Problemas com FALCON do Presidente da República

  • 105 Respostas
  • 38696 Visualizações
*

xenical_

  • Membro
  • *
  • 31
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #90 em: Abril 04, 2009, 08:13:01 pm »
Boa tarde

  Num exercício puramente especulativo, faria algum sentido a FAP adquirir/alugar algum Embraer excedente, que a Portugália possa eventualmente ter?


Cumprimentos

Paulo Mariano
 

*

raphael

  • Investigador
  • *****
  • 1333
  • Recebeu: 243 vez(es)
  • Enviou: 204 vez(es)
  • +41/-4
(sem assunto)
« Responder #91 em: Abril 04, 2009, 08:22:43 pm »
Já que o governo gosta tanto de voar em jactos, e sendo que os Falcon da FAP para as missões de interesse público (transporte de doentes, orgãos e equipas médicas) ainda estão para as curvas... O Governo como até já criou uma empresa de meios aéreos para gerir os Kamov e afins, em vez de criar dividas para com  a FAP (no minimo os tais 8 milhões de euros noticiados) põe os novos aviões alugados ou adquiridos na alçada da EMA e pronto... menos uma dor de cabeça para a FAP.
Um abraço
Raphael
__________________
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5480
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +1394/-2
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #92 em: Abril 07, 2009, 09:53:50 pm »
Mas o governo deveria voar em quê ?

SPAD's de duas asas da I guerra mundial ?

Até já estou a ver o Cavaco lá em cima a dizer "contacto" e o Socrates a dár à hélice cá em baixo...
 

*

pchunter

  • 368
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • Enviou: 16 vez(es)
  • +2/-0
(sem assunto)
« Responder #93 em: Abril 07, 2009, 11:20:08 pm »
Citação de: "papatango"
Mas o governo deveria voar em quê ?

SPAD's de duas asas da I guerra mundial ?

Até já estou a ver o Cavaco lá em cima a dizer "contacto" e o Socrates a dár à hélice cá em baixo...


É triste termos chegado a esta situação limite, as avarias são muito frequentes na minha opinião não fosse a crise e o tio socras e o avô cavaco já tinham aviões novos talvez o Falcon 7X. Essa do socras a dar à hélice teve piada mas qualquer dia têm de ir ao museu do ar.
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4297
  • Recebeu: 294 vez(es)
  • Enviou: 287 vez(es)
  • +56/-26
Re: Problemas com FALCON do Presidente da República
« Responder #94 em: Fevereiro 05, 2016, 09:54:55 pm »
Citar
O Governo vai propor a Bruxelas a modernização dos C-130 e de aparelhos de treino. A participação nacional nos projectos pode ir até 3,85 milhões de euros.
O Estado vai candidatar-se a financiamento comunitário para a modernização de três modelos de aeronaves ao serviço da Força Aérea, para adaptá-los ao programa "Céu Único Europeu", e reservou 3,85 milhões de euros de comparticipação no investimento a título nacional.

Em causa estão os jactos Falcon 50, que foram durante anos utilizados na deslocação ao estrageiro de altas individualidades do Estado -, os cargueiros C-130, usados no transporte aéreo táctico, patrulhamento marítimo e de busca e salvamento e incêndios e os monomotores TB-30, projectados para treino de voo e para servir a fase elementar de pilotagem.

De acordo com um despacho assinado pelo ministro da Defesa, Azeredo Lopes, e publicado esta quinta-feira, 4 de Fevereiro, em Diário da República, o Governo cabimentou essa verba prevista na Lei de Programação Militar para co-financiar, até 2019, os projectos de modernização que venham a ser aprovados por Bruxelas no âmbito do Fundo de Coesão, enquadrado nos Fundos Europeus Estruturais e de Investimento.

Segundo o site da Força Aérea na internet, os Falcon-50 foram recentemente alvo de modernização para "aumentar a segurança em voo", com a instalação de sistemas anti colisão, aviso de proximidade de solo, gravação de conversações e registo de voo. Os três aparelhos ao serviço da Força Aérea foram comprados em 1989 e 1991 para serem usados durante a primeira presidência da União Europeia, em 1992.

Em 2014, o Expresso noticiou que o então ministro da Defesa, José Pedro Aguiar Branco, tinha ordenado o estudo de opções, custos e modelos disponíveis para substituir estes aviões e que estaria a ser ponderada a escolha dos Legacy, da Embraer. Entre 2008 e 2009, as aeronaves sofreram várias avarias técnicas durante viagens do Presidente da República como do então primeiro-ministro, José Sócrates, o que levou à redução da utilização dos aparelhos.

O programa Céu Único Europeu pretende remover as fronteiras nacionais na gestão do espaço aéreo comunitário, através da reforma dos serviços de navegação aérea e da redução a apenas nove blocos regionais de navegação, para uma "organização mais racional". Além disso, pretende-se aumentar a eficiência e melhorar a segurança operacional dos voos.

As verbas para a adaptação a esta nova organização serão cabimentadas no âmbito das capacidades de transporte aéreo, estratégico, táctico e especial, comando e controlo aéreo e instrução de pilotagem e a navegação aérea e as competências para as candidaturas ficarão delegadas no chefe do Estado-Maior da Força Aérea.





http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/detalhe/governo_candidata_modernizacao_dos_falcon_a_fundos_europeus.html
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3210
  • Recebeu: 1964 vez(es)
  • Enviou: 1257 vez(es)
  • +1599/-175
Re: Problemas com FALCON do Presidente da República
« Responder #95 em: Maio 03, 2016, 04:29:48 pm »
Pergunto-me se, com uma frota de 8 aeronaves Embraer ERJ-145 adquiridas em 1997/98, a PGA não poderia vender duas ou três à FAP. Como as coisas vão na TAP não sei até que ponto não seria um negócio mais viável.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

Alvalade

  • Especialista
  • ****
  • 1046
  • Recebeu: 258 vez(es)
  • Enviou: 78 vez(es)
  • +32/-5
Re: Problemas com FALCON do Presidente da República
« Responder #96 em: Maio 03, 2016, 04:37:39 pm »
Pergunto-me se, com uma frota de 8 aeronaves Embraer ERJ-145 adquiridas em 1997/98, a PGA não poderia vender duas ou três à FAP. Como as coisas vão na TAP não sei até que ponto não seria um negócio mais viável.

Os ERJ-145 foram bem usados pela PGA, não sei se valia a pena.
 

*

raphael

  • Investigador
  • *****
  • 1333
  • Recebeu: 243 vez(es)
  • Enviou: 204 vez(es)
  • +41/-4
Re: Problemas com FALCON do Presidente da República
« Responder #97 em: Maio 03, 2016, 04:49:46 pm »
Pergunto-me se, com uma frota de 8 aeronaves Embraer ERJ-145 adquiridas em 1997/98, a PGA não poderia vender duas ou três à FAP. Como as coisas vão na TAP não sei até que ponto não seria um negócio mais viável.

O Falcon 50 tem uma capacidade limitada de passageiros.
Em vez de comprarem material já muito usado por terceiros com os inerentes custos de sustentação logística de mais uma frota...
Porque não utilizam a aviação comercial e deixam as aeronaves militares disponíveis para as missões militares e de interesse público...no caso do Falcon o transporte de órgãos e as evacuações urgentes...?
Um abraço
Raphael
__________________
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4297
  • Recebeu: 294 vez(es)
  • Enviou: 287 vez(es)
  • +56/-26
Re: Problemas com FALCON do Presidente da República
« Responder #98 em: Maio 03, 2016, 04:50:31 pm »
Pergunto-me se, com uma frota de 8 aeronaves Embraer ERJ-145 adquiridas em 1997/98, a PGA não poderia vender duas ou três à FAP. Como as coisas vão na TAP não sei até que ponto não seria um negócio mais viável.

Os ERJ-145 foram bem usados pela PGA, não sei se valia a pena.

voei neles há cerca de 2 anos e parecia-me em bom estado!
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

Alvalade

  • Especialista
  • ****
  • 1046
  • Recebeu: 258 vez(es)
  • Enviou: 78 vez(es)
  • +32/-5
Re: Problemas com FALCON do Presidente da República
« Responder #99 em: Maio 03, 2016, 05:12:11 pm »
Pergunto-me se, com uma frota de 8 aeronaves Embraer ERJ-145 adquiridas em 1997/98, a PGA não poderia vender duas ou três à FAP. Como as coisas vão na TAP não sei até que ponto não seria um negócio mais viável.

Os ERJ-145 foram bem usados pela PGA, não sei se valia a pena.

voei neles há cerca de 2 anos e parecia-me em bom estado!

Certo, mas não sei como estão ao nível dos ciclos de voo.
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 7007
  • Recebeu: 3070 vez(es)
  • Enviou: 1630 vez(es)
  • +1662/-127
Re: Problemas com FALCON do Presidente da República
« Responder #100 em: Maio 03, 2016, 05:30:53 pm »
Pergunto-me se, com uma frota de 8 aeronaves Embraer ERJ-145 adquiridas em 1997/98, a PGA não poderia vender duas ou três à FAP. Como as coisas vão na TAP não sei até que ponto não seria um negócio mais viável.

Não te metas nisso !!!!!!!
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 7007
  • Recebeu: 3070 vez(es)
  • Enviou: 1630 vez(es)
  • +1662/-127
Re: Problemas com FALCON do Presidente da República
« Responder #101 em: Maio 03, 2016, 05:33:00 pm »
Pergunto-me se, com uma frota de 8 aeronaves Embraer ERJ-145 adquiridas em 1997/98, a PGA não poderia vender duas ou três à FAP. Como as coisas vão na TAP não sei até que ponto não seria um negócio mais viável.

Os ERJ-145 foram bem usados pela PGA, não sei se valia a pena.

voei neles há cerca de 2 anos e parecia-me em bom estado!

Certo, mas não sei como estão ao nível dos ciclos de voo.


muito rodados, muito rodados nem pensem sequer em adquirir o que quer que seja da PGA.......olhem comprem dois ou três AT4, e livrem a ponte aérea dessa trampa :rir: :rir: :rir: :rir: :rir: :rir: :rir:





mas um destes era bem melhor:



cumprimentos
« Última modificação: Maio 03, 2016, 08:17:36 pm por tenente »
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7147
  • Recebeu: 585 vez(es)
  • Enviou: 251 vez(es)
  • +542/-2
Re: Problemas com FALCON do Presidente da República
« Responder #102 em: Outubro 31, 2018, 10:37:35 am »
Despacho n.º 10106/2018 - Diário da República n.º 210/2018, Série II de 2018-10-31 116835833
Defesa Nacional - Gabinete do Ministro
Falcon 50 - Modificação das Aeronaves para cumprimento de Requisitos SESAR

https://dre.pt/web/guest/home/-/dre/116835833/details/maximized?serie=II&parte_filter=31&dreId=116835827
 

*

Major Alvega

  • Analista
  • ***
  • 684
  • Recebeu: 621 vez(es)
  • Enviou: 353 vez(es)
  • +1228/-122
Re: Problemas com FALCON do Presidente da República
« Responder #103 em: Outubro 31, 2018, 11:39:54 am »
 Imagine-se instalar num Renault 19, um Peugeot 405 ou Ford Escort com 500.000 kms um GPS Garmin, substituir o radio com cassettes por um radio com MP3 etc.
 Isto é apenas um país surreal, pobre e mal gerido. Hoje em dia há oportunidades no mercado onde aparecem por exemplo  Falcons 7X (já não falo dos 900), Legacys 650 a preços irrisórios.  E insiste-se a continuar a enterrar dinheiro em chaços que praticamente ninguém já voa naquilo.
 

*

raphael

  • Investigador
  • *****
  • 1333
  • Recebeu: 243 vez(es)
  • Enviou: 204 vez(es)
  • +41/-4
Re: Problemas com FALCON do Presidente da República
« Responder #104 em: Outubro 31, 2018, 11:45:02 am »
Imagine-se instalar num Renault 19, um Peugeot 405 ou Ford Escort com 500.000 kms um GPS Garmin, substituir o radio com cassettes por um radio com MP3 etc.
 Isto é apenas um país surreal, pobre e mal gerido. Hoje em dia há oportunidades no mercado onde aparecem por exemplo  Falcons 7X (já não falo dos 900), Legacys 650 a preços irrisórios.  E insiste-se a continuar a enterrar dinheiro em chaços que praticamente ninguém já voa naquilo.

Chaços para transportar altas entidades que podiam muito bem contratar privados para o efeito.
Porém aeronaves espetaculares para evacuações aeromédicas muito urgentes e transporte de órgãos para transplantes... para esse efeito são espetaculares e chegam perfeitamente.
Um abraço
Raphael
__________________
 

 

Substituição dos Falcon 50

Iniciado por Alvalade

Respostas: 141
Visualizações: 22916
Última mensagem Fevereiro 26, 2020, 01:58:08 pm
por luis simoes