ANO 2026

  • 138 Respostas
  • 40508 Visualizações
*

Aponez

  • Membro
  • *
  • 298
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #15 em: Fevereiro 01, 2007, 03:06:03 pm »
Citação de: "Wad_Ras"
Bom Dia,

Nessa altura já terei cerca de 59 anos, mas como li uma vez um TA do regimento paraquedista britanico com um longo bigode e de certeza com já com uma idade interessante e que dizia : " Já não tenho idade para correr...  ", Por isso que venham!!!!!

PS : temos sempre uma alternativa, a invasão de espanha, os israelitas fizeram várias demonstrações da vantagens deste tipo de operações.... Sucesso ou Morte!!!!

Ataque dos f16 às principais bases aereas com eliminação dos ef2000 e f18 ( só restariam os instalados nas ilhas,  relembrem-se que os principais sams estão instalados no mediterraneo, e ficariamos com uma desvantagem de 1 para 2 ( perfeitamente aceitavel!!!), eles ainda não teem awacs), ataque da bmi directo a madrid pelo sul ( eliminação da brunete em combate ).... e eles em 24 horas pediam o armisticio.... afinal são espanhois!

Cumprimentos,
Wad Ras


Ja comezamos outra vez coas fatochadas portuguesas, voces tem 40 F-16, nos en ese momento 87 (probablemente 103) EF-2000, e 89 F-18 repartidos en 5-6 bases principais con un pequeno problema para voces para alcanzar as bases de Los Llanos e Manises antes tem de eliminar Torrejon.

Segundo punto a forza terrestre. Para a BMI avanzar cara Madrid ten de eliminar primeiro a 2 brigadas mecanizadas españolas (1 a 1 ja que estan situadas en 2 provincias diferentes) e se dam alcanzado Madrid atoparían á Brigada Acorazada e á BRIPAC, ademáis de arriscar a un ataque dende o norte da Brigada de Caballería Castillejos.

Nas ilhas como vocé disse pois a nosa superioridade ja é insultante os seus 2 F-16 contra os 24 F-18 que nos temos en Canarias.

En quanto ós acordos firmados debe ter en conta que o primeiro son as necesidades propias e o que sobre (se sobra :twisted:
 

*

HISPANIXREX

  • 50
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #16 em: Fevereiro 01, 2007, 03:59:22 pm »
Uff, este tópico me gusta :lol:

Ante un ataque portugués habría que preguntarse varias cosas:

- ¿Tienen pilotos suficientes para volar sus 20 f16 (en el 2026 ya se caerían a trozos)?.
- ¿tiene bombas y combustible suficiente?.
- ¿serían capaces de atacar Madrid o se equivocarían y atacarían Toledo?.
- ¿cuantos miles de soldados mandarían para invadir España, quizás 100.000 hombres y 40 M60?.
- ¿meterían las NPO por el Tajo y el Duero hasta España?.

La triste realidad es otra y muy dolorosa para Portugal; si España quiere cerrar los rios Portugal no podría hacer nada solo rogar e implorar compasión castellana (que por Castilla es por donde pasan ambos ríos).

Poco armamento tiene ahora Portugal para defenderse como para pensar en atacar; posiblemente perderían las Islas Madeiras y el Algarve.El resto no nos sirve.
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15744
  • Recebeu: 1271 vez(es)
  • Enviou: 1196 vez(es)
  • +204/-188
(sem assunto)
« Responder #17 em: Fevereiro 01, 2007, 04:11:08 pm »
HISPANIXREX com essa resposta revelas-te (mais uma vez) a tua forma de pensar...é muito na linha do Bush, ou seja; eu posso, quero e mando!
Sim é verdade Portugal neste momento só tem 26 F-16 operacionais, 3 brigadas, e uma mão cheia de fragatas...mas tudo isso é irrelevante, já que qualquer assunto relacionado com as águas são debatidos pelos dois países, há uma comissão permanente e em caso de dúvida há Bruxelas para servir de mediador.
Wad_Ras não vale apena andarmos a pensar em invasões a Espanha ou algo do género, a realidade é outra.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Aponez

  • Membro
  • *
  • 298
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #18 em: Fevereiro 01, 2007, 04:21:32 pm »
Por fim alguem con sentido, pero aqui esquenza a Bruselas Cabeza de Martelo, Bruselas pode dizer o que queira que se a elección que temos é mandar unha auga que NOS precisamos a Portugal ou multa da UE, directamente mandamos á UE a tomar vento e a UE é basicamente un mercado, a escolha para eles sería mercado de 10 millons de habitantes ou mercado de 46 millons, ¿que cree que ian fazer?
 

*

Lancero

  • Investigador
  • *****
  • 4146
  • Recebeu: 29 vez(es)
  • +61/-0
(sem assunto)
« Responder #19 em: Fevereiro 01, 2007, 04:22:41 pm »
Obviamente este tópico está a descambar para onde alguns foristas espanhóis pretendiam... A esses deixo uma pergunta - já ouviram falar em guerra não-convencional?

Sobre o caminho que gostava, e tentei, dar ao tópico... Deixo esta notícia ao garrulo, que por ser de Murcia lhe interessará:

Citar
Officials: Drought in Spain could affect water supplies to up to 2 million people  
The Associated Press

Published: September 4, 2006
 
MADRID, Spain A drought could force rationing of water supplies to up to 2 million people in the southeastern region of Murcia if rains don't replenish two reservoirs in central Spain, officials said Monday.
 
Reservoirs at Entrepenas and Buendia, which are used to channel water to Mediterranean coastal province Murcia, have reached such low levels that water transfers planned for the end of September may have to be canceled, said Fernando Ortega, director of the regional water authority in Castilla-La Mancha.
 
"The water capacity of these two reservoirs has dropped below the level required by law which would allow transfer of water to Murcia," Ortega told The Associated Press.
 
The reservoirs draw their water from the Tagus river, whose flow rate has dropped below sustainable levels, Ortega said.
 
Unless rains begin to swell the two reservoirs, Murcia's 2 million residents could face rationing, Ortega said.
 
With summer temperatures soaring and no rain in sight, Environment Minister Cristina Narbona urged tourist areas in the southeast last month to start saving water if they want to avoid rationing.
 
Spain's Water Director Jaime Palop also called on Murcia's residents to curb water consumption by 5 percent at least until the end of the month, when it was hoped seasonal rains might begin to alleviate the drought.
 
He said regions such as Madrid, Catalonia and Andalusia had managed savings between 9 percent and 14 percent in recent months.
 
Palop warned that if the water savings were not made, there could be supply restrictions, including rationing.
 
Regional farming groups have repeated warnings given last year, saying drought could drive them off the land.
 
Environmental groups like Ecologists In Action have cautioned that the region should stop building thousands of holiday homes and hundreds of golf courses for tourists.
 
Spain has suffered from low rainfall for several years. In 2005, reservoirs dropped to 45.3 percent of their capacity after authorities reported the driest winter and spring for more than 60 years.
 
There have been arguments over a decision by the government — backed by most political parties and ecological groups — to scrap a multibillion euro (dollar) water transfer project drawn up by the conservative opposition party when they were in power that called for more humid northern areas to divert river flows to central and southern Spain.
 
 MADRID, Spain A drought could force rationing of water supplies to up to 2 million people in the southeastern region of Murcia if rains don't replenish two reservoirs in central Spain, officials said Monday.
 
Reservoirs at Entrepenas and Buendia, which are used to channel water to Mediterranean coastal province Murcia, have reached such low levels that water transfers planned for the end of September may have to be canceled, said Fernando Ortega, director of the regional water authority in Castilla-La Mancha.
 
"The water capacity of these two reservoirs has dropped below the level required by law which would allow transfer of water to Murcia," Ortega told The Associated Press.
 
The reservoirs draw their water from the Tagus river, whose flow rate has dropped below sustainable levels, Ortega said.
 
Unless rains begin to swell the two reservoirs, Murcia's 2 million residents could face rationing, Ortega said.
 
With summer temperatures soaring and no rain in sight, Environment Minister Cristina Narbona urged tourist areas in the southeast last month to start saving water if they want to avoid rationing.
 
Spain's Water Director Jaime Palop also called on Murcia's residents to curb water consumption by 5 percent at least until the end of the month, when it was hoped seasonal rains might begin to alleviate the drought.
 
He said regions such as Madrid, Catalonia and Andalusia had managed savings between 9 percent and 14 percent in recent months.
 
Palop warned that if the water savings were not made, there could be supply restrictions, including rationing.
 
Regional farming groups have repeated warnings given last year, saying drought could drive them off the land.
 
Environmental groups like Ecologists In Action have cautioned that the region should stop building thousands of holiday homes and hundreds of golf courses for tourists.
 
Spain has suffered from low rainfall for several years. In 2005, reservoirs dropped to 45.3 percent of their capacity after authorities reported the driest winter and spring for more than 60 years.
 
There have been arguments over a decision by the government — backed by most political parties and ecological groups — to scrap a multibillion euro (dollar) water transfer project drawn up by the conservative opposition party when they were in power that called for more humid northern areas to divert river flows to central and southern Spain.

Fonte
"Portugal civilizou a Ásia, a África e a América. Falta civilizar a Europa"

Respeito
 

*

garrulo

  • Perito
  • **
  • 545
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #20 em: Fevereiro 01, 2007, 04:31:29 pm »
No me he enterado Lancero no se ingles.
España tiene el 107% de la renta de la UE, Portugal el 75%, entramos al mismo tiempo. No seremos tan tontos.
 

*

Lancero

  • Investigador
  • *****
  • 4146
  • Recebeu: 29 vez(es)
  • +61/-0
(sem assunto)
« Responder #21 em: Fevereiro 01, 2007, 04:57:36 pm »
Citação de: "garrulo"
No me he enterado Lancero no se ingles.


Basicamente, a notícia é Setembro 2006 e relata que a seca poderia levar o racionamento de água a dois milhões de pessoas na região sudeste de Murcia se a chuva não enchesse as albufeiras de Entrepenas e Buendia - que retiram água do Tejo.
Estes reservatórios estavam em níveis tão baixos que se planeava cancelar transferências de água para Murcia - segundo Fernando Ortega, director do Instituto da Água (??) de Castilla-La Mancha.
Relata ainda que a ministra Cristina Narbona pediu às vilas turisticas do Sudeste para começarem a poupar água caso contrário avançaria para o racionamento.
O director do Instituto da Água (??) espanhol, Jaime Palop, pediu aos residentes em Murcia uma redução de consumo de pelo menos 5%
Agricultores avisavam que estavam com problemas
Grupos ambientalistas exigiam que parassem de ser construídos empreendimentos turísticos com millhares de casas e dezenas de campos de golfe.
Em 2005, as albufeiras espanholas tiveram uma quebra de 45,3% dos níveis de armazenamento .
"Portugal civilizou a Ásia, a África e a América. Falta civilizar a Europa"

Respeito
 

*

garrulo

  • Perito
  • **
  • 545
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #22 em: Fevereiro 01, 2007, 05:06:39 pm »
¿Yno le parece suficiente razón para lo del 2026, yo lo adelantaria 15 años.?
España tiene el 107% de la renta de la UE, Portugal el 75%, entramos al mismo tiempo. No seremos tan tontos.
 

*

Lancero

  • Investigador
  • *****
  • 4146
  • Recebeu: 29 vez(es)
  • +61/-0
(sem assunto)
« Responder #23 em: Fevereiro 01, 2007, 05:28:24 pm »
Espanha enfrentou esse problema grave o ano passado sem ter que cortar nos caudais do Tejo. Esperemos que nunca tenha de o fazer. Se o fizer... logo se verá. Temos algumas alternativas (não muitas é verdade) e um Plano Nacional da Água.
Para já há que alterar os hábitos de consumo. A ONU estima que, se o nível actual de consumo se mantiver, em 2025, cerca de 50% da população mundial irá lidar com falta de água potável.

Sobre as relações Portugal-Espanha quanto á água: http://www.inag.pt/inag2004/port/a_inte ... c2_t03.pdf
"Portugal civilizou a Ásia, a África e a América. Falta civilizar a Europa"

Respeito
 

*

Wad_Ras

  • Membro
  • *
  • 10
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #24 em: Fevereiro 02, 2007, 10:08:37 am »
Bom Dia,

Não entendam mal a minha pretensa invasão de espanha, estava na continuação do texto anterior da defesa de portugal em relação a uma invasão e argumentei com a possibilidade de uma ataque e invasão; lembrem-se sempre que o ataque é a melhor defesa ; Achei o texto interessante para deixar alguns espanhois a pensar para poderem responder ;

Conheço e reconheço as capacidade das nossas forças armadas e se falarmos em termos de operacionalidade de equipamento..... acho de devemos manter confindencialidade sobre este assunto...

Mas mais importante, sou cidadão Português e defenderei sempre aqui neste chat e fora a Pátria!!, da melhor maneira que eu conseguir ;

Cumprimentos
Wad Ras
 

*

manuel liste

  • Especialista
  • ****
  • 1053
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #25 em: Fevereiro 02, 2007, 10:47:38 am »
Citação de: "Wad_Ras"
Bom Dia,

Não entendam mal a minha pretensa invasão de espanha, estava na continuação do texto anterior da defesa de portugal em relação a uma invasão e argumentei com a possibilidade de uma ataque e invasão; lembrem-se sempre que o ataque é a melhor defesa ; Achei o texto interessante para deixar alguns espanhois a pensar para poderem responder ;

Conheço e reconheço as capacidade das nossas forças armadas e se falarmos em termos de operacionalidade de equipamento..... acho de devemos manter confindencialidade sobre este assunto...

Mas mais importante, sou cidadão Português e defenderei sempre aqui neste chat e fora a Pátria!!, da melhor maneira que eu conseguir ;

Cumprimentos
Wad Ras

Facer teorías de conflicto é outra forma de divertirse, pero o Portugal-España sería desequilibrado de máis. Agora: un RU+Portugal frente a España xa sería outra cousa  :lol:

¿Oiu que a batalla de Wad-Ras foi a maior victoria do exército español en África? Poño información sobre ela:

http://es.wikipedia.org/wiki/Guerra_de_%C3%81frica
 

*

Doctor Z

  • Analista
  • ***
  • 831
  • +1/-0
    • http://www.oliven
(sem assunto)
« Responder #26 em: Fevereiro 02, 2007, 11:43:24 am »
Citação de: "manuel liste"
Citação de: "Wad_Ras"
Bom Dia,

Não entendam mal a minha pretensa invasão de espanha, estava na continuação do texto anterior da defesa de portugal em relação a uma invasão e argumentei com a possibilidade de uma ataque e invasão; lembrem-se sempre que o ataque é a melhor defesa ; Achei o texto interessante para deixar alguns espanhois a pensar para poderem responder ;

Conheço e reconheço as capacidade das nossas forças armadas e se falarmos em termos de operacionalidade de equipamento..... acho de devemos manter confindencialidade sobre este assunto...

Mas mais importante, sou cidadão Português e defenderei sempre aqui neste chat e fora a Pátria!!, da melhor maneira que eu conseguir ;

Cumprimentos
Wad Ras

Facer teorías de conflicto é outra forma de divertirse, pero o Portugal-España sería desequilibrado de máis. Agora: un RU+Portugal frente a España xa sería outra cousa  :lol:

¿Oiu que a batalla de Wad-Ras foi a maior victoria do exército español en África? Poño información sobre ela:

http://es.wikipedia.org/wiki/Guerra_de_%C3%81frica


Quanto a tua ligação manuel liste, não é dificil ganhar, 140 000 contra 40
000 ... A habilidade é sim de ganhar batalhas quando se é muitos menos
numerosos (como aquelas que ganhamos contra vocês  :twisted: )
Blog Olivença é Portugal
"Se és Alentejano, Deus te abençoe...se não
és, Deus te perdoe" (Frase escrita num azulejo
patente ao público no museu do castelo de
Olivença).

:XpõFERENS./
 

*

comanche

  • Investigador
  • *****
  • 1799
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #27 em: Fevereiro 02, 2007, 02:23:17 pm »
Citação de: "Doctor Z"

Quanto a tua ligação manuel liste, não é dificil ganhar, 140 000 contra 40
000 ... A habilidade é sim de ganhar batalhas quando se é muitos menos
numerosos (como aquelas que ganhamos contra vocês  :twisted: )



nem mais, assim é que se vê a verdadeira valentia de um povo
 

*

Aponez

  • Membro
  • *
  • 298
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #28 em: Fevereiro 02, 2007, 02:37:29 pm »
Nos tambem sabemos ganhar en inferioridade DoctorZ

http://en.wikipedia.org/wiki/Battle_of_Mookerheyde
http://en.wikipedia.org/wiki/Battle_of_ ... %281702%29
http://en.wikipedia.org/wiki/Battle_of_Bicocca Esta por ejemplo foi tan fácil que unha bicoca en español e unha cousa conseguida sem dificultade (Como Olivenza :twisted: )
 

*

Aponez

  • Membro
  • *
  • 298
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #29 em: Fevereiro 02, 2007, 02:39:51 pm »
Citação de: "comanche"

nem mais, assim é que se vê a verdadeira valentia de um povo


Sim, ja a vimos en Olivenza en 1801, nem un misero disparo  :twisted: