Helicopteros PUMA da FAP: Qual o seu destino?

  • 72 Respostas
  • 28227 Visualizações
*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1696
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #15 em: Dezembro 28, 2006, 02:37:24 pm »
Prestam para a RAF, mas não servem para nós, nem para o Exército, nem para a FAP (Já sei... a FAP escolhe o que quer  :evil:

Que país tão exigente...
 

*

Bravo Two Zero

  • Especialista
  • ****
  • 1008
  • Recebeu: 13 vez(es)
  • Enviou: 16 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #16 em: Dezembro 28, 2006, 03:13:41 pm »
Se assim for acredito que a RAF irá fazer um bom negócio..........
Já agora, será que esta é uma opção de recurso e os "bifes" não conseguiram (re)adquirir os 6 EH-101 da Marinha Dinamarquesa para operar no Afeganistão, como circulava pela net ?
"Há vários tipos de Estado,  o Estado comunista, o Estado Capitalista! E há o Estado a que chegámos!" - Salgueiro Maia
 

*

mcalberto

  • Membro
  • *
  • 38
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #17 em: Dezembro 28, 2006, 03:15:38 pm »
Boa Tarde.

Não tenho qualquer informação que confirme a possibilidade de a RAF estar interessada nos SA-330 Pumas, face às dificuldades encontradas, nomeadamente no Afeganistão.  Essas dificuldades, levaram a que tivesse contactado os Países com EH-101 a fim de saber da viabilidade do empréstimo de algumas unidades.

Portugal, foi um desses países e terá declinado a proposta.  O mesmo não fez a Dinamarca, que emprestou/cedeu algumas unidades.

Cumprimentos
 

*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1696
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #18 em: Dezembro 28, 2006, 04:05:39 pm »
Contra-proposta:

Entregamos à RAF os Puma's e já agora de brinde os AlluetteIII, e em troca eles oferecem ao mais velho aliado um dos seus C-17   :twisted:
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 8372
  • Recebeu: 964 vez(es)
  • Enviou: 1131 vez(es)
  • +134/-45
(sem assunto)
« Responder #19 em: Dezembro 28, 2006, 05:15:48 pm »
Citação de: "Rui Elias"
Prestam para a RAF, mas não servem para nós, nem para o Exército, nem para a FAP (Já sei... a FAP escolhe o que quer  :evil:

Que país tão exigente...


O Exército não aceitou os Puma, mas eles foram oferecidos ao GALE.
A FAP se pode ter melhor... eu tb se puder trocar de carro ao fim de cada 5 anos não vou ficar com ele 10 anos.
Estou cada vez mais admirado com a GNR, não sei porque diz que a FAP é que escolhe tudo o que quer, olhe a GNR, tem uma marinha (Guarda Fiscal), tem bombeiros (GIPS), tem ou vai ter mergulhadores, faz missões internacionais de manutenção de paz (RI), só-lhes falta mesmo uma força aérea...
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15958
  • Recebeu: 1357 vez(es)
  • Enviou: 1250 vez(es)
  • +210/-198
(sem assunto)
« Responder #20 em: Dezembro 28, 2006, 05:25:51 pm »
Citação de: "Lightning"
Citação de: "Rui Elias"
Prestam para a RAF, mas não servem para nós, nem para o Exército, nem para a FAP (Já sei... a FAP escolhe o que quer  :evil:

Que país tão exigente...

O Exército não aceitou os Puma, mas eles foram oferecidos ao GALE.
A FAP se pode ter melhor... eu tb se puder trocar de carro ao fim de cada 5 anos não vou ficar com ele 10 anos.
Estou cada vez mais admirado com a GNR, não sei porque diz que a FAP é que escolhe tudo o que quer, olhe a GNR, tem uma marinha (Guarda Fiscal), tem bombeiros (GIPS), tem ou vai ter mergulhadores, faz missões internacionais de manutenção de paz (RI), só-lhes falta mesmo uma força aérea...


Não digas muito alto porque senão eles ouvem!  :wink:
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7096
  • Recebeu: 554 vez(es)
  • Enviou: 244 vez(es)
  • +497/-0
(sem assunto)
« Responder #21 em: Dezembro 28, 2006, 10:40:14 pm »
Citar
O último Voo dos Pumas

28-12-2006


No dia 20 Dezembro de 2006, após terem voado da Base Aérea das Lajes – Açores – para o território nacional no continente Europeu, os dois últimos helicópteros SA 330 PUMA da Força Aérea Portuguesa efectuaram um derradeiro voo sobre várias Unidades da Força Aérea.

No Centro de Formação Militar e Técnica da Força Aérea (CFMTFA) – Ota – os alunos receberam-nos em parada.

Após o voo os dois helicópteros reuniram-se às restantes aeronaves do género, nos Hangares da Base Aérea de Beja.

A Força Aérea mantém um helicóptero SA330 Puma no Museu do Ar – em Sintra – para visitas do público. Este helicóptero (número de cauda 19512) é a aeronave onde voou Sua Santidade o PAPA João Paulo II, aquando da sua última visita a Portugal.

Reportagem fotográfica




Numa homenagem aos primeiros aviões a jacto na Força Aérea, os PUMAS sobrevoaram o F84 THUNDERJET em exposição estática no CFMTFA

Sobrevoando a entrada da Unidade (CFMTFA)

Fonte: http://www.emfa.pt/www/noticias/noticia ... 28122006X2
 

*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1696
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #22 em: Dezembro 29, 2006, 01:19:04 pm »
Citar
O Exército não aceitou os Puma, mas eles foram oferecidos ao GALE.
A FAP se pode ter melhor... eu tb se puder trocar de carro ao fim de cada 5 anos não vou ficar com ele 10 anos.


A FAP não tem que dizer nada sobre os Puma's:

Tem os 12 EH-101 e teria os Puma's para operar, assim o Governo, através do MDF lhes desse condições para operar as duas esquadras.

Porque quando se decidiu pelos C-295 em detrimento dos C-27J duvido que para essa decisão tivessem pesado muito as opiniões da FAP.

Quanto ao Exército, também não é o Exército que define o que quer ou deixa de querer.

O Estado constituiu no seu seio um chamado GALE, depois UALE, e dava-lhes agora os helis para ganharem rotinas, doutrinas de uso, e justificar a existência dessa unidade.

E dentro de 4 anos, trocariam-nos pelo NH-90.

E bem que agora parece que os helis passarão a deixar de estarem adstritos aos ramos, mas sim a um chamado "comando conjunto".

Acho que não devem ser os ramos a dizer que querem isto ou aquilo.

É o Estado que define, e as FA's cumprem.
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15958
  • Recebeu: 1357 vez(es)
  • Enviou: 1250 vez(es)
  • +210/-198
(sem assunto)
« Responder #23 em: Dezembro 29, 2006, 07:56:35 pm »
Um artigo muito porreiro da Mais Alto:

http://www.emfa.pt/www/po/maisalto/capas/364-18a20.pdf
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

miguelbud

  • Analista
  • ***
  • 759
  • Recebeu: 38 vez(es)
  • Enviou: 29 vez(es)
  • +13/-1
Re: Helicopteros PUMA da FAP: Qual o seu destino?
« Responder #24 em: Dezembro 11, 2011, 04:46:52 pm »
INEM poderá usar helicópteros "Puma" da Força Aérea

O ministro da Defesa afirmou hoje que as conversações para que o INEM possa utilizar os helicópteros "Puma", da Força Aérea, estão "em muito bom andamento" e que esta mudança vai permitir "fazer o mesmo, gastando menos".

"Tem havido contactos muito estreitos entre o ministério da Defesa e o ministério da Saúde, no sentido de ser possível utilizar essa sinergia comum e isso está em muito bom andamento", disse. O ministro, que falava na Mauritânia aos jornalistas, à margem de um encontro de ministros da "Iniciativa 5+5", disse ser um defensor de "tudo o que possa ser uma gestão mais eficiente dos recursos e em beneficio das populações".

"Hoje em dia é exigível que assim se faça", sustentou. Aguiar-Branco adiantou que neste domínio "também prosseguem" as conversações com o ministério da Administração Interna. Actualmente, o INEM contrata o aluguer dos helicópteros para busca e salvamento a uma empresa espanhola.

Caso este processo avance, este organismo passará a utilizar nas suas missões os helicópteros Puma, que já não são utilizados pela Força Aérea.

http://www.dn.pt/inicio/portugal/interi ... id=2177945
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3210
  • Recebeu: 1963 vez(es)
  • Enviou: 1257 vez(es)
  • +1582/-175
Re: Helicopteros PUMA da FAP: Qual o seu destino?
« Responder #25 em: Dezembro 13, 2011, 03:05:16 pm »
O que será que falta aos Puma, serem escolhidos para pulverização de colheitas? Já perdi a conta aos processos de intenção desde 2004/2005 referentes ao futuro desta frota...  :roll:
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4283
  • Recebeu: 291 vez(es)
  • Enviou: 284 vez(es)
  • +56/-26
Re: Helicopteros PUMA da FAP: Qual o seu destino?
« Responder #26 em: Dezembro 31, 2011, 11:30:39 am »
Citar
Há meses que, após a entrega do estudo da Força Aérea Portuguesa (FAP) que admitia até executar o plano a tempo da época de fogos de 2012, os ministérios da Defesa, Administração Interna e Saúde discutem a aplicação do plano. Mas ainda sem fumo branco.

Ao que o PÚBLICO apurou, por trás do atraso está a relutância do MAI em abdicar da permanência dos meios aéreos sob a sua tutela. O ministério da Saúde já deu o seu aval ao plano, embora com a ressalva de que só o considera exequível no caso de ser levado a cabo pelos três ministérios. A próxima semana deverá assistir a mais uma reunião entre técnicos dos ministérios da Defesa e MAI.

Do lado do Governo impera a prudência. O Ministério da Defesa, através do gabinete do ministro José Pedro Aguiar-Branco, apenas confirma a reunião entre os técnicos. O MAI prefere não comentar. Ninguém adianta uma data para o acordo.

A demora na tomada de decisão está a gerar preocupação. Ainda esta semana, Paulo Macedo, ministro da Saúde, comentou o assunto para classificar como "benéfico para o país" que a partilha avançasse. Actualmente a Saúde gasta cerca de 10 milhões de euros na locação de helicópteros a uma empresa espanhola.

Mas já se começam a ouvir sinais de alerta na FAP sobre a aplicação do plano para 2012. Há quem considere que já não se vai a tempo de tornar operacionais os Puma para o Verão de 2012 devido ao atraso.

O plano apresentado ao Governo pela Força Aérea propunha a reconversão dos helicópteros Puma - já desactivados do serviço da FAP - para missões de transporte médico e combate aos fogos florestais. Numa primeira fase, a FAP prontificou-se a pôr no ar três Puma, a que se poderiam acrescentar outros dois nos anos seguintes. Defendia ainda a venda dos helicópteros Kamov - que faziam parte dos activos da entretanto extinta Empresa de Meios Aéreos - por serem de manutenção cara e permitir assim meios financeiros para financiar a remodelação dos Puma. E sustentavam ainda a possibilidade da utilização dos Ecureil - também da EMA - para outras missões no âmbito da FAP.

Mas há quem tenha sérias reticências em relação ao papel que se pode dar à Força Aérea. O emprego de forças militares está balizado na Constituição para garantir a "liberdade e a segurança das populações contra qualquer agressão ou ameaça externas".

Mas a Lei Fundamental admite o recurso às Forças Armadas "em missões de protecção civil, em tarefas relacionadas com a satisfação de necessidades básicas e a melhoria da qualidade de vida das populações"

A tutela destes equipamentos é apenas mais um episódio de uma disputa que já vem de trás. E que teve, em Novembro, mais um momento a propósito da patrulha da costa. A Marinha havia apresentado um estudo que propunha a transferência da Unidade de Controlo Costeiro (UCC) da GNR para a dependência da Marinha e consequente fusão com a Polícia Marítima. Mas no mês passado acabou por ficar decidido que a UCC se mantinha na GNR e, portanto, no MAI.

publico.pt
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

Camuflage

  • Investigador
  • *****
  • 1350
  • Recebeu: 103 vez(es)
  • Enviou: 66 vez(es)
  • +20/-52
Re: Helicopteros PUMA da FAP: Qual o seu destino?
« Responder #27 em: Dezembro 31, 2011, 12:33:39 pm »
Guerras de quintais... e não há mais helis em Portugal?
 

*

Leonidas

  • Analista
  • ***
  • 618
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • +1/-2
Re: Helicopteros PUMA da FAP: Qual o seu destino?
« Responder #28 em: Janeiro 26, 2012, 12:38:37 am »
Saudações guerreiras

Citação de: "miguelbud"
INEM poderá usar helicópteros "Puma" da Força Aérea

O ministro da Defesa afirmou hoje que as conversações para que o INEM possa utilizar os helicópteros "Puma", da Força Aérea, estão "em muito bom andamento" e que esta mudança vai permitir "fazer o mesmo, gastando menos".

"Tem havido contactos muito estreitos entre o ministério da Defesa e o ministério da Saúde, no sentido de ser possível utilizar essa sinergia comum e isso está em muito bom andamento", disse. O ministro, que falava na Mauritânia aos jornalistas, à margem de um encontro de ministros da "Iniciativa 5+5", disse ser um defensor de "tudo o que possa ser uma gestão mais eficiente dos recursos e em beneficio das populações".

"Hoje em dia é exigível que assim se faça", sustentou. Aguiar-Branco adiantou que neste domínio "também prosseguem" as conversações com o ministério da Administração Interna. Actualmente, o INEM contrata o aluguer dos helicópteros para busca e salvamento a uma empresa espanhola.

Caso este processo avance, este organismo passará a utilizar nas suas missões os helicópteros Puma, que já não são utilizados pela Força Aérea.

http://www.dn.pt/inicio/portugal/interi ... id=2177945

Estava a tentar entender o porquê da atualização deste tópico! Afinal o que há de novidade?
Será mesmo? Será mesmo como se diz? (acima destacado)

E porque há mais do mesmo:
http://www.youtube.com/watch?v=7bXX6Ypf ... ature=plcp

Afinal nesta reportagem continua-se a falar em 12 “Merlin”! Deve ser esta a novidade? Sim, para mim não é novidade. Não é novidade a desinformação e o pouco que faz a comunicação social para esclarecer corretamente o Zé Povinho.
Alguém tem novidades sobre os 12 “Merlin”?  

Qual será a novidade entre 12 “Merlin” obtidos e os supostos 12 “Merlin” operacionais?

Querem novidades? Mas para quê? Vocês já sabem a verdade ou nãoo sabiam que em Portugal é proibido sonhar?

Cump.
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 8372
  • Recebeu: 964 vez(es)
  • Enviou: 1131 vez(es)
  • +134/-45
Re: Helicopteros PUMA da FAP: Qual o seu destino?
« Responder #29 em: Janeiro 26, 2012, 07:39:49 pm »
Citação de: "Leonidas"
Qual será a novidade entre 12 “Merlin” obtidos e os supostos 12 “Merlin” operacionais?

Querem novidades? Mas para quê? Vocês já sabem a verdade ou nãoo sabiam que em Portugal é proibido sonhar?

Cump.

É claro que toda a gente gostava que todos os EH101 estivessem operacionais, tal como qualquer outro aparelho, mas será assim tão importante isso? Será muito diferente estarem 12 ou 11 ou 10 operacionais? Há mais variantes para um helicoptero voar do que apenas estar operacional, uma das mais importantes é por exemplo existir tripulação para voar com ele.

Para mim o mais importante é o que se consegue fazer com os que estão operacionais, sejam eles 12 ou não, e se no inicio da operação da frota EH101 é sabido que a taxa de prontidão era muito baixa, o que levou à reactivação de 4 helicopteros Puma para os substituir nos Açores, actualmente os EH101 já asseguram as missões SAR em todo o territorio nacional. Até digo mais, além de se assegurar as missões SAR em todo o territorio ainda se tem a capacidade de destacar 2 EH101 Merlin para fora da base do Montijo como foi recentemente em exercicios para o Battlegroup da UE e como esta a ser actualmente no Real Thaw.
 

 

Açores: Novos helicópteros militares chegam em Outubro

Iniciado por Marauder

Respostas: 32
Visualizações: 14430
Última mensagem Maio 11, 2007, 03:27:25 pm
por Lancero
Festa dos helicópteros - Beja 17 de Maio

Iniciado por Ricardo Nunes

Respostas: 0
Visualizações: 1983
Última mensagem Abril 10, 2008, 03:42:39 pm
por Ricardo Nunes
6 Helicópteros de Evacuação - LPM 2030

Iniciado por LM

Respostas: 2246
Visualizações: 125587
Última mensagem Outubro 17, 2020, 07:45:32 am
por FCosta
Qual as prioridades para a Força Aérea entre 2011-2020 ?

Iniciado por dc

Respostas: 38
Visualizações: 11111
Última mensagem Novembro 15, 2010, 02:34:53 pm
por bokaido
Qual a Aeronave mais adequada para a futura FAP

Iniciado por luis simoes

Respostas: 61
Visualizações: 14512
Última mensagem Março 31, 2013, 12:05:51 am
por Lightning