharia Antiaérea (COAAe Elt Bia)

Programa Estratégico Aviação do Exército


Obtenções planejadas para o período de 2020 a 2023:

2020/2021 – Modernização de seis helicópteros FENNEC AvEx
2020/2023 – Modernização de helicópteros PANTERA K2 (4 unidades/ano)
– Contratação e recebimento de módulos do Sistema Integrado de Armamento Axial e Imagens para Helicóptero
– Desenvolvimento do simulador de voo do Pantera K2

Programa Estratégico OCOP


Obtenções planejadas para o período de 2020 a 2023 – Classe V:

2020 – Óculos de Visão Noturna
– Monóculos de Visão Noturna
– Micro Câmera
– Fuzil IA2
2021 – Óculos de Visão Noturna
– Monóculos de Visão Noturna
– Fuzil IA2
– Monóculos de Visão Termal
– Binóculo Ótico
2022 – Mtr L 7,62 mm
– Fz Rep 7,62 mm
– Luneta para Fz Rep 7,62 mm
– Luneta para atirador designado
– Lç Gr Acoplável
– Porta Granada
– Porta Carregador Cal 12 mm
– Espingarda Cal 12 mm
– Lç Gr automático
– Mtr Média 7,62 mm
– Visor de Observação Indireta de Tiro
– Fuzil IA2
2023 – Pistola 9mm
– Coldre
– Porta carregador 9mm
– Fiel para pistola
– Mochila de assalto
– Submetralhadora 9mm
– Máscara contra Gases
– Dispositivo elétrico incapacitante
– Fuzil IA2
– Protótipo homologado de Pistola 9mm
2020/23 – Radar contra morteiro.
– Obuseiros 155 mm AR
– Obuseiros 105 mm AR
– GÊNESIS versão AR (4.0) GAC tipo II.
– Simuladores para artilharia.
– Equipamentos de localização pelo som.
– Postos Meteorológicos.
– Munições de diversos tipos e calibres.
– Material do Sistema IRB, quais seja embarcações de manobra Viatura Truck 8×8 adaptadores de pálete (BAP)
– 09 equipamentos de Engenharia Blindado e Alta Mobilidade
– Reforçadores de Solos/Sistemas de Mobilidade para Terrenos Pesados (HGMS Heavy Ground Mobility System, lançado por VTE Scania VOP 1 tração 6×6 sem reboque)
– Ponte VBEL Pnt MOWAG 8×8 (Blindado)
– Sistema de apoio à decisão
– Equipamentos Rádio Alcance até 50 km (veicular)
– Equipamentos Rádio Alcance até 50 km (portátil)
– Equipamentos Rádio Alcance até 200 km (veicular)
– Rádio para SU, OM valor Btl, Cia Com Bda e SRDT Sistema Cia GE do BComGE e Cia GE do BGE
– SARP
– Paraquedas e materiais afins para atender as capacidades operacionais da Brigada de Infantaria Paraquedista
– MEM para atender e manter as capacidades operacionais DQBRN do EB
– 36 VBCOAP M 109A5

Programa Estratégico PROTEGER


Obtenções planejadas para o período de 2020 a 2023:

2020 – Contratação do protótipo do CCOp Mv (Conjunto de 08 Viaturas)
– Aquisição de equipamento DQBRN
2020/2023 – Entrega anual de versões do Software INTEGRADOR
– Aquisição de equipamento DQBRN
2022 – Contratação de 01 unidade do CCOp Mv (Conjunto de 13 Viaturas)
– Aquisição de equipamento DQBRN

Programa Estratégico Sistema de Engenharia (PENSE)

Obtenções planejadas para o período de 2020 a 2023:
2020 – Aquisição de Cavalo Mecânico e prancha alta.
2020/2023 – Aquisição de equipamentos de Engenharia.
2022 – Aquisição de Ônibus Interestadual

Programa Estratégico Sistema Logístico Militar Terrestre

Obtenções planejadas para o período de 2020 a 2023:

2020/2023 – Prosseguimento do desenvolvimento do Software de Gestão Logística (SIGELOG)

Programa Estratégico Amazônia Protegida

Obtenções planejadas para o período de 2020 a 2023:

2020/2023 – Aquisição de piers flutuantes, empilhadeiras, geradores, estações de abastecimento, viaturas, embarcações, motores de popa e equipamento de engenharia para Pelotões Especiais de Fronteira (PEF)
– Aquisição e instalação de módulos de energia solar nos PEF de Tiriós, São Joaquim, Auaris e no Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS)
– Contratação de empresa especializada para elaboração de estudos geotécnicos e projetos executivos de fundação, estrutura e combate a incêndio do Pavilhão Multi classes (Marabá PA)

Programa Estratégico Sistema Operacional Militar Terrestre

Obtenções planejadas para o período de 2020 a 2023:

– Aquisição e contratação de serviços para manutenção de equipamentos e sistemas de simulação
– Contratação da infraestrutura lógica e CFTV para o SIMACEM do CA Sul
– Aquisição de hardwares para os sistemas da Chefia do Emprego da Força Terrestre e o software SIMAD/INTEGRADOR
– Aquisição hardwares para os Centros de Coordenação de Operações (CCOp)
– Conclusão do software GPrepFTer
– Contratação dos serviços de manutenção corretiva e evolutiva do software GPrepFTer
– Contratação do serviço de capacitação e de manutenção do software SIMAD/INTEGRADOR

FONTE: EPEx

 :arrow:  https://www.defesaaereanaval.com.br/exercito/perspectivas-para-a-bid-o-portfolio-estrategico-do-exercito-brasileiro