Paulo Portas obtém poupança de 20% nas comunicações

  • 2 Respostas
  • 2098 Visualizações
*

Fábio G.

  • Investigador
  • *****
  • 1395
  • +1/-0
Paulo Portas obtém poupança de 20% nas comunicações
« em: Maio 30, 2004, 01:21:27 pm »
DN

Citar
Paulo Portas obtém poupança de 20% nas comunicações

EDUARDO MASCARENHAS
O Ministério da Defesa Nacional admite obter uma poupança na ordem dos 20% relativamente aos custos suportados em 2003 com telefones fixos e móveis, na sequência da renegociação dos contratos de prestação de serviços com os principais operadores de telecomunicações em Portugal, revelou à Imprensa um assessor do titular da pasta, Paulo Portas.

Segundo aquela fonte, o Ministério da Defesa Nacional poupará já este ano 634 mil euros em comunicações fixas e móveis. O processo de renegociação dos contratos com a Portugal Telecom, Vodafone, Optimus e TMN foi conduzido pela nova Central de Compras daquele departamento governamental, estrutura constituída pelo ministro Paulo Portas para obtenção de ganhos de eficiência em todas as aquisições de equipamentos e serviços nas áreas que não sejam estritamente militares.

O sector da informática já foi alvo de iniciativas daquela Central de Compras e a estratégia, adoptada agora para as telecomunicações, consistiu em negociar um tarifário igual para todas as entidades com um desconto de grande cliente, comparável com as melhores práticas do mercado.

Numa primeira fase, foi possível uma poupança de 50% no custo dos gabinetes do ministro e da Secretaria-Geral, situação que foi potenciada por Paulo Portas como «exemplo» para a política de aquisição de serviços de telecomunicações em todo o Ministério.

Os contratos agora renegociados aplicam-se desde já a todos os orgãos e serviços centrais do Ministério da Defesa Nacional, Estado-Maior-General das Forças Armadas, Marinha, Exército e Força Aérea.

Segundo a fonte citada inicialmente, a Cruz Vermelha, Liga dos Combatentes, Instituto de Acção Social das Forças Armadas, Associação dos Deficientes das Forças Armadas, Empresa Portuguesa de Defesa (Empordef) e Comissão Portuguesa de História Militar poderão igualmente aderir aos novos protocolos.

A operação de negociação dos contratos com os operadores de telecomunicações, que decorreu ao longo de alguns meses, foi liderada pelo secretário-geral do Ministério da Defesa Nacional, Bernardo Carnall, que é igualmente o principal responsável pela equipa da nova Central de Compras.

Ainda segundo a mesma fonte, o Ministério da Defesa está agora a estudar a hipótese de numa próxima fase dispor apenas de um único operador móvel, «desde que este garanta maior eficiência».
 

*

emarques

  • Especialista
  • ****
  • 1177
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #1 em: Maio 30, 2004, 02:06:20 pm »
É uma vergonha que seja notícia que o governo português decida usar o dinheiro com um bocado de racionalidade... :roll:
Ai que eco que há aqui!
Que eco é?
É o eco que há cá.
Há cá eco, é?!
Há cá eco, há.
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7603
  • Recebeu: 545 vez(es)
  • Enviou: 186 vez(es)
  • +224/-260
(sem assunto)
« Responder #2 em: Maio 30, 2004, 02:25:28 pm »
É isso mesmo, emarques...
Agora trabalhar como deve ser já é notícia.
Será que o jornalista estava a ser irónico?

 :wink:
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

 

Portas quer usar LPM para vender tecnologia portuguesa

Iniciado por Tiger22

Respostas: 1
Visualizações: 1859
Última mensagem Março 10, 2004, 10:25:13 pm
por Ricardo Nunes
Portas apresenta execução da LPM em Março

Iniciado por Fábio G.

Respostas: 1
Visualizações: 1592
Última mensagem Outubro 02, 2004, 10:34:54 am
por Fábio G.
Paulo Portas e Luis Amado - Ministros diferentes?

Iniciado por Rui Elias

Respostas: 25
Visualizações: 6205
Última mensagem Janeiro 09, 2006, 01:32:29 am
por Leonidas
Desempenho de Paulo Portas

Iniciado por Ricardo Nunes

Respostas: 13
Visualizações: 6459
Última mensagem Dezembro 16, 2004, 06:18:02 pm
por Moi