Relações económicas da CPLP

  • 0 Respostas
  • 2947 Visualizações
*

comanche

  • Investigador
  • *****
  • 1799
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
Relações económicas da CPLP
« em: Janeiro 28, 2008, 01:35:48 pm »
China: Comércio com países lusófonos subiu 32,1% para 28,27 mil milhões de euros até Novembro de 2007


Citar
Macau, China, 28 Jan (Lusa) - O comércio entre a China e os países lusófonos cresceu 32,1 por cento entre Janeiro e Novembro de 2007, para 41,5 mil milhões de dólares (28,27 mil milhões de euros), disse hoje à agência Lusa fonte oficial.

De acordo com a mesma fonte, o comércio "mantém uma tendência de forte crescimento iniciada em Outubro de 2003" com a introdução do Fórum para Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, que tem na Região Administrativa Especial de Macau uma base de apoio de contactos e promoção e "permitiu abrir novos horizontes às relações comerciais e de cooperação entre os países envolvidos".

Com o crescimento verificado até Novembro, a mesma fonte adiantou que em 2007, os dados do comércio bilateral entre a China e os Países de Língua Portuguesa deverão atingir os 45.000 milhões de dólares americanos, muito perto da meta de 50.000 milhões de dólares traçada para ser atingida no final de 2009.

O principal parceiro lusófono da China é o Brasil que viu nos primeiros 11 meses do ano passado as trocas comerciais crescerem 45,7 por cento para um total de 27 mil milhões de dólares, seguido de Angola, com um aumento de 9,7 por cento para trocas comerciais de 11,1 mil milhões de dólares.

Portugal é o terceiro parceiro da China no contexto da lusofonia com trocas comerciais de 2,12 mil milhões de dólares e um crescimento homólogo face a 2006 de 29 por cento.

Moçambique fecha a lista dos principais parceiros chineses em termos de comércio com os países de expressão portuguesa, ao ter registado trocas comerciais no valor de 250 milhões de dólares e um crescimento de 37,2 por cento.

Entre 2003 e 2006, as trocas comerciais entre a China e a lusofonia mais que triplicaram para um total de 25,6 mil milhões de euros (cerca de 34 mil milhões de dólares) em 2006, um crescimento que na altura correspondia a 46,9 por cento face a 2005.

Na última reunião ministerial do Fórum, realizada em Setembro de 2006, em Macau, a China e Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Cabo-Verde, Guiné-Bissau e Timor-Leste - São Tomé e Príncipe não esteve presente por manter relações diplomáticas com Taiwan - decidiram elevar os laços de cooperação ao nível intergovernamental, comércio, investimento, empresarial, agrícola e das pescas, construção de infra-estruturas, recursos naturais, recursos humanos e desenvolvimento.

Os ministros de cada país participante reiteraram então que "Macau deve continuar a desempenhar activamente o papel de plataforma no reforço da cooperação económica e comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa".

No fórum de Macau, a China comprometeu-se ainda a abrir uma linha de crédito de cerca de cerca de 79 milhões de euros (800 milhões de reminbis) para desenvolvimento de infra-estruturas nos Países Africanos de Língua Portuguesa.

 

 

Angola ameaça cortar relações com FMI

Iniciado por komet

Respostas: 0
Visualizações: 1194
Última mensagem Julho 08, 2005, 07:28:29 pm
por komet
Relações Angola-China

Iniciado por comanche

Respostas: 12
Visualizações: 7841
Última mensagem Outubro 10, 2018, 02:52:39 pm
por Lusitano89
Relações Angola-Moçambique

Iniciado por comanche

Respostas: 3
Visualizações: 4955
Última mensagem Setembro 09, 2015, 04:11:07 pm
por Lusitano89
Microcrédito em discussão pela CPLP

Iniciado por Bravo Two Zero

Respostas: 0
Visualizações: 2499
Última mensagem Agosto 22, 2006, 08:20:06 am
por Bravo Two Zero